Revista Bacana 40

Page 18

Direito pela USP, o perfil não é voltado para o direito e sim para a leitura. De postagem a postagem mergulhamos em um universo pra lá de particular da Priscila. Um particular que hoje reune quase 30 mil leitores. Resolvemos conversar com a autora do @cafenabiblioteca e saber mais sobre este "arroba" valioso que sempre deixa dicas de boas leituras.

REVISTA BACANA - Como surgiu o @Cafenabiblioteca?

PRISCILA ZOGHBI - Já havia pensado várias vezes em criar um Instagram de leitura, mas nunca havia concretizado esse sonho. Na pandemia, me senti muito sozinha, em razão do isolamento social. Entao acho que foi o momento oportuno para colocar em prática esse sonho!

REVISTA BACANA - Do projeto até a ideia tomar forma, foi difícil? Quais as maiores dificuldades iniciais?

PRISCILA ZOGHBI - O próprio formato do Instagram te proporciona criar um perfil muito rapido. Com um nome, um email e uns 5 minutinhos você já consegue ter um @. Então para mim o que foi mais difícil não foi tanto criar, e sim receber comentários digamos... maldosos. 18