Issuu on Google+

Ano 14 - nº 79 Especial Congresso - 2013

22º Congresso discute grandes temas do setor

Obesidade ameaça a saúde de crianças e adolescentes

Guia especial

traz o melhor de Campos do Jordão Confira o que é preciso para ser um

bom vendedor


ANUNCIE aqui !


editorial

Congresso une ainda mais o setor Inicialmente quero dar as boas-vindas a todos os participantes do 22º Congresso, procedentes dos mais diversos estados brasileiros e também de outros países. Além de prestigiarem o encontro, a presença em peso dos players da nossa indústria é também uma demonstração de comprometimento com as causas e interesses do setor. Soma-se a isso, que a acolhedora Campos do Jordão, onde realizamos pela primeira vez o evento, também propicia entremear à programação momentos de lazer e turismo, com especial oportunidade de descontração para os familiares que acompanham os congressistas. Assim, tudo foi preparado para que todos possam desfrutar intensamente de preciosos dias na cidade. Também elaboramos com muito cuidado o programa do Congresso, buscando contemplar os grandes temas que impactam diretamente a indústria de águas minerais, como é o caso do novo Marco Relatório, que terá três palestras, seguidas de debates. Enfim, volto a enfatizar, como já fiz em diferentes ocasiões, que o Congresso representa um momento ímpar de união do setor em torno de nossas causas e objetivos, que têm como foco a contínua modernização e expansão da indústria de águas minerais. Vale lembrar que em 2012 registramos o maior crescimento da atividade dos últimos 15 anos, cerca de 15%. Fomos a segunda categoria de bebidas que mais cresceu, depois do segmento de sucos prontos, de acordo com a consultoria Nielsen. E, já em 2013, a tendência se consolida com os resultados do primeiro semestre, que indicam crescimento de 14,8% das vendas no varejo, na comparação com o mesmo semestre do ano passado, atingindo a cifra de R$ 1,56 bilhão, segundo a Nielsen. Um salto também registrado na ordem de volume, que aumentou 10,2%, o que significa 1,82 bilhão de litros. Esses indicadores mostram que estamos no rumo certo e que o produto “água mineral” – 100% natural, sem conservantes, acidulantes, corantes e adição de sais minerais artificialmente – vem conquistando maior espaço no mercado e na preferência dos consumidores. Mesmo o segmento de águas especiais, ainda incipiente no país, foi destaque na pesquisa Nielsen: cresceu 24,6% em valor no ano passado. Outra de nossas bandeiras que também deverá ser hasteada em mais um território, além de Santa Catarina, é a inclusão da água mineral na cesta básica do Rio Grande do Sul, que será em breve debatida em audiência pública. Um passo importante para estendermos a iniciativa a todo o País. E, certamente, não podemos deixar de ressaltar ainda a nossa importante vitória em 2012 contra a abusiva e injusta tributação sobre o setor, que resultou na alíquota zero do PIS/PASEP e da Cofins. Portanto, assim como precisamos estar preparados para enfrentar os desafios, urge também que tenhamos as condições necessárias para dar real sustentação ao crescimento que vem sendo desenhado nos últimos três anos, e cuja continuidade tanto almejamos. Como? Está aí o Congresso para nos fornecer ferramentas e informações em resposta a essa pergunta. Que todos possam aproveitar a oportunidade do nosso encontro. Sejam bem- vindos!

Carlos Alberto Lancia Geólogo e Presidente

Desde 1975


Presidente 1º Vice-Presidente 2º Vice-Presidente Diretor Secretário Diretor Tesoureiro Diretora Social Diretor Regional

16

32

Conselho fiscal efetivo

Suplentes

06

Congresso aborda os principais temas de interesse da indústria A tradicional mostra do setor será aberta oficialmente no 1º. dia do Congresso

16

Vice-presidente da Abinam apresentará um cenário da indústria brasileira para players do setor de todo o planeta Guia da Água & Vida destaca alguns dos principais pontos da gastronomia, do comércio, turismo e lazer nas proximidades da sede do Congresso, na Vila Capivari

28

18

Suplentes

Assessoria Científica Assessoria Jurídica Assessoria de Imprensa

32

Secretaria Executiva

Especialistas dão dicas de como se diferenciar no mercado e conquistar clientes

Luís Alfredo Schultz José Ângelo M. Rambalducci Roberto P. Serquiz Elias Carlos Alberto Lancia Amílcar Augusto Lopes Jr. Wilmar José Franzner César Dib Ricardo Signorelli Olívia Augusta A. Macedo Costa Luís Alfredo Schultz Marcelo Marques Roberto Gentil Ferreira da Silva José Ângelo M. Rambalducci Wellington Morgado Renan Hazan Petra S. Sanchez Pedroza de Andrade Advogados Márcia de Azevedo Paulo de Souza (Assessor da Diretoria) Silvia Santos (Secretária Administrativa)

38

Mercado

Coordenação Editorial Editora Sub-editora Conselho Editorial da Abinam

Colaborou nesta edição Diagramadora

36

Márcio Leite Carvalho Marcelo Marques Roberto Gentil Ferreira da Silva

Rua Pedroso Alvarenga, 584 - 4º andar Cep: 04531-001 – São Paulo – SP Tel.: 11 3167-2008 | Fax: 11 3167-2542 e-mail: abinam@abinam.com.br site: www.abinam.com.br

Programa da Abrinq já beneficiou mais de sete milhões de crianças e adolescentes

40

Conselho fiscal efetivos

Pesquisas brasileiras e internacionais alertam para os riscos de obesidade entre crianças e jovens Enquanto aguardam a homologação do acordo, empresários dão continuidade às ações da Logística Reversa

36

14

Sindinam Presidente 1º Vice-Presidente 2º Vice-Presidente Diretor Secretário Diretor Tesoureiro Diretora Social

Carlos Alberto Lancia César Dib Antonio Gomes Vidal Ricardo Altgauzen Ricardo Signorelli Olívia Augusta A. Macedo Costa Hamilton Luiz Guido

Assinaturas e Publicidade

48

www.revistaaguaevida.com.br A revista Água&Vida e a Abinam não têm responsabilidade sobre as informações contidas nos anúncios.

IMK Relações Públicas Márcia de Azevedo Cynthia May Richard Carlos Alberto Lancia Carlos Pedroza de Andrade Dra. Petra S. Sanchez Ricardo Signorelli Carlos Alberto Lancia Lucimara Miyoshi Pecegueiro Juliana Prado Av. Brigadeiro Faria Lima, 2639 | 9º andar cep: 01452-000 | São Paulo | SP Tel.: 11 3813-1300 | Fax: 11 3814-2924 e-mail: imk@imk.com.br


ANUNCIE aqui !


congresso

logíst

evento ministério momento ten

22º Congresso assunto nacional da importância Abinam debate

real novo desafios e perspectivas Brasil para o setor de cenário tema

cenário tema diversidade

mineração

águas atenção minerais A

22ª. edição do Congresso da Abinam, que acontece de 8 a 11 de outubro, em Campos do Jordão, leva para debate dos players da indústria de águas minerais assuntos do momento que afetam o setor, e que possam contribuir para o fortalecimento e expansão da atividade. Com a proposta de tornar o encontro uma oportunidade ímpar para a troca efetiva de informações e experiências inseridas no contexto dos desafios atuais, a programação do evento contempla ampla diversidade de temas, abordados por renomados especialistas brasileiros e internacionais. Já no primeiro dia, após a solenidade oficial de abertura, e as apresentações do presidente do Congresso, Antonio Gomes Vidal, superintendente de Águas do Grupo Edson Queiroz, e do presidente da Abinam/Sindinam, Carlos Alberto Lancia, as palestras iniciais tratam de um

6

www.revistaaguaevida.com.br

cenário tema

impa

con

r


ica reversa

palestra dência ctos modernização

sumo pauta

reciclagem

ênfase ponto

eal

Programa aborda os principais temas de interesse da indústria

novidades

processos conteúdo

debate PET

tema polêmico: as mudanças introduzidas no novo código brasileiro de mineração. O primeiro a tratar do assunto será Sérgio Augusto Dâmaso, diretor-geral do Departamento Nacional de Produção Mineral, DNPM, com a abordagem sobre a importância da criação da Agência Nacional de Mineração (ANM), que substituirá o órgão com as funções de fiscalizar, mediar conflitos e formular diretrizes para o aproveitamento dos recursos minerais. Na sequência, Carlos Nogueira da Costa Júnior, secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, falará sobre o cenário da água mineral no novo Marco Regulatório e os impactos para o setor. Dada a importância do tema, o assunto volta à mesa de debate no último dia do evento, com a palestra de Ricardo de Oliveira Moraes, superintendente do DNPM de São Paulo, que coloca em pauta se há real necessidade de um novo Código de Águas Minerais. Também no encerramento do Congresso, outro assunto merece toda a atenção: a questão da sustentabilidade ambiental e reciclagem de PET no Brasil, que será abordada por Auri Marçon, presidente da Associação Brasileira da Indústria do PET (ABIPET). A discussão ganha especial relevância em um

Eventos paralelos Outro atrativo do Congresso é a realização da Expo-Abinam’2013, tradicional vitrine de novidades e tendências das empresas fornecedoras de produtos e insumos para o mercado de águas envasadas. Também o Water Bar confere diferencial ao evento, já que é um ponto de encontro e descontração para os participantes degustarem e conhecerem as novidades e lançamentos de produtos. Ponto alto do programa, a entrega dos prêmios Waldemar Junqueira Filho, Fraterno Vieira de Jornalismo e a premiação de Qualidade NSF, destinada às indústrias do setor certificadas pelo órgão internacional em 2012, conferem às empresas a chancela de destaque e reconhecimento pelo esforço em prol da promoção e desenvolvimento do mercado de águas minerais.

momento em que as empresas brasileiras dos mais diversos setores, inclusive o de águas minerais, têm de se adaptar às exigências da lei federal que instituiu a Logística Reversa. A norma estabelece a obrigatoriedade de procedimentos para gerenciar e operacionalizar a coleta e o retorno de produtos e materiais ao setor empresarial, após sua venda e consumo. Tendências e modernização do setor Entre outras abordagens igualmente relevantes, ganha destaque ainda no primeiro dia, a conferência sobre as perspectivas atuais e futuros desafios da indústria de águas minerais, de Annick Moreau, diretora de Assuntos Científicos e Regulatórios da Danone Waters, França. Uma oportunidade para acompanhar as tendências do mercado internacional e os desafios para a gestão das empresas. No segundo dia do Congresso, o programa dá ênfase a processos e conteúdos voltados para o aprimoramento e modernização do setor, com as apresentações do professor Ricardo Pastore, coordenador de Pós-Graduação na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM/SP), sobre marketing de varejo, e de Lincoln Seragini, presidente da Seragini Design e Engenharia de Embalagens, que mostrará como o branding design pode criar valor para o produto água mineral.

7


congresso

9 de Outubro | Quarta-feira | Manhã

8 de Outubro | Terça-feira | Tarde

Programação 20h às 22h

8h às 18h 10h

11h

11h30

12h 12h30 13h 14h às 18h

Coquetel de Boas-Vindas Patrocínio: Água Mineral Schin – Brasil Kirin Local: Campos do Jordão Convention Center Recepção, Credenciamento e Entrega de Materiais aos Participantes Solenidade Oficial de Abertura Boas-Vindas Presidente do Congresso Antonio Gomes Vidal Superintendente de Águas do Grupo Edson Queiroz | Ceará Presidente ABINAM/SINDINAM Dr. Carlos Alberto Lancia Entrega da Comenda Dr. Benedictus Mário Mourão Painel de Abertura Moderador: Dr. Carlos Alberto Lancia Presidente ABINAM/SINDINAM A Importância da Agência Nacional de Mineração – ANM no Novo Marco Regulatório Palestrante: Sérgio Augusto Dâmaso de Sousa Diretor-Geral do Departamento Nacional de Produção Mineral, DNPM | Brasília O Cenário da Água Mineral no Novo Marco Regulatório Palestrante: Carlos Nogueira da Costa Júnior Secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME | Brasília Perguntas e Discussões Abertura Oficial da Expo-Abinam’2013 e Bar de Águas Almoço Expo-Abinam’2013 e Visita ao Bar de Águas Sessão 1: Inovações no Setor de Águas Minerais Moderadora: Profa. Dra. Petra Sanchez Sanchez Professora Titular do Curso de Pós-Graduação em Educação, Arte e História da Cultura da Universidade Presbiteriana Mackenzie e Presidente do Comitê Científico da ABINAM

8

www.revistaaguaevida.com.br


ANUNCIE aqui !


9 de Outubro | Quarta-feira | Tarde

congresso

15h30

A Indústria de Águas Minerais Naturais: Perspectivas Atuais e Futuros Desafios Palestrante: Annick Moreau Presidente da ICBWA e Diretora de Assuntos Científicos e Regulatórios da Danone Waters | França

16h10

Bebedouros: Últimas Inovações nos Procedimentos de Limpeza e Sanitização Palestrante: Christopher D. Dunn Gerente Geral de Qualidade de Bebidas da NSF International | EUA

16h50

Perguntas e Discussões

9h às 18h

Visitação à Expo-Abinam’2013 e Bar de Águas

10 de Outubro | Quinta-feira | Manhã

Sessão 2: Economia / Mercado Moderador: Ernesto Promenzio Rodrigues Presidente da Empresa Água Mogiana | São Paulo 9h

9h30

10h às 11h

PIS/COFINS na Água Mineral, Alíquota Zero, Regime Lucro Real e Lucro Presumido: Como Aproveitar os Créditos Palestrante: Rogério Ramires Conselheiro Titular da 2a Câmara Julgadora do Conselho Municipal de Tributos – Secretaria de Finanças | São Paulo Relevância das Resinas PET na Indústria de Águas Minerais Palestrante: Theresa Moraes Gerente Comercial da M&G Polímeros Brasil | São Paulo Novas Tecnologias em Máquinas Blocadas: Redução do Peso das Garrafas de Águas Minerais Palestrante: Patrick Morin Diretor da Sidel do Brasil | São Paulo Maxwell de Freitas Pereira Técnico da Krones do Brasil | São Paulo

10

www.revistaaguaevida.com.br


ANUNCIE aqui !


congresso

11h

11h40 12h 14h às 18h

14h

10 de Outubro | Quinta-feira | Tarde

14h40

15h20 20h às 24h

Marketing de Varejo: Gestão de Categoria na Melhoria dos Resultados em Água Mineral Palestrante: Prof. Ricardo Pastore Professor e Coordenador de Pós-Graduação na Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM | SP Perguntas e Discussões Almoço Visitação à Expo-Abinam’2013 e Bar de Águas Sessão 3: Marketing Moderador: César Dib Diretor Comercial da Lindoiano Fontes Radioativas Branding Design: Criando Valor para Água Mineral Palestrante: Lincoln Seragini Presidente da Seragini Design e Engenharia de Embalagens | São Paulo Tendências no Segmento de Bebidas com Foco em Águas Minerais Palestrante: Antonio Gomes Vidal Superintendente de Águas do Grupo Edson Queiroz | Ceará Perguntas e Discussões Jantar de Confraternização Local: Campos do Jordão Convention Center Cerimônia de Premiações Moderadoras: Neuza Maria Alves Signorelli Márcia de Azevedo Assessora de Imprensa da ABINAM Profa. Dra. Petra Sanchez Sanchez Presidente do Comitê Científico da ABINAM • Prêmio Waldemar Junqueira Ferreira Filho para Envasadores e Fornecedores O prêmio é destinado a homenagear as empresas que contribuem para a promoção da Água Mineral, desenvolvendo atividades de propaganda e marketing dos seus produtos. • Prêmio Fraterno Vieira de Jornalismo O prêmio, criado em 2012, tem por objetivo reconhecer matérias jornalísticas que tratem sobre a água mineral em veículos impressos ou eletrônicos. • Premiação de Qualidade: NSF/ABINAM O prêmio é destinado às empresas de águas minerais, que obtiveram a certificação NSF Internacional em 2013. • Homenagem NSF/ABINAM Homenagem às empresas que estão aderindo ao programa NSF International de certificação.

12

www.revistaaguaevida.com.br


10h às 18h

Visitação à Expo-Abinam’2013 e Bar de Águas

11 de Outubro | Sexta-feira | Manhã

Sessão 4: Órgãos Normativos e Sustentabilidade Moderador: Dr. Carlos Pedroza de Andrade Advogado ABINAM/SINDINAM 10h

10h30

11h

11h30 12h 13h às 14h

Processo de Certificação Voluntária da Água Mineral Palestrante: Cristiane Mascarenhas da Silva Sampaio Técnica da Divisão de Regulamentação Técnica e Programas de Avaliação da Conformidade do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, Inmetro | Rio de Janeiro Um Novo Código de Águas Minerais é Necessário? Considerações Preliminares Palestrante: Ricardo de Oliveira Moraes Superintendente do DNPM/SP | São Paulo Sustentabilidade Ambiental e Reciclagem de PET no Brasil Palestrante: Auri Marçon Presidente da Associação Brasileira da Indústria do PET, ABIPET | São Paulo Perguntas e Discussões Cerimônia de Encerramento Almoço

ANUNCIE aqui !


congresso

Expo-Abinam’2013 traz novidades para o setor de águas minerais A tradicional mostra do setor será aberta oficialmente no 1º. dia do Congresso

C

onsagrada feira da indústria de águas minerais, a Expo-Abinam’2013 reúne nesta edição 39 expositores, que apresentam o que há de mais moderno no mercado para atender às demandas de crescimento do setor. São equipamentos, componentes, processos, novas tecnologias, materiais, embalagens, entre outros itens, dispostos em um espaço criado especialmente para favorecer a troca de informações, concretização de negócios, acompanhamento das tendências em serviços e insumos, além da divulgação e lançamento de produtos. Confira a relação dos expositores. EMPRESA

Patrocinador Ouro

Patrocinadores

14

www.revistaaguaevida.com.br

ALCAMIM APTAR ARBRAS BERTAZZO & HMR CBM MÁQUINAS | SABORAMA CRI BOMBAS ENGEPACK FLEX DO BRASIL GARBONI GDN IG MÁQUINAS JOPEMAR | PAULINOX KITLABOR KRONES MAQNÁGUA MARKEM-IMAJE MARTE RóTULOS MCPACK MESAL MILAINOX NSF NUTREV MÁQUINAS OZION OZOXI PACKPET PASE HIDROMETRIA PLURALMACK QUALITERME 4R WATER & ENVAMAQ REVISTA áGUA&VIDA RICEFER SANDRIPLAST SIDEL SINCRO PET SP GROUP TAIMAK | FORTPACK THEODOSIO RANDON VMC ZEGLA

ESTANDE 31 51 e 62 60 42 06 e 07 19 36 13 e 24 16 61 63 e 64 34 53 44 32 39 14 40 45 e 56 57 55 54 35 58 48 26 47 38 33 41 e 52 27 30 37 49 50 46 59 11, 12, 22 e 23 17, 18, 28 e 29


15

REVISTA ÁGUA&VIDA

SANDRIPLAST

CRI BOMBAS

KITLABOR NUTREV

NSF

MESAL MILAINOX

OZOXI

TAIMAK PLURALMACK FORTPACK

KRONES

BERTAZZO & HMR

ENGEPACK

MARTE RÓTULOS

OZION

FLEX DO BRASIL

4R WATER & JOPEMAR ALCAMIM MAQNÁGUA ENVAMAQ PAULINOX

VMC

GDN

ARBRAS

THEODOSIO RANDON

MARKEN IMAJE

SINCRO PET SP GROUP

QUALITERME

RICEFER

APTAR

MCPACK

ZEGLA

PACKPET

SIDEL

PASE HIDROMETRIA

GARBONI

CBM MÁQUINAS SABORAMA

IG MÁQUINAS


Internacional

César Dib

representa o Brasil no maior evento global de água envasada

O

vice-presidente da Abinam e diretor da Água Mineral Lindoya Verão, César Dib, será o único palestrante brasileiro na 10ª. edição do Global Bottled Water Congress, promovido pela consultoria inglesa Zenith International, de 12 a 14 de novembro de 2013, em Nashville, nos Estados Unidos. A cada ano, é escolhida uma cidade de um país para sediar o evento. Em 2011, o Global Bottled Water Congress foi realizado em conjunto com o Congresso da Abinam, no Rio de Janeiro. Principal evento do mercado internacional de águas envasadas, o encontro reúne as maiores lideranças empresariais do setor em âmbito mundial. O objetivo é debater os grandes temas que impactam a atividade, como tendências, mercados, tecnologias de embalagens, design, entre outros, além da apresentação de cases bem-sucedidos e do desempenho do setor em cenários regionais. Os entraves para a expansão do setor Dib, que representa o Brasil no congresso, apresentará um panorama dos desafios, oportunidades e riscos para a expansão da indústria brasileira de águas minerais. A palestra, com duração de 30 mi-

16

www.revistaaguaevida.com.br

O vice-presidente da Abinam apresentará um cenário da indústria brasileira para players do setor de todo o planeta

nutos, no segundo dia do evento, terá como tema “A chave para o crescimento continuado do setor”. O vice-presidente da Abinam destaca os entraves logísticos e tributários, reflexos do custo Brasil, como alguns dos principais desafios para o crescimento da atividade. “Outra dificuldade é que não conseguimos criar divisas com a exportação do produto. Não somos competitivos devido ao alto custo logístico tanto interno como portuário, e isso num país que possui a maior reserva de água mineral do planeta”, afirma o executivo. Ele lembra, no entanto, que também irá mostrar que o setor brasileiro está mudando de patamar, com crescimento sustentável e investimentos pesados de grandes empresas no mercado nacional. “Um fator também importante é o ingresso da classe C no segmento de consumo de água mineral”. Segundo Dib, a internet e a TV a cabo têm contribuído para difundir conceitos de qualidade de vida, saúde e bem-estar, que beneficiam o produto. Ele destaca ainda que hoje para competir no Brasil é preciso ter posicionamento, investir em infraestrutura, marketing, em novos produtos, aprimorar processos, ter mais criatividade, e acompanhar as tendências.


ANUNCIE aqui !


Campos do jordão

Entorno do Convention Center oferece atrativos para todos os gostos Guia da Água & Vida destaca alguns dos principais pontos da gastronomia, do comércio, turismo e lazer nas proximidades da sede do Congresso, na Vila Capivari

A

18

www.revistaaguaevida.com.br

Foto: Vandeir Rodrigues

revista Água&Vida preparou um roteiro especial com algumas das melhores dicas de atrativos em um raio de até 500 metros no entorno do Convention Center, para que você possa conhecer e desfrutar do que a Vila Capivari tem a oferecer. Como a localização privilegiada da sede do Congresso conta com inúmeras opções, os editores de revista convidam você a explorar também outros endereços interessantes no bairro, principal centro de turismo e comércio de Campos do Jordão. São bares, praças, lojas especializadas, restaurantes, artesanato, souvenirs, hotéis, cafeterias e muito mais. O roteiro inclui ainda uma viagem gastronômica pelas delícias e sabores da região, especialmente preparada pela Abinam, em parceria com CJRC&VB: o Menu do Amigo Congressista. Um cardápio diferenciado, com entrada, prato principal e sobremesa, oferecido por todos os restaurantes recomendados, com preços diferenciados para os participantes do evento. O menu especial é oferecido também pelo Ludwig Restaurant, localizado a cerca de 1 quilômetro do Convention Center, na Rua Aristides de S. Melo, 50 – Vila Capivari – telefone: (12) 3663 5111. Conta com serviço de traslado. Com um ambiente aconchegante, é considerado o restaurante premium de Campos do Jordão. As especialidades da casa, clássicos da gastronomia internacional, incluem fondues e pratos à base de carnes nobres. Em 2011, o Ludwig ganhou do Guia 4 Rodas o título de Melhor Truta de Campos do Jordão. Com todas essas dicas, agora é aproveitar também a caminhada para usufruir do revigorante clima serrano de Campos, e apreciar os encantos da primavera na Suíça brasileira, como a cidade é conhecida. Com a chegada da estação, o município ganha um charme especial com suas paisagens multicoloridas pelos diferentes tons de verde das matas, e o aroma suave das flores ao sabor de brisas amenas. Confira!


Passeios Teleférico e Morro do Elefante Inaugurado em 1972, o teleférico de Campos do Jordão foi o primeiro a ser construído no país, e é considerado uma das atrações mais tradicionais da cidade. Durante o percurso até o Morro do Elefante o turista pode apreciar belíssimas paisagens. Já no alto dos 1.800 metros do Morro, é possível avistar as Vilas Capivari e Jaguaribe, o Palácio da Boa Vista e a estrada que leva ao Horto Florestal. Av. Emílio Ribas, s/n - Parque Capivari – Fone: (12) 3663-1530 Horário de funcionamento: sextas, das 13h às 16h; sábados e domingos, das 9h30 às 17h30. Permitido para crianças a partir de 10 anos. Passeio de Trenzinho No tradicional city tour pela cidade, os trenzinhos oferecem os mais belos passeios turísticos, apresentando as histórias e curiosidades de Campos. Praça Castro Alves, s/n Com saídas durante todo o dia para um city tour pré-definido, também oferece a possibilidade de roteiros alternativos para grupos fechados. Funcionam todos os dias.

atrativos Convention Center

Nota da redação: este roteiro foi elaborado com a colaboração do CJRC&VB - Campos do Jordão e Região Convention & Visitors Bureau.

19


Campos do jordão

Restaurantes 1. Barito Gourmet Especializado na culinária mediterrânea, oferece ambiente intimista e descontraído. No sofisticado cardápio do Barito, destaque para a Paella Marineira, um dos mais tradicionais pratos da casa. Av. Macedo Soares, 485 Fone: (12) 3663-7255

4. Só Queijo Especializada na gastronomia internacional à base de queijos especiais, a casa oferece sofisticadas opções de fondues, raclete e filés. A variedade de rótulos da adega permite perfeita harmonização com os pratos ícones oferecidos. Com seis ambientes, o Só Queijo tem mais de 40 anos de tradição de boa gastronomia. Av. Macedo Soares, 642 – Fone: (12) 3663-7585

2. La Gália Inspirado nas histórias de Obelix e Asterix, foi o primeiro a introduzir carnes exóticas na cidade. Seu vasto cardápio inclui opções diferenciadas, como javali assado, avestruz grelhado, faisão nas olivas, cordeiro, coelho, galinha d’angola, rã, entre outras. Av. Macedo Soares, 340 – Fone: (12) 3663-2993

5. Maná Com um ambiente aconchegante, inspirado nos famosos cafés parisienses, ao som de boa música, o Maná reúne todas as características de um típico bistrô alpino. O ponto forte do cardápio são trutas e picanhas, que podem ser acompanhadas por excelentes opções de vinhos. Av. Macedo Soares, 187 Fone: (12) 3662-3889

3. Mercearia Campos Tradicional ponto da boa gastronomia do centro de Capivari, a especialidade da casa são as fondues e as trutas, com especial destaque para a Truta à Moda ao molho de uvas frescas, acompanhada por batatas soutê e brócolis. Rua Vitor Godinho, 25 – Fone: (12) 3663-5014

6. Villa Di Phoenix Bar e restaurante no estilo dos villaggios italianos, o local é referência de entretenimento e boa gastronomia no centro de Capivari. Conta

7

10

3

8

6

9 5

1 4 20

www.revistaaguaevida.com.br

2

11 12


Telefones Úteis com palco para shows e deck na parte externa com mesas cobertas. Para comer, as opções vão desde carnes, peixes, aves, risotos, saladas até batatas recheadas. A oferta de bebidas inclui vodcas, tequilas, drinks variados, além de chocolate. Rua Djalma Forjaz, 89 – Fone: (12) 3663-7513 7. Cantinho da Serra Com cinco anos de existência, o restaurante é especializado na cozinha tradicional da montanha, onde são destaques os pratos à base de carnes de origem argentina e uruguaia. Também oferece fondue no sistema rodízio. A música ao vivo à noite confere um clima aconchegante ao local. Rua Dr. Vitor Godinho, 206 – Fone: (12) 3663-4532 8. Fräulein Bierhaus No estilo de um típico PUB, o restaurante alia o melhor da culinária alemã com uma grande variedade de cervejas. São mais de 110 rótulos de 17 países. A casa é famosa pelo saboroso joelho de porco e o aperitivo à base de um combinado de salsichas. Oferece também sopas, trutas e massas, além de premiados doces como o Apfelstrudel e a Torta Mariana. Rua Profa Isola Orsi, 33 Fone: (12) 3663-1529 9. Safári Restaurante & Bar Um dos pontos mais concorridos, principalmente por casais, já que o local oferece um ambiente intimista e aconchegante à meia luz, com música ao vivo. No cardápio, a novidade é o pão safári – pão italiano recheado com queijo emmental fundido e especiarias. Vale conferir outras opções como a bruschetta de damasco, brie e nozes. Rua Djalma Forjaz, 139 – Fone: (12) 3663-4936 10. Confraria do Sabor Os ingredientes típicos da Serra da Mantiqueira dão o toque especial à gastronomia da casa. O prato principal é a truta grelhada com crosta cítrica (cascas de laranja e limão), arroz com especiarias e molho de limão. A sobremesa também é especial: torta de maçã com sorvete de gengibre. Av. Dr. Vítor Godinho, 191 – Fone: (12) 3663-6550 11. Villa Gourmet Inaugurado em 2010, o restaurante é especializado na culinária regional com requintes da alta gastronomia, o que pode ser conferido na apresentação dos pratos. Os sabores da região estão presentes em todas as opções oferecidas, com destaque para a truta com pinhão. A adega da casa foi montada pela Vinícola Concha Y Toro. Antes do prato principal, vale conferir uma entrada muito apetitosa: queijo brie empanado, acompanhado por saborosas geleias. Av. Macedo Soares, 203F – Fone: (12) 3663-1323

Terminal Rodoviário 12 3662 1995 Estação Ferroviária 12 3663 1531 Dep. de Operações do Sistema Viário 12 3664 4931 Centro de Controle de Zoonose 12 3662 2998 Água e esgoto 0800 0550195 Energia elétrica 0800 7010102 Disque remédio 0800 102093 Órgãos Públicos Prefeitura Municipal 12 3669 5100 Câmara Municipal 12 3668 9600 Secretaria de Turismo 12 3663 1235 12. Charpentier Localizado nas dependências do Hotel Frontenac, o restaurante oferece pratos especiais da cozinha internacional que agregam produtos regionais. Destaque para o camarão à moda da montanha e o medalhão de filé ao molho de pinhões. A casa conta também com uma primorosa carta de vinhos, que inclui os melhores rótulos. Av. Dr. Paulo Ribas, 295 Fone: (12) 3669-1000

21


Campos do jordão

Chocolates 1. Sabor chocolate Fabricados artesanalmente, a loja oferece dezenas de opções de bombons, com destaque para os recheados com doce de leite argentino e nozes. Há também para fondues, além dos tradicionais tabletes e chocolates quentes. Av.Macedo Soares, 140, – Fone: (12) 3663-1777 Rua Djalma Forjaz, 103, loja 8, Shopping Boulevard Genève – Fone: (12) 3663-3043. 2. Toco Chocolates Caseiros A casa comercializa chocolates nas opções de barras, bombons, ramas e trufas. Oferece também potes de doce de leite nas versões de ameixa, nozes, coco, chocolate e goiaba. As trufas de amarula e avelã são destaques da marca. Shopping Capivari, loja 2 – Fone: (12) 3663-2577 3. Chocolate Araucária Tradicional chocolateria artesanal da região, a loja conta com um cardápio de guloseimas que inclui centenas de opções, entre elas, deliciosas trufas de maracujá, limão e cereja. Também é famosa a linha de tabletes Clássica, disponível nas versões ao leite, branco, meio-amargo, extra-milk, extra-amargo e light. Av. Macedo Soares, 135 – Fone: (12) 3663-4306 4. Kopenhagen Ao lado dos famosos e tradicionais produtos da marca, o cappuccino Kopenhagen é uma das opções mais concorridas. É preparado com puro chocolate ao leite, cortado em pedacinhos derretidos pelo café servido em alta temperatura. Com textura cremosa, ganha ainda uma generosa porção de chantilly. Av. Macedo Soares, 400 A – Fone: (12) 3663-7358

4

22

www.revistaaguaevida.com.br

5. Chocolate Montanhês Inaugurada em 1979, é uma das chocolaterias mais famosas e tradicionais de Campos do Jordão. Os chocolates recheados com castanha, conhaque, entre outras opções, são os pontos fortes da casa. Outra boa pedida é o mini-fondue de chocolate com morango. Praça São Benedito, 5 – Fone: (12) 3663-1979 6. Bruno Alves Chocolatier Uma das mais novas lojas da região, a marca já é reconhecida como grife dos chocolates. Todos os produtos são elaborados pelo chocolatier Bruno Alves, que se inspirou nas escolas da França e Bélgica para criar suas linhas premium de chocolates. Vale conferir o pão de mel, feito com especiarias, nos sabores doce de leite, trufado, brigadeiro e tradicional, cobertos com puro chocolate. Av. Macedo Soares, 135 e 199 – Fones: (12) 3663.9045 | 3663-8257

2

5

1 6

3


ANUNCIE aqui !

23


Campos do jordão

shoppings 1. Espaço Lalix Recém-inaugurado, o Lalix foi concebido para ser um ponto de encontro de cultura, dos apreciadores de arte e de lazer. O mix de lojas inclui a Galeria Galaxy Arte & Leilões, a Livraria Antiquaria Sebo da Serra, a Murillo Lima Café e Patisserie, dermatologista e salão de cabeleireiros, além de uma cachaçaria. Av. Macedo Soares, 592 Fones: (12) 3663-6239 | (12) 9105-0909 Horário de funcionamento: comercial. 2. Pátio Paris Shopping Gourmet Primeiro shopping gourmet do Brasil, o Pátio Paris oferece ótimas opções de restaurantes e de compras. Com a atmosfera de uma típica vila parisiense, o projeto inclui uma praça gourmet para o visitante saborear ao ar livre as delícias da culinária típica da montanha. Rua Djalma Forjaz, 263 Horário de funcionamento: de terça a domingo, horário comercial. 3. Shopping Boulevard Genève Um dos pontos mais badalados e visitados da cidade, o charmoso Boulevard reúne dezenas de grifes dos mais variados segmentos: malharia, roupas, calçados, acessórios, artigos de couro, presentes, cafés, chocolaterias, restaurantes, entre outras dezenas de opções. Rua Djalma Forjaz, 93 Fone: (12) 3663-5060 Horário de funcionamento: de domingo a quinta-feira, das 10h às 19h; feriados, sextas e sábados, das 9h às 22h. 4. Shopping Aspen Mall Localizado no coração da Vila Capivari, o shopping conta com uma grande variedade de lojas de roupas, malharia, bolsas, moda infantil, calçados, livraria, além de salão de beleza, cafeteria e restaurante. Da varanda do Aspen, o visitante pode apreciar o movimento da famosa choperia Baden Baden. Rua Djalma Forjaz, 78 (93) – Fones: (12) 3663-5151 | (12) 3663-5116

24

www.revistaaguaevida.com.br

Horário de funcionamento: de domingo a quinta-feira, das 10h às 18h; feriados, sextas e sábados, das 9h às 22h. 5. Shopping Cadij Plaza Um dos mais tradicionais shoppings da Vila Capivari, onde o visitante pode encontrar confecções de marcas locais e de grife, além de cafés, lojas de decoração e bons restaurantes. Av. José Manoel Gonçalves, 108 – Fone: (12) 3662-1267 Horário de funcionamento: domingo a quinta-feira, das 10h às 18h; feriados, sextas e sábados, das 10h às 20h. 6. Shopping Center Suíço O empreendimento, mix de flats e lojas, é parada obrigatória para quem aprecia fazer compras em um ambiente refinado. O local oferece várias opções de grifes, que vão desde vinhos, chocolates, acessórios esportivos, moda feminina e masculina, até perfumes, livrarias, entre outras. Av. Macedo Soares, 457 – Fone: (12) 3663-3133 Horário de funcionamento: domingo a quinta-feira, das 10h às 18h, feriados, sextas e sábados, das 10h às 20h. 7. Shopping Center Calil Na esquina da rua mais movimentada de Campos do Jordão, o Center Calil reúne o bom gosto em malhas, casacos, multimarcas de roupas, calçados, além de oferecer um delicioso crepe suíço. Rua Djalma Forjaz, 160 – Fone: (12) 3663-1440 Horário de funcionamento: domingo a quinta, das 10h às 18h; sextas, sábados e feriados, das 10h às 22h. 8. Shopping Center Capivari O local oferece produtos da região como malhas, artesanatos e chocolates, além de utensílios domésticos, roupas esportivas e de cama e mesa. No intervalo das compras vale conferir o delicioso café do Capivari. Av. Macedo Soares, 99 Fones: (12) 3663-8473 | 3668-9500 Horário de funciona-


Telefones de Emergência mento: de segunda a quinta, das 10h às 19h, feriados, sextas e sábados, das 9h às 22h, e domingos, das 9h às 19h. 9. Shopping Villa di Siena Localizado atrás da Igreja de São Benedito, o Villa reúne praça de alimentação com gastronomia italiana, suíça, argentina e internacional em um ambiente muito aconchegante que remete à arquitetura da cidade de Siena (Itália). Av. José Manoel Gonçalves, 160 – Fone: (12) 3663-8282 Horário de funcionamento: aberto diariamente das 9h até o último cliente. 10. Shopping Jardins Com um ambiente bem agradável, o local oferece desde malharias, confecções de roupas esportivas, couro, fitness, além de artigos de decoração. Av. Macedo Soares,

Bombeiros - 193 Polícia militar - 190 Pronto atendimento - 192

Defesa civil - 199 Disque denúncia - 197

420, – Fone: (12) 3663-8282 Horário de funcionamento: de domingo a quinta das 10h às 18h e sextas, sábados e feriados, das 10h às 20h. 11. Shopping do Relógio Um minishopping onde as pessoas podem encontrar desde tradicionais malhas, roupas femininas, esportivas, além de geleias, doces e artesanatos. Av. Macedo Soares, 320 – Fone: (12) 3663-8282 Horário de funcionamento: domingo a quinta, das 10 às 18h; sextas, sábados e feriados das 10h às 20h.

9 5 7 4 3 2

6 11 1 10 8

25


Campos do jordão

Lojas 1. Maison Genève Uma das mais tradicionais fábricas de malhas de Campos do Jordão, a Maison foi fundada em 1973. Seus produtos são reconhecidos pela alta qualidade, pela utilização de fios nobres e técnicas modernas. Além das malhas, a casa conta com uma seção exclusiva de camisaria masculina. O local abriga também um espaço infantil, livraria e o famoso café Sans Souci. Av. Macedo Soares, 23 – Fones: (12) 3663-1870 | 3663-5068 Horário de funcionamento: aberta todos os dias, das 9h às 18h. 2. Terrace Especializada em calçados femininos, bolsas e carteiras, a grife está presente no mercado desde 1990, e é reconhecida pela qualidade dos seus artigos e coleções originais sintonizadas com as tendências internacionais. Nas matérias-primas utilizadas pela Terrace, vale destacar a importância das transparências. Rua Djalma Forjaz, 103 – Loja 7 – Shopping Boulevard Genève – Fone: (12) 3663.6460 Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 18h. 3. OMK Couro A empresa oferece peças de qualidade para os públicos feminino e masculino, com design e acabamento exclusivos, confeccionadas em couro nobre. São casacos, jaquetas, saias, coletes, pelicas, camisas e calças. Av. Macedo Soares, 26 – Fone: (12) 3663-4223 Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 18h.

5. Colatto Com 12 anos de tradição em moda em couro, a marca abre uma loja exclusiva de pontas de estoque no Shopping Center Suíço, com preços bem convidativos para suas linhas de bolsas, pastas executivas, cintos, casacos em diversos modelos e cores. Av. Macedo Soares, 457 – Fone: (12) 3663-6583 Horário de funcionamento: aberta diariamente, das 10h às 18h, menos às quartas. 6. Biancheria & Bouquet Uma das mais charmosas lojas de artigos de cama, mesa e banho de Campos do Jordão, oferece peças artesanais, com estampas florais exclusivas para a primavera/verão. Confeccionados com 100% de algodão hidrofilado e percal até 250 fios, os produtos ganham a suavidade da seda por sua composição. Conta ainda com linha de importados exclusivos. Av. Macedo Soares, 457 - loja 6 - Shopping Center Suiço – Fone: (12) 3663-6273 Horário de funcionamento: comercial. 7. Casa do Artesão Para quem gosta de objetos de decoração, souvenirs e artesanato produzido em madeira e outros materiais, o local é uma ótima opção de boas compras. Av. Frei Orestes Girardi, 4075 – Fones: (12) 3662-9044 | 9772-8506 Em frente ao Quartel do Corpo de Bombeiros Horário de funcionamento: aberta todos os dias, horário comercial.

4

4. Lunik Especializada em malharia retilínea – tipo de malha confeccionada com tramas idênticas às do tricô artesanal, mas feita em máquinas eletrônicas retilíneas – a marca vem diversificando sua linha de produtos, com o lançamento de jeans e acessórios para complementar o visual. Av. Macedo Soares, 121 – Fone: (12) 3663-2107 Horário de funcionamento: de segunda a domingo, das 9h às 18h.

7 31

26

www.revistaaguaevida.com.br

9

65

8 2 10

12 11


diversos 8. Baden Baden Parada obrigatória, a casa é considerada ícone turístico da cidade. Oferece o que há de mais sofisticado na gastronomia alemã, além do famoso chope artesanal, reconhecido entre os melhores do mundo. O local é ideal para descontrair, relaxar, ver gente bonita e apreciar o movimento das ruas. Entre as porções de aperitivo, destaque para a linguiça calabresa de metro, recheada com queijo na chapa. Acompanha cesta de baguetes. Rua Djalma Forjaz, 93 – Fones: (12) 3663-7568 | 3663-3610 Horário de funcionamento: segunda a quinta, das 11h às 24h; sexta e sábado, das 11h às 2h; domingo das 11h à 24h. 9. Pastelão do Maluf A casa ganhou fama por oferecer um pastel de 32 centímetros e ser frequentada por celebridades que contribuíram com sugestões para a montagem do cardápio. O pastel Maluf, um dos mais vendidos, leva recheio de carne moída, salsa, tomate, azeitona e dois ovos. Outro famoso é o pastel Cid Moreira, com mussarela, tomate, orégano, azeitona e rúcula. São mais de 50 opções, e ainda há o batizado de “Tudo”, que pesa 1 kg. Av. Macedo Soares, 134 – Fone: (12) 3663-3590 Horário de funcionamento: das 11h às 23 h. 10. Matterhorn Empório A variedade de produtos nacionais e importados é uma marca da casa, que tem de tudo: bebidas, doces, pães,

enlatados, acessórios para vinhos e fondues, azeites, queijos, itens de decoração, entre outras dezenas de opções. Ali funciona também um restaurante de comida variada, em ambiente rústico e aconchegante. Um destaque do cardápio é o Clam Chowder, pão italiano recheado com creme branco feito com truta defumada, carne de carangueijo e salmão. Rua Djalma Forjaz, 93 , loja 20 – Fone: (12) 3663-1841 Horário de funcionamento: comercial 11. Lugarzinho Café Local ideal para degustar diferentes combinações de bebidas à base de café, além do tradicional expresso. Vale conferir o Coffee Shake, mistura de sorvete de café e de creme com uma dose de expresso, Baileys e chantili. A casa também oferece salgados triviais, como pão de queijo, empada de camarão e outras delícias, e ainda pratos rápidos, como o caldo de costela com aipim. Av. Macedo Soares, 340, loja 1 – Fone: (12) 3663-1256 Horário de funcionamento: comercial 12. Jacques Janine Para quem quer uma boa dica de salão de beleza, a grife Jacques Janine mantém uma unidade no centro da Vila Capivari, com o mesmo conceito de qualidade e serviço presente nas 60 lojas da rede espalhadas pelo país. Av. Macedo Soares, 495, loja 3 A – Fone: (12) 9245-9467 Horário de funcionamento: terça a sábado, das 10h às 19h.

ANUNCIE aqui !


SAÚDE

Obesidade infantil:

como controlar esse mal do século 21? Pesquisas brasileiras e internacionais alertam para os riscos de obesidade entre crianças e jovens

A

obesidade entre crianças e adolescentes já é considerada uma epidemia global, e um dos problemas de saúde pública mais graves do século XXI, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Um cenário que antes parecia restrito aos países desenvolvidos, como os Estados Unidos, onde quase 20% das crianças apresentam sobrepeso ou são obesas, agora também preocupa especialistas e autoridades brasileiras. Dados da instituição internacional revelam que problemas relacionados à obesidade já atingem mais de 115 milhões de pessoas nos países em desenvolvimento, entre eles o Brasil. De acordo com a segunda edição da Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE) do IBGE, realizada em 2012, os jovens brasileiros estão na contramão de um estilo de vida saudável: são sedentários, se alimentam mal e assistem TV de forma excessiva, o que contribui para o consumo de alimentos calóricos, refrigerantes e baixo consumo de frutas e vegetais, além de pouco gasto de energia, diz a pesquisa. O estudo foi feito com 109.104 alunos do 9º. ano do Ensino Fundamental, com idade média entre 13 e 15 anos. Para os especialistas, mais do que uma questão esté-

28

www.revistaaguaevida.com.br

tica, manter o peso e uma alimentação saudável é fundamental para a manutenção da saúde e prevenção de diversos problemas relacionados à obesidade, como diabetes, doenças cardiovasculares, entre outros. Estudo recente publicado na revista norte-americana Pediatrics mostrou que refrigerantes, bebidas energéticas, entre outras com adição de açúcar, contribuem para aumentar o risco de obesidade em crianças pequenas. A pesquisa foi realizada com 9.600 crianças, que foram acompanhadas durante os cinco primeiros anos de vida. Os pesquisadores alertam que o consumo de bebidas açucaradas já na infância cria hábitos que depois são difíceis de mudar. Preocupada com a dimensão que o tema vem ganhando, a rede McDonald’s já anunciou que vai retirar o refrigerante do combo do seu famoso McLanche Feliz. No lugar, vão entrar apenas água, suco e leite. Também a batata-frita será substituída por opções mais saudáveis, como saladas e frutas. A empresa espera fazer a transição nos 20 países, onde a marca mantém forte presença, até 2020, incluindo o Brasil. Obesidade, um fenômeno mundial Outros indicadores também reforçam a gravidade do problema no país. Segundo dados de 2009 do Ministério da Saúde, que já considera a obesidade infantil como epidemia, uma em cada três crianças brasileiras, em idade entre 5 e 9 anos, está acima do peso ou é obesa. Também uma pesquisa do IBGE mostrou que a proporção de jovens do sexo feminino na faixa de 10 e 19 anos que estão com sobrepeso subiu de 7,6% no biênio 1974/1975 para 19,4% em 2008/2009. Entre os meninos, o salto foi de 3,7% para 19,4% no mesmo período. De acordo com os pesquisadores, trata-se de um fenômeno mundial. Relatório publicado recente-


ANUNCIE aqui !


SAÚDE

mente nos Estados Unidos alerta para o fato de que se os norte-americanos não alterarem os hábitos alimentares, metade da população adulta do país será formada por obesos em 2030. Apelos de consumo Caixinhas e embalagens coloridas de sucos, com frutas vistosas e indicações de propriedades nutritivas podem confundir o consumidor, já que não especificam a quantidade de açúcar contida na bebida. Muitas mães acreditam que ao substituir os refrigerantes por esses produtos estão oferecendo alimentos mais saudáveis aos filhos. Segundo os especialistas, em alguns casos, esses produtos podem conter tanto ou mais açúcar do que uma lata de refrigerante. A nutricionista Sandra Regina Franco de Gauto enfatiza a necessidade de ações e campanhas de educação alimentar nas escolas, creches e também na mídia para orientar e incentivar uma alimentação mais saudável dos jovens. “Além da obesidade, outro problema sério é a hipertensão, causada pelo alto teor de sódio presente nessas bebidas”, alerta a especialista. A praticidade, o marketing agressivo dos produtos e o sabor atrativo ao paladar são, na opinião da nutricionista, fatores que contribuem para o aumento do consumo de guloseimas e bebidas açucaradas pelo público infanto-juvenil. Ela lembra também a importância da hidratação por meio da ingestão de água. “As crianças, às vezes, ficam dias sem beber água e matam a sede com refrigerantes e sucos artificiais. O resultado tem sido o aumento de problemas renais e intestinais pela falta de hidratação via água”. A adolescente Maria Eduarda Padilha, de 15 anos, adora refrigerante. Ela até sabe que beber água é importante para a saúde, “mas os refrigerantes são mais gostosos”, diz ela. A auditora fiscal Mariza Medeiros tem um filho de 17 anos, que dá preferência aos sucos prontos. “Como a maioria desses produtos tem ingredientes artificiais, procuro opções com menos teores de açúcar e o mais próximo da versão natural, mas sei que ainda assim é diferente de um suco preparado com frutas frescas”. Com o objetivo de difundir a importância da água mineral como fonte de saúde, a Abinam promoveu, no ano passado, um intenso cronograma de workshops em diversas regiões do país. Segun-

30

www.revistaaguaevida.com.br

do o presidente da entidade, Carlos Alberto Lancia, é preciso estimular nas crianças e adolescentes o hábito do consumo do produto, já que a água mineral é um alimento saudável, que fornece vários nutrientes para o organismo, além de ajudar a combater diversos males à saúde.

Dicas para controlar a obesidade infanto-juvenil  Dê o exemplo! Observe o seu comportamento e o de seu filho em relação à alimentação;  Fixe os horários das refeições (evite o consumo de lanches e guloseimas fora de hora);  Não imponha dietas restritivas (reeducação alimentar dá mais resultados, lembre-se: seu filho está em fase de crescimento);  Não incentive o seu filho a raspar o prato;  Não faça da comida uma forma de recompensa, nem de castigo;  Evite tornar a ida a uma lanchonete um “programão”(a comida de casa fica sem graça);  Procure fazer com que a criança prove os alimentos antes de dizer que não gosta;  Incentive seu filho a praticar esportes ou atividades físicas;  Controle a velocidade da alimentação (mastigar bem e comer devagar);  Limitar guloseimas e lanches gordurosos;  Diminuir o tempo em frente à TV e nem fazer refeições assistindo a mesma;  Perda rápida de peso pode trazer sérios problemas à saúde;  Retire ou diminua a oferta de alimentos muito calóricos (biscoitos recheados, doces, balas, frituras etc.);  Aumente a oferta de frutas, verduras e legumes;  Troque o refrigerante pelo suco de frutas feito na hora ou pela água mineral;  Bebês que mamam no peito têm menores riscos de se tornarem obesos. Fonte – Blog Nutriprática


ANUNCIE aqui !


Logística Reversa

Comitê Jurídico

da Coalizão responde ao pedido de ajustes do MMA Enquanto aguardam a homologação do acordo, empresários dão continuidade às ações da Logística Reversa

C

om o encaminhamento da resposta aos ajustes solicitados pelo Ministério do Meio Ambiente à proposta inicial do Grupo da Coalizão Empresarial do Setor de Embalagens, a expectativa dos empresários agora é a homologação do acordo. O pedido de revisão do Ministério foi analisado pelo Comitê Jurídico da Coalizão, em julho último, e em função da complexidade das soluções demandadas, a proposta às alterações requisitadas foi deliberada em assembleia do Grupo. De acordo com o assessor jurídico da Abinam, Carlos Pedroza de Andrade, que participa da comissão da entidade na Coalizão, independente do prazo de retorno do MMA, o Grupo mantém ativo o projeto de contratação de administradores, gestores, auditores e demais especialistas em atendimento à lei federal que estabelece as ações da Logística Reversa. Pedroza chama a atenção dos empresários do setor de águas minerais que ainda não aderiram ao acordo, por meio da Abinam, que o prazo está se esgotando. Ele enfatiza que as empresas precisam estar conscientes de que, independente da sua participação no Grupo da Coalizão, a lei tem que ser cumprida.

32

www.revistaaguaevida.com.br

“Quem estiver em desacordo, correrá o risco de sofrer as penalidades legais, a exemplo das dificuldades de renovação e expedição de licenças de operação e funcionamento, além das sanções de natureza civil, administrativa e penal”, alerta o assessor. O Grupo da Coalizão empresarial é integrado por 21 entidades representantes dos fabricantes, usuários, importadores, distribuidores e comerciantes de embalagens e resíduos secos não tóxicos, entre elas, a Abinam, sob a coordenação do CEMPRE - Compromisso Empresarial para a Reciclagem. Brasil na rota da sustentabilidade A implementação das ações da Logística Reversa não é uma obrigação isolada do governo e empresários, mas uma responsabilidade compartilhada que envolve toda a sociedade. Segundo a lei, os 5.600 municípios brasileiros têm até agosto de 2014 para eliminar todos os lixões a céu aberto. E as multas serão pesadas para aqueles que não cumprirem a determinação. As penalidades podem chegar a R$ 50 milhões. O processo para acabar com os lixões envolve iniciativas importantes e urgentes: organização da coleta seletiva, instalação de usinas de reciclagem e depósito do material orgânico em aterros sanitários.


Acordos setoriais No ambiente empresarial, os acordos setoriais têm sido o caminho para viabilizar e acelerar a implementação da Logística Reversa. O governo aponta experiências positivas nesse campo, principalmente nos segmentos de óleos lubrificantes, pilhas, agrotóxicos e pneus. Outros acordos ainda estão sendo avaliados pelo governo, mas deverão ser concluídos ainda este ano, pois a meta é a mesma para todos: a implementação das ações da Logística Reversa até 2014. É o caso dos setores de eletroeletrônicos, medicamentos e de embalagem, que inclui a indústria de água mineral. As empresas são responsáveis pelo retorno dos resíduos produzidos para reciclagem ou destinação ambientalmente sustentável. Segundo os especialistas, com a Logística Reversa as organizações ganham um adicional: a reputação de empresas do futuro, afinadas com a sustentabilidade, que é a nova palavra de ordem no mercado global.

ANUNCIE aqui !

De acordo com dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública, Abrelpe, a coleta seletiva, que possibilita que o material descartado seja reciclado, só é realizada em cerca de 60% dos municípios, e mesmo assim, não inteiramente nos moldes adequados. Estima-se que apenas 10% das três mil prefeituras que utilizam os lixões já resolveram o problema. Os consumidores também são agentes importantes na cadeia da reciclagem. Atualmente cada brasileiro produz em torno de 1 quilo e meio de lixo por dia. Também eles serão penalizados com multas, se não respeitarem as novas regras, após a implantação das coletas seletivas nos seus respectivos municípios. Nesse sentido, a criação de uma cultura de consumo responsável, que estimule a geração de menor quantidade de resíduos e o descarte adequado do lixo, é um dos grandes desafios da Política Nacional de Resíduos Sólidos.


Logística Reversa

O valor do lixo Lixo reciclado significa trabalho e renda pelo menos para 1 milhão de brasileiros que vivem da coleta do lixo. No entanto, hoje o desperdício com o descarte inadequado dos resíduos sólidos atinge a cifra de cerca de R$ 8 bilhões por ano. De acordo com o Cempre – Compromisso Empresarial para Reciclagem, apenas 3% de todo o lixo produzido no país é reciclado. Nesse contexto, as cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis são também protagonistas do novo modelo, já que auxiliam e podem auxiliar ainda mais os municípios na coleta do material a ser reaproveitado, minimizando também problemas ambientais, com maior economia de recursos naturais, água e energia. Mas esse é outro gargalo da Logística Reversa: a dificuldade de mobilizar as prefeituras para a contratação das cooperativas, que, por sua vez, reclamam da falta de maior apoio do governo federal. Na moda, PET vira grife O conceito de sustentabilidade já entrou “literalmente” na moda, principalmente para atender a um nicho de público mais exigente, os chamados “consumidores ecologicamente corretos”. Assim, cresce cada vez mais a demanda por calças, camisas, vestidos, bolsas, calçados e outras peças do vestuário produzidas com material reciclável. O aumento da reciclagem de PET no país tem contribuído para dar fôlego à nova tendência. Entre

agosto de 2011 e junho de 2013, a atividade registrou um salto de 17%, passando de 282 mil para 331 mil toneladas, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria do PET (Abipet). A conta de produção na indústria têxtil é simples: duas garrafas de dois litros de PET reciclado são suficientes para produzir uma camiseta, e quatro para uma calça comprida. Atualmente, a moda é o segmento que mais absorve a produção desse material, cerca de 50% do total produzido no país. O resultado pode ser visto nas passarelas do mundo fashion: o estilista Alexandre Herchcovitch apresentou uma coleção ecológica no São Paulo Fashion Week 2012 para a EcoSimple, fábrica de roupas de Americana, interior de São Paulo. Na lista de exemplos de marcas famosas que aproveitam a fibra produzida pela reciclagem estão incluídas a Hering, Osklen, Brooksfield e Mizuno, destaca o site EcoDesenvolvimento, que divulga temas ligados à sustentabilidade. Também a D’Uomo, tradicional marca de cuecas, já embarcou na tendência com o lançamento de um modelo exclusivo feito com o material reciclado. Qualidade da fibra - Maior resistência, durabilidade, solidez na cor, entre outros atributos que conferem maior qualidade ao produto, são algumas das vantagens do uso do fio de poliéster associado ao algodão, explica o presidente da Abipet, Auri Marçon, que destaca ainda que essa combinação impede que o tecido encolha ou entorte. Segundo Marçon, o uso desse tipo de poliéster diminui a gramatura do tecido, porque o fio fica mais fino, tornando-o mais desencorpado. O resultado é um tecido mais suave, mais leve. A indústria de calçados também se rendeu aos benefícios das propriedades da fibra, e a maioria dos fabricantes já incorpora em tênis e sapatos algum componente do material. A grife gaúcha de calçados e acessórios, Via Uno, que comercializa seus produtos em mais de 100 países, lançou recentemente um tênis da marca Naturezza, ecologicamente correto, feito com algodão e garrafa PET reciclada. Fontes Moda PET: EcoDesenvolvimento http://www.ecodesenvolvimento.org Abipet - http://www.abipet.org.br

34

www.revistaaguaevida.com.br


ANUNCIE aqui !


Vendas

É

muito comum ouvir a frase “vender é uma arte” que depende principalmente de vocação e talento nato. No mundo atual, extremamente competitivo, onde a sobrevivência dos negócios tem na “venda”, em qualquer atividade, seu pilar de sustentação, esse conceito está ultrapassado, já que não se resume só a isso. Vender é uma ciência que envolve informações, diretrizes, ferramentas, técnicas e habilidades perfeitamente passíveis de serem desenvolvidas e implementadas. Um verdadeiro arsenal de instrumentos que permite, aí, sim, que o vendedor possa exercer a atividade com toda a sua “arte”. E não é diferente para o setor de águas minerais. A cadeia produtiva dessa indústria envolve um exército gigantesco de “vendedores” – fabricantes, fornecedores, distribuidores, prestadores de serviços etc. – focado direta ou indiretamente na comercialização de um único produto: água mineral, cujos valores agregados são saúde e bem-estar. Mas, estamos falando de um vasto mercado altamente competitivo, com inúmeras marcas nacionais e importadas de água mineral, de diferentes tipos, preços, origens e características, que vivem no dia a dia um grande desafio: conquistar novos consumidores para seus produtos. E é aí que entram em cena as habilidades de venda.

7passos

os

1 2 3 4 5 6 7 36

fundamentais da boa venda

Abordagem inicial positiva Descobrir a real necessidade do cliente Apresentação dos benefícios do produto vendido somente após apresentar as características Superação das objeções apresentadas pelo cliente Fechamento da venda, quando perceber que o produto atende à necessidade e aos desejos do cliente

www.revistaaguaevida.com.br

uma arte que exige técnicas e habilidades Especialistas dão dicas de como se diferenciar no mercado e conquistar clientes

Conhecimento do produto

Realizar a venda adicional, alertando o cliente sobre algo que possível ou eventualmente ele tenha esquecido de pedir ao vendedor

Vender:

Fonte: Sebrae Paraná


O que um bom vendedor precisa saber Segundo o especialista em desenvolvimento humano, Alexandre Prates, a atividade de vendas sempre demanda profissionais qualificados e com habilidades que vão além do tradicional “feijão com arroz”. O relacionamento com clientes, conhecimento do produto ou serviço, além do planejamento, entre outros itens, são regras básicas de venda. Mas existem três fatores que o especialista destaca como estratégicos para agregar valor e diferencial para quem quer e precisa exercer essa milenar atividade nos dias de hoje. O primeiro diz respeito a uma competência em especial: a reputação. Para ele, o preço já não é mais o principal diferencial de concorrência. “O consumidor vai comprar da empresa que lhe trouxer mais segurança e comodidade”, afirma Prates. Isso significa que a imagem da empresa tem um peso importante na hora do consumidor escolher um produto, e mais, satisfeito, multiplica a venda com a recomendação. O segundo, igualmente importante é marcar presença onde o cliente está, e hoje, sem dúvida, esse lugar são as redes sociais que, se bem utilizadas, podem render bons resultados. Mas nada de chegar já querendo vender alguma coisa para os internautas. Isso é recebido como invasão e afugenta os “potenciais clientes”. A recomendação do especialista é fornecer conteúdo, tirar dúvidas, apresentar soluções. “Seja uma fonte de conhecimento e informação, logo as pessoas te seguirão e a venda será uma consequência disso”. E é bom guardar ainda outro conselho precioso: “resolva os problemas dos seus clientes. Problema não resolvido gera reclamações nas redes sociais”. E como elas se multiplicam! O terceiro e último fator apontado por Prates está relacionado à necessidade de a empresa e/ou o vendedor se diferenciar no mercado. Uma habilidade importante para isso,“é a capacidade de proporcionar experiências extraordinárias para o cliente”, enfatiza o especialista. A palavra “extraordinária” pode parecer exagerada, mas é isso mesmo.“Experiência é a equação entre a expectativa e a entrega”, resume Prates, que complementa: “a experiência que vale a pena é aquela que surpreende”. O segredo está em focar no cliente, buscar identificar suas expectativas e que “a mais” é possível oferecer.

Frases proibidas em vendas O conferencista e especialista em treinamentos motivacionais, Luís Sérgio Lico, listou uma série de frases que são proibidas em vendas. Além de não servirem para convencer o cliente, ainda desmotivam qualquer possibilidade de compra. A relação começa com a tradicional: confie em mim! Ou vai por mim! Quem já não ouviu esse chato apelo de um vendedor? Segundo Lico, é o mesmo que dizer: “seja um completo idiota e transfira o seu dinheiro para mim agora”. O argumento dele contra o “chavão” é que a confiança se conquista, e quanto mais se pede confiança a alguém, mais as pessoas se esquivam.“ Isso é prerrogativa do consumidor decidir em quem, como e quanto confiar”, alerta ele. A lista segue em frente com outra não menos fadada ao fracasso: sou seu amigo. Depois de algum tempo de boa conversa e de identificar interesses comuns com o cliente (futebol, férias etc.), na esteira de uma “aparente intimidade” muitos vendedores tiram da cartola a frase inconveniente. Como diz o especialista, a amizade pode até ser um facilitador no processo de vendas,“mas ultrapassar as fronteiras do relacionamento é uma invasão”. Na mesma linha vem "ninguém vende mais barato do que nós". Será mesmo? Para Lico esta é uma tática desgastante e irritante. O valor vem junto com serviço, confiabilidade, qualidade, atendimento, desejo, fatores decisivos na opção de compra. “Promover o valor antes do preço é uma estratégia sólida como rocha para o sucesso a longo prazo”, ressalta o especialista. Outras duas fecham com chave de ouro o rol das frases proibidas em vendas: "nós somos os melhores", e "nunca e sempre". A primeira “aciona o desconfiômetro do cliente, fazendo-o desistir da compra”, lembra Lico. E a segunda consiste em promessas que todos sabem que podem não ser cumpridas, entre elas, a de que nunca haverá atraso na entrega ou que a empresa está sempre pronta a atender o cliente em caso de qualquer problema com o produto. Basta lembrar o tempo interminável que se leva pendurado no telefone tentando reclamar de alguma coisa para ter a certeza de que esse argumento é não nada vendedor. Fontes: www.administradores.com.br / www.consultivelabs.com.br

37


COMPROMISSO SOCIAL

Água&Vida

apoia programa da Abrinq Iniciativa já beneficiou mais de sete milhões de crianças e adolescentes

A

partir desta edição, a revista Água&Vida passa a ser Apoiadora Institucional da Fundação Abrinq Save The Children, por meio da divulgação do anúncios “ Programa Empresa Amiga da Criança”. O objetivo da inserção, que terá regularidade na publicação, é contribuir para sensibilizar e mobilizar o empresariado do setor de águas minerais para a realização de ações sociais e defesa dos direitos das crianças e adolescentes. Com a adesão à causa da entidade, a logomarca da Água&Vida será inserida no site e relatórios da Fundação. Desde que foi criada, em 1990, a instituição já be-

neficiou mais de sete milhões de crianças e adolescentes em todo o País, por meio do apoio de centenas de empresas de todos os portes e setores. Abrinq - A Fundação Abrinq é uma organização sem fins lucrativos. Pautada na Convenção Internacional dos Direitos da Criança (ONU, 1989), na Constituição Federal Brasileira (1989) e no Estatuto da Criança e do Adolescente, tem como missão promover a defesa dos direitos e o exercício da cidadania de crianças e adolescentes. Desde 2010 é representante da Save the Children no Brasil.

Informações sobre o programa: www.fundabrinq.org.br

Resultados em 2012 43 novas empresas credenciadas 751 Empresas Amigas da Criança 3.118.188 crianças e adolescentes beneficiados indiretamente pelas Empresas Amigas da Criança

274 municípios de 21 Estados brasileiros envolvidos

R$ 5 bi investidos pelas empresas em ações voltadas para crianças e adolescentes

R$10,9 milhões destinados pelas empresas aos Fundos de Direitos da Criança e do Adolescente

71 participantes de empresas

nos eventos de Qualificação do Investimento Social Privado

1.200 visitantes do estande na HSM ExpoManagement 2012

Fonte: Fundação Abrinq Save the Children


Quando sua empresa diz não ao trabalho infantil, muita gente pode dizer sim para sua marca. Invista nas crianças e adolescentes do Brasil e tenha o selo de reconhecimento da Fundação Abrinq. Seja uma Empresa Amiga da Criança. Saiba mais pelo site www.fundabrinq.org.br/peac ou pelo telefone 11 3848 4870

Uma iniciativa:


Mercado

Garrafão exclusivo da água mineral Imperatriz volta ao mercado Com a decisão favorável do Tribunal Regional Federal da 4ª. Região de Porto Alegre (RS) à Jan Bebidas (SC), detentora da água mineral Imperatriz, os garrafões de 20 litros da marca, com design retorcido, voltam a circular no mercado. A embalagem diferenciada da empresa foi suspensa devido a uma demanda judicial da concorrência. No entanto, os advogados da envasadora conseguiram comprovar ao TRF que a bombona oferece segurança aos consumidores, além de atender à nova norma da ABNT, editada em 22 de março de 2013, que regulamenta os vasilhames exclusivos.

Preço da água mineral pode dobrar em diferentes países A diversidade de preços de uma garrafa de água mineral de 500 ml em diferentes países pode surpreender o turista. Por exemplo, nos supermercados da capital francesa, Paris, a garrafa custa em média 0,57 euros (R$ 1,69). Já em Sydney, na Austrália, o consumidor desembolsa 2,17 dólares australianos (R$ 4,49). Na capital irlandesa, Dublin, o preço da garrafinha de 500 ml gira em torno de 0,95 euros (R$ 2,82). Em Londres, custa 0,35 libras (R$ 1,23) no supermercado. Quem vai a Nova York, paga, em média, US$ 0,80 (R$ 1,76), enquanto que, na Times Square, uma das regiões mais badaladas do mundo, localizada nos Estados Unidos, o preço sobe para US$ 3,50 (R$ 7,71). Fonte – Portal Terra/Economia

40

www.revistaaguaevida.com.br


ANUNCIE aqui !


Mercado

SmartLase C150 patenteada pela SCT - Smartlase Code Technology

A codificadora SmartLase C150, produzida pela MarkemImaje, oferece a configuração adequada para a indústria de águas minerais e outras bebidas, qualquer que seja a velocidade de produção, o tamanho ou o substrato do produto, trazendo ampla variedade de lentes, cabeças e fontes. Com a inovadora tecnologia laser, patenteada pela SmartLase Code Technology – SCT, a C150 possibilita impressão em vidro, papel e em garrafas PET, sem risco de perfurar, mesmo os substratos mais finos. Além disso, realiza linhas, curvas e pontos com perfeita qualidade de impressão, chegando ser 30% superior às existentes no mercado. A SmartLase C150 chega a imprimir 900 caracteres por segundo, numa velocidade de 125 m/minuto, 10W com tubo CO2. A codificação pode ser realizada em produtos estacionados ou em movimento. As informações são legíveis e permanentes, que garantem a rastreabilidade e a prevenção ao desvio de produtos. Trata-se de um projeto sustentável, que utiliza mais de 80% de materiais recicláveis. Com design modular e compacto (2 módulos separados: controlador é integrado com a interface e cabeça do laser), a SmartLase C150 se adapta facilmente às linhas de produção e pode ser instalada com facilidade e segurança.

Cervejaria Petrópolis entra no mercado de água mineral Posicionada como a segunda maior cervejaria do país, o Grupo Petrópolis, detentor das marcas Itaipava e Crystal, acaba de lançar a sua primeira água mineral: Petra. Segundo a empresa, a escolha do nome visa facilitar a identificação do produto com o grupo. A Petra chega inicialmente ao mercado de São Paulo, nas versões com e sem gás, em embalagens de 330 ml, 510 ml e 1,5 l. A expectativa da empresa é levar a marca em breve também para o Rio de Janeiro e Minas Gerais. Fundado em 1994, na região serrana do Rio de Janeiro, o Grupo Petrópolis está presente em 13 estados, mantém quatro fábricas e centros de distribuição autorizada em diversas localidades do território nacional.

42

www.revistaaguaevida.com.br


Água mineral Bonafont completa cinco anos no mercado brasileiro Lançada no Brasil em setembro de 2008, a água mineral Bonafont, do Grupo francês Danone, conquistou em apenas cinco anos lugar de destaque na preferência dos consumidores. Os altos investimentos em propaganda, com ênfase para o baixo teor de sódio, contribuíram para o fortalecimento da marca. O produto é distribuído no mercado de São Paulo, em embalagens 500 ml, 1,5 litro, 2 litros, 6,25 litros, 10 litros e 20 litros. A água Bonafont é também comercializada na Argentina e no México, onde hoje é líder de mercado. Presente nos cinco continentes, a Danone exerce liderança no segmento de água mineral em diversos países com marcas fortes como: Evian (França), Salus (Uruguai), Badoit (França), Aqua (Indonésia), Volvic (França), Hayat (Turquia), Naya (Canadá), Lanjarón (Espanha) e Damavand (Irã). No Brasil, o grupo atua há 40 anos desde o lançamento do primeiro iogurte com polpa de frutas, precursor do amplo portfólio atual de opções de produtos lácteos. A Danone é a terceira maior companhia alimentícia da Europa e a sétima maior fabricante de alimentos do mundo - a primeira em países como a França, Espanha e Itália.

ANUNCIE aqui !


Mercado

Marco Regulatório é debatido em SP por representantes do setor de mineração A comissão especial do Código de Mineração, da Câmara dos Deputados, encarregada de dar parecer ao Projeto de Lei 5.807/2013, que define os prazos e condições do novo Marco Regulatório, se reuniu no dia 22/8, na

Carlos Pedroza, os deputados Gabriel Guimarães e Leonardo Quintão, e Márcia de Azevedo.

Assembleia Legislativa de São Paulo, para debater o tema com representantes do setor de mineração. A comissão é integrada pelos deputados Gabriel Guimarães (PT-MG), presidente, e Leonardo Quintão (PMDB-MG), relator. A Abinam foi representada pelo assessor jurídico da entidade, Carlos Pedroza, e pela assessora de imprensa Márcia de Azevedo. A audiência contou com a participação de José Aníbal, secretário estadual de Minas e Energia; Carlos Nogueira, que representou o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão; do superintendente do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM-SP), Ricardo de Oliveira Moraes, além de outras autoridades e representantes de diversas entidades ligadas ao setor da mineração.

Ozion investe em novas tecnologias Graças à iniciativa de dois engenheiros químicos, Letícia Zocarato, com experiência de mais de 10 anos no mercado de água mineral, e Juliano Carvalho, da área de tecnologia de produção industrial, foi fundada a Ozion Engenharia Sustentável para o Mundo. A empresa é focada na produção de geradores de ozônio inovadores e no desenvolvimento de filtros resistentes a produtos químicos. A Ozion atua também na área treinamento e capacitação para montagem de laboratórios.

Cai regime de urgência para projeto de lei da mineração O projeto que reformula as regras do setor mineral perdeu o seu regime de urgência. O texto elaborado pelo governo foi enviado ao Congresso no dia 18 de junho. A proposta precisaria ser votada na Câmara até 2 de agosto, para então seguir ao Senado, que teria mais 45 dias para avaliar a proposta. Como já se esperava, no entanto, a Câmara derrubou o regime de urgência, por conta da complexidade do marco regulatório. Isso significa que não há mais um prazo específico para que o projeto seja votado. A situação preocupa o governo e, principalmente, empresas do setor mineral, uma vez que o governo paralisou todas as autorizações de pesquisa mineral, por conta das novas regras que passarão a vigorar.

44

www.revistaaguaevida.com.br

Na Câmara, a proposta do governo recebeu 372 emendas. Entre elas está a proposta do deputado Beto Faro (PT-PA), que assumiu a comissão especial que analisa o Projeto de Lei 5.087, de 2013. Ele propõe que a receita da Contribuição pela Exploração dos Recursos Minerais (CFEM), o royalty da mineração, seja vinculado a gastos com saúde, educação e saneamento. Hoje, o dinheiro pode ser usado para qualquer coisa, sendo vedada apenas a utilização para pagamento de pessoal e de dívidas. O relator do projeto é o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG). Fonte – Valor Econômico


Fotos: Felipe Tonet

O assessor jurídico da Abinam, Carlos Pedroza de Andrade, participou no dia 9 de setembro, da comemoração do Dia Estadual da Mineração, realizada na Assembleia Legislativa de São Paulo. Pedroza representou o presidente da entidade, Carlos Alberto Lancia. A solenidade, presidida pelo deputado João Caramez (PSDB-SP), coordenador da Frente Parlamentar de Apoio à Mineração, contou também com a presença do secretário de Energia do Estado de São Paulo, José Aníbal, e de representantes de segmentos ligados à indústria de mineração paulista. Na ocasião, o secretário José Aníbal lançou o Mapa da Produção Mineral do Estado de São Paulo, que apresenta 2.800 locais de produção, divididos e classificados em grupamentos de substâncias minerais. O mapa também identifica as unidades de conservação ambiental e traz uma descrição simplificada da configuração geológica do Estado. O assessor da Abinam destacou em seu discurso a importância de todos os setores representados no evento para a economia brasileira e, em especial, para o Estado de São Paulo.

ANUNCIE aqui !

Abinam participa da comemoração do Dia Estadual da Mineração


Mercado

Schin é a água mineral oficial da rede de academias Bodytech

Produção de água mineral da Fonte-Ijuí deverá triplicar até 2020

Com o objetivo de dar continuidade à estratégia de agregar à água Schin o conceito da manutenção da saúde por meio da prática esportiva, a Brasil Kirin firmou uma parceria com a sofisticada rede de academias Bodytech. Com o acordo, a Schin passa a ser a marca oficial de água mineral das 40 unidades da rede, distribuídas pelo país. Oferecida nas versões com e sem gás, nas embalagens 300 ml, 500 ml e 1,5 litro, o produto será comercializado nos restaurantes e lanchonetes das academias.

A Vonpar/Coca-Cola está investindo pesado na ampliação da fábrica de água mineral Fonte Ijuí (RS), adquirida em 2012. A meta da companhia é elevar a capacidade de produção da indústria dos atuais 40 mil litros/hora para 100 mil litros/hora até 2020. Só este ano, a multinacional está investindo R$ 1,8 milhão em infraestrutura. Um novo poço já foi aberto para captação de água. No ano passado, os investimentos da Vonpar foram direcionados para a aquisição de novas máquinas, construção de adutora, reservatório de água e ampliação do controle de qualidade, envolvendo cerca de R$ 11 milhões. A empresa já anunciou que futuramente a água mineral da Fonte Ijuí será comercializada com a chancela da marca Crystal.

Seminário do DNPM debate fornecimento de água mineral durante a Copa O aproveitamento da água mineral nas cidades-sede da Copa do Mundo foi tema de seminário promovido pelo DNPM, na sede da entidade em Brasília. O objetivo do encontro foi definir um planejamento de ações de fiscalização nas cidades-sedes do evento (Brasília, São Paulo, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e Salvador). De acordo com o diretor-geral do DNPM, Sérgio Dâmaso, o propósito da iniciativa é ampliar a segurança das empresas de água mineral no atendimento às capitais, sedes dos jogos. “Essas ações têm caráter preventivo e preparatório para atuação do Brasil durante a Copa do Mundo”, enfatizou Dâmaso.

46

www.revistaaguaevida.com.br


ANUNCIE aqui !


Mercado

Água mineral poderá ser incluída na cesta básica dos gaúchos A proposta é do deputado estadual Gilmar Sossella do PDT. Com a aprovação do requerimento enviado pelo parlamentar à Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa, deverá ser realizada uma audiência pública para debater a possibilidade de inclusão da água mineral na cesta básica do Rio Grande do Sul. A medida vai permitir a redução de 10% da alíquota de ICMS do produto, a exemplo do que já ocorre em Santa Catarina. Segundo o deputado, não só os consumidores serão beneficiados com a redução no preço final da água mineral, como também as empresas do setor, que sofrem com a excessiva tributação.

Coca-Cola Femsa compra a brasileira Spaipa A recente compra da engarrafadora paranaense Spaipa pela Coca-Cola Femsa, joint-venture entre a Coca-Cola e a mexicana Femsa, vai aumentar em 40% o volume da companhia no Brasil, segundo nota divulgada pela marca. A operação foi realizada por US$ 1,85 bilhão. Em menos de dois anos, esta é nona transação realizada pela empresa, que adquiriu recentemente a Companhia Fluminense de Refrigerantes por 448 milhões de dólares. A Spaipa é a segunda maior engarrafadora do sistema Coca-Cola no país, com atuação nos mercados do Paraná e interior de São Paulo. Atualmente a empresa conta com sete centros de distribuição, cerca de seis mil funcionários e 17 milhões de consumidores.

Consumo de água envasada dispara na China Um estudo realizado por uma consultoria canadense, especializada em análises de mercado de bens de consumo, revela que a China poderá se tornar, em breve, o maior consumidor mundial de água mineral, ultrapassando os Estados Unidos, atual líder do setor. Segundo o levantamento, o consumo do produto naquele país dobrou nos últimos sete anos. O estudo mostra ainda que a Ásia responde atualmente por um terço do consumo mundial, com perspectivas de fechar 2013 com 16% de crescimento, o que significa mais que o dobro da taxa global prevista.

48

www.revistaaguaevida.com.br


ANUNCIE aqui !

49


Mercado

Classificados

A empresa de alimentos KVA, detentora da marca XTapa de sucos prontos, acaba de colocar no mercado o mais novo produto da linha: a água mineral XTapa. Inicialmente o produto é comercializado em garrafa de 510 ml, na versão sem gás, com embalagem no formato esportivo. A companhia já anuncia planos de lançar também a versão com gás e em garrafa de 1 litro. O produto é extraído da fonte das Araucárias, em Serra Negra, interior de São Paulo.

Indaiá é uma das marcas mais lembradas pelos paraibanos A água mineral Indaiá, do Grupo Edson Queiroz, está entre as 35 marcas mais lembradas pelos consumidores paraibanos. Esse foi o resultado da 12ª. edição do prêmio Top of Mind, promovido há 12 anos pelo Sistema Correio de Comunicação e pelo Instituto Consult de Pesquisa. O levantamento foi realizado com cerca de mil consumidores em João Pessoa, em 2012.

50

www.revistaaguaevida.com.br

ANUNCIE aqui !

KVA amplia linha XTapa com lançamento de água mineral


ANUNCIE aqui !


ANUNCIE aqui !


Ed 79 site01