Issuu on Google+

Jesuitas ´ em Revista

IMPRESSO ESPECIAL CONTRATO Nº 9912259853 ECT/DR/MG COLÉGIO DOS JESUÍTAS

Nesta edição: XIV Feira de Livros do Colégio dos Jesuítas * página 3

Alunos elegem Representantes de Turma, Grêmio Estudantil e Vereador Mirim * página 5

Durante todo o ano, alunos participam de Projetos de Coleta Seletiva * página 12

9 Educação Infantil 9 Ensino Fundamental 9 Ensino Médio 9 Educação para Jovens e Adultos

Na Feira de Livros, os alunos do 1º ano participaram de uma Oficina inspirada no livro paradidático trabalhado nas turmas

Ano 28 - Número 159 - Abril a Julho/2010


Palavra do Reitor

LEITURA: em busca do humanismo perdido O contexto pós-moderno no qual vivemos, marcado pela doença do ativismo, da pressa, da superficialidade e do eficientismo... nos conduz a um processo constante de degradação de tudo o que é humano, fazendo-nos viver uma profunda “dispersão”. E o ser humano “disperso” vive seduzido por estímulos ambientais, envolvido por apelos vindos de fora, cativado pela mídia, pelas inovações rápidas, magnetizado por ofertas alucinantes. E então, ele se esvazia, perde a interioridade e... se desumaniza. É urgente superar a “dispersão” para reaver o potencial da consciência crítica, da liberdade, da imaginação criativa e da responsabilidade. Um dos “oásis de humanidade” dentro de uma escola deve ser a biblioteca, instância animadora da “leitura criativa” como mediação para reacender o “humanismo perdido”. Muitas vezes as escolas costumam dedicar-se a ensinar a ler, mas não educam para a leitura; pior ainda é quando educam para que se deteste a leitura. Por isso, nem sempre despertam alunos leitores, pessoas que abrem um livro e se dispõem a viajar por mundos desconhecidos, a ser protagonistas da incrivel aventura de reescrevê-lo com a imaginação e o pensamento. Para desenvolver hoje a inteligência criadora, deve-se propor muito seriamente a multialfabetização de todos os alunos, de modo que se transformem em leitores autônomos e independentes. Leitores do texto e do contexto, da palavra e do mundo, capazes de ler e interpretar os gritos dilacerantes da realidade. Passar de leitores passivos ou consumidores de textos a leitores críticos deles e das intenções dos autores. Leitores dos novos códigos de comunicação e informação, das linguagens audiovisuais, para processar e desmistificar as muitas informações vazias que nos são impostas. A leitura é um veículo extraordinário para alimentar a imaginação e a criatividade, para adquirir novos conhecimentos, aproximar-se de outros povos e culturas, crescer em humanidade. No ritmo cotidiano de uma escola cada dia deve ser uma surpresa, cada atividade, uma fonte de assombro. Os alunos chegam à escola não para repetir rituais cansativos, mas para se deixar surpreender pela inovação e pela criatividade. A biblioteca deve ser a casa da magia; os livros, amigos ansiosos para contar histórias, aventuras; a bibliotecária deve ser a mais sonhadora, a mais criativa, capaz de fazer voar a imaginação dos alunos, de despertar seus desejos de aprender; deve ser aquela que alimenta a fantasia dos alunos para que visitem as estrelas e países encantados, descubram horizontes insuspeitos... Ir à biblioteca deveria ser um ritual sagrado, como se fosse entrar num templo, lugar da admiração e da contemplação, da descoberta do mistério que se esconde em cada coisa. Como atividade humanizadora, a leitura possibilita re-descobrir-se, re-encontrar-se, buscar-se de novo. Da “leitura do texto” à “leitura de si mesmo”: este é o dinamismo que desafia cada um a assumir o potencial humano criativo que está latente em seu interior. Por isso, a verdadeira leitura é “pro-vocante”, no sentido de chamar para fora, convidar, desafiar... cada leitor a construir-se, inventar-se, desenvolver talentos e possibilidades... Trata-se de um processo fascinante, sedutor: ele desperta o pensar, o dialogar, o sentir, o criar, o viver e o com-viver. Importa, pois, através da leitura, “re-humanizar-nos”, pois está em nossas mãos a possibilidade apaixonante de dar sentido e plenitude à nossa vida. Padre Adroaldo Palaoro sj - Reitor

Colégio dos Jesuítas Avenida Independência, 1.600 Centro - Juiz de Fora - MG CEP: 36016-320 Tel.: (32) 2101-5700 Fax: (32) 2101-5733 www.colegiodosjesuitas.com.br

2

Conselho Diretor

Jesuítas em Revista - Ano 28 - nº 159

Reitoria: Pe. Adroaldo Palaoro sj Diretoria Geral: Heloísa Maria Barroso e Silva Formação Cristã: Pe. Valdivino Teixeira de Carvalho sj Educação para Jovens e Adultos: Pe. Gerardo Cabada sj Administração: Eduardo Pinheiro Venturelli

Projeto Gráfico, Textos e Editoração: Carlos Vinicius Oliveira de Moraes Fotografias: Abel Eduardo de Lima Rodrigo de Paiva Tagliate Revisão: Jucimar Cunha R. Oliveira Contatos: comunicacao@coljes.com.br


Feira de Livros

XIV Feira de Livros do Colégio dos Jesuítas De 28 a 30 de abril, a XIV Feira de Livros do Colégio dos Jesuítas movimentou a escola. Entre outras atividades programadas para o evento, como oficinas e produções coletivas, a equipe organizadora promoveu encontros de alunos com os autores de livros infantis James Misse (Infantil I e II) e Lúcia Fidalgo (4º ano do Ensino Fundamental). No “Cantinho do Autor”, na Biblioteca do Colégio, os alunos conheceram os escritores Marta Gusmão e Fernando Mario Franco. E, como ocorre tradicionalmente, durante toda a Feira, no Galpão e nos corredores do Infantil e do Espaço Didático Padre Félix, próximo às salas de aula, foram expostos livros e trabalhos produzidos por alunos do Infantil, do Ensino Fundamental e de 1ª e 2ª séries do Ensino Médio. Completando a programação: no dia 26 de abril, a Cia Teatral Fazendo Arte apresentou a peça “Os Saltimbancos” para os alunos de 6º e 7º anos do Ensino Fundamental; na manhã do dia 27, em um trabalho de História, foi exibido o filme “O Show de Truman” para os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental; nesse mesmo dia, à tarde, os alunos da Educação Infantil encontraram-se com James Misse, autor dos livros adotados “A música dos bichos” (Infantil I) e “O menino que amava sorrir” (Infantil II).

Mascote da Biblioteca Olá amiguinhos, Vocês já me conhecem: sou o mascote da Biblioteca. Estou muito feliz agora que vocês escolheram meu nome. Foram cerca de 500 sugestões e o nome mais criativo foi sugerido por Bruno Sanders do Valle Pinheiro, do 3º ano do Ensino Fundamental (na foto, ao lado da professora Leila Maria Balbino Paiva e da bibliotecária da escola, Patrícia Eliza Soares Leite). Agora, todos me chamam: Toni Leitor

3


Campanhas Niterói, 20 de maio de 2010 Queridos amigos e amigas do Colégio dos Jesuítas, Feliz, emocionado e extremamente satisfeito agradeço em nome das famílias das comunidades de Novo México e Santa Bárbara que tiveram uma resposta cristã da comunidade do Colégio dos Jesuítas. À direção do colégio, coordenadores(as), professores(as), funcionários(as), alunos(as), pais e responsáveis, que não se omitiram e nem tampouco se conformaram em assistir pela televisão o sofrimento e a desolação dos empobrecidos de nossa sociedade, muito obrigado! A resposta imediata e generosa da Comunidade dos Jesuítas aliviou a ansiedade e o medo da fome e do desabrigo. Gostaria de acrescentar que o trabalho realizado nestas favelas é uma simples continuação daquilo que aprendemos a fazer na RONDA durante muitos anos. Somos todos voluntários em uma missão PARA MAIOR GLÓRIA DE DEUS. Não nos esqueceremos da atitude amorosa de todos vocês! A Equipe: Keila, Ana, Iraci, Raphael & Renato* * Renato atuou no Colégio por cerca de 20 anos e hoje desenvolve um trabalho nas comunidades de Novo México e Santa Bárbara.

Na EJA, solidariedade É JÁ “É JÁ em NITERÓI” nos deu a oportunidade de praticar a solidariedade, por meio de doações materiais e de tempo de oração, uma vez que os alunos, por iniciativa própria, colocaram-se, na Capela do Colégio, em comunhão espiritual com as vítimas desse acidente e seus familiares. Mais do que nunca, temos a certeza de que anjos existem e não trabalham sozinhos. Às vezes, precisamos apenas que eles nos acordem do sono comodista e, uma vez de olhos abertos, o milagre acontece pelas mãos que têm dinheiro, pelas que não têm tanto, pelas mãos calejadas, delicadas, experientes, jovens, ... mãos divinas, caridosas, cristãs... simplesmente mãos humanas, suavemente perfumadas pela bondade do Criador. Sônia Maria de Souza Miranda * Coordenadora da EJA do Colégio dos Jesuítas

4

Campanha do Agasalho O Colégio dos Jesuítas realizou - em parceria com o PLASC (Plano de Saúde da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora) - uma campanha assistencial, com o lema: “Seu calor humano pode aquecer uma criança”. De 7 a 12 de junho, os alunos foram estimulados a depositar cobertores e roupas de criança em uma caixa no Galpão do Colégio. No final da campanha, a equipe do PLASC recolheu os itens arrecadados, para distribui-los entre instituições que acolhem crianças e adolescentes na cidade.


Liderança Cristã

Alunos elegem novos Representantes de Turma Depois de um tempo de preparação, apresentação de propostas e campanha, chegou a hora da escolha! Assim, na manhã de 16 de abril, alunos de 7º ano do Ensino Fundamental a 2ª série do Ensino Médio elegeram os novos Representantes de Turma (período 2010/2011). A Posse dos novos representantes ocorreu no dia 5 de maio, em uma solenidade no Auditório Irmão Mário. Na ocasião, o presidente do Grêmio do Colégio dos Jesuítas (GREJ) no período 2009/2010, o estudante Gabriel Coutinho Calil, deu posse à nova diretoria, eleita com 64,49% dos votos dos alunos. Em seguida, os educadores começaram o processo no 6º ano do Ensino Fundamental, em que se inicia o trabalho de conscientização em relação à importância da atuação dos Representantes de Turma. Naquelas turmas, não há votação, mas a indicação de alunos para exercerem, no período, as respectivas funções. No início de julho, após vários encontros realizados em cada turma, os alunos indicados pelos colegas e educadores foram abençoados pelo Reitor do Colégio, Padre Adroaldo Palaoro, para o exercício da missão.

Alunos elegem representantes na “Câmara de Vereadores Mirins” No final de março, foram eleitos os representantes dos alunos do Colégio dos Jesuítas na “Câmara de Vereadores Mirins”, projeto desenvolvido pela Câmara Municipal de Juiz de Fora. As 8 vagas oferecidas pela escola (Vereador Mirim, seu suplente e seis assessores parlamentares) foram disputadas por 24 candidatos, alunos do 8º ano do Ensino Fundamental a 2ª série do Ensino Médio. Antes da votação, os candidatos se apresentaram aos eleitores, que foram orientados pelos educadores do Serviço de Apoio ao Pedagógico (SAP), responsáveis pelo projeto no Colégio dos Jesuítas, a avaliarem cada postulante ao cargo de Vereador Mirim, observando aspectos como: Î motivação; Î presença construtiva em sala de aula; Î histórico de representatividade em sala e/ou Colégio; Î postura crítica frente aos problemas sociais de nossa cidade; Î pertinência da candidatura (razões que justificam ocupar tal cargo); Î capacidade de argumentar de modo convincente, quando imbuído de uma causa; Î postura de seriedade e comprometimento ao longo da exposição. A Posse dos Vereadores Mirins - mandato 2010/2011 - ocorreu no dia 8 de abril, no Plenário da Câmara Municipal de Juiz de Fora. Durante todo o mandato, os alunos do Colégio dos Jesuítas são assessorados por educadores da escola. Após três meses de trabalho, os alunos já formularam - e enviaram à Câmara - suas propostas para o tema definido como prioritário pelas escolas participantes: “Saúde em Juiz de Fora”. A relação dos Representantes de Turma e dos oito eleitos para a Câmara de Vereadores Mirins está disponível no site do Colégio dos Jesuítas: www.colegiodosjesuitas.com.br

5


Giro de Notícias

Páscoa dos Pequeninos No dia 5 de maio, as crianças do 1º ano do Ensino Fundamental tiveram a oportunidade de relembrar e celebrar a “Santa Ceia” como Jesus. Para isso, trouxeram o lanche para partilha e perceberam a importância de “dar” ao outro o seu melhor. Os pequeninos vivenciaram com grandeza os ensinamentos de Cristo e nos ensinaram muito com sua pureza e espírito solidário. * Texto: Professoras do 1º ano do Ensino Fundamental

“Anavan”, crianças! Na tarde de 9 de julho, os alunos da Educação Infantil e de 1º a 5º anos do Ensino Fundamental transformaram a escola em um verdadeiro “arraiá”, com direito a danças e trajes típicos dos festejos juninos. A alegria marcou a apresentação das turmas no ginásio do Centro Poliesportivo Padre João Bosco Burnier. * Corruptela da expressão francesa “En Avant”, que significa “Avante!”, “Anavan” é uma das marcações mais tradicionais das quadrilhas. O comando faz com que os participantes da dança caminhem, balançando os braços.

Exposições de trabalhos dos alunos do 9º ano A Professora de Português do 9º ano do Ensino Fundamental, Yáskara Barros Furtado de Mendonça, encontrou uma forma de socializar os trabalhos de seus alunos, expondo-os sistematicamente no corredor próximo das salas de aula. No projeto “Fala, Nono Ano!”, os estudantes escreveram a respeito de vários assuntos, como bullying, violência urbana, desarmamento e pichações. Partilha semelhante ocorreu com as resenhas produzidas após a leitura do paradidático “Oliver Twist”, de Charles Dickens, adaptado por Henrique Félix para o Ensino Fundamental.

Acompanhe o cotidiano de nossa escola:

6


Giro de Notícias

Colégio é bicampeão da Taça Minas Gerais de Natação de Inverno Nos dias 12 e 13 de junho, na cidade de Sete Lagoas, a equipe do Colégio dos Jesuítas conquistou o bicampeonato da Taça Minas Gerais de Natação Vinculada de Inverno. O desempenho dos alunos na competição, promovida pela Federação Aquática Mineira, foi comemorado pelos educadores da escola, cujas contribuições são destacadas pelo Coordenador da Equipe de Educação Física, professor Dario da Silva Pereira Filho. “Parabéns a todos que colaboram na formação integral de nossos alunos, que mais uma vez foram elogiados nas condutas, e a todos que não medem esforços em nos ajudar. Obrigado a todos.”

Equipe feminina de voleibol: “Sorriso aberto e roupa nova!” A equipe feminina de voleibol do Colégio dos Jesuítas, formada por alunas de 8º e 9º anos do Ensino Fundamental, está de “roupa nova”. A estreia das camisas azuis, personalizadas com o nome de cada atleta, ocorreu no dia 26 de maio. A partida disputada com a equipe da Escola Estadual Nossa Senhora das Graças, da cidade de Bom Jardim de Minas, terminou com a vitória das juiz-foranas, por 3 sets a 0 (25 x 15 / 25 x 21 / 25 x 17). Antes, no dia 7, nossas alunas venceram a equipe do Colégio Militar por 3 sets a 1 (25 x 9 / 25 x 10 / 21 x 25 / 25 x 17).

Equipe do Colégio vence 2ª Copa Prefeitura/Bahamas de Handebol No dia 20 de junho, no ginásio do Sport Club Juiz de Fora, a equipe infantil do Colégio dos Jesuítas (formada por alunas de 8º e 9º anos do Ensino Fundamental) conquistou a 2ª Copa Prefeitura/Bahamas de Handebol, ao vencer - por 10 a 6 - a equipe da Escola Estadual Professor Teodoro Coelho. Em meio a mais essa alegria proporcionada pelo desempenho de nossas alunas em competições externas, o Coordenador da Equipe de Educação Física, professor Dario da Silva Pereira Filho, parabenizou as integrantes da equipe de Handebol Infantil e o seu treinador, Henrique da Silva Mancio. “Parabéns às alunas e ao professor Henrique, pela dedicação e disponibilidade”, destacou Dario, em mensagem enviada aos educadores da escola, comunicando o resultado da participação da equipe na competição.

www.colegiodosjesuitas.com.br

7


Na sala de aula

Educação Infantil

Alunos e familiares participam de Celebrações Os alunos da Educação Infantil e seus familiares participaram, no Auditório Padre Oliveira, de dois momentos bastante emocionantes: a Coroação de Nossa Senhora, em 28 de maio, e a Homenagem ao Sagrado Coração de Jesus, no dia 11 de junho. Antes, no dia 7 de maio, o ginásio poliesportivo foi o palco para as crianças homenagearem suas mães, em um momento lúdico, interativo e carinhoso entre mães e filhos, monitorado pelos professores de Educação Física.

Ensino Fundamental

My favourite sport No 2º bimestre letivo, os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental participaram de uma competição de redação em inglês. Nela, tiveram que escrever sobre seu esporte favorito e os ganhadores teriam seu texto publicado em nosso periódico. Confira o resultado: * Turma “A” Yuri Augusto P. Toledo My favorite spectator sport is Formula One racing. I always watch it on television. I like it because racing at high speeds involves a lot of skills, effort and danger. My favorite racer is Michael Schumacher. He won many races and people think it was very easy for him, but it wasn’t. Winning a Formula One race needs experience and hard working as well as luck, and not many people can do that.

* Turma “B” Thiago Haddad Muzzi My favourite sport is football. I watch it on television and at stadiums. I like it because it’s cool, beautiful and exciting. My favourite sportsman is Júlio Cézar, Internazionale’s goalkeeper. He’s my favourite because he is the best goalkeeper in the world for me and he started in Flamengo. * Turma “C” Caio Espindola My favourite sport is volleyball. I watch it on TV. I want to go to a game someday. My favourite player is Giba, because he is an excellent player and a role model. The main reason I like volleyball is that it is a very exciting sport.

* Turma “D” Sophia Barros Fajardo My favorite sport is boxing. I really like it; it’s a sport that you can relax very much. I practice it three times a week, for about two hours. It’s very cool, because you have to fight with another woman on the boxing ring and my teacher is a very good coach. My favorite sportman is Mike Tyson. Someday, I’ll go to a fight in California, the most exciting place for a really good fight.

Texto: Marcus Vinícius Rezende Fagundes Netto e Cláudia Maria Lima Guedes Goretti * Professores de Inglês do 9º ano do Ensino Fundamental

8


Na sala de aula

Ensino Médio

Alunos da 1ª série pesquisam sobre artistas hispanoamericanos No mês de abril, nas aulas de Espanhol, os alunos da 1ª série pesquisaram sobre “cantantes” hispanoamericanos. A proposta do trabalho, segundo a Professora Marcela Maria Matamoros López Amaral, foi levar os alunos a pesquisarem a biografia de artistas, apresentando-os com o conhecimento que já possuem do idioma, na leitura, na escrita e na oralidade. Confira o que os estudantes Rodrigo Fontes, Lucas Torres e Marcellus Romano, escreveram sobre a colombiana Shakira: “Este trabajo nos hace conocer culturas distintas, cantantes diferentes de los que están en nuestro país. Vimos un lindo trabajo de una cantante muy esforzada y victoriosa en su vida. Tiene muchos fans pero no se olvida de los menos favorecidos, ayudando con donaciones conseguidos en su show. Entonces conseguimos conocer esta grande cantante y notamos que lo más importante de hacer éxito es ayudar a quién lo necesita.” No final do trabalho, Rodrigo e Lucas aproveitaram para prestar homenagem ao amigo: “Este trabajo fue hecho con la ayuda y colaboración de un gran amigo de nosotros, Marcellus Romano, que no está mas com nosotros, pero permanecerá en nuestros recuerdos y em nuestro corazón.”

Educação para Jovens e Adultos

Estudante ganha nova cadeira de rodas Integrantes da comunidade educativa do Colégio dos Jesuítas mobilizaram-se para ajudar o aluno Lucas Felipe Vieira. No texto abaixo, a professora Deise Araújo de Freitas Basílio (na foto, à direita) partilha a emoção de participar deste capítulo na história da vida do estudante. É com muita alegria e satisfação que venho agradecer ao Colégio dos Jesuítas toda a emoção de fazer a alegria de um aluno brilhante, esforçado e vitorioso que conosco está desde o ano passado. Desde a primeira vez que o vi, interessei-me pela sua história de vida, e a fatalidade de ter deixado-o numa cadeira de rodas. No início ele vinha com uma cadeira desconfortável, pequena e sempre com a ajuda do seu inseparável amigo, irmão, escudeiro Ruan, que incansavelmente o traz para a escola independente de como o tempo está (com lua, ou forte chuva). Muitas pessoas fizeram parte dessa conquista: Padre Cabada, a Assistente Social Mara, o Professor Natan, o Médico Ortopedista Vinícius Moreira, a Terapeuta Ocupacional Eliana Moura Fabrini; que contribuíram diretamente na aquisição da nova cadeira para Lucas, agora confortável, leve e moderna. Hoje pude ver e sentir a emoção na entrega da cadeira: não existem palavras para expressar o sorriso no rosto de Lucas, misturado com o susto do novo. Por tudo isso, fica aqui meu agradecimento a todos e principalmente ao Colégio que pôde proporcionar o bem-estar para esse nosso aluno.

9


Projetos Pedagógicos

África: ontem e hoje * 6º ano do Ensino Fundamental O 6º ano não só vibrou com os jogos da Copa do Mundo na África, mas também com o trabalho integrado realizado pelos professores da série.

É claro que não podia faltar a sensibilidade, a magia e o encanto de belas poesias realizadas e lidas nas aulas. Que tal a leitura de uma poesia criada pelas alunas Carolina de Medeiros Reis Moraes e Beatriz Macedo Soares:

O assunto “África” já faz parte do conteúdo de História do 6º ano. A professora Márcia iniciou a abordagem do assunto e todas as disciplinas do 6º ano se envolveram e criaram com e para os alunos várias atividades.

África: um continente diferente

Os alunos viajaram pelo continente africano, pesquisando sobre o meio ambiente, línguas, religiões, jogos, cultura, povos, arte, etc. Todos esses temas abordados fizeram parte de um livro produzido pela série com o título “África: ontem e hoje”.

Terra de tradições, culturas, ramificações. Terra dos faraós, escravos que... apesar de tudo, não deixavam o serviço de lado. Pobres escravos trabalhos duros e forçados.

Texto: Lucimar Silveira Durço * Professora de Português do 6º ano

Grande diversidade natural, que de tanto serem lindas, percebemos que nunca foram tratadas mal. Montanhas e desertos, florestas e depressões. Tanta natureza, tanta beleza! Povos diferenciados cada qual com uma dança, uma tradição.

Prêmios e Homenagens

Aluno do Ensino Médio recebe premiação por seu desempenho na Olimpíada Brasileira de Física - 2009 No dia 9 de abril, Vítor Gabriel Barra Souza, aluno da 2ª série do Ensino Médio, foi premiado por seu desempenho na Olimpíada Brasileira de Física - 2009. A medalha de prata, conquistada por Vítor na competição, foi entregue em uma cerimônia organizada pela Coordenação Estadual da Olimpíada Brasileira de Física (OBF). Além do estudante, o Coordenador de Física do Colégio dos Jesuítas, professor Wagner da Cruz Seabra Eiras (na foto, à esquerda), recebeu um certificado pelo desempenho dos alunos da escola na competição. Parabéns, Vítor! Atenção: Logo, no site do Colégio dos Jesuítas, serão divulgadas as informações para inscrição dos alunos da escola na OBF - 2010. Î Realizada em três fases, a OBF é um programa permanente da Sociedade Brasileira de Física, que teve início em 1999 e que, a exemplo de quase uma centena de países, visa usar as competições intelectuais como veículos capazes de despertar e estimular o interesse pela Física, entre outros objetivos.

10


Educadores em Destaque

Prevenção de acidentes: a segurança em suas mãos! De 19 a 21 de maio, educadores do Colégio dos Jesuítas participaram da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT). Em 2010, o tema escolhido pelos membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da escola foi “A segurança em suas mãos”. Durante a semana, os educadores assistiram a um vídeo sobre “Controle e Prevenção de Diabetes” e a palestras sobre “Alimentação Inteligente”, “Atividade Física e Saúde”, “Transtornos Alimentares” e “Ergonomia”. Na abertura do evento, o Presidente da CIPA, André Luiz Pereira Machado, destacou o motivo que levou o grupo a escolher os temas abordados na programação. “Apesar do baixo risco de acidentes no Colégio, ofereceremos nesta semana palestras educativas sobre saúde e segurança no trabalho. Informação nunca é demais!”, afirmou. * As palestras foram ministradas pela equipe de profissionais da UNIMED Juiz de Fora.

Gente Nova... Î Adriano Siqueira Martins Vigilante Orgânico

Î Danielle Silva Medeiros

Assistente de Coordenação (6º e 7º anos)

Î Katherinne Weisser Vasquez

Professora de Espanhol (1ª série do Ensino Médio)

Î Leonardo de Souza Fortes

Professor da Escola de Esportes e Cultura (Natação)

Î Luciene Rodrigues da Silva

Auxiliar de Serviços Gerais e Manutenção

Î Marina Barros Heleno

Auxiliar Administrativo (Tesouraria)

Î Milton Cesar Nolberto Auxiliar de Transporte

Sejam bem-vindos!

Nasceram... ... no dia 13 de abril, André e Eduardo, filhos de Rodrigo Cruz Gonçalves (Professor de Geografia) ... no dia 25 de abril, Lucas, filho de Rosângela Peres Leonel (Auxiliar Administrativo - Tesouraria) ... no dia 24 de junho, Nina, filha de Mary Estela Rezende Marques dos Santos (Assistente de Coordenação - 6º e 7º anos) Parabéns aos pais e familiares!

>> Vem aí...

Semana Inaciana * De 31 de julho a 7 de agosto ** Atividades para educadores, ex-alunos, alunos e seus familiares *** Confira a programação completa no site do Colégio dos Jesuítas: www.colegiodosjesuitas.com.br

11


Coleta Seletiva

Durante todo o ano, alunos participam de Projetos de Coleta Seletiva No dia 5 de junho, comemora-se o Dia do Meio Ambiente. Contudo, na formação dos alunos do Colégio dos Jesuítas, a dimensão ecológica é trabalhada durante todo o ano letivo. Além da coleta seletiva de todo o lixo produzido no Colégio, com coletores específicos para cada tipo de material, outros itens - como óleo vegetal, equipamentos eletrônicos, pilhas e baterias - são trazidos pelos alunos e seus familiares para receberem o descarte adequado. Saiba quais são - e como funcionam - os Projetos de Coleta Seletiva desenvolvidos no Colégio dos Jesuítas: Óleo Vegetal - Em 2009, o Colégio dos Jesuítas lançou o projeto “Coleta de Óleo Vegetal”, propondo uma destinação adequada aos óleos de frituras, evitando seus despejos na rede de esgoto. Além de reduzir os danos causados à natureza, a campanha também busca promover geração de renda e inclusão social, pois todo o material recolhido é destinado a moradores de rua e desempregados dos bairros Santa Cândida e Linhares (ONG Sabão & Cia), que utilizam esses resíduos na fabricação de sabão. O funcionamento é simples: os alunos da escola são estimulados a armazenar - em garrafas “pet” ou similares - o óleo usado em frituras e a depositar esses recipientes em contêineres identificados pela logomarca da campanha. Lixo eletrônico - A campanha “Doe seu lixo eletrônico”, decorrente de uma parceria firmada em 2008 entre o Colégio dos Jesuítas, a indústria de computadores Maxxmicro e a empresa Ipasoft, tem como objetivo principal a destinação adequada do lixo eletrônico e o resgate da cidadania da população carente de Juiz de Fora, por meio da inclusão digital. O coletor específico para receber os equipamentos doados está alocado no 3º andar do corredor do prédio próximo à Avenida Independência, perto da rampa e dos banheiros. Pilhas e Baterias - Para contribuir com a redução na quantidade de pilhas e baterias lançadas no meio ambiente, o Colégio dos Jesuítas participa, desde 2007, do programa “Papa-Pilhas”. As pilhas e baterias usadas são depositados pelos alunos em um coletor estrategicamente colocado no Galpão da escola. Periodicamente, os itens são recolhidos pelo Banco Real, responsável por encaminhá-los a uma empresa de São Paulo, licenciada para realizar o trabalho de reciclagem. Coleta Seletiva: a Terra sorri para este belo gesto!

Grêmio do Colégio dos Jesuítas promove “Semana Ambiental” Com o objetivo de sensibilizar os estudantes para a importância de preservar a natureza, o Grêmio do Colégio dos Jesuítas (GREJ) desenvolveu, de 31 de maio a 2 de junho, o Projeto “Semana Ambiental”. No primeiro dia do projeto, os integrantes do GREJ afixaram cartazes em vários pontos da escola, alertando sobre problemas relacionados ao meio ambiente. Exibição de vídeo, palestra e a instalação de lixeirinhas nas mesas do Galpão também integraram a movimentação, que terminou com alunos plantando sementes na Mata do Colégio. Ainda, como gesto concreto de participação na Semana do Meio Ambiente, o Grêmio do Jesuítas divulgou um movimento da sociedade civil organizada em defesa do Código Florestal Brasileiro, que se encontra ameaçado por uma proposta que pretende reduzir drasticamente as áreas de proteção ambiental e legalizar o desmatamento. Grêmio do Jesuítas: Plante essa ideia!


Revista Jesuítas: Abr / Jul