Page 1


2

/

28

MARIANA GUERRA

Milou Milou

O Verão vem associado à crescente preocupação com a saúde da pele, da alimentação e do corpo. Nesse sentido convidámos o Dr. Fábio Gomes a expor a sua percepção acerca do envelhecimento saudável. Pelas suas palavras vimos acentuar a necessidade de cuidarmos de nós e de disponibilizarmos à nossa mente e corpo um envelhecimento com sucesso. Envelhecer de forma saudável passa, também, pela valorização da felicidade no dia-a-dia de trabalho e pela capacidade de concilicar a vida profissional com a vida pessoal. Marta Lima, Country Manager Portugal do Grupo Alpargatas Europe, partilha algumas estratégias que utiliza para motivar a sua equipa. Falando de felicidade, se se aproxima um dos dias mais importantes da sua vida conte com a Como Branco para preparar de forma original o seu evento, o seu casamento, ou a festa de aniversário do seu filho.

Terminamos a ÉME de Julho com uma notícia muito especial – a Milou Milou foi o projecto vencedor daquele que foi considerado o maior concurso de empreendedorismo do Mundo – o concurso da Associação Acredita Portugal. A Milou Milou ficou em 1º Lugar no concurso BES Realize o Seu Sonho – Start Now – Comércio e Serviços. Queremos, com este prémio, inspirar e incentivar todos aqueles que têm uma ideia de negócio, mas que não têm coragem, ou não encontram a melhor forma de alavancar essa ideia, a acreditarem que é possível!


“ A Milou Milou ficou em 1º Lugar no concurso BES Realize o Seu Sonho – Start Now – Comércio e Serviços. Queremos, com este prémio, inspirar e incentivar todos aqueles que têm uma ideia de negócio, [...] a acreditarem que é possível! ”

Mariana Guerra info@milou.pt

Design e Edição ÉME Carolina Sousa Ferreira info@milou.pt

INDEX 4 BEAUTY Luxo e sensorialidade são os elementos-chave do separador Beauty deste mês. Desvende todos os segredos da marca que marcou várias gerações. 10 [FOR] BUSINESS WOMAN Se se preocupa com o envelhecimento, revelamos-lhe alguns conselhos para o fazer com sucesso. 12 INTERVIEW Descubra a Mulher que lidera, em Portugal, a maior empresa produtora de calçado da América Latina. 16 ON THE SPOT Se um dos momentos mais importantes da sua vida se aproxima, não deixe de saber tudo sobre a empresa que vai tornar o seu dia único. 18 ONGOING Fique a par da exposição que a fará recordar a importância dos anos do experimentalismo da década de 80 do século XX.


4

/

28

B

Sun Celebration

eauty

Maria José Andrade, Directora Geral Guerlain, Loewe e Acqua di Parma, abre-nos as portas do fantástico mundo da marca Guerlain. Numa conversa intimista e envolvente, descubra a marca que é liderada por um sexto sentido feminino.


“ Um pouco de blush, um pouco de pó de sol, um véu de flor de tiaré, bergamota e baunilha. TERRACOTTA SUN CELEBRATION é um convite para descobrir paisagens onde as terras ocre captam os raios de sol cintilante, como uma carícia dourada sobre a pele. Três palavras-chave: radiante, exótica, solarenga - eis a Beleza do Verão de 2014!” Em 2014, o mito Terracotta está mais vivo do que nunca. Guerlain celebra os seus 30 anos, com um pó bronzeador com uma luminosidade deslumbrante, Terracotta Sun Celebration e, pela primeira vez, em edição limitada, Terracotta Le Parfum, uma fragrância solar e cativante. Os cúmplices perfeitos deste duo ensolarado? A máscara de pestanas Cils d’Enfer, declinada em versão waterproof para mergulhar no Verão e permanecer impecável em todas as circunstâncias. E as três it-colors do Verão, que ficam sublimes sobre a pele dourada. Pelas mãos de Maria José Andrade, Directora Geral das marcas Guerlain, Loewe e Acqua di Parma, fica no ar o aroma intemporal das fragrâncias que fizeram história e da aguardada espera das que ainda estão por fazê-la. Deixe-se envolver pelos resultados dos produtos Guerlain! O que apaixona a Maria José Andrade no mundo da perfumaria e cosmética? A magia, o desafio, a surpresa e as novidades constantes! No sector da perfumaria, e sobretudo a perfumaria selectiva, em que a Guerlain se enquadra, desafiamo-nos sensorialmente. Ajuda-nos a apurar o olfato descontruíndo fragrâncias,

a estudar texturas através do toque, a apurar a visão pela análise dos pormenores e quase que se pode dizer que algumas vezes até aguça o paladar! Considera-se uma Mulher Guerlain? Sou 100% uma Mulher Guerlain. Vivo intensamente e com muita emoção as novidades, os lançamentos e a história da marca que é extraordinária! Quais os seus produtos preferidos da marca? Sem dúvida alguma os produtos da linha Terracotta que este ano celebram 30 anos. Os nossos pós autobrozeadores foram os primeiros do mercado e continuam a fazer as delícias de todas as Mulheres que procuram um bronzeado de três semanas em três segundos! Mas também não consigo passar sem os cremes da linha Orquídea Imperial nem o nosso novo perfume la Petite Robe Noire Couture. Consegue ser ainda melhor que os anteriores. Tenho muito orgulho e gosto de usá-lo por isso mesmo!

“ Vivo intensamente e com muita emoção as novidades, os lançamentos e a história da marca [...] ”


8

/

28

Que tendências podemos ver reflectidas na marca Guerlain? A marca Guerlain não tem qualquer tipo de ligação à moda. Como tal, o nosso Universo é muito peculiar. Trabalhamos com detalhe os nossos valores, o nosso ADN, isto é, a consciência de que trabalhamos a beleza, o sonho, retiramos das matérias-primas com que trabalhamos o que de melhor nos podem oferecer. Valorizamos a pesquisa, a ciência, para darmos sempre o melhor às nossas consumidoras. Por fim, existem dois valores que são igualmente fundamentais para nós, o luxo e a sensorialidade que todos reconhecem na marca. Sobretudo, o que importa destacar é o facto da Guerlain ser uma marca actual, que procura criar produtos adaptados às Mulheres dos dias de hoje, ao seu ritmo de vida e às suas expectativas. Nunca fomos uma marca de seguir tendências de mercado. Um exemplo disso é a linha

Terracotta, em especial o pó, que surge numa altura em que o aspecto bronzeado não era uma preocupação generalizada, nem sequer era o look ideal de Mulher. Considera que o ponto de equilíbrio da marca é conseguido através da lealdade às tradições Guerlain e um toque de modernização? Sem dúvida, é este equilíbrio que tem feito da Guerlain uma marca de sucesso, inclusive porque também nos permite tocar várias gerações de consumidoras. Podemos dizer que “excelência, detalhe e paixão” são alguns dos ingredientes da marca Guerlain? Esses são, sem dúvida, alguns dos ingredientes. No entanto a Guerlain é também sinónimo de eficácia, pesquisa e sonho. De que forma é que a Guerlain se diferencia das outras marcas? Eu penso que o ponto forte da

1. 2.

1. Pó bronzeador Terracotta Sun Celebration;

2. Fragância Terracotta Le Parfum.


marca reside, precisamente, no equilíbrio. Conseguimos que, até hoje, o equilíbrio entre história/ADN e modernidade/ciência, seja positivo. Guerlain é uma marca com uma conotação muito positiva, fideliza as suas consumidoras, acompanha as suas necessidades e expectativas, é extremamente sensorial, o que nos dias de hoje é de suma importância. Nós Mulheres temos cada vez menos tempo para dedicar a nós próprias. Se os produtos que utilizamos não nos proporcionarem momentos de prazer, tendencialmente deixamos de aplicar. Isso não acontece com Guerlain. Guerlain passa de geração em geração. Além da palavra luxo, como resumiria o que a marca Guerlain representa? Eu costumo dizer que o luxo das embalagens é apenas uma forma de embalar as nossas jóias que são os produtos que estão no seu interior. Para mim o savoir-faire, as matérias-primas de excepção, a ciência em contínuo progresso e o aspecto sensorial resumem toda a marca, em qualquer dos eixos.

UM CUIDADO DE PRAIA: After Sun Terracotta. Já não consigo passar sem este hidratante. Tem um perfume maravilhoso de flor de tiaré.

UM CUIDADO DIÁRIO ESSENCIAL: Uma correcta desmaquilhagem/ limpeza da pele e hidratação.

UM PRODUTO SEM O QUAL NÃO PODE PASSAR : Orquídea Imperial creme e La Petite Robe Noire Couture, é a nossa fragrância mais recente, já não consigo passar sem ela!

Qual o conselho de beleza mais importante que pode dar às Mulheres? Para mim o mais importante é terem a noção de que o envelhecimento é irreversível, logo, quanto mais cedo começarmos a tratar da nossa pele, melhor. Não podemos esperar que um cosmético resolva em pouco tempo, anos e anos de sol, radicais livres, factores oxidativos, falta de cuidados de protecção e de hidratação. Outro conselho é que mais do que procurar a beleza, a Mulher deve procurar a saúde da sua pele. A cosmética é uma arma infalível para aumentar a auto estima de uma Mulher, portanto, use-mo-la. a Geral

Director

de sé Andra Maria Joe e Acqua di Parma , Loew

Guerlain


10

/

C Barrus Photography

28

[For:]

B

USINESS

WOMAN

Envelhecer com Sucesso

A expectativa média de vida tem crescido significativamente nos últimos anos. No entanto, a longevidade não deve ser o único componente para avaliar o envelhecimento bem-sucedido. Descubra pelas palavras do Doutor Fábio Gomes, como vencer um dos grandes desafios deste crescimento - adicionar qualidade a estes anos a mais.


O tema do envelhecimento está presente na conversa do café, na paragem do autocarro, na fila do supermercado, na constante publicidade que inunda o nosso dia-a-dia, tornando-se incontornável.

“ [...] fará sentido prepararmo-nos activamente para um envelhecimento bem-sucedido, com um bom estado físico-cognitivo e livre de doenças crónicas.”

Do ponto de vista orgânico o envelhecimento é um processo natural mas que nos torna mais vulneráveis ao mundo que nos rodeia. Dado que este processo é uma potencial inevitabilidade para todos nós, fará sentido prepararmo-nos activamente para um envelhecimento bem-sucedido, com um bom estado físico-cognitivo e livre de doenças crónicas. O que torna curioso este processo é a sua heterogeneidade. Hoje sabemos que a variação da longevidade entre todos nós é

influenciada em 25% pela nossa componente genética, estando a restante relacionada com o nosso estilo de vida e as agressões do ambiente envolvente. Tal significa que temos um importante papel de decisão sobre o nosso próprio envelhecimento. Um dos aspectos mais investigados sobre o envelhecimento é a sua relação com a nossa produção de energia. Pensando numa simples analogia, se uma fábrica produz 1 milhão de lâmpadas por dia e outra produz apenas mil, a primeira terá uma maior deterioração e maior será a produção de materiais tóxicos. O ser humano é uma grande e complexa fábrica que produz energia todos os dias nos seus triliões de células, logo vai-se deteriorando e apesar da nossa capacidade de regeneração, que aliás também se reduz ao longo do tempo, os danos vão-se acumulando. Da nossa alimentação retiramos nutrientes que nos permitem produzir energia, ou seja, fornecem-nos calorias (ou mais correctamente quilocalorias, Kcal). A maior fatia da energia produzida vai permitir o normal funcionamento do nosso corpo (o chamado metabolismo basal) e uma outra fatia vai para a nossa actividade física diária. O cálculo das necessidades calóricas diárias tem por base o sexo, idade, peso, altura e o nível de actividade física. E de um modo geral, o valor ronda as 2000 Kcal mas existem tabelas e calculadoras de acesso livre na internet para adaptar a cada um. É precisamente neste contexto que surgiu nas últimas décadas uma


12

/

28

C Barrus Photography

desta teoria por todo o mundo, mas seriam esses resultados aplicáveis ao ser Humano? Ora, eticamente, esses estudos não são possíveis de realizar, pelo que durante 25 anos foram estudados primatas, biologicamente mais semelhantes a nós e os resultados foram publicados recentemente e não se verificaram quaisquer diferenças na longevidade.

polémica mas pertinente questão - será que uma restrição calórica abaixo desse valor recomendado e subsequente menor produção de energia poderá melhorar o nosso envelhecimento e aumentar a longevidade? Os primeiros estudos nas décadas de 80-90 testaram esta hipótese administrando menos 30% das calorias necessárias diariamente a ratos de laboratório e constataram que a longevidade aumentou. Esses resultados foram rapidamente publicitados e surgiram praticantes

Desconhece-se o real número de praticantes da restrição calórica contudo creio que actualmente a pergunta mais pertinente deverá ser, de que forma a composição nutricional da nossa dieta pode influenciar o nosso envelhecimento invés duma contagem cega de calorias. Pois podemos obter as calorias necessárias comendo apenas pão, mas por outro lado não conseguimos obter todos os nutrientes. É certo que o excesso de calorias acarreta complicações e que a sua restrição não parece trazer vantagens, por isso o ideal é cada um de nós conhecer o número de calorias que necessita para a sua vida diária quotidiana e adaptar a sua alimentação de uma forma variada, rica em nutrientes, vitaminas e sais


minerais. Para auxiliar nas contas, pense que 1 grama de proteínas ou de hidratos de carbono = 4 Kcal, enquanto 1 grama de lípidos (ditas gorduras) = 9 Kcal. Os hidratos de carbono devem representar cerca de 60-70% da nossa fonte energética pois são de degradação fácil e rápida. Apesar das gorduras até serem mais calóricas e portanto mais energéticas ficam para um segundo plano dada a sua difícil degradação. Mas quer as gorduras como as proteínas são necessárias ao normal funcionamento do nosso corpo, em particular as proteínas têm uma função estrutural e só em último recurso são utilizadas para produzir energia. Portanto pode ser essencial o apoio de um nutricionista para lhe apontar na direcção certa.

Clube i

Do conhecimento à prática reside o desafio e caberá a cada um gerir este jogo de probabilidades e inevitabilidades para procurar um envelhecimento bem-sucedido com uma próspera longevidade. Drº FabioGomes

Procura usufruir de uma refeição saudável? O restaurante Clube i é o espaço ideal. Situado no 2.º piso do Edifício INDEG-IUL, o Clube i é um espaço onde poderá encontrar menus de almoço económicos, pratos-do-dia diferentes e diversos. Tem ainda uma sala reservada, se procura um espaço para eventos formais, almoços de negócio ou, simplesmente, ter uma refeição mais silenciosa e usufruir de uma carta mais requintada. A esplanada é um dos elementos que caracteriza o Clube i. Durante o Verão a mesma é aberta, podendo o cliente usufruir de uma fantástica vista. No Inverno a esplanada é coberta. No entanto, o público pode continuar a desfrutar desta mesma paisagem. Com esta vista espectacular sobre a cidade de Lisboa não poderá deixar de visitar o espaço.


14

/

28

The

INTERVIEW: Marta Lima

Marta Lima revela-nos, a Mulher, Mãe e Profissional que, coordena, em Portugal, a maior empresa produtora de calçado da América Latina. Uma conversa que a vai fazer querer andar de chinelo no pé!


Qual o papel que a Marta desempenha no Grupo Alpargatas? A Alpargatas é a maior empresa produtora de calçado da América Latina. Detém várias marcas, entre elas a marca Havaianas, mais conhecida em Portugal. Tem uma estrutura mundial sedeada em São Paulo e uma estrutura europeia sedeada em Madrid. Ao presidente Europeu respondem os Country Managers. Eu sou Country Manager de Portugal. Trabalho as marcas Havaianas e Do Pé, sendo a Do Pé uma marca de chinelos diferente da Havaianas e, como tal, exige uma estratégia diferente. Onde é que o público pode encontrar a marca Do Pé? A marca é vendida em Portugal, em lojas como a Sport Zone ou a Ericeira Surf Shop. É uma marca distinta, construída por produtos de borracha, tal com a Havaianas. Apesar da Do Pé fazer parte do meu leque de marcas de trabalho, a Havaianas ocupa 99% do meu tempo. Costuma deslocar-se a Espanha em trabalho? Sim. Vou a Madrid uma ou duas vezes por mês, pelo menos. As maiores equipas de apoio da nossa estrutura estão em Madrid. O trabaho estratégico, de dia-a-dia é feito em Portugal mas, a nível de suporte, tem de existir uma ligação com Madrid. Como é que a Marta se entretém numa viagem a Madrid? Em muitas viagens aproveito para descansar, para ler. Aproveito para encher a mente com outras coisas que não sejam só trabalho. Desta forma, torna-se mais fácil ligar-me a outras coisas a 100%.

O que mudou na sua vida desde que foi mãe? A nível profissional, aprendi a ser mais ágil e ainda mais eficiente. Gosto muito do que faço e não era capaz de não ter um desafio profissional. Mas aprendi a ser mais metódica, mais rigorosa, mais organizada e planificada. Aprendi a estruturar tudo muito mais facilmente.

“ [ No Grupo Alpargatas ] existe uma flexibilidade muito grande para que as pessoas se sintam equilibradas na sua vida pessoal e profissional. ” Com um cargo como o que a Marta Lima tem nesta organização, como é que consegue conciliar a sua vida profissional com a pessoal? Tenho a felicidade de já por mim ser uma pessoa muito estruturada e muito organizada. Por outro lado, a Alpargatas é uma empresa bastante atenta e sensível às necessidades de uma Mãe. Posso contar-vos que fui para Madrid passadas poucas semanas de ter tido o meu último filho e a empresa disponibilizou-me um apartamento para as crianças ficarem, e ainda tive


16

/

28 a possibilidade de ajustar os horários para estar com os meus filhos. Portanto, tenho a sorte de trabalhar numa empresa que, realmente, beneficia os seus colaboradores, desde que, obviamente, cada um cumpra os seus objectivos. Dentro do Grupo Alpargatas existem outros exemplos de motivação dos colaboradores que nos possa contar? Sim. Por exemplo, quando um funcionário se casa, a empresa oferece sempre um presente ao empregado. Quando nasce um bebé a empresa envia flores para a Mãe e um saquinho com prendas para o bébe. Existe uma flexibilidade muito grande para que as pessoas se sintam equilibradas na sua vida pessoal e profissional. Com isso, o Grupo Alpargatas consegue que as pessoas se sintam motivadas no seu local de trabalho. Claro que todos nós somos movidos por objectivos, mas procura-se sempre que haja este tipo de flexibilidade para que as pessoas se sintam bem naquilo que fazem. Cada Country Manager leva a sua equipa à sua maneira. É isso que eu faço. Vejo que as pessoas da minha equipa dão muito mais à empresa se tiverem essa possibilidade de se sentirem bem e que, de alguma forma, são elas que controlam o seu tempo e a sua forma de trabalhar. A Marta gere uma equipa de 5 colaboradores. Qual é o grande desafio que encontra na gestão de uma equipa tão pequena? Em termos de quantidade de colaboradores, a Alpargatas é a empresa mais pequena em que trabalhei até agora. Comecei a trabalhar na Unilever, onde fui Key Account Manager e tinha uma equipa de 10


vendedores. Depois trabalhei na Nike, em Portugal e em Barcelona. E, de facto, o desafio da Alpargatas foi lidar com uma equipa muito mais pequena do que estava habituada. Fui eu que abri o escritório em Portugal em 2011. Na altura eramos só duas pessoas, portanto, o desafio foi conseguir pensar, estruturar-me e auto-motivar-me para liderar uma equipa e estrutura pequena. A marca Havaianas continua a ser um projecto sazonal. Quais as estratégias que utilizam para combater esse facto? As galochas, sem dúvida, vêm combater a sazonalidade da marca Havaianas e do nosso produto. No entanto, a marca é e será sempre uma marca de chinelos. Sim, sem dúvida, somos um bocadinho com os gelados…assim que sai o sol, é imediato o impulso de comprar umas havaianas! Vamos ter um projecto muito interessante a arrancar este ano no Brasil, um projecto de textil. A Havaianas vai começar a ter têxtil, mas este facto não irá colocar a sazonalidade em questão, pois vamos continuar a estar muito focados no nosso ADN, na parte do Verão. A marca Havaianas tem mais clientes do sexo masculino ou feminino? A Havaianas é uma marca universal. Não temos mais clientes Mulheres, mas são mais pares vendidos para Mulheres. Um Homem compra um ou dois pares de chinelos e uma Mulher é capaz de comprar 3, 4 ou mais pares. Qual a estratégia da loja do Chiado? Tivemos 3 anos para conseguir abrir esta loja. É a primeira loja própria

da marca em Portugal. Queríamos que este fosse um local visitado por turistas mas também por portugueses. A Havaianas e os portugueses têm uma relação quase de amor e, nesse sentido, achávamos que era muito injusto direccionarmos uma loja só para turistas quando os portugueses têm dado quota à marca. É uma loja que não é pop-up nem sazonal. Temos supresas para o Verão de 2014? Temos um novo modelo para as fãs femininas. Como é trabalhar no Grupo Havaianas ? É optimo. No Verão podemos ir trabalhar de havaianas, o que é fantástico! Esta é uma marca alegre, com muita cor, descomplicada, com boa vibração, mas ao mesmo tempo com a componente moda que a torna interessante. É o que chamamos uma love brand. Se tivesse de escolher, qual seria o livro que a Marta elegeria como o seu preferido? O Principezinho. Qual a viagem que mais gostou de fazer? Diria Índia e Quénia. E qual(is) o(s) local(is) que ainda gostaria conhecer? Gostaria de visitar os Parques dos Estados Unidos com os meus filhos e de ir às Maldivas só com o meu marido. Qual o objecto que não passa sem? O meu batom!


18

/

28

On

spot

THE

Como Branco ĂŠ o nome a ter em conta se se prepara para organizar um evento e necessita de auxĂ­lio. Saiba tudo sobre a empresa que vai fazer com que o seu dia se torne memorĂĄvel.


Carina, Joana, Margarida e Marta partilham a mesma formação académica, assim como a paixão por eventos que celebram o amor, as pessoas e aquilo que as une. É na diversidade de personalidades e sensibilidades que acreditam estar a alma da Como Branco, uma empresa que, para além de casamentos, se dedica à organização de festas de aniversário, aniversários de casamento, baptizados e outras festas temáticas, como babyshowers ou despedidas de solteira. Sendo os casamentos a sua área de maior foco, a Como Branco está presente nas diferentes etapas de organização do evento. Tudo é concebido internamente e desenvolvido de raiz para que os noivos sintam cada peça como sua. Além disso, a atenção prestada ao detalhe faz com que o trabalho gráfico desta empresa se destaque face à restante oferta do mercado, contribuindo também para o reforço da proximidade ao cliente. Ao contar com uma equipa

verdadeiramente apaixonada pela criação manual de peças de decoração singulares, a empresa consegue presentear o cliente com resultados finais únicos. Mais do que uma simples empresa de organização de eventos, a Como Branco oferece diferentes serviços aos seus clientes: Planning – serviço destinado a noivos não residentes em Portugal, que consiste na organização integral e gestão de todos os fornecedores, oferecendo um apoio completo nas diferentes fases de organização do evento. Segundo as responsáveis, este é um serviço muito requisitado por portugueses residentes no estrangeiro que acabam por eleger Portugal como destino turístico, ou que têm uma ligação emocional ao país (quando um dos noivos é português ou no caso de se terem conhecido em Portugal). No que aos clientes nacionais diz respeito, a oferta divide-se entre styling (decoração completa do evento) e design (peças gráficas: convites...).


20

/

28

Para os noivos que pretendam “apenas” assegurar que no dia do casamento tudo corre como planeado sem a preocupação de coordenar diferentes fornecedores (músicos, fotógrafos, videógrafos, animadores, entre muitos outros), a empresa oferece também a possibilidade de acompanhamento integral e exclusivo no dia do evento. Sendo cada vez mais procurada por jovens a partir dos 25 anos, cosmopolitas, com gosto pelo detalhe, a fidelidade é o elemento-chave da empresa, para a qual o casamento tem de reflectir a personalidade dos noivos. Com efeito, existe uma atenção redobrada na reunião do máximo de informação, de forma a perceber

A

qual o melhor caminho a seguir. Quando se fala em casamento, fala-se de um algo muito pessoal, uma data em que a liberdade de ideias tem de ser total. O dia especial é dos noivos, por isso para a Como Branco só faz sentido haver um trabalho conjunto entre as partes envolvidas. As propostas são elaboradas e discutidas com os noivos e o aperfeiçoamento de cada pormenor também. Tudo é feito lado a lado até obter o resultado final. Se for sua intenção conseguir uma festa diferente, a Como Branco deverá dar entrada directa na lista de opções, uma empresa que espelha a personalidade de quem a contacta e onde os casamentos pré-fabricados não têm lugar.

qui, origin e bom gos


nalidade sto s達o regra.


22

/

28

OnGOING OS ICONOCLASTAS ANOS 80

C MUDE

Este mês o destaque vai para o “ NOOR Mouraria Night Walk”. Este é um evento de luz e arte que propõe ao público um novo olhar sobre o bairro da Mouraria.


OS ICONOCLASTAS ANOS 80 A exposição Os Iconoclastas Anos 80 apresenta uma selecção de peças de moda e design do acervo do MUDE – Museu do Design e da Moda, Colecção Francisco Capelo. Foram seleccionadas cerca de 70 peças da década de 1980. O percurso expositivo inicia com uma peça emblemática de Vivienne Westwood e Malcolm McLaren, de 1977, e é pontuado por peças singulares da década de 1990 que representam bem a subversão das formas e dos pressupostos só possível pelos anos de experimentalismo e pesquisa da década anterior.

C MUDE

A mostra é composta por sete núcleos – Gestos Transgressoes, Piratas e Piratarias, Silhuetas Singulares, Ultrarromânticos, Tradição Renovada, As Artes no Exercício do Design, Novos Paradigmas.

Nomes representados: Anish Kapoor, Vivienne Westwood e Malcolm McLaren, John Galliano, Dan Friedman, Tom Dixon, Ron Arad, Thierry Mugler, Claude Montana, Gaetano Pesce, Alessando Mendini, Michele de Lucchi, Romeo Gigli, Kenzo, Ettore Sottsass, Garouste & Bonetti, Pedro Silva Dias, Michael Graves, Christian Lacroix, Tomás Taveira, Grès, Yves Saint-Laurent, Romeo Gigli, Kenzo, Eduardo Souto Moura, Jean-Charles de Castelbajac, Manuela Gonçalves, Issey Miyake, Comme des Garçons, Andrea Branzi, entre outros. 22 de Maio 2014 a 31 de Agosto 2014 Piso 1


24

/

28

MILOU MILOU João Gonçalo Cunha é CEO da Acredita Portugal e partilha connosco algumas informações acerca do seu cargo e da Associação.

que é bem feito e melhora”, e foi isso que eu fiz. Repeti o bom desempenho das pessoas que estiveram ligadas à Associação, desde os voluntários a todos os colaboradores, e acrescentei Quais são as suas principais funções algo. Este ano a aposta foi reforçar no dia-a-dia? o número e o nível dos media Definir o rumo da empresa, a nível partners, incluindo aqueles que estão estratégico e de futuro a curto e associados a quem está registado nas médio prazo e coordenar uma equipa bases de dados de emprego, neste que tem 4 pilares de actuação: caso o nosso parceiro foi a Concursos, Software pedagócico, net-empregos. Formação e Comunicação. Quais os ingredientes-chave para o Como se pode descrever o concurso sucesso? da Acredita Portugal? Uma equipa é feita pelas suas É o maior concurso de competências e não pelo seu empreendedorismo do Mundo, por conhecimento. Mais do que ter uma país. O concurso da Acredita Portugal boa ideia é preciso ter uma equipa é um concurso pedagógico. Por este que responda às necessidades motivo, fazemos com que o concurso nucleares do negócio. Há ainda seja gratuito para qualquer português, outro aspecto essencial, que é a que a sua inscrição seja muito simples, motivação. Sugerimos que as pessoas e, sobretudo, que seja passada a arrisquem em negócios onde se mensagem, de que os concorrentes sintam confortáveis, pelos quais ao fazerem a sua inscrição vão poder tenham paixão, interesse e que sejam usufruir de um software que lhes vai hábeis. É muito mais fácil trabalhar permitir concretizar a ideia num plano assente numa lógica deste género. de negócios. Como é a Acredita Portugal vê o Ter alcançado o estatuto de maior empreendedorismo feminino em concurso de empreendedorismo é Portugal? fruto do seu perfil empreendedor? No concurso deste ano, das 14000 O concurso no ano passado já inscrições, tivemos 53% de público tinha sido o maior concurso de feminino. Procuramos sempre empreendedorismo em Portugal e, por que casos de sucesso feminino isso, as bases já tinham sido lançadas. sejam divulgados. Sabemos que Tenho apreendido na minha vida há um conjunto de Associações enquanto empreendedor “repete o que trabalham e divulgam o


empreendedorismo feminino e nós também fazemos um trabalho muito específico junto dessas Associações, como é o caso da WomenWinWin, entre outras iniciativas. Quais os grandes desafios que considera que as Mulheres portuguesas têm de ultrapassar para implementar as suas ideias, nos dias de hoje, em Portugal? A nível do empreendedorismo, o patamar onde um Homem e uma Mulher se encontram é muito próximo. As Mulheres são muito mais pro-activas e muito mais expeditas a fazer algum tipo de tarefa, logo se se encontram em algum tipo de dificuldade, principalmente na situação em que se encontra o país, rapidamente procuram uma alternativa ao seu orçamento mensal e rapidamente criam uma espécie de mini-negócio. Quais os conselhos que pode dar às Mulheres que trabalham por conta de outrem e que têm uma ideia de negócio, mas não têm coragem para o lançar e para mudar o rumo da sua vida? O primeiro passo é terem confiança nelas próprias. Gostava de dizer que as Mulheres precisam de alguma coisa especial para conseguir atingir, mas não. Aquilo que qualquer um precisa para ter uma ideia de negócio

- visão, equipa, motivação e persistência para que o negócio avance - é igual para todos, e as Mulheres têm-no em igual medida. Em três palavras como descreveria a Mulher portuguesa empreendedora? Determinada, ambiciosa e conhecedora.

Joao Goncalo Cunha CEO Acredita Portugal


26

/

28

LET THE SUMMER BEGIN!

Oferecemos tempo à Mulher Profissional! Ainda não conhece os serviços da Milou Milou? SAIBA TUDO AQUI:

www.facebook.com/miloumilou.pt www.facebook.com/miloumilou.pt - info@milou.pt 91 407 88 83


Agradecimentos Como Branco http://www.comobranco.pt/PT/ Drº Fábio Gomes fabio.r.mg@gmail.com João Gonçalo Cunha geral@acreditaportugal.pt http://www.acreditaportugal.pt Maria José Andrade Marta Lima http://pt.havaianas.com/


info@milou.pt LABS LISBOA - INCUBADORA DE INOVAÇÃO Rua Adriano Correia de Oliveira - Lote 2,4A 1600 - 312 Lisboa

Directora: Mariana Guerra Periodicidade: Mensal Proprietário: MILOUMILOU, LDA Sede: Rua Cabral Antunes, Lote 6, 6º Esqº, Urbanização Vale das Flores, 3030 390 COIMBRA Isenta de registo na Entidade Regulador da Comunicação Social nos termos do disposto na alínea a) do n.º 1 do artigo 12.º do Decreto Regulamentar n.º 2/2009, de 27.01

ÉME | Julho  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you