REVISTA ZN - JUNHO/22 - Nº 233

Page 1



Editorial

Chegou o frio! Também as Festas Juninas Com frio não se brinca e também não se pode ficar alheio, sem pensar, naqueles que sofrem nas ruas ou nas

Silvana Nanni silvana@revistazn.com.br Jornalista Responsável Renata Afonso - MTb 19.422 Depto. Comercial edmilson@revistazn.com.br Whatsapp: 11 99715-2926 Foto de Capa Clélio Tomaz - LeiaJáImagens Produção: CONEXÃO ARTES GRÁFICAS Rua Camilo Peçanha, 140 Vila Dionisia São Paulo l CEP 02670-030 Telefones: 2979-0705

Comunidades. Faltam cobertores, agasalhos, abrigo e alimento. Uma

www.universozn.com.br

Diretores Edmilson Nunes Ribeiro edmilson@revistazn.com.br

A REVISTA ZN Digital é uma publicação mensal da Conexão Artes Gráficas, agora em versão digital que poderá ser acessada através do site www.universozn. com.br. A reprodução total ou parcial de qualquer matéria só é permitida mediante autorização. A citação da fonte é obrigatória. Os artigos assinados não expressam necessariamente a opinião da revista. O conteúdo do anúncio publicado na Revista ZN Digital, não é de responsabilidade da revista, apenas do anunciante.

sopa quente, luvas, um cachecol ou até mesmo um gorro. Creio que um ou mais destes itens temos em casa, sobrando, podendo doar para alguém ou alguma Instituição que estão recebendo este tipo de doação. Bora! Abra seu guarda roupa e veja com o que você pode abençoar uma vida. Ah! Não esqueça de verificar a despensa, com certeza há algum alimento que você pode doar. E as Festas Juninas? A Revista ZN traz para você, alguns locais que estão com muitas atrações para você se divertir nestes dias frios. Festa Junina! Ah, como eu estava esperando este período... rs. Mas não é só isso! Nesta edição temos também uma seção de gastronomia recheada com receitas de Risotos, com todos os ingredientes e facilidades para você preparar um lindo jantar para o seu amor. E não é só para os namorados, são também para os casados, os eternos namorados. Bom, aqui na Revista ZN ou no Universo ZN, não faltam maneiras para você se divertir ou se inteirar dos acontecimentos da nossa querida zona norte. Acesse nosso Universo: www.universozn.com.br e nos acompanhe em nossas redes sociais. Fique por dentro do que acontece na sua região. Quem sabe não nos encontramos em algum ponto de doação ou Festa Junina... Fiquem com Deus e até a próxima edição da nossa querida Revista ZN. Edmilson Ribeiro 23 ANOS - Junho/22 3


Sumário

Ano 23 - Nº 233 - JUNHO/22

28

Capa

Você sabe qual a origem das Festas Juninas?

10 Acontece

Rexona expande o Projeto Quebrando Barreiras para o Jardim Peri

Filantropia ........................... 6 Acontece............................ 10 Comportamento ................ 20 Educação ........................... 22 Beleza ................................ 26 Capa................................... 28 Saúde ................................. 36 Pet & Cia ............................ 40 Gastronomia ...................... 42 Cultura ............................... 47 4 Junho/22 I 23 ANOS

6 Filantropia

Mercatudo: Frio espanta doadores de bazares beneficentes

42 Gastronomia

Dia dos Namorados: prepare um jantar romântico para o seu amor



Divulgação

Filantropia

Mercatudo: Frio espanta doadores de bazares beneficentes Baixa temperatura e baixo número de doadores, Mercatudo Casas André Luiz enfrenta rigoroso período de estiagem Um fenômeno incomum acompanha a baixa tempe-

ridade para continuar qual-

da é essencial à manuten-

quer trabalho filantrópico.

ção dos serviços oferecidos

ratura que aflige o estado

Todo o valor obtido com a

de São Paulo desde o início

venda destes produtos é re-

de outono, em março. O nú-

vertido ao atendimento es-

mero de doações destinadas

pecializado e gratuito ofere-

“Nós precisamos de aju-

aos

beneficentes

cido pela Casas André Luiz,

da, esta é a verdade”, con-

Mercatudo caiu 25% quan-

Instituição que atua há 73

fessa Rubens Oliveira, ge-

do comparado ao primeiro

anos na causa da pessoa

rente

trimestre de 2021, um ce-

com deficiência intelectual e

doações e logística do Mer-

nário bastante preocupante

física no Brasil. Em outras

catudo Casas André Luiz.

para quem depende da ca-

palavras, esta fonte de ren-

“Precisamos mobilizar a so-

bazares

6 Junho/22 I 23 ANOS

pela organização não-governamental.

administrativo

de


ciedade, tocar o coração das

evita o descarte irregular e

André Luiz. “Nosso pacien-

pessoas para que elas não

diminui o acúmulo de lixo

te sabe disso, e sua felici-

parem de doar, principal-

nos aterros sanitários da

dade

mente durante a época mais

cidade, sem falar que o ato

ele está confortável e bem

fria do ano. Sabemos que a

reduz o consumo de água,

agasalhado”.

situação não está fácil para

energia elétrica e matéria-

Caso doar roupas seja

ninguém, contudo, imagine

-prima utilizados para pro-

inviável, a entidade oferece

a situação das instituições

duzir a mobília. Somente a

diferentes canais para facili-

do Terceiro Setor que sobre-

cidade de São Paulo produz

tar este processo. É possível

vivem graças a contribuição

12 milhões de toneladas

doar valores financeiros por

alheia. Estamos diante de

de lixo por dia, conforme

boleto bancário, débito au-

um panorama assustador”.

aponta a própria prefeitura

tomático e PIX, encaminhar

da Capital.

alimentos

Rubens comenta que, por

transborda

quando

não-perecíveis,

adquirir cestas-básicas on-

vezes, o contribuinte acre-

Campanha de Inverno —

-line e até entregar o tecido

dita que é obrigado a doar

2022

usado na confecção das rou-

um valor financeiro, todos

Os profissionais que atu-

os meses, para contribuir

am na área de captação

com a causa da pessoa com

da Casas André Luiz estão

O departamento de Cos-

deficiência; ou que é preciso

empenhados em angariar

tura da Casas André Luiz

comprar alimentos não-pe-

os itens emergenciais da

confecciona e conserta as

recíveis e levá-los até uma

temporada. Desta vez, blu-

roupas de uso diário e fes-

das Unidades de Atendi-

sas, agasalhos e moletons,

tivo de todos os assistidos.

mento para fazer sua parte.

meias, luvas, toucas, edre-

São

Segundo o gerente ad-

dons e lençóis quentinhos

agasalhos, roupas íntimas,

ministrativo, realizar uma

são de extrema importância

roupas de piscina e praia,

contribuição, seja ela qual

para prezar pela saúde dos

bermudas, camisetas e pe-

for, é bem mais simples do

pacientes. Toda a ajuda é

ças específicas de acordo

que parece: “Ao doar gela-

bem-vinda e muito necessá-

com a indicação de cada

deiras, fogões, máquinas de

ria para enfrentar este de-

paciente. Com o material

lavar, secadoras, brinque-

safio de congelar os ossos e

em mãos, é possível aten-

dos e artigos de decoração,

arrepiar os cabelos, e os do-

der suas necessidades. Um

nós vamos com equipe até

adores, voluntários e parcei-

trabalho em conjunto, feito

a casa do doador que estiver

ros que representam o setor

com carinho e dedicação

na Capital ou na grande São

privado estão oficialmente

para ajudar aqueles que

Paulo, e a retirada é feita de

convocados para participar

mais precisam.

forma gratuita”.

da campanha. “Este gesto é um abraço

Doar móveis e eletrodo-

pas de inverno: o moletom.

macacões,

pijamas,

Saiba como doar

caloroso e aconchegante”,

O interessado pode entre-

mésticos também é essen-

comenta

Ramos

gar a doação nas Unidades

cial para preservar o meio

Pinto, Gerente de Marke-

de Atendimento da Casas

ambiente,

ting e Captação da Casas

André Luiz das cidades de

uma

vez

que

Anelise

23 ANOS I Junho/22 7


Filantropia Guarulhos ou São Paulo. Existe também a possibilidade de contribuir on-line. Basta acessar o site www.casasandreluiz.org.br para conhecer as opções. Serviço: Unidade de Longa Permanência Avenida André Luiz, nº 723, Picanço - Guarulhos / SP Telefone: (11) 2457-7733 Ambulatório de Deficiências Rua Vicente Melro, nº 878, Vila Galvão - Guarulhos / SP Telefone: (11) 2452-4033 Contato Para agendar a retirada de doações (grande São Paulo) nos bazares beneficentes Mercatudo Casas André Luiz. Mercatudo: (11) 2459-7000

I

WhatsApp: (11) 95427-3700 I

PIX / (CNPJ): 62.220.637/0001-40

Divulgação

site: https://loja.mercatudo.org.br

8 Junho/22 I 23 ANOS



Acontece

Divulgação

Oficinas gratuitas de Meditação Ativa A psicóloga Sandra Ribeiro, responsável pela Oficina de Meditação Ativa, informa que há vagas em vários locais da zona norte e em outras regiões. Os encontros tem o objetivo de proporcionar o bem-estar e melhorar a qualidade de vida de seus participantes, que podem ser: idosos, jovens e crianças. A atividade é gratuita e vai integrar: - Meditação Ativa do Coração, Heart Chakra, que possibilita a conexão direta ao Coração através do ritmo da música de Karunesh, do movimento corporal e do foco da mente. - Exercícios de Qigong que promovem a circulação da energia no corpo: Auto Percussão para Vitalidade, Treinamento Perfumado e Harmonização dos Sopros.

Serviço: Biblioteca Afonso Schmidt Avenida Elísio Teixeira Leite, 1470 – Freguesia do Ó Toda segunda-feira, às 10h.

Os interessados poderão participar nos locais indicados nesta matéria. Dúvidas falar com a instrutora de técnicas corporais Sandra Ribeiro pelo whatsapp 11-99741-6435 ou através do e-mail: sandrapsi@yahoo.com.br

Casa de Cultura Tremembé Rua Maria Amália Lopes de Azevedo, 190 – Tremembé Toda terça-feira, às 11h e toda quinta-feira, às 8h. (Há lista de espera)

10 Junho/22 I 23 ANOS

Biblioteca Pedro Nava Avenida Eng. Caetano Álvares, 5903 – Mandaqui Toda quinta-feira, às14h Biblioteca Narbal Fontes Rua Conselheiro Moreira de Barros, 170 - Santana. A partir de agosto/22 – Toda Terça-feira, às 14h.

Centro Cultural Itororó Rua Maestro Cardim, 60 - Bela Vista. Toda sexta-feira, às 10h.


REVISTA ZN DIGITAL - Nº 233 Reserve seu espaço para a próxima edição:

JUNHO/22 Fechamento: 3 de JUNHO Publicação digital: 10 de JUNHO Reservas: WhatsApp: 11 99715-2926

23 ANOS I Maio/22 11


Acontece

Palestra, oficina e curso fazem parte da programação da BSP A programação de junho da Biblioteca de São Paulo (BSP) destaca duas importantes efemérides do mês: o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ (28/06) e o Dia Mundial do Refugiado (20/06). São diversas atividades gratuitas. Confira as datas e os horários das atividades.

nistrada pelo ilustrador e quadrinista transmasculino Lino Arruda, autor da graphic novel Monstrans: Experimentando Horrormônios, vencedora do troféu Mix Literário de Melhor Livro LGTBQ do ano. Inscrições pelo link bsp.org.br/inscricao. A proposta da oficina Canto em Qualquer Canto, em homenagem ao Dia Mundial do Refugiado, é aperfeiçoar Rachel Castillo

Em comemoração ao Dia Internacional do Orgulho

LGBTQIA+, a BSP realiza a palestra Quadrinhos Trans: LGBTQIA+ e Humor, no dia 21 de junho, das 16h às 18h. Após a leitura de tirinhas e quadrinhos de temática trans, serão levantados questionamentos sobre o papel do humor, o enfoque ético e as possibilidades criativas para ressignificar estigmas e abordar experiências marginalizadas. A atividade on-line será mi-

Lino Arruda

12 Junho/22 I 23 ANOS


o domínio da língua portuguesa por meio de clássicos da música popular brasileira, como as canções de Caetano Veloso, Chico Buarque e Criolo. O encontro presencial realizado pelo professor, tradutor e músico Luis Gonzaga Fragoso, no dia 22 de junho, das 14h30 às 16h30, é dirigido tanto para imigrantes quanto para o público interessado na aprendizagem da língua portuguesa. Não é necessário inscrição.

Com o intuito de desenvolver o hábito da leitura e in-

centivar o debate literário, a BSP organiza Clubes de Leitura em formato on-line e presencial. No Clube de Leitura (presencial), do dia 17 de junho, das 15h às 17h, o livro escolhido é Anos de Chumbo e Outros Contos, de Chico Buarque. Já o clube on-line vai debater, no dia 23 de junho, das 15h às 17h, Rua de Dentro, de Marcelo Moutinho. Os primeiros inscritos recebem instruções para fazer o download gratuito dos livros. Inscrições pelo link bsp.org.br/ inscricao. Ana Ayer de Oliveira

A confeitaria gourmet tem

sido uma boa fonte de renda para quem deseja empreender. No curso Brownies e Brigadeiros Gourmet, os alunos vão aprender técnicas de produção, dicas de utensílios e equipamentos, embalagens, cálculo de custos e métodos de divulgação. As aulas a cargo da chef Vivian Feldman acontecem nos dias 28 e 29 de junho, das 13h30 às 17h30. Inscrições pelo link bsp.org.br/ inscricao.

Luís Fragoso

23 ANOS I Junho/22 13


Acontece

Fábricas de Cultura tem atividades que valorizam a diversidade e a cultura tradicional As Fábricas de Cultura, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e gerenciadas pela Poiesis, estão com uma programação animada para o mês de junho. As unidades da Zona Norte oferecerão atividades que valorizam a diversidade e a cultura tradicional. Na Fábrica de Cultura Brasilândia, no dia 14 de junho, às 15h, acontece a atividade Cantando com o Corpo, ministrada pela intérprete de libras Gabrielle Martins. Acústico com Tinna Rios

Heloiza Bortz

No encontro, Gabrielle apresentará as muitas possibi-

Quarteto Aurora

14 Junho/22 I 23 ANOS


Divulgação

tras obras marcantes do

ce anualmente desde 2002.

mundo

A edição pocket pretende

contemporâneo.

levar um pouco da multi A Fábrica de Cultura Ja-

pluralidade cultural afro. O

çanã recebe no dia 18, às

evento na Fábrica de Cultu-

15h, o espetáculo O Direito

ra Brasilândia terá apresen-

de Amar, da Cia JS Teatral.

tações musicais de artistas

A peça é uma comédia mu-

como: Iago Reis, Desirée,

sical que narra a vida em

Vinicius Malta e Tinna Rios.

uma cidade afastada e con-

No dia 25, sábado, o even-

ta os dilemas de um grupo

to começa às 10h e vai até

de amigos, com o propósito

às 19h, e no dia 26, domin-

de relatar a vida amorosa de

go, ocorre das 10h às 18h.

um personagem gay. Com a nuance de comédia e dra-

A programação completa

ma, o texto valoriza a repre-

pode ser acessada pelo hot-

sentatividade

site +Cultura e no site das

LGBTQIA+.

Fábricas de Cultura. As uniJá no dia 21, às 14h, a

dades do Programa Fábricas

unidade promove o bate-pa-

de Cultura recomendam o

po Interpretação de Obras

uso de máscaras em espa-

lidades da Língua de Sinais,

com a indígena Day Morei-

ços fechados.

a partir de experimentações

ra Tabajara, que fará uma

com o próprio corpo junto

leitura sobre a concepção

Serviço:

com a musicalidade. Ati-

de obras de arte que retra-

Fábrica de Cultura Brasi-

vidade voltada para fluen-

tam fatos da história nacio-

lândia

tes e iniciantes em Libras.

nal, os reflexos na constru-

Avenida General Penha Bra-

ção da identidade do povo

sil, 2508

O Quarteto Aurora, que

brasileiro e a compreensão

Telefone: (11) 3859-2300

surgiu durante a pande-

sobre a história da inde-

mia em 2020 sendo forma-

pendência brasileira. A ativi-

Fábrica de Cultura Jaçanã

do apenas por mulheres, se

dade contará com interpre-

Entrada 1: Rua Raimundo

apresentará na Fábrica de

tação simultânea em Libras.

Eduardo da Silva, 138 Entrada 2: Rua Albuquer-

Cultura Vila Nova Cachoeirinha no dia 15 de junho,

Nos dias 25 e 26 de ju-

às 15h, ao som de violinos

nho, a Fábrica de Cultura

e viola. O grupo ficou co-

Brasilândia recebe o even-

nhecido nas redes sociais,

to Feira Preta Pocket, uma

Fábrica de Cultura Vila

com a divulgação de vídeos

versão reduzida do famoso

Nova Cachoeirinha

feitos com cada integrante

Festival Feira Preta, o maior

Rua Franklin do Amaral,

em sua casa, interpretan-

evento de cultura negra da

1575

do temas de filmes e ou-

América Latina que aconte-

Telefone: (11) 2233-9270

que de Almeida, 360 Telefone: (11) 2249-8010

23 ANOS I Junho/22 15


Acontece

Considerada a primeira convenção de cultura pop da favela, a PerifaCon™ tem nova data marcada: o evento será no dia 31 de julho, na Fábrica de Cultura da Brasilândia, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis. O evento, que é gratuito, tem como objetivo fomentar a cultura pop, nerd e geek nas periferias de São Paulo. Dentro da programação da segunda edição estão previstos painéis com mesas, exposições e debates, além de um concurso de cosplay, Arena Gamer e Beco dos Artistas. Serão liberadas mais informações de editais para aqueles que desejam expor, vender, cobrir o evento, participar do concurso de cosplay ou ser voluntário. Confira no site da PerifaCon. Lembrando que será seguido todos os protocolos e recomendações gerais de segurança e saúde. Será necessário apresentar o comprovante de vacinação virtual ou físico com, pelo menos, duas doses da vacina contra Covid-19, além do uso obrigatório de más16 Junho/22 I 23 ANOS

Fotos: Jeff Delgado

PerifaCon™ retorna à Fábrica de Cultura Brasilândia


caras, as quais podem ser retiradas somente para o consumo de alimentos e bebidas. Em todo o local serão disponibilizados pontos de álcool em gel para o público. “Para nós, é muito importante voltar com nosso evento físico da PerifaCon porque, além de tudo, a periferia e o setor da cultura foram uns dos que mais sofreram com a ausência de políticas públicas e de um olhar mais humanizado para o morador de favela, essa retomada também é um movimento para reafirmar nosso compromisso com a democratização da cultura nerd, geek e de favela.”

Serviço: Perifacon na Fábrica de Cultura Brasilândia Data: 31/07 Horário: Domingo, a partir das 9h. Atividade gratuita sem necessidade de inscrição prévia. Recomendação etária: livre. Local: Fábrica de Cultura Brasilândia Av. General Penha Brasil, 2508 Telefone: (11) 3859-2300 Mais informações: https://perifacon.com.br

23 ANOS I Junho/22 17


Acontece

Rexona expande o Projeto Quebrando Barreiras para o Jardim Peri Em parceria com ONGs

tem do esporte ao encontrar

rador da comunidade antes

locais, Rexona Quebrando

barreiras como a dificuldade

de sua grande oportunidade

Barreiras vai promover me-

de acesso, discriminação de

chegar, Rexona, que acre-

lhorias estruturais e capa-

classe social e preconceitos

dita que o movimento físico

citar professores, técnicos e

raciais, de gênero e de ha-

tem o poder de transformar

líderes locais.

bilidade, principalmente em

vidas,

regiões periféricas do Brasil.

da zona norte de São Pau-

Pesquisa

encomendada

por Rexona revela que 77%

escolheu

o

bairro

lo para receber seu projeto Inspirada pela história do

social Rexona Quebrando

o movimento é importante,

jogador de futebol Gabriel

Barreiras, que vai inspirar e

mas segundo a Organiza-

Jesus, nascido e criado no

apoiar outros jovens da co-

ção Mundial de Saúde, 80%

Jardim Peri e que participou

munidade a acreditarem no

dos jovens não se exercitam

por anos de um projeto es-

seu potencial e irem além de

o suficiente. Muitos desis-

portivo liderado por um mo-

seus limites.

Divulgação

das pessoas reconhecem que

18 Junho/22 I 23 ANOS


Em parceria com o Insti-

se movimentar estão a dú-

lescentes,

tuto Jd Peri, Conexão Fave-

vida sobre si mesmo e, en-

aqueles que enfrentam as

la e Lov.Futbol, o projeto vai

tre muitos medos, o da

maiores barreiras para se-

promover melhorias estru-

discriminação.

Pesquisa

rem ativos — como jovens

turais e iniciar um programa

encomendada por Rexona

de periferia —, e está dividi-

dedicado ao desenvolvimen-

mostrou que 71% dos brasi-

do em dois pilares estraté-

to dos jovens através do mo-

leiros acreditam que a socie-

gicos de atuação. O primei-

vimento. Para isso, vai capa-

dade só valoriza os vencedo-

ro consiste numa robusta

citar professores, técnicos

res e 64% dizem não tentar

grade de treinamentos pro-

e líderes locais através de

coisas novas por medo de

jetados para mentores e

uma série de treinamentos

falharem e serem julgados.

professores, com o objeti-

com metodologias moder-

especialmente

vo de proporcionar a eles

nas de ensino da inclusão

“A jornada do Gabriel é

as ferramentas que preci-

no esporte, com certificação

uma inspiração para mui-

sam para continuar inspi-

internacional,

proporcio-

tos jovens, ele é a prova viva

rando a comunidades a se

nando ferramentas e habi-

de que o movimento pode

manterem em movimento;

lidades que eles precisam

transformar a vida das pes-

e o segundo é focado em

para continuar inspirando

soas. Com a chegada do

parcerias com ONGs que

e desenvolvendo a confiança

projeto no Jd. Peri, estamos

promovem inclusão social

para que as crianças impac-

impactando

positivamente

através do movimento físi-

tadas por seus projetos se

a vida de muitos jovens em

co, como esporte e a dança.

movimentem cada vez mais.

um momento de desenvolvimento. Assim, vamos ajudar

Juntando-se

a

nomes

“Nós precisamos de par-

a formar uma geração mais

como Dove, Seda e outras

cerias assim. É muito im-

consciente e fortalecida pela

grandes marcas da Unile-

portante, digo nem para

confiança. A ideia é que os

ver, o programa reforça o

ser um Gabriel, um jogador

jovens do Jd. Peri e de todo

compromisso recém divul-

de futebol, mas para tirar

o Brasil, por meio do pro-

gado da categoria de Beleza

aquele pensamento de ‘eu

grama, tenham mais opções

e Cuidados Pessoais da Uni-

vim de uma comunidade en-

para se movimentarem, fazer

lever em melhorar a saúde

tão eu não posso, porque di-

escolhas positivas, encon-

e o bem-estar e promover

zem que eu não posso’. Não

trar mais oportunidades e,

a equidade e a inclusão,

cara, você pode sim! Você

diante de tudo isso, ter uma

atingindo 1 bilhão de pes-

pode estudar, você pode ser

qualidade de vida melhor”,

soas por ano até 2030. Com

o melhor na Medicina, você

explica Andreza Graner, ge-

lançamento inicial no Bra-

pode ser o melhor nas facul-

rente da marca Rexona.

sil, Estados Unidos e Reino

dades, você pode ser o me-

Unido, a ambição é estender

lhor jogador, você pode ser o

Rexona Quebrando Bar-

o programa a outros merca-

melhor tudo!”, afirmou Ga-

reiras

dos em 2022.

briel Jesus.

O

Projeto

Quebrando

Saiba mais sobre o Pro-

Entre as barreiras que

Barreiras se concentra no

jeto Quebrando Barreiras

os jovens encontram para

apoio a crianças e ado-

aqui: https://bit.ly/3xdqjsd

23 ANOS I Junho/22 19


Comportamento

Meu filho não tem amigos, o que fazer? Construção de relações interpessoais na infância é fundamental para desenvolvimento socioemocional, diz especialista Parece cena de filme, mas é mais comum do que deveria: uma criança sozinha, sentada em um canto do pátio da escola, enquanto todas as outras crianças se divertem juntas, correndo e brincando. Muitas vezes essa situação é resultado de processos de bullying, mas há também casos em que a criança é tão tímida que tem dificuldades para socializar. Durante os anos da Educação Infantil, os pequenos passam a desenvolver habilidades e competências que contribuem para a socialização. “É socializando que a criança passa a perceber-se como um ser único e exclusivo. É nessa troca de relação que ela vê suas características e, aos poucos, conforme vai amadurecendo, consegue perceber a diferença entre si e o outro. Também é nesse contexto que ela começa a lidar com as emoções e sentimentos, tomar decisões e lidar com erros e frustrações”, expli20 Junho/22 I 23 ANOS

ca o consultor pedagógico da Conquista Solução Educacional, Anderson Leal. Segundo ele, isso aparece inclusive na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que aponta que, nessa fase, é preciso desenvolver três campos de experiência: o eu, o outro e o nós. Os primeiros anos de escola são também as primeiras oportunidades para conviver com pessoas de fora do ambiente familiar. Habilidades como segurança, autoestima, empatia e cooperação estão em jogo nesse momento. “As amizades contribuem para o desenvolvimento de quatro áreas fundamentais: o físico, o cognitivo, o social e o afetivo. Também ajudam a lidar com regras de convivência como respeitar as pessoas e aprender a dividir”, destaca o especialista. Essa relação é tão importante que algumas pesquisas mostram que crianças que têm bons amigos tendem a ter um me-

lhor rendimento escolar. Por que algumas crianças têm mais dificuldade para fazer amizades? De acordo com Leal, existem vários fatores que podem fazer com que uma criança tenha dificuldade de fazer amizades. Um deles são os traumas já vivenciados por ela. “Se a criança vivenciou algum tipo de abuso, seja moral ou sexual, ela poderá ter dificuldade


de criar vínculos com outra criança”, detalha. “A partir do Ensino Fundamental, episódios de bullying também podem ser os responsáveis por essa dificuldade”, completa. Em qualquer caso, os pais precisam ficar atentos para entender qual é a

situação em que os filhos se enquadram e descartar qualquer tipo de transtorno comportamental. “Precisamos observar se essa dificuldade está acompanhada de outras características, como irritabilidade, tristeza e falta de contato visual, por exemplo. Nesses casos, nada

melhor que levar a criança a um especialista para que ele possa ajudar no diagnóstico e dar algumas orientações”, aconselha. O que os pais podem fazer? Quando os pais ou professores observam que uma criança está com dificuldades para se relacionar na escola, alguns passos podem ajudar. Em primeiro lugar, Leal orienta que é preciso fomentar momentos de integração com base na rotina da criança. “Em alguns casos, os pais ocupam quase 100% do dia para que a criança realize atividades extracurriculares. Essas atividades são importantes, mas precisam estar equilibradas com outros momentos.” É fundamental, por exemplo, proporcionar espaços de tempo para que os pequenos convivam com outras crianças fora da escola. Algumas ideias para isso são reunir os amigos para ir ao parque, ao playground do prédio, ao cinema ou até mesmo à casa uns dos outros. “Esse convívio gera intimidade e, a partir daí, a empatia surge naturalmente e a amizade vai sendo estabelecida”, afirma. Ele lembra, ainda, que é preciso ter cuidado para evitar a superproteção, com atenção para não interferir nos relacionamentos dos filhos, o que contribui para que eles se tornem mais inseguros. 23 ANOS I Junho/22 21


Educação

Inscrições abertas para o Solve For Tomorrow Brasil O Solve For Tomorrow,

inscrição deve ser realizada

programa global de cidada-

pelo

professor

orientador

nia corporativa da Samsung,

através do site https://res-

está com as inscrições aber-

postasparaoamanha.com.

tas para sua 9ª edição no

br ou pelo aplicativo do pro-

Brasil. No país desde 2014,

grama.

a iniciativa já premiou estudantes, professores e esco-

A iniciativa da Samsung

las públicas espalhadas por

já envolveu mais de 165 mil

todo o território nacional,

estudantes, mais de 23 mil

com o objetivo de estimular

professores e mais de 5 mil

o desenvolvimento de proje-

escolas públicas, com qua-

tos criativos e inteligentes

se 10 mil projetos inscritos

para solucionar demandas

em suas oito edições. Em

locais por meio da aborda-

2021, mesmo com o dis-

gem STEM (sigla em inglês

tanciamento social, o pro-

para Ciências, Tecnologia,

grama registrou aumento

Engenharia e Matemática).

de 22% na participação de estudantes, como também

Os interessados em par-

em 40% na de professores

ticipar dessa nova edição

e 52% na de escolas públi-

podem se inscrever até o

cas em comparação ao ano

dia 30 de junho. Para isso,

anterior, tendo educação,

o grupo deve ser composto

infraestrutura

por 3 a 5 estudantes e um

rural e saúde como temas

uma

professor

que

mais explorados. Ao longo

como a representação no

esteja lecionando para a

da programação deste ano,

Brasil da Organização das

equipe em disciplinas rela-

o Solve For Tomorrow tam-

Nações Unidas para a Edu-

cionadas a Ciências da Na-

bém vai oferecer mentorias

cação, a Ciência e a Cultu-

tureza ou da Matemática e

e webinares para auxiliar os

ra (UNESCO no Brasil), da

suas Tecnologias. O grupo

estudantes e suas equipes

Rede Latino-Americana pela

também poderá contar com

no desenvolvimento de suas

Educação (Reduca) e da Or-

um docente das áreas das

habilidades e projetos.

ganização dos Estados Ibe-

orientador

urbana

ou

For Tomorrow conta com rede

de

parceiros,

ro-americanos (OEI), além

Ciências Humanas e suas ge-

do apoio do Conselho Nacio-

Códigos e suas Tecnologias

ral realizada pelo Cenpec,

nal de Secretários de Edu-

como parceiro do projeto. A

a edição brasileira do Solve

cação (Consed).

Tecnologias, e Linguagens,

22 Junho/22 I 23 ANOS

Com

coordenação


Divulgação

Serviço: Solve For Tomorrow 2022 Inscrições: https://respostasparaoamanha.com.br/ Prazo final das inscrições: 30 de junho de 2022 Investimento: Gratuito Público: Alunos do Ensino Médio de escolas públicas das redes municipais, estaduais e federais, e professores de Biologia, Física, Química e Matemática ou outras disciplinas pertencentes às áreas das Ciências da Natureza e da Matemática e suas Tecnologias, atualmente lecionando para esses estudantes.

23 ANOS I Junho/22 23




Beleza

Dormindo com o inimigo: tecido da fronha pode interferir na beleza da pele Especialista explica porque as fronhas de percal, cetim e seda são mais indicadas na hora do sono Nada como se sentir abraçada na cama macia na hora de dormir, não é mesmo? Além de promover um descanso merecido, as roupas de cama podem interferir muito mais na beleza do que se imagina. Quem tem se mostrado protagonista na hora do sono, fazendo as cabeças por aí, é a touca de cetim que garante proteger os fios, deixando-os mais alinhados e com menos frizz. Mas você sabia que o tipo de fronha do travesseiro também pode interferir na saúde da pele?

26 Junho/22 I 23 ANOS


Crédito: Patrícia Elias Bacharel em Estética e Cosmetologia pela Universidade Anhembi Morumbi, pós-graduada em Dermaticista pela Faculdade IBECO e sócia fundadora da Clínica de Estética Patrícia Elias. Mais informações: https://patriciaelias.com.br/ YouTube: Patrícia Elias Instagram: @esteticapatriciaelias

23 ANOS I Junho/22 27

Foto: Shutterstock

Segundo a esteticista e dermaticista Patricia Elias, as fronhas feitas com baixa concentração de algodão e as fronhas de poliéster, apesar de confortáveis, geram mais calor na pele. “Por possuírem tramas bem aderentes no tecido, elas acabam causando atrito, absorvendo a oleosidade natural, acumulando mais ácaros, células mortas e se desprendendo da pele”, afirma. A indicação neste caso, fica para as fronhas feitas 100% em algodão percal, além dos tecidos mais nobres como fios egípcios, cetim ou seda, que além de deixar o ambiente ainda mais sofisticado causam menos fricção na pele durante o sono, ajudando o rosto ficar mais hidratado. “O percal, o algodão egípcio, o cetim ou a seda são tecidos que se adaptam à temperatura ambiente e contribuem para a respiração da pele, sendo um aliado principalmente para quem possui pele oleosa, propensas à acne, auxiliando no controle dessa inflamação”, complementa Patrícia Elias. Por serem um tecido leve e liso, além de proporcionarem mais relaxamento, também preservam a formação de linhas e marcas de expressão durante o sono e é benéfica para todos os tipos de pele. “O atrito contínuo da pele com as fronhas de algodão comum ou do poliéster, que é ainda mais nocivo por ser proveniente do plástico, acabam interferindo também nas fibras de colágeno. Ao dormir na fronha de percal, cetim ou algodão egípcio, estamos combatendo também o envelhecimento precoce”. Outra dica recomendada pela especialista é a troca da fronha dos travesseiros duas vezes por semana. Essa prática ajuda a não acumular bactérias, ácaros, células mortas e outros microorganismos nocivos à pele. É importante enfatizar que além de adotar essas práticas, é fundamental uma rotina de skincare indicada para cada tipo de pele e o uso contínuo de protetor solar. “A fronha de cetim faz sim toda a diferença, mas não milagre. Por isso, sempre procure por um profissional capacitado que faça as recomendações e indique tratamentos adequados para seu tipo de pele”, finaliza.


Capa

Você sabe qual a orige A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o mês de junho. Essa comemoração é comum em todas as regiões do Brasil, especialmente no Nordeste, e foi trazida para o Brasil por influência dos portugueses no século XVI. Inicialmente, a festa possuía uma conotação estritamente religiosa

28 Junho/22 I 23 ANOS

e era realizada em homenagem a santos como São João e Santo Antônio. As informações sobre a origem e como a festa junina chegou ao Brasil é da pesquisa de Daniel Neves Silva, graduado em História e colaborador do Brasil Escola. Os historiadores apontam que as origens da fes-

ta junina estão diretamente relacionadas a festividades pagãs realizadas na Europa na passagem da primavera para o verão, momento chamado de solstício de verão. Essas festas eram realizadas como forma de afastar os maus espíritos e qualquer praga que pudesse atingir a colheita. Para melhor entendermos isso,


é preciso considerar que o solstício de verão no hemisfério norte acontece exatamente no mês de junho. As comemorações realizadas por diferentes povos pagãos europeus começaram a ser cristianizadas a partir do momento em que o Cristianismo se consolidou como a principal região do

continente europeu. Assim, a festa originalmente pagã foi incorporada ao calendário festivo do catolicismo. Essa foi uma prática comum da Igreja Católica. Para facilitar a conversão dos diferentes povos pagãos, fazia-se uma aculturação das festividades, adicionando-as ao calendário católico e acrescentando nelas ele-

mentos cristãos. Outra festa na qual essa prática se repetiu, por exemplo, foi a comemoração do Natal, que acontece todo mês de dezembro. A cristianização da festa está diretamente relacionada ao estabelecimento de comemorações de importantes figuras do catolicis-

23 ANOS I Junho/22 29

Foto: Sao_Joao_Feast_Attractions / reprodução internet

em das festas juninas?


Capa mo, exatamente na época da passagem para o verão, entre as quais se destacam Santo Antônio (homenageado dia 13 de junho), São João (dia 24) e São Pedro (dia 29). Por fim, muitos elementos típicos das comemorações pagãs ganharam novo significado.

A chegada da festa junina ao Brasil O começo da festa junina no Brasil remonta ao século XVI, trazidas para cá pelos portugueses durante a colonização, assim como muitas outras tradições. Quando introduzida no Brasil, a festa era conhecida como fes-

ta joanina, em referência a São João, mas, ao longo dos anos, teve o nome alterado para festa junina, em referência ao mês no qual ocorre, junho. Inicialmente, a festa possuía um forte tom religioso – conotação essa que se per-

Confira algumas das melhores festas juninas que acontecem na zona norte:

São João de Nóis Tudim O Centro de Tradições Nordestinas (CTN), traz tradição, alegria e infraestrutura ao São João de Nóis Tudim, festa inspirada nas maiores festas de São João do Brasil. O evento tem entrada gratuita e promete marcar a história da cidade com programações incríveis, que vão de atrações musicais a personagens interativos que andarão pelo espaço e tornarão o ambiente ainda mais mágico e divertido, como os bonecões de Caçapava e pernas de pau. Entre os shows confirmados, estão: Circulador de Fulô, Rastapé, Banda Bicho de Pé, Fernanda Guimarães, Banda Arriba Saia, Trio Dona Zefa, Forró Dois Dobrado, entre tantos outros. Os ritmos que embalam os festejos do CTN navegam pelo sertanejo, pelo forró e o forró eletrônico. O evento ocorre de 4 de junho a 31 de julho, sempre aos sábados e domingos, das 11h às 22h. Após o horário, a programação segue com os shows e atrações do Sabadaço, evento fixo do CTN, também com entrada gratuita, que vira a noite e segue até 4h. A gastronomia também está entre os grandes atrativos da festa, com bebidas, doces, petiscos e pratos típicos de diferentes regiões do Brasil. São Paulo, que abraçou o São João de Nóis Tudim com tanto amor, não poderia ficar de fora do evento e é representado pela picanha à brasileira. As apresentações das quadrilhas estão, sempre, entre os momentos mais aguardados de todo São João. No CTN,

30 Junho/22

I 23 ANOS

elas conquistam por toda a sua diversidade. Além da tradicional, que conta com a participação do público, o espaço recebe a Quadrilha da Melhor Idade, com o protagonismo das pessoas com mais de 60 anos, além de grupos tradicionais do interior paulista. “O São João de Nóis Tudim fez história em São Paulo como a melhor festa junina da cidade e, neste ano, não perderemos a oportunidade de presentear o nosso público com o retorno dessa festança tão amada”, disse Christiane Abreu, presidente do CTN. “Lutamos diariamente para que esse festejo aconteça, pois acredito que o São João é uma das principais manifestações artísticas e culturais do Nordeste”, finaliza. A apresentação da car-


deu em parte, uma vez que é vista por muitos mais como uma festividade popular do que religiosa. Além disso, a evolução da festa junina no Brasil fez com que ela se associasse a símbolos típicos das zonas rurais. O crescimento da festividade aconteceu sobretu-

do no Nordeste, região que atualmente possui as maiores festas. A maior festa junina do país acontece na cidade de Campina Grande, localizada no estado da Paraíba.

teirinha de vacinação não é obrigatória, segundo os protocolos exigidos pelo Governo do Estado, porém, o CTN apoia a apresentação e recomenda que o público traga e apresente o documento ao entrar no melhor São João de SP.

Serviço: São João de Nóis Tudim Data: 4 de junho a 31 de julho, aos sábados e domingos Horário: das 11h às 22h Valor: entrada gratuita, com atrações pagas e francas Onde: CTN Rua Jacofer, 615, Bairro do Limão. São Paulo/SP. Há estacionamento no local. Sujeito à lotação Contato: (11) 3488-9400 ou acesse as redes @ctnsp

Divulgação / CTN

Durante as festas juninas no Brasil, são realizadas

danças típicas, como as quadrilhas. Também há produção de inúmeras comidas à base de milho e amendoim, como canjica, pamonha, pé de moleque, além de bebidas como o quentão. Outra característica muito comum é a de se vestir de caipira de maneira caricata.

23 ANOS I Junho/22 31


Capa

Festa Julina do Esperia Entre os clubes mais tradicionais de São Paulo, o Esperia já marcou a data para a Festa Julina mais aguardada por associados e convidados! Pela primeira vez na história de 123 anos, deste que é o maior complexo de lazer e entretenimento da Zona Norte e região; este ano o evento acontecerá em dois finais de semana, de 22 a 24 de julho e de 29 a 31 de julho e contará com shows e apresentações especiais, além de barracas de brincadeiras e de comidinhas típicas. A agenda da Festa Julina terá atrações musicais para todas as idades: DJ, quadrilha, vários shows e queima de fogos silenciosos. No cardápio, opções para todos os gostos, e claro, os sabores típicos não faltarão: barraca do milho, tapioca, pastel, churrasco, fogazza, batata frita, caldos, quentão, comidas regionais, hambúrguer artesanal, e sobremesas para adoçar a maior festa da cidade. Um gigante parque de diversões para adultos e crianças que irão se divertir com brincadeiras como pescaria, boca do palhaço e tomba lata e a criançada vai poder se esbaldar também nos brinquedos infláveis. Os visitantes poderão aproveitar para conferir o Bazar Beneficente, promovido pela Comissão Social Feminina do Esperia, departamento assistencial do Clube. A festa será aberta para não associados que poderão adquirir os ingressos diretamente no Clube ou através do site https://ingresse.com/festa-julina-clube-esperia.

Servi Dia 22 e 23 de julho, das 18h às 04 Dia 29 e 30 de julho, das 18h às 04

Atraç 22/7 - D 23/7 - Nego A T 24/7 – Sampraz 29/7 - Na Hor 30/7 - Banda M 31/7 - Felipe Marqu

Local: Club Endereço: Av.Santos Du Telefone: 2

Site: http://portal

Ingressos: Associados (Entrada sos shows) - R$ 30,00 (Crian

32 Junho/22 I 23 ANOS


ções: DaGrace Toa e Rosa Fulo zer e Nova Cor ra H e Johnn Malta e Smolka ues e Trio Virgulino

be Esperia umont, 1313 – Santana 223-3300

l.esperia.com.br/

Fotos: Divulgação / Esperia

Ora, se nós humanos podemos matar a saudade de um bom arraiá, porque nossos pets precisam ficar em casa? Bem, eles iriam ficar, porque nos dias 25 e 26 de junho, sábado e domingo, a partir das 20h e 18h, respectivamente, acontecerá a Festa Junina do Cachorródromo, na Vila Guilherme, zona norte da capital. O evento, voltado aos nossos amáveis peludos, contará com muita comida típica, jogos e prendas para a criançada, quadrilhão, “cãocurso”, música caipira, casamento junino, correio elegante, bingo e muito mais. Os ingressos estão à venda no Sympla e custam R$ 30,00 por cachorro, com direito a dois tutores que estão inclusos neste valor. O evento ainda apoia as ONGs Pets Sem Fronteiras, 100% Animais, além do Centro Espírita Educandário da Luz e Saúde. Serviço: Festa Junina do Cachorródromo Data: 25 e 26 de junho Horários: Sábado a partir das 20h e domingo a partir das 18h Ingressos: R$ 30,00 por pet (dois tutores inclusos no valor) Local: Cachorródromo Rua Francisco Duarte, 33 – Vila Guilherme – São Paulo/SP Mais informações: cachorrodromobrasil.com.br/ CLÉLIO TOMAZ / LeiaJáImagens

iço: 4h e 24 de julho, das 14h às 00h00 4h e 31 de julho, das 14h às 00h00

Festa Junina do Cachorródromo

a Franca) e Convidados (incluças até 10 anos não pagam)

23 ANOS I Junho/22 33


Reprodução Internet

Capa

Festa Junina na Portuguesa Com o apoio do Grupo Euro17, da Associação Portuguesa de Desportos, a promoção da Rádio Band FM e a produção da 17eventos, uma das festas mais populares do calendário paulistano volta a ser realizada em 2022. Depois de dois anos de espera, a Festa Junina na Portuguesa está de volta. Reunindo grandes atrações, a festa vai contar com shows dos maiores representantes da música brasileira. Além dos mais populares grupos musicais do país, a festa trará ainda várias atrações como praça de alimentação com comidas típicas e barracas de brincadeiras tradicionais que prometem oferecer diversão para toda a família. No próximo dia 19 de junho é o último final de semana de festa e terá grandes nomes da música nacional como: Matheus & Kauan, Gustavo Mioto, Péricles, George Henrique & Rodrigo e Convidados. Serviço: Festa Junina na Portuguesa Data: Domingo, 19 de Junho de 2022 Horário: Abertura: 17:00 - Início: 18:00 Classificação: Livre (Menores de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou maior responsável). Local: Complexo do Canindé Rua Comendador Nestor Pereira, 33 Canindé - São Paulo/SP Para mais informações acesse o site da 17eventos pelo www.17eventos.com. br, além de seguir os perfis da produtora para ficar por dentro das novidades. Ingressos à venda ticket360.com.br

34 Junho/22 I 23 ANOS



Saúde

Frio intenso pode potencializar as doenças vasculares

Durante o inverno, quando as temperaturas médias ficam abaixo de 14°C, uma série de doenças cardiovasculares tem incidências maiores. A cada diminuição de 10°C o perigo de infarto agudo do miocárdio aumenta em 7% e, como consequência, as mortes por esta causa sobem em até 30%. Da mesma forma, o acidente vascular cerebral, ou derrame cerebral, tem um crescimento em sua ocorrência. Pacientes com doenças crônicas, com predisposição a problemas cardíacos, e pessoas com mais de 65 anos formam o grupo de maior risco. Nos idosos em especial, que apresentam doença obstrutiva crônica nas artérias dos membros inferiores, a vasoconstrição periférica estimulada pelo frio diminui o fluxo arterial, o que leva à baixa da irrigação das extremidades (isquemia), que pode até levar ao aparecimento de necrose e gangrena nos casos mais graves. O cirurgião vascular e 36 Junho/22 I 23 ANOS

membro do Conselho Superior da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular – Regional São Paulo (SBACV-SP), Dr. Calogero Presti, explica que a doença arterial obstrutiva periférica pode se agravar com as baixas temperaturas, além disso, pacientes portadores de microangiopatia diabética, oclusão de artérias de pequeno calibre (arteríolas e capilares) e indivíduos portadores de doença arterial inflamatória (arterites) precisam se proteger rigorosamente do contato com o frio. Ainda de acordo com o especialista, as pessoas que possuem diabetes de evolução mais longa têm uma menor perfusão das extremidades, e quando são submetidas ao frio intenso a isquemia piora e há um limiar para o desencadeamento de tromboses arteriais e necrose das extremidades. Outra causa de mecanismo não bem conhecida é a perniose. “Existem pessoas

que apresentam extrema sensibilidade ao frio e desenvolvem quadros denominados de eritema pérnio (ou perniose). Caracteriza-se pelo aparecimento de alterações cutâneas, com manchas ou nódulos na pele de coloração vermelha (eritema), e nos casos mais severos surgem vesículas, bolhas e ulcerações. Os dedos das mãos e pés são as áreas mais afetadas em geral, de maneira simétrica e com menos frequência esse fenômeno acomete a ponta do nariz e das orelhas. O eritema pérnio pode ser secundário à presença de doenças sistêmicas, como distúrbios hematológicos (do sangue), hepatites virais, doenças autoimunes e malignas”, esclarece o médico. Fenômeno de Raynaud O fenômeno de Raynaud é outro exemplo de manifestação funcional da microcirculação desencadeada pelo estresse e pelo frio. As extremidades, mãos e pés em contato com o frio desenca-

Reprodução/Internet

Perigo de infarto agudo do miocárdio e de acidente vascular cerebral pode aumentar no inverno. Pacientes com doenças crônicas e pessoas com mais de 65 anos formam o grupo de maior risco



Saúde deiam um fenômeno trifásico inicialmente com intensa vasoconstrição e palidez dos dedos, e após algum tempo (segundos ou minutos) os dedos tornam-se azulados (cianóticos) devido à falta de oxigênio e acúmulo de gás carbônico no sangue da extremidade. Numa terceira fase, as arteríolas e capilares voltam a se abrir devido a uma vasodilatação compensatória (hiperemia reativa) e as extremidades (mãos e pés) apresentam intenso rubor (coloração vermelha). Esse fenômeno em geral é benigno. “O paciente que tem fenômeno de Raynaud deve procurar o médico para investigar a presença de possível doença autoimune ou reumatológica em curso, ou de uma provável manifestação futura”, esclarece Dr. Calogero. Outra alteração microcirculatória funcional que ocorre em jovens é a acrocianose. Caracteriza-se pelo arroxeamento das extremidades, dedos das mãos e pés, e também é agravada pelo frio ou pelo estresse. Em casos raros e de extrema intensidade podem ocorrer pequenas necroses das polpas digitais. Cuidados com a saúde no inverno Para se proteger do frio,

38 Junho/22 I 23 ANOS

Dr. Calogero dá algumas dicas, como manter-se bem agasalhado (usar luvas, cachecol, tocas, meias de lã) e realizar atividade física habitual. É aconselhável fazer exames de rotina para acompanhar níveis de colesterol no sangue e controle da pressão sanguínea, ter uma dieta saudável, beber bastante água, evitar fumar e não ingerir quantidades excessivas de álcool (pois isso também eleva o risco de hipertensão arterial, infarto do miocárdio e derrame cerebral). Vacinar-se contra a gripe no outono, em especial os idosos, reduz o risco de infarto no inverno. “As infecções respiratórias (gripe) produzem um estado inflamatório no organismo que interfere nas placas de ateroma (colesterol na parede arterial) e, com isso, aumenta a chance de desestabilização e ruptura dessas placas de gordura podendo levar à obstrução das artérias coronárias e, como consequência, ao infarto do miocárdio. Nas artérias cerebrais, mesmo fenômeno de oclusão, conduz ao derrame cerebral e nas artérias periféricas à trombose arterial aguda dos membros inferiores, com risco de gangrena”, pontua o cirurgião


Outras emergências vasculares, como a ruptura e dissecção de aneurismas, vasculites e as síndromes vasoespáticas, também apresentam incidência aumentada no inverno. Na ocorrência de sinais e sintomas sugestivos, a procura imediata por um serviço de saúde e a consulta com um especialista vascular são muito importantes para evitar sequelas graves”. A SBACV-SP tem como missão levar informação de qualidade sobre saúde vascular para toda a população. Para outras informações acesse o site e siga as redes sociais da Sociedade (Facebook e Instagram).

23 ANOS I Junho/22 39

Reprodução/Internet

vascular. O presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular – Regional São Paulo (SBAV-SP), Dr. Fabio Rossi, observa: “A maioria dos portadores de doenças vasculares é inicialmente assintomática, ou apresenta sintomas leves que podem passar despercebidos, até mesmo por médicos de outras especialidades. O infarto agudo do miocárdio, o acidente vascular cerebral, a trombose venosa profunda e a embolia pulmonar são as principais causas de morte nos países ocidentais.


Pet & Cia

Cuidados com os cães e gatos no frio: veja como protegê-los A chegada do inverno traz consigo as baixas temperaturas e o tempo seco. E se já é difícil para nós humanos lidarmos com o frio intenso, cães e gatos de estimação também podem sofrer e precisam de cuidados especiais nessa época do ano. Segundo o médico veterinário sanitarista e coordenador do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Anhanguera, Rafael Abreu, algumas medidas simples podem evitar problemas sérios na saúde dos pets. “Nesta época do ano, os tutores devem oferecer aos cães e gatos um ambiente seco e aquecido. Se os bichos dormem fora de casa, o ideal é que a casinha ou canil tenha cobertura ou telhado que torne o local mais acolhedor, seguro das temperaturas baixas e da chuva. Outra opção que funciona muito bem é forrar as casinhas com cobertores ou caixas de papelão”, exemplifica o especialista. A seguir, o coordenador lista mais algumas dicas importantes para que os tutores tenham atenção: Agasalhar o pet Para os cães que aceitam

40 Junho/22 I 23 ANOS

vestir roupinhas, os tutores devem investir em peças que tenham tamanho ideal para o bicho, nem muito folgadas, nem muito apertadas, para evitar desconfortos no animal. Alguns cachorros não gostam de roupas, pois certas raças suportam melhor temperaturas mais baixas. No caso dos gatos, as roupas não são recomendadas. Os gatos costumam ficar estressados com esses acessórios, pois podem dificultar a locomoção dos bichos, causando acidentes, além de impedir que eles se lambam -- um comportamento natural de higiene da espécie. Cuidados com as doenças da época No inverno, especialmente os cães, estão mais suscetíveis à gripe. Portanto, é recomendado que o tutor vacine o animal o quanto antes. A gripe canina quase nunca oferece risco ao animal, mas é preciso ficar atento. A transmissão pode acontecer no contato com objetos (como comedouros e bebedouros) contaminados, ou ainda por meio de outro animal doente, em parques e áreas de

recreação comuns. Já no caso dos gatos, a rinotraqueíte, como é chamado o complexo respiratório felino, tem sintomas pa-


casos a doença pode evoluir para quadros de pneumonia. Para evitar a doença, os tutores devem evitar que o gato saia para a rua ou tenha contato com outros animais infectados. Passeio dos pets Por fim, o especialista

recomenda que os tutores tenham especial atenção à hora do passeio dos pets. “Se o seu pet faz as necessidades na rua, tente levar ele para passear em horários em que a temperatura esteja mais elevada, evitando problemas de saúde relacionados ao frio”, completa. Divulgação

recidos com os da gripe de humanos: espirros, coriza e falta de apetite. A maioria dos gatos é portadora do vírus, que se manifesta com a chegada dos dias frios. Para a recuperação, geralmente, não é preciso administrar medicamentos para os animais, mas em alguns

23 ANOS I Junho/22 41


Gastronomia

Dia dos Namorados: prepare um jantar romântico para o seu amor A data mais romântica do ano se aproxima e para celebrá-la não há maior demonstração de amor e afeto do que preparar um bom jantar, com pratos sofisticados que agucem todos os sentidos. Pensando em contribuir com dicas para tornar esse momento ainda mais memorável, agregando praticidade e muito sabor nesses preparos, a marca Tio João compartilha algumas receitas de risotos, dos mais clássicos ao surpreendentes, como os doces.

Mix de cogumelos assados com risoto Ingredientes • 2 xícaras (chá) de Tio João Cozinha & Sabor Risoto à Valligiana • Alecrim a gosto • 200g de shitake higienizados • 20g de cogumelo paris em fatias largas • 3 colheres (sopa) de manteiga • 1 colher (sopa) de sal • 1 colher (sopa) de cominho • Raspas de limão siciliano (opcional) • Trufas (opcional)

Fotos: Divulgação/Tio João

Modo de Preparo Cozinhe o Tio João Cozinha & Sabor Risoto à Valligiana de acordo com as orientações da embalagem. Higienize os cogumelos com papel-toalha, tempere com sal e cominho, uma colher de manteiga e um ramo de alecrim. Faça uma trouxinha com papel-alumínio e leve para assar em forno preaquecido a 200° C por 15 a 20 minutos. Assim que o risoto estiver pronto, finalize com manteiga e com raspas de limão siciliano ou trufas (opcional). Misture bem. Você pode misturar os cogumelos com o risoto ou servir separadamente. Sirva quente, decorado com ramos de alecrim.

42 Junho/22 I 23 ANOS


Risoto de aspargos e brie Ingredientes • 2 colheres (sopa) de manteiga • 1 colher (sopa) de azeite • 1 cebola média bem picada • 2 xícaras de Tio João Variedades Mundiais Arroz Carnaroli (400g) • ½ xícara (chá) de vinho branco seco • ½ litro de caldo de legumes* • Sal • 200g de aspargos frescos, picados e aferventados* • 100g de queijo brie picado • ½ xícara (chá) de queijo gruyère ralado • Pimenta-do-reino moída na hora • 2 colheres (sopa) de cebolinha verde picada Modo de Preparo Em uma panela grande com fundo largo, aqueça a manteiga junto com o azeite e doure a cebola. Acrescente o arroz e refogue, mexendo constantemente, por 3 minutos em fogo médio. Acrescente o vinho e espere evaporar. Adicione o caldo de legumes quente aos poucos (1/2 xícara (chá) de caldo de cada vez) e cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre para que o risoto fique cremoso e cozinhe de maneira uniforme. Tempere com sal e cozinhe até que o arroz esteja bem al dente (cozido, mas ainda firme). Acrescente os aspargos, os queijos, e misture bem. Acerte o sal, tempere com a pimenta e sirva em seguida polvilhado com cebolinha. *Dicas: - Antes de aferventar os aspargos, descasque a parte mais fibrosa dos talos e cozinhe-os em água fervente com um pouco de sal e limão por 2 minutos. Escorra-os, passe em água gelada e corte em pedaços de 4 cm. - Para fazer 1 litro de caldo de legumes, ferva 2 litros de água com os seguintes ingredientes: 1 cebola, 2 talos de salsão, 1 cenoura, ¼ de nabo, 2 dentes de alho, ½ talo de alho-poró, 1 ramo de alecrim, 3 ramos de tomilho e uma pitada de sal grosso. Deixe ferver até o líquido reduzir à metade. Coe antes de utilizar. 23 ANOS I Junho/22 43


Fotos: Divulgação/Tio João

Gastronomia

Risoto da Sedução Ingredientes 1 embalagem de Tio João Cozinha & Sabor – Risoto Milanês 3 e ¾ de xícaras (chá) de água (750ml) 1 colher (chá) de sal (4,4g) ½ xícara (chá) de amêndoas laminadas 2 colheres (sopa) de manteiga sem sal ½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado 1 xícara (chá) de uva rosada sem sementes Modo de Preparo Ferva 3 e ¾ de xícaras (chá) de água (750ml). Em uma frigideira funda (risoteira), misture 1 xícara (chá) da água quente com o conteúdo da embalagem e o sal. Cozinhe em fogo médio, mexendo sempre. À medida que o líquido for evaporando, acrescente o restante da água quente aos poucos até que os grãos estejam cozidos, mas firmes à mordida (al dente). Reserve. Em uma panela, coloque 1 colher de manteiga, acrescente as amêndoas laminadas e doure em fogo baixo. Misture delicadamente com 1 colher de (sopa) de manteiga sem sal ao risoto preparado anteriormente e acrescente o queijo parmesão ralado, as uvas rosadas sem sementes e sirva em seguida. Dicas: - Para um sabor mais sofisticado, inicie o preparo acrescentando ¼ de xícara (chá) de vinho branco seco (50ml) junto com o risoto. Finalize com a manteiga e ½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado. 44 Junho/22 I 23 ANOS


Risoto de camarão Ingredientes • 750 grs de camarão fresco com casca • 1 cebola • 1 cenoura em rodelas • Ramo de ervas aromáticas (bouquet garni) • 2 dentes de alho amassados • Sal a gosto • 1 colher (chá) de pimenta-do-reino em grãos • Suco de 1 limão • 1 colher (sopa) de manteiga • 1 xícara (chá) de vodca (200ml)

Para o Risoto • 2 colheres (sopa) de manteiga • 1 cebola grande picada • 1 e ½ xícara (chá) de Tio João Variedades Mundiais Arroz Carnaroli (255g) • 1 xícara (chá) de vinho branco seco (200ml) • ½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado na hora • 1 colher (sopa) de manteiga gelada

Para Decorar Galhos de salsa a gosto Modo de Preparo Limpe os camarões, lave, reserve as cascas. Faça o caldo: Descasque a cebola, corte-a em 4 partes. Em uma panela, coloque as cascas do camarão, junte 3 litros de água, a cebola, a cenoura em rodelas, o sal a pimenta e o bouquet garni. Leve em fogo alto até reduzir pela metade. Retire do fogo, coe e reserve. Tempere os camarões com sal e o suco de limão. Aqueça uma frigideira em fogo alto e derreta a manteiga, refogue os camarões por 2 minutos, flambe com a vodca, transfira para um recipiente e reserve. Risoto: Na mesma panela, coloque o restante da manteiga, frite a cebola e refogue o arroz. Acrescente o vinho e deixe evaporar. Adicione o caldo de camarões aos poucos e mexa até o arroz ficar cozido ‘al dente’. Junte os camarões, o parmesão e a manteiga gelada. Mexa para incorporar todos os ingredientes. Sirva o risoto em pratos fundos, decorando com galhos de salsa.

23 ANOS I Junho/22 45


Fotos: Divulgação/Tio João

Gastronomia

Risoto doce de forno Ingredientes Praliné: • 1 e ½ xícara (chá) de açúcar • ¼ de xícara (chá) de água • ¼ de colher (chá) de sal • 1 xícara (chá) de amêndoas em lascas • Manteiga para untar Risoto: • 1 litro de água fervente • 4 ramos de erva-cidreira/ capim-limão • 1 xícara (chá) de Tio João Variedades Mundiais – Arroz Carnaroli • 6 colheres (chá) de açúcar • ¼ de xícara (chá) de vinho branco seco • 1 colher (sopa) de manteiga • Raspas de 1 limão-siciliano • 300ml de creme de leite fresco Montagem: 6 colheres (sopa) de açúcar cristal Modo de Preparo Praliné: Em uma panela, coloque o 46 Junho/22 I 23 ANOS

açúcar, a água, o sal e misture bem. Leve ao fogo médio e deixe ferver até açucarar. Sem mexer, deixe a panela em fogo baixo até o açucarado derreter e formar o praliné. Logo em seguida, misture as amêndoas. Espalhe sobre uma placa de silicone ou coloque em uma forma untada com manteiga. Deixe esfriar e quebre grosseiramente. Reserve. Risoto: Em um recipiente, coloque a água fervente e adicione a erva-cidreira, deixando em infusão por 5 minutos. Posteriormente, retire a erva e reserve o chá. Em uma panela, coloque o Tio João Variedades Mundiais – Arroz Carnaroli, o açúcar e misture bem, junte o vinho, mexendo até evaporá-lo. Cozinhe o arroz, acrescentando o chá aos poucos até ficar al dente. Finalize com a manteiga, parte das raspas de

limão e posteriormente misture o creme de leite. Montagem: Porcione o risoto em recipientes refratários individuais e leve ao forno em banho-maria até dourar. Ao servir, polvilhe as raspas de limão-siciliano restantes, cubra com uma camada generosa de açúcar cristal e doure com um maçarico para formar uma casquinha de açúcar. Para finalizar, decore com o praliné e sirva em seguida, ainda quente. Dicas: - Você pode substituir o praliné por paçoquinha de amendoim esfarelada. Para conferir essas e outras receitas, acesse: https:// tiojoao.com.br/receitas/. Para mais informações e para adquirir os produtos da marca Tio João, acesse: https://www.armazemtiojoao.com.br.


Drag’s no Alfredo “Drag’s no Alfredo” traz ao palco do Teatro Alfredo Mesquita (TAM), nos dia 15, 22 e 29 de junho, apresentações de vários estilos drags. Uma oportunidade que possibilita a apresentação de grandes nomes da cena Drag/Transformista para celebrar a arte Drag de uma maneira interativa e divertida. Cada noite será um espetáculo diferente com muita pluralidade de estilos.

Fotos: Divulgação

Cultura

O espetáculo acontece toda quarta-feira, às 21h, com duração de 90 minutos. Os ingressos custam R$20 (inteira) e R$10 (meia) e podem ser adquiridos na bilheteria do TAM, que fica na Avenida Santos Dumont, 1770, em Santana.

A Milionária O Teatro Alfredo Mesquita (TAM) recebe de 17 a 26/06, o espetáculo gratuito “A Milionária”. Com direção de Thiago Ledier, o espetáculo tem no elenco: Chris Couto, Márcia de Oliveira, Patricia Pichamone, Priscilla Olyva, Cadu Batanero, Guilherme Gorski, Luti Angelelli, Rodrigo Chueri, Thiago Ledier e Sergio Mastropasqua. A Milionária pode ser definida como uma farsa didática sobre poder e dinheiro. Epifânia, uma das mulheres mais ricas da Europa, reúne-se com seu advogado para discutir formas de se vingar de seu marido, um ex-lutador de boxe. A entrada de um personagem muçulmano dá início a um choque de culturas e expõe o modo de pensar das classes dominantes. Com duração de 95 minutos, o espetáculo tem indicação etária para maiores de 12 anos e acontece sexta e sábado, às 21h e no domingo, às 19h, no TAM que fica na Avenida Santos Dumont, 1770, em Santana. 23 ANOS I Junho/22 47


Marcelo Soares

Cultura

Rodrigo Nogueira e do Samba

No dia 25/6, sábado, das 18h às 1 Villares, 579 – Santana) recebe o músic na área de Convivência 1 da unidade. Dos clássicos à atualidade, Rodrigo mado por temas abordados por dua tório dedicado à vivência e realidade ro, da família, do samba e do asfalto para ouvir, mas, também para sentir

Vitor Ramil em Avenida Angélica O Sesc Santana recebe o escritor, cantor e compositor Vitor Ramil nos dias 18, às 20h e 19, às 18h, para o lançamento do disco “Avenida Angélica”. Não recomendado para menores de 12 anos, o show de lançamento mostra músicas inspiradas nos poemas de Angélica Freitas. Vitor Ramil é autor de doze álbuns, três livros e dois songbooks. Autor de música e letra da maior parte de seu repertório, Vitor também musicou e gravou poemas de diversos autores, compôs em parceria com Chico César, Jorge Drexler, Kleiton e Kledir, Zeca Baleiro, entre outros parceiros; e versionou quatro canções de Bob Dylan e uma de Xöel Lopez. Suas canções já foram cantadas por intérpretes como Mercedes Sosa, Chico César, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Fito Paez, Jorge Drexler, Kátia B, Kleiton e Kledir, Gal Costa, Zeca Baleiro, MPB4, Lenine, Ceumar, Maria Rita e Ian Ramil. Os ingressos custa R$40 e R$20, e pode ser adquirido na bilheteria do Sesc Santana que fica na Avenida Luiz Dumont Villares, 579, em Santana, ou através do site. 48 Junho/22 I 23 ANOS

O músico, nascido e criado na cidade de noite paulistana. Iniciou seus estudos m sica (ULM) Tom Jobim e seguiu pelo cu sical na FMU-FAAM. Passou pelas mão e Mauro Diniz. Atualmente, acompanh Cuíca e Germano Mathias, e teve o praz tas. Nos shows de Rodrigo Nogueira pod de terreiro, da contemporaneidade imp marcados pela sua época de infância e versatilidade é o seu diferencial.


Divulgação

em Eternalismo

o Nogueira apresenta um paralelo foras gerações de sambistas. Um repere dos artistas, da periferia, do moro. O samba é preparado não apenas r com o coração toda a sua essência.

Divulgação

e São Paulo, é cavaquinista e cantor da musicais na Universidade Livre de Múurso de Licenciatura em Educação Muos sábias dos cavaquinistas Alceu Maia ha os grandes sambistas Osvaldinho da zer de acompanhar muitos outros artisde-se viver o samba de quadra ao samba plícita pelos sambas atuais aos sambas e sucessos que marcaram histórias. A

Divulgação

19h, o Sesc Santana (Av. Luiz Dumont co Rodrigo Nogueira para show gratuito

Silvetty Montilla, conhecida como a RuPaul brasileira

Babadó - Mostra Cultural LGBTQIA+ O evento acontecerá no sábado, 18 de junho, das 10 às 21 horas, na Casa de Cultura Salvador Ligabue, na Freguesia do Ó. Todas as atividades da Mostra Cultural são gratuitas e abertas ao público em geral e de todas as idades, de crianças a idosos, para as oficinas artísticas que acontecem durante o dia e a partir de 16 anos para os pocket shows que serão realizados a noite. O objetivo é oferecer programação cultural gratuita, informação, diversão e cidadania para a população que mora na região da Zona Norte da capital paulista, principalmente Freguesia do Ó e bairros limítrofes como Lapa, Pirituba, Brasilândia e Vila Nova Cachoeirinha, na véspera da Parada LGBTQIA+ de São Paulo. Na programação da Mostra Cultural estão oficinas de artes plásticas, de dança do ventre, de ballet, de montação, maquiagem e performance de drags queens, oficina de modelos LGBTQIA+, oficina de teatro e expressão corporal para idosos. Todas as oficinas terão indicação de idade livre e serão realizadas no salão e/ou sala de artes da Casa de Cultura. À noite, serão dois shows de Stand up: um com a Drag Queen Silvetty Montilla, conhecida como a RuPaul brasileira; e o “Em Transe” com João Bubiz, o primeiro homem trans comediante do país. Por tratar de assuntos maduros, os shows terão classificação etária de 16 anos. Os ingressos para os shows devem ser retirados meia hora antes do horário do espetáculo, na Casa de Cultura que fica no Largo da Matriz, 215, Freguesia do Ó. 23 ANOS I Junho/22 49


Fotos: Divulgação

Cultura

De Canto em Canto No dia 18 de junho, às 16h, o Cantareira Norte Shopping apresentará a peça gratuita “De Canto em Canto”, uma história que resgata a importância da preservação do Meio Ambiente para a sobrevivência das pessoas e existência do planeta. A programação tem classificação livre e acontecerá no piso térreo do shopping, próximo à loja Claro. Na trama, dois amigos participam da tradicional festa do Boi-Bumbá e, durante a festividade, encon-

tram a Iara, mãe das águas. Através da sua magia, os personagens são levados a diferentes lugares para visualizarem os prejuízos causados pelo homem devido à falta de respeito com a natureza. Essa viagem através do tempo alertará sobre a necessidade da preservação e uso consciente da água. O shopping está localizado na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, 11.001, Jardim Pirituba.

Desvio para o Azul Antônima Cia. de Dança estreia espetáculo “Desvio para o Azul”, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ), que está localizado na Avenida Dep. Emílio Carlos, 3641 - Vila Nova Cachoeirinha. O espetáculo de dança gratuito, acontece nos dias 18 e 19 de junho, às 19h30 e tem direção de Adriana Nunes, que também está em cena ao lado das outras intérpretes-criadoras Camila Miranda, Isadora Prata e Naíra Gascon. Distorcer a linearidade, ressignificar a simultaneidade, alcançar a máxima lentidão e a extrema velocidade, desco-

50 Junhoo/22 I 23 ANOS

brir o que tem no meio, parar. Desviar para o azul é diminuir distâncias num universo em constante expansão. O espetáculo é uma obra sobre o Tempo, um olhar para as diferentes formas de senti-lo, uma tentativa de subvertê-lo.