Guia do Tênis O2 - Dezembro /2017

Page 1

CORRIDA. ESTILO DE VIDA. DEZ 2017

48

LANÇAMENTOS DO SEMESTRE


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

2

PELA SEGUNDA VEZ A O2 mostra que não é apenas o lado técnico que tem espaço no Guia do Tênis. Assim como na edição de julho, além do nosso especialista Rodrigo Roehniss, selecionamos dez corredores de assessorias esportivas para testar os novos modelos que chegam ao mercado. Os nossos atletas-avaliadores experimentaram os cinco destaques deste guia de acordo com as categorias (entrada, amortecimento, estabilidade, performance e trilha) e deram suas notas e opiniões. O resultado e todos os 48 modelos deste guia você encontra a seguir!

CONHEÇA OS AVALIADORES!

MARINA LEMMI CALHEIRO, 34 ANOS - CORRE DESDE 2016

ANA LUCIA FINOTI, 59 ANOS - CORRE DESDE 2016

GUSTAVO DE MELLO ANDRADE, 30 ANOS - CORRE DESDE 2012

LUIZA PEREIRA DI BONIFÁCIO, 27 ANOS - CORRE DESDE 2014

CARLOS RONIE LUCIANO, 41 ANOS - CORRE DESDE 2013

EDILENE VELOSO, 46 ANOS - CORRE DESDE 2008

CAMILA BRAGION, 32 ANOS - CORRE DESDE 2014

GILMAR JOSÉ ARAÚJO DA SILVA, 58 ANOS - CORRE DESDE 2016

HAROLDO RIBEIRO, 36 ANOS - CORRE DESDE 2015

SILMARA PERES MORAES, 35 ANOS - CORRE DESDE 2003

RP: 5 KM – 26MIN; 10 KM – 1H06MIN

RP: 5 KM – 49MIN

CATEGORIAS

Modelos menos “tecnológicos” e com bom custo-benefício que atendem iniciantes que praticam caminhadas ou trotes.

Categoria para corredores que possuem pisada neutra ou supinada e buscam modelos com bom amortecimento.

RP: 10 KM – 41MIN; 21 KM – 1H30MIN

RP: 5 KM – 21MIN30S; 10 KM – 47MIN

Diferenciam-se pelo tipo de pisada: os tênis com maior controle de estabilidade são aqueles indicados para pronadores.

Mais leves e com pouco amortecimento, são modelos recomendados para atletas que buscam melhorar os resultados nas provas.

RP: 10 KM – 39MIN; 21 KM – 1H29MIN

RP: 5 KM – 27MIN05S; 10 KM – 1H

São calçados desenvolvidos especificamente para terrenos acidentados, com lama, riachos e terra.

controvérsia?

PALMILHAS ORTOPÉDICAS

POR BRENO DEOLINDO As palmilhas ortopédicas são vendidas como um tratamento para fascite plantar, canelite e outras lesões. Porém, nem sempre o uso delas resolve todos os problemas. Uma pesquisa da Universidade de Newcastle, na Austrália, concluiu que o equipamento é apropriado para o tratamento de pé cavo dolorido e joanete. Contusões como a tendinite no tendão de Aquiles e a síndrome femoropatelar apresentaram redução de dor, mas não foram completamente curadas. Seu poder de prevenção também é motivo de discussão. “Uma palmilha feita especialmente para o seu pé não irá, necessariamente, prevenir uma lesão”, diz a fisioterapeuta Raquel Castanharo. O ideal, portanto, é usá-las apenas após indicação de um especialista.

RP: 5 KM – 21MIN58S

RP: 10 KM – 47MIN

RP: 10 KM – 1H11MIN

RP: 5 KM – 18MIN15S; 10 KM – 34MIN36S


FORMAÇÃO DO TÊNIS 3 TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

CABEDAL É a “carcaça” do tênis. Um bom cabedal permite melhor ventilação e protege os pés durante a corrida. Dá, também, estabilidade e firmeza. DROP É a diferença de altura entre o bico do tênis e o calcanhar. Quando mais baixo, pode influenciar positivamente a mecânica da corrida. PALMILHA Fica na parte interna do tênis e aquece e protege o pé, evitando bolhas e auxiliando na postura da pisada. SOLA Uma sola bem estruturada e composta de diferentes tipos de borracha é responsável pela estabilidade e tração. ENTRESSOLA É responsável pelo amortecimento e estabilidade, dando suporte à passada. Fica localizada entre a sola e a palmilha. GRIP Pode ser considerado o poder do tênis de “colar” no chão, passando segurança no seco e no molhado.

SU P IN A DA TIPOS DE PISADA SUPINADA Tem início na região externa. Com um deslize para a parte de dentro, ela se encerra com um impulso dos últimos dedos.

NEUT Raté Ao O movimento do pé ao SUPINADA encontrar oUT chão, desde a PRO aterrissagem NADA PRO SU IN AADA DA NENADA RA PPRON deslizamento e impulsão, pode ocorrer de três maneiras diferentes: PRONADA A passada começa pela parte de dentro do calcanhar, com apoio na área interna do pé. O impulso é dado pelo dedão.

PRONADA DA NADA NEUTR A NEUTR A PRO NADA A PRO SUPINADA SUPIN A DA SUPIN

NEUT R A

NEUTRA A passada começa no centro do calcanhar e desliza uniformemente até a impulsão, dada pelos primeiros dedos.

NEUTR A


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

TÉCNICA GUIA DO TÊNIS

4

A HISTÓRIA DO TÊNIS POR PEDRO LOPES E RODRIGO ROEHNISS ILUSTRAÇÕES PEDRO HANDAM

Surgia na Inglaterra o primeiro tênis de corrida do mundo, um sapato leve, com boa aderência e cabedal produzido em couro. Porém, nos dias de chuva, o calçado esticava demais.

A vulcanização, fusão entre borracha e tecido, permite o surgimento dos Keds, mais flexíveis e construídos com a junção de lona e borracha. Entretanto, a Goodyear, sua fabricante, só divulgou o produto como tênis esportivo em 1917.

Lançamento do primeiro tênis de corrida da Adidas, que surgiu a partir de uma briga de irmãos. Depois que Adolf Dassler rompe com seu irmão Rudolph, o primeiro funda a Adidas, enquanto o segundo inaugura a Ruda, que passaria a ser conhecida como Puma anos depois.

O corredor etíope Abebe Bikila, que tinha o costume de correr descalço, passa a usar os tênis Onitsuka Tiger e vence a prova de estreia com o modelo, aumentando a visibilidade da marca japonesa.

Enquanto tomava café da manhã, Bill Bowerman, um dos fundadores da Nike, cria um formato de waffle para os solados dos tênis. A estratégia dá certo: aqueles pares iniciais foram considerados os melhores produzidos até então nos Estados Unidos.

INÍCIO DO SÉCULO 18

1892

1949

1957

1971

MEADOS DO SÉCULO 18

1936

1951

1960

1976

Pai dos tênis de corrida modernos, o alemão Adolf Dassler desenvolve os calçados utilizados pelo americano Jesse Owens nas Olimpíadas de 1936.

Kihachiro Onitsuka cria um solado inspirado em ventosas de polvo e conquista 50% do mercado japonês. Dois anos depois, idealiza um modelo que evita bolhas.

A New Balance produz o primeiro par de tênis de corrida com solado ondulado, o Trackster. Usada por equipes de grandes universidades, a peça alavanca as vendas da empresa.

Surgem os primeiros modelos de corrida voltados especialmente para as mulheres.

O britânico Joseph William Foster, fundador, anos depois, da Reebok, decide acrescentar “pregos” ao solado dos sapatos com sola de borracha e revestimento em couro. Nasciam assim os “spikes”, semelhantes às sapatilhas de atletismo.


TÉCNICA GUIA DO TÊNIS

5

Primeira fusão entre eletrônicos e tênis. Com tecnologia que conta os passos do corredor, o Adidas Micropacer chega ao mercado.

Michael Johnson conquista três medalhas de ouro em Atlanta com sapatilhas douradas. O design passa a ser cada vez mais importante no segmento.

Na contramão dos tênis minimalistas, surge a Hoka One One, que ganha destaque rapidamente por seus tênis leves, confortáveis e com entressolas altas.

A Onitsuka Tiger passa a se chamar Asics, nome baseado em um ditado em latim (“Anima San in Corpore Sano”).

Quase todas as empresas já contam com seus próprios sistemas de amortecimento.

1977

1979

1986

1996

2009

1977

1982

1991

2006

2017

Modelo com entressola em EVA da Brooks é lançado com a promessa de controlar a pronação. Começa a era do amortecimento e do controle do movimento.

A New Balance lança um par de tênis vendido a US$ 100, valor alto para época. Modelos começam a ter características de luxo e viram objetos cobiçados.

A Reebok anuncia um modelo com câmaras de ar e ajuste personalizado.

Em parceria com a Apple, a Nike lança o Nike+, aplicativo que sincroniza o desempenho na corrida aos gadgets.

Com o Nike Vaporfly 4%, o queniano Eliud Kipchoge ficou perto de correr uma maratona abaixo de 2 horas, completando os 42 km em 2h00min25s. Modelos da marca com a tecnologia utilizada no desafio são comercializados.


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

6

OLYMPIKUS CHALLENGER

TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

CONFORTO DESIGN PESO

2,5 2,5 2,7

MÉDIA OBTIDA PELA SOMA DAS NOTAS DE TODOS OS PARTICIPANTES. VALORES DE 0 A 5.

GILMAR JOSÉ ARAÚJO DA SILVA


HAROLDO RIBEIRO

“O TÊNIS É CONFORTÁVEL NO CALCANHAR, MAS SENTI DESCONFORTO NA PLANTA DO PÉ. É BEM DURO”, GILMAR ARAÚJO

FICHA TÉCNICA NA PÁGINA 16

7 TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

“O TÊNIS OFERECE O QUE VOCÊ PAGA: POUCO. TEM BOA ESTABILIDADE E SUA APARÊNCIA É O.K. SE NÃO ESTÁ PROCURANDO MUITO CONFORTO NEM MUITO AMORTECIMENTO (E QUER PAGAR POUCO), ESTE É SEU TÊNIS”,


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

8

SKECHERS GORUN RIDE 6

TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

CONFORTO DESIGN PESO

4 3 4,1

MÉDIA OBTIDA PELA SOMA DAS NOTAS DE TODOS OS PARTICIPANTES. VALORES DE 0 A 5.

LUIZA PEREIRA DI BONIFÁCIO


CAMILA BRAGION

“EM TERMOS DE AMORTECIMENTO, ATENDE MUITO BEM À PROPOSTA, GOSTEI. NUNCA HAVIA TESTADO A MARCA E ME SURPREENDI!”, EDILENE VELOSO

FICHA TÉCNICA NA PÁGINA 18

9 TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

“É UM MODELO BONITO E COM BOA VENTILAÇÃO, MAS ACHEI UM POUCO DURINHO. A ESTABILIDADE QUE ELE PASSA É ÓTIMA”,


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

10

UNDER ARMOUR BANDIT 3

TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

CONFORTO DESIGN PESO

4,2 4 4,4

MÉDIA OBTIDA PELA SOMA DAS NOTAS DE TODOS OS PARTICIPANTES. VALORES DE 0 A 5.

CAMILA BRAGION


“TÊNIS CONFORTÁVEL, PRINCIPALMENTE NO INÍCIO. COM O TEMPO SENTI CERTO DESCONFORTO NA ENTRADA DO PÉ. NÃO USARIA PARA LONGAS DISTÂNCIAS”,

TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

11

LUÍSA PEREIRA

FICHA TÉCNICA NA PÁGINA 21

“AMEI O TÊNIS, SUPERLEVE E ABRAÇA O PÉ. AINDA NÃO HAVIA PROVADO NENHUM MODELO DA MARCA E ME SURPREENDI ”, CAMILA BRAGION


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

12

MIZUNO SHADOW

TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

CONFORTO DESIGN PESO

3,2 3,3 3,5

MÉDIA OBTIDA PELA SOMA DAS NOTAS DE TODOS OS PARTICIPANTES. VALORES DE 0 A 5.

GUSTAVO DE MELLO ANDRADE


FICHA TÉCNICA NA PÁGINA 24

13 TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

“TEM UM DESEMPENHO BASTANTE AGRESSIVO, MAS ACHEI MEIO SECO. É MAIS RÍGIDO DO QUE OS OUTROS TESTADOS”, GUSTAVO DE MELLO

“GOSTEI! É UM TÊNIS LEVE E CONFORTÁVEL, MAS FIQUEI COM A SENSAÇÃO DE QUE O SOLADO ‘AGARRA’ DEMAIS NO CHÃO, O QUE FAZ COM QUE NÃO SEJA TÃO RÁPIDO”, CARLOS RONIE LUCIANO


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

14

ADIDAS ULTRABOOST ATR

TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

CONFORTO DESIGN PESO

4,5 3,6 4,2

MÉDIA OBTIDA PELA SOMA DAS NOTAS DE TODOS OS PARTICIPANTES. VALORES DE 0 A 5.

“ÓTIMA ADERÊNCIA TANTO EM PISO SECO QUANTO NO BARRO E NA ÁGUA. TESTEI SEM MEIAS E DEU PRA SENTIR COMO É CONFORTÁVEL. O ÚNICO PONTO DE ATENÇÃO FICA POR CONTA DA PALMILHA, QUE SAI TODA VEZ QUE VOCÊ DESCALÇA O TÊNIS. MAS O TÊNIS É INCRÍVEL!”, MARINA LEMMI

MARINA LEMMI FEIJÓ


TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

15

FICHA TÉCNICA NA PÁGINA 27

“PARECE QUE VOCÊ ESTÁ COM UMA MEIA COM SALTO. SIMPLESMENTE ENVOLVE OS PÉS E É EXTREMAMENTE CONFORTÁVEL. SECA MUITO RÁPIDO!”, SILMARA PERES MORAES


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

OLYMPIKUS

DIADORA

EVERLAST

MIZUNO

Este lançamento da Olympikus destaca-se pela maciez e estabilidade durante todo o ciclo da passada. O cabedal construído em material sintético de dupla camada gera maior suporte aos pés, tanto para caminhantes quanto para corredores, principalmente para os que estão começando no esporte.

O destaque deste modelo de entrada é o solado com boa flexibilidade e maciez por conta de sua base maior em EVA, que acompanha toda a extensão do solado com dois pequenos blocos de borracha de carbono nas extremidades. Ideal para caminhantes que estão migrando para a corrida e corredores iniciantes.

Com um design que não deixa nada a desejar com relação aos modelos de corrida de outras grandes marcas, o Everlast Thunder tem um bom custo-benefício e é ideal para iniciantes. Sua malha de cabedal é o fator de destaque, construída em tecido tipo knit, com tramas abertas e boa flexibilidade.

Corredores iniciantes ou aqueles que priorizam um modelo bem estruturado, proporcionando segurança aos pés, têm no Creation 19 uma ótima opção. A principal mudança desta edição é o novo design do cabedal que, comparado com a edição anterior, apresenta algumas sobreposições soldadas na área frontal com o objetivo de proporcionar maior suporte aos pés.

PIS A DA: NEUTRA PES O: 280 G (39)M / 232 G (37)F PREÇ O: R$ 200 D R O P: 12 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 223 G (41) M / 175 G (36) F PREÇ O: R$ 180 D R O P: 10 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 225 G (41)M / 208 G (38)F PREÇ O: R$ 200 D R O P: 11 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 372 G (41)M / 301 G (38)F PREÇ O: R$ 800 D R O P: 12 MM

CHALLENGER

TRIUMPH

THUNDER

WAVE CREATION 19


BROOKS

FILA

NEWTON

ADIDAS

O Ghost é um modelo confortável para treinos diários e que agrega performance. A fôrma na parte frontal é um pouco mais larga do que em alguns modelos concorrentes, permitindo que os dedos fiquem um pouco mais “espalhados” e mais confortáveis. A malha de cabedal na parte da frente tem tramas bem abertas, facilitando a ventilação. O desenho do solado em toda a extensão proporciona melhores grip e tração.

Lançamento da marca para treinos diários, o KT1 tem malha de cabedal com tramas abertas nas laterais e na parte frontal que facilitam a ventilação. As sobreposições soldadas na malha, nas laterais e na biqueira permitem melhor flexibilidade, mantendo o suporte. O desenho do solado na área do antepé apresenta pequenos cortes e ranhuras, com o objetivo de gerar melhores grip e tração, tanto em piso seco quanto no molhado.

O Gravity 5 é um modelo de performance para treinos diários, de velocidade e provas. A plataforma de tecnologia de amortecimento é a Action/Reaction (POP1), com rápida resposta nas passadas. A malha de cabedal construída sem costuras internas gera menos atrito aos pés e as pequenas tiras de sobreposições soldadas à malha proporcionam maior suporte.

O modelo vem com um novo design na malha de cabedal, construída com tiras de sobreposições cortadas a laser e soldadas na área frontal, gerando maior suporte se comparado com o antecessor. Na área medial, a Adidas mantém a base de material em TPU, proporcionando estabilidade e segurança.

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 294 G (41)M / 249 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 12 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 290 G (40)M / 230 G (38)F PREÇ O: R$ 400 D R O P: 10 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 261 G (41)M / 227 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 3 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 309 G (41)M / 281 G (38)F PREÇ O: R$ 700 D R O P: 10 MM

GHOST 9

KT1

GRAVITY 5

ENERGY BOOST 4


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

NEW BALANCE

PUMA

SKECHERS

361°

O destaque deste lançamento fica por conta da tecnologia FuelCell, composta por duas estruturas moldadas em uma única peça por compressão, com uma base em TPU e tritogênio injetado. Presente na entressola, deixa o tênis mais macio na absorção de impactos. Outro fator que se destaca é a malha de cabedal com tramas abertas na área frontal e sobreposições soldadas no bico e nas laterais, gerando melhor suporte aos pés.

Ideal para treinos diários e provas, este lançamento também é indicado para o dia a dia por ser um modelo com design lifestyle. O destaque fica para a malha de cabedal em knit, com lingueta integrada à malha, compondo uma única peça, além do colar de calce mais alto no calcanhar, gerando maior segurança e suporte durante a corrida. O design do solado em toda a extensão proporciona melhores grip e tração em piso seco e molhado.

Esta nova edição está com uma nova malha de cabedal produzida em knit, com tramas mais abertas na parte da frente, melhorando a ventilação. Outra novidade que a Skechers apresentou foi o sistema chamado Quick Fit Portal, facilitando o calce do tênis. Com relação à entressola e ao solado, o modelo não apresentou qualquer mudança, mantendo o conforto e o amortecimento, além da leveza.

A nova edição tem menos sobreposições na área frontal, mantendo o mesmo suporte aos pés, porém proporcionando um pouco mais de flexibilidade. Com relação ao design e tecnologias da entressola e do solado, o Spire 2 não apresentou qualquer modificação comparado com o seu antecessor. Pequenas ranhuras do solado na área do antepé mantêm o grip e a tração tanto no asfalto seco quanto no molhado.

PIS A DA: NEUTRA PES O: 306 G (41)M / 258 G (38)F PREÇ O: R$ 700 D R O P: 6 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 250 G (41)M PREÇ O: R$ 300 D R O P: 10 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 235 G (41)M / 204 G (38)F PREÇ O: R$ 480 D R O P: 4 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 298 G (41)M / 269 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 11 MM

FUELCELL V1

MEGA NRGY KNIT

GORUN RIDE 6

SPIRE 2


TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

19

NEWTON

SAUCONY

ASICS

PUMA

Um dos modelos mais leves e rápidos da marca, o Distance V, assim como o modelo Gravity, é identificado pela sigla POP1, que quer dizer que possuem rápida resposta na passada. Sua malha de cabedal oferece boa ventilação e suporte por conta das sobreposições posicionadas estrategicamente. O Distance V irá atender corredores com boa mecânica de corrida, que aterrissam e decolam com a parte do antepé.

Tem nova malha de cabedal com melhor ventilação do que a edição anterior em toda a área frontal. Possui, também, sobreposições nas laterais que aumentam o suporte aos pés. A entressola apresenta a nova tecnologia PWRFoam, que gera maior durabilidade e conforto, além da tecnologia de amortecimento Everun.

O modelo destaca-se pela malha de cabedal com boa flexibilidade e tem lingueta integrada à malha, formando uma peça única. A Asics colocou neste modelo a tecnologia DynaPanel, que é uma sobreposição lateral incorporada ao inédito sistema de ajuste BOA System, proporcionando mais suporte e segurança aos pés. A tecnologia de amortecimento aplicada ao Dynamis é a FlyteFoam, presente em outros modelos da marca, deixando o tênis mais leve e macio com relação à absorção de impacto.

Esta nova edição apresenta novo design na malha de cabedal, que, ainda que não traga uma tecnologia nova, mantém a característica de tramas abertas, melhorando o conforto. A base de entressola em tecnologia Ignite, assim como o solado, foram mantidos com o mesmo design da edição anterior.

PIS A DA: NEUTRA PES O: 227 G (41)M / 213 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 2 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 278 G (41)M / 244 G (38)F PREÇ O: R$ 700 D R O P: 8 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 269 G (41)M / 244 G (38)F PREÇ O: R$ 650 D R O P: 8 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 278 G (41)M / 225 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 6 MM

DISTANCE V

RIDE 10

DYNAMIS

SPEED 500 IGNITE 2


TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

20

NEW BALANCE

ASICS

BROOKS

ASICS

Este lançamento atrairá as atenções de corredores que buscam um modelo para treinos diários por conta de seus bons amortecimento, estabilidade, resposta, leveza e flexibilidade. A malha de cabedal está com tecido mais respirável e flexível comparado com seu antecessor. O destaque fica por conta do solado, que proporciona boa flexibilidade em virtude do design na região do antepé, que apresenta dois sulcos em formato de seta.

Assim como o Asics Nimbus, o Cumulus é outro modelo da marca para corredores que priorizam conforto e amortecimento durante a corrida. As novidades do modelo são o design da malha de cabedal e o posicionamento das sobreposições soldadas no tecido. A base de entressola e o solado não apresentam inovações.

Principal modelo de amortecimento da marca e carro-chefe em vendas, o novo Glycerin 15 é para corredores que priorizam mais o conforto e o amortecimento do que a performance. Construído com entressola com a tecnologia Super DNA e com sulcos flexíveis no solado, proporciona aterrissagem e decolagem com maior maciez. A malha de cabedal apresenta sobreposições desenvolvidas em 3D e aplicadas estrategicamente, gerando suporte e segurança aos pés.

Esta segunda edição apresenta novo design da malha de cabedal. Seu antecessor apresentava a malha com tramas fechadas, dificultando a ventilação e drenagem de água. Sua nova malha, construída sem costuras, apresenta tramas abertas, facilitando a ventilação e a drenagem, além de ser mais flexível, proporcionando maior conforto aos pés. Com relação à entressola e solado, o Dynaflyte 2 não apresenta alterações.

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 274 G (41)M / 206 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 6 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 320 G (41)M / 281 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 10 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 292 G (41)M / 264 G (38)F PREÇ O: R$ 800 D R O P: 10 MM

PIS A DA: NEUTRA/SUPINADA PES O: 261 G (41)M / 227 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 8 MM

FUELCORE RUSH V3

GEL CUMULUS 19

GLYCERIN 15

DYNAFLYTE 2


BROOKS

ASICS

UNDER ARMOUR

BROOKS

Este é um dos principais modelos de estabilidade da Brooks e o mais antigo. Corredores com pisada pronada moderada para severa e que buscam um modelo com boa estabilidade e amortecimento vão gostar do Adrenaline GTS 17. Nesta edição, a Brooks removeu a rígida placa de estabilidade Texon utilizando uma nova geometria e densidade de espuma para manter a estabilidade com mais maciez. Tem boa ventilação.

A 24ª edição do famoso modelo traz como inovação o design da nova malha de cabedal, que não tem a presença de sobreposições na área frontal, melhorando um pouco a flexibilidade. Corredores com pronação moderada, que priorizam conforto e estabilidade, têm no Kayano 24 uma das melhores opções da categoria.

O Bandit 3 ainda é pouco conhecido entre os corredores, porém muito confortável, estável e com boa flexibilidade. A tecnologia de amortecimento Charged Cushioning está presente em toda a entressola e é moldada por compressão. A malha de cabedal com tramas fechadas limita um pouco a ventilação. Um dos diferenciais dos modelos Under Armour é o colar de calce sem enchimento de espuma na borda interna, moldando-se melhor ao calcanhar.

O Pure Cadence 6 é o mais “sutil” modelo de estabilidade da marca, com perfil um pouco mais baixo e boa flexibilidade. Ele irá atender corredores que buscam por um modelo de leve estabilidade e pouco suporte. A tecnologia de amortecimento BioMoGo DNA trabalha de forma interessante neste modelo, por meio de um amortecimento adaptativo, dando a sensação de pisada mais macia em ritmo lento e mais firme em ritmo acelerado.

PISADA: PRONADA MODERADA PES O: 303 G (41)M / 258 G (38) F PREÇ O: R$ 700 D R O P: 12 MM

PISADA: PRONADA MODERADA PES O: 320 G (41)M / 264 G (38) F PREÇ O: R$ 800 D R O P: 10 MM

PIS A DA: PRONADA LEVE PES O: 238 G (41)M / 215 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 10 MM

PIS A DA: PRONADA LEVE PES O: 244 G (41)M / 213 G (38)F PREÇ O: R$ 400 D R O P: 4 MM

ADRENALINE GTS 17

GEL KAYANO 24

CHARGED BANDIT 3

PURE CADENCE 6


NEWTON

NIKE

BROOKS

RAVENNA 8

1400V5

O Kismet II é um modelo de entrada de estabilidade para corredores levemente pronados. A sigla POP 2, localizada na entressola, indica que é um modelo mais confortável com relação ao amortecimento, o que o diferencia dos modelos de performance, com a sigla POP 1. A malha de cabedal tem tramas abertas, facilitando a ventilação para os pés. A ponte de extensão medial (EMB) proporciona maior estabilidade, reduzindo a intensidade da pronação.

A nova malha de cabedal do modelo possui a tecnologia Warp knit, um tecido de material mais leve e fino, sem costuras, reduzindo o atrito nos pés. As partes frontal e lateral externa vêm com tramas abertas, facilitando a ventilação para os pés. A base de entressola e o solado mantêm o mesmo design e tecnologias da edição anterior.

Um dos modelos preferidos de muitos corredores americanos, esta edição está com o design da malha de cabedal mais clean, com menos sobreposições e mantendo a mesma qualidade de suporte aos pés. O solado também apresenta um novo design, com sulcos verticais na região do antepé, melhorando a flexibilidade na decolagem, assim como o grip e a tração em pisos secos e molhados.

Esta edição apresenta atualizações de destaque quando comparada com a anterior. A nova malha de cabedal vem com um tecido mais fino e flexível (sem costuras), além de tramas abertas na parte frontal. Outra mudança positiva é o novo solado, que apresenta pequenos cravos na região do antepé, gerando muito grip e tração, tanto em piso seco quanto no molhado.

PIS A DA: PRONADA LEVE PES O: 275 G (41)M / 232 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 4,5 MM

PISADA: PRONADA MODERADA PES O: 278 G (41)M / 249 G (38) F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 10 MM

PIS A DA: PRONADA LEVE PES O: 289 G (41)M / 258 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 10 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 206 G (41)M / 187 G (38)F PREÇ O: R$ 550 D R O P: 10 MM

KISMET II

ZOOM STRUCTURE 21

NEW BALANCE


ON CLOUD

NEW BALANCE

SAUCONY

BROOKS

Um performance trainer para quem gosta de modelos estáveis e com batida mais firme, o Cloudflow é o modelo da marca mais utilizado em provas de longa distância. A malha de cabedal tem boa ventilação e flexibilidade na área frontal e também não gera atrito nos pés. O contraforte, apesar de ser rígido, não gera desconforto no calcanhar, mantendo boa estabilidade durante a corrida.

Uma das novidades deste lançamento é o sistema de ajuste BOA System, posicionado estrategicamente na lateral externa do cabedal, composta por uma malha sintética e sem costuras que não gera atrito mesmo quando é utilizado sem meia. A entressola com tecnologia Revlite em toda a extensão proporciona amortecimento e maciez. O solado possui dois sulcos na região do antepé, facilitando a flexibilidade na decolagem, além de proporcionar melhores grip e tração.

Este lançamento é um trainer performance para treinos diários, de velocidade e provas. Os destaques ficam por conta da malha de cabedal em tecido fino e confortável, o colar de calce com pouco enchimento de espuma, moldando-se melhor ao desenho do calcanhar, e o solado com maior composição em EVA em toda a extensão.

É um modelo versátil para corredores que buscam um tênis rápido e confortável para os treinos diários, além dos treinos de intensidade e competições. O novo desenho da entressola permite melhor amortecimento durante o ciclo de passadas. O solado é um dos destaques deste modelo em virtude dos sulcos na região do antepé, facilitando a flexibilidade, além das ranhuras, proporcionando bons grip e tração tanto em piso seco quanto no molhado.

PIS A DA: NEUTRA PES O: 232 G (41)M / 204 G (38)F PREÇ O: R$ 750 D R O P: 6 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 238 G (41)M / 204 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 6 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 255 G (41)M / 199 G (38)F PREÇ O: R$ 400 D R O P: 4 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 261 G (41)M / 224 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 10 MM

FLOW

FUELCORE SONIC

LITEFORM MILES

LAUNCH 4


TÊCNICA GUIA DO TÊNIS

24

MIZUNO

SAUCONY

ON CLOUD

NEWTON

O Wave Shadow vem para substituir o Wave Sayonara com inovações positivas, como a malha de cabedal com melhor ventilação e flexibilidade na área frontal, e a redução de atrito nos pés. Outro fator relevante é o design do solado, que em toda a sua extensão apresenta cortes diagonais e verticais com pequenos blocos de borracha. Isso proporciona melhores grip e tração, principalmente em piso molhado.

O Saucony Type A8 chega à sua oitava edição mantendo uma das suas principais características, que é a leveza. O novo design do cabedal apresenta uma malha com tramas mais abertas na área frontal, proporcionando melhor ventilação. O colar de calce também foi redesenhado e a área do calcanhar está um pouco mais alta, gerando mais suporte e estabilidade. O solado perdeu as aberturas existentes nas edições anteriores, responsáveis pela drenagem de água.

O Cloudrush substitui o Cloudracer. Sua nova malha de cabedal é flexível, porém sem tramas abertas, limitando um pouco a ventilação. O colar de calce interno apresenta um novo revestimento, não gerando atrito na área do calcanhar mesmo em corredores que preferem correr sem meia. O Cloudrush também tem uma característica de batida mais firme e boa estabilidade. A tecnologia Clodtec está presente na entressola, que é composta de 18 blocos.

O Motion atende bem corredores levemente pronados e é ideal para treinos diários, de velocidade e provas. A plataforma de tecnologia de amortecimento é a Action/ Reaction (POP1), com rápida resposta durante as passadas. A malha de cabedal construída sem costuras internas gera menos atritos e pequenas tiras de sobreposições soldadas à malha proporcionam maior suporte.

PIS A DA: NEUTRA PES O: 252 G (41)M / 213 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 8 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 161 G (41)M / 142 G (38)F PREÇ O: R$ 650 D R O P: 4 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 224 G (41)M / 201 G (38)F PREÇ O: R$ 750 D R O P: 5 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 258 G (41)M / 224 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 3 MM

WAVE SHADOW

TYPE A8

RUSH

MOTION V


ASICS

ADIDAS

SKECHERS

FILA

Um lançamento com bom custo-benefício, o Roadhawk irá atrair a atenção de corredores que buscam um tênis rápido, estável e confortável. A malha de cabedal em tecido fino e sem costuras reduz o atrito com os pés mesmo para corredores habituados a correr sem meia. Na região do calcanhar, a composição do solado é de borracha de carbono, proporcionando maior durabilidade.

Este lançamento é ótimo para atletas que preferem realizar seus treinos com modelos de performance. Com um design lifestyle, ele também pode ser utilizado no dia a dia. O DPR Pure Boost apresenta a fôrma larga, deixando os dedos confortáveis, além de a malha de cabedal em knit ter boa ventilação e flexibilidade. Oferece bom suporte ao calcanhar e, apesar de não ser um dos modelos mais leves de sua categoria, o peso não interfere durante treinos e provas.

Esta nova edição está com algumas atualizações de destaque. O novo design do solado e entressola deixou o GoRun 5 mais firme durante o ciclo de passadas, melhorando e estabilidade e mantendo o conforto. A malha de cabedal construída em GoKnit proporciona melhor suporte aos pés, também ajudando na estabilidade.

O Kenya Racer 3 foi lançado em 2015, fazendo sucesso entre corredores que buscam um modelo de performance muito leve e rápido. Esta nova atualização apresenta um diferencial de destaque que é a nova malha de cabedal em knit, com tecido mais flexível e que gera menos atrito aos pés. A malha continua com tramas bem abertas, facilitando a ventilação e a drenagem de água. A base de entressola e solado não apresenta atualização.

PIS A DA: NEUTRA PES O: 230 G (41)M / 207 G (38)F PREÇ O: R$ 450 D R O P: 8 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 261 G (40)M PREÇ O: R$ 700 D R O P: 8 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 213 G (41)M / 181 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 4 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 208 G (41)M / 177 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 8 MM

ROADHAWK FF

PURE BOOST DPR

GORUN 5

KENYA RACER 3 KNIT


# 173 | DEZEMBRO DE 2017

NEWTON

SALOMON

THE NORTH FACE

ASICS

Um dos modelos mais leves e rápidos da marca, o Distance V, assim como o modelo Gravity, é identificado pela sigla POP1, que quer dizer que possuem rápida resposta na passada. Sua malha de cabedal oferece boa ventilação e suporte por conta das sobreposições posicionadas estrategicamente. O Distance V irá atender corredores com boa mecânica de corrida, que aterrissam e decolam com a parte do antepé.

Um modelo rápido para treinos e provas com terrenos alternados, o Sense Pro possui malha de cabedal com tramas mais fechadas, mas que permitem a ventilação dos pés. As sobreposições soldadas na malha foram posicionadas estrategicamente, proporcionando maior suporte aos pés. O solado com a tecnologia Contagrip gera bons grip e tração em trilhas técnicas.

Um modelo rápido que se destaca principalmente em percursos com subidas e descidas íngremes. Tem malha de cabedal com tramas fechadas, para evitar a entrada de atritos, porém permite boa ventilação. A lingueta integrada à malha facilita o calce, melhorando a segurança e o conforto. A entressola apresenta espumas de dupla densidade para melhor amortecimento e o solado, produzido pela Vibram, dá segurança nas passadas.

Este é o primeiro modelo de trail da Asics com o exclusivo BOA System, que proporciona um ajuste de amarração mais preciso e seguro, sem o risco de desamarrar durante a corrida. A malha de cabedal tem tramas mais fechadas com o objetivo de evitar a entrada de detritos. A lingueta é integrada à malha, formando um corpo único. O solado é produzido com borracha de carbono, apresentando pequenos cravos invertidos estrategicamente para gerar grip e tração.

PIS A DA: NEUTRA PES O: 227 G (41)M / 213 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 2 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 272 G (41)M / 251 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 6 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 315 G (41)M / 303 G (38)F PREÇ O: R$ 750 D R O P: 6 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 303 G (41)M / 281 G (38)F PREÇ O: R$ 600 D R O P: 8 MM

DISTANCE V

SENSE PRO

ULTRA VERTICAL

GEL FUJIRADO


SALOMON

THE NORTH FACE

SAUCONY

ADIDAS

O Crossamphibian Swift é um modelo híbrido que atende de caminhantes a corredores que treinam em pisos de terra batida e asfalto. A malha de cabedal em náilon sintético oferece boa flexibilidade, moldando-se com conforto aos pés. O colar de calce apresenta um revestimento extra em material tipo neoprene, evitando a entrada de detritos. O design do solado com três sulcos na região do antepé proporciona maior flexibilidade.

A principal tecnologia deste lançamento é a Gore-Tex, uma membrana aplicada na malha de cabedal que a torna impermeável, não permitindo a entrada de água. O solado desenvolvido pela Vibram possui cravos em toda a extensão do solado, gerando firmeza.

Um dos principais modelos de trail da marca, o lançamento destaca-se pela malha de cabedal com boa flexibilidade e pelas tramas fechadas, evitando a entrada de detritos. A tecnologia de amortecimento Evenrun faz-se presente em toda a entressola, proporcionando maior conforto e maciez. O solado com cravos altos em toda a extensão é moldado em formato hexagonal, gerando maiores grip e tração.

O mais recente lançamento da Adidas irá atender corredores que buscam conforto e amortecimento em percursos com terra, areia e asfalto. A malha de cabedal em Primknit sem costuras e com boa flexibilidade possui uma camada ultrafina resistente à agua. O colar de calce estendido evita a entrada de detritos, protegendo de frio e umidade. O solado produzido pela Continental oferece bons grip e tração em variados pisos.

PIS A DA: NEUTRA PES O: 211 G (41)M / 172 G (38)F PREÇ O: R$ 500 D R O P: 6 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 327 G (41)M / 235 G (36)F PREÇ O: R$ 800 D R O P: 8 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 272 G (41)M / 230 G (38)F PREÇ O: R$ 750 D R O P: 4 MM

PIS A DA: NEUTRA PES O: 326 G (41)M / 270 G (38)F PREÇ O: R$ 1.000 D R O P: 10 MM

CROSSAMPHIBIAN SWIFT

ULTRA ENDURANCE GTX

PEREGRINE 7

ULTRABOOST ATR