Page 1


Volta às aulas na Maple Bear é marcada por novidades Após três semanas de intensos treinamen-

tos da equipe pedagógica em Florianópolis e São Paulo, a Maple Bear Canadian School Florianópolis deu início às suas atividades escolares no dia 11 de fevereiro.

res foram contratadas, já que neste ano, foi criada uma nova turma, o Year 5. De acordo com a diretora pedagógica da Maple Bear Florianópolis, Renata Souza, que já atua há 12 anos na área da Educação, o objetivo

Para a Educação Infantil, o treinamento das

é manter a qualidade Maple Bear de educação,

professoras abordou as expectativas de apren-

“que já conta com a presença constante de trei-

dizagem e desenvolvimento, e o que esperar de

nadores canadenses, ao longo do ano letivo”.

cada etapa no que diz respeito a evolução dos alunos.Também, as formas de avaliar o desenvolvimento das crianças. Para o Ensino Fundamental,

Renata revela que para 2019, uma novidade no ensino regular da Educação Infantil será a aula de Psicomotricidade, onde o profissional

o treinamento das professoras foi focado no pro-

de Educação Física irá trabalhar estimulando as

cesso de escrita do Year 1 ao Year 5.

habilidades e a coordenação motora ampla e fina

Já em Florianópolis, houve treinamento de

dos pequenos.

primeiros socorros no ambiente escolar, com a

Assume a coordenação do Programa de In-

orientação do Corpo de Bombeiros, para toda a

glês, a professora e mestranda em Sociologia em

equipe Maple Bear.

Educação, Kelly Silva, que entrou para a equipe

Houve também a ampliação do espaço físico, com a construção de uma nova sala de aula, compra de novos equipamentos, brinquedos, jogos e mobiliário. Além disso, novas professoras e auxilia-

da Maple Bear Florianópolis ano passado, vinda da Maple Bear de Fortaleza. Para as atividades do Extracurricular, haverá aula de música, balé, ritmos e jiu jitsu.

Maple Bear Florianópolis R. Antônio Gomes, 55 - Balneario, Florianópolis - SC CEP 88075-290 | Telefone: (48) 3091-1435


Editorial

Plantar agora

para colher hoje e amanhã A decisão de cada momento nos leva a refletir sobre o

Nossa modelo de capa, a pequena e doce Luiza (3 anos),

que é e como será a nossa vida em nosso planeta, o que nos

filha de José e Jaqueline, está aqui para convidar você, queri-

leva a acreditar que a ideia de plantio é a arte de viver.

do(a) leitor, a se juntar a nós, a se jogar nessa edição que cele-

Olhe ao seu redor. Observe cada planta que nasce, cada folha que cai, cada troca silenciosa de cor. Contemple a chuva que suavemente molha todo aquele verde pertinho de você. Observar atentamente é descobrir as mais diversas

bra a sustentabilidade, e que nos ensina sobre a importância de cuidar do que é nosso. Que nos mostra que não devemos perder de vista o que estamos escolhendo para deixar cair sobre a nossa terra.

formas de sementes que caem e brotam da terra. Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro em que vivemos. Um

Já é 2019 e temos pressa. É tempo de lançar sementes... e depois, de recolher frutos. Sementes de ontem, frutos de hoje. Sementes de hoje, frutos de amanhã!

dia, tudo o que agora plantamos, ou deixamos plantar em nós, será plantação que poderá ser vista de perto e de longe. Para cada minuto, a sua atenção. Para cada hora, o seu carinho. Para cada dia, o seu empenho e a sua motivação. Hoje, neste tempo que é seu e da sua família, o futuro está sendo plantado. O lixo separado, o reaproveitamento da água, o uso do transporte coletivo sempre que possível, a

Uma ótima leitura e até breve!

diminuição do consumo de alimentos industriais, a reutilização de garrafas e embalagens, a economia de energia elétrica: tudo o que você escolhe para a sua vida (e a da sua família) será determinante para a colheita futura (e pre-

Priscilla Koerich @prikoerich

sente também) de todos.

Making of

Agradecimento especial A nossa fofíssima modelo Luiza e aos papais: José Baldança Júnior e Jaqueline Aldemira Oliveira, e a fotógrafa Daniele Luz Klein (DM Fotogragia)

Edição 124 | ano 11 Fevereiro - Março 2019 Editora Priscilla Koerich CRP-12/04578 Arte Eduardo Carvalho Motta Fotos de Capa DM Fotografia

Revisão Cláudia Prates Colaboradores desta Edição Auxiliadora Mesquita Carolina Fernandes Cláudia Prates Claudio Moreira Fernanda Moura Pricilla Kesley Priscila Cruz Impressão

As opiniões veiculadas nos artigos assinados não refletem necessariamente a opinião da revista. Os artigos e os anúncios publicados são de total responsabilidade de seus autores e/ou suas empresas. Não é permitida a reprodução de qualquer conteúdo desta publicação sem prévia autorização da editora.

A Revista Educar, publicação bimestral da Pequeninos Revista Educativa Ltda, tem distribuição gratuita e direcionada aos pais, em inúmeros pontos comerciais e instituições de ensino de Joinville, Florianópolis e São José / SC. Para assinatura, sugestões, críticas ou elogios, envie e-mail para educar@revistaeducar.com.br

PARA ANUNCIAR

comercial@revistaeducar.com.br Tel.: (48) 3204-7014 (48) 99158-3342 Nos acompanhe também nas redes socias e fique por dentro das novidades da Educar

@RevistaEducar

www.RevistaEducar.com.br


Variedades

Por Auxiliadora Mesquita

AS NOVIDADES QUENTINHAS,

direto do insta Bingo para menores

@Revista

Veja mais novidades como essas no instagram @RevistaEducar

Quem quer dinheirooo?

A viagem é longa. Vídeos e jogos no tablet ajudam muito, mas que tal fazer uma brincadeira diferente? É hora do bingo na estrada! A ideia é bem simples: imprimir e plastificar uma “cartela” com figuras de tudo aquilo que quase sempre encontramos numa viagem de carro – animais em fazendas, caminhões, ônibus, bombas de gasolina, árvores, carros de cores diferentes. As crianças devem ficar de olho e marcar ou colorir com caneta hidrográ-

Você já ouviu falar da “Fiver Party”? É uma nova tendência na festa de aniversário infantil na Inglaterra e vem ganhando adeptos em outros países da Europa. Funciona assim: ao invés de comprar presentes para o aniversariante, na Fiver Party cada convidado leva 5 libras, e em dinheiro. Nas cotações mais recentes, seria algo em torno de 25 reais. Os que aprovam a invenção dizem que o dinheiro elimina a busca cansativa por um presente adequado com preço razoável, ao mesmo tempo em que assegura que a criança ganhe algo que ela realmente quer ao invés de um monte de coisas que ela provavelmente já tem (o que tem até seu lado ecológico). Quem não gosta da ideia afirma que as crianças adoram abrir aquele monte de presente. E há até quem diga que os pais podem é pegar o dinheiro! E por aqui, será que dá para acontecer?

fica o que enxergarem no caminho. Pode até ter prêmio, como num bingo de verdade. E a cartela pode ser adaptada para os menores (cores de carros) ou os maiores (placas de trânsito, por exemplo). Para aquele momento do “já tá chegando?”.

Mamãe saiu de férias

(e sozinha)

Especialistas afirmam que já está mais do que na hora de as mães terem direito a férias – e sem as crianças! Afinal, somos nós, as mães que gastam mais tempo com as crianças e nas tarefas de casa, mesmo quando trabalhamos fora. O resultado? Mais cansaço e muito menos tempo para nós mesmas. A solução pode ser uma “momcation”, jogo de palavras em inglês para mãe (mom) e férias (vacation). Aviso: não valem as férias da família, ocasião em que as mães continuam sendo... mães! A sugestão, que está se espalhando nos EUA, é que as mães tirem férias de verdade, sem as crianças, pelo menos uma vez ao ano. O sentimento de culpa por estar longe dos filhos vai ser inevitável, mas esse tempo de descanso do papel de mãe pode revigorar a energia física e emocional necessária para cuidar bem dos filhos. EDUCAR | informação útil para todos


EDUCAR

Mãos unidas

informação útil para todos

Segurança na piscina

Graciosa e leve, a ideia da bloguei-

Criança e água foram feitos um para o outro. E é nessa alegria de

ra alemã Bine é simples e cheia de sig-

brincar e se divertir que a gente se esquece de alguns detalhes. Por isso,

nificado. Pensando em imortalizar um

aqui vão dicas para aproveitar ao máximo a diversão na piscina.

momento da família, ela traçou a mão do marido, a sua e as das crianças num

1. O filtro solar deve ser espalhado antes mesmo de colocar a roupa de

pedaço de linho de algodão branco. E

banho – e reaplicado a cada duas horas.

depois bordou cada traçado com uma

2. Boias e flutuadores podem dar uma falsa sensação de segurança aos

cor diferente.

pais, mas não são à prova de problemas – vigilância constante!

O resultado é uma lembrança bonita, única e afetuosa da união da família. Para quem já sabe bordar, pode ser a chance de acrescentar algum toque especial. Para quem quer aprender, o ponto é básico e só vai ser preciso um pouco de paciência. E para quem não sabe e não quer aprender, fica a dica de uma boa encomenda!

3. Tirar a água do ouvido dos pequenos evita idas ao médico. Faça a criança inclinar a cabeça lateralmente e depois enxugue com uma toalha. 4. Fica proibido – mesmo! - correr em volta da piscina. E olho vivo nos brinquedos dentro da água. 5. Aquela piscina bem rasa onde as crianças ficam tão à vontade pode ser a mais contaminada. Engolir um pouquinho dessa água já pode trazer riscos.

5


Direito

EDUCAR

informação útil para todos

Gestante, conheça seus

Direitos Trabalhistas

ESTABILIDADE NO EMPREGO A legislação trabalhista vigente assegura a gestante empregada, a estabilidade provisória ao emprego até cinco meses após o parto. Isso significa que a gestante não poderá ser demitida sem justa causa durante este período. A estabilidade provisória se estende inclusive à empregada que estiver no período de experiência ou até mesmo cumprindo o aviso prévio. Vale salientar que existem duas formas de rescindir o contrato de trabalho durante o período de estabilidade: a pedido da empregada ou no caso de demissão por justa causa. A empresa não pode exigir nenhum tipo de exame para constatar a gravidez da empregada, seja na admissão ou na permanência do seu emprego. LICENÇA MATERNIDADE A licença maternidade prevista na CLT é de 120 (cento e vinte) dias, sem prejuízo do emprego e salário, contudo para empregadas de empresas que participam de um programa

do governo chamado empresa cidadã, a licença maternidade se estende por 180 (cento e oitenta) dias. As mães de crianças acometidas por sequelas neurológicas decorrentes de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti têm direito a licença maternidade pelo período de 180 (cento e oitenta) dias. O afastamento do trabalho poderá iniciar-se até 28 (vinte e oito) dias antes do parto, desde que a gestante apresente à empresa o atestado fornecido pelo obstetra. O salário maternidade da empregada é pago na integralidade da remuneração, ou seja, não se limita ao teto da previdência social. No caso de múltiplos vínculos, a empregada receberá a licença maternidade de cada um deles. AMAMENTAÇÃO Para amamentar seu filho, inclusive nos casos de adoção, a legislação prevê dois intervalos de 30 (trinta) minutos cada, até que ele complete 6 (seis) meses de idade. Esses intervalos deverão ser definidos em acordo individual entre a empregada e o empregador. Esse período poderá ser prorrogado quando a saúde do filho exigir, a critério da autoridade competente. DIREITO A LICENÇA PARA AS CONSULTAS MÉDICAS É garantido a gestante dispensa do horário de trabalho pelo tempo necessário para a realização de consultas médicas e demais exames complementares, podendo ser no início, meio ou fim do seu turno de trabalho.

LICENÇA PATERNIDADE Via de regra a licença paternidade é de 05 (cinco) dias. Para os empregados de empresas que participam do programa do governo Empresa Cidadã, a licença paternidade se estende por 20 (vinte) dias. DESEMPREGADAS Desempregadas também podem ter direito a licença maternidade, desde que não tenham perdido a qualidade de segurado. Contudo, devem-se atentar aos prazos. O chamado “período de graça” (aquele que você está segurado mesmo sem contribuir para o INSS) pode variar de 12 (doze) a 36 (trinta e seis) meses, dependendo do preenchimento de alguns requisitos. No caso de dúvida, a gestante poderá entrar em contato com o INSS por meio do 135 para verificar se possui a qualidade de segurado e assim receber o auxílio maternidade. ABORTO No caso de aborto espontâneo, não criminoso ou natimorto (feto que nasceu sem vida), a mulher tem direito a licença maternidade. Os eventos ocorridos após a 23º (vigésima terceira) semana são considerados parto. Desta forma, no caso de o bebê nascer sem vida, a mulher terá direito ao salário maternidade de no mínimo 120 (cento e vinte dias). Já no caso de a gestação ser interrompida até a 22º (vigésima segunda) semana de gestação, a mulher tem direito a duas semanas de afastamento das atividades laborativas, ficando-lhe assegurado o direito de retornar à função que ocupava antes de seu afastamento.

Drª. Jenyffer Boehm Santos Advogada - OAB/SC 51.085 Rua Iririú, 2340, sala 303 - Iririú Tel.: (47) 3467-3617 - J oinville - Santa Catarina

Advocacia e Consultoria Jurídica

FONTE: Consolidação das Leis Trabalhistas, Constituição da República Federativa do Brasil, Lei 11.770/2008, Lei 13.301/2016, site Instituto Nacional da Seguridade Social.

A

gestação é uma das fases mais lindas da vida de uma mulher, mas com ela surgem inúmeras dúvidas que vão muito além dos cuidados com o bebê. A gestante dispõe de inúmeros direitos resguardados pela legislação brasileira, e nesta matéria vamos abordar os Direitos da gestante empregada.


x Comportamento

EDUCAR

próprio

informação útil para todos

Fernanda Mello - Pedagoga

Respeito

H

oje em dia, fala-se muito sobre o

o jeito, a voz e as palavras dos pais?

dar os outros e para servir de exemplo

respeito às diferenças e da dificul-

Também observamos com frequência

positivo e amoroso, tanto para os adul-

os pequenos absorvendo medos e ex-

tos, como para as crianças.

dade em não se pré-julgar os erros e as imperfeições do outro.

Mas, antes de se falar em respeito ao outro, precisamos entender que a acei-

teriorizando reações da mesma forma que os adultos.

tação começa do lado de dentro de cada

Então, como fazemos para que isso

um de nós. Enquanto não soubermos

não aconteça?

lidar com as nossas qualidades, com os

Não há alternativa a não ser encarar

nossos defeitos, com os nossos medos e

nossa essência de frente e de peito bem

com as nossas travas, não conseguiremos

aberto! Não é a toa que as crianças vêm

enxergar que existem outras pessoas que,

ao mundo com essa capacidade de tocar

assim como nós, também erram e que

no fundo do nosso ser. É para acordar-

também precisam de ajuda e de acolhi-

mos, para sermos remexidos, para dar-

mento. Quando só olhamos para fora, nos

mos sentido as nossas vidas.

colocamos num pedestal de perfeição. Só

E, depois do vendaval, é importante

vemos os problemas alheios e esconde-

fazermos uma limpeza interna: manter

mos muito bem os nossos.

nosso olhar aberto ao que precisamos de-

No entanto, a partir do momento

senvolver e enfrentar nossas fraquezas.

que se tem um filho, as coisas mudam.

E o que temos de bom, usamos para aju-

As crianças têm uma capacidade incrível de observação e assimilação de comportamentos e sentimentos. Por isso, esses problemas, que fazemos questão de colocar embaixo do tapete, são escancarados pelos pequenos. Não é comum vermos crianças imitando

Não é a toa que as crianças vêm ao mundo com essa

capacidade de tocar no fundo do para sermos remexidos, para darmos sentido as nossas vidas.

EDUCAR | informação útil para todos

nosso ser. É para acordarmos,

Os pequenos entram em nossas vidas e nos fazem o favor de despertar o que estava adormecido. O mínimo que deveríamos fazer em troca é mostrar a eles como se faz para gostar de si e, a cada dia, dar um passo em direção ao aperfeiçoamento interno. Fortalecendo o amor, a paciência e a aceitação de nós mesmos, teremos muito mais empatia e compreensão para doar aos outros. O processo tem início dentro para, depois, expandir e ultrapassar as barreiras individuais e se tornarem coletivas. Assim, conseguiremos construir uma sociedade mais amigável, menos crítica e mais feliz para nós e para as nossas crianças!

8


camiladebonaodontopediatria

Atendimento personalizado para seu filho. O consultório da Dra. Camila de Bona está voltado para o atendimento exclusivo de bebês, crianças e adolescentes, em um ambiente agradável perfeitamente adequado a seu público. Agende uma consulta. Dra.Camila de Bona CRO-SC 7188 Cirurgiã dentista Odontopediatra

www.camiladebona.com.br www.camiladebona.com.br

30293355 3355- 48483029

91893355 3355 48489 99189

Rua Domingos André Zamini, 277 - sala 914 - São José (Centro Empresarial Terra Firme)


Educação

EDUCAR

informação útil para todos

Ei, pais:

Educação requer atenção

Por Pricilla Kesley, do Todos Pela Educação

Os responsáveis por uma família

novo vínculo de confiança com os filhos

escolares que privilegiam a multiplici-

com crianças têm muito trabalho em seu

e a escola? Veja abaixo alguns aspectos

dade de interesses e o contato com cul-

dia a dia. Eles são fonte de renda, cuidam

para ficar de olho.

turas diversas.

O ambiente

As relações

da casa, providenciam abastecimentos de roupas e comida, entre muitas outras tarefas. É tanta coisa, que não surpreende que muitos se dediquem pouco ou quase nada à experiência escolar de suas crianças. Veja, me referi ao termo “experiência escolar” em vez de simplesmente “os estudos” propositalmente. Muitos ainda medem a “saúde” da vida escolar dos filhos pelo desempenho - se o/a aluno/a passou de ano e se as notas nas avaliações vão bem. Nada mais distante da realidade. Mas existem indicadores complementares que requerem muito mais, exigem o envolvimento ativo dos pais por meio do olhar, da presença, do vínculo. Na escola, os estudantes passam por processos complexos de aprendizagem e socialização determinantes para uma formação integral relevante para os desafios do mundo contemporâneo. Por isso, não dá para fugir ou terceirizar: os pais precisam incluir em suas agendas uma relação de interesse na vida escolar das crianças e dos jovens.

Independentemente de seus fi-

Por fim, mas não menos importante,

lhos serem crianças ou adolescentes,

preste atenção às relações de seus filhos

o espaço escolar importa. Alguns as-

na escola. Talvez seja difícil acessar infor-

pectos relevantes são: a segurança

mações sobre isso com perguntas diretas,

do ambiente, a existência de quadra

mas a presença regular na escola e os la-

e pátio cobertos e de biblioteca e la-

ços com os colegas e os professores po-

boratório de ciências, a capacidade do

dem dar indícios se há ou não problemas

refeitório, a adaptação das dependên-

socioemocionais ou relacionamento no

cias aos alunos com deficiência. Além

ambiente escolar. Fique de olho em casos

disso, parece bobagem, mas o quanto

de bullying; vínculo entre os professores

o prédio da escola incorpora a iden-

e estudantes; existência de diálogo entre

tidade de seus alunos revela o quão

direção escolar, professores e alunos; ma-

acolhedor o ambiente é.

nifestações de afeto e companheirismo entre crianças e jovens; respeito e inclu-

Os encontros Qual a qualidade de encontros que seus filhos podem desfrutar na escola? Ter a oportunidade de observar diferen-

mento entre estudantes e profissionais de apoio da escola, como merendeiras, porteiros e inspetores.

tes representatividades, modos de vida

Anotou aí nas promessas para 2019?

e pensar é fundamental para o desen-

Então que mais um ano escolar comece!

volvimento de tolerância, criticidade e respeito à diferença. Observe, portanto, se há diversidades, palestras com profis-

Que tal aproveitar esse novo ciclo es-

sionais e personalidades de diferentes

colar que se inicia para estabelecer esse

realidades socioeconômicas, passeios

EDUCAR | informação útil para todos

são às pessoas com deficiência e trata-

www.TodosPelaEducacao.org.br

10


Capa Sustentabilidade

Sabendo usar não vai faltar Por: Auxiliadora Mesquita - Fotos: DM Fotografia

Foi-se o tempo em que a gente se achava dono do planeta. Com essa ideia na cabeça, nosso uso dos recursos naturais seguiu por

I

nfelizmente, descobrimos que a história não é bem assim. Não somos a única espécie do planeta e nossas ações tem reflexo direto na riqueza, na saúde e na generosidade do que a Terra têm para oferecer. Tudo o que fazemos para o

planeta acaba tendo volta. Vem daí a ideia de sustentabilidade, que nada mais é do que o uso cons-

milhares de anos sendo feito de

ciente dos recursos naturais do nosso planetinha. Para que nossa vida seja

maneira intensa. Nossa crença

“sustentável” é preciso partir para a ação: fazer a nossa parte para garantir

– ou nossa falta de visão – era de que tudo que a Terra tem para oferecer era nosso e inesgotável. EDUCAR | informação útil para todos

que as gerações futuras ainda terão um planeta para chamar de seu. E se é de ação que estamos falando, como trazer nossos filhos e filhas para essa maneira de agir? É preciso, como sempre, dar o exemplo. E com nossas dicas, fica fácil escolher por onde começar.


EDUCAR

informação útil para todos

Comidinhas sustentáveis Comer é ato básico e incontornável. Que tal começar por aí? Nossas escolhas de consumo e o que ensinamos aos nossos pequenos podem fazer diferença no bolso, na saúde e na sustentabilidade. Para começar, tente sempre saber de onde vem o que a família vai comer. Agrotóxicos trazem problemas reais para a saúde humana e degradam o solo e a fauna – alimentos orgânicos podem ser uma boa saída. Comprar de produtores locais também faz o nosso prato ficar mais sustentável. Na hora de comprar, também fique de olho nas embalagens: quanto mais plástico, mais danos estaremos causando ao nosso planeta. Incentivar nossos pequenos a experimentar e aprender a comer mais alimentos naturais já evita muita embalagem e ainda faz a família se livrar de um monte de aditivos químicos. Deixar que participem das compras com suas próprias sacolinhas ecológicas já ensina a se livrar da sacola plástica do supermercado. E por falar em compras, que tal deixar que eles entrem com dois ou três itens na lista? Previamente combinada, a compra dos pequenos já vai ser uma lição de consumo controlado. Por último, em se tratando de alimentos, ensine aos pequenos que beleza nem sempre põe mesa: alimentos “feinhos” mas ainda em bom estado podem e devem ser utilizados. E restos de uma refeição podem virar uma boa sopa, bolinho ou sanduíche logo em seguida. Se existe uma coisa pouco sustentável nesse mundo é o tal do desperdício!

Água preciosa Água, o líquido mais precioso de todo o planeta. Sem ele, simplesmente não vivemos. Precisamos de água para beber, nos limpar, limpar nosso ambiente. Precisamos dela para cozinhar, fazer crescer plantas e manter vivos nossos animais. E não podemos passar sem ela em praticamente nenhum processo industrial. Então, essa é ouro: economizar e utilizar bem a água é fundamental. Com as crianças, vale a pena incentivar desde cedo a fechar as torneiras em cada momento da higiene pessoal: escovar dentes, lavar as mãos, tomar banho. Por falar em banho, tem gente que sugere brincar de desafio, tentando ver o quanto sua criança consegue diminuir do tempo debaixo do chuveiro. Você sabia que a cada 2 minutos economizados debaixo d’água são 150 litros a menos no final do mês? Só não deixe aquela sujeirinha atrás da orelha ficar por lá só por conta do desafio... Outra ideia divertida e educativa é deixar que os pequenos tenham seus “baldinhos” para aproveitar água da chuva. Essa água pode ser usada para molhar plantas ou até no vaso sanitário. EDUCAR | informação útil para todos

13


Capa Sustentabilidade Andar com fé eu vou Andar com fé, a pé, de bicicleta e de transporte coletivo. Nós adultos sabemos como é mais confortável andar em nossos próprios carros ou motos. E nossas crianças, que não são tolas, também sabem o que é mais confortável para elas. Por isso, aqui nesse setor, a iniciativa e perseverança têm mesmo que partir dos pais – diminuir o uso de combustíveis fósseis tem tudo a ver com sustentabilidade! Energia limpa é a meta, mas enquanto não alcançamos esse ideal, vale tentar amenizar nosso uso das formas de energia mais poluentes e danosas para o planeta. Para ir logo ali, pezinhos são bem-vindos. Para se divertir, bicicleta é tudo de bom. Para ir e voltar todo dia, será que não há uma alternativa boa de transporte coletivo? Enfim, tentar mostrar às crianças que não precisamos fazer “tudo” de carro já vale como ensinamento. Em casa, a energia também precisa estar na mira. Desperdício de luz e força não podem ser hábitos na família. Então é desde pequeno que insistimos sobre como é importante apagar interruptores, desligar aparelhos que não estão sendo utilizados e só ligar o que for realmente necessário.

EDUCAR

informação útil para todos

Respeito é bom e o planeta gosta Por último, mas não menos importante, ensinar e praticar sustentabilidade envolve respeitar toda a vida presente no nosso planeta. Essa vida tão surpreendente, misteriosa e diversa. Para respeitar a vida que aqui cresceu é preciso conhecer. Mas é preciso, antes de tudo, maravilhar-se. Ensine seus filhos isso: a se encantar com a natureza. Com a perfeição de cada ser, besouro ou cão, grama rasteira ou árvore frondosa. Mostre a dádiva extraordinária que recebemos ao ter esse planeta tão incrível para morar. Ensine-os a respeitar conhecendo e pesquisando. Preservando, sem des-

Lixo zero? Ainda não descobrimos o caminho para o lixo zero. Sempre resta algo que precisamos descartar. Então nosso objetivo aqui precisa ser o de produzir menos lixo. Isso só é possível com os famosos 3 Rs: reduzir, reciclar e reutilizar. Na prática: reduzir é tentar sempre ter um consumo consciente, comprando só o que realmente precisamos, na quantidade certa e com qualidade para durar bastante. Reduzir o consumo é reduzir nosso lixo. Reutilizar pode começar no consumo também. Se escolhermos itens menos descartáveis que poderão ter uma vida útil mais longa, já estamos contribuindo. Pense nisso na hora de montar, por exemplo, a lancheira das crianças. Ou no momento de fazer uma festa! É difícil, vai contra a corrente de nossos desejos – ou do que pensamos desejar. Mas vale a pena pesquisar e trabalhar mais um pouquinho para ter, no cotidiano ou numa ocasião especial, menos plástico e papel no lixo. Já o tal do reciclar, para as crianças, pode ser bem divertido. Embalagens podem virar quase qualquer coisa que a imaginação e um pouco de tempo quiserem fazer. Ok, talvez alguma habilidade também seja necessária. Mas o importante é mostrar para nossos pequenos que podemos transformar algo que já cumpriu seu papel inicial em outra coisa que também pode ser útil, divertida ou bela.

Kit Sustentável Que tal começar hoje a transformar o mundo. No Instagram tem inúmeros perfis dedicados só à sustentabilidade e ao lixo Zero. @menosumlixo da carioca e ativista ambiental Fe Cortez e o @casasemlixo que é da Nicole Berndt, de Florianópolis.

truir ou querer só para si. Encante-se e encante-os com a infinita teia que nos liga a todos - besouro, cão, grama e árvore. Estrelas do céu e estrelas do mar. Abelha, mel e pão. E mostre à sua criança como é importante respeitar também os seres humanos. Afinal, somos nós que podemos cuidar da floresta que a abelha visita. Somos nós que podemos, cuidadosamente, retirar o mel que elas fabricam. E somos nós que, com sabedoria e trabalho, fazemos o bolo adoçado pelas abelhas. No final das contas, foi o planeta inteiro que colocou aquele bolo, quentinho, na nossa mesa. Sustentabilidade é isso: saber que estamos unidos aqui e no futuro, num mesmo planeta. Um planeta lindo e riquíssimo, mas não inesgotável. Das dicas que demos, nenhuma irá funcionar se papai e mamãe não estiverem envolvidos de verdade. E nenhuma delas, por si só, será capaz de salvar o planeta. Mas é com um gesto aqui, outro ali, que podemos nos juntar e, criando novos hábitos, manter esse planeta lindo e rico por mais tempo. Para nós, para nossos filhos, e para os filhos deles também.

EDUCAR | informação útil para todos

14


L a n รง a m e n t o

Outono Inverno 2

0

1

9


Interação entre pais e filhos

EDUCAR

informação útil para todos

Higiene Pessoal Texto: Auxiliadora Mesquita - Ilustração: Cláudia Prates

H

igiene pessoal é o mais básico dos

vios. Mas deixar de fazer um gesto sim-

excesso de limpeza pois isso traz o peri-

cuidados, não é mesmo? E ape-

ples como lavar as mãos já pode trazer

go de nos tornar pouco imunes. Precisa-

sar dos hábitos mudarem conforme a

para dentro do nosso corpo desde um

mos do contato com a “sujeira” para nos

geografia, a história e as circunstâncias,

resfriado ou diarreia até várias outras

tornar mais fortes contra ela! Mas se o

manter nosso corpo limpo é bom para a

doenças viróticas e bacterianas.

exagero nos prejudica, a falta de higiene

saúde individual e coletiva. Afinal, um

É verdade que hoje os especialis-

corpo que acumula sujeira é não só um

tas recomendam não radicalizar no

nos traz muito mais danos. Por isso é tão importante ensinar

chamariz para doenças, mas também

e praticar os cuidados básicos com as

um bom difusor delas por aí.

crianças – elas aprendem a cuidar de si,

Mas afinal, que doenças a falta de

zelando pelo próprio corpo e pela saú-

higiene pessoal pode trazer? Problemas

de. E ainda por cima, ficam cheirosas e

de pele, unhas e cabelos são os mais ób-

felizes. Quem não gosta?

Pipo ca

a mascoti nha da

ed ucar

19


Interação entre pais e filhos Achei pra você

Higiene Pessoal Higiene pessoal são os cuidados que a gente deve ter com o nosso corpo para manter a saúde e evitar doenças. São coisas bem fáceis de fazer e que não podemos esquecer. Os principais hábitos de higiene pessoal são: tomar banho, lavar e pentear os cabelos, escovar os dentes, cortar as unhas e lavar as mãos. Alguns a gente precisa fazer todos os dias, como tomar banho. Outros é preciso fazer mais vezes durante o dia, como escovar os dentes. Já alguns só precisamos fazer de vez em quando, como cortar as unhas ou os cabelos. Lavar as mãos é um hábito de higiene muito importante e que devemos fazer toda hora

Sai, Sujeira! Cuidados com o Corpo, de Mick Manning (Editora Ática). Nesse livro o autor mostra que brincar

que for preciso: antes de comer, depois de usar o banheiro e depois de brincar com bichinhos, com terra ou areia. Para nossa saúde ficar bem forte, que tal aprender a lavar as mãos sozinho?

é tudo de bom. Mas ficar limpinho

Primeiro, você molha as duas mãozinhas com a água da torneira. Depois, passa

depois das brincadeiras é importante

o sabão e esfrega uma mão na outra, em todos os pedacinhos da mão. Então é

demais! Com texto simples que pode

hora de molhar muito bem de novo, mandando o sabão embora, e com ele, toda

ser lido sozinho pelas crianças maiores,

a sujeira. Agora é só enxugar que a mão está limpinha!

o livro também serve para ler para os pequeninos, a partir dos 3 anos.

Sabe o que acontece quando nossas mãos ficam limpas e todo o restante do nosso corpo bem lava-

No youtube Palavra Cantada - Lavar as Mãos A dupla do Palavra Cantada tem uma canção ótima para ensinar, brincando, a importância de lavar as mãos. De quebra, ainda mostram direitinho como se faz: “uma mão lava a outra”!

dinho e arrumado? A gente manda as doenças para bem longe e fica cheio de saúde para brincar, rir e se divertir. Além disso, deixa eu te contar um segredo: todo mundo gosta de abraçar alguém bem cheiroso e limpinho! Você também não gosta?

Berçário • Educação Infantil • Ensino Fundamental 1 • Período Integral • Educação Bilíngue

MATRÍCULAS ABERTAS Rua Itapuã, 398 - Parque São Jorge - Fpolis

Tel.: (48) 3334-1155

/escoladoparquefloripa www.escoladoparque.com.br


EDUCAR

informação útil para todos

“Cheirinho de Pipoca” PIPOCA GOSTA DE BRINCAR COM SEU AMIGO PEDRO. E DE FAZER BAGUNÇA NO QUINTAL: CAVAR NA TERRA, CORRER ATRÁS DOS PASSARINHOS, MORDER SAPATO VELHO! DEPOIS DE TANTA CONFUSÃO, PIPOCA FICA BEM SUJINHA E SUADA. HUM, QUE CHEIRINHO RUIM... QUAL É A SOLUÇÃO?

PEDRO JÁ SABE O QUE PRECISA FAZER: DAR UM BANHO NA AMIGUINHA. MAS ELA É ESPERTA E SE ESCONDE DEBAIXO DA CAMA. PIPOCA FINGE QUE NÃO OUVE. E AGORA, QUEM CONSEGUE DAR O BANHO NA PIPOCA?

VAMOS TOMAR UM BANHINHO.

A MAMÃE TEVE UMA IDEIA! “VÁ LAVANDO COM CARINHO E OFERECENDO UM PETISCO”, DISSE ELA. ASSIM FOI QUE O PEDRO FEZ. DEPOIS DE MOLHAR O PELO? PETISCO. DEPOIS DE PASSAR O XAMPU? PETISCO. DEPOIS DE ENXAGUAR TUDO? PETISCO.

NA HORA DE SECAR E PENTEAR, PIPOCA FICOU SE ESFREGANDO NA TOALHA. QUE MALUQUINHA! LIMPINHA, CHEIROSA E FELIZ COM OS PETISCOS, PIPOCA SÓ QUERIA MAIS UMA COISA – UMA SONECA BEM TRANQUILA. HUM, ISSO SIM É QUE É VIDA!

PIPOCA

21


Dicas de Saúde

Pré – natal odontológico

Desmistificando atendimento odontológico a gestantes Por Dra Bárbara Brandt

A gestação compreende uma etapa de mudanças fisiológicas e emocionais

Gestante deve ir ao dentista durante o período gestacional?

complexas na vida da mulher. Nesta etapa,

A atenção odontológica durante a gra-

estarem instruídas quanto a saúde bucal

videz é alvo de diferentes posições e con-

é de extrema importância, tanto por esta-

dutas, não só da própria gestante, como

rem receptivas a receberem novos conhe-

dos profissionais envolvidos.

cimentos, como para instaurar mudanças que possam ser necessárias na rotina, e que existam consequências positivas para a saúde dos bebês.

As gestantes frequentemente apresentam certa resistência frente ao tratamento odontológico por acreditarem em algumas crendices associadas.

tão importante da vida da mulher. E o mais importante: sem risco algum para a saúde do bebê e da mamãe.

Que mudanças podem ocorrer em relação a saúde bucal da gestante, neste período? A menor capacidade estomacal e consequente aumento da frequência de ingestão alimentar, enjoos matinais e con-

Pré – natal odontológico: desmistificando atendimento odontológico a gestantes

Como existem diversos fatores, in-

sequente abstenção da escovação neste

clusive hormonais, associados a gestação,

período, os hormônios femininos libera-

A gestação compreende uma etapa

que podem acarretar algum mal a saúde da

dos na gestação e consequente alteração

mãe e do bebê, a visita ao dentista deve ser

periodontal, são só alguns exemplos des-

regular e fazer parte do pré-natal da mu-

tas mudanças.

de mudanças fisiológicas e emocionais complexas na vida da mulher. Nesta etapa, estarem instruídas quanto a saúde bucal é de extrema importância, tanto por estarem receptivas a receberem novos conhecimentos, como para instaurar mudanças que possam ser necessárias na rotina, e que existam consequências positivas para a saúde dos bebês.

lher gestante.

Ao se alimentar com mais frequência

Existem muitos odontólogos capa-

e diminuir as frequências de escovação, a

citados e aptos para dar a atenção e o tra-

prevalência de cárie acaba por aumentar

tamento necessário - com segurança - no

consideravelmente. Com a liberação dos

período gestacional. Em geral, faz parte

hormônios, também acaba acontecendo

da capacitação do odontopediatra, que

uma diminuição de saliva, que chama-se

saberá os melhores períodos, medicações,

hipossalivação, o que também pode au-

anestésicos, e orientações para esta etapa

mentar a prevalência de cárie; no entanto,

Dra Bárbara Brandt - Odontopediatra

Venha nos fazer uma visita, prevenir é melhor do que tratar! Rua Santos Dumont, 182 - sala 104 - Ed. Life Medical Tower - Centro - Florianópolis - Tel.: (48) 3209-4326 - www.barbaraodontopediatria.com.br


EDUCAR

informação útil para todos

a principal consequência com as alterações

contrário os irritantes locais devem ser

parto prematuro, restrição de crescimento

hormonais, são nos tecidos de sustentação

removidos e existir proservação até o

do feto e nascimento de bebês com baixo

dos dentes. Com o aumento do estrogênio

pós-parto, quando normalmente ocorre

peso, até porque, além de tudo, algumas

e de progesterona, os tecidos ficam sus-

sua redução espontânea.

bactérias são capazes de atravessar via

ceptíveis à inflamação quando induzida por placa bacteriana, que se caracteriza semelhante a uma inflamação nas gengivas. É, na realidade, uma resposta exacerbada à placa bacteriana que se gruda aos dentes e não é removida adequadamente. Pode ser prevenida e desaparecer alguns meses após o parto desde que os irritantes locais sejam eliminados mediante a remoção do biofilme bacteriano por meio de uma boa higiene bucal ou profilaxia profissional. Outra alteração decorrente das alterações hormonais é o possível aparecimento de Granulomas Piogênicos. Que é um aumento de volume na gengiva, e benigno. A remoção cirúrgica é indicada nos casos em que houver interferência na mastigação, na execução da higiene bucal ou em situações de ulceração; caso

barreira placentária. Gestantes com perio-

Se houver alguma alteração em relação à saúde bucal na gestante, qual a consequência para o bebê? Já existem inúmeros estudos que demonstram que alterações na saúde bucal bucal da mãe gestante, pode causar parto prematuro e baixo peso do bebê ao nascer. Como já relatado, existe uma maior tendência do desenvolvimento de doenças gengivais e periodontais, isto preocupa um tanto devido ao fato de que o feto funciona como parte naturalmente integrante do organismo feminino, e para tanto deve se desenvolver sem nenhuma interferência. Estudos têm demonstrado que a doença periodontal na gestante é um fator de risco independente para o

dontite podem estar sob um risco 7 vezes maior de darem à luz a crianças prematuras e de baixo peso. Além de todas as coisas já supracitadas, o pré-natal odontológico também se torna indispensável para que as futuras mamães sejam instruídas sobre todos os hábitos pertinentes para o desenvolvimento da saúde dos bebês que em breve estarão aqui.

23


Shantala

EDUCAR

informação útil para todos

Conheça os benefícios para o desenvolvimento dos bebês

Shantala Por Clarissa Comim

N

os primeiros anos de vida do bebê, o

musculatura abdominal, diminuindo assim

ter cautela pois a massagem pode potencia-

elo entre mãe e filho se estabelece,

as dores, gases e prisão de ventre), melhora a

lizar o quadro. E por último, se o bebê estiver

principalmente, a partir do toque. Uma das

qualidade do sono por promover o relaxamen-

tomado vacina, deve-se ter cuidados ao massa-

formas de promover este contato é por meio

to do bebê, melhora o sistema imunológico,

gear a área perfurada, pois pode estar dolorido.

da Shantala. A Shantala é uma técnica de mas-

diminui a produção do hormônio do estresse

É importante ressaltar que a orientação de um

sagem indiana para bebês, derivada da técni-

(cortisol), contribui com a respiração, melhora

profissional é importante para garantir que

ca Ayurvédica, com vários benefícios já bem

o alongamento muscular e corporal e traz se-

nada esteja sendo feito de maneira errada ou

documentados pela literatura científica. A

gurança e aconchego. Estudos mostram que a

prejudicando o bebê.

prática foi popularizada pelo obstetra francês

Shantala pode ser um ótimo recurso terapêu-

Frédérick Leboyer quando, em uma viagem ao

tico para auxiliar o desenvolvimento de bebês

sul da Índia, viu uma mãe acariciando seu filho

prematuros (o toque promove o ganho de

de forma amorosa e acolhedora. A mulher se

peso e a estabilidade da temperatura corporal).

chamava Shantala e a maneira dócil e cuidado-

Dentro do desenvolvimento do bebê, a

ou resfriado, para não aumentar o descon-

Shantala auxilia na melhora da respiração por-

forto decorrente dessas complicações. Além

que expande a caixa torácica.Os movimentos no

disso, a prática é contraindicada em crianças

A técnica tem como uma das funções

abdômen auxiliam o funcionamento do intesti-

que estejam com fome ou logo após serem

estimular o sistema sensorial por meio do to-

no e do estômago. A posição em que o bebê fica

amamentadas. Como pode ser feita diaria-

que e alongar alguns músculos importantes

– de costas – estimula a coluna vertebral. A movi-

mente, é importante que os pais sintam qual

para o desenvolvimento. Pelo toque, a mas-

mentação de braços, mãos, pernas e pés facilitam

horário o filho se sente mais confortável para

sagem promove inúmeros benefícios como

o desenvolvimento da musculatura e o aprendi-

recebê-la. Durante a aplicação, também é fun-

a estimulação do sistema sensorial (ou seja,

zado de abrir e fechar, pegar e soltar.

damental que os familiares higienizem bem as

sa como tocava a criança passou a ser estudada por Leboyer e conhecida mundialmente.

contribui para a integração sensorial e consequentemente reforçando as conexões entre os neurônios), a consciência corporal (o bebê ganha mais noção de espaço e dos limites do seu corpo e se movimenta melhor conforme se desenvolve) e intensifica o vínculo afetivo mãe-bebê. Além disso, alivia as cólicas (a Shantala pode contribuir para o alívio do desconforto, pois os movimentos ajudam a relaxar a

Apesar dos benefícios para o desenvolvimento do bebê, a Shantala tem suas limitações: pode ser feita somente a partir dos 30 dias de vida (pois nessa idade há uma melhor maturidade da pele e a região do umbigo já estará praticamente cicatrizada) e preferencialmente em um ambiente calmo e acolhedor onde mãe e bebê possam estar envolvidos pela técnica. Em casos de doenças, é interessante

Saiba mais em:

www.NeuroCrescer.com.br

NeuroCrescer

• Cursos e Workshops • Consultoria • Recursos Terapêuticos

O método poderá ser feito em crianças de até 7 anos de idade ou até quando elas aceitarem a prática. A Shantala não é indicada caso a criança apresente sinais como febre, diarreia

mãos, que devem ser lavadas antes com água e sabão. Além disso, é importante retirarem acessórios que podem machucar o corpinho do bebê, como anéis e pulseiras. A Shantala é um momento especial da rotina da família. Se incorporada no ritual do sono, ajuda inclusive a criança a aprender a dormir a noite inteira. Uma dica para auxiliar neste processo é finalizar a técnica com um banho quente.

Clarissa Comim - Fisioterapeuta, Professora Pesquisadora em Neurociências e Desenvolvimento Infantil - Mãe do Augusto e do Bruno

24


Dicas

EDUCAR

Cinema e Eventos

Cinema

Teatro

Dumbo

O REI LEÃO - O Musical

informação útil para todos

A Versão em live action do clássico desenho da Disney,

Com direção de elenco de Roberto Rezende, direção musical de

conta a história de uma "ex-estrela" de circo, que retorna da

Fernando de Carli e coreografia de Gabi Dutra, o famoso clássico da

guerra com seu mundo virado de cabeça pra baixo. O circo

Disney que marcou diversas gerações, chega aos palcos de Florianó-

em que trabalhava está passando por grandes dificuldades,

polis para encantar a cidade. Um musical dedicado a todas as idades,

e ele fica encarregado de cuidar de um elefante recém-nas-

com efeitos especiais, elementos circenses e todas as canções can-

cido, cujas orelhas gigantes fazem dele motivo de piada.

tadas ao vivo. Além disso, será uma produção acessível em libras .

No entanto, os filhos de Holt descobrem que o pequeno

Onde: Teatro Gov. Pedro Ivo - Florianópolis, SC

elefante é capaz de uma façanha enorme.

Quando: Domingos (17, 24 e 31 de março) (7 e 14 de Abril)

Previsão de estreia: 29 de Março de 2019

25

Ingressos: www.ingressorapido.com.br

Seminário

1º SEMINÁRIO DE DISCIPLINA POSITIVA O 1º Seminário de Disciplina Positiva será uma experiência teórico-vivencial, na qual durante seis horas será compartilhado um pouco sobre o que é a Disciplina Positiva, quais suas diretrizes, propostas e ferramentas. Por meio de conteúdo e de vivências, as educadoras irão convidar os participantes a refletirem sobre o que é uma criação com respeito mútuo, qual o olhar que temos para a Infância, quais são as alternativas à uma educação sem punições ou castigos e de que forma nos comunicamos e o que comunicamos aos nossos filhos ou crianças que estão sob a nossa responsabilidade. Crianças e bebês são bem-vindos e teremos um espaço para eles dentro do próprio espaço da palestra. Onde: Hotel Slaviero Trindade Rua Desembargador Vitor Lima, 380, Trindade - Florianópolis, SC Quando: 09 de Março de 2019 - Início às 13:30 hrs. Ingressos: R$ 150,00 (1º lote) - www.sympla.com.br Informações: Whatsapp (48) 9 9912-9014 EDUCAR | informação útil para todos


Galeria

EDUCAR

informação útil para todos

26

Nossa cara #Revista

Quer ver a foto do seu filho nas páginas da Educar? Escreva #revistaeducar na legenda de sua foto, no facebook ou no instagram

Matheus Henrique e Davi Elias

rafaella

ADAM

Nicolly

Bruno

Você também pode participar por e-mail. Envie sua foto para: nossacara@revistaeducar.com.br Na mensagem, escreva o nome completo e idade da criança + cidade e nomes completos dos pais.

imprimindo qualidade (47) 2106-9000 | www.impressul.com.br

sofia Revista Educar

@RevistaEducar


Profile for Revista Educar

Educar 124 Fevereiro - Março 2019  

Sustentabilidade: Sabendo usar não vai faltar E tem muito mais: Educação • Comportamento • Novidades • Galerias • Arte • Saúde

Educar 124 Fevereiro - Março 2019  

Sustentabilidade: Sabendo usar não vai faltar E tem muito mais: Educação • Comportamento • Novidades • Galerias • Arte • Saúde

Advertisement