Page 1

Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVIII Prêmio Expocom 2011 – Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação

Entre personagens e paisagens: Uma experiência de telejornalismo pelo Brasil rural 1

Marcelo LARA2 André Azevedo da FONSECA3 Universidade de Uberaba UNIUBE

RESUMO Em 2005 o Canal Rural colocou na estrada o projeto Repórter Mitsubishi. Uma equipe iniciou a jornada no Chuí, extremo sul do país. Foram dez meses passando por mais de 10 estados para chegar até o Oiapoque. Nesse caminho surgiram os personagens que deram vida à série de reportagens considerada uma das mais longas da televisão brasileira. Agora, esses personagens foram selecionados para fazer parte de um livro que trás para o leitor uma experiência do Brasil que poucos conhecem. PALAVRAS-CHAVE: Telejornalismo rural; Marcelo Lara; personagens.

1 INTRODUÇÃO Trabalhar em comunicação exige investimento, uma necessidade que muitas vezes entra em conflito quando aparece o vínculo do jornalismo com o comercial. Mas, na prática, quando não interfere no conteúdo, contribui e muito para viabilizar projetos que possam revelar um Brasil pouco conhecido, pouco explorado pela mídia. Isso lembra um ícone: “Amigo ouvinte, aqui fala o seu Repórter Esso, testemunha ocular da história”. O Repórter Esso fez história. A primeira transmissão ocorreu na Rádio Nacional, em 28 de agosto de 1941, apresentado por Heron Domingues, e acabou em 31 de novembro de 1969. Uma vida longa, com patrocínio, sem perder a credibilidade. Em nosso trabalho nos dispusemos a contar uma experiência bem sucedida de telejornalismo pelo interior do Brasil veiculada no Canal Rural. O Canal Rural nasceu em 11 de Novembro 1996, pertence ao Grupo RBS, rede de comunicação que abrange os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul através de emissoras de TV e Rádio, jornais e portal de Internet. O “Repórter Mitsubishi” serviu para dar impulso no conteúdo e nos rumos da emissora, fazendo parte do cotidiano nacional. Levamos ao ar a realidade de dez estados

1

Trabalho submetido ao XVIII Prêmio Expocom 2011, na Categoria Livro-reportagem, modalidade Jornalismo. Aluno do 7º. Semestre do Curso jornalismo, email: lararural@hotmail.com. 3 Orientador do trabalho. Professor do Curso de comunicação social, email: andre.azevedo@uniube.br 2

1


Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVIII Prêmio Expocom 2011 – Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação

entre dois extremos do país. Um contato direto com quem vive pelo interior deste Brasil de dimensões continentais.

2 OBJETIVO O objetivo deste trabalho é registrar um conjunto de experiências e uma série de personagens de um Brasil rural ainda desconhecido pela imprensa urbana. Procuramos registrar a cultura, os costumes e as soluções que os produtores rurais empregam para desenvolver as suas atividades econômicas e evitar o êxodo rural. Neste registro mostramos a luta dos moradores do campo para continuar produzindo, as famílias que buscam trazer de volta os filhos que foram para a cidade grande e as histórias de pessoas em busca de soluções inovadoras em suas localidades.

3 JUSTIFICATIVA Em geral, podemos notar que, com algumas notáveis exceções, a cobertura jornalística sobre o Brasil rural ainda é superficial, apela para o estereótipo e quase sempre é conduzido ao sensacionalismo. A criatividade e a inteligência do homem do campo costuma ser subestimada ou mesmo ridicularizada em relatos do jornalismo urbano. Neste livro, portanto, procuramos aprofundar a compreensão sobre a diversidade da população que vive do campo por meio de um conjunto de relatos de experiências que tivemos a oportunidade de vivenciar ao produzir uma série de telejornalismo rural. Procuramos registrar alguns retratos da realidade em mais de 10 diferentes estados do país, evidenciando as particularidades e a criatividade do homem do campo. No nordeste, por exemplo, mostramos o caminho inverso do que estamos acostumados a ver, ler e ouvir na imprensa: os filhos que foram pra cidade grande voltam para a terra natal em condições de sobreviver da agricultura e pecuária. Este trabalho pretende uma visão mais aprofundada dos diferentes Brasis que temos neste território de tamanho continental. Acreditamos que o jornalista deve ser um profissional capaz de atuar como uma reflexão, e não como um mero reflexo da sociedade. (Fonseca, 2005)

2


Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVIII Prêmio Expocom 2011 – Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação

4 MÉTODOS E TÉCNICAS UTILIZADOS Em primeiro lugar, este trabalho exigiu uma pesquisa de campo realizada entre março a novembro de 2005. Este foi o período em que as reportagens foram realizadas e veiculadas no Canal Rural. Para a elaboração do livro, selecionamos as histórias mais representativas da realidade de cada estado. Personagens que tiramos do anonimato para revelar a cultura, as origens, o cotidiano de um Brasil que tem uma grande diversidade cultural. Como argumenta Fonseca (2008): “O que motiva os pesquisadores interessados nas histórias da vida comum é a constatação de que as narrativas dos personagens anônimos em sua luta diária pela sobrevivência fornecem subsídios imprescindíveis para a ampliação da nossa capacidade de interpretar e explicar o mundo.” As histórias seguem o mapa até chegar ao Oiapoque. No que diz respeito à estrutura do livro, optamos por dividi-lo em 24 capítulos com histórias mais curtas e objetivas. Desta forma, procuramos compreender algumas particularidades de um Brasil que tem dimensões continentais. O cronograma estabelecido previa a redação de uma média de dois textos por semana. Os textos foram encaminhados para o orientador e retornavam para as devidas correções. Tendo em vista que a pesquisa já havia sido realizada e documentada em diários de bordo, não foi difícil recuperar os registros para a elaboração dos textos atuais. Alem das reportagens em televisão contamos com o diário de bordo que fizemos durante a viagem. Os diários serviram de base para fortalecer as histórias, mesclando anotações, lembranças e imagens. No caso de alguns personagens que têm nome conhecido nacionalmente, procurei pesquisar e checar novas informações na internet e retomei alguns contatos para saber o que aconteceu nos últimos anos. Um exemplo é o rei das bromélias: seu Roberto Kautsky. Ele morreu em 2010, por isso atualizei no livro.

5 DESCRIÇÃO DO PRODUTO OU PROCESSO O produto final se constitui em um livro-reportagem retratando o cotidiano de diferentes culturas e personagens do Brasil rural. O livro é dividido em 24 capítulos e possui, no total, 169 páginas. Das fotos, que foram tiradas durante a viagem para produção da série de reportagens para televisão, selecionei uma para a abertura de cada capítulo. De acordo com o livro Páginas Ampliadas, de Edvaldo Pereira Lima (2009) o livro que redigi

3


Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVIII Prêmio Expocom 2011 – Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação

se enquadra como “Livro-reportagem-viagem”. Principalmente por que apresenta como fio condutor a viagem pelo Brasil.

6 CONSIDERAÇÕES A experiência de conhecer o Brasil de uma forma diferente, com suas cores, sabores e personagens brasileiros. Hoje quando olho para o mapa não vejo mais números e nomes. Vejo as pessoas que passaram pela minha vida contando um pouco do que é cada Brasil que conheci ao longo de mais quase um ano na estrada. A experiência de fazer as reportagens para a televisão com liberdade para mostrar a realidade que vimos, ouvimos e registramos transformou profundamente a minha visão de mundo. Agora estamos com o complemento, através do livro, que pretende resgatar a essência dos principais personagens que conhecemos. O desafio de escrever o livro foi justamente adaptar a minha experiência com texto de televisão para algo novo. Como repórter de televisão, fui treinado para não competir com a imagem. No livro fui obrigado a descrever as imagens que vi de uma forma equilibrada para transportar o leitor para todos os lugares por onde passei até chegar no Oiapoque.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS FONSECA, André Azevedo da. Jornalismo para a transformação: a pedagogia de Paulo Freire aplicada às Diretrizes Curriculares de Comunicação Social. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 28, 2005, Rio de Janeiro. Anais... São Paulo: Intercom, 2005. Disponível em: <http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2005/resumos/R0561-1.pdf>. Acesso

em: 22 nov. 2010. FONSECA, André Azevedo da. As rapsódias da vida comum. In: KAPPEL, Irma Beatriz Araújo; CASTRO, Rodrigo Santos de. Resgate cultural: por entre os labirintos da memória. Uberaba: UFTM, 2008. LIMA, E. P. Páginas Ampliadas. Barueri: Manole, 2009. SEBE BOM MEIHY, J.C. História Oral. São Paulo: Contexto, 2007. SEBE BOM MEIHY, J.C. Brasil Fora de Si São Paulo: Parábola,2004 MEDINA, C.A. Entrevista: o diálogo possível. São Paulo: Ática, 2002

4


Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVIII Prêmio Expocom 2011 – Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação

SITES QUE DESTACARAM A SÉRIE DE REPORTAGENS http://secom.to.gov.br/noticia.php?id=7439 http://secom.to.gov.br/noticia.php?id=7849 http://www.paginarural.com.br/noticias_detalhes.php?id=10134 http://guinnessbrasil.blogspot.com/search?q=canal+rural http://guinnessbrasil.blogspot.com/2008/01/reprter-mitsubishi-srie-jornalstica.html http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4769974Y4&tipo=completo& idiomaExibicao=1 http://www.diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=212546 http://www.paginarural.com.br/noticias_detalhes.php?id=10134

5


Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVIII Prêmio Expocom 2011 – Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação

6

Paper marcelo lara  

Em 2005 o Canal Rural colocou na estrada o projeto Repórter Mitsubishi. Uma equipe iniciou a jornada no Chuí, extremo sul do país. Foram dez...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you