Issuu on Google+

Criação de Assessoria de Comunicação para Incubadoras de Empresas Projeto Piloto: Unitecne 1

Bárbara Regina Caretta GUILHERME 2 Indiara FERREIRA³ Universidade de Uberaba, MG

RESUMO O trabalho apresentado tem como objetivo a criação de uma Revista Institucional sobre o Projeto dos Meninos(as), realizado em Uberaba (MG). A instituição foi escolhida para subsidiar o trabalho de conclusão de curso por sua carência em divulgação e pela ausência dos produtos de comunicação. Divididas em 10 editorias foram desenvolvidas para apresentar o trabalho realizado. A intenção é que o produto sirva como instrumento de apresentação das atividades realizadas na instituição social.

PALAVRAS CHAVE: Projeto, Meninos, Social, Revista. 1 INTRODUÇÃO O Projeto dos Meninos é um trabalho desenvolvido há 18 anos em Uberaba, Minas Gerais no Bairro Gameleira. Desde sua fundação, em 28 de fevereiro de 1993, tem por objetivos criar espaços de aprendizagens com práticas educativas de formação, educação e desenvolvimento para crianças e adolescentes maiores de sete anos. A ideia surgiu de Irmã Anita que ministrava ensino religioso na comunidade e constatou a carência das crianças do bairro que em sua maioria pertence a classe baixa o que já explicava Sawaia:

1

Projeto Experimental de Conclusão de Curso de Comunicação Social, Habilitação em Jornalismo, pela Universidade De Uberaba, na categoria Planejamento de Comunicação. 2 Aluna do 8º semestre de Comunicação Social (habilitação em Jornalismo), da Universidade de Uberaba – Uniube, Uberaba-MG, e-mail: barbaracaretta@gmail.com. ³ Orientadora do Trabalho. Professora do curso Comunicação Social da Uniube, email: indiara.ferreira@uniube.br.

1


“A sociedade exclui para incluir e esta transmutação é condição da ordem social desigual, o que implica o caráter ilusório da inclusão. Todos estamos inseridos de algum modo, nem sempre decente e digno, no circuito reprodutivo das atividades econômicas, sendo a grande maioria da humanidade inserida através da insuficiência e das privações, que se desdobram para fora do econômico.” (SAWAIA, p. 7)

Em geral, os pais trabalham o dia todo e os filhos ficam sozinhos em casa, o que acaba levando-os para a rua. Percebendo essa exclusão e a necessidade, Irmã Anita teve a ideia de criar um espaço para de atividades fora da escola. Primeiramente, nasceu a Creche São José, onde as crianças ficavam em tempo integral. Em 1993, irmã Anita convidou Marco Cury para participar do trabalho e então nasceu o Projeto dos Meninos. O projeto começou sem sede própria, sendo desenvolvido no fundo de casa ou na igreja. Depois, eles conseguiram, com a Arquidiocese de Uberaba, o espaço onde as atividades acontecem até hoje. O ponto de partida foi constituir um programa preventivo de fortalecimento do caráter das crianças e dos adolescentes, proporcionando aos participantes condições de obter uma formação pessoal e social, primando pelo resgate e desenvolvimento dos valores humanos. Outros objetivos são o incentivo ao protagonismo, a liberdade intelectual e o não condicionamento dos educandos, diminuindo os espaços entre raça, cor, nacionalidade, religião e do partidarismo político. A espiritualidade, o respeito ao próximo e à vida é o eixo da filosofia proposta. Os princípios defendidos no Projeto dos Meninos(as) são baseados no desenvolvimento humanista que promove a solidariedade, a fraternidade, a busca pelo auto desenvolvimento espiritual, ético, intelectual e o empreendedorismo, incentivando cada participante a dar o exemplo trilhando seu caminho seguindo preceitos que são considerados diferenciais na vida de um ser humano equilibrado. Através desses pilares é que o Projeto dos Meninos se mantém e neste ano de 2011 recebe cerca de 150 crianças diariamente para as atividades que engloba, canto e coral, violão, olodum, teatro, dança, ensino religioso, esportes, além de atendimento com psicólogos. Essa parte é chamada de Unidade I. Para as crianças de sete a 14 anos. A Unidade II trabalha em parcerias com empresas que acolhem os jovens no primeiro emprego. Dentro do projeto, são realizados cursos de capacitação para o melhor desempenho deles. Entre as empresas parceiras, estão o Banco do Brasil e o Shopping de Uberaba.

2


O estudo é uma das exigências para participar do projeto. Na Unidade II também há uma sensibilização vocacional para despertar no jovem a profissão que mais adeque ao seu perfil, motivando-os para o ensino superior. Além disso, nessa etapa eles aprendem a elaborar projetos visando o aperfeiçoamento da discursividade. Por fim, a última unidade é a inserção dos jovens nas universidades e vem funcionando muito bem. Vários jovens estão em um curso de graduação e outros inclusive já se formaram. Além do trabalho realizado com os jovens, o Projeto dos Meninos agrega também a família através dos encontros mensais, onde são elaboradas noites temáticas e eventos para atrair o maior número de pessoas possíveis. Também é feita uma prestação de conta do que está acontecendo naquele mês e tudo que foi feito. O envolvimento das famílias é tão importante que inclusive alguns dos pais são membros da diretoria. Em 2010, foi doado um terreno de 31.700 m² no bairro Residencial 2000, que é uma expansão do programa e pretende atender boa parte dos mais de 1000 alunos matriculados no ensino fundamental que lá moram.

2 OBJETIVO Desenvolver uma revista institucional que atenda ao Projeto dos Meninos(as) como meio de apresentação, tanto com possíveis parceiros, como para a população de Uberaba.

3 JUSTIFICATIVA Após trabalho de vídeo realizado no Projeto dos Meninos(as) em 2010, percebeu-se a necessidade de que fosse criada um material impresso de apresentação para a população local e também para possíveis parceiros, já que o projeto não possui renda fixa e sobrevive de parcerias com a Prefeitura Municipal, emendas parlamentares e empresas. Foi escolhido o estilo magazine pois, conforme explica Sergio Vilas Boas: “A revista compreende uma grande variedade de estilos. Sem dúvida uma prática jornalística diferenciada”. Deste modo, a instituição conseguirá atingir um público grande, já que pode englobar: parceiros, consultórios, escritórios, empresas, políticos.

3


4 MÉTODOS E TÉCNICAS UTILIZADOS Para elaboração da Revista foi escolhida a instituição social Projetos dos Meninos(as) partindo do princípio que o produto seria uma apresentação sobre a instituição. Para isso, primeiramente foi realizada uma pesquisa de campo, com visitas, conversas e observações que nos permitiram perceber o que havia de importante para ser divulgado. Em seguida, definimos as editorias e fontes, conforme a pesquisa anterior, sempre pensando no objetivo principal, que é a produção de uma revista institucional. Após escolhidas as editorias, iniciou-se o momento de entrevistas e produção das matérias, utilizando o estilo literário, que conforme Boas, “Significa, a grosso modo, narrar com efeito, com beleza e imaginação. Sem perder de vista os fatos”. O próximo passo foi a diagramação, onde cores claras e muitas fotos mostraram realmente como o projeto se posiciona enquanto trabalho social.

5 DESCRIÇÃO DO PRODUTO O produto consiste em uma Revista Institucional, que apresenta o Projeto dos Meninos(as), em 20 páginas, divididas em editorias sobre diversos temas. São eles: O magazine inicia com um editorial na página dois, que conta a experiência de fazer esse trabalho e situa o leitor de como se localizar na revista. Como tudo começou é uma crônica escrita por Irmã Anita Rocha, fundadora do Projeto dos Meninos (as). Ela conta sobre como surgiu a instituição e como é o trabalho. Palavra de especialista é uma entrevista ping-pong realizada com a psicopedagoga Glaucia Eli da Silva sobre a educação e as didáticas pedagógicas mais eficazes. Aprender brincando é uma matéria que explica como funciona a educação no projeto. Comer para crescer conta sobre a alimentação servida no Projeto dos Meninos (as). Galeria de artes traz as esculturas produzidas na oficina de argila ministrada pela artista francesa Geneviéve LePerhuizia.

4


Pequenos Cidadãos é uma editoria que mostra o trabalho de valores humanos realizado pelas crianças e adolescentes na instituição. Famílias em ação fala sobre as reuniões e os eventos realizados com as famílias dos alunos que participam da instituição. Recreação. Nesta editoria são apresentadas as atividades desenvolvidas no horário livre. Meninos de Sucesso são dois depoimentos de jovens que saíram do projeto e ingressaram na Universidade. Extensão do Projeto conta sobre a ampliação dos beneficiados pela instituição com o Projeto dos Meninos(as) II, situado no bairro Residencial 2000.

6 CONSIDERAÇÕES O magazine descrito é importante especialmente para que a diretoria tenha um produto a ser apresentado para possíveis parceiros. O material impresso torna-se importante por uma vez que a instituição precisa captar recursos para se manter. 7 REFERÊNCIAS ALI, Fátima. A Arte de Editar Revistas. São Paulo: IBEP, 2009.

BOAS, Sérgio Vilas. O Estilo Magazine. São Paulo: Summus, 1996.

DIMENSTEIN, Gilberto. Cidadão de Papel: a infância, a adolescência e os direitos humanos no Brasil. São Paulo: Ática, 1994.

SAWAIA, Bader. (org.). As artimanhas da Exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. Rio de Janeiro: Vozes, 1999.

5


Projetos dos Meninos(as) - Paper