Issuu on Google+

Marden Bastos

Dicas para otimizar a Ortodontia


Marden Bastos

Dicas para otimizar a Ortodontia


Marden Bastos

Dicas para otimizar a Ortodontia

Maringรก / 2013


dicas PARA OTIMIZAR A ORTODONTIA ISBN xxx-xx-xxxxx-xx-x Copyright© 2013 by Marden Oliveira Bastos

Todos os direitos para a língua portuguesa reservados pela editora. Qualquer parte desta publicação poderá ser reproduzida, guardada pelo sistema “retrieval” ou transmitida de qualquer modo ou por qualquer outro meio, seja eletrônico, mecânico, de fotocópia, de gravação ou outros, desde que autorizado previamente, por escrito, pela editora.

Direção Geral Teresa Rodrigues D´Aurea Furquim Editor Laurindo Zanco Furquim Diretores Editoriais Bruno D’Aurea Furquim Rachel Furquim Marson Diretor de Marketing Fernando Marson

Produção Editorial / Projeto Gráfico / Capa Júnior Bianchi Fotografia capa Design House Stockholm - Cord Lamp Mini Clear Bulb Lit Tratamento de imagens Ivo Azevedo Revisão Ronis Furquim Impressão Coan Indústria Gráfica

Av. Dr. Luiz Teixeira Mendes, 2712 - Zona 5 - CEP 87.015-001 Maringá - Paraná - Fone/Fax: (44) 3031-9818 dental@dentalpress.com.br - www.dentalpress.com.br

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) A447o

Bastos, Marden

Dicas para otimizar a Ortodontia / Marden Oliveira Bastos

– – Maringá : Dental Press, 2013.

252 p. ; 280 x 300mm.

ISBN xxx-xx-xxxxx-xx-x

1. Odontologia. 2. Cirurgia odontológica. 3. Cirurgia dentária.

4. Ortodontia. I. Título CDD 617.43


Marden Oliveira Bastos

Cirurgião-dentista pela Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, Alfenas / MG, 1989. Ortodontista clínico desde 1989. Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial pela Escola de Aperfeiçoamento Profissional da Associação Brasileira de Odontologia – regional Campo Belo / MG, 1998. Mestre em Ortodontia pela Faculdade São Leopoldo Mandic, Campinas / SP, 2007. Coordenador dos Cursos de Especialização em Ortodontia do GAPO, Contagem / MG. Coordenador dos Cursos de Especialização em Ortodontia do IBPG, Brasília / DF. Coordenador do Curso de Especialização em Ortodontia da “Corporación de Ortodoncia y Ortopedia de Chile”. Participante da primeira turma do Programa Excelência em Ortodontia da Dental Press International, 1999. Consultor Científico da Revista Clínica de Ortodontia Dental Press. Membro da Comissão Científica da Revista Mundo Odontológico, México. Autor dos livros: “Mecânica ortodôntica corretiva em Typodont – Correção de Classe II de Angle com mecânica de distalização”. “Mecânica ortodôntica corretiva em Typodont – Correção de Classe I de Angle com extração dos primeiros pré-molares”. “Mecânica ortodôntica corretiva em Typodont – Correção de Classe III de Angle sem extrações”. Precursor do sistema SMS (Speed Marden System).


Dedico este trabalho à minha esposa,

Myrtes

,

companheira na Ortodontia e na vida, e aos nossos filhos,

Ana Vitória e

Vitor

.


Agradecimentos

Ao Dr. Mário Vedovello Filho. Ao Dr. Laurindo Zanco Furquim. Ao Dr. Marcelo Rodrigues Pedreira. À Dra. Mirian de Oliveira Bastos Cruvinel. Ao Dr. Rômulo Espínola Vilas Boas. Ao Dr. Elias Mussa Godoy. Ao Dr. Eduardo San Juan Basualto. A Eliane Ribeiro de Barros. Às equipes de trabalho dos núcleos Contagem, Brasília e, em especial, São Paulo e Chile.


Aprender ĂŠ a Ăşnica coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.

Leonardo da Vinci


Sumário Arco acessório de intrusão.........................................................................................................................................................20 Arco acessório com fio de aço 0,036”.........................................................................................................................................34 Indicações de uso do arco acessório 0,036”.....................................................................................................................36 Expansão.............................................................................................................................................................36 Contração............................................................................................................................................................40 Intrusão dos dentes anteriores.............................................................................................................................42 Tracionamento de caninos...................................................................................................................................44 Rotação de molares..............................................................................................................................................46 Vestibularização dos incisivos..............................................................................................................................50 Aparelho de protração mandibular (apm) iv..............................................................................................................................52 Instalação do apm iv........................................................................................................................................................56 Dobras de compensação...........................................................................................................................................................70 Dobra de extrusão............................................................................................................................................................70 Dobra de intrusão.............................................................................................................................................................74 Dobra em “Z”....................................................................................................................................................................76 Torque individual.......................................................................................................................................................................80 Torque anterior..........................................................................................................................................................................84 Torque lingual posterior progressivo para descruzar a mordida posterior .................................................................................88 Garrote sobre a face oclusal dos dentes posteriores para tratamento da mordida aberta.........................................................92 Garrote sobre a face oclusal dos dentes posteriores adaptado a aparelho removível inferior, para tratamento da mordida aberta...........................................................................................................................................98 Barra transpalatina..................................................................................................................................................................102 Barra transpalatina ativada para rotação dos primeiros molares....................................................................................106 Barra transpalatina para ancoragem...............................................................................................................................110 Barra transpalatina para tracionamento de caninos.......................................................................................................112 Cantiléver para tracionamento de caninos inclusos localizados por palatino..........................................................................116 Barra transpalatina modificada para a palatinização de segundos molares superiores vestibularizados.................................122 Acessório para vestibularizar segundos molares inferiores telescópicos.................................................................................126 Acessório para verticalizar segundos molares inferiores impactados na face distal dos primeiros molares............................130 Cantiléver para verticalizar segundos molares inclinados mesialmente devido à extração dos primeiros molares inferiores.............................................................................................................................................134 Cantiléver com tubo cruzado para verticalizar segundos molares inclinados mesialmente devido à extração dos primeiros molares inferiores.............................................................................................................................................140


Cantiléver para verticalizar segundos molares superiores inclinados mesialmente.................................................................144 Ganchos bola voltados para oclusal na distal dos caninos superiores, para potencializar o efeito do elástico de Classe II................................................................................................................................................148 Arco com seis ganchos bola para fechamento de mordida aberta anterior..............................................................................154 Batente anterior removível com base de acetato......................................................................................................................158 Braço de força para angular caninos superiores e inferiores....................................................................................................164 Braço de força para convergir raízes de incisivos.....................................................................................................................168 Pinça clínica modificada para colagem de tubos e braquetes..................................................................................................170 Anguladores.............................................................................................................................................................................172 Sonda milimetrada de Periodontia para ajudar a verificar o longo eixo dos dentes, para o posicionamento de braquetes.......................................................................................................................................174 Acessório para encaixar um elástico no tubo para barra transpalatina....................................................................................176 Elástico em “S” para descruzar dentes posteriores..................................................................................................................178 Tubo soldado em tela malha....................................................................................................................................................180 Cursor para distalização de molares superiores......................................................................................................................182 Mecânica de retração com elástico em cadeia.........................................................................................................................190 Arco de retração com alças de Bull ativadas por ganchos de pressão afastados......................................................................194 Arco de retração por deslize com ganchos bola.......................................................................................................................202 Duplo fio para alinhar dentes fora da arcada............................................................................................................................204 Duplo fio para tracionamento de caninos................................................................................................................................208 Mecânicas de rotação de caninos inferiores e primeiros pré-molares inferiores......................................................................212 Rotação com fio de silicone.....................................................................................................................................................216 Métodos auxiliares de alinhamento..........................................................................................................................................220 Elástico em cadeia..........................................................................................................................................................220 Fio de silicone amarrado ao braquete.............................................................................................................................220 Elástico de látex..............................................................................................................................................................224 Fio de silicone da face lingual ao arco.............................................................................................................................224 Amarrilho metálico..........................................................................................................................................................226 Elástico em cadeia..........................................................................................................................................................226 Contenções fixas.....................................................................................................................................................................229 Barra lingual higiênica colada de segundo pré-molar a segundo pré-molar inferior.........................................................230 Contenção higiênica para diastemas interincisivos superiores.......................................................................................234 Contenção higiênica colada nos dois caninos.................................................................................................................236 Barra lingual direta colada nos dois caninos...................................................................................................................238 Colocação das ligaduras elásticas...........................................................................................................................................240 Pinça porta agulhas modificada para a colocação de ligadura elástica em “X”.........................................................................242 Conjugado de molar a molar....................................................................................................................................................246


Prefácio

A luminária, que ilustra a capa deste livro, nos remete a momentos especiais de leituras científicas, do cotidiano e da imersão sublime nos romances. A luz deve ter um foco preciso e perfeito. A base que a sustenta necessita de peso proporcional ao volume de sua estrutura. Suas articulações geométricas darão o equilíbrio necessário ao posicionamento ideal de seu foco de luz. Sempre me fascinaram, as luminárias, principalmente as de chão. A tensigridade necessária para lhes dar estabilidade deve ser a mesma que buscamos após o movimento dentário induzido. Os braços de força, as alavancas, a força produzida, toda geometria necessária para a movimentação dentária e a estabilidade final, com mínimo custo biológico. Buscamos esse ideal de Ortodontia há muito. De tempos em tempos, aparece alguém nos ensinando como fazer de maneira simples, direta e objetiva. Assim este livro foi concebido e caprichosamente produzido, de maneira clara e focado na mecânica do dia a dia e da prática ortodôntica. Dr. Marden, além de talentoso professor, é exímio ortodontista, especialidade que exerce desde 1989. Suas aulas são especiais por unirem, simultaneamente, conteúdo científico e demonstrações práticas. Caro amigo Marden, desejo — não como editor, e sim como ortodontista — que esse não seja seu último livro. Sucesso! Ao ler as dicas desse livro, muitos dirão: “Como não pensei nisso antes?”.

Prof. Dr. Laurindo Zanco Furquim Professor de Ortodontia do Departamento de Odontologia da Universidade Estadual de Maringá (UEM).


Apresentação

Este trabalho descreve, passo a passo, dicas clínicas para resolver problemas comuns na prática ortodôntica, e não tem a pretensão de descrever profundamente cada um dos temas abordados. Ele é o resultado de mais de 22 anos de prática clínica associada a mais de 18 anos de ensino da Ortodontia. Provavelmente existem outras formas de se executar as ideias descritas, e nossa intenção é estimular o raciocínio dos colegas para que desenvolvam suas próprias soluções para os desafios dessa maravilhosa profissão — em que cada caso é diferente e particular. Boa leitura!

Marden Oliveira Bastos


Dicas para otimizar a Ortodontia


20 Dicas para otimizar a Ortodontia

ARCO ACESSÓRIO DE INTRUSÃO Um dos problemas frequentes no consultório é a mordida profunda. Normalmente, esse problema pode ser resolvido com curvas de compensação tipo “curve up” no arco superior e “curve down” no inferior. Porém, às vezes, só essa mecânica não é suficiente, demandando um incremento de força para a intrusão dos incisivos e correção dessa má oclusão. Uma das formas de se obter esse incremento de força é com o uso dos arcos acessórios. Um deles pode ser feito com um arco de aço 0,017” x 0,025” com dois loops na mesial dos primeiros molares, que têm a função de diminuir o coeficiente de carga e deflexão do fio, bem como servir de stop para limitar o perímetro desse arco e ajustá-lo de forma a não machucar a gengiva, nem o lábio ou a bochecha. Após a confecção dos loops justos aos tubos, terminamos com um ângulo caudal cervical de aproximadamente 45º, de forma que — quando inserido nos tubos acessórios dos primeiros molares — ficará no nível do fundo de saco do vestíbulo na região anterior. Após inserido o arco acessório no tubo acessório do primeiro molar superior, fazemos duas dobras cadeado para travar a distal do arco e amarramos esse arco, com ligadura metálica 0,030”, ao arco principal (que deve estar conjugado de molar a molar para evitar a vestibularização dos incisivos e a abertura de espaços). Essa vestibularização é inevitável, uma vez que uma curva, quando retificada, ocupa mais espaço no sentido posteroanterior; mas podemos minimizar esse efeito pela limitação do perímetro do arco principal usando ômegas amarrados, dobras cadeado ou conjugando-o de molar a molar.

1. Vista lateral direita da mordida profunda com arco já nivelado, montado até segundo molar e conjugado de molar a molar por cima do arco principal. 2. Vista frontal da mordida profunda. 3. Vista lateral esquerda da mordida profunda. 4. Fio de aço 0,017” x 0,025”. 5. Marcar o arco na entrada do tubo dos primeiros molares. 6. Marcar o arco na entrada dos tubos dos molares, dos dois lados. 7. Alicate 350 para loop ômega. 8. Alicate na marca da entrada dos tubos. 9. Alicate 350 com centro exatamente sobre a marca da entrada dos tubos dos molares. 10. Dobrar um loop com auxílio do alicate 350. 11. Passar a extremidade do fio por dentro do arco para que, ao final da dobra, o loop fique para vestibular em relação ao tubo do molar. 12. Loop quase completo. 13. Loop completo terminando em 45º para cervical. 14. Alicate 350 na marca da entrada do tubo do lado oposto. 15. Passar a extremidade do arco por dentro.


21 Dicas para otimizar a Ortodontia

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15


22 Dicas para otimizar a Ortodontia

DICA: Se o segundo molar não estiver presente ou não for possível montá-lo para ancorar o primeiro molar — evitando a inclinação de sua coroa para distal —, dobramos o arco principal para oclusal, no segmento que vai no tubo do primeiro molar, assim anulando o momento de força de rotação da ancoragem.

16. Loop quase completo. 17. Loop completo. 18. Arco acessório de intrusão pronto. 19. Com arco pronto, fazer revenido. 20. Posição do arco. 21. Arco acessório de intrusão inserido no tubo acessório do lado direito. 22. Arco acessório inserido no tubo acessório do lado esquerdo. 23. Amarrar o arco acessório ao arco principal, com ligadura metálica 0,030”, entre lateral e canino. 24. Amarrar bilateralmente o arco acessório de intrusão ao arco principal. 25. Apertar até que o arco acessório de intrusão toque os braquetes anteriores. 26. Vista lateral direita do arco acessório de intrusão posicionado e ativado. Notar a dobra cadeado na distal do tubo do primeiro molar, para estabilizá-lo. 27. Vista lateral esquerda do arco acessório de intrusão posicionado e ativado. 28. Vista frontal da mecânica de intrusão com arco acessório. 29. Vista lateral direita da sobremordida resolvida. 30. Vista lateral esquerda da sobremordida resolvida. 31. Vista frontal da sobremordida resolvida.


23 Dicas para otimizar a Ortodontia

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31


24 Dicas para otimizar a Ortodontia

Caso clínico Paciente do sexo masculino com 14 anos de idade, Padrão I, Classe 1 de Angle, portador de sobremordida profunda e diastemas anteriores. Após alinhamento e nivelamento — com arcos NiTi 0,016” por 4 meses, NiTi 0,016” x 0,022” por 3 meses, arco de aço 0,017” x 0,025” —, fechamento dos espaços com elásticos em cadeia e posterior uso do arco acessório de intrusão. O tratamento durou 23 meses, terminando em setembro de 2005, apresentando-se estável até a presente data.

32. Fotografia intrabucal lateral direita de caso de mordida profunda. 33. Fotografia intrabucal frontal de caso de mordida profunda. 34. Fotografia intrabucal lateral esquerda de caso de mordida profunda. 35. Fotografia intrabucal lateral direita com arco acessório de intrusão inserido nos tubos acessórios. 36. Fotografia intrabucal frontal com arco acessório de intrusão inserido nos tubos acessórios. 37. Fotografia intrabucal lateral esquerda com arco acessório de intrusão inserido nos tubos acessórios. 38. Detalhe da ativação do arco acessório, com amarrilho metálico entre os incisivos central e lateral. 39. Detalhe da ativação do arco acessório. 40. Fotografia intrabucal lateral direita com arco acessório de intrusão ativado. 41. Fotografia intrabucal frontal com arco acessório de intrusão ativado. 42. Fotografia intrabucal lateral esquerda com arco acessório de intrusão ativado. 43. Fotografia intrabucal lateral direita da sobremordida tratada. 44. Fotografia intrabucal frontal da sobremordida tratada. 45. Fotografia intrabucal lateral esquerda da sobremordida tratada.



Dicas para otimizar a Ortodontia