Page 1

Atos hoje Semanário da Igreja Batista da Lagoinha    ANO 44    Edição nº 23    6/6/2010     http://www.lagoinha.com Foto: Junio Amaro

Orientações para o trânsito ao redor da Igreja da Lagoinha Conheça os estacionamentos e vias de trânsito em torno da lagoinha e fique atento! Não estacione em esquinas e portas de garagem! mais informações, páginas 10 e 11.


2  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

Edição # 23 Foto: Junio Amaro

Venha celebrar a Ceia do Senhor! Hoje, 6/6: 6h e 8h, no Tabernáculo; 9h, no Templo e no Salão Ágape, e às 13h no Templo. No próximo domingo: 13h e 18h, no Templo; 18h, no Tabernáculo.

Batismos Estamos muito alegres por estes irmãos que foram batizados em nossa igreja na última semana!

Ailson Wágner de Alencar Silva, Alessandra Fátima de Faria, Alexandre Leôncio Neto de Souza, Aline Mateus de Souza, Aline Rafaela Ferreira da Silva, Amélia Banhos dos Santos Lacerda, Ana Cristina Rodrigues de Almeida, Ana Maria de Almeida Rodrigues, Ana Paula de Jesus Evangelista de Souza, Andréa de Oliveira Alves, Antônio Carlos Mendes, Bruno Henrique de Oliveira, Bruno Rozendo Pereira da Silva, Carlos Roberto Martins, Carlos Wendel Marinho da Silva, Claudiomar Moreira Alves, Clessiane Assis de Oliveira, Daiane Alves Dias, Danielle Cristina Ferreira Rocha, Danielle Karina Nicolau, Eliane Santana do Carmo, Fabiano Camilo de Oliveira, Francisco de Paulo Santos, Frank Jonathan Santos de Souza Moura, Geovane Fernandes de Almeida, Gláucia Taline Rodrigues de Almeida, Henrique Santos Pinto de Souza, Humberto Henrique da Silva Lima, Iara Alves de Oliveira, Itamar Júnior Alves dos Santos, Janaina Soares de Oliveira, Joel de Sousa, Joelma Banhos de Sousa, Júlio César Barroso Martins, Karen Gonçalves Serra, Kelly Cristina Santos de Oliveira, Laísa Possy Costa Kwok, Layara Fernanda dos Santos Silva, Leonardo Christian Araújo de Souza, Luciana Glória de Freitas, Luiz Carlos Amâncio, Luiz Carlos Lopes, Luiz Gustavo Lopes de Oliveira, Luiz Henrique Mateus de Souza, Marta Nunes Figueiredo, Mateus Teixeira Castro, Matheus Allef Cruz, Michael Douglas Oliveira Mendes, Natália Concesso Pereira, Nelci Bazílio dos Santos, Odete Soares Almeida, Pablo Michel Moreira da Silva, Paulo Henrique Souza Silva, Pedro Henrique Duarte Batista, Roberta Monteiro Ferreira, Romana Fernanda Ferreira da Silva, Ronaldo Gomes de Oliveira, Rosilene Pedro da Silva, Rosineide Rodrigues da Silva, Sérgio Faria Moreira, Sidelice Gonçalves Cruz, Thiago Henrique Moreira de Oliveira, Vander da Silva, Vanuza Maria Eleoterio, Warley Basílio de Souza, Wellington Rosa Faria e Wesley Ferraz Dutra.

Rumo aos 10% da nossa Capital para o Senhor! “Não te precipites com a tua boca, nem o teu coração se apresse em pronunciar palavra alguma diante de Deus; [...] Portanto, sejam poucas as tuas palavras.” (Ec 5.2.)

ALELUIAS! pela bondade do Senhor, hoje somos:

42.717

membros na lagoinha

Transferências Alegres estamos, pois recebemos por transferência os preciosos irmãos:

Casamentos

Falecimentos

Albert Einstein Medeiros da Silva, Anderson Marcelino Braga, Andréia de Fátima Nunes Rodrigues, Breno Leonardo da Silva Bruno, Bruna de Faria, Bruna Rosa do Carmo, Denison Vieira Pimenta, Fabiana Ferreira Dias, Fátima Aparecida Ferraz de Carvalho, Fernanda Bittarães Magalhães Saff, Flávia Brasil de Sousa Braga, Gislane do Carmo Machado dos Reis, Isabela Ferreira Rodrigues, Izabella de Assis Lopes, Jefferson Luiz de Souza Reis, Joel Ângelo Barros de Oliveira, Josiane Ferreira da Silva Medeiros, Laurenice Edméia Barbosa Martins, Letícia Duarte Miranda dos Santos, Lucira Alves Linhares, Márcia Aparecida dos Santos, Márcia Reynaud Morais, Maria Aparecida da Silva O. dos Anjos, Maria Aparecida Soares dos Santos, Marilene Silva dos Santos, Orenilson Castilho, Patrícia Vidal da Silva, Paulo Sérgio de Oliveira Alves, Raquel Andhara dos Santos Carvalho, Rosemary Biajo Medeiros, Rywerthon Jorge Saff Júnior, Selma Aparecida Gonçalves de Carvalho, Silvana Maria de Castro, Sintique Sara Silva Santos, Sofia Teixeira Sarantopoulos, Tatiana Meireles Mendes, Vanessa dos Santos Cândido Reis, Vanilda Lourdes Lisboa, Vilma Barreiros Quirino da Cruz, Wagner Eustáquio da Cruz e Wigesler Dias dos Santos.

Nesta sexta-feira, 11/6, às 21h, no Tabernáculo, Fernando Antônio Silva de Carvalho & Cristiane Sousa de Freitas. Neste sábado, 12/6, às 17h, no Sítio/Pampulha, Carlos Alberto de Oliveira Filhos & Adriana Pereira Constantino. Às 17h, no Espaço Muriel, Adriano Alves Ribeiro & Danielle Oliveira de Almeida. Às 18h30, no CEU, Danilo da Silva & Márcia Roberta. Às 19h, na Igreja Fonte de Águas Vivas, Rodrigo Bezerra da Silva & Luciana Moreira Souza de Carvalho. Às 19h30, no Sítio Sítio Flamboyant, Cristiano da Silva & Valéria Wenceslau. Também às 19h30, na Igreja Batista da Graça, Welfany Rodrigues Garcia & Cristiane Furtado Matta. Às 20h, no Salão Ágape, Samuel da Cruz Gonçalves Pinto & Kênia Medeiros dos Santos. Às 20h30, no Salão Extravagância, Marcos Rodrigo de Assis & Gilmara Santos Cassilias. Às 21h, no CEU, Deisson Ferreira da Silva & Débora Gabrielle Nunes Santos. Amados casais, recebam os votos de felicidade de cada ovelha da Lagoinha!

Aprouve ao Senhor chamar para si no dia 13/5, a amada irmã Rosa Quadros de Jesus Ambrósio, do Núcleo de Células São Joaquim. No dia 15/5, o amado irmão Agenor da Silva. No dia 25/5, a preciosa Cibeli Beneditti Resende, do Núcleo de Células de Divinópolis. No dia 31/5, a querida Aline Jennifer de Jesus, do Núcleo de Células do Justinópolis. Que o Espírito Santo console os familiares e amigos!

ATENÇÃO: Se você deseja se batizar, é preciso participar do curso realizado no Salão Esperança, nas dependências da igreja. Para se transferir, é preciso fazer o Curso de Transferência realizado às quartas-feiras, às 19h30, na Central das Redes, à rua Manoel Macedo, 1.324, e aos domingos, na Casa Rosada, à rua Beberibe, 133. Não é preciso fazer inscrição para os cursos. Basta escolher o dia e horário e se dirigir ao local. Em caso de dúvidas, entre em contato: (31) 3429-9500, ramais 527/227, fale com Beatriz ou Cíntia. Se você deseja atualizar seus dados – estado civil, endereço, telefones e outros – entre em contato com a Secretaria de Membros, à rua Manoel Macedo, 1.324, sala 4, ou pelo telefone: (31) 3429-9500, ramais 527/227 – falar com Beatriz ou Cíntia. Fax: 3421-1598. Também por e-mail: secretariademembros@gmail.com ou secretaria. membros@lagoinha.com

Caso deseje anunciar o seu casamento, fale com a Pra. Madalena ou Alexandre. (31) 3429-9400.

Nascimentos Chegou como herança do Senhor no dia 15/5, a princesa Ana Beatriz Pereira Alves, para os pais, Patrícia Pereira Alves e Reinaldo Alves de Jesus. Toda a igreja da Lagoinha parabeniza o casal pela chegada do bebê! Se você deseja anunciar o nascimento de seu filho, ligue para Vanessa Freitas: (31) 3429-9457.

Ligue e dê uma palavra de consolo aos familiares: Pr. Fernando Perdigão: (31) 8464-4735 – (Contato com a família de Cibeli Beneditti). Sra. Joana da Silva e Sr. Wagner: (31) 8682.6768 – (Esposa e filho do Sr. Agenor). Sra. Eliene: (31) 9176-3076 – (Mãe de Aline de Jesus). Se você deseja anunciar o falecimento de um ente querido, ligue para Vanessa Freitas: (31) 34299457.

Homossexuais Deus tem um plano para sua vida Ligue: (31) 8402-1856.


Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   3

Edição # 23

Para repensar

“Seu maior perigo...” Leia o texto e saiba como se consolidar como um crente maduro e genuinamente convertido Foto: Junio Amaro

Um tempo atrás eu estava um pouco decepcionado com o nível de consolidação dos novos convertidos em nossa igreja. Milhares de pessoas se convertem todos os anos em nossa igreja, mas a menor parte realmente se firma. Posso dizer, sem nenhum orgulho, que somos a igreja que mais produz desviados que eu conheço. Sei que uma parte do problema está em nosso trabalho de consolidação. Certamente não temos feito um acompanhamento apropriado de cada novo convertido. Mas isso não explica tudo. Existe ainda outra parte do problema que está na maneira como evangelizamos. Percebi que as pessoas têm sido atraídas para a igreja com uma mensagem de melhoria da qualidade de vida. O evangelho que pregamos tem sido algo como: “Jesus Cristo vai te dar paz, alegria, amor, realização pessoal e felicidade”. Na verdade, fazemos o que se tronou padrão em nosso tempo; mas, nos dias dos apóstolos, os pecadores eram trazidos à

salvação porque eram convencidos do pecado. O Espírito Santo sempre nos guia no caminho que devemos seguir e, justamente nesse tempo, o pastor Abe Huber contou-me uma ilustração que me abriu os olhos completamente para o problema. Essa ilustração foi primeiramente usada por Ray Comfort, e gostaria de resumir aqui o seu pensamento, que entendo que deve ser a base de nosso evangelismo. “Dois homens estão em um avião. Ao primeiro é dado um paraquedas e ele é orientado a colocá-lo, pois o equipamento melhoraria a qualidade do seu voo. Ele fica um tanto cético no inicio porque não consegue perceber como o fato de usar um paraquedas em um avião poderia melhorar a qualidade de seu voo. Porém, depois de certo tempo, ele decide experimentar para ver se o que lhe havia sido dito era mesmo verdade. Então, quando ele coloca o paraquedas, nota o peso sobre seus ombros e descobre que tem dificuldade para sentar-se

direito. Mesmo assim, não tira de imediato, pois se consola com o fato de lhe ter sido dito que o paraquedas melhoraria o seu voo. Assim, decide dar um tempinho para ver se a tal coisa funciona mesmo. Enquanto espera, percebe que alguns dos outros passageiros estão rindo dele, pelo fato de ele estar usando um paraquedas em pleno voo. Ele começa a sentir-se um pouco humilhado. Quando os outros passageiros começam a apontar e rir dele, ele não aguenta mais! Então, encolhe-se em sua poltrona e arranca o equipamento, jogando-o ao chão. Desilusão e amargura preenchem o seu coração, pois, pelo que parece, contaram-lhe uma grande mentira! O segundo homem também recebe um paraquedas, mas escutem só o que lhe é dito: ‘Coloque este paraquedas, pois a qualquer momento você terá que saltar deste avião e nós estamos a 25 mil pés de altura’. Ele fica muito agradecido e coloca logo o paraquedas. Nem percebe o peso do objeto sobre seus ombros, muito menos se

incomoda com o fato de que não consegue sentar-se direito, pois sua mente está consumida pelo pensamento do que aconteceria se saltasse sem o paraquedas. Vamos analisar o motivo e o resultado da experiência de cada um dos passageiros. O motivo do primeiro homem colocar o paraquedas foi apenas para melhorar a qualidade de sua viagem. O resultado da experiência foi que ele se sentiu envergonhado diante dos outros passageiros, ficou desiludido e bastante amargurado em relação àqueles que lhe deram o paraquedas. Possivelmente, nunca mais vai aceitar uma coisa daquelas novamente. O segundo homem colocou o paraquedas simplesmente para escapar do salto para morte e, devido ao conhecimento do que aconteceria se saltasse despreparado, ele tem uma profunda alegria e paz no coração, pois sabe que será salvo de uma morte certa e terrível. Tal conhecimento dá-lhe a habilidade de suportar o escárnio dos outros passageiros. E sua atitude em relação a quem

lhe ofereceu o paraquedas é de profunda gratidão”. Essa história simples é uma ilustração daquilo que estamos fazendo quando evangelizamos. O que normalmente dizemos para as pessoas quando as evangelizamos? “Aceite o Senhor Jesus Cristo. Ele te dará amor, alegria, paz, realização pessoal e felicidade”. Em outras palavras, “Jesus melhorará a sua viagem”. Dessa maneira, o pecador responde ao apelo de um modo experimental e “coloca” o Senhor Jesus para ver se a “propaganda” é verdadeira. E o que vem sobre ele? Tentação, tribulação e perseguição. Os outros passageiros escarnecem dele. O que ele faz, então? Arranca o Senhor Jesus e lança fora. Ficou desiludido, pois prometeram-lhe paz, alegria, amor, realização e felicidade, e tudo o que conseguiu foram provações e humilhação. Então, ele passa a apontar sua amargura em direção àqueles que lhe deram as “boas novas”. Seu último estado é pior do que ►► o primeiro: tornou-se mais um


4  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

Foto: Luciano Buchacra

desviado inoculado contra o evangelho. O que quero dizer é que, em vez de pregar que Jesus melhora a qualidade do voo, nós deveríamos estar alertando os passageiros que eles terão que pular do avião. Em outras palavras, precisamos dizer “que está determinado ao homem morrer uma só vez, e que depois disso virá o julgamento” (Hb 9.27). Então, quando o pecador entender as horríveis consequências por quebrar a Lei de Deus, ele correrá para o Salvador a fim de escapar da ira vindoura. Se formos testemunhas verdadeira e fiéis, é isto que deveremos pregar: que existe uma ira vindoura; que Deus “ordena a todas as pessoas em todos os lugares que se arrependam” (At 17.30). Por que se arrepender? “Porque Ele estabeleceu um dia em que julgará o mundo com justiça” (v. 31). Não importa o quanto o pecador possa estar feliz, ou o quanto ele possa estar aproveitando “os prazeres passageiros do pecado” (Hb 11.25), sem a justiça de Cristo, ele perecerá no dia da ira. Paz, alegria e vida abundante são frutos da salvação, mas não é o melhor modo de evangelizar usar tais frutos como propaganda para a salvação. Se agirmos assim, os pecadores responderão à mensagem por um motivo impuro, desprovidos de arrependimento.

Você sabe por que o segundo passageiro tinha alegria e paz no coração? Porque ele sabia que o paraquedas ia salvá-lo da morte certa. E como crente, Paulo diz ter “alegria e paz em crer” (Rm 15.13), porque sabe que a justiça de Cristo o livrará da ira vindoura. Agora, com esses pensamentos em mente, vamos analisar com cuidado um incidente a bordo do avião. Aparece uma aeromoça novata. Ela carrega uma bandeja com café fervendo. É o seu primeiro dia de trabalho. Conforme ela vinha andando pelo corredor, tropeça e despeja café quente no colo do nosso segundo passageiro. Qual a reação dele ao sentir o líquido fervente queimar a sua pele? Será que ele arranca o paraquedas e o joga ao chão? Será que ele esbraveja, dizendo: “Droga de paraquedas!”? Não. Por que ele faria isso? Ele não colocou o paraquedas para melhorar a qualidade de seu voo. Ele colocou para salvá-lo da morte certa. Por isso, o incidente faz com que se agarre ainda com mais força ao paraquedas e mal consiga esperar a hora de saltar. Se “colocarmos” o Senhor Jesus pelo motivo correto, isto é, para escapar da ira vindoura, quando vier a tribulação, quando o voo ficar turbulento, nós não ficaremos com raiva de Deus nem perderemos nossa paz e alegria. Por que faríamos isso? Não aceitamos Jesus para melhorar nosso estilo de vida: nós o aceitamos para fugir da ira vindoura. Portanto, ao invés de nos desviar da fé, a tribulação conduz o verdadeiro crente para mais perto do Senhor. Infelizmente, temos multidões de pessoas que se professam cristãs, mas que perdem sua alegria e paz quando o voo fica turbulento. Por quê? Porque são produtos de um evangelho humanista. Esses crentes vêm a Jesus sem arrependimento, sem o qual não há salvação. As pessoas precisam se ver persuadidas antes de clamar por misericórdia; elas não fugirão do perigo até que o enxerguem. É mais ou menos como

Edição # 23 tentar salvar alguém de se afogar quando a pessoa não acredita estar se afosgando. Você a vê no lago e pensa: “Acho que ela está se afogando”. Aí, você pula na água e a arrasta até a areia sem dizer coisa alguma. Ela não ficará muito contente com você, pode ter certeza. Ela não vai querer ser salva até ver que está correndo perigo. Da mesma forma, os pecadores não fugirão da ira vindoura sem antes a enxergarem! Vamos imaginar outra situação. Você vem a mim e me diz: “Olha, isso aqui é a cura para mal de ‘Groaninzin’. Vendi minha casa para levantar o dinheiro e comprar esse remédio. Tome. É um presente para você”. Provavelmente eu reagiria assim: “O quê? Cura pra quê? Mal de Groaninzin? Você vendeu sua casa para levantar o dinheiro para comprar esse remédio? E está me dando de presente? Ora, muito obrigado, Tchau... Esse cara é louco”. Sabe, essa seria provavelmente a maneira como eu reagiria se você vendesse sua casa para comprar o remédio para me curar de uma doença da qual jamais ouvi falar. Ainda mais se viesse oferecêlo a mim gratuitamente – acharia você muito estranho. Mas, se ao invés disso você chegasse a mim e dissesse: “Olha, você está com o Mal de Groaninzin. Já consigo ver dez claros sintomas em sua pele. Você morrerá em duas semanas”. Eu me convenceria de que tenho a doença (já que os sintomas eram tão evidentes) e diria: “Oh! O que farei agora?” Nisso, você responderia: “Não se preocupe. Tenho aqui a cura para sua doença. Vendi minha casa para comprar este remédio. Tome. É um presente para você”. Nessa situação, eu não desprezaria seu sacrifício. Ao contrário, ficaria grato e tomaria posse dele. Por quê? Porque, ao enxergar a doença que me consumia, desejei a cura. O nosso problema é que temos pregado a cura sem primeiro convencermos da doença. Temos pregado o evangelho da graça sem primeiro convencer os pecadores da lei, ou seja, convencê-los que são transgressores. A graça só tem sentido quando falamos primeiro da Lei:

Depois de ouvir tudo isso, talvez você me diga: “Você não pode sair por aí condenando os pecadores!” A verdade, porém, é que eles já estão condenados. João 3.18 diz que aquele que não crê já está condenado. Só o que a lei faz é mostrar aos pecadores o seu verdadeiro estado. Você já percebeu como a luz do sol revela a poeira em uma sala? Depois de espanar poeira da mesa, abra as cortinas e deixe o sol da manhã entrar. O que vê sobre a mesa? Poeira! O que vê no ar? Poeira! Foi a luz que criou a poeira? Não, a luz meramente expôs a poeira. E quando você e eu decidimos abrir as cortinas (o véu) do Santo dos Santos e deixamos a luz da Lei de Deus brilhar sobre os corações dos pecadores, o que ocorre é que eles passam a se enxergar de maneira verdadeira. Por essa razão, Paulo disse que “pela lei vem o conhecimento do pecado” (Rm 3.20). Por isso ele disse que “pelo mandamento, o pecado se manifestou excessivamente maligno” (Rm 7.13). Em outras palavras, a lei o mostrou o pecado em sua verdadeira luz. Quando estivermos evangelizando, precisamos expor gradualmente a verdade do evangelho começando pelo entendimento da lei de Deus, do pecado e de suas consequências. Em João 4 podemos ver Jesus evangelizando a mulher samaritana. O Senhor começou no nível natural, mudou para o espiritual, trouxe a “convicção de pecado” usando o sétimo mandamento, e então Se revelou como o Messias. Assim, quando encontro alguém falo do clima, de esportes etc. Deixo que a pessoa perceba que sou um cara normal. Conto uma piada aqui, outra ali e, em seguida, deliberadamente mudo do nível natural para o nível espiritual. Uma boa ferramenta para você fazer isso é o panfleto da décima primeira questão. A décima primeira questão: O meu querido amigo pastor Giles Stevens fez o que eu considero uma das melhores ferramentas que conheço para o evangelismo. Justamente porque está baseada neste princípio: antes de mostrar a graça, fale da lei. Ele fez um folheto chamado “A décima primeira questão”. Ele usa os Dez Mandamentos para levar a pessoa a entender que é pecadora e necessita da graça de Deus. O folheto funciona como um teste espiritual. Vou descrever o processo em poucas palavras. Vamos imaginar que o estou aplicando em alguém. Eu começaria dizendo: “Sabe, o que estou fazendo é uma espécie de teste espiritual. Você gostaria de fazê-lo? Para isso usamos os Dez Mandamentos”. Se ele, de maneira negativa, disser: “Dez mandamentos? Muito obrigado”, então ele não está aberto. Mas a reação de costume é: “Dez Mandamentos... Puxa, muito interessante!” Então eu digo: “Ah, sim... acho que sim”.

Eu o convido: “Vamos dar uma olhadinha neles? Já contou alguma mentira em sua vida?” Ele diz: “Ah, sim... é... uma ou duas”. Eu pergunto: “O que isso faz de você?” Ele diz: “Um pecador”. Eu insisto: “Não, não. Especificamente, o que isso faz de você”. Ele responde: “Hei, cara, eu não sou mentiroso”. Eu pergunto: “Quantas mentiras você precisa contar para ser considerado mentiroso? Não é verdade que se você contar pelo menos uma mentira, isso já faz de você um mentiroso?” Ele diz: “É… acho que você está certo”. Eu pergunto: “Já roubou alguma coisa em sua vida? Mesmo algo de pouco valor?” Ele diz: “Não!” Então, digo: “Espere aí, você acabou de admitir que é um mentiroso”. E pergunto: “O que isso faz de você?” Ele diz: “Um ladrão”. Continuo dizendo: “Jesus disse que se você olhar para uma mulher e cobiçá-la, você comete adultério com ela em seu coração (Mt 5.28). Já fez isso?” Ele responde: “Já. Uma porção de vezes”. Eu respondo: “Então, por sua própria admissão, você é mentiroso, ladrão e adúltero de coração, e terá que enfrentar a Deus no Dia do Julgamento; e olha que nós apenas usamos três dos Dez Mandamentos. Há mais outros sete com os seus canhões apontados para você! Alguma vez você já usou o nome de Deus em vão?” “É… tenho tentado parar”. Então questiono: “Sabe o que você está fazendo? Em vez de usar uma palavra nojenta de cinco letras que começa com ‘m’ para expressar sua raiva, você está usando o nome de Deus em seu lugar. Isso se chama blasfêmia e a Bíblia diz que ‘De toda palavra frívola que alguém proferir, dela prestará contas no dia do julgamento’ (Mt 12.36); ‘O Senhor não terá por inocente aquele que tomar Seu nome em vão’ (Êx 20.7). A Bíblia também diz que, se você odeia alguém, você é um assassino (1Jo 3.15).” Depois de chegar ao décimo mandamento, ele terá uma série de maus adjetivos a acompanhá-lo. Então digo: “Se Deus o julgar por este padrão no Dia do Julgamento, você será inocente ou culpado?” Ele diz: “Culpado”. Nesse caso, digo assim: “E você acha que vai para o céu ou para o inferno?” E a resposta de costume é: “Para o céu”. Eu pergunto: “Por que acha isso? Seria por que você acha que, por Deus ser bom, Ele vai revelar os seus pecados?” Ele responde: “É isso aí. Ele vai revelar os meus pecados”. “Bem, tente isso em um tribunal. Imagine que você cometeu estupro, assassinato, tráfico de drogas – vários crimes graves. O juiz diz: ‘Você é culpado. Todas as provas estão aqui. Tem alguma coisa a dizer antes de eu proferir sua sentença?’ Você responde:‘Sim, Senhor Juiz. Gostaria de dizer que acredito que o Senhor é um bom homem e vai revelar meus crimes’. O juiz provavelmente diria: ‘Tem ►►


Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   5

Edição # 23

Data do casamento:_ _ _ _ _ _ _ / _ _ _ _ _ _ _ _ _ / _ _ _ _ _ _ Nome do cônjuge: ���������������������������������������������������� .

������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������ .

)

Número de Membro:_ _ _ _ _ ___ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _

(

������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������ .

Casado:

Nome completo:_ _ _ _ _ _ _ _ _ ___ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _

)

Data de nascimento: _ _ _ _ _ _ __ _ / __ _ _ _ _ _ /_ _ _ _ _ _ _ _ .

(

Para mais explicações, fale com o Pr. Ronaldo Moreira: (31) 8489-2698.

Solteiro:

Pr. Aluízio Antônio

Bairro_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _____ _ _ _ _ _.

Não vá se virar de maneira zelosa, mas sem conhecimento, e dizerlhe: “Por favor, coloque o paraquedas de Jesus Cristo. Ele te dará amor, alegria, paz, realização pessoal e felicidade sem fim. Você tem um vazio em seu coração que só Deus pode preencher. Se você tiver problemas no casamento, com drogas, álcool, só o que você precisa fazer é entregar o seu coração a Jesus”. Não. Se fizer isso, você estará dando a essa pessoa o motivo errado para o seu compromisso com Cristo. Em vez disso, avise sobre o salto. Só é preciso dizer: “Hei, está determinado às pessoas morrer uma só vez. Se você morrer com seus pecados, Deus será forçado a fazer-lhe justiça – e o julgamento do Senhor será completo. Assim, se você alguma vez cobiçou alguém sexualmente, praticou adultério em seu coração; se, alguma vez na vida, sentiu ódio por alguém, você matou a pessoa em seu coração. Jesus alertou que a justiça será completa – o punho cerrado da ira eterna virá sobre você (PLOFT!), transformando-o em pó! Deus abençoe!”

ATUALIZe OS SEUS DADOS. PREENCHA HOJE MESMO ESSE CANHOTO E deposite-o junto AOS dízimos e ofertas.

Endereço atual: _ _ _ _ _ _ _ _ _ ___ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Se não usarmos a Lei na proclamação do evangelho, encheremos nossas igrejas de falsos convertidos. John Wesley disse que a pregação de um evangelista deve ser 90% Lei e 10% Graça”

MEMBRO DA LAGOINHA:

Cep:_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ . Cidade: _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ Estado: ������������������������������������������������������������������������������������������������ .

Pregamos a Lei ou o Inferno? Não estou falando em pregar o fogo do inferno. Esse tipo de pregação produz convertidos cheios de medo, mas o uso da Lei de Deus produz convertidos cheios de lágrimas. Os primeiros vêm a Cristo porque querem escapar do fogo do inferno; mas, em seus corações, provalmente acham que Deus é duro e injusto, pois a Lei de Deus não foi usada para mostrar-lhes quão mal é o pecado. Não conseguem ver que merecem o inferno e, portanto, não entendem misericórdia ou graça. Assim, falta-lhes gratidão a Deus por Sua misericórdia. E gratidão é a motivação básica do evangelismo. Não haverá zelo para evangelizar no coração de um falso convertido. Quando primeiro falamos da Lei de Deus para os pecadores, eles vêm a Cristo sabendo que pecaram contra Deus, que os olhos do Senhor estão em todo lugar observando o bem e o mal; que Deus vê a escuridão como se fosse pura luz; que Deus tem visto os seus pensamentos. Se Deus, em sua Santidade, no dia da ira fizesse manifestos todos os pecados escondidos de seu coração, todas as suas atitudes feitas às escondidas, se Ele fizesse manifesta toda a evidência de sua culpa, Deus os tomaria por algo impuro e os lançaria no inferno, aplicando-lhes a justiça. A mim, me apraz fazer a Tua vontade, oh, meu Deus! Tua lei está escrita em meu coração. E, da mesma maneira, o homem que sabia que teria de saltar pela porta do avião e enfrentar as consequências por ir contra a Lei da Gravidade jamais tiraria o paraquedas, pois sua própria vida dependia dele. Assim também é todo aquele que chega ao Salvador sabendo que terá que deparar-se com Deus face a face no dia da ira: jamais desprezará a justiça de Deus em Cristo, pois sua própria vida depende disso. Deus nos deu dez grandes canhões nos Dez Mandamentos. Comece a alinhar e apontar os dez canhões da Lei de Deus. Pode ter certeza que os pecadores ficarão pálidos. Diante disso terão uma experiência de conversão genuína. Este tipo de convertido se tornará um ganhador de almas e um poderoso instrumento nas mãos de Deus.

Telefone: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ ___ _.Celular: _ _ _ _ _ _ ������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������ .

porta e enfrentar as consequências da Lei da Gravidade, ninguém conseguirá arrancar-lhe o paraquedas, pois sua vida depende disso. Agora, se olharmos à nossa volta, veremos vários passageiros aproveitando o voo. Eles estão desfrutando dos prazeres do pecado por algum tempo. Chegue a essas pessoas e diga: “Com licença. Você ouviu a ordem do comandante sobre a salvação? ‘Coloque o paraquedas de Jesus Cristo’”. A pessoa se vira para você e diz: “Ah! Eu não acho que seja isso que Deus está querendo dizer. Deus é amor. Além do mais, eu estou bem feliz assim como estou. Obrigado”.

������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������ .

consumindo seu organismo. Falo-lhe por Dez Minutos sobre essa terrível doença. Quanto tempo, então, você acha que eu terei que falar da cura? Não muito tempo. Então, quando você estiver tremendo depois de dez minutos, eu digo: “A propósito, eis a cura”. Você agarra o medicamento e o engole com vontade. Seu conhecimento da doença e de sua horrível consequência fez com que desejasse a cura. Charles Spurgeon disse: “Os homens não aceitarão a graça até tremerem diante de uma lei justa e santa”. Charles Finney disse que “Cada vez mais, a Lei deve preparar o caminho para o evangelho”. Disse ainda: “Negligenciar isso na instrução das almas certamente resultará em falsa esperança, na introdução de um padrão falso da experiência cristã, e encherá a igreja de falsos convertidos”. Nesse ponto podemos retornar àquela ilustração do passageiro no avião. Você está no avião, saboreando seu café, beliscando um biscoitinho e assistindo um filme. O voo está ótimo, muito agradável mesmo, quando, repentinamente, se ouve: “Aqui quem fala é o comandante. Tenho um comunicado a todos. Como a cauda desta aeronave acabou de partir-se, nós vamos cair. É uma queda de 25 mil pés. Há um paraquedas sob sua poltrona. Por gentileza, coloque-o agora. Obrigado por sua atenção e preferência”. Você diz: “O quê? 25mil pés!? Caramba, que felicidade estar de paraquedas!” Aí, você olha e vê o cara ao lado beliscando um biscoitinho, tomando um cafezinho e assistindo um filminho, e diz: “Com licença, você não ouviu o comandante? Coloque o paraquedas”. Ele vira para você e diz: “Ah, não acho que o comandante se expressou direito. Além do mais, estou muito feliz assim. Obrigado”. Agora, não vá se virar para ele de maneira sinceramente zelosa e dizer: “Oh, por favor, coloque o paraquedas. Será melhor que o seu filme”. Isso não faz sentido! Se quiser que ele coloque o equipamento e continue com ele, avise-o sobre o salto. Vire-se para ele e diga: “Com licença. Ignore o comandante se quiser, salte sem o paraquedas”. Ele diz: “Opa! Como é que você disse?” “Eu disse que você vai pular sem um paraquedas, ploft, no chão. Lei da Gravidade, lembra!?” “Puxa vida! Agora entendi. Obrigado mesmo!” E enquanto esse homem tiver o conhecimento de que terá que saltar pela

E-mail: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ ___ _ _ .Profissão: _ _

razão em relação a uma coisa: sou mesmo um bom homem e, por causa de minha bondade, me certificarei que a justiça seja feita. Por causa da minha bondade, vou me certificar de que você seja punido’. É exatamente isso que acontecerá com o pecador no dia do juízo.” Ora, com esse conhecimento, o pecador passa a ser capaz de compreender a mensagem. Ele agora tem a luz necessária para entender que seu pecado é primeiramente vertical – “pecou contra o céu” (Lc 15.21). Compreende que violou a lei de Deus, deixando-o irado, e que a ira de Deus permanece sobre ele (Jo 3.36). Agora o indivíduo pode ver que foi “pesado na balança” da justiça eterna e “foi achado em falta” (Dn 5.27). Então, ele entende a necessidade de um sacrifício. “Cristo nos redimiu da maldição da lei fazendo-se maldição por nós” (Gl 3.13). “Deus demonstrou Seu amor por nós, pois enquanto ainda éramos pecadores, Cristo morreu por nós” (Rm 5.8). Nós quebramos a lei. Cristo pagou a multa. É simples assim. E as pessoas se arrependerem e colocarem sua fé em Jesus, Deus cancelará os seus pecados para que no dia do julgamento, quando o processo for reaberto, Deus possa dizer: “Seu processo foi encerrado por falta de provas”. O lugar da Lei na pregação: Se não usarmos a lei na proclamação do evangelho, encheremos nossas igrejas de falsos convertidos. Pessoas com um coração cujo solo é pedregoso e que apenas inicialmente recebem a mensagem com alegria. John Wesley disse que a pregação de um evangelista deve ser 90% lei e 10% graça. Então, alguém pode questionar: “Por que 90% lei e 10% graça? Nós não pregamos o evangelho da graça? Será que não dava para ser pelo menos 50% para cada um?” Pense assim: Eu sou médico, você é o paciente. Você tem uma doença terminal. Eu tenho a cura, mas é absolutamente essencial que você esteja totalmente comprometido com a cura, pois, se não estiver 100% comprometido, não funcionará. Como devo lidar com essa situação? Provavelmente assim: “Venha cá. Sente-se. Tenho notícias muito sérias para lhe dar: Você tem uma doença terminal”. Você começa a tremer. Eu penso comigo mesmo: Ótimo. Ele está começando a perceber a seriedade da situação. Apresento gráficos, raios-X, mostro-lhe a doença


6  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

VISITANTE OU PARTICIPANTE, DESEJA SER UM MEMBRO DA IGREJA BATISTA DA LAGOINHA?

ENTÃO, PREENCHA HOJE MESMO ESTE CANHOTO E ENTREGUE AOS DIÁCONOS ou junto às suas ofertas

( ) Casado: ( )

Nome completo:_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ ����������������������������������������������������������������������������������������� .

Solteiro:

Igreja a que pertence: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ ����������������������������������������������������������������������������������������� .

Data de nascimento: _ _ _ _ _ _ __ /_ _ _ _ _ _ _ / _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Nome do cônjuge:. _ _ _ _ _ _ _ ___ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Endereço atual: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __

Cep:__ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _.

Telefone: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _.

Profissão:_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Bairro:_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Data do casamento:_ _ _ _ _ _ _ /__ ___ _ _ _ _ _ /_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Estado: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

E-mail:_ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Cidade: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Celular: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Classes de Transferência Segunda - 19h30 - Colégio Cristão/Sala 2 - Pr. Rodrigo Godoy. Terça - 20h - Salão Esperança - Pr. Walter, Pr. Jasmário e Pr. Marcelo. Quarta - 19h30 - Central as Redes/Sala 5 - Pr. Claúdio Barbosa. Sexta - 19h30 - Casa da Mocidade - Pr. Iani de Assis. Sábado - 18h30 -Salão Esperança - Pr. Iani de Assis. Domingo - 8h - Casa Rosada - Pra. Regina Estrella. Domingo - 8h30 - Colégio Cristão/Sala 8 - Pr. Cláudio Barbosa. Domingo - 16h - Colégio Cristão/Sala 5, 3º andar - Pr. Rodrigo Godoy. Informações: (31) 3421-4749, 3421-3659, falar com Carla Godoy.

Edição # 23

Deus: Excelência em solucionar “impossíveis” humanos! Leia a história de Bruno Marques, um exemplo de que “onde abundou o pecado, superabundou a graça” (Rom 5.20) Foto: Arquivo pessoal

ATOS deamor

Bruno e Reisla Marques, retrato de um casal surpreendido pelo amor de Deus por meio da vida dos pastores, Flávia Carolina e Fernando Lemos de Souza Perdigão

O testemunho de Bruno Marques, casado, mineiro de Itaúna, 27 anos, o filho mais novo de sua família, demonstra claramente o significado que existe no amor despendido entre os irmãos em Cristo. Para quem pensa que todas as possibilidades se esgotaram, que os recursos emocionais, espirituais e naturais já chegaram ao fim, a história do jovem empresário pode surpreender pela diversidade de problemas vividos ainda tão novo e principalmente pelo final feliz. Por meio do que Deus fez na vida dele, todos podem contemplar a soberania do Eterno, mestre dos imprevisíveis, doutor em operar milagres nas horas mais surpreendentes. Os vícios, os traumas e a escravidão da prostituição, instrumentos que o inimigo usa para sujeitar famílias, foram intensamente marcantes na trajetória de Bruno, mas a graça e o favor do Senhor mudaram o caminho e as possibilidades. Que essa história lhe inspire a acreditar na virada que Deus deseja fazer em sua vida! “Achava que tinha tido uma infância normal ou até boa demais! Mas hoje vejo que não era bem assim. Brincava bastante e tinha muitos amigos, mas um grande vazio existia dentro de mim e não havia percebido. Meu pai, um homem muito trabalhador, não tinha tempo para me levar ao parque ou há qualquer outro lugar. Ele só tinha tempo para o trabalho e consumo de bebidas alcoólicas! Não me lembro de ter visto meu pai conversando com minha mãe ou falando coisas boas, pelo contrário, não havia um dia sequer sem que ele a mal tratasse! Minha mãe, uma mulher muito religiosa, praticava o ato de benzer, e também aconselhava as pessoas em nossa casa. Com isso, não tínhamos liberdade. “Meu irmão, um rapaz muito dedica-

do que começou a trabalhar desde novo, tinha uma empresa de eventos na qual fui trabalhar como “Office-boy” (popularmente é o nome dado ao profissional encarregado de transportar documentos, realizar serviços diversos como os de banco, protocolos e entregas de correspondências). “Por meio desse trabalho convivi com todo tipo de pessoas, inclusive as famosas e influentes. Ali tive certeza que era mesmo o que queria para minha vida, trabalhar com eventos! “Lembro de uma frase que meu irmão me disse ‘que teria a mulher, a droga e as amizades que quisesse enquanto estivesse bem, mas quando estivesse mal, não teria ninguém para me ouvir’, na realidade, ele tinha toda razão. “Minha mãe sempre me aconselhava, sobretudo para não usar drogas. Aos 12 anos me envolvi com a prostituição, aos 15, veio a bebida e o cigarro! Vivia relacionamentos passageiros, em que banalizava os valores cristãos e desvalorizava às mulheres com quem me relacionava. No último relacionamento, anterior à minha conversão, fiz uma pessoa sofrer durante todo tempo em que estivemos juntos. Quando terminamos, ela me disse que seria um excelente homem para a próxima mulher que encontrasse! Não foi diferente. A partir daquele momento comecei a enxergar meus defeitos. “Sempre muito religioso, achava que era simples falar o nome de Deus e que ter a imagem de Jesus pregado à cruz era o suficiente. Mas, meu irmão sempre me falava de um Jesus vivo, que podia ouvilo, e me convidou para conhecê-lo no dia 28/12/2008, na Igreja Batista da Lagoinha, em BH. Estava em sua casa passando um final de semana e disse que não iria. Na época, morava com uma mulher, e ela

me disse que iria e que era para eu ir também. Pensei bem e acabei indo. Na Lagoinha conheci o único e verdadeiro Deus. “Voltei para Divinópolis e procurei por um núcleo da Lagoinha, através de um site de relacionamento. Então, conheci o pastor Fernando, muito dedicado à obra, um grande homem de Deus que me estendeu a mão, caminhou comigo. Muitas foram as vezes em que ia à igreja fumando, porém ele não desistiu de mim, me ajudou até contemplar a minha libertação dos vícios e o abandono das coisas erradas em minha vida, incluindo esse antigo relacionamento. Hoje, graças a Deus, sou uma nova criatura! Deus me deu um casamento abençoando, uma mulher sábia, a preciosa Reisla. Recomecei minha vida em Barão de Cocais, MG, onde trabalho com uma loja de açaí e tenho uma distribuidora. O Senhor faz o milagre por completo e também me honrou com minha primeira produção de evento gospel, em Santa Bárbara. “Estou à disposição para sempre servir ao Senhor na Lagoinha, mesmo não tendo, ainda, um núcleo aqui em Barão de Cocais. Louvo a Deus pela vida dos pastores, Fernando e Flávia, que tanto me ajudaram e amaram. E, mesmo distante fisicamente (a saudade é grande), eles me ligam, me alimentam espiritualmente e se preocupam comigo. Sou grato ao Senhor e Salvador da minha vida, Jesus Cristo, pela vida deles, e de toda família Lagoinha!” Bruno Marques

Adaptação: Thalita Daher thalitadaher@lagoinha.com Deseja saber mais sobre o testemunho do Bruno Marques ou compartilhar uma direção de Deus? Ligue para (31) 8633-3103 e fale diretamente com ele.


Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   7

Edição # 23

Para praticar

Foto: Reprodução Internet

Prática da espera Um texto reflexivo chamando à prática da espera em Deus, seja em qualquer momento e em qualquer circunstância...

Um dos maiores transtornos do homem é não saber nem querer esperar alguma coisa ou algum acontecimento desejado ou necessário. Assim como “a substância ainda informe” (Sl 139.16) gasta nove meses para se transformar em uma criancinha apta para sair do ventre materno e sobreviver fora dele, muitas de nossas carências não são nem podem ser satisfeitas imediatamente, ao toque de uma varinha de condão, como muitos querem. Jesus esperou 30 anos para iniciar seu ministério público (Mt 4.17; Lc 3.23), 3 dias para ressuscitar dentre os mortos

(Mt 16.21) e 40 dias para ser assunto aos céus (At 1.3). E ainda está esperando a hora para voltar em poder e muita glória (Mt 24.36). A difícil arte da espera: A espera nada mais é do que contar como um acontecimento prometido claramente por Deus através da sua Palavra revelada e corretamente interpretada. Consiste na preservação da esperança, seja qual for a circunstância, desde a posse pessoal da promessa até a sua realização total em período de tempo nem sempre conhecido, de pequena ou grande duração.

A prática da espera é difícil por causa da impaciência, por causa da pressa, por causa da ansiedade, por causa do imediatismo e por causa da curiosidade. É preciso aprender a lidar como todos esses elementos que tornam a espera dolorosa demais, senão impossível. Um erro é não esperar nada, outro é não saber esperar. O comportamento de espera: para evitar nervosismo, cansaço, sonolência, irritação, precipitação e outras atitudes desgastantes e desnecessárias, é preciso aprender a esperar. O caminho certo é esperar com... „„1. Confiança: “Esperei

confiantemente pelo Senhor, ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro.” (Sl 40.1.) „„2. Paciência: “E, assim, depois de esperar com paciência, obteve Abraão a promessa.” (Hb 6.15.) „„3. Tranquilidade: “Quando ouvi tudo isso, fiquei assustado, e os meus lábios tremiam de medo. Portanto, vou esperar, tranquilo, o dia em que Deus castigará aqueles que nos atacam.” (Hc 3.16, NTLH.) „„4. Ousadia:“Abraão, esperando contra a esperança [ou mesmo quando não havia motivo para ter esperança”, como está na NTLH, creu.”

(Rm 4.18.) As tentativas da espera: na prática de espera, uma tentação é deixar de esperar, abandonar a esperança, cansar-se de uma espera longa demais. Seria o caso do salmista: “Os meus olhos já estão cansados de procurar a realização da tua promessa” (Sl 119.82, BV). Outra tentação é o relaxamento da esperança e do comportamento. É o que se vê na conduta daquele servo que desanimou com a demora de seu senhor e começou “a espancar os criados e as criadas, a comer, a beber


8  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010 e a embriagar-se” (Lc 12.45). A terceira tentação da espera é o desespero. Foi isso que aconteceu a Saul com a demora de Samuel. Por ter entrado em pânico, Saul tentou resolver a questão de qualquer modo e assumiu a responsabilidade de providenciar ele mesmo o que estava nas mãos de outros (1Sm 13.8-15). Esperas comuns: a espera é muito mais frequente do que se pensa. E esta longa lista de espera envolve tanto o crente como o descrente. Paulo lidava com as mesmas esperas com as quais lidamos hoje: a espera de alguém (At 17.16; 1Co 16.10,11), a espera de notícias (1Ts 3.5), a espera de uma oportunidade para viajar (1Tm 3.14; Rm 15.23, 24) etc. Em certas circunstâncias, a espera é desgastante. Em uma de suas epístolas, Paulo confessa: “Já não me sendo possível continuar esperando, mandei indagar o estado da vossa fé, temendo o que o tentador vos provasse, e se tornasse inútil o nosso labor.” (1Ts 3.5.) Esperas muitos especiais: „„1. É preciso aprender a esperar o fim da “tempestade”, aqueles períodos nem sempre curtos de provação, de tentação, de enfermidade, de luta, de oposição, de “currais sem gado” e “campos sem mantimento” (Hc 3.17), e “vacas feias à vista e magras” (Gn 41.4). Tal espera tornase mais suportável quando alimentamos a certeza de que “ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã” (Sl 30.5). Ou quando em meio ao infortúnio, não perdemos a confiança de fé de Jó: “Eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra.” (Jó 19.25). É preciso esperar o “céu limpo” com ânimo e alegria no Senhor. No caso da tempestade propriamente dita, que caiu sobre o Mediterrâneo

Edição # 23

na altura de Creta e provocou o naufrágio do navio em que Paulo e outros 275 pessoas viajavam, a tormenta levou 14 dias sem sol nem estrelas (At 27.27-44).

A prática da espera é a arte de aguardar tranquilamente a hora de Deus, sem deixar de fazer o que é de nossa competência e sem fazer o que é da competência de Deus, deixando de lado toda impaciência e todo esmorecimento”

„„2. É preciso aprender a esperar a hora de Deus. Ele enfeixou (reuniu) em suas mãos os tempos e as épocas e exerce autoridade absoluta sobre eles (At 1.7). Jesus insistia frequentemente de que não seria morto nem antes nem depois da hora estabelecida por Deus (Jo 7.30; 8.20; 12.23; 27; 13.1; 16.32; 17.1). Segundo o Apocalipse, os quatro anjos preparados para exercer o juízo de Deus têm hora, dia, mês e ano para serem soltos (Ap 9.15). „„3. É preciso aprender a esperar e evolução dos acontecimentos. Todos os acontecimentos relacionados com a vida de José, por mais estranhos e injustos que pareçam, tinham ligação com os propósitos imediatos e posteriores de Deus para a vida dele e do povo eleito (Gn 45.5). Devemos entender essa sucessão harmoniosa

de acontecimentos como um “período de gravidez”, a gestação dos planos de Deus, independentemente de tudo. Deus está acima da história. „„4. É preciso aprender a esperar a resposta à oração. Isaque e Rebeca esperaram 20 anos para finalmente se tronarem pais de Esaú e Jacó em resposta à oração (Gn 25.19-26). Algumas de nossas orações só serão plenamente atendidas por ocasião da parusia (“Regresso glorioso de Cristo no final dos tempos, para o cumprimento do Juízo Final”). A atitude do salmista vem a calhar: “De manhã te apresento a minha oração e fico esperando.” (Sl 5.3.) „„5. É preciso aprender a esperar a direção do Senhor. Nem sempre a direção que parece lógica e certa coincide com a vontade de Deus para as nossas vidas. É preciso deixá-la de molho, isto é, temporariamente de parte, até a manifestação inequívoca do Senhor. Paulo queria continuar na Ásia, mas Deus o queria na Europa. Daí a atuação do Espírito impedindo a viagem para Bitínia e o apelo macedônio (At 16.6-10). „„6. É preciso aprender a esperar o desenvolvimento da salvação. A salvação é um processo em marcha porque diz respeito à liberdade iniciada (fomos salvos da penalidade do pecado), à libertação continuada (somos salvos do poder do pecado) e à libertação concluída (seremos salvos da presença do pecado). Estamos no tempo do meio da evolução soteriológica. „„7. É preciso aprender a esperar a morte. Há pessoas que estão doentes e “amarguradas de ânimo” (caso de Jó), que estão cansadas de tanto ver prosperar o mal (caso de Elias)

ou que estão ansiosos para estar com Cristo (caso de Paulo). Embora já não queiram viver (Jó 3.20-22; 1Rs 19.4; Fp 1.23), elas estão proibidas de provocar a provocar a morte. Esperas escatológicas: „„1. É preciso esperar a volta de Jesus. “Tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados, aos que o aguardem para a salvação” (Hb 9.28). Ele virá “com poder e muita alegria” (Mt 24.30) e “todo olho verá” (Ap 1.7), porém em dia e hora ninguém sabe (Mt 24.36). „„2. É preciso esperar a redenção do corpo, seja pela ressurreição, seja pela súbita transformação do corpo atual (1Co 15.50-58, 1Ts 4.13-18). Na verdade, agora, gememos em nosso íntimo, “aguardando [...] a redenção de nosso corpo” (Rm 8.23). „„3. É preciso esperar a glória total. “Os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós” (Rm 8.18). „„4. É preciso esperar novos céus e nova terra. Esta é uma das promessas de Deus (2Pe 3.13). Em sua visão na ilha de Patmos, João viu novo céu e nova terra, “pois o primeiro céu e a primeira terra passaram” (Ap 21.1). „„5. É preciso esperar a plenitude do reino de Deus. A oração duas vezes milenar “Venha o teu reino” (Mt 6.10) ainda não foi respondida na sua amplitude. Daí a espera daquele dia quando se dirá: “O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos.” (Ap 11.15.) Esperas indevidas: 1. Já não é preciso esperar a vinda do Messias. Este foi o erro da mulher samaritana

quando disse a Jesus: “eu sei [...] que há de vir o Messias, chamado Cristo” (Jo 4.25). 2. Já não é preciso esperar a efusão do Espírito. Tal derrame já se deu no dia de Pentecostes, pouco depois da ascensão de Jesus (At 2.1-4). 3. Já não é preciso esperar a proclamação do evangelho. Aplica-se a nós o que os quatro leprosos disseram na época de Eliseu: “Não fazemos bem; este dia é dia de boas novas, e nós nos calamos; se esperarmos até à luz da manhã, seremos tidos por culpados; agora, pois, vamos, e o anunciemos à casa do rei.” (2Rs 7.9.) Reflexão: 1. Você é capaz de esperar a evolução dos acontecimentos para descobrir com acerto o que Deus quer de você? 2. Como você se sente com a demora do cumprimento da promessa da volta de Jesus em poder e muita glória? 3. Quantos anos Jesus esperou para dar início a seu ministério público? Quantos dias esperou para ressuscitar de entre os mortos? Quantos dias esperou para ser assunto aos céus? 4. Quanto tempo você permaneceu no ventre de sua mãe? Quanto tempo você se alimentou com leite materno? Quanto tempo você gastou para chegar à adolescência? Quanto tempo você esperou para se formar e constituir família? 5. No seu entender, qual é maior tentação da espera?

Pr. Elben César

Ligue para a Pra. Madalena Silveira e aprenda mais sobre este tema: (31) 8445-1473.


Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   9

Edição # 23

OS GIDEÕES

segunda a sexta 17:30

A REDE SUPER É SHOW segunda 20:00, terça 21:30, quinta 20:30, sexta 21:00, sábado 21:00

PAPO DE ESPORTE segunda 21:00

BALAIO

segunda a sexta 22:00, 30 sábado 13:30 e domingo 20:

PROFETIZANDO VIDA

00

segunda a sexta 08:30 e 23:

CULTOS IBL

terça 20:00, domingo 10:00 e 18:00

SANTA GERAÇÃO sexta 20:30

DIANTE DO TRONO sexta 20:00

SEMPRE FELIZ

segunda a sexta 19:00

FAMÍLIA

domingo 14:00

SUPER SÔNIKA domingo 16:00

NIVEA SOARES quinta 20:00

TIO ULI E OS BONECOS

30

segunda a sexta 09:00 e 15:

NOITE & CIA

segunda a sexta 22:30

ais 23 NET, Sintonize a Rede Super: can internet no 24 OI, 19 UHF ou assista via site redesuper.com.br


10  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

Edição # 23

Orientações p ao redor da Igre

Conheça os estacionamentos e vias de trânsito em em esquinas e po


Edição # 23

Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   11

para o trânsito eja da Lagoinha

m torno da Lagoinha e fique atento! Não estacione ortas de garagem!

Legendas: – Estacionamento de automóveis

– Estacionamento de motocicletas e automóveis – Estacionamento de diáconos – Estacionamento de pastores

(Linha vermelha) – Proibido estacionar (Linha Verde) – Permitido estacionar (Seta dupla) – Sentido da via / mão dupla (Seta simples) – Sentido da via / mão única

Campanhas de Humanização - Capelania Águias de Cristo. Acesse: www.capelaniaaguiasdecristo.com e conheça outras campanhas sociais realizadas pela Capelania Águias de Cristo. Informações: Pr. Cláudio Boaventura – (31) 8402-5106. Dúvidas e informações sobre o trânsito ao redor da Lagoinha, ligue para a Segurança: (31) 3429-9458 ou fale com o Pr. Waldir Soares de Sousa Júnior, (31) 8452-0705.


12  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

Edição # 23

oportunidade

Parceria estendida

Em prol da empregabilidade, Lagoinha e CSAT/SINE optam pela continuidade do atendimento aos desempregados, possibilitando-lhes uma nova chance de trabalho Foto: Vanessa Freitas

“A vaga é sua. Você está contratado”. Quem não gostaria de ouvir algo assim, ainda no primeiro semestre desse ano, seja alguém que pela primeira vez está à procura de um emprego, ou quem há tempos vem buscando “o emprego dos seus sonhos” e ainda não o encontrou?! Pois bem! A oportunidade para quem se enquadra nos dois exemplos acima continua mais próxima do que se imagina. É que a Igreja Batista da Lagoinha e o CSAT/SINE Barro Preto optaram pela continuidade do projeto de dar oportunidade de cadastramento de currículo para quem esteve fora do mercado de trabalho – quer aqueles que nunca trabalharam ou ainda aqueles que um dia o fizeram, mas por um motivo ou outro, foram excluídos desse mercado. Desde o dia 21 de janeiro, data em que a Unidade Móvel de Atendimento se estabeleceu na igreja, foram atendidas mais de 800 pessoas, com mais de 400 delas já encaminhadas para uma vaga de emprego. Sem contar aquelas que tiveram a chance de dar entrada no seguro-desemprego e emitirem a carteira de trabalho. “Sabemos que centenas, milhares de pessoas recorrem à igreja porque perderam algo

“CSAT / SINE uma parceria que está dando certo, os resultados podem ser vistos pelos números”

na vida além do trabalho. E nesse sentido, essa é uma iniciativa inédita e ousada, diria. E a Igreja Batista da Lagoinha será essa ponte para essas pessoas”, afirma o pastor Paulo Ricardo, responsável pela iniciativa dessa “parceria” por assim dizer. Ele diz ainda: “Mais que apenas pela continuidade de uma chance de emprego e renda, o que focamos é o individuo como um todo. É por isso que sempre os convidamos para estarem conosco no Culto da Vitória, para que também tenham a oportunidade de uma vida totalmente transformada em Deus”, afirma. Ricardo Silva é Gerente de Rela-

cionamento do SINE e também pastor. Ele diz: “Creio que isso é a mão do Senhor. Representa muitas oportunidades para todos, visto que o SINE e a Igreja Batista da Lagoinha têm um trabalho belíssimo para com a sociedade.” Quem também se mostra satisfeito pela renovação por assim dizer dessa “aliança” é Rogério Fernandes, que há mais de vinte anos tem se colocado na posição de ser a “força do trabalhador”. Ele afirma: “Essa é mais uma pareceria que está dando certo. Os resultados podem ser visto nos números. E as parcerias são sempre um ganho para os

trabalhadores e essa com a Igreja Batista da Lagoinha não poderia ser diferente”. Rogério deixa ainda um recado para quem, há muito, tem sonhado por uma oportunidade de trabalho: “Não desanimem. Sigam em frente. Nós do CSAT/SINE Barro Preto e a Igreja Batista da Lagoinha estamos aqui para ajudá-los.” Diante de tudo o que foi dito acima, haveria coisa melhor que estar em 2010 com a alma restaurada e a carteira assinada? Fica finalmente a oração e o desejo de toda Igreja Batista da Lagoinha, bem como de toda a equipe do Atos Hoje para que logo logo, quem es-

tiver sem emprego, ocupe a vaga que já está reservada por Deus para cada um dos que O buscam acima de tudo e em primeiro lugar. Porque a garantia é certa: “[...] E as demais coisas vos serão acrescentadas”. A Unidade Móvel do CSAT/ SINE Barro Preto atende às quintas-feiras, no estacionamento em frente à igreja. E o Culto da Vitória, onde as pessoas podem pegar a sua senha, acontece de segunda a sábado, no Salão Esperança (anexo ao Templo), a partir das 9h (manhã). Às sextas-feiras, no Templo, a partir das 19h30, também com a Campanha de cura divina do corpo e da alma. Um AVISO FINAL IMPORTANTE: não esqueçam de levar sua carteira de trabalho, seu CPF e sua carteira de identidade. São documentos importantes para o cadastro e encaminhamento para a vaga de emprego. Marcelo Fereira

Para mais informações sobre o Culto da Vitória e acerca do atendimento do SINE, ligue para o Pr. Paulo Ricardo: (31) 84882789 ou por e-mail: pauloricardo@lagoinha.com


Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   13

Edição # 23

Foto: Arquivo pessoal

País da Semana - israel

Todo Corpo de Cristo precisa se integrar nesse momento, não podemos virar as costas para esse conflito. A unidade deve ser o pilar para a paz não só em Israel, mas no mundo.

Tudo que se diga a respeito do Estado de Israel remonta aos embates ideológicos, políticos, territoriais e religiosos, predominantes na região desde a emancipação do país no ano de 1948, após uma Guerra Civil. A descrição do Estado remete-se ao desenvolvimento, á economia próspera, sendo até considerado entre as maiores do mundo; ao fato de ser reconhecido como o mais avançado entre

as nações mais próximas em termos de mercado, competição econômica e visão empresarial regulamentada. Também ao pioneirismo na lista de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Oriente Médio, e contraditoriamente, ao cargo de protagonista dos maiores episódios de conflitos nessa área geográfica. Entre um vasto histórico de problemas, onde as raízes do conflito datam em

Localização: situado na margem oriental do Mar Mediterrâneo, divide fronteira com o Líbano ao norte, Síria e Jordânia ao leste e Egito no sudoeste. Capital: Jerusalém (não reconhecida pela ONU), Telaviv (Sede da maioria das embaixadas estrangeiras).

1897, com o primeiro encontro sionista onde os judeus retornariam a Terra Santa, de onde foram expulsos pelos romanos no século III d.C, encontram-se agravantes como um dos maiores entraves da questão, a duplicidade de Jerusalém, conferindo a Autoridade da Palestina e ao Estado de Israel, o título de capital. Essa ilustração passa pela sucessão de guerras e intifadas (levantes/revoltas) que resultaram e ainda geram números alarmantes de mortes, inclusive de crianças, e intensificam todas essas questões, em 2007, quando Israel impôs um bloqueio comercial e terrestre à Faixa de Gaza em resposta à tomada do território pelo Hamas. Isso, após um ano de violentos confrontos internos para os palestinos, entre as facções da Autoridade Nacional Palestina, Fatah e Hamas, na luta pelo controle de Gaza. Como Israel considera terrorista a organização política e militar, Hamas, com a contenção da de Gaza, a entrada de pessoas, comida, combustíveis e outros bens essenciais, inclusive ajuda humanitária, passou a ser totalmente controlado pelos israelenses. Até chocolates e jornais são mercadorias com entrada proibida na região. Não bastasse esse retrato deprimente da realidade em que vive Israel em relação a outros países do Oriente Médio, em função das razões listadas acima, desde o dia 31 do mês passado, uma nova problemática eclodiu no cenário mun-

Thalita Daher - thalitadaher@lagoinha.com Ligue para a Secretaria de Missões da nossa igreja: (31) 3429-9500, ramais 221 ou 226 – fale com Regina Soares.

Idioma: hebraico, árabe (oficiais), inglês. Religião: judaísmo 71,4%, islamismo 18,9%, cristianismo 2,9% (católicos 2,1%, outros 1,5% dupla filiação 0,7%), sem religião e ateísmo 5,8%, bahaísmo 0,2%, outras 0,8%.

Amazônia lagoinha em missões no brasil

dial. Um intenso ataque israelense à uma frota humanitária de ajuda à Faixa de Gaza, entre eles uma embarcação turca, resultou na morte de 9 turcos, dentre outras vítimas. Aliados estratégicos em contratos de armamento, trocas de informação e outras manobras conjuntas anteriormente, após o ataque o Estado perdeu o único “amigo” na região e ainda provocou uma vasta inquietação não só interna, mas em toda Comunidade Internacional. Oremos pelos desdobramentos desse ataque, para que tanto Israel, como a Turquia, e também, Palestina, Faixa de Gaza e tantos outros Estados, envolvidos direta ou indiretamente nessa história, vivam novos episódios transformados pela soberania, graça e favor de Deus. Para que tão logo, possam contemplar uma fase de paz e unidade, para que não sejam as denominações que predominem, mas que judeus, turcos e árabes recebam o único nome da marca do amor de Cristo vivificado em todos os povos.

Em missão à Amazônia, missionários carregam na bagagem profundas experiências e testemunhos do que Deus tem feito a esse povo. A indisponibilidade de comunicação, saudade de casa e privação de recursos não tem sido obstáculo para que esses irmãos levem o amor de Deus aos ribeirinhos. Acompanhe o testemunho do missionário Samuel Silveira, desde fevereiro desse ano na região

O missionário Samuel Silveira, recebendo o carinho dos pequenos ribeirinhos, exemplos de alegria e superação

“É com muita alegria que escrevo a todos vocês, irmãos, amigos, e cooperadores dessa grande Obra, que tem como objetivo principal levar o amor de Deus aos corações. Seja nas grandes cidades ou nos lugares mais inóspitos (difícil acesso) da face da Terra! Por, aqui ministramos aulas de violão aos ribeirinhos desde março. Além disso, nos estudos bíblicos e cultos Deus tem se manifestado de uma forma maravilhosa e tremenda no meio desse povo. O inimigo não está nem um pouco contente e tem feito de tudo para que as pessoas se desviem e voltem às suas práticas passadas. Alguns têm voltado com seus vícios quando se deparam com as dificuldades. Não os julgamos, pois sentimos na pele o que eles têm passado (falta de recursos, de comunicação e vários outros problemas), por isso os recebemos e os ajudamos a se levantarem de novo, sendo consolidados na Palavra de Deus. A Sabrina, Rose, seu esposo, Antônio Marcos, a Rita e eu passamos por enfermidades, mas. Deus nos abençoou e nada de grave aconteceu. Encontramos com a equipe que está na comunidade de Bararuá, foram momentos maravilhosos de renovo. Toda equipe se uniram como anjos

nos ajudando a passar por essa situação. - Pedidos de oração: Pela equipe missionária, para que as dificuldades, a saudade ou qualquer outra coisa não venha nos desanimar; pelas comunidades de Jacarezinho e Bararuá; pelas lideranças locais; pelos moradores das comunidades que são tentados a desistir todos os dias; pelos políticos; pela escola que funciona uma semana e para por três. Enfim, precisamos da colaboração de todos, para que essa obra não seja frustrada. Cremos que não será porque o Senhor está à frente de tudo. Que Ele toque em cada coração, levando-os a orarem por nós e contribuírem para a expansão do Reino de Deus. Contamos com cada um de vocês. Que o amor do Pai, a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, e a consolação do Espírito Santo estejam com todos vocês! Missionário Samuel Silveira

Thalita Daher - thalitadaher@ lagoinha.com


14  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

Edição # 23

Fotos: Reprodução internet

Encontro tremendo (misto) Entre os dias 11 e 13/6, com a Pra. Ana Lúcia e equipe, no Hotel Fazenda Gileade, Caetés (MG). Inscrições: na Central das Redes, à rua Manoel Macedo, 1.324 – São Cristóvão – fale com Cíntia ou Michael. Mais informações sobre o evento, ligue: (31) 84892512, 3429-1300 – fale com a Pra. Ana Lúcia.

Ministério Siloé (Deficientes Visuais) oferece um curso de informática para deficientes visuais, e para que este continue abençoando tantos irmãos, precisamos da sua cooperação. Doe computadores para otimizar esse trabalho. Mais informações: (31) 8485-1263, fale com a Pra. Maria Geralda. Ministério de Intercessão/Moriá Junho: Programa Escolhidos, de 15 a 20/6. Moriá, de 10 a 13/6; 24 a 27/6. Informações: (31) 3691-3875, 3641-5369, 3421-1169 ou 3423-3530 – fale com Samanta. Jusdei – Pastoral de Conciliação e Orientação Jurídica gratuita Áreas de atuação: Direito de Família, do Trabalho, do Consumidor, Criminal e Previdenciário. Voluntariado: seja um cooperador! O Ministério está aberto para profissionais cristãos de todas

PANORAMA

as áreas do conhecimento, inclusive advogados, dispostos a servirem a Deus e ao próximo. Informações: (31) 3449-6751 ou 8416-3427 – falar com Síssi. Atendimento com hora marcada, de segunda a sexta-feira, de 9h às 12h, à rua Araribá, 534 – São Cristóvão. Bazar Bom Samaritano Funcionamento: terça a sextafeira, de 13h30 às 18h, à rua Joazeiro, 51 – São Cristóvão. Atenção: No dia 9/6, o bazar Bom Samaritano funcionará de 9h às 18h, com liquidação para entrega da loja. Bazar Dorcas (Praça da Fonte) Funcionamento: de terça a sábado, de 18h às 21h. Aos domingos, de 8h30 às 13h e de 16h30 às 21h, à rua Manoel Macedo, 360 – São Cristóvão (Praça da Fonte). Informações: (31) 9989-0470, 8833-5189 ou 3424-4688 – fale com Conceição. Jesus no Coração da Cidade Esteja conosco toda sexta-feira, às 18h30, no

evangelismo à rua Rio de Janeiro, 441 – Praça Sete (coração da Cidade). Mais informações com o Pr. Adão Wesley – (31) 8312-0074. A Melhor Idade Alfabetização para idoso O Ministério da Melhor Idade, em parceria com a Secretaria da Educação, oferecerá curso de alfabetização para idosos na Casa de Honra, à rua Joazeiro, 20 – São Cristóvão. Os interessados devem fazer inscrições. Viagem O Ministério da Terceira Idade traz uma surpresa para você descansar, relaxar, se aproximar mais do Pai e desfrutar das belezas que Deus preparou para seus filhos: a viagem da Melhor Idade para Caldas Novas (GO)! Data: 1 a 5/8. Informações sobre o Melhor Idade: (31) 3421-6070 – fale com a Pra. Regina ou Jemima. Mulheres em Ação Gerando Vida Querida mulher grávida, você está convidada para

Precisa divulgar as atividades e/ou eventos do seu ministério no Atos Hoje? Envie um e-mail para Vanessa Freitas: atos@lagoinha.com

o próximo encontro de grávidas, dia 18/6, às 19h30, na Casa Rosada, à rua Beberibe, 133 – São Cristóvão. Informações: (31) 3429-1300 ou 8489-2899 – Pra. Danielle. Mulheres solteiras com filhos Quero conhecê-la e ajudá-la! Por favor, entre em contato comigo – Pra. Nair. (31) 84850531 ou deixe o seu recado na Casa Rosada: (31) 3429-1300. Convite: Você é a nossa convidada para se deliciar com um caldo no dia 14/6, às 19h30, na Casa Rosada, à rua Beberibe, 133 – São Cristóvão. Traga uma amiga como convidada! Casadas em Ação Encontro das mulheres casadas, dia 7/6, às 19h30, na Casa Rosada, à rua Beberibe, 133 – São Cristóvão. Informações: fale com Pra. Ana Lúcia (31) 8489-2512; Vanessa Rezende (31) 92240697 ou Marcília (31) 83323432 ou 3429-1300. Enquanto o noivo não

vem! Querida mulher solteira adulta, venha celebrar o primeiro aniversário do Ministério no evento “Caldos e Causos”. Será servido caldo e canjica no dia 26/6, às 18h. Adquira o seu convite na Casa Rosada, à rua Beberibe, 133 – São Cristóvão. Informações: (31) 3429-5218 – Pra. Ima (31) 8445-6040 – Pra. Imaculada ou (31) 8443-6806 ou Pra. Marlene (31) 3429-1300. Mulheres em Ação em festa! O trabalho desenvolvido com as mulheres separadas e divorciadas completará um ano de existência, por isso, você, mulher separada e divorciada, está convidada para comemorar o aniversário do Ministério no dia 19/6, às 18h, na Casa de Honra, à rua Joazeiro, 20 – São Cristóvão. Informações: (31) 3429-1300 ou 8457-6828 – fale com a Pra. Paoletti.

Nome completo:_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ . Nº de Membro ���������� . Endereço : _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ . Bairro:_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ ___ .Cep:_ _ _ _ _ _ _ .Cidade: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ . UF: _ _ _ Data de Nasc.: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ .

Telefone: _ _ _ _ .Tipo sanguíneo: _ _ _ _ _ _ _ _ . Já doou sangue? Sim _ _

/ Não _ _ . Peso (kg): _ _ _ _ _ _ .Observação: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _


Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   15

Edição # 23 Foto: Reprodução internet

Desperta Débora, Mães de joelhos, filhos de pé!

7º Encontro Nacional dos Gideões

Evento Desperta Débora: 10/06, às 14h, no Templo, com Regina Franklin. Regina Franklin estará no Brasil e ministrará sobre o tema:“Nossa verdadeira imagem no espelho de Deus”. Data: 10/6, às 14h30, no Templo da IBL. Informações: Pra. Patrícia: (31) 8332-9402, Casa Rosada: (31) 3429-1300.

Tema: “A conquista das nações através da oração e da adoração 24h”. Dias e horários: 2/7, às 14h, no Salão Esperança; às 19h, no Templo. Em 3/7, 8h às 21h30, no Templo. Informações: (31) 3429-1400 ou fax (31) 34291403. www.gideoes24h.com

lEIA A SUA BÍBLIA DURANTE A SEMANA E CONHEÇA OS ENSINAMENTOS DE DEUS

domINGO

6/6n

7/6n

SEGUNDA

TERÇA

8/6n

QUARTA

9/6n

10/6n

QUINTA

SEXTA

11/6n

SÁBADO

Provérbios

Provérbios

Provérbios

Provérbios

Eclesiastes

Eclesiastes

Eclesiastes

19 a 21

22 a 24

25 a 28

29 a 31

1a3

4a6

7a9

ITC (Instituto Técnico de cabelereiro) Informa: Inscrições abertas para curso de cabelereiro (INTENSIVO). Turno Manhã. Início do curso 7/6, término do curso 31/7. Inscrições abertas para curso de cabeleireiro (3 MESES). Turno tarde e noite. JIKI, informa: Inscrições abertas para o curso de limpeza de pele. Horário 14h às 17h, todas as quartas-feiras. Início do curso: 23/6. Horário 19h às 22h, todas as quintasfeiras. Início do curso: 24/6.

12/6n

Kay: início do curso: 23/6, de 19h às 22h. duração: 3 meses. Minicurso Mary Kay: Início do curso 26/6. Curso básico de cuidados com a pele e dicas de maquiagem. Horário de 10h às 12h. Promoção na Escola de Beleza Oásis Hidrataçao e escova.

Núcleo Fidelaide, informa: Inscrições abertas para o curso de depilação. Horário, 14h às 17h, todas as terçasfeiras. Início do curso: 29/6. Horário 19h às 22h, todas as quartas-feiras. Início do curso: 30/6.

Curso de massagem redutora Uma aula por semana, às quartas-feiras, de 13h às 17h. Inscrições abertas! Massagem: relaxante, redutora, quick (rápida) e drenagem linfática, no mesmo pacote, apenas para mulheres. Atendimento com fisioterapeutas formadas, de segunda a sexta-feira, de 8h às 16h. Pacote com 10 sessões: R$ 200,00 e sessão avulsa R$ 25,00. Temos na área de estética, limpeza de pele tradicional (profunda).

Núcleo Fidelaide informa: inscrições abertas para o curso de manicure, turnos manhã, tarde e noite. Avon: inscrições abertas para o curso de maquiagem intensivo, com três horas de duração, início em 10/6, turnos tarde e noite. Inscrições abertas para curso de maquiagem Mary

Manicure Profissional: de segunda a quarta-feira, R$ 12,00 (pé e mão); de quinta a sábado, R$ 16,00 (pé e mão). Horários: 8h às 20h, segunda a sexta-feira; 8h às 18h, aos sábados. Informações: 34441740/3421-1788/3428-5625 – fale com Jéssica, Magda ou Deisi.

Datas: 18/6, de 19h30 às 21h30, Colégio Cristão/ Unidade 2 (prédio novo), sala 6; 19/6, de 9h às 12h, e de 14h às 17h30, Colégio Cristão / Unidade 1 (próximo ao Tabernáculo/Lagoinha), sala 13; 20/6, de 9h às 12h, no Salão dos

Diáconos, à rua Joazeiro, 29, São Cristóvão (próximo à Lagoinha). Vagas limitadas! Informações Igreja Batista da Lagoinha – Casa Pastoral, à rua Pitangui, 527 – Concórdia. Contatos: Wanir (31)

Crie uma logomarca para a Mocidade Lagoinha e concorra a uma camisa da Copa, a um CD e DVD Promocional FÉ, (André Valadão) e um GPS. Acesse: www.mocidadelagoinha. com/concurso, leia o regulamento do concurso e saiba como participar!

3429-9400; Pr. Antônio Carlos ou Cláudia Márcia (31) 8415-7537, 92415097. Faça também sua inscrição pelo site do Ministério Brit: www. ministeriobrit.com.br ou envie um e-mail para contato@ministeriobrit. com.br

PESSOAS DE TODO O BRASIL PODEM PARTICIPAR!

Não perca tempo, acesse www. mocidadelagoinha.com/concurso e leia o regulamento com atenção! Boa sorte! Informações: (31) 3421-8556, Cirlene.


16  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

W

células

Edição # 23

Célula com mulheres casadas! Venha participar da célula com

mulheres casadas. Início: quinta-feira, 10/6, às 19h30, na Casa Rosada, à rua Beberibe, 133 - São Cristóvão. Líder: (31) 8489-2512 – Pra. Ana Lúcia Melo.

casa de células: rUA BEBERIBE, 164, SÃO CRISTÓVÃO. TEL.: (31) 3429-1350 - JOSÉ VALADÃO OU PR. LEONARDO VEIGA

Dia do Amigo Amando nossos amigos, levando Cristo! Durante a semana que se passou realizamos o Dia do Amigo em nossas células. O que é o Dia do Amigo? É um dia especial para evangelizarmos nossos parentes e amigos. A dinâmica da reunião tem o foco nos convidados que precisam conhecer a Jesus como Salvador. Os membros das células dão testemunho de sua conversão. O plano de Salvação é exposto, e de uma maneira muito carinhosa é dada a oportunidade para a pessoa tomar a sua decisão. Em seguida, a célula celebra com um lanche especial.

Algumas células e seus resultados:

Cerca de 70 pessoas presentes: os líderes fizeram cartões personalizados com o nome de cada pessoa a ser convidada. “Isso já foi impactante”, afirmam os líderes Gustavo e Flávia. Eles passaram o gráfico João 3.16, apresentando o Plano de Salvação e alguns membros da célula deram testemunho. Foi uma grande colheita, 47 convidados; todos oraram recebendo Jesus.

“Estou radiante com a presença de cinco convidados, os quais oraram recebendo Jesus” – Líder: Elis.

“Estamos muito felizes, pois tivemos em nossa célula sete visitantes, dois aceitaram a Cristo no Dia do Amigo. Cremos que todos vieram para ficar. Aleluia” – Líder: Reginaldo.

Supervisor,

Fotos: arquivo pessoal

você que não pôde estar conosco no Encontro de Supervisores, não fique triste, nos dias 19 e 20 de junho realizaremos mais um retiro. Não perca! Inscrições abertas. Impactos simultâneos: 25 a 27 de junho. Dentro da proposta da Campanha “INVISTA NA SEMENTE”, realizaremos dois Impactos, de 25 a 27/6. Incentive seus amigos e familiares a irem ao Impacto, uma oportunidade para que ouçam da Salvação em Jesus! Informações: (31) 3429-1350 – fale com Reginara.


Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   17

Edição # 23

Amados irmãos, segue mais uma parte da relação de nossas células do Centro (Brumadinho) ao bairro Novo Progresso (Contagem). Leia a relação, e caso NÃO encontre uma célula próxima à sua casa, ligue para o Pr. Leonardo Veiga: (31) 3429-1350, 8402-1604. Brumadinho e Contagem /MG Centro

R. José Solha, 106

Mista

Sábado

17:00

Santa Efigênia

R. José Henriques, 244

Mista

5ª Feira

19:30

3571-1179

Cleide Mercês de Oliveira Braga

9950-1773

Maria Regina Souza Silva

9733-3754

Suzana

R. Adelino Galdino Quirino, 92

Mista

5ª Feira

19:00

Nilson Diogo da Silva

4784-4247

9375-8682

Suzana

R. Um, s/n

Mista

5ª Feira

19:00

Cleomar Viviano da Silva

9147-4077

8744-3203

R. Treze de Maio, 404

Mista

6ª Feira

19:30

Roberto Nogueira Carola

TIPO

DIA

HORÁRIO

Tupi

9944-7924

CONTAGEM BAIRRO

ENDEREÇO

TELEFONE

LÍDER DA CÉLULA

TEL_LÍDER

CELULAR_ LÍDER

Água Branca

R. São Mateus, 140

Mista

4ª Feira

20:00

3353-1233

Soraya Cury Monteiro Franco

3353-1233

8499-0696

Alvorada

R. Petrina Moreira da Silva, 138

Crianças

3ª Feira

20:00

3398-4221

Tania Carla Alves Costa Policarpo

3398-4221

8416-5925

3398-0425

Alvorada

R. Mateus Moreira, 363

Mista

3ª Feira

20:00

Bela Vista

R. Otila Costa Peres, 234

Mista

Sábado

17:00

Maria Cristina de Menezes Cardoso

3398-0009

9844-6678

Robson Godinho de Souza

3391-4352

9642-4352

Bernardo Monteiro

R. Caetana, 137

Mista

5ª Feira

20:00

3398-4318

Mardônio Eustáquio da Silva

3398-4318

8877-3862

Cabral

Alameda dos Cisnes, 649

Mista

5ª Feira

20:00

3394-7892

Carlos José de Araújo

3394-7892

8848-9528

5ª Feira

19:30

3912-6422

Jacira Torres Ranieri de Melo

3411-1677

9975-1677

Mista

Sábado

19:00

3397-0212

Evandro de Paula

3354-4847

8408-7015

Márcio de Campos Silva

2564-6814

9263-6814

Fátima da Costa Souza Ferreira Lima

9335-4408

8711-7999

Selma Aparecida Mendes Medeiros

3393-9594

Caiapos

R. Minas Gerais, 8

Carajás

R. Ardósia, 81

Centro

R. Coronel João Camargos, 218

Mista

Sábado

17:00

Colonial

R. Paineiras, 348

Mista

4ª Feira

20:00

3911-4293 3393-5683

Colorado

R. E, 145

Crianças

5ª Feira

20:00

Colorado

R. B, 139

Mulheres

5ª Feira

20:20

Nilde Cleide Rodrigues Souza Carola

9641-4886 9975-4964

Colorado

R. E, 145

Mista

5ª Feira

20:00

3393-5683

Carmen Giane B. Rocha

3393-9351

Eldorado

R. Couropita, 1155

Mista

5ª Feira

20:00

3352-1362

Marilene de Jesus Costa Barros

3352-1362

9654-1362

Eldorado

R. Tamarindos, 383/301

Mista

5ª Feira

20:00

3351-2731

Marcos Antônio dos Santos

3351-5284

8497-3439

3356-1058

Eldorado

R. Couropita, 654/302

Mista

5ª Feira

20:00

3391-5676

Margareth Aparecida da Silva

Eldorado

R. Damas Ribeiro, 500/302

Mista

5ª Feira

20:00

3391-3853

Simone Ferreira Santos Martins

Eldorado

Av. João César de Oliveira, 3768

Mista

Sábado

17:30

3390-2035

Alexsandre Robson Jorge

Eldorado

Av. José Faria da Rocha, 3555

Crianças

5ª Feira

20:00

3351-5981

Pollyanna Kelhorine G. Puscedde

9223-6525 9732-7755 8407-0048

3391-8680

Eldorado

R. Mulungu, 238/202

Mista

5ª Feira

20:00

3356-3533

Rui Carlos de Miranda

3351-8682

3044-2510

Eldorado

Av. João César de Oliveira, 3768

Jovens

5ª Feira

20:00

3390-2035

Maxwell Campos Goes Silva

3390-2637

8848-0090

Fonte Grande

R. Sinfrônio Souza e Silva, 77

Mista

5ª Feira

20:00

3398-2017

Rosângela de Souza

3046-1662

9972-9636

Industrial

R. Francisco Durães Castanheiras, 106

Mista

5ª Feira

20:00

3362-3805

Vaíta Maia Silva

3363-2775

9201-7645

Jardim das Oliveira

R. Treze de Maio, 113

Mista

3ª Feira

20:30

2559-4696

Ramon Viana de Oliveira

3382-0276

8807-3351

Jardim Industrial

R. Vasco de Azevedo, 575/101

Mista

Sábado

18:00

3372-7917

Webert Gaioffato Silva

3361-5087

9153-2899

3357-0056

Jardim Laguna

R. Jequitibá, 201

Mista

4ª Feira

20:00

3357-0056

Rosimeire Alves Santos Silva

Jardim Laguna

Av. Borbagato, 364

Mista

5ª Feira

20:00

3912-7827

Alan da Silva Lopes

8679-8815 8761-8653

Jardim Laguna

R. Jequitibá, 201

Crianças

4ª Feira

20:00

3357-0056

Cleonice Lopes da Silva Mota

3357-8541

9687-5160

Jardim Laguna

R. Jequitibá, 201

Adolescentes

4ª Feira

20:00

3357-0056

Dener Alves da Silva

3357-0056

8755-2386

Jardim Riacho

Av. Marte, 748/202 BL 24

Mista

5ª Feira

20:00

3352-5572

Maria dos Santos Marinho

3352-5572

Milanes

R. Vinte Três, 74

Feminina

6ª Feira

20:30

3354-8950

Eliane Teixeira de Assis

3354-8950

8658-4714

Milanes

R. Vinte Três, 74

Masculina

6ª Feira

20:30

3354-8950

Natália Lícia da S. Oliveira

3403-1628

8318-0315

Milanez

R. Vinte e Um, 123

Mista

5ª Feira

20:00

Míriam Lemos S. Perdigão

3464-4169

8402-9917

Milanez

R. Quinze, 225

Crianças

5ª Feira

20:00

Selma Aparecida Mendes Medeiros

3393-9594

9641-4886

Milanez

R. Vinte e Um, 123

Juniores

5ª Feira

20:00

3393-9472

Salomé Gonçalves de O. Faria

3393-9108

Milanez

R. Dezoito, 102

Mista

5ª Feira

20:00

3393-5926

Adilson Teodoro Da Silva

3393-6093

Milanez

R. Vinte e Um, 190

Mista

5ª Feira

20:00

3393-9604

Marli Teixeira Dionisi

3393-9604

André Gustavo Batista Aguiar

3567-2215

8803-2218

Alisson Gomes Stofella

3393-7956

8417-3028

Mauro de Lima Carvalho

3473-4900

Milanez

R. Vinte e Um, 123

Adolescentes

5ª Feira

20:00

Milanez

R. Vinte e Um, 123

Louvor

Domingo

17:00

3393-9472 3394-5119

Morada Nova

R. Vinte e Quatro, 36

Mista

Sábado

19:30

Nacional

R. Novo Horizonte, 41/201

Crianças

4ª Feira

20:00

Wagner Alves

9201-6852

8802-5546 8867-8458

Nacional

R. Novo Horizonte, 20

Mista

4ª Feira

20:00

3397-0425

Davidson Duarte Damasceno

8677-0172

Novo Eldorado

R. Sumarã, 701

Crianças

5ª Feira

20:00

3391-3671

João Adimilson Pereira

9188-6673

R. Sumarã, 701

Mista

5ª Feira

20:00

3391-3671

Rosa Maria de Assis Rossi

3391-3671

R. Chavantes, 418

Mista

5ª Feira

20:00

3879-2141

Élio Marcos da Silva

3879-2141

8406-0025

Novo Progresso

R. Ipê, 340

Crianças

2ª Feira

14:00

Edilene P. de Almeida Olímpio

3627-2641

9658-8930

TESTEMUNHO

Novo Eldorado Novo Progresso

Jordano e Érica “Fomos ao Impacto Vida a convite de Cynara – quem consideramos como tia – há um ano e meio, nessa época nosso casamento estava acabado”. Eu bebia, era estúpido, tinha uma vida vazia, e não conseguia me entender com minha esposa” – Jordano. “Estava vivendo uma crise, sempre triste. Bebia tentando me alegrar e não tinha prazer

no meu casamento. Eu e meu esposo fomos ao Impacto, e ali fomos ministrados, recebemos a Jesus, e o nosso casamento foi restaurado. Depois fizemos os cursos do Centro de Formação Cristã. Hoje lideramos uma célula, que já se multiplicou, e também trabalhamos no Impacto Vida. Através de nossas vidas muitos outros foram alcançados inclusive nossos parentes. Somos muito gratos por esse ministério” – Érica.

Novas células: Bairro São Caetano – Contagem (MG) – Rua Madei-

ra, 121.

Contato: (31) 3022-2624, sábado, às 15h. Líder: Fábio Luiz.


18  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

Edição # 23

ESTUDO DE CÉLULA

Servindo como ponte Foto: Reprodição internet

mensagem do evangelho, é o serviço que podemos prestar a eles. Algumas atitudes ajudarão você a servir com o mesmo coração que Cristo nos ensinou. 1. Compartilhe seu testemunho pessoal. Fale brevemente sobre sua vida antes de conhecer a Jesus, como ele veio fazer parte de sua vida, como ela foi transformada. a) Que tal você escrever seu testemunho pessoal em uma folha contendo o antes de conhecer Jesus, como o conheceu e o que mudou em sua vida? Lembre-se: máximo três minutos lidos.

Geralmente possuímos um círculo de relacionamentos bem interessante, que envolve a nossa própria família, parentes, vizinhos, colegas de trabalho, escolhas e de interesses comuns. Nesse círculo estão inseridas pessoas que temos contatos constantes, semanais ou mesmo mensais. Algumas já são cristãs outras ainda não. Mas com certeza, todas são importantes para Deus e devem ser também

para nós. Texto base: Atos 10.2343.

Em um mundo globalizado, no qual as notícias alcançam em quase toda a sua totalidade pessoas de todas as nações em seu próprio idioma, as informações são pulverizadas e não temos como avaliar qual é o retorno de tanta informação. Entre informações de âmbito

secular, também são veiculadas informações religiosas. Muitas dessas informações são contraditórias à Palavra de Deus, e por diversas vezes distorcidas. As pessoas de nosso círculo de relacionamentos são afetadas por estas informações, positiva ou negativamente. Escolhidos para servir

A melhor estratégia para cultivar uma amizade com incrédulos, e por fim levar a

Gileade – novo espaço para a liderança de células! Gileade é o nome do local, um antigo hotel fazenda, situado em Caeté (MG), cercado de uma natureza exuberante, apropriado para aquele retiro sobrenatural. Realizaremos, todo final de semana, um acampamento para os líderes, o AVIVAR LÍDER. Em breve, mais informações! Informações: (31) 3429-1350 – fale com Reginara.

2. Seja receptivo. Muitos incrédulos receberam mensagens distorcidas do cristianismo, ou foram feridos por um mau testemunho ou ainda criaram preconceitos gerados na família ou amigos. b) Que consequências um mau testemunho pode trazer na vida de uma pessoa que ainda não conheceu o amor de Jesus? Compartilhe. 3. Convide-o para ir a sua célula. Alguns incrédulos terão dificuldades de aceitar ir a uma igreja, mas com certeza, a casa de um amigo ou um encontro de amigos com interesses comuns ele não rejeitará. Prepare uma festa para ele. c) Você faria uma festa para receber alguém tão importante, pelo qual você tem orado e jejuado, para que conheça um grupo de

cristãos? 4. Prepare-se para estudar a Bíblia com ele. Se ele expressar interesse em conhecer a Palavra de Deus, disponha ensinar princípios básicos do amor, perdão e salvação. d) Você está preparado para ensinar alguém princípios básicos da Palavra de Deus, para que ele cresça na fé? Não gostaria de se preparar no CFC? Compartilhe. 5. Não hesite em levá-lo a um compromisso. Este é o objetivo principal. Levar uma pessoa de seu círculo de relacionamentos a se entregar a Jesus. Claro que cada uma destas atitudes pode demandar um tempo, mas são passos seguros. Conclusão

Uma célula sadia é aquela que olha para dentro de si mesma e estabelece um relacionamento de comunhão com seus membros, mas também, olha para os que estão do lado de fora e sente compaixão pelos perdidos, e não mede esforços para atraí-los ao amor de Deus. A melhor estratégia é o serviço, e para isso Jesus deu o seu exemplo, tocando as pessoas, suprindo necessidades, identificando com suas fraquezas, curando os feridos, enfim, compadecendo-se de todos. Pra. Elcione Galantini

elcione.galantini@lagoinha. com Fale com ela sobre o Estudo de Célula : (31) 8401-8667.

Novas turmas do Centro de Formação Cristã para os cursos Maturidade e Treinamento. Fique atento para as datas e módulos: Maturidade Escrituras Segunda-feira, às 19h30, na Central das Redes, em 14/6. Maturidade Escrituras Domingo, às 16h, na Central das Redes, em 6/6. Treinamento Consolidação Domingo, às 8h, no Auditório CEU, em 14/6. Primeiros Passos Domingo, às 8h, no Colégio Cristão. Informações: (31) 3429-1350 – fale com Reginara.


Atos hoje   Domingo, 6 de junho de 2010   19

Edição # 23

sendo cooperador

Por que ser um dizimista? “Pode um homem roubar a Deus? Todavia vós me roubais, e ainda perguntais: Como te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas” (Ml 3.8.)

Foto: Divulgação internet

Você pode depositar seus dízimos e suas ofertas nos bancos onde a igreja possui conta:

Agência 0504 C/C: 216654-5

Uma verdade absoluta e inegável é que Deus é o dono de todas as coisas. Nada trouxemos para este mundo nem nada dele levaremos. Somos mordomos dos bens que Deus nos confia. Deus espera de nós fidelidade, e o dízimo é um símbolo dessa fidelidade. A prática da devolução dos dízimos está presente tanto no Antigo como no Novo Testamento. Devemos honrar a Deus com as primícias de toda a nossa renda (Pv 3.9). O profeta Malaquias, segundo a perspectiva de Warren Wiersbe, elenca três razões imperativas pelas quais devemos ser fiéis na devolução dos dízimos. Vamos considerar essas razões: 1. Porque reter os dízimos é roubar a Deus (Ml 3.8): o dízimo não é nosso; é de Deus. O dízimo é santo ao Senhor. Não damos o dízimo; devolvemo-lo. Reter o que não é nosso é roubo. Reter o dízimo é roubar a Deus (Ml 3.8). É apropriar-se indevidamente daquilo que deve ser consagrado ao Senhor. Reter o dízimo é desamparar a Casa de Deus (Ne 13.11). É deixar de cooperar com ele em sua obra. A retenção do dízimo é um sinal de enfraquecimento espiritual. Sempre que o povo se afastou de Deus, deixou de trazer os dízimos ao Senhor. Por isso, Malaquias diz que devemos tornar para Deus antes de trazer o dízimo a Deus (Ml 3.7). Quando trazemos nosso coração para Deus, os dízimos vêm junto. É importante ressaltar que Deus não precisa de dinheiro. Ele é

dono de todo o ouro e de toda prata. Ele quer nossa felicidade. Deus sabe que onde está o nosso tesouro, aí está o nosso coração. O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Se servirmos às riquezas, não poderemos servir a Deus. Se a nossa confiança estiver na provisão, não estará no Provedor. 2. Porque reter os dízimos é roubar a nós mesmos (Ml 3.911): Apropriar-se indevidamente do dízimo de Deus é atrair maldição sobre nós em vez de bênção (Ml 3.9). É fechar as janelas dos céus sobre nós em vez tê-las abertas. É suspender o derramamento das bênçãos em vez de experimentá-las copiosamente (Ml 3.10). É dar espaço ao devorador na vida financeira em vez de vê-lo repreendido (Ml 3.11). É semear muito e colher pouco. É receber salário e colocá-lo num saco furado (Ag 1.6). Está escrito na Bíblia que reter mais do que é justo é pura perda (Pv 11.24). Tentar enganar a Deus trazendo apenas uma parte dos dízimos, como se estivéssemos sendo fiéis na devolução, é mentir ao Espírito Santo, e Deus rejeita esse pouco que trazemos e o assopra (Ag 1.9). Deus não é Deus de resto, mas de primícias. Quando o povo trouxe animais cegos, doentes e aleijados para o sacrifício, Deus não apenas rejeitou a oferta, mas também os ofertantes (Ml 1.8-10). O dízimo não é um expediente usado por Deus para subtrair de nós o que temos, mas um recurso de Deus para nos abençoar ainda mais (Ml 3.10).

Dízimo não é subtração, mas multiplicação. Deus mesmo é quem nos dá a semente e quem multiplica a nossa sementeira (2Co 9.10). 3. Porque reter os dízimos é roubar os outros (Ml 3.12): os olhos das nações estavam sobre Israel. Quando o povo de Deus o honrava na devolução dos dízimos, sua prosperidade e felicidade eram um testemunho eloquente perante os povos. As nações, então, seriam atraídas para conhecer o Deus de Israel. Por outro lado, a desobediência do povo em trazer ao Senhor os dízimos sinalizava sua decadência espiritual, e essa atitude afastava as nações do conhecimento de Deus. Nossas ações têm consequências não apenas em nossa vida, mas também na vida dos outros. Quando retemos os dízimos, privamos a nós mesmos de bênçãos e privamos outras pessoas também de verem em nós a graça de Deus. Reter os dízimos é roubar a Deus, a nós mesmos e aos outros. Reter os dízimos é contabilizar perdas financeiras, emocionais e espirituais. Reter os dízimos é um pecado de desobediência, infidelidade e incredulidade. Que Deus nos ajude a sermos fiéis ao Deus fiel. Que Deus nos ajude a devolvermos a ele o que lhe é santo, e isso em resposta ao seu dom inefável!

Agência 3311 C/C: 49-7 Oper: 003

Agência 3392-8 C/C: 2767-7

Agência 3055 C/C: 16059-6

Agência 1750 C/C: 0012886

Agência 0040 C/C: 7710338

Agência 0299 C/C: 02010219-8

Pr. Hernandes Dias Lopes

Ligue para o Pr. Célio ou Inês e aprenda mais sobre esse tema: (31) 3427-4130 ou envie um email: celio.ines@lagoinha.com

Agência 3473-8 C/C: 3257-3


20  Atos hoje  Domingo, 6 de junho de 2010

Edição # 23

Fé e futebol

Em Cristo, com amor!

José Flávio, Cibele, Vitória e Marcos

Deseja saber mais sobre missões na África, fale com José Flavio: ucrista@hotmail.com / www.ubablo2010.com

Foto: Leentjie DuPreez

José Flávio já trabalhou como secretário Executivo da Liga Desportiva Evangélica, diretor de Marketing da Federação Mineira de Futsal, da Secretaria de Estado de Esportes e gerente de Esportes do Clube dos Oficiais da Policia Militar. Atualmente, reside na África do Sul e atua como coordenador do Projeto Ubabalo, diretor de Projetos Sociais da Universidade de Western Cape, coordenador e treinador de Futebol e Futsal da Universidade de Stellenbosch, diretor Técnico da Federação de Futsal e professor da matéria de Orientações para Vida em quatro escolas de Stellenbosch.

Em entrevista exclusiva, o pastor e tetracampeão, Paulo Sérgio, fala de fé e futebol numa clara convocativa ao nosso testemunho como cristãos e torcedores nesse mundial De fato, só um titulo como esse para justificar todo o fervilhar de emoções que experimentamos ao tocar num assunto que sempre mexe com qualquer um de nós, brasileiros: fé e futebol. E há exatos cincos dias da abertura oficial da Copa do Mundo de 2010 – contados a partir da data dessa edição do Atos Hoje (6/6), que acontece na África do Sul, na cidade de Joanesburgo, no dia 11/6 –, ficar de fora dessa seria, no mínimo, bola fora, para não dizer falta gravíssima, já que os olhos da imprensa e de todo o planeta se voltam para esse mundial. Não poderia ser diferente conosco. E para falarmos de fé e futebol em ano de Copa, nada melhor que saber de quem já participou dela e já foi tetracampeão. Estamos falando de Paulo Sérgio Silvestre do Nascimento, que também foi campeão nas várias categorias dos diversos jogos e campeonatos dentro e fora do País. Hoje, ex-jogador e empresário, Paulo Sérgio é pastor e vice-diretor executivo do Atletas de Cristo (o ex-atleta e atual auxiliar técnico da Seleção, Jorginho é o presidente, e Paulo Silas, treinador, o vice), uma instituição que coopera efetivamente com a igreja local e outras organizações cristãs, promovendo a integração entre igrejas, desportistas e os torcedores por eles influenciados. Nessa entrevista exclusiva ao Atos Hoje, publicada há exatos nove dias (contados da data desta edição) da estreia do Brasil contra a Coreia do Norte, em 15/6, Paulo fala de suas percepções, de fé e torcida, de suas expectativas, para finalizar com um recado aos torcedores brasileiros, cristãos e não cristãos. A íntegra dessa reportagem você confere essa semana no portal Lagoinha.com. É por isso e muito mais que no que diz respeito à fé e futebol nessa Copa do Mundo 2010, não resta dizer outra coisa se não isso: haaaaaaaaaaajjjja coração. E oração. Oremos pois. E testemunhemos. Sem deixar de torcer, claro...

nossos gestos falam mais que nossas palavras. Assim, que cada gesto desses atletas na Copa do Mundo possa refletir Cristo, não fazendo algo que venha a desabonar a fé de outra pessoa.

Foto: Divulgação

África do Sul para Jesus, este é o lema das igrejas envolvidas na Copa do Mundo de Futebol, que começa na próxima sexta-feira, 11/6. Nossa família está preparada para atuar em várias atividades e a expectativa e de que a África do Sul não será a mesma depois desta Copa do Mundo. Um país que tem sofrido com a discriminação, racismo e divisão, aguarda pelo milagre da união que Deus escolheu trazer através do esporte. Vários missionários, vindos de diversas partes do país, já estão em diversos lugares, mas conectados pela rede de evangelismo pelo esporte. Esta rede prepara os missionários para atuarem em grandes eventos, e a Igreja Batista da Lagoinha faz parte disso através do Ministério de Esportes, dirigido pelo Pr. Roger Martins. Você também pode fazer parte desta rede e a diferença na vida de milhões de pessoas que vão estar por aqui, e os bilhões que vão assistir aos jogos pela televisão. Interceda, ore, pule, vibre, chore, comemore e não se esqueça do maior objetivo da Copa, fazer Jesus glorificado entre as nações. Esperamos ver novamente as cenas de 2002 e 2009, quando o Brasil venceu o mundial da Coréia e Japão e a Copa das Confederações aqui na África do Sul, e os Atletas de Cristo mostraram ao mundo a quem se deve dar toda honra. Magnífico! Como Deus é tremendo! Vamos mantê-lo informado sobre o que Deus está fazendo por aqui neste período tão importante na história deste país e continente. Algumas dicas de sites que poderão ajudá-los a entrar no clima da Copa. Confira: www. atletasdecristo.org, www.cbme.com.br ou www.theultimategoal.co.za

Haaaaaaaajjja coração! E oração!

Atos Hoje(AH): Em termos naturais

e espirituais, o que percebe desse mundial em relação aos anteriores? Paulo Sérgio: Sobre a questão natural, profissional, tem havido um crescimento muito grande em todos esses anos, com vários canais de TV, inclusive, cobrindo uma Copa do Mundo. Mas a especulação também é muito grande, assim como a cobrança, as responsabilidades e os desafios. Mas isso faz parte. Em temos espirituais, percebo que Deus tem agido de uma forma particular em cada edição da Copa do Mundo. Não vejo que seja algo que sobressaia em relação aos anos anteriores. Deus é um só, e age da mesma forma sempre. E seu mover entre as pessoas é proporcional à busca delas por Ele. Se tivermos homens de Deus, comprometidos, buscando, como durante todos esses anos tenho visto na Seleção Brasileira, Ele honra e abençoa. Temos homens de Deus ali na África, nesse mundial, e Ele tem honrado e abençoado esses brasileiros que estão indo à Copa. AH: O senhor acredita que manifestações declaradas de uma fé professa poderão ser vistas por parte dos jogadores antes, durante e após os jogos nesse mundial, como foi em 1994? Paulo Sérgio: Já foi dito e noticiado que algumas manifestações nesse sentido não poderão acontecer. Mas temos várias formas de falar do evangelho. Muitas vezes os

AH: Na sua opinião, fé e futebol são uma boa combinação? Paulo Sérgio: Sempre combinou. Atletas de Cristo mostrou durante todos esses anos que é possível você aliar fé com o esporte. Eu sou de uma época em que algumas igrejas não deixavam garotos entrarem com bermudas e agasalhos esportivos, pois tudo era visto como do diabo, e hoje essas mesmas igrejas têm um trabalho esportivo. Mudou muito, então, a cabeça do crente em prol daquilo que está na Bíblia. Sem dúvida nenhuma, a fé e o esporte caminham juntos. Isso porque, também, o esporte tem feito com que muitas pessoas saiam das drogas, da prostituição, assim como a fé em Jesus Cristo. Atos Hoje: Uma palavra final aos torcedores brasileiros, cristãos e não cristãos em relação a esse mundial que parece prometer. Paulo Sérgio: Espero que os cristãos possam dar um bom exemplo, fazendo com que os não cristãos venham conhecer a Jesus. Que possamos também ter uma Copa do Mundo de paz e não de destruição. Aos não cristãos diria: o maior título que conquistei na minha vida, e que dura toda a eternidade, foi um dia ter entregado a minha vida para Ele. Muitos podem até esquecer do Paulo Sérgio jogador, mas Jesus Cristo nunca vai esquecer. Eu creio que Jesus Cristo nunca vai esquecer de você também. Entregue sua vida a Ele. Pois só Ele pode mudar a sua vida. Como mudou a minha. Marcelo Ferreira

marcelo.ferreira@lagoinha.com * Colaboraram com essa reportagem: Roger Martins, da Rede de Esportes da Lagoinha, que foi a ponte para o contato com Paulo Sérgio; José Donizetti Morbidelli e Marcos Stefano, jornalistas da Revista Eclésia, que gentilmente contribuíram para o envio de várias fotos; e Meybe Marques, da assessoria do Atletas de Cristo, no envio de dados e informações.

O Jornal Atos Hoje é uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha - Presidente: Pr. Márcio Valadão. Jornalista responsável: Vanessa Freitas Menezes - MTB-MG 13535. Projeto Gráfico: Luciano Buchacra. Diagramação: Junio Amaro, Gabriel Félix e Matheus Freitas. Jornalistas: Marcelo Ferreira, Vanessa Freitas e Thalita Daher. Revisão: Adriana Santos e Nicibel Silva. Tiragem: 20.000 exemplares. Impressão: Sempre Editora. Igreja Batista da Lagoinha. Rua Manoel Macedo, 360 - São Cristóvão - CEP 31110-440 - BH - MG - Telefone: (31) 3429-9450 - www.lagoinha.com. Sugestões e contatos: Jornal Atos Hoje (31) 3429-9450. Atenção: Os anúncios contidos, nessa edição, são de única e exclusiva responsabilidade dos anunciantes, não tendo a Igreja Batista da Lagoinha nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo e veracidade de tais anúncios, inclusive pelo fato de que os espaços para tais são abertos a terceiros, empresários e/ou prestadores de serviços com os quais a igreja não tem nenhum relacionamento de qualquer espécie, e sobre os quais a igreja não tem nenhuma condição de exercer fiscalização e muito menos garantir a efetividade dos produtos ou serviços anunciados. Fica também a critério da Igreja Batista da Lagoinha selecionar os anúncios que serão veiculados de modo que sejam apenas anúncios que não firam ou contrariem a moral e os costumes cristãos ou os dizeres contidos na Bíblia Sagrada. Reprodução permitida mediante citação da fonte.

Jornal Atos Hoje  

jornal atos hoje

Advertisement