__MAIN_TEXT__

Page 1

Restauração Revista

Comunidade

Ano 8 • Edição 90 • Outubro 2017

“Fechamento autorizado” “Pode ser aberto pela ECT”


EXPEDIENTE

Revista Comunidade Católica Restauração Periodicidade Mensal - Ano 8, Nº 90 (Outubro de 2017) Tiragem: 2.000 exemplares DIRETOR GERAL Padre Fernando Gonçalves EQUIPE DE REDAÇÃO Daniela Noêmia Sales Jansen Eliane Fagundes Padre Fernando Gonçalves Rafael Rodrigues FOTOGRAFIA Comunidade Restauração REVISÃO EDITORIAL Padre Fernando Gonçalves ARTE E DIAGRAMAÇÃO Daniela Noêmia Sales Jansen COLABORADORES Leonardo Corrêa Gregório Mairon Borguezon Velho IMPRESSÃO Impressul Indústria Gráfica Colabore com a próxima edição. Envie suas sugestões, reclamações, testemunhos e elogios para: revista@comunidaderestauracao.org

ASSOCIAÇÃO COMUNIDADE RESTAURAÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL ÀS FAMÍLIAS CNPJ: 10995628/0001-28 Rua Guilherme Kurtz, 90 - Vila Nova Joinville/SC - CEP 89.237-645 (47) 3433-0833 de segunda a sexta das 8h30 às 18h contato@comunidaderestauracao.org

NOSSAS CONTAS BANCÁRIAS Agência: 38-8 Conta: 115404-4 Agência: 0419 OP 003 Conta: 4059-5 Favorecido: Associação Comunidade Restauração de Assistência Social às Famílias


EDITORIAL NOSSA SENHORA, A MÃE DOS MISSIONÁRIOS Querido(a) Leitor(a), Estamos em festa! Neste mês de outubro comemoramos os 300 anos da aparição de Nossa Senhora nas águas do Rio Paraíba, interior de São Paulo. Como o Filho Jesus, em total obediência ao Pai e revestida de humildade, Maria não se prevalece da condição de Mãe Imaculada de Deus, mas prefere a simplicidade de pobres pescadores, que exaustos pela labuta tentam, uma última vez, extrair do rio o sustento de suas famílias. Eis que o milagre se realizou e nós, hoje, devemos nos recordar que a Mãezinha do Céu não deixa desamparados aqueles que a ela se confiam. Outubro também é o mês missionário, voltado a todas as pessoas que, de uma maneira mais incisiva ou não, acolhem o chamado do Senhor em seus corações e partem para a realização do Seu Reino em nosso meio, cada qual em sua própria realidade. Aproveite cada texto desta edição para que, tanto o seu coração quanto o de sua Família, possam estar abertos ao convite que, diariamente, Jesus nos faz a segui-Lo, confiando na intercessão de Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do nosso Brasil. Deus o(a) abençoe!

5 6 8 10 11 12 14 15 16 18 19

CONTEÚDO

Mensagem aos Sócios A Missão de cada um de nós

Palavra da Igreja Aos Pés da Mãe Vocação e Chamado Todo Vocacionado é um Missionário Amor Humano Ser Humilde Especial Homenagem Palavra do Fundador Mãe Aparecida Rogai por nossas Famílias Projeto Famílias Restauradas para Deus Especial Em Tudo Amar e Servir Turma dos Restauradinhos São Francisco de Assis Liturgia Diária Aniversariantes O que vem por aí... Próximos Eventos

Siga-nos em nossas redes sociais facebook.com/comrestau @ComRestau WebTVRestauracao Fique por dentro do que acontece por aqui!

TODOS OS SÁBADOS

ÀS 19:30

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

3


MENSAGEM AOS SÓCIOS

A MISSÃO DE CADA UM DE NÓS Em outubro, celebramos o mês das missões como um convite a meditar e ouvir os apelos internos de Deus à dimensão missionária da vida cristã. A missão é uma personalização do serviço e do sentido de vida de cada um; é o caminho da liberdade e da libertação. Libertação do nosso olhar centralizador das coisas e dos sentimentos em nós mesmos, e do nosso egoísmo em aceitarmos o chamado de estar a serviço do outro como Deus se põe a serviço de cada um de nós. Na disponibilidade em acolher a convocação para servir, vai se delineando a missão de cada um naquilo que pode oferecer como dom de si mesmo, o que contribui para o grande plano do Reino de Deus ao ser humano, no chamado a ser mais para os demais. Assim, o Carisma “Ser Restaurado para Restaurar” encontra a sua razão de existir, uma vez que permitimos a ação

do Amor de Deus em nosso coração para que, Restaurados, possamos derramar continuamente esse mesmo Amor a fim de Restaurarmos o nosso próximo. Por isso que todos aqueles que são interpelados por Deus e exclamam o seu sim para servi-Lo nesta Obra são indispensáveis a ela, uma vez que cada um dos que Ele escolheu passam a exercer a sua missão em favor da Restauração das Famílias. Nesta missão, não há pessoas mais ou menos importantes, “maiores” ou “menores”; somente aqueles que se dispõe ao serviço para que a Misericórdia e o Amor sejam aspergidos sobre as Famílias que, no mundo, têm experimentado a dor e a solidão, os fracassos e as decepções diante da frieza de tantos corações endurecidos pelo poder. Como cristãos, precisamos estar atentos aos ensinamentos de Jesus para, como Ele, servirmos e darmos a vida em resgate por muitos – “Jesus, porém, chamou-os e disse:

‘Sabeis que os chefes das nações as dominam e os grandes fazem sentir seu poder. Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser ser o maior entre vós seja aquele que vos serve, e quem quiser ser o primeiro entre vós, seja vosso escravo. Pois o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida em resgate por muitos’” (Mt 20,25-28). Você, que é Sócio(a) da Comunidade Restauração, também participa conosco desta missão de devolver Famílias Restauradas para Deus, pois sentiu o coração arder quando Jesus lhe falou ao coração. É como se todos nós, juntos, fossemos uma grande máquina, que trabalha incansavelmente pela edificação do Reino de Deus através da evangelização das Famílias. Como servos do Senhor, sejamos conhecidos pela fidelidade, que faz com que a Restauração aconteça em cada coração. Deus o(a) abençoe!

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

5


PALAVRA DA IGREJA

AOS PÉS DA MÃE

Queridos irmãos, quero me aproximar de vocês nestes dias de (...) celebração dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida. E, com vocês, gostaria de poder “visitar” esse Santuário. Uma visita de filhos e de discípulos, visita de irmãos que como Moisés querem se descalçar nessa terra santa que sabe acolher o encontro de Deus com Seu Povo. Assim também gostaria que fosse nossa “visita” aos pés da Mãe, para que ela nos engendre na esperança e inteire nossos corações de filhos. Seria como “voltar a casa” para olhar, contemplar, mas especialmente para nos deixar olhar e encontrar por Aquele que nos amou primeiro. Há 300 anos, um grupo de pesca6

dores saiu como de costume para lançar suas redes. Saíram para ganhar a vida e foram surpreendidos por um achado que lhes mudou os passos: em suas rotinas são encontrados por uma pequena imagem toda coberta de lama. Era Nossa Senhora da Conceição, imagem que durante 15 anos permaneceu na casa de um deles, e aí os pescadores iam para rezar e Ela os ajudava a crescer na fé. Ainda hoje, 300 anos depois, Nossa Senhora Aparecida nos faz crescer, submerge-nos em um caminho de discípulos. Aparecida é toda ela uma escola de discipulado. E, a esse respeito, gostaria de destacar três aspectos:

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

1. O primeiro são os pescadores. Não eram muitos, um grupinho de homens que cotidianamente saíam para encarar o dia e enfrentar a incerteza que o rio lhes apresentava. Homens que viviam com a insegurança de nunca saber qual seria o “ganho” do dia; incerteza nada fácil de gerir quando se trata de levar o alimento para casa e, sobretudo, quando nessa casa há crianças para alimentar. (...) Homens acostumados a enfrentar inclemências com a resiliência e certa santa “teimosia” daqueles que, cotidianamente, não deixam – porque não podem – de lançar as redes. Esta imagem nos aproxima do centro da vida de tantos irmãos nossos. Vejo rostos de pessoas que desde muito cedo até um considerável início da noite


saem para ganhar a vida. E fazem isto com a insegurança de não saber qual será o resultado. E o que mais dói é ver que – quase ordinariamente – saem para enfrentar a inclemência gerada por um dos pecados mais graves que, hoje, açoita o nosso Continente: a corrupção, essa corrupção que arrasa com vidas, submergindo-as na mais extrema pobreza. Corrupção que destrói populações inteiras, submetendo-as à precariedade. Corrupção que, como um câncer, vai corroendo a vida cotidiana de nosso povo. (...) 2. O segundo aspecto é a Mãe. Maria conhece em primeira mão a vida de seus filhos. (...) Uma mãe que está atenta e acompanha a vida dos seus. Vai onde não é esperada. No relato de Aparecida, nós a encontramos no meio do rio, cercada de lama. Aí, espera seus filhos, aí está com seus filhos, no meio de suas lutas e buscas. Não tem medo de se submergir com eles nas vicissitudes da história e, se necessário, sujar-se para renovar a esperança. Maria aparece ali onde os pescadores lançam as redes, ali onde esses homens tentam ganhar a vida. Aí está ela. 3. Por último, o encontro. As redes não se encheram de peixes, mas, ao contrário, de uma presença que lhes encheu a vida e lhes deu a certeza que em suas

tentativas, em suas lutas, não estavam sós. Era o encontro desses homens com Maria. Depois de limpá-la e restaurá-la, levaram-na a uma casa onde permaneceu um bom tempo. Esse lar, essa casa, foi o lugar onde os pescadores da região iam ao encontro de Aparecida. E essa presença se fez comunidade, Igreja. As redes não se encheram de peixes, se transformaram em comunidade. Em Aparecida, encontramos a dinâmica do Povo crente que se confessa pecador e auxiliado, um povo forte e obstinado, consciente que suas redes, sua vida está cheia de uma presença que o alenta a não perder a esperança; uma presença que se esconde no cotidiano do lar e das famílias, nesses silenciosos espaços nos quais o Espírito Santo continua sustentando nosso Continente. Tudo isto nos apresenta um belo ícone que nós, pastores, somos convidados a contemplar. Viemos como filhos e como discípulos para escutar e aprender o que é que hoje, 300 anos depois, este acontecimento continua nos dizendo. Aparecida (...) não nos traz receitas, mas chaves, critérios, pequenas grandes certezas para iluminar e, sobretudo, “acender” o desejo de retirarmos qualquer roupagem desnecessária e voltar às raízes, ao essencial, à atitude que plantou a fé nos iní-

cios da Igreja e, depois, fez de nosso Continente a terra da esperança. Aparecida quer apenas renovar nossa esperança em meio a tantas “inclemências”. (...) Para poder viver com esperança é crucial que nos re-centremos em Jesus Cristo, (...). Ele é o centro. Contemplar a Cristo (...) é ter a coragem de ir para as periferias do presente e do futuro, confiantes na esperança de que o Senhor segue presente e Sua presença será fonte de Vida abundante. (...) Que Maria, Nossa Senhora Aparecida, continue nos conduzindo a seu Filho para que, Nele, nossos povos tenham vida… e em abundância. E, por favor, peço-lhes que não se esqueçam de rezar por mim. Que Jesus os abençoe e a Virgem Santa os proteja.

Francisco, nascido como Jorge Mario Bergoglio, é o 266º Papa da Igreja Católica e atual Chefe de Estado do Vaticano, sucedendo o Papa Bento XVI. Foi eleito Papa em 13 de março de 2013.

PAPA FRANCISCO Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

7


VOCAÇÃO

E CHAMADO

TODO VOCACIONADO É UM MISSIONÁRIO O termo vocação é derivado do verbo no latim vocare, que significa “chamar”. Deus chama a todos para viverem uma vocação especifica, pois “o homem é por vocação e natureza um ser religioso. Porque provém de Deus e para ele caminha” (Catecismo da Igreja Católica, 44). Normalmente, define-se missão com um encargo, uma incumbência, um propósito; é uma função específica que confere-se a alguém para fazer algo; é um compromisso, um dever, uma obrigação a executar. Na visão cristã, missão significa difundir o Evangelho de Jesus Cristo. 8

Assim, os missionários são aquelas pessoas que, "com a ajuda de Deus, aceitaram o convite de Cristo e livremente Lhe responderam, foram por sua vez impelidos, pelo amor do mesmo Cristo, a anunciar por toda a parte a Boa-Nova. Este tesouro, recebido dos Apóstolos, foi fielmente guardado pelos seus sucessores. Todos os fiéis de Cristo são chamados a transmiti-lo de geração em geração, anunciando a fé, vivendo-a em partilha fraterna e celebrando-a na liturgia e na oração" (CIC nº 03). No Antigo Testamento, Deus chamava determinadas pes-

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

soas para assumirem uma vocação e, consequentemente, esta vocação estava ligada diretamente a uma missão: chamou Abraão para viver a vocação de pai, tendo como missão ser o pai de uma grande nação, do povo escolhido; chamou Moises para libertar o povo da escravidão do Egito; e assim o fez com muitos outros. Já no Novo Testamento, quem chamava era Jesus, mas com a mesma dinâmica: aquele que era chamado, o era para assumir uma missão. Desta maneira aconteceu com Pedro e seu irmão: “E Jesus, andando ao longo do mar da Galileia, viu dois irmãos – Simão,


chamado Pedro, e seu irmão André, os quais lançavam a rede ao mar, porque eram pescadores. Disse-lhes: ‘Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens’” Mt 4, 18-19.

“Ide, pois, fazei discípulos entre todos os povos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a cumprir tudo quanto vos tenho mandado” Mt 28,19-20.

Tranquilamente, chegamos à conclusão de que toda vocação tem como propósito cumprir uma missão. Esta missão foi claramente deixada por Jesus, quando Ele a transmitiu a seus discípulos:

A missão é parte essencial de toda e qualquer vocação. Todo vocacionado é escolhido por Deus para ser propagador do Seu Reino de amor e misericórdia, seja exercendo a vocação sacerdotal, ma-

trimonial ou religiosa. Ninguém é chamado pelo Senhor para ficar de braços cruzados, mas sim para consumir-se pelo Reino de Deus. Sigamos o exemplo de Maria Santíssima, que ao receber o chamado do Senhor para ser a mãe do Salvador, colocou-se imediatamente a serviço, partindo ao encontro de sua prima Isabel.

Eliane Fagundes é consagrada de vida na Comunidade Restauração e responsável pelo Setor Vocacional da Obra. Natural de Joinville/SC, iniciou seu caminho vocacional em 2010.

ELIANE FAGUNDES

EM DEZEMBRO

10 a 16

ORAÇÃO

Jericó Cerco de

*Na Comunidade Restauração

VITÓRIA Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

9


AMOR

HUMANO

SER

HUMILDE O tema escolhido para o mês de outubro é humildade. Ao pensarmos em humildade, provavelmente nos vem à mente algo relacionado a religiosidade e, porque não dizer, ao próprio Cristo, com Sua vida, Suas palavras e Sua morte de cruz e que tanto nos ensina com um exemplo concreto do que é ser humilde. Ao buscarmos uma definição não religiosa para a palavra humildade, vemos, de acordo com o dicionário, que humildade vem da palavra húmus, que significa: solo sobre nós, terra fértil. É, ainda, a qualidade das pessoas que procuram se manter no nível dos outros, com ninguém sendo considerado pior ou melhor. Ou seja, todos estão no mesmo nível de dignidade, de cordialidade, de respeito, de simplicidade e de honestidade. Já para a doutrina cristã, a humildade é a característica de um indivíduo, é a consciência

baseada no conhecimento de si mesmo e de sua própria nulidade diante de Deus, a exemplo de Cristo (cf. Fl 2,3-8). Humildade é o contrário da soberba e exclui a presunção, mas não exclui o reconhecimento dos dons recebidos de Deus. Santa Tereza D’Avida dizia que “o verdadeiro humilde sempre dúvida das próprias virtudes e considera mais seguras as que vê no próximo”. Assim, podemos dizer que humildade é assumir direitos e obrigações, juntamente com os erros que podem advir deles. A própria humildade é uma virtude humilde, porque quem se vangloria de tê-la, na realidade, pode ter falta dela. Por isso, ser humilde é também uma virtude que, em nós, é reconhecida pelos olhos dos outros. É uma inspiração adquirida lentamente pelo trabalho interior ou provocado pelo conhecimento de que existe um ser superior a si, que é Deus.

Rafael é natural de São Pedro de Alcântara/SC. Consagrado de Aliança na Comunidade Restauração desde 2014, é membro do Conselho Formativo, atuando na formação pessoal, humana e psicológica dos Filhos.

RAFAEL RODRIGUES 10

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

A humildade é um sentimento de extrema importância, porque faz a pessoa reconhecer suas próprias limitações, ter modéstia e ausência de orgulho. Jesus nos dá uma lição de humildade no evangelho de Lucas (14, 7-14), quando no contexto afirma que “todo aquele que se exaltar será humilhado, e todo aquele que se humilhar será exaltado”. Constantemente, o Papa Francisco também nos tem falado que “a humildade pode chegar somente a um coração por meio das humilhações. Não há humildade sem humilhação, e se tu não fores capaz de ter algumas humilhações na tua vida, não serás humilde. É simples, é ‘matemático’”. Portanto, que possamos aprender que “quem não se humilha, nunca experimentará o poder da humildade que torna o homem cheio do amor de Deus” (Padre Fernando Gonçalves).


ESPECIAL HOMENAGEM

NEREU

Louvamos a Deus pelo Dom da sua Vida Neste mês de outubro, de uma maneira muito especial, queremos louvar e agradecer a Deus pelo dom da vida do nosso Cofundador, Nereu Martinelli. Ele nasceu em Siderópolis/SC, no dia 22 de outubro de 1954. Filho de José Martinelli e Valentina Martinelli, aprendeu de seus pais a riqueza de doar-se pelo próximo, sendo capaz de esvaziar-se de si mesmo para tornar as pessoas felizes. Somos muitos gratos ao Senhor por tê-lo escolhido como Cofundador da Comunidade Restauração, e temos a certeza de que esta escolha não se deu por méritos humanos, mas por sua integridade em querer servir a Deus.

Enquanto nosso Cofundador, da mesma maneira que o Fundador – Padre Fernando Gonçalves, Nereu também é uma das referências do Carisma “Ser Restaurado para Restaurar”, porque procura estar sempre em comunhão com a Comunidade ao ponto de declarar que a sua vida está voltada para esta Obra de Deus. É por este motivo que a sua presença é capaz de Restaurar: por aquilo que ele representa para todos nós. Nereu, neste dia 22 outubro, seu aniversário, nós, Filhos e Filhas da Comunidade Restauração, em nome de todos os Sócios e Sócias desta Obra, o parabenizamos e pedimos a Deus que lhe conceda saúde, paz e alegria

para que assim possas continuar levando o Amor Restaurador de Jesus a todas as pessoas que precisam experimentar a força do Carisma “Ser Restaurado para Restaurar” em suas vidas. Agradecemos imensamente a Deus por você existir, e rogamos que o Senhor retribua a sua dedicação à Comunidade Restauração muito além do necessário, cumulando-te de fortaleza e sabedoria para continuares servindo ao Reino de Deus. Temos orgulho de tê-lo conosco e de fazermos parte da sua vida! Deus o abençoe! Filhos e Filhas da Comunidade Restauração

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

11


PALAVRA DO FUNDADOR

MÃE APARECIDA ROGAI POR NOSSAS FAMÍLIAS No mundo em que vivemos hoje, mais do que nunca, nossas famílias carecem de proteção. Os dragões deste mundo têm tentando devorar o maior de todos os patrimônios criados por Deus, e que é o único meio capaz de preservar a existência humana em sua originalidade. Os ataques que as Famílias vêm sofrendo, que a todo custo tentam anular e tornar subjetivos os valores deixados pelo Senhor, podem trazer consequências desastrosas para as futuras gerações, que virão a sofrer amargamente por não terem mais a capacidade de distinguir a Família constituída através de um homem e uma mulher. A mentalidade errônea que está sendo introduzida paulatinamente na mente de nossas crianças e adolescentes, cria 12

uma espécie de confusão quanto a verdadeira identidade da pessoa, incentivando que o gênero que se foi gestado deve ser desprezado em favor da liberdade em escolher o “gênero” que se quer ser. Desta maneira, estamos favorecendo a continuidade da Criação de Deus ou permitindo que monstros sejam criados? Desfigurar o Homem enquanto Imagem de Deus é duvidar da existência desse mesmo Deus como um ser “incriado”, ou seja, que existe desde sempre e para sempre. É como se o homem quisesse ser maior do que Deus ou, até mesmo, tomar o Seu lugar. Ora, se o homem foi criado por Deus, ele depende do Seu Criador para existir, e seria muita ousadia querer tomar o Seu lugar. Contudo, esta petulância se encontra

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

nos corações gananciosos, que tem o poder como única pretensão desejando não só dominar o ser humano, mas tornar-se o dono de todo o universo sem sujeitar-se a ordem de Deus, subjulgando-O às suas ordens medíocres. A primeira coisa que se vê é a tentativa de destruir tudo o que já foi criado com a desculpa de recriar não só o universo, mas também o homem à “imagem de uma ideologia”. Neste contexto, a verdadeira identidade do ser humano é abafada pelas falsas ideias de que a felicidade está na “liberdade pessoal”, norteada pelas escolhas feitas pela pessoa e que não mais estão de acordo com os preceitos de Deus. É como se insistissem em restabelecer a afirmação do filósofo Nietzsche: “Deus está morto”, e se “Deus


morreu”, cabe ao sistema vigente reinventar a “moral, a ética, a religião” e a estrutura familiar. Tudo isso tem sido imposto a nós pelas autoridades, que desferem ameaças e até a prisão para aqueles que insistem em defender a Família a partir da sua origem, segundo a Palavra de Deus: “Por esta razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua esposa, e os dois se tornarão uma só carne. Dessa forma, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, não o separe o ser humano!” Mc 10,7-9. Nós, que somos amantes da Família inspirada por Deus, temos que nos “armar” com a VERDADE e começarmos a lutar. Não com a mesma violência que nos tem sido imposta, mas argumentando diante daqueles que querem exterminar a existência humana e mostrando a eles que dependemos sim da Família para que os valores essenciais continuem valendo como regra para toda a humanidade. Recentemente o Papa Francisco disse em um dos seus discursos: “A família é importante, é necessária para a sobrevivência da humanidade. Se não existe a família, a sobrevivência cultural da humanidade corre perigo. É a base, nos apeteça ou não: a família”. Portanto, não temos o direito de reelaborar a Criação, mas o dever de cuidar dela com

zelo para que outras gerações possam compreender que a graça da existência humana passa pelo Amor de Deus, que imprimiu no coração do homem a Sua imagem (cf. Gn 1,27), partilhando toda a sua riqueza para que pudéssemos viver com dignidade. Os Católicos precisam saber que a ideologia de gênero não trás dignidade ao Homem, mas transtorno emocional e espiritual, pois leva o ser humano a assumir o seu “ser” de acordo com a sua própria consciência e liberdade, esquecendo-se do que a Palavra de Deus diz: “Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, criou-o homem e mulher. Deus os abençoou: ‘Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra’” Gn 1,2728. Diante de toda essa realidade, precisamos recorrer ao auxílio da Mãe de Deus, uma vez que ela tem o poder de “derrubar os poderosos de seus tronos” (Lc 1,52). Foi Maria, com o seu sim, que se contrapôs aos poderosos de sua época, que queriam tomar o lugar de seu Filho Jesus. Especialmente no Brasil, hoje, os defensores da Família precisam invocar à Mãe Aparecida, para que os poderosos sejam derrubados de seus tronos

juntamente com as ideologias que querem introduzir como verdade absoluta para nossas Famílias. Que a Mãe Aparecia suplique pelas Famílias do Brasil, não permitindo que elas sejam vitimas da vaidade e do poder dos incrédulos, mas que sejam fortes para continuarem rezando pela conversão de toda a humanidade. Que a Mãe Aparecida, que deixou a grande herança de uma Família Sagrada, possa interceder junto a Deus Pai para que as futuras gerações conheçam e vivam a graça do que é ser uma Família segundo a Família de Nazaré, a fim de que possam experimentar o verdadeiro amor que brota de um pai e de uma mãe para com seus filhos. Que a Mãe Aparecida ensine as Famílias do mundo inteiro a consciência necessária para que a humanidade não se desvie do caminho traçado por Deus, permanecendo, assim, fiéis ao Pai e firmes no berço familiar sonhado por Ele. Que a Mãe Aparecida roque para que as nossas Famílias jamais estejam desfiguradas diante da Imagem de Família idealizada pelo Criador, e que a partir de pais e mães restaurados brotem os filhos que formam a verdadeira Família de Deus! Mãe Aparecida, rogai por nossas Famílias!

Padre Fernando é carioca e foi ordenado Sacerdote em 1992. Fundou a Comunidade Restauração em 2009 e, atualmente, tem se dedicado incansavelmente à Restauração das Famílias.

PADRE FERNANDO Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

13


PROJETO FAMÍLIAS RESTAURADAS PARA DEUS

MÃE DA PROVIDÊNCIA

PROVIDENCIAI

Faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm vinho!” Jesus lhe respondeu: “Mulher, para que me dizes isso? A minha hora ainda não chegou”. Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei tudo o que ele vos disser!” Jo 2,3-5 Tanto nas orações, quanto em nossas atitudes no dia a dia, cabe-nos acolher tudo o que o Senhor vai nos falando através dos diversos acontecimentos. Essa sensibilidade, podemos aprender com Nossa Senhora, que estando presente nas Bodas de Caná, percebeu que o vinho, primordial para a festas daquela época, havia acabado. Maria, como a melhor intercessora, apressou Jesus em sua missão, e não se dando por vencida, ensinou-nos em uma das poucas frases que exclama na Palavra, que devemos nos recomendar à Providência fazendo o que o Senhor nos pede. Pode até acontecer que àquela hora não seja o melhor momento nos planos que Deus tem para nós; mas, se realizarmos todas as coisas segundo a Sua vontade e confiarmos na intercessão da Mãe da

Providência, ela fará de tudo para apressar a nossa hora. Neste ano tão especial para a Igreja do Brasil, exatamente neste mês de outubro, quando comemoramos os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba, façamos a humilde experiência de submeter nossas Famílias exclusivamente à vontade do Senhor, entregando todas as nossas necessidades no colo da Mãe Aparecida, que intercede para que a nossa hora seja apressada por Jesus e, assim, encontrarmos a Restauração. Rezemos também pela nossa Nação, confiando à Nossa Senhora Aparecida as necessidades do povo brasileiro, que tanto tem sofrido com as brigas pelo poder e todo o tipo de corrupção que brota dele. Mãe da Providência, providenciai!

Financeiro DEMONSTRATIVO

RECEITAS - AGOSTO 2017

DESPESAS - AGOSO 2017

SALDO FINAL - JULHO

R$ 2.742,34

DESPESAS NÃO PAGAS DE JULHO NEGOCIADAS E PAGAS EM AGOSTO

SÓCIOS E BENFEITORES

R$ 11.518,77

MANUTENÇÃO DA COMUNIDADE (energia elétrica, água, IPTU e taxa de lixo)

OFERTÓRIO/COLETAS DOAÇÕES DE MEMBROS DOAÇÕES NÃO IDENTIFICADAS

R$ 1.515,95 R$ 0,00 R$ 300,19

R$ 2.817,09 R$ 885,57

DESPESAS ADMINISTRATIVAS/DIVERSAS materiais para escritório, formações e paramentos religiosos)

R$ 2.465,05

SERVIÇOS TERCEIRIZADOS (serviços gráficos, postagens, site, e-mails, softwares, transmissão web tv e web rádio, telefonia, internet)

R$ 3.821,47

INVESTIMENTOS

R$ 159,00

LIVRARIA

R$ 1.108,65

LOCAÇÃO DE IMÓVEIS (Missionários Comunidade de Vida)

R$ 1.961,98

EVENTOS

R$ 6.341,10

RECURSOS HUMANOS (salários, impostos e benefícios)

R$ 9.555,82

EMPRÉSTIMOS

R$ 5.395,00

DEPESAS BANCÁRIAS (tarifas)

R$ 1.076,65

R$ 20.784,66

DESPESAS DEPARTAMENTO DE EVENTOS

R$ 784,37 R$ 23.527,00

SALDO FINAL

14

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

R$ 0,00


ESPECIAL

EM TUDO AMAR E SERVIR

Em Tudo Amar e Servir 1992

2017

DEUS ME CHAMOU PARA O SACERDÓCIO. EU DEIXEI TUDO E FUI!

Padre Fernando Gonçalves

Inácio de Loiola é um personagem pouco conhecido entre nós. Não é um “santo popular”, daqueles que se fazem muitas promessas, de quem há muitas imagens ou é venerado em procissões. Muitos, só o conhecem por conta da Ordem religiosa fundada por ele, os Jesuítas. Mas, é de Santo Inácio de Loiola a frase escolhida como lema de ordenação pelo Padre Fernando: Em tudo Amar e Servir. Em tudo Amar e Servir é uma legenda bem ajustada à vida de Santo Inácio: um homem seduzido pelas vaidades do mundo, mas que teve em sua vida uma reviravolta de conversão salvadora quando tinha 30 anos, e que foi aprendendo aos poucos a arte de em tudo amar e servir. Ele mesmo gostava de se chamar “o peregrino”, identificando-se como alguém que caminha em busca

de Deus, procurando a Sua vontade, querendo sempre o melhor, o bem mais universal, a maior glória de Deus, o maior serviço dos homens¹. Ao meditarmos a trajetória do nosso Fundador, durante esses quase 25 de serviço pelo Reino de Deus, podemos identificar nele também “um peregrino”, que procurando fazer a vontade do Senhor e querendo sempre o melhor, tem se doado incessantemente à Restauração das Famílias para que Ele, o Senhor, seja glorificado. Neste contexto, o Carisma “Ser Restaurado para Restaurar” assume uma ligação interessante com o lema de ordenação do Padre Fernando – Em tudo Amar e Servir, uma vez que o Amor é a porta aberta que nos leva ao conhecimento em profundidade, e permitir-se Restaurar para Res-

taurar aqueles que se aproximam de nós é viver uma verdade bíblica: conhecer por dentro é amar em cheio. A vivência do Carisma “Ser Restaurado para Restaurar” pode ser resumida em uma única frase: Em tudo Amar e Servir. O tudo é, literalmente, TUDO, e não cabe nele uma parcialidade: ou nos entregamos por inteiro no amor ao próximo, desde as nossas pequenas atitudes às mais grandiosas, ou não vivemos a máxima do Amor proposta por Jesus. Que possamos aprender de Santo Inácio de Loiola e do testemunho de vida do Padre Fernando, a grandeza de em nossas vidas em tudo amar e servir, permitindo assim que o nosso coração seja Restaurado para Restaurar. ¹ Pedroso, Dario – Em tudo Amar e Servir, 2ª ed., 2007.

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

15


TURMA DOS RESTAURADINHOS

Olá Turminha!

SÃO

FRANCI RANCISCO DE ASSIS

No dia 4 de outubro, a Igreja celebra São Francisco de Assis. Você conhece a história deste santo, protetor dos animais?

http://www.amiguinhosdedeus.com/

Giovani de Pietri era um jovem muito rico e que morava na França. Ele sentia uma enorme tristeza em seu coração, vendo tanta gente passando fome em sua volta. Um dia, ele decidiu dar aos outros um pouco do que tinha e seu pai ficou furioso, achando que ele estava doido! Por este motivo, Giovani resolveu sair de casa para poder ficar perto de quem precisava dele, e rompendo com seu pai, rasgou todas as suas vestes e partiu sem dinheiro, sem roupas e sem nada. Decidindo pelo voto de pobreza e se oferecendo como servo do próximo, as pessoas começaram a chamá-lo de Francisco. e ele passou a viver em função dos irmãos. Francisco passou a se vestir com roupas feitas de saco, presas por um cordão na cintura. São Francisco também é conhecido como o santo protetor dos animais, pois ele amava tudo o que Deus criou do fundo do seu coração, e chamada a todos de irmãos, até o sol e a lua. Conta-se que a sua amizade com os animais começou assim: Francisco estava fazendo uma palestra sobre o amor de Deus em um lugar em que havia um montão de pombinhas, mas elas faziam tanto barulho que ninguém escutava o que ele falava. Aí ele se virou para elas e disse: - "Queridas pombinhas, eu sei que vocês já conhecem o amor maravilhoso de Deus por nós e 16

fazem festa por isso, mas estas pessoas também gostariam de conhecer e sentir o Seu amor. Eu poderia pedir que vocês se acalmassem só por um tempinho?" Então, elas pararam de fazer ba-

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

rulho e as pessoas conseguiram ouvir sobre o amor de Deus”. São Francisco de Assis se dedicou a amar e acolher o próximo servindo a Deus e sendo obediente a Ele.


São Francisco de Assis também foi o criador do presépio. Aconteceu assim: No ano de 1223, numa região da Itália chamada Greccio, Francisco estava organizando a festa do Natal. Ele se inspirou na Bíblia, na parte que conta o nascimento do Menino Jesus, e resolveu fazer um presépio vivo com moradores do local, que representaram Nossa Senhora, São José, os

Reis Magos, os pastores e os anjos. Até os animais eram reais: o boi, o burrinho e as ovelhas... Depois, a ideia de Francisco virou uma tradição, e até hoje, na época do Natal, se montam presépios pelo mundo inteiro para que Jesus possa nascer no nosso coração e no coração de cada família.

Em sua casa, existe a tradição de montar o Presépio na época do Natal? Se não houver, converse com o papai e a mamãe para que neste ano toda a família possa montar um lindo presépio para esperar o Menino Jesus nascer. Falta pouco para o Natal!

Restauradinhos do Mês

No Restauradinhos do mês 2 lindas que estão sempre lá pela Comunidade!

A Cecília, que completa 7 anos no dia 26 de outubro, e a Você também pode aparecer por aqui! Marina, que tem 4 aninhos. Elas são filhas do Tiago e da Carina. Peça ao papai, ou a mamãe, para enviar a sua foto para o e-mail: revista@comunidaderestauracao.org

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

17


LITURGIA DIÁRIA ANIVERSARIANTES DO MÊS

DOM

SEG

TER

QUA

QUI

SEX

Outubro SÁB

1 1ª Leitura

2

8 1ª Leitura

9 1ª Leitura Jn 1,1-2,1.11 Salmo Jn 2,2-8 (R. 7c) Evangelho Lc 10,25-37

10 1ª Leitura

11 1ª Leitura

Est 5,1b-2; 7,2b-3

16 1ª Leitura

17 1ª Leitura

Rm 1,16-25 Salmo 18 (19) Evangelho Lc 11,37-41

18 1ª Leitura

2Tm 4,10-17b Salmo 144(145) Evangelho Lc 10,1-9

19 1ª Leitura

20 1ª Leitura

21 1ª Leitura

23 1ª Leitura Rm 4,20-25 Salmo Lc 1,69-75 (R. Cf. 68) Evangelho Lc 12,13-21

24 1ª Leitura Rm 5,12.15b. 17-19.20b-21 Salmo 39 Evangelho Lc 12,35-38

25 1ª Leitura

26 1ª Leitura

27 1ª Leitura

28 1ª Leitura

30

31

Ez 18,25-28 Salmo Sl 24 2ª Leitura Fl 2,1-11 Evangelho Mt 21,28-32 Is 5,1-7 Salmo 79 2ª Leitura Fl 4,6-9 Evangelho Mt 21,33-43

15 1ª Leitura

Is 25, 6-10a Salmo 22 2ª Leitura Fl 4,12-14.19-20 Evangelho Mt 22,1-14

22 1ª Leitura

Is 45,1.4-6 Salmo 95 2ª Leitura 1Ts 1,1-5b Evangelho Mt 22,15-21

29 1ª Leitura

Ex 22,20-26 Salmo 17 2ª Leitura 1Ts 1,5c-10 Evangelho Mt 22,34-40

1ª Leitura Ex 23,20-23 Salmo 90(91) Evangelho Mt 18,1-5.10

Rm 1,1-7 Salmo 97 Evangelho Lc 11,29-32

1ª Leitura Rm 8,12-17 Salmo 67 (68) Evangelho Lc 13,10-17

3

1ª Leitura Zc 8,20-23 Salmo 86 Evangelho Lc 9,51-56 Jn 3,1-10 Salmo 129 Evangelho Lc 10,38-42

1ª Leitura Rm 8,18-25 Salmo 125 (126) Evangelho Lc 13,18-21

4

1ª Leitura Ne 2,1-8 Salmo 136 Evangelho Lc 9,57-62 Jn 4,1-11 Salmo 85 Evangelho Lc 11,1-4

Rm 6, 12-18 Salmo 123 Evangelho Lc 12, 39-48

5 1ª Leitura Ne 8,1-4a. 5-6.7b-12 Salmo 18(19) Evangelho Lc 10,1-12

6

12 1ª Leitura

13

Salmo 44(45) 2ª Leitura Ap 12,1.5.13a. 15-16a Evangelho Jo 2,1-11

Rm 3,21-30 Salmo 129 Evangelho Lc 11,47-54 Rm 6,19-23 Salmo 1 Evangelho Lc 12,49-53

1ª Leitura Br 1,15-22 Salmo Sl 78 Evangelho Lc 10,13-16

1ª Leitura Jl 1,13-15; 2,1-2 Salmo 9 Evangelho Lc 11,15-26 Rm 4,1-8 Salmo 31 Evangelho Lc 12,1-7

Rm 7,18-25a Salmo 118 Evangelho Lc 12,54-59

7 1ª Leitura At 1,12-14 Salmo Lc 1,4655 (R.Cf.54b) Evangelho Lc 1,26-38 14 1ª Leitura

Jl 4,12-21 Salmo 96 Evangelho Lc 11,27-28

Rm 4,13.16-18 Salmo 104 Evangelho Lc 12,8-12 Ef 2,19-22 Salmo 18 Evangelho Lc 6,12-19

Na Comunidade Restauração 07 Mil Ave-Marias 05 Missa em preparação do Ano Jubilar do Fundador 08 Festa da Família 12 Santa Missa em honra à Nossa Senhora Aparecida

ANIVERSARIANTES DO MÊS SÓCIOS

1 Valdeli Getúlio Cardoso 2 Elena Dalla Valle Pegoraro 3 Alfredo Hirata 4 Francieli Finger Renata Aparecida L. Megliato 5 Andreia Aparecida B. S. Jocenir Lemes do Amaral 6 José Everaldo Lopes Pinheiro Vinicius Gabriel de Oliveira 7 Luciano Lohn Vanessa Decker 8 Tatiane Beifuss Zastrow Nilso José Gesser Zeloir Freire Serozini 10 Arlete Crescencio Zimermann 11 Eduardo Henrique Mariot Rohr 12 Nair Foit 14 Adriana Rodrigues de Godois Ivania Fermino 15 Carmem Maria Struck 16 Viviane P. Rojahn Mendes 17 Adriano e Alice Barreto 19 Fernando Marques Mateus Rodrigo Gutzmann 18

Solange Dias Ribeiro Jacques 20 Adriano João Uhlmann Sebastiana Dalvina Moraes 21 Lenir dos Santos Passos 22 Elaine Lau da Silva Pereira Osmar Lorenzzetti 23 Júlio César Medeiros Manoel Israel dos Santos Marilza Correa Gregório 24 Marli do Nascimento 26 Cecília Soares Ávila Edna Peters Felix Luiz Gadotti Thiago José Prada 28 Débora R. da Silva de Oliveira 29 Marlene Vicente dos Anjos 30 Carina Soares Ávila Gecioni Marcelino Kuhnen 31 Amabilis P. Grosskopf Doglamir Sohn Pereira Gabriel Uhlmann Gilberto Ferreira de Abreu Junior José Jairo Ferraz

Outubro/2017 • comunidaderestauracao.org

CASAMENTO

3 José H. Marques e Esposa 6 Marcus Vinicius da Costa e Esposa 7 Jocenir Lemes do Amaral e Esposa 11 Edicleia M. A. Pereira e Esposo Fabricio Ricardo Peixoto e Esposa 12 Edina Dias Alves e Esposo 16 Deived Egger e Esposa 18 Afonso Max e Esposa Lúcia Demétrio e Esposo 20 Adriano Roberto Pereira e Esposa 22 Vanessa Sennes e Esposo 24 Valdair Policarpo e Esposa MEMBROS

2 Eliane Fagundes Sônia Regina Vicenzi 21 Ivania S. Vanderlinde Maria T. de Vargas 22 Nereu Martinelli

Parabéns! Deus lhe abenço e!


Semana na Comunidade SEGUNDA

TERÇA

15H - Terço da Misericórdia 18H - Santo Terço

15H - Terço da Misericórdia 18H - Santo Terço

QUARTA

QUINTA

15H - Terço da Misericórdia 18H - Santo Terço 19H30 - Santa Missa

15H - Terço da Misericórdia e Grupo de Oração 18H - Santo Terço 19H30 - Missa de Cura e Libertação

SEXTA 15H - Terço da Misericórdia 18H - Santo Terço 19H30 - Santa Missa

DOMINGO 10H - Santa Missa

Atendimentos SEGUNDA

Atendimento psicológico das 8h às 12 e das 13h às 17h

TERÇA Atendimento de oração e acompanhamento espiritual das 8h30 às 12 e das 13h30 às 17h

QUARTA Confissões a partir das 14h Ligue para a Comunidade Restauração e agende o seu horário.


Profile for restauracao comunidade

Revista de outubro  

Revista de outubro  

Advertisement