Issuu on Google+

EDIÇÃO EXPERIMENTAL – PIRES BELO – GO – ABRIL 2013


BRINCADEIRAS DE RODA “Ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar…” Quem continuou cantando, conte aqui! As cantigas de roda são algumas das maiores lembranças da infância e atravessam gerações, fazendo parte do universo infantil até hoje. Vamos relembrar alguns desses jogos? A brincadeira tem origem europeia e hoje também agrega elementos do folclore brasileiro, com algumas personagens e histórias da tradição oral do país. É uma ótima opção de entretenimento para grandes grupos de crianças, porque todos conseguem participar ao mesmo tempo. Além disso, as músicas têm um rico valor cultural, que contribui para a formação do repertório dos pequenos. O mais legal é que os jogos podem ser feitos em qualquer lugar, já que não exigem muitos recursos a não ser um pouco de espaço. Outro aspecto importante das brincadeiras de roda é que elas ajudam as crianças a se soltar e perder a inibição, já que requerem que os pequenos olhem uns nos olhos dos outros, fiquem no meio da roda e cantem. Também estimulam a expressão corporal e a sentimento de coletividade, pois todos os jogos dependem da interação do grupo. São ótimas atividades para promover a socialização entre as crianças. Organizar a brincadeira é fácil. É só juntar as crianças de mãos dadas em um círculo e pedir para que se sentem. A partir daí, são várias as sugestões de jogos, como batata quente, corre cotia, cabra cega, elefantinho colorido, passa anel e estátua. Com certeza, você acabou de recordar outras mil músicas e passatempos, não é? O site da Infoescola traz uma lista enorme de ideias para colocar a criançada para pular e brincar. E os adultos não precisam ficar de fora! A diversão é para todas as idades. Se agora bateu aquela saudade dos tempos de criança, chame seus filhos e cante para eles algumas das músicas que fizeram parte da sua história. Elas vão se animar para brincar também. E, sempre que possível, insira essas canções no dia a dia dos pequenos, porque elas enriquecem a educação e ajudam no desenvolvimento infantil ao estimular a imaginação. Existem até mesmo alguns canais especiais dedicados às cantigas infantis, que possuem coletâneas completas para ouvir, cantar junto e relembrar. Nosso presente de hoje é um jogo da memória. Para montá-lo, baixe aqui o desenho de Roda – feito por Carla Caffe exclusivamente para OMO – reduza a imagem e então imprima dez delas em cada folha. Depois disso, recorte as vinte peças e pinte cada par com uma cor diferente. Para deixar as peças mais firmes, você pode colar as figuras em papel cartão! Divirtam-se!


A Dança da Caroxinha A dança da caroxinha é uma dança estrangulada, coloca o joelho em terra e responde pela palmada. É palma, é palma, é palma, é pé, é pé, é pé, é roda, é roda, é roda, Caroxinha do pé chulé. Caroxinha sacode a saia, Caroxinha balança os braços, Caroxinha por ti eu amo, Caroxinha me dá um abraço.



Resgate Cultural Dorotea