Page 3

REPÓRTER LOCAL • OUTUBRO DE 2010 • 3

“Às quintas venho para aqui aprender, às terças vou tirar um curso de voluntaria na Cruz Vermelha e tenho outros dias da semana em que faço natação e curso de computadores”.

EM FOCO

Joaquina Barbosa, 65 anos, reformada.

Vermil não desperdiça

JOANE MEMÓRIA

Novas Oportunidades Sede da Junta de Freguesia funciona como “sala de aulas” para cerca de 30 alunos Luís Pereira

F

Cerca de 30 adultos tentam obter o novo ano de escolaridade, nas Novas Oportunidades, na sede da Junta de Freguesia de Vermil

cio à formação. A turma terá quatro áreas de aprendizagem: Linguagem e Comunicação, Cidadania e Empregabilidade, Matemática para a vida e Tecnologias de Informação e da Comunicaçã o. Cada uma terá uma carga horária de 22 horas. O tempo de conclusão do 9.º ano dependerá de cada aluno: no limite, um ano será o bastante para obter o diploma. Marisa Faria observa que o grupo de Vermil é a prova de que as “Novas Oportunidades” não são apenas para desempregados que recebem subsídio. “Há o preconceito de que só está aqui quem foi obrigado pelo Fundo de Desemprego. Este grupo prova que isso não é verdade: grande parte veio por iniciativa própria, tem emprego e dos que estão sem emprego, muitos não recebem o subsídio. Vêm porque querem”, refere. José Rodrigues, de 38 anos, confirma. “Estou cheio de trabalhar no sector do calçado, quero mudar e para isso é preciso aprender”, disse ao RL. (Cont. na pag. 4)

A E s co l a S e c u n d á r i a d e Jo a n e entrega no dia 5 de Novembro, pelas 19h00 horas, os diplomas aos adultos certificados no âmbito das Novas Oportunidades. No caso, são adultos abrangidos p e l o p ro c e s s o d e Va l i d a ç ã o e Certif icação de Competências de nível básico e secundário e dos Cursos de Educação e Formação de Adultos. A cerimónia , integrada no 27º aniversário da escola , contará com a presença de representantes da Agência Nacional p a ra a Q u a l i f i c a ç ã o , D i r e c ç ã o Regional de Educação do Norte e d a C â m a ra d e Fa m a l i c ã o , entre outros. “ Trata-se de um e vento de signif icativa importância para os adultos que viram na possibilidade de frequência de percurs o s e d u c a t i vo s - f o r m a t i vo s n o campo da educação e formação de adultos o abrir de novas oportunidades de formação e qualif icação”, refere a direcção do estabelecimento de ensino de Joane.

PUBLICIDADE

ernando Araújo tem 39 anos e por falta de recursos financeiros dos pais, quando completou a antiga quarta classe, teve de abandonar a escola. Hoje tem a ambição de tirar um curso de electromecânica, mas antes, vai ter de fazer o 9.º ano de escolaridade. Fernando integra um dos dois grupos de quinze adultos que durante duas horas e meia, um dia por semana, fazem do salão nobre da sede da Junta de Freguesia de Vermil uma sala de aulas na expec tativa de concluirem o 9.º ano de escolaridade. A iniciativa surge no âmbito do programa “Novas Oportunidades” e resulta de um protocolo dos Cen tros Novas Oportunidades (CNO) do concelho de Guimarães com as redes sociais inter-freguesias e algumas autarquias locais. No caso de Vermil, a responsabili dade da formação é do CNO da As sociação de Municípios Vale do Ave

sendo Marisa Faria a profissional de RVCC (Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) e elemento da equipa pedagógica. “O meu dia precisava de 48 horas!”, desabafa Susana Resende, empre sária de 34 anos que, apesar da vida atarefada, tem feito o esforço semanal de ir às aulas. O objectivo principal é comum a todos os adultos: tirar o 9.º ano de escolaridade. Durante estes pri meiros três meses, os formadores e a téc nica de RVCC encontram-se a desocultar as experiências de vida de cada um para depois darem ini-

CNO DA SECUNDÁRIA ENTREGA DIPLOMAS

Viatura 4-6-9 lugares e Viatura para pessoas com mobilidade reduzida

Serviço permanente: 917 514 596 | 252 991 646

Repórter Local  

Edição de Outubro do Jornal Repórter Local