Issuu on Google+

Ano 6 | Nº 2.109 | ABC, sexta-feira, 18 de novembro de 2011 | www.reporterdiario.com.br

R$ 0,50

ABC investirá R$ 848 milhões em saneamento

Marciel Peres

Se todos os projetos previstos se concretizarem, a maioria dos municípios contará com 100% de dejetos tratados até 2016 As concessionárias responsáveis pelo saneamento básico na região prometem promover ampliação significativa nos índices de tratamento de esgoto do ABC nos próximos anos. Se todos os projetos previstos se concretizarem, a maioria dos municípios contará com 100% de dejetos tratados até 2016. Mauá tem uma das metas mais ousadas. A cidade tem

o pior índice de tratamento da região, mas promete universalizar o serviço em três anos. Uma estação de tratamento de esgoto deverá ser construída na cidade para alcançar o objetivo. Os investimentos em saneamento previstos para o ABC nos próximos anos somam mais de R$ 848 milhões. Somente a Sabesp - responsável pelo saneamento básico em três cida-

des -, pretende investir R$ 658 milhões. As intervenções integram a 2ª e a 3ª etapas do Projeto Tietê, além do Programa Vida Nova/ Mananciais. Santo André e Diadema planejam construir coletores-tronco para ampliar o acesso à coleta e tratamento de esgoto. São Caetano é a única entre as sete cidades que trata 100% dos dejetos. Página 3

Mário Covas faz 10 anos sob nova direção

São Bernardo inicia operação Horário de Pico

Maior hospital público do ABC, o estadual Mário Covas passará por nova fase a partir de 2012. Pela primeira vez, a superintendência não estará a cargo de Geraldo Reple Sobrinho. O decano, como antecipado pelo RD Online, a partir de janeiro estará sob o coman-

A ação passará pelas avenidas Pereira Barreto, Lucas Nogueira Garcez, Aldino Pinotti e Lauro Gomes. A operação que será realizada das 6h30 às 9h e das 16h às 20h, integra as Ações Para a Mobilidade Regional, do Consórcio. Página 6

do de Desiré Carlos Callegari, hoje diretor técnico e professor de Anestesiologia da Fundação do ABC. Chegou-se a cogitar a possibilidade de alterar o estatuto para garantir a permanência de Reple, mas a empreitada arrefeceu. Página 2

GASTRONOMIA

CINEMA

Marciel Peres

Página 8

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), negou nesta quinta-feira (17) que tenha posto em prática articulação para fazer os tucanos de Santo André e São Bernardo abrirem mão da candidatura própria na sucessão municipal de 2012 em prol de aliados. No início da semana, foi ventilada a possibilidade de costura do Palácio dos Bandeirantes para que esses pleitos próprios fossem abdicados para apoiar os aliados partidários. Em troca, o PSDB angariaria a adesão para a candidatura majoritária na sucessão paulistana e, de quebra, poderia refletir no arco de alianças de Alckmin na tentativa da sucessão do Estado em 2014. Página 2

DECORAÇÃO Divulgação

DELÍCIA - Protagonista de aniversários e casamentos, o tradicional brigadeiro ganha novas versões

Alckmin reitera autonomia de tucanos

ESGOTO - Índice de coleta e tratamento de esgoto varia de 5% a 100% na região

VAMPIROS - Último filme da saga 'Crepúsculo' estreia nesta sexta-feira, com lua de mel no Rio

Marciel Peres

NATAL MODERNO - Decoração natalina deste ano abriu espaço para cores como rosa e amarelo Página 8

Página 9

Acisa inscreve para Viaduto de Capuava prêmio até dia 30 fica pronto em 2012

Com o objetivo de incentivar e fomentar o empreendedorismo entre as mulheres, a Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) promove em 2012 a primeira edição do Prêmio Mulher Empreendedora. O objetivo é valorizar o empreendedorismo feminino e a importância de suas respectivas empresas para a economia do Município.

Para participar é preciso ter faturamento anual de até R$ 2,4 milhões e preencher outros requisitos. Ao todo, 40 finalistas serão selecionadas pela comissão julgadora e as três primeiras colocadas serão premiadas com cursos do Sebrae. Para participar é preciso ser empresária em Santo André. Página 7

Mauá visa cursos técnicos para o EJA Mauá planeja levar cursos de qualificação para os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Este é um dos projetos previstos para serem executados em 2012 pela secretária de Educação de Mauá, Margaret

Franco Freire, em entrevista ao Repórter Diário. A titular da Pasta anunciou, ainda, a construção de três escolas e fala dos principais desafios, como a ampliação da carga horária. Página 5

A antiga cancela na avenida Manoel da Nóbrega, em Mauá, poderá ser finalmente aposentada no ano que vem. A promessa é do governador Geraldo Alckmin, que inaugurou nesta quinta-feira (17) obras na cidade e zona leste da Capital. A avenida, localizada no bairro Capuava, é cortada pela linha férrea, por onde passam os trens da linha 10-turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Cada trem de passageiros ou de carga que chega na estação Capuava, provoca a interrupção do tráfego de veículos. A construção do viaduto, que passará sobre a via férrea, faz parte da terceira fase de obras do Sistema Viário Jacu-Pêssego, que prevê investimentos da ordem de R$ 85 milhões.

Está prevista ainda a instalação de outro viaduto, sobre a avenida Comendador Wolthers, além da pavimentação da avenida Rosa Kasinski. Nesta quinta-feira, o governador de São Paulo inaugurou as obras da segunda fase do Sistema Viário JacuPêssego, que tiveram início em março de 2011. Foram entregues marginais à avenida Jacu-Pêssego, na zona leste da Capital, com o objetivo de facilitar o tráfego de veículos de moradores da região, separando o trânsito local do tráfego da via expressa. Outra importante inauguração foram as obras da segunda fase do Sistema Viário Jacu-Pêssego. Foram entregues também marginais da avenida Jacu-Pêssego. Página 4

Projeto leva música clássica às escolas

Objetivo é apresentar música clássica de forma didática e oferecer novas perspectivas de vida à criança. Cada apresentação dura cerca de 45 minutos e é feita de forma didática. Escolas municipais estão na agenda de apresentações. Página 8

índice

Política............................Pág. 2 Opinião..........................Pág. 2 Cidades..................Págs. 3, 4 e 6 Educação........................Pág. 5 Economia........................Pág. 7 Gastronomia..................Pág. 8 Novelas...........................Pág. 9 Cinema...........................Pág.9 Social.............................Pág. 10


2

Repórter Diário

Editorial Nem tudo é festa na Rocinha A ocupação da conhecidíssima Favela da Rocinha, alardeada com pompa pelo governo do Estado do Rio de Janeiro, deve sim ser aplaudida, pois traz no bojo política pública que tem se demonstrado eficiente: a UPP (Unidade de Polícia Pacificadora). Porém, a euforia deve ser contida por outra informação não menos concreta. Como diria o capitão Nascimento, em Tropa de Elite, o sistema está contaminado. Não bastam a prisão do “dono do morro” e a instalação de policiais para que a paz seja mantida. O próprio Nem relatou a parcimônia com que os traficantes sejam atendidos pelos policiais que, em troca de propina, fazem vista grossa para o caminho das drogas. Mais do que ocupar o território do crime é preciso dominar toda e qualquer possibilidade de influência do “$istema” (propositalmente grafado desta forma) na formação e conduta de quem se propõe a “lutar’ pela ordem da coletividade. Tudo isso, claro, sem esquecer na manutenção da unidade entre as três esferas de poder. Sem isso, qualquer política está fadada a ser executada de muleta, pois ações impactantes precisam do dispêndio dos municípios, Estados e governo federal.

Repórter Político Alckmin reafirma autonomia dos diretórios para 2012 O governador de São Paulo, Gerlado Alckmin (PSDB), negou nesta quinta-feira (17) que tenha posto em prática uma articulação com o intuito de fazer os tucanos de Santo André e São Bernardo abrirem mão da candidatura própria na sucessão municipal de 2012 em prol de aliados no intuito de obter como contrapartida adeptos à raia paulistana do tucanato e também da própria trincheira em 2014. A afirmação foi feita durante inauguração da segunda fase das obras do sistema viário Jacu-Pêssego, em São Paulo, na divisa com Mauá. Na segunda-feira, o jornal Estado de São Paulo divulgou uma reportagem sobre uma possível ingerência do Palácio dos Bandeirantes nas decisões de tucanos em cidades da região metropolitana como Santo André, São Bernardo e São Caetano.

Curtas Fôlego Tida como uma das candidaturas petistas mais desacreditadas do ABC, a raia própria de São Caetano, capitaneada por Edgar Nóbrega, receberá um tônico no fim de semana. No sábado (19), o encontro de divulgação das diretrizes do Projeto 2012 contará com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Pinheiro no Natal Pemedebistas com bom trânsito nas esferas superiores querem realizar o ato de oficialização da pré-candidatura de Paulo Pinheiro à Prefeitura de São Caetano ainda este ano. Além de já entrar em 2012 com as turbinas aquecidas, dá sempre para atrelar ao período do ano, afinal “não tem Natal sem Pinheiro”. Jogo de Cena? A informação dos bastidores, de encontro entre o vereador Tunico Vieira (PMDB) e o deputado estadual Alex Manente (PPS), foi interpretada como balão de ensaio por parte da dupla. O primeiro, pré-candidato a prefeito, estaria interessado em ser vice da chapa de Luiz Marinho na disputa de São Bernardo em 2012 e teria protagonizado a conversa para “forçar conversa com o Paço”. Manente, dado como nome certo na corrida municipal, teria obtido o bônus de mostrar ao PSDB que tem condições de se movimentar na raia contrária mesmo sem os tucanos. Um recado para o tucanato se apressar na decisão de aglutinar em torno de única candidatura opositora. No mesmo dia A Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) aprovou emenda do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) que acrescenta à proposta de emenda constitucional (PEC), sobre alteração da data de posse do presidente da República, governador e prefeito, a obrigatoriedade dos deputados estaduais e distritais eleitos em 2014 as-

sumirem o mandato no dia 1º de fevereiro. Originária na Comissão da reforma política, a PEC com as datas de posse foi emendada pelo senador no plenário, onde aguarda votação. Aloysio Nunes explica que a unificação das datas de posse dos deputados estaduais e distritais vai impedir a situação de determinados Estados, onde eles só são empossados dois meses depois do governador. Atualmente, os federais assumem em 1º de fevereiro e os parlamentares paulistas, por exemplo, dia 15 de março. Rindo à toa Nesta sexta-feira (18) o deputado federal Vanderlei Siraque (PT) promove, no Clube de Portugal, em Santo André, festa em comemoração à posse em Brasília. Quem acompanhou o petista nas últimas semanas relata que ele “é só alegria”, com risos e saudações por todos os cantos. Congresso O Congresso promovido pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, conta com ministros e ex-ministros na agenda de palestras. Nesta quinta, o exintegrante do Planalto, José dirceu, proferiu sua avaliação de conjuntura. No sábado, a entidade terá as presenças de Fernando Haddad, Alexandre Padilha e Marco Aurélio Garcia. Kassab O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, foi enfático nesta quinta-feira (17) ao avaliar a situação do PSD em Santo André. Sem meias palavras e qualquer resposta politicamente correta, o político admitiu que o bom relacionamento com o petista Luiz Marinho (prefeito de São Bernardo) reflete no município vizinho. “Está nesse rumo (aliança com o PT)”, disse. “Não fui procurado (pelo prefeito Aidan Ravin) mas o que eu tenho de informações do diretório é que está mais no rumo do deputado Grana”, emendou.

Rua Álvares de Azevedo, 210 Centro – Santo André Tel.: 4427-7800 www.reporterdiario.com.br

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Opinião / Política

Mário Covas faz 10 anos e anuncia nova gestão em 2012 Leandro Amaral Maior hospital público do ABC, o estadual Mário Covas passará por novo momento a partir de 2012. Pela primeira vez, desde a fundação em 2001, a superintendência não estará a cargo de Geraldo Reple Sobrinho. O decano, como antecipado pelo RD Online, a partir de janeiro estará sob o comando de Desiré Carlos Callegari, hoje diretor técnico e professor de Anestesiologia da Fundação do ABC, gestora do hospital. Inicialmente chegou-se a cogitar a possibilidade de alterar o estatuto para garantir a permanência de Reple, mas a empreitada arrefeceu. Por ser custeado pelo governo estadual, comandado há décadas pelo PSDB, Geraldo Reple sempre

foi visto como pessoa ligada diretamente à ala tucana, rótulo que ele, de pronto, rechaça. “Sou do PS (Partido da Saúde)”, diz. Reple diz que nunca foi filiado a partido político e “sequer” chegou a ser sondado. O contato partidário mais próximo ocorreu entre 2007 a 2009, quando o superintendente comandou, sem estar filiado, o Instituto Teotônio Vilela, braço do PSDB. Porém, segundo informações, Reple teria, recentemente, ingressado nas fileiras do tucanato de Santo André para reforçar possível raia majoritária, encabeçada pelo vereador Paulinho Serra (PSDB). O sucessor de Reple, Desiré Callegari, é filiado ao PSDB andreense.

Modelo ganhou aprovação O superintendente Geraldo Reple Sobrinho afirma, categoricamente, que o sucesso, verificado nos altos índices de aprovação dos usuários, se deve ao modelo de atendimento do Hospital Mário Covas. “É um modelo vencedor, tudo feito de forma eletrônica, que atraiu o apoio dos prefeitos desde o início, porque entenderam o modelo. Só foi viável até hoje porque não é porta aberta. As pessoas têm atendimento inicial na UBS ou pronto-socorro de bairro e, mediante a gravidade, são encaminhadas ao Mário Covas. Ao que ele (hospital) se prestou até hoje, tem dado conta do recado”, diz. Segundo Geraldo Reple, se o Mário Covas fosse “porta aberta” à população, não daria conta da demanda, pois seriam necessários outros três no mesmo padrão. “Temos capacidade instalada, hoje de 20 mil consultas/ mês. Se fosse procura direta, nós deveríamos fazer o dobro ou o triplo disso. Isso é impossível porque, nossa estrutura, tem limite físico. O Mário Covas é o hospital dos hospitais”, afirma. Apesar de apresentar atendimento disputado por pacientes atendidos pelo SUS, o

Reple comanda há 10 anos hospital corre, mensalmente, para bater a meta de consultas, a qual interfere diretamente no repasse orçamentário do Estado, responsável pelo equipamento. “Nós temos metas qualitativas e quantitativas. No começo nos pedíamos consultas porque faltavam pacientes. Isso, por incrível que pareça, continua. Se um médico atende 10 consultas, nós marcamos 40% a mais para atingir a meta. Apesar disso, ainda tem desconexão. Temos a perda primária, que não é nem agendada e temos a consulta que é agendada, mas a pessoa falta”, explica. Em 2001, o hospital foi inaugurado fruto de um investimento de R$ 60 milhões para atender pacientes dos sete municípios. Atualmente, o orçamento para manter o espaço é o dobro.

Marciel Peres

Callegari assumirá o hospital em 2012

Heliponto é prioridade Para os próximos meses, as prioridades do Hospital Mário Covas são a construção do heliponto, que vai contemplar, por exemplo, os constantes pousos do helicóptero Águia da PM e a ampliação da Farmácia Popular. Ainda de acordo com o superintendente, a instalação de mais um hospital regional, a exemplo do Mário Covas e Serraria, não deve ser avaliada antes da inauguração dos demais equipamentos previstos para a região, como a AME de Mauá, o pleno funcionamento

da AME Santo André, e a otimização do atendimento do Nardini, também em Mauá. Além das iniciativas do Estado, estão em andamento intervenções municipais como o Hospital de Clínicas, em São Bernardo, e a construção das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), parceria com o governo federal. Os números do hospital são importantes. Por mês, são 15 mil consultas e mais de 10 mil atendimentos em reabilitação e outros procedimentos. (LA)

No início era ‘de Clínicas’ O HEMC foi inicialmente projetado para ser o Hospital de Clínicas de Santo André, depois Hospital de Clínicas Regional, a exemplo do HC de São Paulo. Teve as obras lançadas em 1978, mas sofreu inúmeras interrupções ao longo dos anos, por falta de pagamento às empreiteiras, trocas de prefeitos e não repasse de recursos estaduais e federais. Em campanha à reeleição, o então governador Mário Covas prometeu retomar a construção, parada também no seu primeiro mandato. O ex-governador encontrou 15 hospitais inacabados pelo Es-

tado e deu nova solução para seu funcionamento: entregar a gestão à iniciativa privada, na forma de OSSs (Organizações Sociais de Saúde). A Fundação do ABC, mantenedora da Faculdade de Medicina do ABC e à época gestora de dois hospitais universitários (Anchieta e HMU, em São Bernardo), habilitouse e venceu a licitação para administrar também o HEMC, cuja primeira etapa, após a morte de Mário Covas, em março de 2001, foi inaugurada em 20 de novembro daquele ano pelo então governador Geraldo Alckmin.

Espaço aberto

Saber estudar é o segredo para vestibulandos A temporada de vestibulares já chegou e nesta reta final, o estudante precisa manter a tranquilidade e não perder tempo desnecessariamente. Por isso, a palavra de ordem é organização. Comece pelos estudos, organize seus horários a fim de conseguir estudar, descansar e praticar alguma atividade física. Organize também suas dúvidas para que sejam esclarecidas por professores ou pelos plantonistas dos cursinhos. Não fique muito tempo parado em alguma coisa que não está conseguindo entender ou resolver. Para isso, ter um caderninho para anotar as dúvidas, quando elas sur-

girem, é bastante estratégico. Preste atenção às aulas, estude em um ambiente tranquilo e mantenha a concentração no momento da leitura. Para diminuir o cansaço, procure estudar matérias diferentes ao longo do dia, mas o ideal é não ultrapassar o limite de quatro. Não existe fórmula mágica de como estudar, pois tem aluno que prefere fazer resumos, outros gostam de grifar o que estão lendo, estudar sentado, deitado, ouvindo música ou no silêncio. O ideal é que cada um encontre a sua melhor maneira de estudar e se concentrar no conteúdo. Resumos, entretanto, são sempre

muito aconselháveis, pois além de ajudarem a memorização são bastante úteis para rápida revisão nas vésperas das provas. Como cada universidade tem lista de obras literárias indicadas, verifique quais são e procure pelo menos conhecer a história e principais personagens, pois nesta “altura do campeonato” não haverá tempo para a leitura completa. Outra dica importante é acompanhar os fatos da atualidade que estão sendo veiculados na mídia, desde política, crises econômicas mundiais, esportes, tecnologia até os grandes conflitos armados. Seguindo estas dicas e mantendo a calma, princi-

4G na PM 4 G é a nova geração já usada nos EUA. Os celulares e suas aplicações ficam super rápidos. Perguntado sobre o motivo desta tecnologia não estar ainda no Brasil, um técnico da área me adiantou que as empresas daqui estão fazendo lobby junto ao governo federal para procras-

tinar. Aqui é o celular mais caro do mundo.

Santos? Providência divina? Luiz Francisco, referente à matéria ‘Encontro Casual” entre Marinho e Alex agita bastidor’

Osny Telles Orselli, referente à matéria ‘Polícia Militar testa tecnologia inédita em viaturas do ABC’ Marinho e Alex Que encontro casual foi esse? Justo no Dia de Todos os

Brasil sem cigarro Minha mãe fuma há mais de 40 anos e nem pensava em parar de fumar. Aqui em nossa casa todos pegam no

palmente na hora de ler as questões para entender corretamente o enunciado proposto, com certeza, o vestibulando já terá boas chances de obter um ótimo desempenho no exame. Paulo Roberto De Francisco é diretor de Vestibulares do Singular-Anglo pé dela, principalmente, o meu pai. Porém, ela fica zangada e aí fuma mais. Eu sou o único que falo com ela de maneira mais suave, e, a partir dessa série, Brasil Sem Cigarro, ela já falou até em parar, mas aos poucos. Edvan Acácio, referente à matéria ‘Brasil Sem Cigarro promete comover fumantes’

Os comentários acima estão no site www.reporterdiario.com.br

Jornalista responsável: Airton Resende Edição: Aline Bosio e Maria do Socorro Diogo Reportagem: Aline Bosio, Carolina Neves, Larissa Marçal, Leandro Amaral,Tiago Oliveira e Rafael Nunes

Comercial: Claudia Plaza Fotos: Marciel Peres e Carolina Neves Suporte Operacional: Pedro Diogo Administrativo: Rita de Cássia B. da Silva

Tiragem auditada por:


REPÓRTER DIÁRIO

CIDADES

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011

3

Se executados, projetos darão salto no saneamento do ABC

Os índices de coleta e tratamento de esgoto no ABC podem dar um salto nos próximos anos. Pelo menos, é o que preveem as concessionárias responsáveis pelo saneamento básico nas sete cidades. As metas são ambiciosas e os investimentos somam R$ 848,2 milhões até 2016. Caso todas as promessas sejam cumpridas, alguns municípios passarão a contar com 100% de coleta. É o caso de Mauá, que possui os piores indicadores de saneamento da região. Atualmente somente 5% do esgoto de Mauá é tratado. A promessa é que até 2014, não sejam mais depositados dejetos sem tratamento nos córregos da cidade. Em outubro, a concessionária Foz do Brasil obteve financiamento da Caixa Econômica Federal para ampliação da rede coletora e construção de estação de tratamento de esgoto (ETE), na avenida Alberto Soares Sampaio. A obra vai custar R$ 150 milhões. Em Diadema, a quantidade de esgoto tratado também é pequena: apenas 12,83% dos dejetos. A Prefeitura prevê que em 2012 o índice salte para 63%, após as intervenções que serão realizadas com financiamento do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Entre as obras previstas

está a construção de três coletores-tronco (Curral Grande, Canhema e Serraria), com inauguração prevista para 2012. Um quarto coletor deverá ser instalado até 2018, o que deve elevar o tratamento em Diadema para 100%. O saneamento no município é de responsabilidade da Saned. Os investimentos chegam a R$ 7,9 milhões. O Semasa, responsável pelo saneamento básico de Santo André, pretende universalizar o tratamento de esgoto na cidade até 2012. Hoje, 40% do esgoto coletado no município segue para tratamento na ETE ABC, que fica na divisa de São Paulo com São Caetano.

Santo André Para alcançar a meta, a autarquia constrói coletorestronco em córregos da cidade, como o Guarará, Dona Laura e Cassaquera. A promessa é que as intervenções estejam prontas no primeiro semestre de 2012. Para viabilizar os investimentos na área de saneamento, Santo André pretende utilizar PPP (Parceria Público-Privada) como alternativa. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) pretende investir mais de R$ 658 milhões no ABC até 2014, com o objetivo de

ampliar a coleta e tratamento de esgoto nas três cidades onde tem atuação. Os investimentos mais significativos são feitos em São Bernardo, onde a Sabesp espera que até 2014 o tratamento de esgoto no município passe dos atuais 27% para 80%, e chegue a 90% em 2015. A cidade receberá investimentos de R$ 586 milhões e contará com 45,5 km de novos coletorestronco e 28,8 km de redes de coleta. Em Rio Grande da Serra, o índice de tratamento chega a 85%, e pode alcançar 100% em três anos caso todas as obras previstas pela Sabesp sejam concluídas. Os investimentos na cidade somam R$ 23,1 milhões. Ribeirão Pires conta hoje com 80% do esgoto tratado. O objetivo da Sabesp é que até 2016, este índice chegue a 100%. O município deve receber investimentos da 3ª etapa do Projeto Tietê. A 2ª etapa do programa está em andamento. Além disso, a cidade faz parte do Programa Vida Nova/Mananciais. Ao todo, serão investidos R$ 49,6 milhões no município. São Caetano é a única cidade da região que coleta e trata 100% do esgoto. O índice foi alcançado em 2009. Todos os dejetos são encaminhados para a ETE ABC.

Índice de coleta e tratamento de esgoto no ABC ÍNDICES ATUAIS COLETA

TRATAMENTO

META

TRATAMENTO

ANO

SANTO ANDRÉ

96%

40%

100%

2012

SÃO BERNARDO

88%

27%

90%

2015

100%

100%

*

*

DIADEMA

94%

13%

63%

2012

MAUÁ

87%

5%

100%

2014

RIBEIRÃO PIRES

81%

70%

100%

2016

RIO GRANDE DA SERRA

44%

85%

100%

2014

SÃO CAETANO

Fontes: Semasa, Sabesp, Foz do Brasil, Saned e DAE

Fotos:Marciel Peres

Verminoses, viroses e hepatite são algumas doenças causadas pela falta de saneamento básico

Ambientalista critica gestões Em meio às ambiciosas projeções de coleta e tratamento de esgoto das sete cidades do ABC, tal cenário ainda é encarado com pessimismo pode parte de quem é especialista em meio ambiente. Segundo Fábio Vital, arquiteto e urbanista especializado em gestão e saneamento ambiental, a região ainda engatinha no que tange à gestão partilhada de recursos ambientais, considerada essencial no planejamento a longo prazo de recursos hídricos na região metropolitana. A falta de gestão e, principalmente, planejamento em conjunto entre em municípios, é tida como o grande entrave. O cenário, diz Vital, cria série de medidas consideradas paliati-

vas. “O problema não deve ser de uma cidade apenas. Se uma cidade vizinha não tem o mesmo compromisso que nós, por exemplo, isso (melhorias na coleta e tratamento de esgoto) acaba virando algo isolado. É uma questão que sempre aparece, mas nunca é aprofundada porque não há uma cultura de ação regional”, critica. O ambientalista ainda é cético quanto à solução definitiva do esgoto. Vital utilizou dois pontos peculiares da região para exemplificar o que classifica de falta de gestão metropolitana: a criação do Consórcio Intermunicipal e o tratamento dado a córregos que cortam as cidades do ABCD. “O Consórcio é um

órgão que está atingindo ‘maioridade’, mas há má vontade política. Tem prefeito que sequer demonstra interesse nele e quem paga a conta somos nós”, diz. “Se você considerar que cada cidade tem companhia local e outras não, elas não trabalham juntas, não se falam”, questiona Fábio Vital, que ocupa atualmente a vice-presidência do Subcomitê BillingsTamanduateí. Atualmente, três das sete cidades da região possuem administração própria do sistema de água e esgoto – Santo André (Semasa), Saned (Diadema) e São Caetano (DAE). Nas demais, Sabesp e Foz do Iguaçu são responsáveis por gerir os recursos municipais.

Instituto rechaça investimentos Vírus e bactérias ‘fazem a festa’ Dados divulgados em 53ª colocação no ranking setembro pelo Instituto em 2008 e foi para 45ª em Trata Brasil apontam que o 2009. Já Diadema ocupava ABC precisa investir pesa- a 42ª posição e subiu para do em saneamento. Santo 33ª. “Estas cidades subiram André, o melhor colocado pelo investimento. Só São na região, caiu seis coloca- Bernardo gastou cerca de ções no ranking. Passou da R$ 72 milhões no setor em 12ª para 18ª entre cidades 2009”, destaca. Diadema está entre as brasileiras com mais de 300 mil habitantes. Mauá tam- 10 cidades que mais aposbém desceu na tabela: de taram em saneamento em 2009. Segundo o ranking, 41ª para 46ª. "Os dois municípios tive- a Saned (Companhia de ram problema com investi- Saneamento de Diadema) mento, principalmente em ocupa a 6ª posição no item tratamento do esgoto cole- ‘ I n v e s t i m e n t o s / g e r a ç ã o de caixa’. Natado", aponta Édison Carlos, presi- " Não adianta quele ano, a Companhia indente do Instituto. coletar e não vestiu R$ 17,8 Apesar de salientar que Santo André tratar, porque milhões. Para Carlos, ocupa posição de continua independentedestaque (há anos poluindo" mente do mufigura entre as 20 nicípio, o demelhores do Brasil), a queda no investimen- safio para os próximos anos to foi o principal responsá- é ampliar a quantidade do vel pela piora na avaliação. esgoto tratado. “Uma cida"Houve queda de quase de como Santo André tratar três vezes no investimento menos da metade do esgoto de coleta e tratamento de é preocupante. Pior ainda é esgoto. Em 2008 foram R$ Mauá, que trata quase nada, 35 milhões e em 2009 ape- algo inconcebível”, lamennas R$ 12 milhões", diz. ta. “Tirando São Caetano, “Mauá tem basicamente o que coleta e trata 100%, os mesmo problema de Santo demais municípios do ABC estão na mesma situação. André", completa. São Bernardo estava na Precisam investir mais na

coleta e no tratamento do esgoto. Não adianta coletar e não tratar, pois ele é apenas levado para longe das casas, mas continua poluindo”, ressalta. Estudo Para fazer o ranking, o Trata Brasil considera várias informações prestadas pelas operadoras de saneamento nas cidades em 2009, como a população total atendida com água tratada e rede de esgoto; tratamento do esgoto por água consumida; índice total de perda de água tratada - calculado com base nos volumes totais de água produzida e de água faturada demonstrando a eficiência do operador; tarifa média praticada e que corresponde à relação entre a receita operacional do prestador do serviço e o volume faturado de água e de esgoto na cidade, além dos investimentos em relação à geração de caixa dos sistemas, compreendendo a arrecadação sem despesas operacionais. Para cada indicador o estudo estabelece um ranking de evolução e a combinação destes dados classifica a cidade no ranking.

A dona de casa Rosimeire de Oliveira mora há mais de 20 anos perto de um rio, em São Bernardo. O esgoto despejado na água passa a simbolizar problema para a moradora em época de enchentes. “Nunca pegamos nenhuma doença, mas é porque toda a vez que chove e temos contato com a água do rio, desinfetamos a casa”, acredita. O contato direto com a água de esgoto pode causar doenças, como amebíase, ascaridíase, esquistossomose e giardíase. A professora de Toxicologia da Faculdade de Medicina do ABC, Irene Videira de Lima, afirma que qualquer um pode ter contato com o esgoto doméstico sem perceber. “Na praia, o esgoto jogado dentro do mar é mais uma forma de contaminação. Por isso, é importante estar atento aos alertas da Cetesb para saber se a praia está própria para banho”, afirma. Verminoses, infecções por vírus, hepatite e febre tifóide são outras doenças que podem ser transmitidas devido à falta de tratamento adequado do esgoto doméstico. De acordo com

Professora Irene alerta sobre esgoto doméstico o presidente da Associação Brasileira de Infectologia, Marcos Antônio Cyrillo, as doenças decorrentes da falta de saneamento básico não têm a ver com a condição social das pessoas. “Esses vírus e bactérias podem ser transmitidos por alimento ou água contaminada, distribuídos sem distinção”, afirma. Leptospirose O médico lembra que antes no Brasil não se ouvia falar em epidemia de rotavírus ou em norovírus, mas que apesar disso a ten-

dência é que os registros desse tipo de doença diminuam devido aos trabalhos de prevenção e campanhas de vacina. No verão, as enchentes acabam por ser outro meio para essas doenças se proliferarem. A mais perigosa nesse caso é a leptospirose, transmitida pelas fezes de rato, que pode ser fatal. “A pessoa que teve contato com água de enchente pode evacuar e transmitir hepatite se não for tomado os cuidados com a higiene”, afirma Cyrillo. O contato com esgoto industrial também pode trazer sérios problemas, só que a longo prazo. Segundo a professora Irene, algumas substâncias liberadas em rios e mares, como metais pesados, inseticidas e solventes são cartinogênicas, causam câncer. “É o mesmo raciocínio quando analisamos os problemas dos lixões em Santo André e em Mauá que causam intoxicação crônica, difícil de identificar nos primeiros anos”, explica. Além do câncer, as toxinas podem causar mutagenicidade e alergias de pele.

“Quando chove, a minha casa fica inundada. Temos de desinfetar nossas pernas e mãos, e também a casa. Mas as ratazanas que entram”.

“É importante a Prefeitura limpar o rio para não causar enchentes, mas eu acredito que é impossível despoluí-lo. Falta consciência”.

“Acho que as prefeituras têm de limpar o rio, pois é muita sujeira, cheiro ruim e ratos por toda a parte. Bem complicado”.

“Queremos que canalizem, asfaltem a rua e transformem a parte do rio em rua. Já reclamamos para a Prefeitura. mas não fizeram nada até agora”.

Rosimeire de Oliveira, São Bernardo

Kelly Cristina Lourenço, Mauá

Maria José Carvalho, Santo André

Ivanete Lourenço da Silva, São Bernardo

Esta matéria teve a participação de Aline Bosio, Carolina Neves, Nathalia Blanco, Tiago Oliveira e Rafael Nunes


4 Sexta-feira, 18 de novembro de 2011

REPÓRTER DIÁRIO 3

CIDADES

Alckmin anuncia novo viaduto em Capuava para julho de 2012

Inauguração da via deve aposentar cancela localizada na avenida Manoel da Nóbrega, em Mauá; Via é cortada por linha da CPTM Tiago Oliveira

Pedro Diogo

A antiga cancela localizada na avenida Manoel da Nóbrega, em Mauá, poderá ser finalmente aposentada em 2012. A promessa é do governador Geraldo Alckmin, que inaugurou nesta quinta-feira (17) obras na cidade e na zona leste da Capital. A avenida, localizada no bairro Capuava, é cortada pela linha férrea, por onde passam os trens da linha 10-turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Cada trem de passageiros ou de carga que chega à estação Capuava provoca a interrupção do tráfego de veículos. O viaduto vai passar sobre a via férrea, permitindo a ligação com a avenida dos Estados, e tornando desncessário o uso da cancela. “A obra fica pronta até julho do ano que vem”, garante o governador. “Os moradores mais antigos de Mauá esperam a obra há 30 anos. Imagine só a demora na espera quando passam trens longos, de carga. Será uma grande obra”, afirma Alckmin. A construção do viaduto faz parte da terceira fase de obras do Sistema Viário JacuPêssego, um investimento de

Anúncio foi feito pelo governador Alckmin, durante entrega de obras viárias R$ 85 milhões. Está prevista ainda a instalação de outro viaduto, sobre a avenida Comendador Wolthers, além da pavimentação da avenida Rosa Kasinski. Algumas intervenções previstas nesta fase, como melhorias na avenida Alberto Soares Sampaio, já começaram. Inaugurações Nesta quinta-feira, o governador de São Paulo inaugurou as obras da segunda fase do Sistema Viário JacuPêssego, que tiveram início em março de 2011. Foram entregues marginais à avenida Jacu-Pêssego, na zona leste da Capital, com o objetivo de facilitar o tráfego

de veículos de moradores da região, separando o trânsito local do tráfego da via expressa. Alckmin entregou também o Complexo JK, um conjunto de 2,8 km de pista que dão acesso à avenida Papa João XXIII, em Mauá, e que contou com investimentos de R$ 40 milhões. O prefeito de São Paulo reforçou a importância da criação de novas vias para ajudar a desafogar o trânsito na Capital. "A Jacu-Pêssego, ao lado do Rodoanel é um dos principais investimentos para a cidade. A avenida nos ajuda a diminuir a circulação de veículos pesados ou de pas-

Após 30 anos, viaduto na via Anchieta sairá

Pedro Diogo

Prefeitura prevê finalização da obra em fevereiro do ano que vem Após mais de 30 anos paralisadas, as obras do viaduto no quilômetro 22,5 da via Anchieta finalmente foram retomadas. A ação é parte de um amplo projeto de interligação de vias da Prefeitura de São Bernardo e tem investimento de quase R$ 13 milhões. Os trabalhos começaram dia 4 de julho e visam a construção de alças para ligar a pista à avenida João Café Filho. Para Edes Faria, dono de loja de mecânica próxima ao viaduto, a obra irá valorizar mais a região. “Mas não sei se vai fazer tanta diferença no trânsito que está cada vez mais caótico aqui na Anchieta. Abri o estabelecimento em 1986 e

o viaduto já existia. Estava mais do que na hora”, afirma Faria. De acordo com o assistente de diretor do Departamento de Vias Públicas, Marcelo Benites, o viaduto terá direção centro-bairro e acabará com o cruzamento que liga a Anchieta à avenida Maria Servidei Demarchi. “A palavra chave neste caso é mobilidade urbana. A obra é importantíssima para ajudar a desafogar o trânsito”, explica Benites. Desapropriações Ao todo nove imóveis foram desapropriados para a retomada das obras. Moradora do terreno há 30 anos, a aposentada Rosa Cafeo teve

"Estava mais do que na hora. Abri o estabelecimento em 1986 e o viaduto já existia. Mas não sei se vai fazer tanta diferença no trânsito que está cada vez mais caótico na Anchieta". Edes Faria, dono de automecânica

sua casa derrubada na semana passada. “Eles avisaram com antecedência, mas foi muito difícil de aceitar, mesmo porque morei ali por muito tempo. Mas acredito que a obra será muito boa para a cidade”, afirma Rosa que se mudou para outra residência na mesma rua. A previsão de término da obra é para 29 de fevereiro de 2012, o que totalizará 240 dias de intervenção. A função inicial do viaduto era interligar a rodovia Anchieta a Imigrantes, mas por diversos problemas relacionados à condição do terreno e estrutura, a obra ficou impossibilitada de ser finalizada. (Colaborou Carolina Neves) "Eles avisaram com antecedência, mas foi muito difícil de aceitar, mesmo porque morei ali por muito tempo. Mas acredito que a obra será muito boa para a cidade".

Rosa Cafeo, aposentada

seio na zona leste, melhorando a qualidade no trânsito", acredita Gilberto Kassab. "Também permite que aqueles que estão na Grande São Paulo não precisem passar para a Capital para chegar a outros municípios e ao aeroporto de Guarulhos", avalia o prefeito. A avenida Jacu-Pêssego foi inaugurada em 1995. Em 2008 foi entregue o trecho que liga a via à rodovia Ayrton Senna. No ano passado, foram concluídas obras que fazem parte do Complexo Viário, como o trevo da avenida Ragueb Chohfi e a duplicação da avenida João Papa João XXIII.

S.Caetano apreende DVDs piratas A Prefeitura de São Caetano por meio da Secretaria Especial de Controle Urbano (Secont) destruiu cerca de 600 Kg de CDs e DVDs falsificados, apreendidos pelos fiscais nos últimos meses. O material plástico foi entregue, na última quartafeira (16), para reutilização no Centro Municipal de Reciclagem, no Bairro Prosperidade. A Secretaria tem atribuições como fiscalização da perturbação do sossego público - por meio de denúncias a respeito de barulhos excessivos em bares e restaurantes – e de vendedores ambulantes sem autorização. Há dois anos, a Prefeitura criou a Secont que, entre outras funções, passou a articular a questão da ordenação da paisagem urbana com a Lei Cidade Limpa, Cidade Linda (Lei Municipal nº 4831/09). O telefone 156 está à disposição do munícipe que precisar efetuar uma denúncia.

Limpeza de piscinões começa em duas semanas O governador Geraldo Alckmin acredita que a limpeza dos piscinões no ABC irá começar dentro de duas semanas, no mais tardar 20 dias. O prazo coincide com o início do período de chuvas de verão, que causam enchentes na região metropolitana todos os anos. O governo estadual assumiu a responsabilidade pela limpeza dos 17 reservatórios do ABC em março deste ano. A demora no processo de licitação para escolher a empresa que realizará o serviço é apontada com um dos motivos para que a limpeza ainda não tenha sido feita. "Assumimos a limpeza, manutenção e segurança dos piscinões, mas é preciso fazer a concorrência pública. As obras agora estão em fase de contratação, portanto acredito que em mais 15 ou 20 dias as empresas assumam a manutenção", afirma Geraldo Alckmin. "O investimento total chega a R$ 40 milhões", completa. O edital para limpeza dos piscinões foi publicado em agosto e no final de outubro as propostas foram abertas. Dos 17 piscinões localizados no ABC, dois ficam em Santo

André, um em São Caetano, quatro em Mauá e 10 em São Bernardo. O serviço é responsabilidade do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica). "A manutenção dos reservatórios é normalmente feita pelos municípios. Assumimos esta responsabilidade para evitar jogo de empurra, já que alguns municípios realizam o serviço e outros não", avalia o governador. O governo do Estado passou a ser responsável pela limpeza de 25 piscinões na região metropolitana. Reservatórios de Embu, Osasco e Taboão da Serra também serão mantidos pelo DAEE. Durante o evento realizado nesta quinta-feira, o governador falou ainda sobre o piscinão Jaboticabal, que será construído nas proximidades da via Anchieta e próximo ao Ribeirão dos Meninos. De acordo com Alckmin, o impasse na Justiça continua sem expectativa de ser resolvido. A previsão era que as obras começassem ainda no primeiro semestre deste ano, mas uma das empresas derrotadas na licitação questionou o resultado do processo, o que paralisou o cronograma do DAEE. (TO)

RD positivo/negativo A ação de limpeza, promovida pelo Semasa em Santo André, atendeu às ruas Monte Casseros, Praça Constante Rocco, 1º de Maio, Álvares de Azevedo, Savino Degni, Capitão Mário Fláquer, Maria Gaiarsa, Coronel Oliveira Lima e ao início da Rua Itambé. Foram feitas a varrição e a coleta de detritos, a raspagem do chão e a retirada de resíduos (chicletes) no Calçadão da Oliveira Lima. (Foto antes e depois da ação) Marciel Peres

ParkShopping tem mais de 50 mil visitantes Na primeira semana de funcionamento, o ParkShopping São Caetano registrou movimento acima do esperado. Só no fim de semana e no feriado, o volume de pessoas que visitaram o shopping via acesso de carro pelo estacionamento foi de mais de 50 mil por dia. A administração do ParkShopping São Caetano acredita que esse número foi maior por conta das pessoas que estiveram no empreendimento sem veículo. A média de carros por dia foi de 8 mil dentro do estacionamento, lembrando que muitos automóveis estacionaram ao redor do shopping. O centro de compras, inaugurado na semana passada no Espaço Cerâmica, conta com 218 lojas e tem como foco o público A e B.

Envie sugestões ou fotos de situações ou locais, positivas ou negativas, que chamam a atenção pelas cidades do ABC, com seu nome e telefone para a redação do Repórter Diário pelo e-mail redacao@reporterdiario.com.br


Sexta-feira, 18 de novembro de 2011

REPÓRTER DIÁRIO

EDUCAÇÃO

5

Mauá quer disponibilizar cursos técnicos para alunos da EJA Tiago Oliveira

Marciel Peres

O município de Mauá estuda levar cursos de qualificação para os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Este é um dos projetos previstos para serem executados em 2012 pela secretária de Educação de Mauá, Margaret Franco Freire, que concedeu entrevista ao Repórter Diário. A titular da Pasta anunciou, ainda, a construção de três escolas e falou dos principais desafios que Mauá enfrenta na área. Entre eles, a adequação ao Plano Nacional de Educação, que envolve, entre outros itens, a ampliação da carga horária dos alunos. Freire falou ainda que não está previsto reajuste salarial para os professores. Secretária Margaret aunciou a construção de três escolas Repórter Diário - Quais são os maiores desafios de Mauá na Educação? Margaret - Um dos grandes desafios de Mauá enfrenta é o atendimento de 0 a 3 anos e a Educação de Jovens e Adultos, com evasões expressivas no decorrer de cada semestre, o que é preocupante. RD - A falta de vagas é um dos principais problemas na educação infantil? Margaret – É um grande desafio, porque ainda temos lista de espera, não só de creches, mas na educação infantil. As novas construções previstas para serem entregues no início de 2012 darão condições para que a lista de espera de 4 a 5 anos seja zerada. Porém, o déficit de vagas de 0 a 3 anos ainda deve persistir por mais tempo. RD - Onde serão instala-

das as novas escolas? Margaret – As escolas já estão em construção. Uma será erguida no jardim Zaíra e vai atender 850 crianças. A outra vai funcionar no jardim Olinda, para cerca de 650 crianças, e na Vila Assis, que também vai beneficiar cerca de 650. RD - Qual é o déficit de vagas? Margaret – A central de vagas, que faz parte do sistema de gerenciamento de dados da Secretaria de Educação, recebe as solicitações dos pais e também a demanda das escolas da cidade. O levantamento do sistema mostra que 3,8 mil crianças de 0 a 3 anos estão aguardando vagas em Mauá e 380 crianças de 4 a 5 anos também esperam. RD - A demanda leva em conta a procura de alunos de outros municípios que

estudam ou pretendem estudar em Mauá? Margaret – O preenchimento de vagas de 4 a 5 anos é feito levando em conta o critério de que a criança deve ser moradora de Mauá. Matriculamos os mais velhos e as crianças que residem no município. No entanto, se a criança de outro município conseguiu a vaga no passado, não vamos retirar. RD - A secretária de Educação de São Bernardo, Cleuza Repulho, propôs um censo para levantar o número de alunos que estudam em escolas de outras cidades. Qual sua opinião? Margaret - Pensando em políticas públicas, a ideia é interessante. Não abrimos inscrição para alunos de outras cidades. Mas, principalmente em escolas que ficam em limites de

municípios, temos crianças de cidades vizinhas atendidas. O jardim Esperança, que faz divisa com Ribeirão Pires, e o Jardim Sonia Maria, perto de Santo André e São Paulo, são exemplos. Se o fenômeno acontece em Mauá, também ocorre em escolas de outros municípios. RD - Qual será o impacto do Plano Nacional de Educação na cidade? Margaret – Mauá já possui um Plano Municipal de Educação, revisado recentemente. Tivemos todos os cuidados de elaborar as metas de acordo com o Plano Nacional. No Plano Nacional, uma que nos preocupa é a ampliação da carga horária do aluno. Passar para 5 horas, como prevê o texto, será grande desafio para Mauá. Hoje, ainda trabalhamos com

três períodos na educação mais pastas. Além disso, já infantil e nossas crianças estamos investindo muito ficam 3 horas e meia na esna folha de pagamento do cola. A ampliação da carga magistério. Não há polítihorária seria fator que difica de reajuste para nossos cultaria o combate ao défiprofessores, a não ser que cit de vagas de 4 e 5 anos. ocorra um boom no orçaRD - O aumento de remento. passe do Fundeb, previsto RD - A Prefeitura pretenno programa federal ‘Mais de realizar concurso para Educação’, é suficiente contratação de professores? para viabilizar a ampliação Margaret – Nós fizemos, da carga horária nas escoem 2010, concurso para las? professores e hoje contaMargaret – Não. O Funmos com 980 profissionais. deb é imprescindível e não Com as novas escolas, vadá pra pensar na educação mos precisar chamar alsem o Fundo. Mas a contraguns que passaram, mas partida do município ainda estavam na lista de espera. fica muito pesada. RD - Mauá estuda muniRD - Há espaço para amcipalizar escolas estaduais? pliação do ensino técnico Ribeirão Pires, Rio Granem Mauá? de da Serra e Mauá fazem Margaret – Temos esparte de uma diretoria de colas técnicas na cidade, ensino na qual não houve como a Etec e outras escomunicipalização total. Em las privadas. Estamos estuRibeirão Pires, a questão dando levar essa orientação avançou um pouco porprofissional para os que lá há alguns nossos alunos da "Não dá para prédios próprios EJA. Hoje falta mão pensar em a mais, mas em de obra no mercado só temos Educação sem Mauá e os estudantes do uma escola de eno Fundeb. sino fundamental EJA têm baixa escolaridade, o que difimunicipalizada. O fundo culta a inserção no Desde 2009, a edué muito mercado de trabacação municipal lho. A carga horária importante" assumiu o priserá menor que os meiro ano, numa cursos técnicos de um ano ação compartilhada com o e meio. Estado. A partir do segunRD – A gestão Oswaldo do ano o Estado assume toDias pretende reajustar sadas as crianças. Hoje, com lário dos professores? o governo Alckmin, nossa Margaret – Nosso piso relação de diálogo com a de Mauá não está muito Secretaria de Educação mefora do que é o piso ideal. A lhorou. Agora é possível cidade tem problema finanrealizar ação compartilhaceiro muito grave. Destinar da. O Estado vai assumir 40 25% do orçamento é sacrifíturmas do nosso primeiro cio em detrimento das deano.


6 Sexta-feira, 18 de novembro de 2011

3 REPÓRTER DIÁRIO

CIDADES

Mexa-se espera 20 mil em S.André Fotos: Carolina Neves

O A unidade da Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Diadema ainda permanece sem prazo para inauguração. No começo de setembro, o prefeito Mário Reali (PT) vistoriou as obras, no bairro Campanário, e projetou entregar o equipamento até o fim daquele mês. Assim, o Centro Paula Souza, orgão do governo do Estado, poderia iniciar o processo para equipar o espaço. Porém, quase dois meses depois do prazo previsto inicialmente, o prédio não foi entregue. Para finalizar o prédio, a Prefeitura diz que faltam ações de acabamento como detalhes de pintura, que devem estar concluídos ainda neste mês de outubro. Se este cronograma for ratificado, o Centro Paula Souza poderá adentrar com os equipamentos. As aulas estão previstas para o próximo ano. A Prefeitura recebeu a doação do terreno, em 2008,

Solange Frasão e Celso Furtado marcaram presença durante a quarta edição em 2010 Marcado para domingo, dia 27, a partir das 7h, o Mexa-se 2011 está prestes a atingir a marca dos sete mil inscritos. O encontro Coop de Corrida e Caminhada chega na 5ª edição como desafio para sedentários e amantes de corridas. As inscrições vão até esta sexta-feira (18) nas unidades da Coop: Industrial, em Santo André; Joana Angélica, em São Caetano; Joaquim Nabuco, em São Bernardo do Campo; ou por meio do site www. portalcoop.com.br. A expectativa é de que mais de 20 mil pessoas compareçam ao evento, que ano passado atraiu 17 mil participantes com seis mil inscrições. O encontro terá 25 tendas dispostas no Paço Municipal de Santo André, ponto de partida da corrida, com

serviços como, orientação sobre consumo de gordura, açúcar e sal; massagem; pilates; aferição arterial; e degustação de produtos. Desta vez, além da madrinha Solange Frasão, no comando de aulas de alongamento e relaxamento, o público terá a companhia e incentivo do apresentador Celso Cavallini. Segundo o gerente de Marketing da Coop, Celso Furtado, o único critério para se inscrever é que a pessoa seja maior de idade. “Na verdade, o Mexase é para toda a família e isso faz parte da nossa estratégia de fazer um evento para que todos possam participar”, afirma Furtado. Um carro Renault Sandero (Fase 1) será sorteado entre os participantes. (Colaborou Carolina Neves)

Entrega de Fatec é incógnita em Diadema

do grupo Papaiz. A Faculdade funcionará na Av. Luiz Merenda, 530 no Bairro Campanário. O prédio, de três pavimentos, tem aproximadamente 4 mil m² de área construída, constando do projeto 16 salas de aula, cinco laboratórios, dois laboratórios de informática, biblioteca e dependências administrativas e de serviço. O investimento é de cerca de R$ 4 milhões. A faculdade começa com o curso superior de Tecnologia em Cosmetologia, com ênfase em produção, para atender demanda do Pólo de Cosmético de Diadema, que responde por 10% do mercado nacional do setor.

São Bernardo inicia Corrida terá premiação “Horário de Pico”

Além dos amadores, muitos atletas profissionais também participam do Mexa-se. Quem vencer a corrida, na categoria masculina e na feminina, receberá o prêmio de R$ 5 mil; segundo lugar, R$ 2,5 mil; terceiro lugar, R$ 1,5 mil; quarto lugar, R$ 1 mil; quinto lugar, R$ 500. Ano passado, o primeiro lugar da categoria geral masculino ficou com Ivanildo Dias de Souza, também campeão dos 10 km da Meia Maratona de São Paulo 2010, seguido de Luiz Carlos Fernandes da

Silva e Antonio Pedro da Silva Salles. Na categoria geral feminino, a campeã foi a kenyana Ednah Mukhwana, seguida de Andrea Celeste da Silva Ramos Benites e Beatriz Nascimento. Para aquecimento do Mexa-se, a Coop promove neste sábado (19) algumas ações gratuitas no Parque Celso Daniel, em Santo André. Equipe profissional fornecerá orientações sobre alongamento e treinamento monitorado em tempo real. (CN)

Da Redação Na próxima segunda (21) terá início a Operação Horário de Pico, em São Bernardo. A iniciativa, que será realizada das 6h30 às 9h e das 16h às 20h, integra as Ações Para a Mobilidade Regional, elaborada por técnicos do Grupo de Trabalho de Mobilidade do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e representantes das sete prefeituras. A operação será desenvolvida nas avenidas identificadas como importantes eixos regionais e que concentram pontos

em que foram constatados “gargalos” de congestionamento. A ação passará pelas avenidas Pereira Barreto, Lucas Nogueira Garcez, Aldino Pinotti e Lauro Gomes. No total serão três eixos na região, sendo que o primeiro deles corresponde à ligação Ribeirão Pires/São Caetano, o segundo Diadema/Santo André, e o terceiro compreende a ligação São Bernardo/ São Caetano. Operadores de tráfego de São Bernardo e de cidades vizinhas atuarão conjuntamente em pontos de divisa de Município.


Sexta-feira, 18 de novembro de 2011

ECONOMIA

Inclui Cultura, Gastronomia, Cinema, Novelas e Social

REPÓRTER DIÁRIO

7

Acisa inscreve para Prêmio Mulher Empreendedora Marciel Peres

Aline Bosio Com o objetivo de incentivar e fomentar o empreendedorismo entre as mulheres, a Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) promove em 2012 a primeira edição do Prêmio Mulher Empreendedora. O objetivo é valorizar o empreendedorismo feminino e a importância de suas respectivas empresas para a economia do Município. Para participar é preciso ter faturamento anual de até R$ 2,4 milhões e preencher outros requisitos. As inscrições vão até o próximo dia 30 pelo portal da associação - www.acisa.com.br Segundo Selma Cobra, vice-presidente da Acisa, a mulher tem conquistado cada vez mais espaço nas empresas. Se antigamente elas só buscavam empreender por necessidade, hoje se tornam

Selma Cobra, vice-presidente da associação, coordena o Prêmio empresárias por opção. "Precisamos dar o reconhecimento devido a essas histórias de sucesso", diz Selma Cobra, que espera 150 inscritas. Para participar da premia-

ção é necessário, ainda, ter mais de 18 anos e ser proprietária de micro ou pequena empresa instalada em Santo Andé há, no mínimo, um ano. No formulário de ins-

crição, disponível no portal, é necessário informar dados da empresa e candidata e escrever a história de empreendedorismo. Ao todo, 40 finalistas serão selecionadas pela comissão julgadora e as três primeiras colocadas serão premiadas com cursos do Sebrae. A Acisa ainda fecha outros prêmios, como viagens. "A ideia é criar um prêmio regional em parceria com outras associações comerciais", ressalta. A cerimônia de premiação será em 8 de março de 2012, Dia Internacional da Mulher. O Prêmio é uma parceria entre o Núcleo de Mulheres Empreendedoras da Acisa, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e FGV (Fundação Getúlio Vargas).

Associação fará levantamento O Prêmio Mulher Empreendedora vai ajudar a Acisa a descobrir o número e as características das mulheres que estão à frente de micro e pequenas empresas. Hoje, nem mesmo o SEBRAE possui levantamento sobre o empreendedorismo feminino no município, segundo Selma Cobra. "Não sabe-

mos quantas mulheres são donas do próprio negócio, mas sentimos que isso tem crescido", conta a vice-presidente da Acisa. Zenaide Maria Mota, analista do Escritório Regional do Sebrae, diz que não tem números exatos de Santo André e do ABC. “Mas com o aumento da procura por cursos e par-

ticipação em palestras, podemos afirmar que o interesse em gerir o próprio negócio tem crescido entre o público feminino", acrescenta Zenaide. Dados do Sebrae nacional apontam que o percentual da presença das mulheres na população empreendedora no Brasil saltou de 29% em 2000

para 46% em 2003, número considerado para os dias atuais. Estima-se que 36% das novas empresas abertas no Brasil sejam iniciativa feminina. O Sebrae também possui prêmio dedicado às mulheres. As inscrições seguem até 5 de dezembro pelo site www.mulherdenegocios. sebrae.com.br. (AB)

Logan tem câmbio mais econômico Túlio Moreira da Auto Press O câmbio automático gradativamente deixa de ser item de luxo para se tornar aliado contra o tédio do tráfego lento e congestionado. As fabricantes estão de olho nos consumidores que buscam a comodidade das transmissões que dispensam o pedal da embreagem. É o caso da Renault, que estendeu o câmbio automático a alguns modelos, como Sandero e Logan. No caso do sedã, o câmbio automático é opcional na versão Expression com motor 16V. A Renault resgatou o câmbio automático de quatro velocidades que já havia aparecido por aqui em modelos da segunda geração da linha Mégane equipados com motor 2.0 litros 16V. A transmissão foi acoplada ao motor 1.6 litro 16V flex, que entrega 112/107 cv de potência a 5.750 rpm e 15,5/15,1 kgfm torque a 3.750

rpm, com etanol e gasolina. O câmbio automático do Logan é auto-adaptativo e avalia a marcha mais adequada para cada situação, a partir de uma central eletrônica. Segundo a Renault, o mepotência extra compensa a presença do câmbio automático – este tipo de transmissão costuma diminuir o desempenho do propulsor. Com isso, os números das duas versões ficam bastante próximos: 11,7 segundos na aceleração de zero a 100 km/h e 171 km/h de velocidade máxima para o Logan automático abastecido com etanol, contra 11,8 segundos e 175 km/h do sedã com câmbio manual. O Logan Expression Automatic parte de R$ 41.950, equipado com motor 1.6 litro 16V flex. O câmbio automático de quatro marchas, com opção de troca sequencial na alavanca, e o motor 16V agregam R$ 3.500 ao valor do carro.

Fabricantes buscam comodidade para usuários


8

Repórter Diário

Filarmônica Vera Cruz leva música clássica à escola

Fotos: Marciel Peres

Da Redação

Apresentar a música clássica de forma didática e, assim, oferecer novas perspectivas de vida à criança é o objetivo do projeto Orquestra vai à Escola, da Filarmônica Vera Cruz, em São Bernardo. Inaugurada em outubro, a série já passou por duas escolas do município, uma delas o Centro Educacional da Fundação Salvador Arena. Na agenda de apresentações, estão as EMEBs (escolas municipais de educação básica) Mário de Andrade, dia 21, e também Irmã Odete, dia 5 de dezembro, a última escola deste ano. A justificativa da série, que continuará em 2012, é a de que levar a música até o estudante ajuda a mostrar que o mundo pode ser melhor, sem violência. Segundo Júlio Medaglia, maestro da orquestra, o intuito é também criar um novo público. “A ideia é levar a música até as crianças e também que ela se habitue com a música clássica”, conta. Cada apresentação dura cerca de 45 minutos e é feita de forma muita didática. As crianças aprendem que, como toda organização, as orquestras são segmentadas em famílias ou naipes e cada grupo é denominado conforme a constituição do instrumento. O violino, a viola, o violoncelo e o contrabaixo formam a família das cordas.

Inaugurada em outubro, a série já passou por duas escolas de São Bernardo e segue até 2012 Já o fagote, oboé, clarinete, flauta e saxofone constituem a família das madeiras, assim como o trompete, trompa, trombone e tuba constituem o naipe dos metais. Cozinha A orquestra ainda tem a família da percussão, apelidada de ‘cozinha’ por causa do excessivo barulho. A variedade de instrumentos do naipe é a maior dentro da orquestra e o grupo pode ser dividido

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011

CULTURA/GASTRONOMIA/DECORAÇÃO

entre aqueles que têm altura definida e podem usar mais de um som e os que apenas tocam ritmos. Ao apresentar cada instrumento e o seu som separadamente a série musical ensina aos estudantes como funcionam as divisões numa orquestra, mas com músicas que fazem parte da infância, como o tema de Tom e Jerry. “A orquestra tem todos os sons desde sinfonias até temas de Luis Gonzaga”, explica Medaglia.

Para Jacqueline Moreira Magalhães, coordenadora da educação infantil e ensino fundamental, levar a temática da orquestra é apenas um dos benefícios das apresentações. “Os aspectos culturais de modo geral são os principais destaques das apresentações, já que os alunos vivem experiências que talvez não viveriam se não estivessem na escola”, afirma. (Colaborou Larissa Marçal)

Brigadeiro tem novas coberturas e sabores É difícil achar quem não goste dos tradicionais docinhos de festa. Protagonista número um nos aniversários e casamentos, o brigadeiro ganhou novas versões. A moda agora é adicionar ingredientes inusitados e coberturas vistosas para criar o brigadeiro gourmet. Novidade na região, a São Brigadeiros, em São Caetano, aposta em sabores, como melão, laranja e outras frutas. “Muitas vezes o cliente nem gosta da fruta, mas não deixa de experimentar” afirma Paulo Maussalli, um dos proprietários. Segundo o lojista, o preferido depois do tradicional é o brigadeiro de Cookies. Cada docinho custa R$ 3 (15 a 18 g). Outra novidade é a cozinha visível, onde o consumidor pode acompanhar a preparação dos brigadeiros.

No Atelier Doce Audrey Ribeiro, em Santo André, que atende somente por encomenda, a novidade está na cobertura que pode ser à base de amêndoas, nozes, pistache e até gergelim “O cliente fica surpreso com a cobertura de gergelim, mas curiosamente, é um dos mais vendidos” comenta Wesley Morales, sócio da casa, que comercializa o cento por R$ 200. O brigadeiro em outros formatos também está na moda. A doçaria Amor Aos Pedaços apostou na ideia com o brigadeiro de colher (500 ml por R$ 19,50) e a bala de brigadeiro (35g por R$ 3,60). “O potinho de brigadeiro de colher, que custa R$ 3,60, é como imã para a criançada” comenta Renata Toscano, gerente da loja, em Santo André. (Colaborou Nathalia Blanco) Marciel Peres

Decoração de Natal traz ousadia Da Redação Esqueça os símbolos natalinos como são apresentados tradicionalmente. O Natal deste ano, além de contar com a decoração clássica, com vermelho e verde, vem com muito rosa e amarelo, cores adotadas especialmente para o Papai Noel. Anjos e árvores com purpurina e em formato de cone também anunciam mudanças na decoração e mais asas à imaginação. De acordo com Glaucia Leandro, proprietária da loja Lar Deco, essas novidades são atraentes para quem deseja fugir do convencional.

“O publico mais jovem tem procurado bastante o Papai Noel em outras cores, o que pode ser uma boa opção de presente”, sugere a lojista. Renata Di Felice, artesã e cake designer, aposta nas cores tradicional, mas diferentes enfeites da árvore, como anjos confeccionados a partir de vaso de plástico pintado, bola de isopor e muita fita. A artesã também sugere substituir a tradicional guirlanda por quadro com temática do Natal. “Quem quiser fugir da guirlanda que todo mundo tem, pode colocar o quadrinho”, afirma. (Colaborou Larissa Marçal)

Papai Noel rosa, Lar Deco

Na São Brigadeiros, as versões mais procuradas são meio amargo, morango, tradicional, laranja e melão São Brigadeiros - ParkShoppingSãoCaetano – al. Terracota, 545, 2° piso, São Caetano Atelier Doce Audrey Ribeiro – rua Tabaiares, 303, Santo André. Tel: 4316-3335 Amor Aos Pedaços - Grand Plaza Shopping - avenida Industrial, 600, Lj. F13, Santo André

SESC Santo André tem Cinema na Laje, sábado Da Redação A programação do projeto Tons Urbanos, criado em virtude do Dia da Consciência Negra, tem como destaque neste sábado (19) a atividade Cinema na Laje, criada pelo poeta Sergio Vaz, responsável pelo mo-

Ao lado, garfo para petiscos petiscos

En,nn,n Boneco de chão, da Elza

Quadro de Natal, da Renata

Noel calendário é da L&L

Anjo Aspen

Serviço L & L Presentes rua Laura, 740 - Santo André Tel: 4438-9493 Lar Deco Av. Portugal, 1473 - Santo André Tels: 2325-7466 / 2325-7468 Elza Presentes rua Guilherme Marconi, 322 - Santo André Tel: 4432-0660 Renata fazendo Arte www.renatafazendoarte.com.br Tel: 4451-0659/ 9937-2810

RD livro

vimento cultural Cooperifa. A atração começa às 17h30 e terá uma sessão com documentário sobre o Sarau da Cooperifa. Também será apresentado o filme Povo Lindo, Povo Inteligente. Às 19h o cinema dá espaço à leitura e sarau, com declamação de poesias. Tudo de graça. (LM)

Claraboia

Foi preciso mais de meio século para que Claraboia, de José Saramago, fosse publicado. O lançamento foi feito nesta quarta-feira (16), na semana de aniversário do autor Prêmio Nobel de 1998. O livro já está disponível. A obra é uma compilação de histórias do dia a dia dos moradores de um prédio de seis andares, na Lisboa de 1952. Entre os personagens estão a bela Lídia, Autor: José Saramago sustentada pelo amante misteNúmero de Páginas: 384 rioso, e o jovem Abel, que vive à Preço sugerido: R$ 46 procura de sentido para a vida. Companhia das Letras


Novelas - Sinopses da semana de 21 a 26 de novembro de 2011 ATEN­ÇÃO: OS RESU­MOS DOS ­CAPÍTULOS ESTÃO SUJEI­TOS A MUDAN­ÇAS EM FUN­ÇÃO DA EDI­ÇÃO DAS NOVE­LAS.

GLOBO 17h35

GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 22h

Repórter Diário

NOVELA/CINEMA

Sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Segunda

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

Laura deduz que Débora armou para separá-la de Guido. Natália pede para Guido convencer Laura a apoiar a comunidade no auto de Natal. Natália descobre que Ziggy modificou o site do “Nós Online”. Nervoso, Betão denuncia Filipe por falsificar a assinatura de Nelson no boletim. Débora confessa para Laura que armou para separá-la de Guido.

Michele aconselha Débora a parar de tentar unir os pais. Ziggy se declara para Natália. Vinícius diz a Débora e Michele que tentará reconquistar Laura. Aparecida discute com Moisés para acertar a comissão dos filhos. Nelson reclama com Helena por ter brigado com Filipe. Gabriel é simpático com menina e Cristal fica com ciúmes. Filipe sugere que Betão ligue para Babi.

Babi fala com Betão e fica mexida com a ligação dele. Débora comenta com Michele que iniciará projeto para virar celebridade na internet. Vinícius encontra Guido na locadora e humilha o rapaz. Betão vai até a praia encontrar Babi e rouba um beijo. Babi dispensa Betão e se arrepende. Vinícius leva flores para Laura e pede desculpas. Babi se lamenta com Cristal por não ter ficado com Betão.

Gabriel e Cristal tentam convencer Babi a se desculpar com Betão. Nelson ouve Betão falando de Babi e comenta que ela está apaixonada por ele. Aparecida não gosta da ideia da seleção para as Fôjocats, dançarinas dos shows. Débora fica arrasada ao descobrir que sua conta virtual foi deletada. Fôjo, Dieguinho e Jefferson decidem escolher as Fôjocats por votação no site.

Ziggy explica para Débora por que seu perfil foi apagado e Natália se afasta ao descobrir quem é a menina com quem ele conversa. O mestre de kung fu avisa que a academia enviará lutador para torneio e Betão acredita que será escolhido. Débora pede para Filipe ajudar nos textos da personagem virtual e ele deixa escapar o desentendimento de Babi e Betão. Cristal e Gabriel descobrem que Alexia chegará.

Débora confessa para Laura que armou para separá-la de Guido

Iná tem um pressentimento com Ana. Nanda conhece Tiago. Manuela deixa Francisco ajudá-la na cozinha e se surpreende com o desempenho dele. Renato tira fotos de Alice e faz perguntas sobre ela para um amigo. Rodrigo diz a Lourenço que Manuela é a responsável pela felicidade deles. Ana abre os olhos e balbucia o nome de Júlia para Eva.

Lúcio se emociona ao confirmar que Ana está se recuperando. Manuela conversa com Iná sobre seu casamento com Rodrigo. Rodrigo orienta Maria a cuidar dos negócios enquanto ele estiver viajando. Eva mente para Lúcio e diz que avisou à família sobre a recuperação de Ana. Wilson recebe a carta anônima que Iná escreveu e acredita ser de Moema.

Laudelino consegue provar a Wilson que não foi Moema quem escreveu a carta que recebeu. Vitória leva Bárbara para casa de Marcos e ele desiste de sair com Dora. Manuela confessa a Iná que está com medo de contar para Ana sobre o relacionamento com Rodrigo. Ana tenta balbuciar o nome de Manuela. Francisco reclama de Nanda e Lui tenta contornar a situação. Lúcio leva Manuela para ver Ana.

Manuela consegue se comunicar com Ana. Eva provoca Manuela. Marcos confessa a Dora sua preocupação com Sofia. Manuela conta para Rodrigo que Ana se recupera. Marcos e Dora fazem planos para um novo encontro entre eles e as filhas. Iná se preocupa com a situação das netas. Alice conta para Manuela sobre sua desconfiança em relação a Renato. Rodrigo fica chocado ao ver Ana.

Lorena sofre por causa de Tiago e Matias a consola. Marcos e Dora combinam de contar para as filhas sobre eles. Manuela e Rodrigo conversam com a psicóloga de Júlia. Eva implica ao ver Iná e Maria no quarto de Ana. Rodrigo confessa a Nanda que não esqueceu Ana. Celina afirma a Lúcio que a recuperação de Ana lhe devolveu o ânimo. Renato decide se apresentar para Alice.

Alice se emociona ao constatar que a história de Renato é verdadeira. Ana se esforça para conseguir pentear os cabelos. Alice conta para Suzana e Cícero que encontrou seu pai biológico. Rodrigo confessa a Celina que teme pelo relacionamento com Manuela. Lúcio orienta Manuela a esperar para contar para Ana. Eva pergunta a Manuela e Rodrigo quando irão contar para Ana que estão juntos.

Vicente diz a Lucena que tem dúvidas sobre o que sente por ela. Belezinha fica entre as finalistas do concurso. Lucena telefona para Juan e exige que ele devolva o seu dinheiro. Damiana ameaça Raíssa e Locanda. Joselito desmaia e é amparado por Amália. Locanda se queixa de Damiana para Felizardo. Vicente diz a Claudia que vai pedir Lucena em casamento.

Raíssa propõe a Sebastião que se casem para não ter que dividir o prêmio. Vicente pede Lucena em casamento. Joselito prevê grande mudança na vida de Iara. Raíssa passa a noite com Sebastião e Damiana conta para Felizardo. Íntima recebe a ligação de um olheiro que oferece trabalho para Belezinha. Sarita vê Henrique no Covil do Bagre. Tide e Cleo fogem do Lar.

Maruschka pede que Ticiano contrate detetive para fotografar Alberto e Sarita. Rubinho descobre que Lucena vai se casar e decide ajudá-la. Joselito sugere que Iara volte a procurar o diário da mãe. Brites recebe carta anônima e conclui que foi enviada por Locanda. Felizardo planeja construir muro entre a Vila Caiada e Covil do Bagre e Violante quer conseguir autorização.

Olga revela a Deusa que as crianças não são bem cuidadas por Otília. Brites acusa Locanda de ser a autora da carta anônima e Felizardo revela que sua mulher recebeu carta. Otília se desespera com o sumiço de Tide e Cleo e é amparada por Ricardo. Olga propõe que Grace Kelly revele para Deusa que Otília a destratava quando morava no Lar. Tide e Cleo são achados.

Lucena conta para Karin que está grávida e pede que ela vá ao exame da Comprare em seu lugar. Olga volta para o Lar com Cleo e Tide e impede que Dalva se aproxime das crianças. Marisol propõe acordo a Odessa para inscrevê-la no concurso da Comprare. Iara é surpreendida por cliente, que anuncia assalto. Joselito ganha um beijo de Amália.

Iara tem vidência com os parentes do bandido e ele desiste de assaltá-la. Joselito conta para Amália que nunca se envolveu com uma mulher. Mais um empreiteiro desiste da obra no apartamento de Claudia e Rubinho e eles desconfiam. Sebastião concorda em dividir o prêmio com Raíssa. Regina percebe que Claudia está infeliz e sugere que cancele o casamento.

Teodora não aceita se separar de Wallace. Solange diz para as amigas que está namorando Daniel. Patrícia fala para Vanessa que vai para a casa de Griselda. Pereirinha muda o visual. Patrícia dá um fora em Antenor. Tereza Cristina ameaça Marcela assim que ela sai de casa. Griselda vai ao restaurante de Celeste. Dagmar termina relacionamento com Quinzé.

Quinzé dispensa Teodora. Tereza Cristina invade a casa de Griselda para falar com a filha. Amália procura seu anel de noivado. Juan Guilherme flagra Zuleika discutindo com Rafael. Teodora é expulsa do hotel e vai para a antiga casa de Griselda. Pedro Jorge sai com Danielle. Quinzé invade o antigo quarto de Griselda e se surpreende ao encontrar Teodora.

Teodora tenta convencer Quinzé a deixá-la ficar em sua antiga casa. Renê pede para Tereza Cristina não pressionar Patrícia. Teodora se joga no mar e Quinzé corre para salvá-la. Griselda não gosta de saber que Teodora, Pereirinha e Enzo moram juntos. Rafael vai pensar na proposta de Amália. Luana prevê que Griselda ajudará Lourdes a se livrar do vício.

Antenor se declara para Patrícia, mas ela o despreza. Quinzé aconselha o irmão a se afastar de Patrícia e Griselda proíbe a entrada de Antenor em casa. Rafael tenta se entregar, mas foge. Solange beija Daniel. Tereza Cristina avisa ao comparsa que chegou o dia para o plano. Griselda se surpreende ao encontrar Pereirinha e Teodora na sala.

Griselda e Quinzé mandam Pereirinha e Teodora embora de casa. Luana vê Marcela entrar no carro de Tereza Cristina. Griselda inicia a aula para as “Maridos de Aluguel”. Baltazar liga para casa à procura da filha e Celeste se preocupa. Antenor pede para Griselda um carro. Juan Guilherme beija Letícia e a leva para casa. Marcela é atingida por tiro ao deixar Tereza Cristina.

Tereza Cristina corre para pedir ajuda depois que Marcela desmaia. Guaracy gosta quando Dagmar conta que Griselda ficou cismada com sua amizade com Esther. Tereza Cristina se desespera ao constatar que Marcela ainda está viva. Letícia conta para Vilma que gostou de ficar com Juan Guilherme. Antenor mente para Griselda para comprar um carro.

Ernesto é absolvido pelo juiz. Lucas prepara tudo para jantar especial com Andrea. Fátima diz a Edmilson que utilizará os irmãos de Francisco para manipular o milionário. O milionário avisa que Rita foi liberada na penitenciária somente para esse dia. Francisco diz que está preparando a fuga de sua amada. Regina fica tensa ao buscar o resultado de seu exame.

O exame de Regina dá positivo para HIV. Francisco e Carlos se preparam para a fuga de Rita. Na beira de um penhasco, Regina chora. Rita chega ao estúdio para a gravação do clipe. Ela não está ciente da fuga planejada por Carlos e Francisco. Falso, Elton se compromete a se aproximar de Fátima para tentar fazê-la desistir da chantagem.

Rita fica na dúvida, mas é convencida por Francisco. Ernesto vai até o Cantinho do Severino e começa a provocar Severino, que parte para a briga. Ernesto vai embora e promete vingança. Ao final do clipe, uma máquina de fog é ativada. Uma cortina de fumaça cobre o estúdio. Rita e Francisco caminham pelo grid. Ela tropeça e fica pendurada.

Francisco consegue puxar Rita. Policiais não permitem que a banda saia. Francisco pede que Rita saia pelo telhado para que Carlos a pegue. Um dos policiais percebe que Rita está fugindo. Rita escapa pelo telhado. O helicóptero de Carlos se aproxima. Ele desce para ajudar Rita. Carlos, Rita e o piloto do helicóptero se preparam para saltar. O helicóptero de Carlos explode.

Carlos, Rita e o piloto pousam de paraquedas. O milionário caminha com a amiga até o local onde havia deixado carro. Ernesto desperta da surra de Cleber. Sentindo dores, o ex-presidiário liga para Divina e pede ajuda. Rita e Carlos se desesperam ao perceber que a equipe se aproxima. Os policiais encontram o carro de Carlos. Carlos e Rita percebem.

A novela não é exibida aos sábados.

Um personagem chega em Fina Estampa para agitar ainda mais a trama. Julio Rocha interpreta o misterioso Enzo, que aparece na praia sem muita explicação ou lembranças. "Enzo é um personagem enigmático que faz com que a gente esteja o tempo inteiro se perguntando quem é essa pessoa?! E o interessante é que você não consegue fazer um desenho do que realmente ele é", analisa o ator. Julio Rocha conta que seu papel terá muita influência na vida de Griselda (Lilia Cabral) e promete levantar o time de vôlei dos rapazes. O ator acredita que o maior desafio é tentar, com a bagagem que já carrega, construir um espírito humano tão complexo de se entender. "Eu conhecia todos os personagens muito bem e você vir encontrar as pessoas depois do capítulo 50 é muito engraçado porque os personagens estão muito vivos na minha cabeça. É muito legal encontrar todo o elenco", se diverte. Julio afirma que não é nada fácil entrar no meio de uma história e, neste caso, o grau de exigência aumenta e a responsabilidade é ainda maior já que todos estão acertando e brilhando. Fazer parte do time de vôlei não será nenhum problema para ele. O ator conta que o esporte foi seu primeiro sonho. "Joguei muito na escola e o professor acabou me incentivando a entrar num time profissional. Fui convidado para jogar no Centro Olímpico de São Paulo, mas logo saí porque

Amanhecer, filme da saga Crepúsculo, estreia na telona Fotos: Divulgação

SÁBADO

Ator Julio Rocha interpreta enigmático Enzo em Fina Estampa

Julio conta que influenciará na vida de Griselda era muito baixo, não era o perfil do clube". Depois de ter desistido de ser atleta, ainda na escola, Julio entrou para o grupo de teatro e, pela primeira vez, sentiu o retorno das pessoas elogiando algo que estava fazendo bem. Desde então, estudou em escolas de teatro e atuou em diversas novelas. Para manter o corpão em dia, o rapaz faz muita academia, joga tênis e voltou a andar de bicicleta. Bateu curiosidade? Não perca as próximas novidades da novela e acompanhe o que Enzo irá aprontar.

9

Filme é baseado no último livro escrito por Stephenie Meyer, autora da saga de vampiros Da Redação Assim como Harry Potter, o último filme da saga Crepúsculo será dividido em duas partes e o argumento, segundo a Paris Filmes, é a complexidade do último livro escrito por Stephenie Meyer, autora da saga de vampiros, que obrigou a organização em duas partes. Amanhecer – parte 1, que chega aos cinemas neste dia 18, narra o casamento de Bella e Edward que passam a lua de mel numa paradisíaca ilha do Rio de Janeiro. Entretanto a felicidade dos recém-casados dura pouco, pois assim que voltam de viagem a jovem descobre que está grávida de um bebê metade humano, metade vampiro. O grande problema é que o bebê se desenvolve rápido demais e Bella não tem estrutura para gerá-lo. Além disso, o fato desperta a ira dos lobos e Jacob, por sua vez, parte na defesa da jovem e fica contra seus aliados.

Para garantir a sobrevivência da esposa e da filha Renesmeeé, Edward toma a decisão que Bella sempre pediu a torna imortal. Segunda parte A cadeia de acontecimentos que colocará a família Cullen contra os poderosos Volturi, que mandam e desmandam no mundo dos vampiros, apenas começou. O resultado do embate nas telas do cinema só poderá ser acompanhado pelos fãs da saga no dia 16 de novembro de 2012, quando está prevista a estreia da segunda parte da produção. Antes de ser rodado, sob a direção de Bill Condon (Dreamgirls – Em Busca de um Sonho), o filme Amanhecer – parte 1 teve outros diretores cogitados para assumir a produção, entre eles Sofia Copolla, de Encontros e Desencontros; e até mesmo o brasileiro Fernando Meirelles, de Cidade de Deus. (Colaborou Larissa Marçal).

EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE RIBEIRÃO PIRES DO ESTADO DE SÃO PAULO ATA DA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES.

Aos 17 dias do mês de novembro de 2011, as 8horas e 35 minutos, nas dependências da Administração da Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, sito à Rua Boa Vista, n.º 210, 3º andar - Centro, Ribeirão Pires – SP, reuniu-se a Comissão Permanente de Licitações nomeada através do Ato da Mesa n.º 1.844, de 29 de abril de 2.011, composta pelos seguintes integrantes: Sônia Rosana Figueiredo Ribeiro – Presidente, José Stefan Borbely – Vice-Presidente e Cleide Fantini de Oliveira – Membro, para dar prosseguimento aos trabalhos da Tomada de Preços 01/2011, que tem por objeto a Locação de 10 (dez) veículos popular 1.0, 04 portas, com direção hidráulica e ar condicionado, zero quilometro, ano/modelo 2011/2011 ou 2011/2012, cor prata, quilometragem livre, sem fornecimento de combustível, com proteção especial de cobertura para risco no caso de colisão, incêndio, furto, roubo e perda total, bem como proteção para terceiros, processo administrativo 032/2011. Fica designado o dia 21 de novembro de 2011, as 9horas e 30 minutos, nas dependências da administração da Câmara Municipal, sito Rua Boa Vista, 210, 3º andar, Centro, Ribeirão Pires, para abertura do Envelope II – Proposta das empresas habilitadas. Publique-se. Encaminhe cópia da presente ata a todos os interessados. Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a reunião. Eu, Cleide Fantini de Oliveira, lavrei a presente ata que vai assinada por mim e pelos demais integrantes da COPEL. Comissão Permanente de Licitações Sonia Rosana Figueiredo Ribeiro - Presidente José Stefan Borbely - Vice-Presidente Cleide Fantini de Oliveira - Membro Renato Medea Campachi -Suplente


10

Repórter Diário

SOCIAL

Sexta-feira, 18 novembro de 2011 Fotos: Marciel Peres

10 anos de saúde

Cerimônia no anfiteatro marcou nesta quinta-feira (17) o décimo aniversário do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André. Referência para tratamentos de alta complexidade, o hospital comemora o modelo de gestão, que já contabilizou mais 115 mil internações, quase 70 mil cirurgias e 2 milhões de exames. Autoridades estaduais e dos sete municípios marcaram presença e foram recepcionados pelo superintendente Geraldo Reple Sobrinho e o futuro gestor Desiré Carlos Callegari.

Milton Borrelli, Mauricio Mindrisz, Geraldo Reple, Desiré Callegari eWagner Boratto

Desiré Callegari,Mauricio Mindrisz,Walter Boratto, Geraldo Reple e Adilson Casemiro Adilson Casemiro e Maurício Mindrisz

Geraldo Reple Sobrinho Desiré Callegari e Geraldo Reple

Geraldo Reple,Milton Borrelli e Desiré Callegari

Coquetel TS Revestimentos

Nesta quinta-feira (17), a TS Revestimentos ofereceu coquetel de apresentação do novo showroom, em Santo André, e lançamento dos produtos Tarkett Fademac, Beaulieu Carpetes e Amorim Cortinas e Persianas.

Fernando Ferrari e Silvia Tranches

Ari e Eleni Chacur,Dalva Marotti e Cassio Melo

Telma e Paulo Sgarbi


Edição 18/11/2011