Issuu on Google+

Pão de queijo ganha jeitão de lanche Página 5

Ano 8 | Nº 2.652 | ABC, sexta-feira, 3 de maio de 2013 | www.reporterdiario.com.br

R$ 0,50

Hospital de retaguarda do ABC será em Cotia Foto: Rodrigo Lima

Prefeitos da região estiveram reunidos com secretário estadual da Saúde, Giovanni Guido Cerri, nesta quinta (2) no Consórcio Intermunicipal Grande ABC. Um dos assuntos foi a construção de um hospital de retaguarda que ofereça pelo menos 250 leitos de longa permanência, esteve em destaque. Aos chefes do Executivo, Giovanni Guido Cerri sugeriu que a unidade destinada a pacientes crônicos seja implantada na

sede de um hospital particular em Cotia, município distante mais de 50 km do ABC. Segundo Cerri, a indicação leva em conta, principalmente, a localização adequada a esse tipo de hospital, além da viabilidade financeira do projeto. Disse que o custo é mais baixo, a começar pelo terreno. Além disso, ajudará a desenvolver a região. O secretário citou o acesso do ABC ao Rodoanel para amenizar a distância até Cotia. Página 2

Descaso do Estado exclui deficientes

DEFICIENTES - Núcleo de Natação Adaptada de Santo André está fechado por falta de recursos Foto: Divulgação

DIA DAS MÃES - Shoppings sorteiam automóveis Página 4

RD tv Foto: Rodrigo Lima

RDtv - Entrevista com Fátima Grana, primeira dama e secretária de Inclusão Social de Santo André. Assista em www.reporterdiario.com.br

Começam oitivas para CPI da Craisa Acontece nesta sexta-feira (3) a primeira oitiva da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) instaurada no início de abril para investigar as últimas duas décadas de gestão da Craisa, em Santo André. Os vereadores Toninho de Jesus (DEM), Ailton Lima (PTB), Sargento Lobo (PDT) e Elian Santana (PTdoB) convocaram o presidente e vice da Aeceasa (Associação de Empresas da Ceasa do Grande ABC) . Página 2

Santo André busca verba do Procon

Wickbold faz 75 anos com crescimento

Santo André encaminhou à Câmara o projeto de lei elaborado na gestão do ex-prefeito Aidan Ravin (PTB), que estabelece a criação de Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, com o intuito de resgatar 50% da verba repassada à Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon)

A Wickbold, fabricante de pães industrializados em Diadema, faz 75 anos. A empresa, uma das três maiores no segmento do País e com capital 100% nacional, comemora o aniversário com crescimento. Com 900 funcionários na planta, fechou 2012 com 16% de crescimento em volume de produção e projeta 10% em 2013.

Página 2

Página 4

Somos tão Jovens traz roqueiro Renato Russo Página 5

índice Política.............................Pág 2 Opinião............................Pág. 2 Cidades......................... Pág. 3 Economia......................... Pág. 4 Gastronomia...................Pág. 5 Cinema............................Pág. 5 Cultura............................Pág. 6

Morador de rua é quase ignorado Página 3

Domingo tem stand up com Janete Babuína Neste domingo (5) a atriz Thalita Carauta dá um show de versatilidade no espetáculo Favela, em Santo André. Página 6

A diretoria da Acide (Associação pela Cidadania do Deficiente), dirigida por deficientes e criada para administrar os recursos do Programa de Educação Física Adaptada, se reúne nesta sexta (3) para discutir plano de ação no sentido de tentar evitar o fim das atividades do Nanasa (Núcleo de Natação Adaptada de Santo André). O projeto de 2013 do programa

- Esporte ao Alcançe de Todos -, que beneficia 240 deficientes por meio da natação, até agora não passou pela Comissão de Análise de Aprovação de Projetos (CAAP), ligada à Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado. Sem o projeto aprovado e publicado, não há como buscar patrocínio para a continuidade das aulas no Nanasa, fechado desde segunda (29). Página 3


2

Repórter Diário

Editorial Gato escaldado A presidente Dilma Rousseff aproveitou o discurso em comemoração ao Dia do Trabalho para dizer que a luta contra a inflação é constante, imutável e permanente. E que, a partir de agora, vai privilegiar como nunca a educação, o instrumento que mais amplia o emprego e o salário. A inflação virou ativo nos discursos de oposição. Conquista histórica dos brasileiros, a estabilidade dos preços enfrenta um período de crise por se distanciar cada vez mais do centro da meta acordada pelo governo de 4,5% anual. O percentual inflacionário desgarrado da meta é combustível para propostas estapafúrdias, como a defesa da reindexação dos salários. O enredo deste filme tende a um final trágico, gerando mais inflação. Só as novas gerações, por desconhecerem o que é uma hiperinflação, ou quem não hesita em recorrer à demagogia, podem supor que reajustes automáticos seriam capazes de preservar os ganhos dos trabalhadores. Quem vivenciou o período hiperinflacionário sabe que a indexação é sinônimo de lenha na fogueira da inflação. Melhor fariam essas pessoas que canalizassem sua energia para exigir ações firmes do governo contra as ameaças ao poder aquisitivo dos brasileiros.

Repórter Político Primeiros depoimentos da CPI da Craisa serão nesta sexta Acontece nessa sexta-feira (3) a primeira oitiva da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) instaurada no início de abril para investigar as últimas duas décadas de gestão da Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André). Os vereadores Toninho de Jesus (DEM), Ailton Lima (PTB), Sargento Lobo (PDT) e Elian Santana (PTdoB) decidiram convocar o presidente e vice da Aeceasa (Associação de Empresas da Ceasa do Grande ABC), João Batista de Lima e Júlio César Pereira, respectivamente. Ambos os inquiridos marcaram presença em várias sessões, cobrando posicionamento do governo a respeito do fechamento de boxes e, recentemente, sobre edital lançado pelo Paço para compra de espaços do Ceasa (Central de Abastecimento do Grande ABC). A reunião será aberta e acontecerá às 14h na Câmara. Os vereadores governistas José Montoro Filho (PT), Ronaldo de Castro (PRB) e José de Araújo (PMDB) se retiraram do núcleo e elaboram um mandado judicial solicitando a anulação da nomeação dos membros da CPI – inválida, na opinião dos parlamentares, por não haver consenso na composição. Apesar do imbróglio, as reuniões da CPI acontecem normalmente. G-12 menos 2 Dias após fazer uso da tribuna da Câmara para reafirmar sua independência no Legislativo, a vereadora Elian Santana amenizou o discurso contrário à direção PTdoB – que espera negociar com o governo Carlos Grana (PT) o comando de uma secretaria em troca de apoio político – e afirmou que deve conversar em breve com o presidente municipal da legenda, Donizete Ferreira, para aparar algumas arestas. A parlamentar e seu correligionário, Marcos Pinchiari, foram pressionados pelo comando da sigla a somarem forças à base de sustentação do prefeito petista. Ainda pouco claros sobre a definição, os integrantes do G-12 (grupo de 12 vereadores que despontam como oposição) seguem em cima do muro, com falas sobre “autonomia”, mas com uma ameaça de Comissão de Ética à vista, devem entrar no compasso. Bilhete Único O Bilhete Único entrou na ordem do dia da Câmara de Santo André nesta quinta (2), mas não foi votado pelos 21 parlamentares. O secretário de Gabinete Tiago Nogueira esteve na Casa discutindo outras demandas encaminhadas pelo Executivo, mas afirmou que não insistiu para que o Bilhete Único fosse apreciado. Depois de uma reunião (com portas fechadas) com o secretário de Obras e Serviços Públicos, Paulinho Serra, e o diretor da SATrans, Leandro Petrin, vereadores de oposição afirmaram que dúvidas sobre os gastos futuros com o projeto ainda pairam no ar, mas que a matéria tem até o próximo dia 14 para ser votada. Dentro do prazo esperado pelo governo: 18 de maio. Contas de Avamileno As contas relativas ao exercício de 2008 da administração do ex-prefeito e atual secretário de Gverno, João Avamileno (PT), também en-

traram na ordem do dia da Câmara de Santo André nessa quinta, mas recebeu pedido de adiamento por 10 sessões. As contas tiveram, em 2011, parecer desfavorável, em definitivo, do Tribunal de Contas do Estado. O julgamento considerou insuficiente a aplicação de recursos na área da Educação – 22,86%, sendo que o mínimo estabelecido pela Constituição é de 25%. No Legislativo, os vereadores podem acolher ou derrubar o parecer. Para obter êxito, Avamileno necessita de pelo menos dois terços da Casa, ou 14 dos 21 votos. Marina no ABC A ex-senadora Marina Silva deve visitar o ABC no próximo dia 17, para divulgar o seu novo partido, a Rede Sustentabilidade, executando agenda de atividades em São Bernardo, Santo André e Mauá. A Rede enfrenta dificuldades para angariar assinaturas. Em entrevista recente ao jornal Correio Braziliense, a ex-presidenciável lembrou que a sigla precisa de 550 mil assinaturas de eleitores em todo o país para se consolidar, mas que até agora foram coletadas pouco mais de 200 mil. A própria Marina estima que, no fim, cerca de 30% delas não serão reconhecidas pela Justiça, por algum erro de cadastro cometido pelos assinantes. PPA Participativo As plenárias do PPA (Plano Plurianual) Participativo de Santo André dão uma pausa nesta sexta, mas retornam com gás total no sábado (4), às 9h30, na região do Jardim Irene, Cata Preta, Jardim Cipreste, Vila João Ramalho e Vila Rica. Os encontros têm ganhado adesão da população, que ganha acesso ao prefeito, secretários e vereadores, a quem podem cobrar e sugerir ações em seus bairros, colaborando para o planejamento da cidade a médio prazo. Rua Álvares de Azevedo, 210 Centro – Santo André Tels.: 4427-7800 – 99973-5387 www.reporterdiario.com.br

Sexta-feira, 3 de maio de 2013

Opinião / Política

Estado anuncia hospital de retaguarda do ABC em Cotia Foto: Divulgação Consórcio

Cíntia Alves Demandas relativas à área da Saúde estiveram na pauta dos prefeitos da região, durante reunião extraordinária no Consórcio Intermunicipal Grande ABC, na tarde desta quinta (2). Um dos principais pleitos, a construção de um hospital de retaguarda que ofereça pelo menos 250 leitos de longa permanência, esteve em destaque. Aos mandatários municipais, o secretário estadual da Saúde, Giovanni Guido Cerri, sugeriu que a unidade destinada a pacientes crônicos seja implantada na sede de um hospital particular localizado em Cotia, distante mais de 50 km do ABC. Segundo Cerri, a indicação leva em conta, principalmente, a localização adequada a esse tipo de hospital, além da viabilidade financeira do projeto. “O hospital de retaguarda não precisa ser numa região central, pelo contrário, o ideal é que seja num local retirado, mas de fácil acesso. O custo,

Secretário Cerri se reuniu com os prefeitos no Consórcio inclusive, é mais baixo, começando pelo preço do terreno. Além disso, ajudará a desenvolver a região”, justificou o secretário. O integrante do governo Geraldo Alckmin (PSDB) citou o acesso do ABC ao Rodoanel para amenizar a distância até Cotia “Já estamos avaliando o prédio para, depois, buscarmos um acerto com o proprietário. Depois que essas etapas acontecerem, vamos avaliar o inves-

Governo vai custear Hospital Nardini

O Hospital Radamés Nardini, em Mauá, vai ganhar ajuda de custeio do Estado. O anúncio foi feito pelo secretário estadual da Saúde, Giovanni Guido Cerri, na reunião extraordinária do Consórcio. De acordo com Cerri, o valor está em análise e deve ser anunciado até o final do mês, após conver-

sas com a secretária municipal da Saúde, Lumena Furtado, mas a estimativa é de que o Estado repasse R$ 6 milhões. “Vamos fazer uma readequação no pronto-socorro. O valor está sendo ajustado, mas vamos ajudar em razão do hospital atender pacientes de outras regiões”, disse Cerri. (CA)

timento necessário”, afirmou. Na expectativa do titular, as tratativas devem avançar de modo que, nos próximos meses, o Estado possa realizar a compra ou desapropriação do local. Caso a sugestão se concretize, além de moradores do ABC, o hospital de retaguarda irá atender aos demais habitantes da região metropolitana de São Paulo. Não há, entretanto, estudos que apontem qual a porcentagem de pacien-

tes locais que demandarão os serviços da unidade. Na opinião do prefeito de São Bernardo e presidente do Consórcio, Luiz Marinho (PT), a conquista é válida. No entanto, o atendimento a outras localidades resultando na possibilidade de falta de leitos para os moradores do ABC é uma preocupação. “O importante é ter. Se há um hospital em Cotia que pode oferecer os leitos de retaguarda de que necessitamos, para nós [prefeitos], está de bom tamanho. Se saturar, vamos precisar de outro”, pontuou. Além dos prefeitos do ABC, participaram da reunião no Consórcio os secretários municipais de Saúde e o chefe da pasta de Desenvolvimento Metropolitano do Estado, Edmur Mesquita. Solicitações de recursos financeiros para a conclusão do Hospital de Clínicas de São Bernardo, para a implantação do Hospital de Ribeirão Pires e para o Hospital Radamés Nardini, em Mauá, também estiveram na ordem do dia.

Cerri analisará área para Centro do Idoso O local de implantação do CRI (Centro de Referência do Idoso) também esteve na pauta do Consórcio. A discussão em torno da construção da unidade em terreno do Estado situado ao lado do Hospital Mário Covas deu lugar à sugestão dos prefeitos para que o espaço adjacente ao AME (Ambulatório Médico de Especialidade) da vila Luzita, em Santo André, acolha o centro de referência.

Segundo o chefe do Paço andreense, Carlos Grana (PT), a sugestão é mais adequada do ponto de vista técnico e logístico. “Não queremos criar uma demanda adicional no Mário Covas”, argumentou o prefeito. “O secretário [Giovanni Cerri] assumiu o compromisso de, nos próximos 15 dias, fazer uma vistoria no local para poder tomar uma decisão”, informou o petista. (CA)

Santo André quer resgatar verba do Procon A Prefeitura de Santo André encaminhou à Câmara o projeto de lei elaborado durante a gestão do ex-prefeito Aidan Ravin (PTB), que estabelece a criação de um Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, com o intuito de resgatar 50% da verba repassada à Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) para investimentos em iniciativas voltadas ao consumidor. A votação da matéria foi adiada para a sessão da próxima terça (7). Os vereadores devem apresentar uma série de emendas. Segundo Tiago Nogueira, secretário de Gabinete, sem o fundo, o Paço não conseguirá reaver, junto ao Estado, o

Foto: Banco de dados

Tiago Nogueira: há R$ 600 mil parados desde 2012 montante de R$ 600 mil, referente às multas aplicadas ao longo de 2012 a infratores do Código do Consumidor. “Não podem nos repassar porque não existe esse fundo. Os recursos estão parados e já representam metade das multas aplicadas em empre-

sas andreenses”, explicou. Ainda de acordo com o titular, o Procon de Santo André atende, em média, 2,5 mil pessoas por mês. “Os campeões de reclamação são os serviços de Saúde, como convênios; supermercados, empresas de telefonia. Nós temos convê-

nios para atacar o problema na raiz. Com esse recurso, vamos equipar e informatizar o setor”, comentou. Heleni de Paiva, diretora do Departamento de Assistência Jurídica e de Defesa do Consumidor, compareceu à Câmara para defender o projeto em reunião com os vereadores. A dirigente explicou que, quando há o fundo, 50% do valor das multas aplicadas retornam ao município. A ideia é que o montante recebido seja revertido, também, em benefícios para o próximo consumidor. “O dinheiro será investido em cartilhas, em formação de fiscais, na estrutura de equipamentos de atendimento ao consumidor”, afirmou. (CA)

Espaço aberto

Abusos na infância, do psicológico ao físico O abuso infantil, em quaisquer das formas, mata aos poucos a inocência, cala os risos e sonhos e traumatiza, talvez para sempre, os representantes do nosso futuro. Os pais ou responsáveis, que deveriam ser os principais protetores das crianças, se tornam os seus maiores algozes e vão covardemente subvertendo a estrutura básica dos laços familiares, que deveria ser de carinho, confiança e respeito mútuo. Pesquisas em vários países e também no Brasil informam que o maior índice de abusos ocorre dentro de casa e também por parentes ou pessoas conhecidas no ambiente da criança. No Brasil, levantamento inédito do Ministério da Saúde, com base em dados do sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA) aponta que os resultados são alarmantes: em 2011 foram

registradas 14.625 notificações de violência doméstica, sexual e física e outras agressões contra menores de 10 anos. Ou seja: só no primeiro quadrimestre deste ano aumentaram em 70% as denúncias em relação ao mesmo período de 2010. Ainda segundo o VIVA, na faixa de 0 a 9 anos, o abuso mais praticado é o de abandono ou negligência (36%), que consiste na omissão em atender as necessidades físicas e emocionais básicas da criança; em segundo lugar, vem o abuso sexual (35%), que é induzi-la ou envolvê-la em práticas sexuais. Já entre 10 a 14 anos, o principal abuso é o físico (13,3%), por meio de força corporal ou espancamentos, seguida pela violência sexual (10,5%). Entre os jovens de 15 a 19 anos, a violência física ocupa o primeiro lugar (28,3%): depois vem a violência psicológica (7,6%), que abrange agressão verbal, crueldade emocional, chantagem,

Jornalistas responsáveis: Airton Resende e Maria do Socorro Diogo Reportagem: Airton Resende, Cíntia Alves, Maria do Socorro Diogo, Iara Voros e Ricardo Siqueira Fotos: Rodrigo Lima e divulgação

ameaça, rejeição, humilhação; e em terceiro, a agressão sexual (5,2%). Diante destes números, sempre crescentes, é impossível não pensar: o que estamos fazendo com as nossas crianças? Que valores esta nova geração e as subseqüentes terão, cada vez mais e mais cedo exposta à violência, em casa e nas ruas? As vítimas de abuso, de forma geral, apresentam problemas de adaptação, depressão, agressividade para com os outros (reproduzindo a violência de que foram vítimas) e também contra si, distúrbios de sono, tendem ao consumo de drogas e até ao suicídio. As vítimas precisam da ajuda de especialistas e da sociedade para superar as marcas da agressão constante a que foram submetidas. A melhor forma de prevenir e lidar com abusos é conscientizar a população de forma a minimizar os fatores

Comercial: Claudia Polimeni Diagramação: Flória Napoli Suporte Operacional: Pedro Diogo Tecnologia: André Resende

que favorecem a sua ocorrência, bem como aprimorar métodos de identificação e proteção de crianças e adolescentes em situação de risco e fornecer orientação tanto para os que praticam os maus-tratos como para as vítimas. É preciso quebrar tabus, medos e principalmente o silêncio que cerca o assunto. E só através da informação e conhecimento, do comprometimento social é possível ultrapassar estas barreiras, visando o bem estar e uma Infância plena para todas as crianças. Márcia Maranhão Limongi é psicóloga, consultora educacional e autora/apresentadora da coleção “Bllying – o Mal do Século XXI na Porta da Sala de Aula”. Dia 10, dará palestra sobre abusos na infância, no SIEEESP (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo), em Santo André.

É proibida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização por escrito dos editores. O Repórter Diário não se responsabiliza pelos conceitos e informações emitidos nos artigos de terceiros.

Tiragem auditada por:


Sexta-feira, 3 de maio de 2013

REPÓRTER DIÁRIO

ECONOMIA

ABC desconhece seus moradores de rua Foto:Rodrigo Lima

Da Redação A pouco mais de um mês para o inverno (21 de junho), as informações em torno da população que mora nas ruas ainda são escassas. Apenas São Bernardo e Diadema apresentam números variáveis de 300 e 350 munícipes, respectivamente, identificados pelo serviço de abordagem social. Santo André aponta 120 atendimentos diários no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), antiga Casa Amarela, mas aposta em pelo menos o dobro nas ruas. Apesar dos números, o atendimento ainda é apenas para as necessidades básicas e não para a reinserção do cidadão à sociedade. O ABC está preparado para acolher os seus moradores de rua? Para o coordenador da Cátedra Gestão de Cidades da Metodista, Luiz Silvério Silva, reintegrar as pessoas em situação de rua é um grande desafio social que o Estado deve gerir, e as parcerias com a sociedade ativa são fundamentais para que haja a integração dos trabalhos. “Vemos um cenário onde diversas entidades atuam separadamente e de forma independente. O ideal é integrá-las aos programas das prefeituras e trabalhar, de maneira coordenada, cada necessidade para devolver a dignidade ao indivíduo”, afirma. Nesta terça-feira (30), o Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) aprovou resolução que amplia e integra os serviços de proteção social à população em situação de rua, o que deve resultar no fim das superlotações dos abrigos e casas de passagem. A expansão contará com recursos de cerca de R$ 137 milhões, a serem repassados pelo governo federal ainda este ano para até 345 municípios brasileiros, entre eles Santo André, que oferece atendimento no CREAS.

Começam campanhas do agasalho Com a queda gradativa da temperatura, o ABC começa a se movimentar com campanhas do agasalho. Em Santo André, quem quiser doar agasalhos, cobertores e roupas de inverno pode procurar a partir da próxima quintafeira (9) os pontos de coleta, como postos de saúde, escolas e shoppings. Com o slogan Agasalhe com Dignidade, a campanha reforça a necessidade de as peças estarem em boas condições. Em entrevista exclusiva ao RDtv - www.reporterdiario.com. br -, a primeira dama e secretária de Inclusão Social, Fátima Grana, enfatizou a preocupação na qualidade e não na quantidade de doações. “Em anos anteriores mais da metade das doações não eram concretizadas, porque as roupas estavam ruins”, disse. O material arrecadado será distribuído às entidades assistenciais e sociais credenciadas no Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) e Banco de Alimentos. Em Diadema as ações ocorrerão de 4 de maio a 7 de junho. Além dos agasalhos, os munícipes poderão doar alimentos não perecíveis e materiais escolares, nas UBSs e nas escolas. As peças arrecadadas serão distribuídas a todas as entidades cadastradas na Defesa Civil. Já em Ribeirão Pires as caixas de recolhimento de doações já são encontradas no comércio da região central e nos bairros. (Colaborou Iava Voros)

Apoio da sociedade Se de um lado o acolhimento aos moradores de rua ainda precisa avançar no poder público, religiosos e grupos da sociedade tentam prestar atendimento, como a Pastoral de Rua Nossa Senhora da Salete - Missão de Caridade Virgem dos Pobres, que atua em Santo André. A coordenadora do projeto, Ana Paula Fedrigo, conta que há quatro anos 12 voluntários saem todas as sextasfeiras à noite para distribuir alimentos e roupas, fruto de doação. Ana Paula diz que para lidar com os quase 50 moradores de rua que encontram todas as semanas, é preciso se desprender da realidade para lidar com aqueles que tiveram os laços familiares rompidos, muito deles usuários de drogas. O trabalho da pastoral tem rendido frutos. Exemplo é que prepara a união oficial de um casal que se recupera da dependência química. “Colocamos os dois numa clínica há seis meses e, durante este tempo, montamos uma casa para eles morarem, além de projetarmos o retorno deles ao mercado de trabalho”, diz. Outra ação voluntária é desenvolvida no Recanto da Esperança Dom Décio Pereira, também em Santo André. Criado em 2012, o local é comandada pelo diácono Franco Chippari, que durante 10 anos coordenou os trabalhos da Casa de Convivência Parque Miami, administrada pela Cáritas Diocesana. Atualmente, o recanto mantém oito ex-moradores de rua que querem continuar na assistência. “Formamos uma família e agimos como tal. Paralelamente há o acompanhamento psicológico e médico, além de atividades extras para os manterem com a mente ocupada”, explica o diácono. (Colaborou Iara Voros)

População quase sempre rompeu laços com a família

Superlotação e adaptação dificultam atendimento Apesar de o número de moradores de rua ser quase desconhecido no ABC, não é preciso esforço para encontrar essa população amontoada embaixo de viadutos, marquises de prédios ou em outros locais improvisados com papelão. A coordenadora da Pastoral de Rua Nossa Senhora da Salete, Ana Paula Fedrigo, explica que muitos têm dificuldade em seguir as regras dos abrigos e preferem ficar na rua, daí a importância do trabalho assistencial. Em São Bernardo, além do acolhimento institucional em albergue, que atende 150 pessoas em regime diuturno durante o inverno podem ser abertas 50 novas vagas emergenciais para pernoite -, existe o trabalho de abordagem social de rua, feito por 16 educadores. Junto ao albergue, o Centro de Convivência fornece alimentação e lavagem de roupas. Em Diadema, funciona o CREAS – POP Rua (Centro de Referência da Assistência Social), onde os usuários são referenciados ao serviço e, posteriormente, encaminhados pelas políticas sociais setoriais, principalmente na área da saúde (CRT/DST-Centro de Referência e Doenças Sexualmente Transmissíveis) e CAPS AD

(Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Droga). O CREAS POP oferece aos usuários a higienização diária e, em parceria com duas entidades do município - Transitória Casa do Caminho e ONG Mai - abrigo noturno. Já em São Caetano, se o morador de rua estiver em perfeitas condições de saúde é encaminhado para um dos abrigos: o Lar Bom Repouso, com 180 leitos para homens, ou o Lar Anália Franco, com 43 leitos para mulheres. Caso esteja debilitado, o morador segue para o pronto socorro, onde receberá atendimento médico e, posteriormente, encaminhado ao abrigo para receber alimentação e roupas limpas. Em Ribeirão Pires, os moradores em situação de rua cidade recebem apoio, acompanhamento especializado e oportunidade de aprender uma profissão na Casa da Acolhida, em Ouro Fino Paulista. No espaço são realizadas atividades culturais, esportivas, além de acompanhamento de psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros. Com capacidade para 45 atendimentos, a Casa da Acolhida atende média de 38 pessoas por mês. Mauá e Rio Grande da Serra não responderam à solicitação. (IV)

3

Burocracia do Estado exclui 240 deficientes A diretoria da Acide (Associação pela Cidadania do Deficiente), dirigida por deficientes e criada para administrar os recursos do Programa de Educação Física Adaptada, se reúne nesta sexta-feira (3) para discutir plano de ação no sentido de tentar evitar o fim das atividades do Nanasa (Núcleo de Natação Adaptada de Santo André). O projeto de 2013 do programa - Esporte ao Alcançe de Todos -, que beneficia 240 deficientes por meio da natação, até agora não passou pela Comissão de Análise de Aprovação de Projetos (CAAP), ligada à Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado. Sem o projeto aprovado e publicado, não há como buscar patrocínio para continuidade das aulas no Nanasa. José Carlos Bueno, presidente da Acide, afirma que o programa corre sério risco de perder os patrocinadores, mantidos ao longo de 11 anos. A verba necessária para o programa este ano é R$ 901, que poderia ser obtida via Lei Paulista de Incentivo ao Esporte. A chance de o programa não receber a última pá de terra será no próximo dia 8, quando a CAAP analisará novo lote de projetos. “Mesmo aprovado, ainda precisaremos de mais três meses para captar patrocínios e o Nanasa voltar a funcionar”, lamenta. Bueno reclama que tentou ar-

gumentar com a CAAP a urgência do projeto, entregue em setembro do ano passado, mas ninguém quer saber. “Apenas dizem que o problema é nosso e não deles”, afirma. “De março pra cá já aprovaram 103 e o nosso nadal”, diz. A Secretaria estadual informou, em nota ao RD, que o projeto está em fase final de análise, e se aprovado será publicado até final de maio. “Se isso acontecer, já terá havido a dispersão dos patrocinadores e, então, vamos ter de começar tudo de novo”, calcula ao lembrar que já existe um movimento de protesto na pagina da Acide no Facebook - www.facebook.com/acide.santoandre - para salvar o Nanasa. Bueno conta que já pediu ajuda à Prefeitura de Santo André, sem sucesso. “Já tivemos reuniões e a resposta é que não há dinheiro”, diz. Por meio de nota, a Prefeitura informa que trabalha para que o projeto seja aprovado. José Carlos está inconformado com a interrupção do programa que caminha para 11º ano ininterrupto e já diplomou quase 1,4 deficientes, por meio da natação ministrada no Nanasa. Para funcionar, o programa conta ajuda da Prefeitura com a cessão do espaço, manutenção e mão-de-obra. Cerca de 2,5 mil já passaram pelo programa, que possui lista de espera com mais de 500 deficientes. (Maria do Socorro Diogo)

Mães estão revoltadas Os familiares estão indignados com o descaso do poder público sobre o encerramento das atividades do Nanasa, por considerarem que não existem outros espaços. A auxiliar de enfermagem Ana Maria Ribeiro Silva, mãe de Guilherme, 12 anos, está inconformada, pois o filho autista caminhava para formatura. Diz que agora o adolescente ficará só dentro de casa, como antes. Ana Maria trabalha fora e, por falta de recursos, não tem como recorrer a escolas esportivas em São Paulo. Guilherme também não frequenta escola normal. A mãe diz que o filho sofre discriminação e foram retirados os monitores que cuidavam de alunos especiais nas salas de aula. “Não vou levar meu filho pra ficar jogado na sala de aula, se a criança normal

já sofre imagine um autista. Por isso, o Nanasa era a alegria dele, agora acabou”, diz a moradora da vila Palmares. A Prefeitura diz que não tem dinheiro, mas tem sim, a gente sabe que tem". Mike Gilioli é outro aluno. Sofre de politraumatismo craniano desde os 13 anos, por causa de queda de um prédio em Mauá, em 2009, quando tentava pegar um pipa. A mãe Rosimeire está com medo. Acha que a depressão do adolescente voltará. Rosi diz que o curso fazia muito bem para o filho, até deixou a cadeira de rodas. Conta que é aluno da primeira série do ensino médio, mas que sofre discriminação por causa da deficiência. “O Nanasa trabalhava essa parte, agora não sei o que fazer. O Nanasa é o mínimo que podem fazer e agora o tiraram do meu filho”, reclama. (MSD)


4

REPÓRTER DIÁRIO

Sexta-feira, 3 de maio de 2013

ECONOMIA

Wickbold faz 75 anos com projeção de crescer 10% Foto: Rodrigo Lima

Maria do Socorro Diogo A Wickbold, fabricante de pães industrializados em Diadema, comemora 75 anos. A empresa, uma das três maiores no segmento do País e com capital 100% nacional, quer marcar o aniversário com campanha que premiará três consumidores com um banho de cozinha nova na parte de eletrodomésticos. Mas o seu presente vem mesmo é do mercado consumidor, onde a marca alemã, nascida de uma pequena padaria na vila Santa Catarina, em São Paulo, cresce como fermento em pó. Com 900 funcionários em Diadema, a empresa fechou ano passado com 16% de crescimento em volume de produção e projeta 10% em 2013. Nos últimos cinco anos, o setor cresceu 163%, principalmente em pães especiais. “Estamos num setor em que o crescimento é absurdo, impressionante”, analisa Renata Belluomini, gerente de Marketing da empresa. A Wickbold é líder, com 27% de share, enquanto marca única independente, no mercado de pães especiais. Este segmento, somado ao de pães light, foi responsável em 2012 por faturamento de R$ 2,7 bilhões, equivalente a 323 mil toneladas. Em participação do mer-

Pães especiais são carro-chefe e inclui a linha Os Clássicos cado, além dos 27% de pães especiais, seu carro-chefe - inclui as linhas Integral, Light e Funcional (linha EstarBem) -, a Wickbold responde por 20% da versão light - representou 10% de todo volume de pães no mercado nacional ano passado -, 13% de bisnaguinha e 6% de pães para lanche.

EDITAL

HILDEBRANDO PAULINO DE MORAES, Oficial do 2º Oficial de Registro de Imóveis desta comarca de São Caetano do Sul, Estado de São Paulo, na forma da Lei,etc Faz saber a Gremafer - Comercial e Importadora Ltda., com endereço na Rua Doze de Outubro nºs 491/4, Vila Odete, em Diadema-SP e a quem possa interessar, que em 05 de dezembro de 2012, foi apresentado requerimento nesta Serventia Predial e prenotado sob o nº 103.186, firmado em 09 de outubro de 2012, por Vagner Santana e sua mulher Maria Isabel Astolfi Santana, pelo qual requereram a Retificação do Registro Imobiliário do imóvel localizado na Avenida Senador Roberto Simonsen nºs 1.222 e 1.228, objeto da matrícula nº 21.916 deste 2º Oficial de Registro de Imóveis. Assim, NOTIFICA Vossa Senhoria, na qualidade de proprietária de imóvel confinante (prédio nº 1.232 da Avenida Senador Roberto Simonsen, matrícula nº 3.752 desta Serventia), para que se dirija ao 2º Oficial de Registro de Imóveis de São Caetano do Sul, situado na Rua Niterói nº 362, conjunto 87, Bairro Santa Paula, na cidade de São Caetano do Sul, no período das 11:00 as 17:00 horas, para tomar conhecimento dos termos da retificação e para, caso não concordem com os referidos termos, apresentar, por escrito, impugnação, no prazo improrrogável de 15 dias, contados da data desta publicação. Cientifica-se ainda, que, nos termos do artigo 213, inciso II, §§ 4º e 5º, da Lei nº 6.015/73, presumir-se-á vossa anuência com relação à pretendida retificação, na hipótese de não ser apresentada impugnação no prazo deste edital e que, findo o prazo sem nenhuma impugnação, este Oficial, não havendo motivo impeditivo, averbará a retificação requerida. E para que chegue ao conhecimento dos notificados e demais interessados, e no futuro ninguém possa alegar ignorância, é expedido o presente edital, o qual será publicado na forma da lei. Dado e passado nesta cidade e comarca de São Caetano do Sul-SP, aos 22 de abril de 2013. Eu, Ériston Carlos Sanches Peres, Preposto Substituto do 2º Oficial de Registro de Imóveis, digitei, subscrevi e assinei.RISTON CARLOS SANCHES PERES. Preposto Substituto DIVICENTER COMUNICAÇÃO VISUAL LTDA EPP, torna público que recebeu da CETESB a renovação da Licença de Operação nº 16008161 válida até 19.04.2016, para fabricação de painéis de propaganda exclusive luminosos, sito à Rua dos Coqueiros nº 1171 – Bairro Campestre – Santo André.

É neste cenário pra lá de positivo que a Wickbold, que completou em março 75 anos, faz novos planos sob signo da inovação. Com quatro unidades fabris – primeira em São Paulo, depois em 1986 em Diadema, em 1996 na capital carioca e em 2007 em Hortolândia/ SP -, a marca está com expansão

em todas as plantas. O total de investimentos Renata não abre, mas garante que são pesados e destinados a aumentar a capacidade produtiva em razão da demanda. “Em Hortolândia será maior, porque tem área livre”, diz, sem informar, também, qual é a capacidade. Inove sua cozinha com a Wickbold é o tema da campanha de aniversário, válida até 17 de julho, quando premiará consumidores com a Cozinha Brastemp Retrô, composta por geladeira, fogão e frigobar, além de itens da diferenciada linha de eletrodomésticos KitchenAid, como batedeira, liquidificador e torradeira. A Cozinha é inspirada em estilo vintage, que mistura traços clássicos e modernos, e segue conceito da Wickbold, que une tradição e inovação ao antecipar as tendências de mercado, como o investimento em linhas como Multigrãos, Girassol e Castanha, Granola e Iogurte, Chia e Macadâmia para atender à geração saúde. Sem divulgar investimentos, a empresa está entre as três maiores fabricantes de pães industrializados do País. As quatro unidades fabris alimentam nove unidades de distribuição de produtos em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Distrito Federal, Tocantins e Bahia.

IR com atraso pode ser enviado a partir de hoje Os contribuintes que não prestaram contas com a Receita Federal dentro do prazo - que terminou na terça-feira (30) já podem enviar as declarações do Imposto de Renda. O sistema da Receitanet já está preparado para gerar as guias de recolhimento do imposto com multa de atraso, que tem valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido. O primeiro lote de restituição do IR de 2013 será liberado no dia 17 de junho. Este ano, pela primeira vez, também é possível enviar as informações por tablets e smartphones que tenham os sistemas

operacionais Android (Google) e iOS (Apple). Mas ainda há restrições. Não podem usar o aplicativo os contribuintes que receberam rendimentos de pessoa física, que estejam obrigados a declarar dívidas e ônus reais, que auferiram ganho de capital ou que tenham recebido determinados tipos de rendimentos isentos ou com tributação exclusiva. Estão obrigados a declarar os contribuintes que receberam, em 2012, mais de R$ 24.556,65 em rendimentos tributáveis ou quantia superior a R$ 40 mil em rendimentos isentos.

Feira das Malhas começa nesta sexta no Vera Cruz Quem precisa comprar roupa de inverno esta é a chance. Começa nesta sexta-feira (3), no Pavilhão Vera Cruz, em São Bernardo, a Feira do Circuito das Malhas. Mais de 80 empresas, 90% fabricantes, expõem até o dia 12 peças de lã, linho, tricô e couro a preço até 30% inferior ao encontrado nas lojas. A expectativa é atrair 40 mil visitantes e gerar 10% a mais de negócios em relação à primeira edição da mostra do ano passado. Este ano como o frio ainda não apertou a aposta de público é apenas 5% maior em relação a mesma edição de 2012. “Estamos animados, porque além do Dia das Mães, o mix de expositores é composto por produto de qualidade e tem grande variedade”, destaca Sonia Sodré, diretora de Marketing da Metroprom Feiras e Empreendimentos, organizadora do evento. Entre os fabricantes estão representantes de Monte Sião, Serra Negra, Ouro Fino, Águas de Lin- Peças na

dóia, Campos de Jordão e Jacutinga, além do Sul do País. “Paraas mães, as opções vão de malhas de lã a calças de couro, sem deixar de lado os cachecóis, cintos e luvas“, sugere Sonia. Cerca de 30% da bilheteria da feira será destinada ao Graacc, Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer. O ingresso para a feira, que custa R$ 6, mas pode sair de graça. Basta o visitante apresentar o convite, disponível para impressão no site da feira - www.feiradocircuitodasmalhas.com.br. Com estacionamento gratuito, a feira funcionará de segunda a sexta das 14h às 21h; e sábado, domingo e feriado das 12h às 21h. O endereço é avenida Lucas Nogueira Garcez, 756. (Maria do Socorro Diogo) Foto: Divulgação

feira custam até 30% menos

Preço da cesta básica fecha abril com aumento de 1% Balanço elaborado pela Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) nesta semana constatou alta de 1% no valor dos produtos da cesta básica em abril. O aumento representou custo adicional de R$ 4,35 para os consumidores. Os produtos que geram maior preocupação são o feijão (R$ 5,28 em média) e o leite (R$ 2,20 em média), que vêm acumulando altas de 8,20% e 9,24%, respectivamente, ao longo das úl-

timas semanas. “Com a chegada da próxima safra, no inverno, época em que a produção é menor, esperamos que o custo baixe”, diz o engenheiro agrônomo da Craisa, Fábio Vezzá De Benedetto. A boa notícia é quanto aos preços do arroz e das carnes, principalmente a de frango, que teve queda. Enquanto o arroz teve retração de 7,18% e as carnes, de 3,51% (cortes traseiros) e 3,84% (cortes dianteiros), o valor do frango acumula 10,46% de redução de preço.

Dia das Mães em shoppings tem sorteio de automóveis Quase todos os centros de compras do ABC apostaram em campanha do Dia das Mães com sorteio de automóveis zero quilômetro. Em Santo André, o Shopping ABC irá sortear um Tiguan zero km. Para concorrer, é preciso consumir nas lojas participantes até dia 13. A cada R$ 350 em compras, o cliente recebe um cupom para concorrer ao carro, que será sorteado dia 14. As trocas das notas fiscais devem ser realizadas no estande localizado no piso P2. Eu Tenho Dois Amores é o mote do Metrópole, em São Bernardo. A ação envolve mais quatro empreendimentos da Sonae, na Capital, um investimento de mais de R$ 2

Foto: Divulgação

Metrópole sorteia 4 Onix 1.4 milhões, que abrange também o Dia dos Namorados e vai até 16 de junho. Serão sorteados quatro veículos Onix Versão LT 1.4, dia 19 de junho. Para concorrer, é preciso trocar comprovantes por um cupom a cada R$ 300 em compras. No São Bernardo Plaza, o sorteio será de um Space Fox I-Trend zero km. A cada R$ 200 em compras, os clientes ganham um cupom para con-

correr ao prêmio. A promoção acontece até o dia 19. As trocas de notas fiscais devem ser realizadas no piso L2. No Grand Plaza Shopping, em Santo André, o sorteio será de um Ford EcoSport no dia 13. Para participar, o consumidor deve gastar, no mínimo, R$ 300 nas lojas participantes e apresentar a nota fiscal no Balcão de Promoção. Este é o primeiro Dia das Mães do empreendimento após a inauguração de sua quarta expansão, em outubro, quando passou a ter 74 mil m² de área bruta locável. Com mais 100 novas lojas, o Grand Plaz espera aumentar em 45% as vendas em relação ao mesmo período do ano passado. (Maria do Socorro Diogo)

EDITAL Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo ATO Nº 2150, DE 23 DE ABRIL DE 2.013 A Mesa da Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 10, inciso XII, do Regimento Interno da Casa, R E S O L V E: Art. 1º Ficam suplementadas no valor total de R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais), as verbas do orçamento vigente da Câmara Municipal, abaixo discriminadas: Classificação Funcional

Natureza da Despesa

Descrição

Valor (R$)

01.031.0001.2.0001

3.1.90.11.00

Vencimentos e Vantangens Fixas-Pessoal Civil

37.000,00

01;031.0001.2.0001

3.1.91.13.00

Obrigações Patronais

28.000,00

TOTAL

65.000,00

Art. 2º Para cobertura da suplementação de que trata o artigo anterior ficam anuladas, parcialmente, as seguintes verbas: Natureza da Despesa

Descrição

Valor (R$)

01.031.0001.2.0001

3.3.90.30.30

Material de Consumo

37.000,00

01;031.0001.2.0001

3.1.91.13.00

Contribuições Patronais

28.000,00

TOTAL

65.000,00

Art. 3º Este Ato entra em vigor na data de sua publicação. Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, 23 de Abril de 2.013 – 59º Ano da Instalação do Município. Vereador Edson Savietto – Presidente. Vereador José Nelson da Paixão – Vice-Presidente. ATO Nº 2.150.04.13.ls. 02. Vereador Gabriel Eid Roncon – 1° Secretário. Vereador Renato Foresto – 2° Secretário. Vereadora Cleonice Meira da Silva - 3° Secretário. Publicado no órgão oficial e na Portaria da Câmara Municipal. Marcio Nicoluche -Secretário Geral.


Sexta-feira, 3 de maio de 2013

NOVELA/CINEMA/GASTRONOMIA

Novelas - Sinopses da semana de 6 a 11 de maio de 2013

ATEN­ÇÃO: OS RESU­MOS DOS ­CAPÍTULOS ESTÃO SUJEI­TOS A MUDAN­ÇAS EM FUN­ÇÃO DA EDI­ÇÃO DAS NOVE­LAS.

GLOBO 17h35

GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 22h

Segunda

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

SÁBADO

Kika pressiona Sal para saber seus sentimentos por Lia. Depois da confusão que aprontaram, Robson, Pilha, Fatinha e Fera são expulsos da festa infantil sem receber o cachê. Sal tenta entrar no sobrado de Lia. Gil, Ju e Lia saem para grafitar, mas Ju passa mal e Gil a leva para casa, deixando Lia sozinha. Sal se aproxima de Lia.

Sal é gentil com Lia, que fica confusa com seu comportamento. Sal deixa seu número de telefone com Lia e vai embora ao ouvir Gil se aproximar. Marta pergunta a Ju se ela quer mesmo ser modelo. Fatinha descobre a sabotagem em seu presente, e Kika consegue colocála contra Lia. Mathias vê Marcela segurando a carta de sua suposta admiradora. Lia liga para Sal. Fatinha confronta Lia.

Fatinha acusa Lia de ter destruído seu presente, e Kika comemora. Marcela confessa que é a autora das cartas que Mathias recebeu, e o diretor exige que a professora se explique também para Raquel. O outdoor de Fatinha começa a ser trocado, e Axel e sua turma tentam impedir. Fera convoca uma reunião com seus pais no colégio. Lia conversa com Sal enquanto Gil tenta fotografar os dois.

Sal desconfia do comportamento de Lia, que consegue contornar a situação. Fera assume para seus pais que ama Rita. Lia comemora o sucesso de seu plano e pensa em mostrar suas fotos com Sal para Vitor. Axel conta para Vitor que Alemão e Caixote estão atrás de Sal. Lia conta para Rosa que Sal continua no Rio. Lia mostra para Vitor suas fotos com Sal.

Vitor se decepciona com Sal. Mathias revela para Raquel que foi Marcela quem teve a ideia de unir os dois. Rosa, Pilha e Lia consolam Vitor. Raquel confronta Marcela e conta toda a verdade para Lorenzo. Kika observa a cumplicidade entre Vitor e Lia e conta para Sal. Lia conversa com Fatinha sobre Vitor. Sal espera por Lia em seu apartamento, mas é Vitor quem vai ao encontro do irmão.

Sal espera por Lia em seu apartamento, mas é Vitor quem vai ao encontro do irmão

Ester estranha o silêncio de Cassiano. Carol divulga na internet uma foto de Lino fazendo trabalhos manuais. Duque diz a Ester que Cassiano caiu na armadilha do Alberto. Gonzalo leva Cassiano de avião para o Caribe. Ester discute com Alberto e resolve sair de casa. Lino fica encantado com Carol ao ouvir que o admira por causa de seu talento de rendeiro. Ester avisa a Doralice e Zuleika que vai deixar a casa com os filhos.

Ester avisa a Samuca que eles vão mudar de casa. Taís deixa Chico desconfiado ao dizer que Cassiano viajou com Duque. Ester explica a Guiomar o motivo de estar abandonando Alberto. Guiomar avisa a Alberto que Ester saiu de casa e levou os filhos. Alberto tem um acesso de fúria, e sua mãe o consola. Alberto aparece na casa de Samuel e diz a Ester que veio buscar os filhos.

Lindaura tenta acalmar Alberto. Duque avisa aos pilotos que Dom Rafael tem capangas espalhados pela propriedade e que será difícil resgatar Cassiano. Ester se recusa a entregar as crianças para Alberto. O barco de Juliano entra em pane, deixando ele e Natália presos em uma praia deserta. O avião de Ciro pousa no aeroporto. Duque entrega um mapa a Isabel para ajudar na localização do presídio de Dom Rafael.

Duque avisa a Taís que os tenentes foram resgatar Cassiano. O carro dos pilotos é descoberto pelos capangas de Dom Rafael. Quirino e Doralice ficam preocupados com a falta de notícia de Juliano. Alberto avisa a Yvete que viajará com Samuca e Laurinha. Cassiano e os tenentes voltam para o Brasil. Ester descobre que Alberto viajou com seus filhos.

Alberto liga para Ester e avisa que está no iate com as crianças. Guiomar critica Dionísio e afirma que Alberto precisa de tratamento. Amparo fica surpresa ao saber que Duque está em sua casa. Duque. Duque convence Dom Rafael a viajar para o Rio de Janeiro para resgatar a mulher e a filha. Cassiano chega a Vila dos Ventos e todos comemoram. Cassiano pergunta a Ester para onde Alberto levou seu filho.

Cassiano fica feliz ao saber que Ester deixou Alberto. Ester pede a Cassiano que espere Alberto voltar com as crianças do passeio. Alberto inventa para Samuca que Cassiano é um bandido que abandonou o filho quando nasceu. Samuca lembra das palavras de Alberto sobre Cassiano e fica pouco à vontade perto do pai. Cristal se surpreende ao ver Dom Rafael entrando em seu quarto.

Bárbara fica furiosa com a atitude de Fabinho. Luz percebe o clima entre Bento e Amora e conta para Malu. Damáris chega à festa tentando chamar a atenção. Amora manda expulsar Sueli Pedrosa de sua festa. Érico reclama de Amora para Salma. Bárbara manda Amora convidar Fabinho para jantar. Luz fala de Bento para Amora. Renata pede para conversar com Érico. Fabinho vai à Class Mídia. Amora procura Bento.

Ao invés de seguir para uma sessão de fotos, Amora vai para Casa Verde conversar com Bento. Ela se emociona ao lembrar do passado. Renata não consegue falar o que sente para Érico. Tito procura Renata na empresa. Fabinho consegue um estágio na Class Mídia. Lara vê a foto de Amora com Socorro e deduz que a moça mentiu para a imprensa. Rosemere invade a casa de Brenda. Fabinho fala com Bento sobre Amora.

Fabinho pede que Bento se afaste de Amora. Bárbara repreende a filha por ter ido à Casa Verde. Lara mostra a Sueli Pedrosa a foto de Socorro com Amora. Giane humilha Fabinho. Wilson pensa em Lívia. Lucindo canta no karaokê com Damáris. Sueli Pedrosa denuncia a mentira de Amora em seu programa. Bento liga para Amora para tentar confirmar a presença dela em sua festa de aniversário.

Amora discute com Bárbara sobre Bento e não atende a ligação dele. Brenda insulta Perácio. Wilson decide ir à missa de Lívia. Damáris recebe uma flor de Bento. Malu elogia Amora, que a repele. Bento distribui flores na rua. Fabinho chega para o jantar na casa de Bárbara e tenta se aproximar de Malu. Bento recebe uma festa surpresa no Cantaí. Bárbara pede Natan em casamento. Malu chega para a festa de Bento.

Malu conversa com Bento, e Giane fica enciumada. Renata teme a mensagem enviada por Tito. Natan afirma a Bárbara que não vai se separar de Verônica. Amora se irrita com os comentários que o sogro faz sobre a perda da campanha. Natan pede para Fabinho não comentar que viu Bárbara colocar um lenço em seu bolso. Filipinho consegue a vaga de recreador do Kim Park. Fabinho procura Plínio. Bento impede Wilson de enfrentar Vinny.

Bento enfrenta Wilson. Plínio aceita conversar com Fabinho. Sueli Pedrosa se surpreende com a atitude de Amora diante das câmeras. Renata consegue falar para Érico o que sente, mas ele não ouve. Damáris pede para Nice ajudá-la a agir como Brunetty. Tina garante a Silvia que se vingará de Bárbara. Bento dá um ultimato em Amora na frente de repórteres.

Morena tenta explicar o trabalho nas ruas de Istambul para Theo. Morena enfrenta Lívia na rua e Aziz a repreende. Jô avisa Almir que há uma escuta no quarto em que ele encontra Waleska. Morena decide contar toda a verdade para Theo. Stenio orienta Berna a voltar para a Turquia. Uma mulher chega para falar com Wanda no presídio. Garcez flagra Rosângela e Haroldo juntos. Theo procura Morena e os dois se beijam.

Theo sai com Morena, e Marcia, Ciro e Élcio os veem. Garcez se enfurece com Rosângela. Zoe encontra Aisha. Sheila conta para Helô que Rosângela marcou sua passagem para a Turquia. Helô impede um homem de empurrar Érica de uma escada. Áurea quase é atropelada. Rosângela fala para Wanda que quer deixar a organização. Stenio conta para Helô que Haroldo vai se casar com Rosângela.

Rosângela questiona Wanda sobre sua viagem à Turquia. Jô vê Russo ao telefone e se aproxima para tentar ouvir a conversa. Lívia reclama da demora no cumprimento de suas ordens contra Morena. Raissa diz a Isaurinha que não quer morar com a mãe. Antônia ganha a guarda da filha. Aisha se recusa a sair do carro para visitar Delzuite, e Mustafá percebe sua decepção.

Mustafá obriga Aisha a falar com Delzuite. Lurdinha mostra a casa para a irmã mais velha. Creusa avisa Helô que Stenio convidou Haroldo e Rosângela para jantar. Ricardo tem uma ideia e Helô decide deixar Morena na Turquia. Amanda fala para Celso que entregou o dossiê contra Antônia para a polícia. Érica conta para Helô que Áurea sofreu um atentado. Rosângela fica tensa ao chegar à casa de Helô. Russo surpreende Morena.

Aziz e dois homens salvam Morena de Russo. Helô finge não conhecer Rosângela. Aziz manda Morena ficar afastada das ruas por alguns dias. Lívia discute com Theo e decide provocar Érica. Bianca fala para Ayla que está com Zyah.. Marcia confirma para Érica que Theo está com Morena. Vanúbia se despede dos vizinhos do Alemão na Estudantina. Helô pede para Stenio defender Antônia. Haroldo chega ao hotel para falar com Rosângela.

Rosângela tenta convencer Haroldo de que não mentiu para ele. Vanúbia encontra com Sheila no aeroporto. Lívia adianta para Élcio o percurso de sua prova na competição. Theo conta para Márcia que Jéssica é sua filha. Jô flagra Riva ouvindo a conversa de Russo e Wanda. Helô diz a Ricardo que eles invadirão a boate na Turquia. Mustafá não deixa Aisha falar com Berna. Vanúbia se anima com a presença de Russo ao chegar à Turquia.

Taís revela estar com medo de Norberto e Eduardo consola a filha. O casal de agricultores leva a polícia ao local onde o corpo foi encontrado, mas eles se espantam ao ver que o mesmo sumiu. Norberto visita Celina e pergunta sobre Magno, ameaçando a produtora. Lurdes os interrompe e o vilão escapa. Mauro avisa a Eduardo sobre o atentado a Adriana, preocupando Isabel. Norberto assusta Lígia ao aparecer em sua casa.

Lígia afirma que não vai revelar o paradeiro de Eduardo. Norberto ameaça matá-la e Adamastor o interrompe. Zé Maria pede autógrafo à Dóris e Diva os interrompe, para garantir o disfarce da irmã. Cremilda decide reorganizar o apartamento de Diva e Dóris e encontra com as filhas disfarçadas. Escoltada por seguranças, Abigail leva Teresa para passear e Norberto chora ao ver a menina.

Diva e Dóris aproveitam que Cremilda não as reconheceu e fingem estar interessadas em comprar o apartamento. A trambiqueira percebe a identidade das filhas e as três se abraçam emocionadas. Isabel e Eduardo estranham a demora dos amigos. Duílio e Vetusa assistem ao programa de Violeta/Vitor e ficam estarrecidos ao descobrir que Josefina é a Marcelona. Norberto comemora a morte de Mauro com Arnaud e diz que vai raptar Teresa.

Norberto garante que não precisa da ajuda de Arnaud e comenta que terá um aliado especial para o rapto. Preocupados, Eduardo e Isabel acreditam que Mauro e Joana possam estar em apuros e decidem ir à polícia. Eduardo reclama quando Mauro insiste em trabalhar após o atentado de Norberto. Isabel desabafa com Mirela e garante que todos estão correndo perigo com o seu ex-marido foragido. Norberto visita Abigail, que se surpreende.

Abigail comemora a visita de Norberto, os dois bebem e colocam a conversa em dia. Eduardo confessa que não confia na sogra, enquanto Mauro e Adriana tentam amenizar a raiva do amigo. Diva e Dóris encontram Violeta/ Vitor para gravar o programa e o editor se entusiasma com os elogios. Cremilda se exalta ao ver Osório paquerando Josefina. Enquanto passeia com Teresa, Abigail observa Norberto à espreita.

Foto: Divulgação

polvilho e metade queijo, este bem caprichado”,afirma MarcosResende, proprietário do Chalé. Inaugurada em 1997, no bairro Barcelona, em São Caetano, a casa As Mineiras é outro endereço. Além de recheios, como frango com catupiry, presunto e queijo tradicional, o cliente pode pedir sabores doces. Entre os procurados estão os pães de queijo com doce de leite e chocolate, que custam R$ 3,50 a unidade. A casa prepara pão de queijo com pernil, costela e linguiça calabresa, que sai a R$ 4,50 a unidade. Rosangela Lúcia da Silva, proprietária da casa As Mineiras, afirma que estes novos sabores são a especialidade. “Dificilmente

Foto:Divulgação

Pão de Queijo Mineiro: 30 anos

alguém encontra estas novidades em outros lugares”, afirma. A massa é preparada no local. “Não compramos nada industrializado ou congelado”, diz. A Pão de Queijo Mineiro, em São Caetano, é outro local com novidade. A cada 20 minutos surge nova fornada de pão de queijo simples e recheado, como presunto e queijo, frango com catupiry, e até brigadeiro, que sai por R$ 5,50

5

Somos tão Jovens resgata Renato Russo Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Abigail comemora a visita de Norberto

Pão de queijo ganha novos recheios Típico quitute mineiro, o pão de queijo atravessou fronteiras pelo Brasil e virou patrimônio nacional. Em algumas casas o tradicional derivado de polvilho e queijo ganhou novas versões para instigar, ainda mais, o paladar dos apaixonados pelo famoso bolinho de Minas Gerais. No Chalé do Pão de Queijo, em Santo André, o pão de queijo virou lanche. O produto é recheado na hora e a maior preferência é pelo recheio de frango com queijo catupiry e linguiça calabresa. A versão com três sabores sai por R$ 5 a unidade. Além do pão de queijo simples (R$ 2,50), há opção com apenas 1 recheio (R$ 4). “A receita é bem mineira, metade

Repórter Diário

a unidade. “Depois do pão de queijo pronto, o cliente fatia, e recheia com os diversos sabores que oferecemos aqui”, conta Lúcia da Silva, proprietária do local. A receita tem tradição de mais de 30 anos. “O pão de queijo daqui é legitimamente mineiro”, diz. (Colaborou Ricardo Siqueira) Serviço: Pão de Queijo Mineiro Rua Baraldi, 1039, São Caetano. Tel.: 4221-5973 As Mineiras Rua Taipas, 545, São Caetano. Tel.: 4228-4282 Chalé do Pão de Queijo Rua Álvares de Azevedo, 99 Santo André - Tel.: 4437-1106

Thiago Mendonça interpreta mito do punk rock nacional Da Redação Novidade para o fim de semana é o longa-metragem Somos tão Jovens, um dos maiores ícones do rock nacional: Renato Russo. A história começa na Capital Federal, 1973. Renato (Thiago Mendonça) acabou de se mudar com a família para Brasília, vindo do Rio de Janeiro. Na época, Renato sofria de uma doença óssea rara, a epifisiólise, que o deixou numa cadeira de rodas após passar por cirurgia. Fã do punk rock e após melhorar dos problemas de saúde, Renato começa a se envolver com o cenário musical de Brasília ao ajudar na criação da banda Aborto Elétrico e, posteriormente, Legião Urbana. “Somos tão Jovens” conta a emocionante e desafiadora história da transformação de Renato Manfredini Junior no mito Renato Russo. Revela como um rapaz de Brasília, no final da ditadura militar,

RD livro

criou canções como Que País é Esse, Música Urbana, Geração Coca-Cola, Eduardo e Mônica, e Faroeste Caboclo, verdadeiros hinos da juventude urbana dos anos 1980 que continuam a ser cultuados por gerações frente à crescente legião de jovens fãs. Dirigido por Antonio Carlos da Fontoura, Thiago Mendonça encarna o líder dos legionários em desempenho que impressiona pela semelhança. A classificação é 14 anos. Em Transe Outra estreia é Em Transe, de Danny Boyle. É sobre Simon (James McAvoy), leiloeiro de arte, que se une a uma quadrilha para roubar uma obra de arte no valor de milhões de dólares, mas depois de sofrer uma pancada na cabeça durante o assalto, acorda para descobrir que não tem nenhuma lembrança de onde escondeu a pintura. A classificação é 14 anos. (Colaborou Ricardo Siqueira)

O Livro da Loucura e das Curas

Gabriella Mondini é uma médica com estranhos poderes de cura, no fim do século 16, quando posição é quase uma heresia. Assim, se quiser continuar praticando a medicina, deverá ter o aconselhamento de um homem. O pai, também médico, seria o conselheiro ideal, mas ele a abandonou há 10 anos, pois saiu em busca de curas inimagináveis por uma Europa cheia de crendices e magias. E, agora, por meio de suas poucas cartas, é possível perceber que sua sanidade mental está desaparecendo. Disposta a reencontrar o pai , Gabriella atravessa países.

Até o fim da aventura, a jovem tentará conquistar a sabedoria e terá de lidar com os segredos da família.

Autores: Regina O´Melveny Número de páginas: 352 Selo: Novo Conceito Preço sugerido: R$ 29,90


6

Repórter Diário

Sexta-feira, 3 de maio de 2013

CULTURA

Favela traz Janete Babuína Da Redação

Neste domingo (5) a atriz Thalita Carauta dá um show de versatilidade no espetáculo Favela, que acontece às 19h, no Teatro Municipal de SantoAndré. O espetáculo, de 60 minutos, narra o dia a dia comum de uma comunidade. A comediante, que ficou famosa com a personagem Janete Babuína, no programa Zorra Total, encena mais três personagens na trama: a religiosa Dona Santinha, o traficante Fininho e a vendedora de calcinhas Clarete, além da radialista Janete, que dá dicas de beleza e sedução. A Favela começa com uma festa oferecida por Fininho, e se encerra com um final surpreendente. O espetáculo tem lotado teatros e o público, atraído pela personagem, aplaude a flexibilidade de Thalita, que através de um pequeno baú tem os acessórios para compor cada personagem. O show foi escrito pela própria atriz, e é dirigido pelo ator e humorista Rodrigo Sant’Anna, intérprete da personagem

SESC Santo André recebe grupo espanhol circense

Foto: Divulgação

Valéria, parceiro de Thalita, no Zorra Total e desde 2000, quanto atuaram juntos em Os Suburbanos. A atriz conta que foi no espetáculo Os Suburbanos que a carreira deu uma guinada. “O espetáculo ficou em cartaz por sete anos, e graças ao sucesso surgiram vários convites para tevê”, afirma. Além do Zorra Total, Thalita já atuou em três novelas da Globo, A Lua me Disse (2005), Páginas da Vida (2006), Três Irmãs (2008) Caras e Bocas (2009), e no cinema com o filme A Mulher Invisível, ao lado de Selton Mello. A atriz revela que o reconhecimento como atriz veio muito mais rápido na tevê, do que no teatro. “Thalita confessa que tudo pode servir como inspiração aos personagens que compõe no teatro. “O lampejo para criação pode vir de qualquer lugar”, declara. Sobre o sucesso de Janete na tevê, a atriz conta que nada foi premeditado. “Quando criamos um personagem, não imaginamos um super sucesso e com a Janete não foi diferente, por isso agradeço ao público esse

Thalita Carauta vive quatro personagens em 1 hora imenso carinho, devo todo esse sucesso aos fãs”, afirma. A atriz que se apresentou em fevereiro no Teatro Paulo Machado de Carvalho, em São Caetano, diz estar muito feliz por voltar ao ABC. , e revela que o carinho e reconhecimento dos fãs por onde passa tem sido fantástico. Thalita espera que, ao lado do parceiro e diretor

Rodrigo Sant’Anna, possa fazer outro grande espetáculo para o público da região. (Colaborou Ricardo Siqueira) Serviço: Teatro Municipal de S.André praça IV Centenário, Centro Ingressos: de R$ 35 a R$ 70 Indicação: 12 anos Telefones – 4433-0789 e 2809-1907

Diadema realiza Circuito de Skate neste sábado Neste sábado (4), Diadema inicia o Circuito de Skate 2013. O encontro dos skatistas do município será das 10h às 17h, na praça Mario Bittencourt (rua Mantiqueira, Centro).A proposta é fomentar o surgimento de novos talentos do skate, criação de mais pontos para a prática

esportiva no município e a integração da população por meio deste esporte. No circuito haverá livre acesso aos obstáculos montados para treino, além de tintas e paineis para a elaboração de grafites que serão reutilizados para fazer obstáculos móveis.

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (3), às 20h, o SESC Santo André recebe a companhia espanhola Laitrum Automatarium para o Festival Internacional SESC de Circo. Inspirado nos caça-níqueis recreativos, comuns em feiras do fim do século 19 e início do século 20, três artistas se instalam dentro de cabines individuais de madeira e metacrilato. O trio interpreta uma pitonisa (mulher que prevê o futuro), um faquir e um Espetáculo é nesta sexta-feira palhaço-mago. Basta colocar uma moeda escolha uma carta de tarô para as luzes se acenderem para ler o seu futuro apenas e assim iniciarem a atuação, com gestos, por cerca de com elementos de comédia, dois minutos. Na cabine circo, mágica e mímica. do faquir, ele injeta uma Do lado de fora, um ator a g u l h a n a b och e ch a , de no papel de responsável maneira cômica. pela manutenção das máquinas convida o Serviço: público a brincar. Em uma Sesc Santo André - rua das intervenções, a pitonisa Ta m a r u t a c a , 3 0 2 - v i l a pede que o participante Guiomar. Telefone: 4469-1200

Casa do Artesão oferece novos cursos

Humus lança Cia. Antonio Nóbrega

A Casa do Artesão, em São Caetano, realiza todos os meses cursos rápidos para os interessados em aprender artesanato. Em maio, serão oferecidos sempre às quintasfeiras, a partir das 14h. O primeiro curso será no dia 9 e ensinará a fazer peso de porta com fuxico catavento. No dia 16, os alunos aprenderão a fazer uma carteira mágica. Para este último curso, é necessário levar duas embalagens de leite ou suco limpas e secas. Os cursos têm vagas limitadas e os interessados precisam se inscrever com antecedência pelo telefone 42299988 e pagar a taxa do material, que varia de R$ 12 a R$ 16.

Neste sábado (4), às 20h, o SESC São Caetano apresenta o espetáculo HUMUS, que lança a Cia Antonio Nóbrega de Dança. A iniciativa do artista foi concretizada graças ao patrocínio da Petrobras e do Ministério da Cultura e é uma realização do Sesc SP. Formada por 13 jovens bailarinos a Cia Antonio Nóbrega de Dança apresenta um trabalho inédito cuja concepção e direção geral do espetáculo é também do próprio Nóbrega . A companhia abre o XIII Festival de Dança de São Caetano, que acontece a o dia 10 de maio, às 20h.. Telefone para informações é 4223-8800 .


Edição 03/05/2013