Issuu on Google+

Ano 6 . Nº 1.955 . ABC, sexta-feira, 17 de junho de 2011 . www.reporterdiario.com.br

R$ 0,50

ABC corre risco de apagão Marciel Peres

O risco de a população do ABC sofrer com mais apagões não está descartado, apesar de a AES Eletropaulo projetar investimento de R$ 147 milhões para a região nos próximos cinco anos, não há projeto definido para a aplicação da verba. Mário Realli, presidente do Consórcio Intermunicipal do ABC, destaca que o problema na oferta de energia afeta o crescimento residen-

cial e as empresas, que na maior parte das vezes almejam expansão. Enquanto isso, moradores e comerciantes contabilizam prejuízos provocados por até nove dias sem energia, como é o caso da vila de Paranapiacaba, em Santo André. Para especialistas, uma solução é a fiação subterrânea, que evitaria problemas causados por tempestades e queda de árvores. Página 3

Região estreita relação com Estado O anúncio de investimentos no ABC, feito esta semana pelo governador Geraldo Alckmin, gerou expectativa de aproximação entre os prefeitos da região, principalmente os do PT, com o Palácio dos Bandeirantes.

Desde a posse, em 2009, até o fim do ano passado, os prefeitos Luiz Marinho (São Bernardo), Mário Reali (Diadema) e Oswaldo Dias (Mauá) reclamavam da falta de sintonia com o governo paulista comandado por José Serra (PSDB). Página 2

Para especialistas, o sistema de distribuição de energia está sobrecarregado e necessita de mais linhas de transmissão

Mudança de partido mexe na base de Aidan Página 2 Divulgação

Consórcio quer plano de banda larga

Inverno será menos frio que em 2010

Atividades previnem Alzheimer

Entrega de AME é adiada mais uma vez

A criação de um plano regional de banda larga deverá começar a ganhar escopo no ABC. No início do mês, durante reunião dos sete prefeitos, foi criado o GT (Grupo de Trabalho) que cuidará do assunto. O item integra a lista de assuntos prioritários encaminhada pelo Consórcio Intermunicipal do ABC ao governo federal. O primeiro desafio dos integrantes – que serão definidos até a próxima reunião ordinária, realizada na primeira segunda-feira de cada mês – será fazer um diagnóstico sobre a atual situação da conectividade na região.

O fenômeno climático La Niña (a menina - com tradução livre do espanhol), que ocorreu no oceano Pacífico em 2010 e causou o resfriamento de 2°C a 3°C do ar, não afetará esse inverno. A temperatura mínima ficará, em média, na casa dos 12°C. Assim, neste ano fará menos frio que em 2010. As temperaturas do inverno, que começa às 14h do próximo dia 21, serão baixas, porém dentro da normalidade. A previsão é que a máxima não ultrapasse 22°C durante a estação. Mesmo assim a população devem cuidar da alimentação e agasalhos.

O ócio pode ser prejudicial para os idosos, já que aumenta as chances de desenvolver males, como Alzheimer, doença crônica degenerativa que atinge principalmente a memória. Um dos fatores para desencadear a doença é a idade. Aos 80 anos as chances de o indivíduo desenvolver a doença é de 15%. Aos 85 anos o índice salta para 45%. Para retardar o quadro, existem o tratamento farmacêutico e a terapia cognitiva, que estimula as funções que o paciente perde ao longo do tempo. Manter o idoso sempre ativo é importante para evitar a doença e, caso ela seja diagnosticada, para ajudar no tratamento.

A novela sobre o impasse para a instalação do AME (Ambulatório Médico de Especialidade) em Mauá ganhou novo capítulo nesta semana. Durante evento na região, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou que o equipamento ficará pronto até dezembro. No entanto, a Prefeitura dava como certa a inauguração em agosto. O projeto do ambulatório desafogará o atendimento da rede pública do município e de vizinhos. Por ser parceria entre as duas partes, cabe a primeira a apresentação e adequação do espaço físico e a segunda, equipamentos e manutenção.

Página 4

Página 4

Página 6

Página 4

Ação em bairros treina lojistas

A Secretaria Estadual da Saúde inicia a primeira etapa da campanha de vacinação contra a paralisia infantil neste sábado (18). A ação inclui ainda imunização de crianças contra o sarampo Página 4

CINEMA Divulgação

O programa Bairros Mais Fortes, ação da Prefeitura de Santo André que pretende fortalecer o comércio nos bairros por meio de capacitação, ganhou segunda edição nesta semana. A expectativa é superar os 1,2 mil participantes de 2010 em palestras gratuitas de formação. O público alvo do pro-

Manutenção deixará 75 mil sem água

grama gratuito são comerciantes e prestadores de serviço. Todas as palestras de capacitação serão realizadas no Teatro Municipal e não mais nos bairros. Será promovido um encontro por mês sobre marketing, vendas, finanças, planejamento estratégico e redes sociais no teatro até o fim do ano.

Cerca de 75 mil moradores de 13 bairros de Santo André ficarão sem água nesta sexta-feira (17). O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), autarquia do município, interromperá o fornecimento de água nos locais atendidos pelos reservatórios Camilópolis e Parque das Nações.

Página 5

Página 4

DECORAÇÃO Em Arthur – O milionário sedutor, o jovem que leva a vida sem nenhum tipo de compromisso ou preocupação ficará dividido entre o amor de uma bela mulher e o dinheiro que ganhou de herança.

índice Política.......................... Pág. 2 Opinião..........................Pág. 2 Cidades...................Págs. 3 e 4 Economia................Págs. 4 e 5 Saúde...............................Pág.6 Decoração......................Pág. 7 Cultura...........................Pág. 8 Novelas...............,..........Pág. 9 Cinema...........................Pág. 9 Social............................Pág. 10

show Carolina Neves

São Bernardo apresenta no próximo dia 25 o projeto Toca Viola, que tem como objetivo aproximar a população da música caipira. Entre as atrações está o cantor e produtor mineiro Cláudio Lacerda, que apresentará repertório especial ao lado da Orquestra de Viola Caipira do município.

Divulgação/Adriano Rosa

Os toy arts e as pin ups ganham cada vez mais espaço na decoração. Brinquedos estilosos, mais comuns entre colecionadores, devem representar a personalidade de cada pessoa. Já as pin ups são imagens de mulheres sensuais que lembram os anos 1950. Pág.9

Pág. 7

Pág. 8


2

Repórter Diário

Editorial

Que assim seja Depois de muitos carnavais e primaveras, o ABC tem feedback positivo do governo do Estado para o encaminhamento das demandas que extrapolam as fronteiras municipais. O Consórcio Intermunicipal já faz esse papel, mas em raras ocasiões conseguia despachar com o Palácio dos Bandeirantes. O anúncio de mais de R$ 6 bilhões em investimentos na região, bem como a criação da Região Metropolitana, revigoraram o canal de diálogo entre os poderes a ponto de renovar as esperanças de intervenções em conjunto sem o preconceito partidário. Mas foi apenas anúncio. Agora fica a torcida e a fiscalização para que todas as promessas, principalmente de parceria entre as partes, sejam executadas de fato. Até porque alguns itens da promessa, como o Expresso ABC, já são velhas plataformas eleitorais que não avançaram. Esperamos que, finalmente, a aproximação institucional e a renovação dos compromissos não sejam meros ensaios e se concretizem para a conexão regional, já mergulhado em problemas, como o risco de apagão elétrico, com a maior metrópole do Brasil.

Repórter Político Ministro chancela Salles no PDT A festa de filiação de Raimundo Salles no PDT de Santo André será dia 1º de julho, às 19h, na Câmara. Entre os convidados, destaque para o ministro do Trabalho, Carlos Lupi. O ex-democrata ingressa com a garantia de disputar a sucessão do Paço em 2012, na chapa que terá como vice, por enquanto, o deputado estadual José Bittencourt. Segundo informações, o PDT andreense estaria de olho em nomes que já fizeram parte do secretariado do prefeito Aidan Ravin. Dois ex-secretários, segundo fontes, já estariam até assinado a ficha de filiação no pedetismo. Isso sem falar do apoio informal que a legenda terá no mesmo campo que o PT.

Curtas Preocupado Alguns vereadores estão preocupados ‘demais da conta’ com a reeleição em São Bernardo. A pulga atrás da orelha decorre da indefinição partidária. Algumas legendas como o PSB e o PMDB vivem esta atmosfera. A primeira, que sempre caminhou a reboque do PSDB, fala agora em rumo próprio, mas não mostra estrutura para materializar o pleito. Na segunda, a situação é ainda mais complicada, até porque ainda existe a possibilidade de dissolução da direção local, como ocorreu esta semana em Mauá. Vem ou não vem? A discussão da reforma política, que marcará um dos itens do primeiro grande evento promovido pelo Parlamento Metropolitano (composto por 39 municípios, inclusive os sete do ABC), vive a expectativa da confirmação da presença do ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB). O encontro será nesta segunda (20), a partir das 13h, na Câmara de São Bernardo. O presidente da Câmara de São Paulo, José Police Neto, foi designado para articular a vinda do tucano. Segundo informação, o convite foi feito e, até então, não houve objeção de Serra. Porém, a confirmação deverá ocorrer nesta sexta. É aguardada também para a atividade um grande nome do PT para fazer a discussão. Inicialmente, a ideia era atrair os dois expresidentes (FHC e Lula) para o plenário, mas as agendas não permitiram. Lula em cena O ex-presidente Lula entrará em cena na articulação do PT para as eleições de 2012. A presença dele está confirmada no Encontro das Macros, realizado pelo Diretório Estadual do PT de São Paulo, nos dias 17 e 18 de junho. Os prefeitos do ABC também deverão participar da discussão estratégica. O documento

previamente elaborado pela cúpula da legenda reforça a necessidade de alianças para 2012, tendo em vista o fortalecimento da sigla para o embate estadual de 2014. Não será o Frank? Nos bastidores da política de São Bernardo, principalmente em redutos opositores ao comando petista do Paço, os ‘plantonistas’ não apostam na permanência de Frank Aguiar (PTB) como vice na chapa de Luiz Marinho na tentativa da reeleição, mesmo depois da rápida conversa por telefone entre o prefeito e o dirigente estadual petebista, o deputado Campos Machado. Troco O anúncio do ingresso do vereador Toninho de Jesus no PSL, que deixa o DEM de Santo André, foi interpretado por alguns políticos como ‘troco’ do articulador do governo Nilson Bonome no vereador Alemão do Cruzado (PSL). Este não apoiou o nome indicado pelo governo para a presidência da Câmara. A todo vapor O vice-prefeito de Ribeirão Pires, Edinaldo Menezes (PPS), cotadíssimo para encabeçar a chapa governista na sucessão municipal, está empenhado na amarração partidária em prol de sua candidatura. Nesta quinta, ele conversou com o dirigente regional do PSDC, Adriano Pieroni, e saiu otimista do encontro. Por meio do twitter, disse que “está no caminho certo”. Morando Manente? A prolongada conversa ao 'pé do ouvido' entre os deputados estaduais Orlando Morando e Alex Manente, até então adversários políticos em São Bernardo, surpreendeu muita gente nos bastidores. Para aqueles que torcem pela união da dupla, o próximo passo, ventilado nos corredores, é o rompimento de Manente com o governo Marinho. Será?

Rua Álvares de Azevedo, 210 Centro – Santo André Tel.: 4427-7800 www.reporterdiario.com.br

Opinião / Política

Sexta-feira, 17 de junho de 2011

Prefeitos esperam nova relação com Estado Marciel Peres

Ação do governo cria esperança entre petistas de aproximação com Palácio dos Bandeirantes Leandro Amaral O anúncio de investimentos feito esta semana pelo governador Geraldo Alckmin no ABC revigorou a expectativa dos prefeitos, principalmente do PT, de estabelecer relação mais próxima com o Palácio dos Bandeirantes. Desde a posse, em 2009, até o fim do ano passado,

os prefeitos Luiz Marinho (São Bernardo), Mário Reali (Diadema) e Oswaldo Dias (Mauá) reclamavam da falta de sintonia com o governo paulista comandado por José Serra (PSDB). No emaranhado, o prefeito mauaense protagonizou o episódio mais inusitado, quando Serra, indagado sobre a situação precária do Hospital Nardini, disse que o “prefei-

Região Metropolitana agora é oficial Nesta quinta-feira (16) a Região Metropolitana de São Paulo, formatada nos anos 1970, foi oficialmente criada. O governador Geraldo Alckmin sancionou a lei, aprovada pela Assembleia Legislativa, que determina que os problemas comuns das 39 cidades (incluindo as sete do ABC) deverão ter soluções conjuntas. O primeiro projeto para beneficiar a região está quase saindo do papel. É o BOM (Bilhete de Ônibus Metropolitano Único). “Com o bilhete metro-

politano você pode andar em qualquer uma das 39 cidades, em qualquer modal de transporte: em ônibus, da Prefeitura municipal ou da EMTU, trem ou metrô”, diz o governador. O projeto piloto começará no dia 27 de julho, no corredor São Mateus-Jabaquara. O projeto da Região Metropolitana é visto como ferramenta da gestão tucana para avançar no chamado cinturão vermelho, que detém municípios cujas administrações estão nas mãos do PT. (LA)

to deveria matas as baratas com o chinelo”. “A dinâmica do diálogo metropolitano é um avanço”, avalia Mário Reali, que também preside o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. “Espero ter outro anúncio como este em breve, pois a agenda não se resume no que foi anunciado”, sustenta. Luiz Marinho, que sempre reclamou da fal-

ta de avanço nas demandas encaminhadas ao Estado no ‘período Serra’, reconheceu a retomada com Geraldo Alckmin (PSDB). “Mais importante do que o anúncio é o processo de interação que pode se criar a partir daqui. O processo dará conta de responder, ou não, as demandas”, completa. Meio caminho Apesar do novo fôlego na relação institucional, o prefeito de São Bernardo é cauteloso em relação à materialização dos anúncios feitos pelo governador. “Vamos ver nas reuniões técnicas. Por enquanto está no meio do caminho”, pondera. Aliado de Geraldo Alckmin, o prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PTB), diz que o anúncio de R$ 6,3 bilhões em investimentos – entre os quais o Expresso ABC e o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) – “ficou dentro do esperado. Agora precisa ter o ajuste técnico em relação aos projetos anunciados para otimizar a resposta”, ressalta.

Bonome e Primavera agitam bastidores As especulações sobre o futuro do articulador do governo de Santo André, Nilson Bonome (PMDB) e do vereador situacionista Gilberto do Primavera (PTB) encabeçam a atenção da bolsa de apostas. Depois de três tentativas em vão de falar com o grãomestre do PMDB, Michel Temer, Bonome deverá se reunir, mais cedo ou mais tarde, com o vice-presidente da república para nortear o rumo da legenda. Segundo

informações, a possibilidade de manter a atual configuração é reduzida. Se permanecer governista, o homem forte deverá ser indicado a vice na chapa de Aidan Ravin. Já Primavera, irritado com as possíveis aquisições do PTB e a falta de atenção no partido, deverá mudar de ninho. Porém, o ainda petebista tem se reunido antes com diversas lideranças, inclusive de cidades vizinhas, para ratificar a migração. (LA)

Espaço aberto

A diferença entre chefiar e liderar Te r m i n a mais um ciclo de Palocci no governo - o que não garante que seja o último. Como o lendário pássaro grego, fênix, sua capacidade de ressurgir das próprias cinzas é impressionante. Mitologia grega à parte, o discurso de posse proferido pela agora ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, reforça o lado gerencial do governo. A definição de funções, declarada pela ex-senadora dá o tom: fixar metas, acompanhar projetos e cobrar resultados - postura que muito se assemelha à presidente enquanto ocupante da mesma cadeira. Corre a boca pequena que Gleisi será a Dilma da Dilma, devido à similaridade no modo de gestão. Há, todavia, uma diferen-

ça abissal entre um bom gerente ou gestor e o líder verdadeiro, perfil que se espera de alguém dirigindo uma grande empresa ou ainda uma nação. Fayol e a teoria clássica da administração listaram no início do século passado as funções de um gerente: planejar, organizar, controlar, coordenar e comandar, gerindo e alocando os recursos da melhor maneira possível. Já o líder deve propagar suas ideias e ideais em nível macro, motivando e inspirando funcionários, fornecedores, clientes, acionistas, ministros, senadores e deputados. A teoria neoclássica fez com que as empresas tivessem que se preocupar com conceitos como eficiência e eficácia, criando terreno fértil para a Administração por Objetivos ou APO, teorizada pelo guru Peter Drucker e amplamente utilizada até os dias atuais. A APO defende a existência de

três níveis de objetivos: organizacionais, departamentais e operacionais, descritos a seguir. Organizacionais são os macro objetivos, em geral de longo prazo e grande amplitude, influenciando a empresa como um todo. Confundemse muitas vezes com a visão e a missão da companhia. Como o próprio nome, Departamentais são os objetivos dos departamentos ou ministérios, os quais devem ser construídos em alinhamento com os organizacionais. Operacionais se referem à execução das metas departamentais, através de ações específicas e pontuais. Moldar gestores e líderes é tarefa árdua, a qual demanda tempo e dedicação aos envolvidos. Imprevistos e acidentes de percurso podem ocorrer, nos quais há a necessidade de se antecipar ou queimar etapas, promovendo pessoas ainda não totalmente aptas

para o exercício de determinado cargo ou função. Além da curva de aprendizado da nova atividade, o profissional terá de desenvolver habilidades não técnicas, tais como negociação, planejamento, visão de longo prazo, resolução de conflitos, comunicação e gerenciamento de pessoas. Desejo boa sorte à nova ministra e que a fixação de metas, o acompanhamento das atividades e a cobrança de resultados, fiquem na Casa Civil - distanciando a presidente das decisões pertencentes a gerentes e gestores para que fique livre para efetivamente liderar o País.

Ivete É com tristeza que recebo a informação da desistência do processo interno para a indicação de candidatos a Prefeitura da companheira Ivete Garcia, uma excelente administradora pública, competente, justa e com visão de políticas sustentáveis, companheira e amiga! Ermelinda

Referente à matéria Ivete Garcia divulga nota de desistência

rá ser indicado o Siraque, que já demonstrou força eleitoral nesta cidade. Antonio Francisco da Silva Referente à matéria Sem Ivete, Siraque cobra apoio de Grana e Turco

aplaudir a aceitação das autoridades andreenses. Tenho estreito relacionamento com o SESI na região do ABC desde 1950 e conheço bem a conduta e o discernimento do atual diretor, Sérgio Moretti. Estou torcendo para que a grande obra aconteça. Antônio Gomes de Melo Referente à matéria E nada do outro SESI em Santo André.

Siraque Pela análise que o reporter descreveu demonstra claramente que o PT quer se dividir por questões internas, mas ao mesmo tempo se recorda dos fracassos anteriores devidos a este mesmo problema. Não tenho a menor dúvida que deve-

SESI Estive no evento em que o presidente da Fiesp fez a afirmação citada e ajudei a

Marcos Morita é mestre em Administração de Empresas, professor da Universidade Mackenzie e professor tutor da FGV-RJ. Especialista em estratégias empresariais, é colunista, palestrante e consultor de negócios.

Os comentários acima estão no site www.reporterdiario.com.br

Jornalista responsável: Airton Resende Edição: Aline Bosio e Maria do Socorro Diogo Reportagem: Aline Bosio, Carolina Neves, Larissa Marçal, Leandro Amaral e Natália Fernandjes

Comercial: Claudia Plaza e Alessandra Duran Fotos: Marciel Peres e Carolina Neves Suporte Operacional: Pedro Diogo Administrativo: Rita de Cássia B. da Silva

Tiragem auditada por:


3

Repórter Diário

CIDADES

Sexta-feira, 17 de junho de 2011

Investimento da Eletropaulo no ABC não afasta risco de apagão Leandro Amaral O investimento de R$ 147 milhões da AES Eletropaulo no ABC nos próximos cinco anos não afasta o risco de mais apagões na região. Apesar da receita prevista, ainda não há data para o início e nem o detalhamento das intervenções que serão realizadas. As informações foram transmitidas pela concessionária ao Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. “Nós queremos ter agilidade nesse investimento. Não adianta falar que vai investir. Queremos saber quando e como começará”, diz Mário Reali, presidente do Consórcio e prefeito de Diadema. “Nós tivemos apagão de 50 horas em algumas regiões”, emenda. Segundo Reali, o problema na oferta de energia afeta o crescimento residencial e as empresas, que almejam expansão. “É pouco investimento para a demanda que nós temos”, reclama. A AES Eletropaulo fará estudo detalhado, segundo o presidente do Consórcio, para comparar o valor

Fotos: Marciel Peres

do investimento com a projeção do incremento na demanda regional. “A Eletropaulo não deu garantia de nada em curto prazo. Eles relacionam muito fortemente a queda no abastecimento à queda de árvores”, afirma Luiz Paulo Bresciani, secretário-executivo do Consórcio. “Vamos manter o contato e a agenda de reuniões para cobrarmos as ações”, completa. Fiscalização A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) vai apertar a fiscalização dos serviços prestados após o episódio em que uma ventania deixou milhares de consumidores sem luz na Grande São Paulo, no interior do Estado e em diversos outros pontos do País. Na última quarta-feira (15) o secretário de Energia do Estado, José Aníbal, se reuniu com o diretor-presidente da Aneel, Nelson Hubner, para apresentar números que mostram que a Eletropaulo está deixando de investir em manutenção e ampliação da equipe para melhorar a lucratividade.

Criticada, companhia visa termelétrica

Elevação do consumo põe a região em risco

Agência Nacional de Energia dá dicas para consumidor recorrer Você se lembra quantas vezes foi avisado que poderia haver um corte de energia na sua região? Além de ser pego de surpresa, o consumidor perde parte do tempo em busca de informações sobre a volta de energia pelos canais de atendimento da Eletropaulo. Em casos de prejuízo, a maioria não sabe onde e como recorrer. “É inadmissível as pessoas passarem dias, algumas vezes mais de uma semana sem energia. As falhas acontecem por falta de planejamento adequado e quantidade de funcionários insuficiente para situações de emergência”, afirma Ana Paula Satcheki, diretora do Procon de Santo André A conta mensal de energia elétrica traz descrita a quantidade de horas sem o fornecimento de energia e o desconto no valor referente ao tempo. Esses indicadores aparecem na parte inferior da conta de luz e devem ser acompanhados com atenção, destaca Ana Paula. Segundo o diretor do Pro-

con de São Caetano, Alexandro Guirão, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) determina que o consumidor pode ficar, no máximo, quatro horas diárias sem energia elétrica. Caso contrário, deve buscar seus direitos. “Como energia é um serviço essencial, mesmo se não atingir as quatro horas o consumidor deve reclamar os direitos frente aos prejuízos gerados”, ensina Guirão. No caso de perda de equipamentos ou

A AES Eletropaulo foi alvo de críticas até do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que atribuiu o apagão ocorrido na semana passada à falta dos investimentos previstos em contrato. “Ela (Eletropaulo) tinha 10 anos para agregar 400 megawatts de energia, mas isso venceu em 2007. Nós estamos em 2011 e até agora não agregou nenhum megawatt", disse. Essa energia poderia alimentar mais 250 mil unidades consumidoras. Em relação à obrigatoriedade de expansão de capacidade em 400 MW, a empresa esclareceu, por meio de nota enviada pela assessoria de imprensa, que a exigência está contemplada no contrato de privatização da geradora AES Tietê. Para atender à questão, se-

materiais, o primeiro passo é entrar em contato com a concessionária e solicitar vistoria. É importante que o consumidor anote o protocolo de atendimento bem como o dia e a hora da queda de energia. “Se for constatado que os danos foram recorrentes de problemas na rede elétrica, a concessionária tem a obrigação de indenizar o mais breve possível o consumidor”, afirma Guirão. (Colaborou Carolina Neves)

Seus direitos na falta de energia • Em casos de danos em aparelhos como televisores ou rádio, que não são essenciais, a concessionária tem o prazo de 10 dias para realizar vistoria na casa do consumidor • No caso de aparelhos como geladeiras e freezers, que armazenam alimentos ou medicamentos, a vistoria da empresa deve ser feita em um dia. • A energia deve ser restabelecida em até 48 horas, após cessado o motivo de corte. • Se houver dificuldade para contatar a concessionária, ligue para a Aneel: 167 Fonte: site Aneel – http://www.aneel.gov.br/

População reclama da qualidade do serviço A recente falta de energia nos últimos dias causou prejuízos e gerou reclamação de muita gente. Jaime Antônio de Almeida, comerciante de Mauá, ficou sem energia durante três dias e isso acarretou em perda de sorvetes, refrigerantes e alimentos no estabelecimento. “Não tinha um canal para realizar a minha reclamação, apenas aquela gravação que não resolve de nada”, desabafa ao se referir à AES Eletropaulo. Moradores e comerciantes de Paranapiacaba estão sem energia desde que fortes ventos danificaram a rede elétrica no último dia 7. Segundo um profissional autônomo, que não quis se identificar por medo de represália, o problema ocorreu devido à quebra de um transformador instalado na época dos ingleses. “Ligamos na Prefeitura e ninguém informa nada. Também ligamos para a Eletropaulo e lá alegam que a parte deles já foi feita”, lamenta. “Ao menor sinal de chuva os comerciantes

Sistema de distribuição é precário, diz especialista O crescente número de lançamentos imobiliários e a expansão nas áreas comercial e industrial são sinais de economia aquecida e, também, grande consumo de energia elétrica. Dados da AES Eletropaulo indicam que no ABC o gasto de energia saltou de 7,9 milhões de MWh em 2000 para 9,2 milhões de MWh em 2010. Para João Manoel Losada Moreira, professor da UFABC (Universidade Federal do ABC) especialista em energia e meio ambiente e engenharia de centrais de geração de energia, o Brasil não tem infraestrutura adequada para suportar o crescimento da demanda de consumo de energia elétrica. O sistema de distribuição de energia no Brasil está sobrecarregado, o que pede mais linhas de transmissão, além da melhoria das já existentes. Moreira explica que o crescimento do País reflete no aumento do padrão de vida da população, que passa a comprar mais aparelhos eletrônicos, por exemplo. A população é responsável por um quarto do consumo de

energia no País, por isso a importância de ter políticas públicas de incentivo ao gasto eficiente e até punição em casos de consumo exagerado. O ABC exige demanda maior do que a média do Estado por ser região urbana e industrial, comenta o professor. “Caso não sejam feitas melhorias, a tendência é variações e quedas constantes de energia, os chamados miniapagões”, diz. Outro lado Em resposta às críticas do governo do Estado de que a concessionária não investe em expansão, a AES Eletropaulo informa que estão sendo investidos R$ 720 milhões neste ano, além de R$ 3 bilhões entre 2011 e 2015. A verba será utilizada para a construção de sete novas subestações, o que elevará a capacidade de energia instalada de 13,3 mil MW (Megawats) para 14,4 mil. A demanda de carga atualmente é de 8 mil MW. Para a concessionária, há capacidade de energia instalada mais que suficiente para atender os clientes da distribuidora. (Natália Fernandjes)

2000 Santo André

2.785.807

São Bernardo

2.749.528

São Caetano

640.536

Mauá

861.108

Diadema

934.618

Total: 7.971.597

2010 Santo André

2.974.845

São Bernardo

3.010.079

São Caetano

731.552

Mauá

1.335.897

Diadema

1.245.318

Fonte: AES Eletropaulo

Moradores registraram até boletim na delegacia ficam apreensivos, pois são os principais prejudicados, já que perdem vendas para grandes redes de loja”, afirma Maximino de Almeida, vice-presidente a ACE (Associação Comercial e Empresarial), em Diadema. Boletim de ocorrência Cansados dos prazos não cumpridos pela AES Eletropaulo, moradores da rua Rene de Oliveira Greco, em Mauá, que ficaram três dias sem energia, se uniram e foram ao

1° Distrito Policial do município para registrar boletim de ocorrência. Com o boletim em mãos, a decoradora Carolina Omena afirma que teve de tomar banho na casa de parentes porque não tinha energia na residência. Já Antônio Righi, aposentado, reclama do descaso do atendimento da empresa. “Quero que estes dias sem energia sejam descontados da minha conta”, exige Lenir Dirce, autônoma (Colaborou Larissa Marçal).

Professor recomenda fiação subterrânea

Tamanho do consumo de energia (MWh)

gundo o texto, “está em fase de licenciamento ambiental um projeto da AES Tietê de uma termelétrica a gás natural, com capacidade de 550 MW, no município de Canas, no Vale do Paraíba”. A AES Tietê é a segunda maior geradora privada do País e tem capacidade instalada de 2,7 mil MW (megawatts). A empresa faz parte do Grupo AES Brasil, composto pelas AES Eletropaulo, AES Sul etc. Procurada, a assessoria do governo do Estado não comentou como foi feita a fiscalização nos últimos governos, do próprio Alckmin e de José Serra (PSDB). Segundo o governador, o Procon vai tomar todas medidas necessárias para proteger o consumidor. Porém, não detalhou o procedimento. (LA)

Total: 9.297.691

Parte dos problemas de falta de abastecimento de energia poderia ser evitada se as fiações elétricas fossem subterrâneas. É o que alerta Reinaldo Lopes, professor de Engenharia Elétrica da FEI (Fundação Educacional Inaciana). Segundo o engenheiro, os futuros investimentos da AES Eletropaulo deveriam ser destinados, pelo menos em parte, em ações como esta, pois evitariam a interrupção do abastecimento de energia por causa de tempestades, ventos e queda de árvores. “Há previsões que indicam uma demora de 24 anos para que toda fiação da cidade de São Paulo seja subterrânea. Imagine em todo o Estado”, lamenta o especialista. Uma lei municipal (14.023/05) determina que a concessionária enterre a fiação da capital paulista. “Esta lei não vingou. Falta força política e judicial”, acredita. Energia alternativa Os constantes problemas de abastecimento levantam questões sobre outras fontes de energia. De acordo com o professor de Conversão de Energia do Instituto Mauá de

Tecnologia, Norberto Augusto Júnior, apesar de o Brasil utilizar apenas cerca de 25% de todo potencial hidrelétrico para a produção de energia, os altos custos e os problemas ocasionados pela construção de novas usinas, como Belo Monte, tem tornado outras opções de produção de energia mais competitivas. “Dois exemplos são a eólica e a biomassa. Apesar de não haver parques eólicos em São Paulo, no Nordeste isso já começa a ser uma realidade. Com relação à biomassa (gases provenientes de matéria orgânica que podem ser transformados em energia), algumas usinas do interior de São Paulo já utilizam isso como fonte alternativa”, explica o professor do Instituto Mauá. Outra opção é a energia solar, mas Lopes afirma que o recurso ainda é insuficiente para suprir a demanda. “Ela é mais voltada para a parte de aquecimento de água nas casas. Este sistema consegue armazenar energia para alimentar apenas alguns pontos de luz”, destaca o professor da FEI. (Aline Bosio)


4

Repórter Diário

economia / CIDADES

Sexta-feira, 17 de junho de 2011

Consórcio quer desenvolver plano regional de banda larga Aline Bosio Item da lista de assuntos prioritários encaminhada pelo Consórcio Intermunicipal do ABC ao governo federal, a criação de um plano regional de banda larga deverá começar a ganhar escopo. No início do mês, durante reunião dos sete prefeitos, foi criado o GT (Grupo de Trabalho) que cuidará do assunto. O primeiro desafio dos integrantes – que serão definidos até a próxima reunião ordinária, realizada na primeira segunda-feira de cada mês – será fazer um diagnóstico sobre a atual situação da conectividade na região. “Solicitamos ao

Ministério das Comunicações a inserção do ABC no Plano Nacional de Banda Larga porque entendemos ser algo importante para a região”, diz Luis Paulo Bresciani, secretário executivo do Consórcio. Segundo Bresciani, o objetivo é estruturar um programa regional que, futuramente, poderá servir como projeto-piloto a ser implantado em outras áreas da região metropolitana. Bresciani afirma que, antes mesmo da realização de um diagnóstico detalhado, é nítida a necessidade da universalização da Internet. “Precisamos de ações para ampliar a rede e melhorar a infraestrutura, as-

sim como trabalhar para baratear o valor da Internet”, destaca. O secretário executivo ressalta ainda que municípios como Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires sofrem nesta área, assim como bairros mais distantes de Santo André e São Bernardo. “Outro ponto que precisamos melhorar é o acesso das empresas, pois aquelas de menor porte têm dificuldade de ter serviço de Internet com qualidade”, completa. Procurados, representantes das associações comerciais de Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires não foram localizados para comentar o assunto.

Carolina Neves

ABC precisa melhorar infraestrutura, afirma Bresciani

Governo quer triplicar acesso à Internet O governo federal quer, até 2020, aumentar o número de acesos à Internet por banda larga dos atuais 40,9 milhões para 153,6 milhões. Para que isso seja necessário, entretanto, o governo e a iniciativa privada teriam de investir R$ 144,6 bilhões em infraestrutura e equipamentos para ampliar,

principalmente, as redes de banda larga nas áreas mais remotas. Os números constam de estudo feito pela consultoria LCA, encomendado pelo SindiTelebrasil (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal). Segundo o estudo, em 2020, 87,2% das conexões

em banda larga fixa e móvel terão velocidade acima de 12 megabits por segundo (Mbps). Hoje, a velocidade média de conexão é 1,7 Mbps, com a maior parte dos acessos concentrada na faixa até 2 Mbps. A taxa de penetração da banda larga, que hoje é 21,5%, poderá passar para 74,2% da população em 2020. Todas

essas evoluções levam em conta a adoção de medidas necessárias à expansão da Internet rápida no Brasil, por empresas privadas e pelo governo, como incentivos fiscais, aplicação de fundos setoriais e disponibilização de faixas de frequência. (Com informações da Agência Brasil)

Inverno terá temperatura amena Da Redação Quem ainda lembra das baixas temperaturas do inverno de 2010 com certo receio pode ficar tranquilo. O fenômeno climático La Niña (A menina - com tradução livre do espanhol), que ocorreu no oceano Pacífico em 2010 e causou o resfriamento de 2°C a 3°C do ar, não afetará esse inverno e a temperatura mínima ficará, em média, na casa dos 12°C. Alexandre Nascimento, meteorologista da Climatempo, diz que as temperaturas do inverno, que começa às 14h do próximo dia 21, serão baixas, porém dentro da normalidade. A

Santo André fica sem água nesta sexta-feira Da Redação O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), autarquia da Prefeitura da cidade, interromperá o fornecimento de água nos bairros atendidos pelos Reservatórios Camilópolis e Parque das Nações nesta sexta-feira (17). A paralisação ocorrerá em função de serviços de lavagem e desinfecção dos dois reservatórios e terá início às 8h com previsão de término às 15h. A normalização do serviço de abastecimento ocorrerá gradativamente a partir das 17h. Serão afetados cerca de 75 mil munícipes dos bairros vila Nelson, vila Bartira, vila Olga, vila Lucinda, Jardim das Maravilhas, Jardim Utinga, Camilópolis, vila Leonilda, vila Metalúrgica, vila Regina, vila Matarazzo, Parque das Nações e parte do Parque Novo Oratório. Errata Na matéria Recuo da Prefeitura Frusta lojistas da Oliveira Lima, publicada no último dia 10, Hélio Farber é presidente da SOL (Sociedade Oliveira Lima e Região)

previsão é que a máxima não ultrapasse 22°C durante a estação. Enquanto julho será frio e seco, agosto terá temperaturas mais elevadas e, segundo previsão dos meteorologistas, poderá registrar máxima de 24°C. Setembro será menos seco devido aumento das chuvas - a expectativa é que chova 150 mm durante o mês. Nascimento explica que o aumento da umidade do ar provocará madrugadas menos frias. Aquecedor Para manter o ambiente interno quente, o aquecedor é uma boa opção, porém é preciso tomar alguns cuidados. Rogério

Pacheco, clínico geral do hospital Santa Helena, em Santo André, explica que os aquecedores elétricos, parecidos com os ventiladores portáteis, queimam muito oxigênio e deixam o ar ainda mais seco. A alternativa, nestes casos, é utilizar os aparelhos a óleo, que queimam me-

Esta coluna já havia relatado o impasse sobre a instalação do AME (Ambulatório Médico de Especialidade) de Mauá devido aos entreveros entre a Prefeitura e o governo do Estado. Porém, a novela ganhou mais um capítulo esta semana. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou que o equipamento ficará pronto até dezembro. No entanto, a Prefeitura dava como certa a inauguração em agosto. “Fomos pegos de surpresa. Não esperávamos o prazo”, lamenta o vice-prefeito e secretário de Saúde, Paulo Eugênio. O ambulatório desafogará o atendimento da rede pública do município e de vizinhos. Por ser parceria entre as duas partes, cabe a primeira a apresentação e adequação do espaço físico e a segunda, equipamentos e manutenção. A Prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, informou que os deveres municipais já foram cumpridos com o investimento de R$ 4 milhões na reforma do prédio, pertencente ao Estado, que abrigava anteriormente uma UBS (Unidade Básica de Saúde) na rua Prefeito Américo Perrela. Ainda se-

gundo o Paço, a inauguração depende apenas do Estado agendar a data. O governo do Estado, por sua vez, informa que “está em fase de aquisição de equipamentos e convocação pública para definir a entidade parceira que vai gerir a unidade”. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Saúde, o investimento é de R$ 5 milhões e a previsão para inauguração é o segundo semestre deste ano. Para ajudar a população a lembrar de promessas de campanhas ou anúncios de projetos, feitos por gestores de prefeituras do ABC, Estado e União, mas ainda não cumpridos, o Repórter Diário publicará, a cada edição, a coluna Estamos de Olho. Se você quiser participar envie sugestão para o e-mail redacao@reporterdiario.com. br aos cuidados da coluna Estamos de Olho. (Leandro Amaral)

RD positivo/negativo Marciel Peres

nos oxigênio. O aquecedor elétrico chega a custar R$ 129,90 e o a óleo R$ 369. O médico também recomenda manter sempre uma vasilha com água filtrada nos cômodos e deixar os quartos abertos durante o dia para facilitar a circulação do ar. (Colaborou Larissa Marçal)

Estação é típica de resfriados O clima seco e com baixas temperaturas propicia o desenvolvimento de doenças respiratórias como a gripe, o resfriado e até mesmo a pneumonia, segundo Rogério Pacheco. Para se prevenir destas

AME Mauá é adiada outra vez

doenças, comuns do inverno, a recomendação é adotar alimentação balanceada, ingestão de bastante líquido e, principalmente, uso de bastante agasalho, mesmo que o dia esteja ensolarado, ensina o clínico geral. (LM)

Desrespeito Apesar de a calçada ser um espaço reservado para os pedestres, alguns motoristas ignoram o fato e param os carros como se estivessem num estacionamento. O flagrante foi na avenida Faria Lima, na altura do número 390, em São Bernardo, mas a mesma cena é facilmente encontrada em outros pontos do ABC. Envie sugestões ou fotos de situações ou locais, positivas ou negativas, que chamam a atenção pelas cidades do ABC, com seu nome e telefone para a redação do Repórter Diário pelo e-mail redacao@reporterdiario.com.br


Sexta-feira, 17 de junho de 2011

Ação Bairros Mais Fortes capacita comerciantes Leandro Amaral Santo André deu início à segunda edição do programa Bairros Mais Fortes, ação que pretende fortalecer o comércio nos bairros por meio de capacitação. A expectativa é superar os 1,2 mil participantes de 2010 em palestras gratuitas de formação e garantir que os consumidores aproveitem as opções oferecidas em seu bairro, com atendimento de qualidade. O público alvo do programa são comerciantes e prestadores de serviço. Gabriela Barcellos, coordenadora de Fomento ao Comércio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho de Santo André, comenta que o programa trabalha a formação do comerciante nos aspectos de atendimento e finanças. “A ideia é desenvolver a economia dos bairros para evitar deslocamentos a shoppings e outras cidades”, observa. Todas as palestras de capacitação serão realizadas no Teatro Municipal e não mais nos bairros. Será promovido um encontro por mês sobre marketing, vendas, finanças, planejamento estratégico e redes sociais no teatro até o fim do ano. São áreas que, segundo Gabriela, atendem à demanda dos comerciantes. A primeira edição do programa contribuiu para o aumento de 6,1% na arrecadação de impostos para Santo André.

Devedor de aluguel não terá mais nome sujo Uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) livra quem deve aluguel de ter o nome sujo por conta da falta de pagamento. O TJ considerou a lei paulista que trata do assunto inconstitucional e deu ganho de causa a um inquilino inadimplente que recorreu à Corte após ter sido levado a protesto. A determinação abre caminho para outros veredictos semelhantes, incluindo os casos de pendências com a taxa de condomínio. Segundo o desembargador e relator do processo, José Roberto Bedran, a competência para julgar esse tipo de caso é da União, e não do Estado, pois envolve questões relacionadas a direito civil e comercial. O Artigo 22 da Constituição Federal diz que "o protesto que envolve matéria de direito civil e comercial, acerca do que, dentre outras, atribui competência legislativa privativa à União". Hoje, além de protestar o nome de um morador inadimplente em cartório, o condomínio pode entrar com uma ação ordinária de cobrança contra o devedor. Caso fique comprovado que a pessoa não tem dinheiro para arcar com a dívida, o imóvel dela vai a leilão. No caso do aluguel, o caminho é mais fácil. Basta o cobrador ou dono entrar com um ação de despejo para que o inquilino seja obrigado a desocupar o imóvel. Não existe um prazo máximo: um dia de atraso de aluguel ou de condomínio, por exemplo, já dá o direito à cobrança e às ações. Recurso Como o caso foi isolado, a Procuradoria Geral do Estado de São Paulo não entrará com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF). O Secovi-SP, por sua vez, informa que entrará o mais rapidamente possível com uma ação contra a decisão do Tribunal de Justiça, se novos casos forem julgados com a mesma interpretação. (Da AE)

Fotos:Marciel Peres

De janeiro a maio deste ano foram contabilizados R$ 644 milhões, sendo que o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e o ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) tiveram maior incremento: 13,3% e 49,5% respectivamente. Oportunidade Fabiano Pereira, diretor da Nivalmix, comemora a oportunidade de agregar mais conhecimento para a gestão do negócio. “Gostaria até que mais funcionários pudessem participar, mas por problemas de agenda só consegui trazer um”, destaca. O novo cronograma, que mantém todas as palestras num único local, facilitou a vida do empreendedor, que pretende participar de todas as reuniões neste ano. A expectativa de Diomar Pfeifer, proprietária de um café na rua das Esmeraldas, bairro Jardim, é obter o máximo de conhecimento para aplicar no negócio. “Recebi o convite por correspondência e achei que era oportunidade para expandir as vendas”, comenta a empresária, que participa do programa pela primeira vez. Para Jucilene do Nascimento, estudante de Administração, as palestras servirão como formação para a abertura de negócio próprio no futuro. “Ainda não sei em que área investir, mas quero estar preparada para quando terminar a faculdade”, diz.

Repórter Diário

ECONOMIA

Objetivo é fortalecer comércio do município Gabriela acredita que capacitação ajudará a fidelizar clientes

Palestras Dia 28/07 – às 19h30 Gestão Estratégica de Marketing no Varejo Palestrante: professor Ricardo Sampaio Zanotta, assessor da Vice-Reitoria PUC-SP Local: Anfiteatro Municipal Dia 18/08 – às 19h30 Gestão Estratégica de Vendas nas Redes Sociais Palestrante: Diego Monteiro, estrategista de redes sociais e fundador da Direct Labs. Local: Anfiteatro Municipal Dia 29/09 - 19h30 Gestão Estratégica da Força de Vendas no Varejo Palestrante: Alexandre Luzzi Las Casas, professor de mestrado em Administração de Empresas, da PUC-SP Local: Anfiteatro Municipal Dia 27/10 – às 19h30 Gestão Estratégica do Sistema de Informações de Marketing Palestrante: Egydio B. Zanotta, professor de Marketing Curso de Administração de Empresas, da PUC-SP Local: Anfiteatro Municipal Dia 17/11 - 19h30 Gestão Estratégica de Finanças no Varejo Palestrante: Eduardo Pozzi, professor de Finanças – Curso de Administração de Empresas, da PUC-SP Local: Anfiteatro Municipal

5

Minha Casa, Minha Vida vai investir R$ 125,7 bi Da Redação A segunda fase do Programa Minha Casa, Minha Vida prevê construção de 2 milhões de unidades habitacionais. Serão investidos R$ 125,7 bilhões entre 2011 e 2014. Desse total, R$ 72,6 bilhões são para subsídios e R$ 53,1 bilhão destinados a financiamentos. A segunda etapa prevê a ampliação das faixas de renda familiar nas áreas urbana e rural. Com isso, 1,2 milhão de moradias serão destinadas a essas famílias. Para aquelas com renda até R$ 3,1 mil mensais na zona urbana e até R$ 30 mil por ano na área rural, serão 600 mil habitações. Para as famílias que ganham até R$ 5 mil por mês na área urbana e R$ 60 mil anuais na rural, serão 200 mil moradias. (Agência Brasil) FGTS A resolução que fixa novos limites para financiamento de imóveis com o uso do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (16). O limite da renda familiar mensal bruta para financiamento na área de habitação popular passa de R$ 3,9 mil para R$ 5,4 mil nos casos de regiões metropolitanas, capitais ou municípios com população igual ou superior a 250 mil habitantes. Construção civil O nível de emprego na construção civil brasileira cresceu 1,34% em abril em comparação a março, com contratação de 39 mil trabalhadores com carteira assinada. No primeiro quadrimestre, o setor contratou 125,2 mil trabalhadores (aumento de 4,43%), segundo pesquisa mensal feita pelo SindusCon-

SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) com a FGV. Entre os municípios do ABC, Santo André teve destaque com 437 novos trabalhadores, alta de 0,92%. Dívidas As famílias brasileiras continuam endividadas, mas aumentou ligeiramente sua intenção de consumir, segundo levantamento da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). O nível de endividamento das famílias ficou em 64,1% em junho, de acordo com a PEICNacional (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor). O resultado ficou praticamente estável em relação aos 64,2% registrados em maio. No entanto, na comparação com o mesmo período de 2010, houve forte alta no endividamento. Em junho do ano passado, o nível de endividamento estava em 54,0%.


6

Repórter Diário

SAÚDE

Sexta-feira, 17 de junho de 2011

Manter idoso ativo previne Alzheimer Marciel Peres

Da Redação A almejada aposentadoria é utilizada por muitos idosos para descansar e usufruir o tempo livre, mas o ócio também pode ser prejudicial. É o que alerta Nelson Bettini, neurologista do Hospital Assunção de São Bernardo. O médico compara o cérebro aos músculos do corpo: quanto mais utilizado, menor o risco de desenvolver males, como Alzheimer, doença crônica degenerativa que atinge principalmente a memória. Um dos fatores para desencadear a doença é justamente a idade. Quanto mais velha a pessoa, maiores são os riscos de desenvolver o Alzheimer. Segundo Leonardo Bernal, geriatra da Faculdade de Medicina do ABC, aos 80 anos as chances de o indivíduo desenvolver a doença é de 15%. Aos 85 anos o índice salta para 45%. Para retardar o quadro, existem o tratamento farmacêutico e a terapia cognitiva, esta estimuladora das funções que o paciente perde ao longo do tempo. Bettini afirma que a terapia é a mais indicada, pois exercita o cérebro e o paciente fica mais preparado para enfrentar o tratamento. “Porém, os medicamentos não devem ser deixados de lado”, alerta. Segundo os especialistas, pacientes que realizam o tratamento farmacêutico podem viver até 14 anos mais após o diagnóstico da doença. Sintomas Bernal afirma que o mais importante é ficar atento aos

Familiares devem ficar atentos aos primeiros sintomas, como esquecimento de atividades rotineiras primeiros indícios da doença. “Quando o idoso começar a esquecer atividades que pertencem a sua rotina é preciso ficar atento e realizar os exames para tentar identificar o problema o quanto antes”, explica. O tratamento farmacêutico é apenas eficaz se utilizado desde o início, destaca. Outra característica é a dificuldade para ser diagnosticada. Isso ocorre porque o Alzheimer pode ser confundido com outras demências – doenças degenerativas em que o idoso desenvolve perdas cognitivas – com quadro clínico parecido. “Não é possível afirmar, com certeza, que o paciente possui Alzheimer, mas mini exames do estado mental e questionários sobre estado neurológico do paciente auxiliam o processo de diagnóstico”, destaca Bettini. O médico explica ainda que apenas a evolução da doença poderá explicitar o diagnóstico. (Colaborou Larissa Marçal)

Cuidador também requer atenção Não são apenas os idosos que devem se adaptar ao novo estilo de vida após o diagnóstico da doença. A família do paciente precisa aprender a cuidar de quem sofre com o Alzheimer, pois a vítima precisa de auxílio em tempo integral quando o estágio da enfermidade é avançado. O problema, segundo os especialistas, é que nem sempre os familiares têm condições de contratar um enfermeiro para fazer o trabalho ou não conseguem dispensar um membro da família para passar o máximo de tempo com o paciente. “Essas pessoas responsáveis por acompanhar os idosos com Alzheimer passam por um processo muito desgastante e precisam de acompanhamento psicológico. As pessoas que

mais sofrem são os familiares, pois o idoso muitas vezes nem ao menos se lembra da doença que possui”, ensina Bettini. Para auxiliar o cuidado com o idoso, a Associação Brasileira de Alzheimer realiza reuniões semanais para instruir como devem ser os ambientes da casa para estes idosos e o que pode ou não pode ser feito. A entidade conta com regionais em São Bernardo e Santo André. (LM) Serviço Regional São Bernardo Igreja Santíssima Virgem avenida Índico, 583 Regional Santo André Anfiteatro Hospital Santa Helena - rua Tamoios, 70 Associação Brasileira de Alzheimer www.abrazsp.org.br

Começa campanha contra pólio e sarampo Da Redação A Secretaria Estadual da Saúde abre neste sábado (18) a primeira etapa da campanha de vacinação contra a paralisia infantil. Neste ano, a campanha inclui a imunização de crianças contra o sarampo. Entre 18 de junho e 1º de julho devem ser levadas às salas de vacinação todas as crianças com até seis anos de idade para receberam vacina da seguinte forma: crianças entre 0 e 1 ano de idade serão imunizadas apenas contra paralisia infantil; entre 1 e 4 anos receberão doses contra o sarampo e paralisia infantil; e as crianças entre 5 e 6 anos, somente a vacina contra o sarampo. Além disso, haverá atualização de eventuais doses em atraso na caderneta oficial de vacinação. A campanha mobilizará cerca de 14 mil postos de saúde e 51 mil profissionais, em

parceria com as prefeituras. A meta para imunização contra paralisia infantil é atingir 2,67 milhões de crianças, equivalente a 95% das crianças com até 5 anos de idade. Contra o sarampo, a campanha também pretende chegar a 95% de adesão, o que representa 3,17 milhões de crianças. Prevenção São Paulo não registra nenhum caso de paralisia infantil desde 1988. No entanto, como o vírus da poliomielite ainda circula em países da África e da Ásia, a recomendação é que todas as crianças menores de cinco anos sejam imunizadas anualmente com as duas gotas da vacina Sabin. A Secretaria orienta a população ficar atenta aos sintomas do sarampo. Os principais sintomas são febre e manchas avermelhadas no corpo, acompanhados ou não de tosse, coriza e conjuntivite.

Ômega Saúde inaugura unidade própria A Ômega Saúde, operadora de planos de saúde no ABC, inaugurou em Santo André a primeira unidade própria da rede. Com investimento de R$ 150 mil e expectativa de alcançar a marca de 23 mil associados em um ano (atualmente são 17 mil), a empresa já planeja a abertura de mais duas unidades próprias, outra em Santo André e também em Mauá. “Existe uma demanda muito grande nestas duas cidades”, explica Leandro Marcilio Schunk, diretor de Marketing da empresa. Com a primeira unidade,

um centro avançado instalado na rua das Esmeraldas, 282, no bairro Jardim, a Ômega Saúde vai oferecer nove especialidades, até então atendidas por meio de redes credenciadas: clínica geral, pediatria, psicologia, oncologia, neurologia, ginecologia, nutrição, endocrinologia e fonoaudiologia. “Queremos melhorar ainda mais os serviços prestados, atuar com planos que tenham preços mais agressivos e ampliar o número de beneficiários”, comenta Schunk. (Aline Bosio)


Sexta-feira, 17 de junho de 2011

DECORAÇÃO REPÓRTER DIÁRIO

Toy arts e as pin ups garantem irreverência

Inclui Cultura, Novelas, Cinema e Social

Arte evidencia sensualidade feminina Outra forma de arte que mescla a inocência ao mundo adulto são as personagens pin ups. Comuns nos anos 1950, o tipo de arte se caracteriza por desenhos ou ilustrações que reproduzem a imagem de mulheres famosas pela sensualidade, como Marilyn Monroe e Betty Grable. “As imagens pin ups têm como principal característica a sensualidade da mulher. Naquela época o erotismo era muito camuflado e demonstrado apenas por meio das imagens dessas personalidades”, afirma Roseane. A arquiteta Paula explica que o termo pin up vem do verbo ‘pendurar’ em inglês,

Peças devem combinar com estilo pessoal e a decoração. Alguns itens podem ganhar detalhes a mão, como é o caso da vaca Da Redação Estilos de arte contemporânea, os toy arts e as pin ups transformam a inocência presente na criança ou no rosto de uma mulher em algo simbólico e expressivo para a decoração moderna. Direcionadas na maioria das vezes para colecionadores, essas duas formas de arte também ganham cada vez mais espaço entre os jovens. Os toy arts – brinquedo de arte - surgiram no Japão, em 1998, como brinquedos em miniatura que eram customizados por artistas de acordo com a criatividade. Atualmente essas peças são projetadas por designers, possuem tiragem limitada e têm como característica temas simbólicos, como a política, a violência, o humor ou o erotismo. “Assim como qualquer arte, o toy art tem o objetivo de causar uma reação ao observador”, explica a arquiteta de Santo André, Paula Alessandra de Abreu. As formas de se decorar com essas peças são

várias. De acordo com a arquiteta Roseane Sanches, alguns colecionadores escolhem um personagem e, por meio de customização, criam diversos modelos. Outros colecionam toys exclusivos de determinado designer. “Toy art não é um simples brinquedo em miniatura usado na decoração. Esse objeto tem de ter toda uma história que simbolize ou expresse algo para a pessoa que o possui”, afirma Roseane. No mercado, existem personagens neutros, conhecidos como DIY (sigla de ‘faça você mesmo’, em inglês) que geralmente são brancos e possibilitam a personalização com tintas, tecidos ou canetas. Os colecionadores também têm como opção os blind box, em que os toys vêm em caixas lacradas e a pessoa só descobre o que tem dentro depois da compra. O prazer fica com a tentativa de descobrir peças raras e pela surpresa ao abrir o pacote. (Colaborou Carolina Neves)

7

Fotos: Carolina Neves

Objetos podem ser utilizados como complemento do ambiente Personagens mexem com imaginário masculino

Reprodução

Desenhos lembram década de 1950 pois antigamente as imagens eram comuns em calendários pendurados nas paredes dos quartos ou armários masculinos. “São personagens que antes mexiam com o imaginário dos homens. O que chama a atenção é que são figuras que possuem um ar de inocência e, ao mesmo tempo, transparecem sensualidade”, explica. Esse tipo de arte é bastante comum em alguns estabelecimentos, como bares e restaurantes que possuem como temática os anos 1950. Além de quadros e posters, as imagens são projetadas em algumas caixas ou produtos voltados a colecionadores. (CN)

Contatos

Roseane Sanches – ABC e Capital - Telefone: 4330-9575 contato@designduo.com.br Paula Alessandra de Abreu – ABC e Capital - Telefone: 4427-8421 arquitetapaula@gmail.com

Muitos toy arts são feitos sob encomenda ou com tiragem limitada. Há ainda os DIY, que só são revelados após serem comprados


8

Repórter Diário

CULTURA

Sexta-feira, 17 de junho de 2011

Parque Salvador Arena traz música de raiz dia 25

Foto: Adriano Rosa

Da Redação Som da viola acompanhado das letras que retratam a vida simples dos moradores do campo. A música caipira, apreciada por muitos, é a principal atração do programa Toca Viola, desenvolvido pela Secretaria de Cultura de São Bernardo. A iniciativa teve início em abril e terá a próxima apresentação gratuita no Parque Salvador Arena neste dia 25, sábado, a partir das 16h. O show tem a participação do violeiro e escritor Paulo Freire, que fará aula-show e explicará a importância do sertão por meio de toques de viola. A programação também contará com a presença do músico Claudio Lacerda e da Orquestra de Viola Caipira de São Bernardo, sob a coordenação do violeiro Leandro de Abreu. Segundo Frank Aguiar, vice-prefeito e secretário de Cultura do município, o objetivo do projeto é aproximar o público da cultura popular e relembrar a música raiz que, para ele, foi deixada de lado ao longo do tempo. “Vamos continuar nesse projeto e tentar resgatar os nomes desses músicos que estavam esquecidos”, conta Aguiar.

Cantor e produtor mineiro, Claudio Lacerda fará a primeira apresentação em São Bernardo Ainda para o vice-prefeito, as apresentações chamam atenção da legião de fãs da música caipira do município, que segundo Aguiar não tem idade. “Essas canções são eternas, passam de pai para filho e jamais se perderão”, conta ao aventar expansão do projeto. Claudio Lacerda O cantor e produtor minei-

Filarmônica de s.Caetano faz apresentação Da Redação A Secretaria Municipal de Cultura de São Caetano e a Fundação das Artes promovem neste fim de semana, dias 18 e 19, os Concertos da Orquestra Filarmônica do município, no Teatro Paulo Machado de Carvalho, como parte da temporada de concertos 2011. No sábado, a apresentação começa às 20h30 e domingo às 19h30. Sob a regência do maestro

Sérgio Assumpção, a Orquestra inicia o concerto com a abertura de A Flauta Mágica (K.620), deMozart, seguida de Concerto para Clarineta em Lá Maior (K.622), de Mozart, e a Sinfonia n° 5 em dó menor (opus 67), de Beethoven. A apresentação tem a participação especial da solista Paula Roberta Pires. O teatro fica na alameda Conde de Porto Alegre, 840, bairro Santa Maria. Mais informações pelo telefone 4238-3030.

ro Claudio Lacerda, que se apresentará também no Toca Viola, defende o estilo musical. ”O resgate da cultura popular através deste programa cultural é louvável”, afirma o cantor, que faz a primeira apresentação em São Bernardo. Alguns clássicos e canções de autoria de Lacerda estão no repertório do show. Lacerda adianta que preparou, em parceria com a Orquestra de Viola

Caipira do município, repertório especial com música do compositor Elpídio dos Santos, músico que compunha a trilha sonora dos filmes de Mazzaropi. (Colaborou Larissa Marçal) Local: Parque Municipal Engenheiro Salvador Arena Endereço: avenida Caminho do Mar, 2980 Data: 25/06, às 16h Entrada: gratuita

RD recomenda Cansado de ouvir relatos negativos sobre as aulas de Português ministradas nos colégios, Sérgio Simka, professor da UniABC (Universidade do Grande ABC) e FIRP (Faculdades Integradas de Ribeirão Pires), escreveu o livro Torne suas aulas de Português um momento agradável. Dividida em

Julianne Trevisol tenta se consolidar como mocinha Manu Moreira, da PopTevê Bastam poucos minutos ao lado de Julianne Trevisol para ter provas do perfeccionismo da atriz. A intérprete da heroína Rita, de Vidas em Jogo, é tida como ‘certinha’ nos bastidores do folhetim da Record. Ela cuida da voz e do corpo por conta da atuação e se mostra bastante aplicada quando fala de seu ofício. "Acredito que essa disciplina toda veio do balé, que fiz durante muitos anos. Com o trabalho, sou caxias mesmo", enfatiza. O esforço se justifica, já que ela interpreta sua primeira mocinha na tevê. A dançarina Rita se conforma com o amor platônico pelo mocinho Francisco, de Guilherme Berenguer. E, em troca, ganha o "status" de melhor amiga do amado. "Ela está longe de ser uma personagem açucarada. Sua postura é determinada e cheia de atitude", defende. Os anos de dança não ajudaram apenas na disciplina de Julianne, mas também serviram para emprestar movimentos à personagem. Apesar de sempre ter estudado balé clássico, há aproximadamente dois anos Julianne começou a fazer aulas de dança de salão. A mesma que Rita pratica no folhetim. "Foi uma feliz coincidência. Posso aproveitar a postura e o conhecimento que

Pedro Paulo Figueireido/Carta Z Notícias

Julianne é tida como ‘certinha’ nos bastidores tenho sobre a dança. Fica ainda mais prazeroso", garante ela, que não teve de fazer teste de dança para o papel. "Só soube que a personagem era dançarina depois de já ter sido selecionada", lembra. Antes de estar no folhetim de Cristianne Fridmann, Julianne já havia conseguido se destacar em outra novela da Record. Inicialmente chamada para fazer apenas uma temporada da trilogia "Os Mutantes", de Tiago Santiago, a atriz acabou sendo convidada para estar nas continuações. Além disso, o destaque de Gór, sua mutante na trama, rendeu um contrato longo com a emissora de Edir Macedo. "Sempre fiz testes para entrar em produções e isso sempre me deu mais confiança. Acredito que a Record aposta em mim e eu me sinto segura com isso", garante.

Aulas de Português

cinco partes, que podem ser lidas de maneira separada, a obra traz 17 sugestões para inovar e prender a atenção do estudante na sala de aula. Entre as propostas estão aplicar os temas de maneira prática e estimular redações para desenvolver a prática e o crescimento intelectual. Simka recomenda, ainda, re-

lacionamento humanizado entre professor e aluno e reflexão aos educadores sobre os valores do jovem antes de aplicar o conteúdo. Título: Torne suas aulas de português um momento agradável Autor: Sérgio Simka Preço: R$ 26 Editora: Wak , 140 páginas

Livro traz sugestões para prender atenção


Sexta-feira, 17 de junho de 2011

Novelas - sinopses da sema­na de 20 a 25 de junho de 2011

ATEN­ÇÃO: OS RESU­MOS DOS ­CAPÍTULOS ESTÃO SUJEI­TOS A MUDAN­ÇAS EM FUN­ÇÃO DA EDI­ÇÃO DAS NOVE­LAS.

GLOBO 17h35h

GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 22h

Repórter Diário

NOVELA/CINEMA

Segunda

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

Pedro não consegue descobrir quem contratou os homens que atacaram Guilherme. Kátia implica com Theo e Railda tenta apaziguar os dois. Lúcio ironiza o ocorrido com Guilherme na saída do baile. Pedro olha a ficha de Raquel que Tereza deixa em cima da mesa. Tereza afirma a Pedro que, se não melhorar suas notas, perderá a bolsa de estudos.

Pedro se irrita com Tereza e afirma que sairá do colégio. Babi acredita na crise de asma que Flavinho finge e briga com Maicon. Theo se irrita com Kátia, que não desiste de tramar contra ele. Guilherme considera a possibilidade de Lucio estar envolvido na trama contra ele e Catarina não acredita. Laura vê Pedro e Tereza se abraçando e fica espantada.

Laura conta para Babi que viu Tereza abraçar Pedro. Lúcio tenta descobrir com Laura o que ela sabe sobre Tereza e Pedro. Theo encontra um envelope com muito dinheiro dentro de sua mochila e fica surpreso, sem saber o que fazer. Duda pergunta se Josiane está com medo de ficar perto dela. Catarina e Babi ouvem Pedro elogiando Tereza.

Maicon assiste empolgado ao treino de Flavinho como goleiro. Lúcio pensa em falar sobre Pedro e Tereza para os pais dos alunos do colégio. Catarina fala com Guilherme sobre a fofoca de Pedro e Tereza. Pedro sonha com Tereza. Lúcio convence Laura a colocar um gravador na sala da diretora. Pedro e Tereza conversam sem saber que estão sendo gravados.

Tereza mostra a Pedro o material que conseguiu sobre o curso de graduação em que está interessado. Lúcio tenta e não consegue pegar o gravador na sala de Tereza. Pedro volta à sala de Tereza para pegar seu celular e encontra Lúcio. Lúcio edita a gravação feita na sala da diretora e mostra para Pedro, acusando-o de estar se relacionando com Tereza.

Lúcio acusa Pedro de estar com Tereza (foto)

Cesária sai do quarto de Augusto observada por Baldini. Euzébio e Virtuosa encontram Açucena e Jesuíno juntos e a moça decide ir morar com o noivo. Úrsula pega o anel que Augusto deu a Cesária. A mando de Timóteo, Tibungo e os jagunços invadem a casa de Jesuíno e levam Açucena. Zenóbio fala o nome de Úrsula para Petrus e ele fica descontrolado.

Jesuíno decide unir seu bando para ir atrás de Açucena. Jesuíno desconfia de Faísca/Felipe, mas Fubá/Dora o tranquiliza. Augusto repara a tristeza de Cesária. Jesuíno chega com seu bando à fazenda, mas Açucena consegue avisá-los sobre a presença da polícia. Petrus lembra de quem o colocou a máscara de ferro. Jesuíno volta para procurar Fubá/ Dora na estrada.

Açucena se desespera com a decisão de Jesuíno de voltar para ajudar Fubá/Dora. Jesuíno chega com Dora ferida ao posto médico de Vila da Cruz. Petrus garante a Zenóbio que Úrsula e seu amante colocaram a máscara de ferro nele. Dora acredita que vai morrer e pede um beijo para Jesuíno que fica sem saber o que fazer. Açucena vê os dois.

Jesuíno tenta se explicar para Açucena. Florinda pede para Zenóbio esperar que Petrus recupere a memória para contar a Augusto que ele está vivo. Batoré e o tenente interceptam a carroça em que Galego e Felipe levam Dora para Brogodó. Jesuíno vai ao acampamento de Herculano e Açucena chega ao palácio para falar com Augusto.

Augusto fica radiante com a notícia de que Açucena vai com ele para Seráfia. Jesuíno diz a Herculano que ficará no acampamento. Felipe implora para que Dora não morra. Úrsula se enfurece com Carlota e afirma que ela será a rainha de Seráfia. Petrus fica nervoso ao contar para Florinda e Zenóbio sobre a masmorra. Euzébio e Virtuosa contam a Jesuíno que Açucena se casará com Felipe.

Jesuíno se surpreende com a notícia de que Açucena se casará com o príncipe Felipe. Petrus lembra que Úrsula possuía outro cúmplice além de Nicolau. Carlota conta a Fausto sobre ela e Timóteo. Doralice se recupera de seu acidente. Açucena tem aulas de boas maneiras com Efigênia. Úrsula diz a Nicolau que acabará com o baile de apresentação de Açucena.

Pimentel volta para Preciosa e marca um encontro com Naomi. Salomé descobre que foi enganada por Zariguim. Salomé e Pimentel se distraem e Tieko troca as pastas dos dois por acidente. Áureo promete ajudar Josué caso ele seja despejado da casa de Salomé. Naomi se encontra com Pimentel e ele a chantageia. Pimentel é atacado e cai.

Naomi volta para casa sem ser vista. Salomé chega em casa com o porta-joias de Naomi. Natália acha Zariguim, mas esconde o robô de Marcos. Akira conta para a mãe que viu Pimentel caído na noite do crime. Janice e Roney questionam o sobrinho sobre o assassinato do delegado. Salomé liga para Naomi e diz que descobriu seu segredo.

Salomé conta para Naomi que leu o dossiê feito por Pimentel e lhe propõe um acordo. Salomé exige que Naomi a ajude a tomar a casa de Ícaro em troca de não contar seu segredo. Celeste confessa que armou para Júlia, e Abner ouve. Júlia e Abner resolvem esconder de todos que estão juntos. Naomi procura Salomé e diz que aceita o seu acordo.

Alice admite que ainda está apaixonada por Guilherme. Wilson é nomeado delegado e inicia a investigação sobre o assassinato de Pimentel. Efraim revela que Guilherme está contrabandeando comida e Duda decide falar com Minerva. Áureo convida Josué para nadar no rio. Júlia recebe um recado de Márcia e avisa a Guilherme que ela está voltando para Preciosa.

Júlia avisa que Márcia está tendo uma gravidez difícil e Guilherme pede que ela não conte para Dulce. Guilherme vende Zariguim para Everton. Júlia revela a Herculano e Anecy que Márcia voltou. Alice descobre que Guilherme engravidou Márcia e se desespera. Júlia leva Dulce para ver Márcia e revela que está grávida de Guilherme.

Dulce se anima com a ideia de ser avó e afirma que Guilherme não abandonará o filho. Wilson aparece na casa de Ícaro para investigar a morte de Pimentel. Júlia aconselha Herculano a levar Márcia para casa. Naomi compra bijuterias para que Ícaro não perceba que ela perdeu suas joias. Guilherme rejeita o filho que Márcia está esperando e Dulce se revolta.

Raul conta para Marina como Léo sabotou o avião. Carol chega ao hospital para apoiar André. Natalie tenta se enturmar com as antigas amigas de Clarice. Marina decide investigar a versão de Pedro sobre a gravidez de Irene. Marina garante a Pedro que tentará encontrar alguma prova contra Léo. Milton vê Norma conversando com Ismael na casa de Teodoro.

Léo flagra Marina mexendo em seu armário. Paula manda Leila copiar os vestidos de estilistas internacionais. Norma convence Wagner a fornecer informações sobre os negócios de Léo e Cortez. Carol cuida de Gregório. Douglas diz a Bibi que só ficará com ela novamente depois que eles se casarem. Milton diz a Norma que descobriu tudo sobre o seu passado.

Milton pede dinheiro para não contar o que sabe sobre Norma. Gregório não resiste a mais uma crise e André se emociona. Manolo flagra Marina vasculhando o escritório de Léo. Milton tenta pressionar Norma. Marina marca um encontro com Pedro. Léo estranha quando vê o carro de Marina seguir em uma direção oposta a de sua casa.

Léo resolve seguir Marina, que percebe e muda de direção. Norma ouve a confissão de Léo e Zeca na gravação feita por Pedro. Marina decide enganar Léo para conseguir uma nova confissão. Norma manda Ismael dar um susto em Milton para ele parar de chantageá-la. Carol fica dividida entre André e Raul. Milton é atropelado ao tentar fugir de Ismael.

Ismael foge ao ver o atropelamento de Milton. Léo comenta com Manolo sobre o comportamento diferente de Marina. Norma se enfurece com Ismael por ter causado a morte de Milton. Douglas avisa a Bibi sobre a morte de Milton. Léo chega ao enterro e Norma vai embora nervosa. Marina se desculpa com Pedro por têlo destratado. Norma vai à casa de Fabíola.

Vitória não gosta de ver Douglas na casa de Bibi. Fabíola permite que Norma arrume as coisas de Milton. Norma apaga sua ficha criminal do computador de Milton. Paula reclama ao ver que Leila não fez cópias dos vestidos. Carol empresta a chave de seu apartamento para Marina se encontrar com Pedro. Eunice decide se encontrar com Ismael novamente.

Patrícia manda que Tatiana arrume suas coisas para que possam morar juntas no hotel. A turma do bolão se divide em duas mesas. Em uma ficam os que são contra o pacto, na outra os que são a favor. Em tom de ameaça, Carlos diz à Cleber que não faça nada contra Andrea. Marizete vai até a construtora de Regina acompanhada de José.

Marizete provoca Regina até o momento em que sai da sala. Divina explica para Ernesto que sua separação será apenas passageira, só até conseguir juntar dinheiro. Carlos e Cleber brigam feio dentro do carro. Andrea fala para Lucas que ouviu Carlos conversando com Cleber ao telefone. Jorge lamenta que Augusta, Margarida e Marizete desistiram de tentar derrubar o pacto.

Rita explica que ouviu toda a conversa através do celular de Grace que Jorge atendeu por engano. Regina se aproxima de seu carro e sente que alguém a persegue, mas entra no veículo. O carro de Regina é guiado até uma favela, onde ela é deixada em um casebre. Rita vai até o apartamento onde Zizi e Adalberto estão morando e pede abrigo.

Rita fica desanimada e quase vai embora, mas seu pai pede que fique. Juliana e Raimundo terminam de se vestir, aflitos. Regina insiste, batendo na porta e diz que espera os dois na sala. Carlos vai até o quarto de Jorge e ameaça matá-lo, caso faça algo contra Rita ou qualquer um de seus amigos. Regina espera com o comprador do veleiro o retorno de Maurício.

Regina chora muito, quando chega uma lancha com Maurício, todo molhado. Elton convida Margarida para um passeio. Elton paga um cachorro quente para Margarida, mas fica assustado com a fome da milionária. Andrea e Lucas vão ao hotel para pegar suas malas. Carlos chega e a milionária entra em desespero, dizendo que ele é amigo de Cleber.

A novela não é exibida aos sábados.

Em Insensato Coração, sempre nervosa, Eunice (Deborah Evelyn) agora realmente terá motivo para se descontrolar. Júlio (Marcelo Valle) chega em casa com uma péssima notícia: Cortez (Herson Capri) desviou o dinheiro dos clientes para as suas contas no exterior. Ou seja, os R$ 300 mil que Zuleica (Bete Mendes) recebeu de indenização pela morte de Luciana (Fernanda Machado) viraram pó. Inconformada, Eunice procura Léo, mas não o encontra, já que ele está trancafiado na casa de Norma. Ela, então, decide ir à casa de Rafa (Jonatas Faro), numa tentativa de salvar algum dinheiro. Não consegue nada, claro. Apenas deixar o garoto com mais vergonha do pai. Wanda e Pedro se reencontram Desde que voltou de Nova York, Wanda (Natalia do Vale) não se esforçou para rever Pedro (Eriberto Leão). No fundo, ela continua admirando Léo (Gabriel Braga Nunes), especialmente

Arthur – O Milionário Irresistível estreia na telona

Divulgação

SÁBADO

Cortez rouba as economias da família de Júlio agora, que passou a viver às custas do filho mais velho em um apartamento no Rio de Janeiro. Mas o destino promove um encontro entre Wanda e o ex-piloto, quando Pedro visita Tia Neném (Ana Lúcia Torre) para pegar as chaves da casa dela em Florianópolis. O clima entre mãe e filho fica tenso. Para conversar mais à vontade, Wanda pede para a tia se retirar. Pedro está magoado pela ausência da mãe em sua vida e ela o acusa de querer destruir o casamento de Léo e Marina (Paola Oliveira). Wanda ainda acredita que Pedro é um grande traidor. Ele voltará a Floripa com o objetivo de tentar trazer Zeca (André Barros) ao Rio para que ele conte toda a verdade sobre a sabotagem do avião, já que Pedro perdeu a gravação que conseguiu fazer. As cenas de Pedro, Wanda e Neném foram gravadas na Central Globo de Produção, no Rio de Janeiro, e serão exibidas a partir de sexta-feira (17). (Conteúdo do site mdemulher.com.br)

9

Jovem terá de decidir entre vida de luxo e o amor de uma mulher Da Redação Baseado na comédia romântica Arthur – O milionário sedutor, sucesso de bilheteria na década de 1980, a produção Arthur – O Milionário Irresistível estreia nesta sexta-feira (17) nos cinemas e conta a vida de um jovem rico que fica dividido entre o luxo e o amor. Na trama, Arthur Bach tem a vida que muitos desejam: sem compromissos ou responsabilidades. Sua única escolha diária é como irá gastar a herança de US$ 1 bilhão que ganhou. Sua rotina é vigiada de perto pela babá Robson, que tem como função decidir as atividades que o milionário realizará ao longo do dia, além de livrá-lo de constantes enrascadas. Apesar disso, o milionário tem sua vida completamente planejada e, entre os planos está o casamento com a fútil Susan Johnson. Porém, o jovem conhece Naomi, por quem se apaixona perdidamente. É justamente a partir daí que seus problemas começam: se não se casar com a prometida não poderá usufruir da riqueza. Após viver anos tomando decisões que o mantém acomodado, o milionário terá de escolher entre a mulher que ama ou

manter sua vida de frivolidades e luxo. O filme tem direção de Jason Winer e conta com a participação do ator Russel Brend (A Tempestade) e das atrizes Jennifer Garden (De Repente 30) e Helen Mirren, ganhadora do Oscar na categoria Melhor Atriz pelo filme A Rainha. Meia-Noite em Paris Outra opção para o final de semana que estreia nesta sexta-feira (17) é a comédia romântica do diretor Woody Allen, Meia-Noite em Paris. A produção conta a história de uma família que vai à França a negócios. Entre os integrantes está o casal de noivos Inez e Gil. Com casamento marcado para os próximos meses, os jovens começam a fazer questionamentos sobre suas vidas. A ‘cidade luz’ não é apenas pano de fundo para a trama. O diretor retrata a beleza de Paris e a cultura francesa por meio das descobertas que Gil realiza ao caminhar pelas ruas após a meia-noite. O longa-metragem é estrelado pela primeira dama francesa Carla Bruni, Rachel McAdams (Diário de uma Paixão), Owen Wilson (Passe Livre) e Marion Cotillard (Piaf – um hino ao amor). (Colaborou Larissa Marçal)

PUBLICIDADE LEGAL

Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE RIBEIRÃO PIRES ESTADO DE SÃO PAULO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA A Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo, CONVIDA a população em geral para a AUDIÊNCIA PÚBLICA de compatibilização do Plano Diretor da Lei nº 4.791/04, às políticas e diretrizes estabelecidas na Lei Estadual nº 9.866/97 e Decreto Regulamentador nº 55.342/10; que será realizada no próximo dia 02 de Julho de 2.011, às 9:30 horas, no Plenário da Câmara Municipal situado à rua João Domingues de Oliveira, nº 12, Centro. O presente Edital substitui o anteriormente publicado na edição de 10 de junho de 2.011, às fls. 11, do Jornal Repórter Diário, uma vez que pela legislação vigente há necessidade de um interstício de 15 (quinze) dias entre a publicação do Edital de Convocação e a realização do evento. Vereador Gerson Moizéis Constantino Presidente


10

Repórter Diário

SOCIAL

Sexta-feira, 17 de junho de 2011 Fotos: Marciel Peres

Ômega Saúde A Ômega Saúde, operadora de planos de saúde, inaugurou a primeira unidade própria da rede no ABC, um centro avançado de medicina, na rua das Esmeraldas, 282, em Santo André. Nove especialidades estão à disposição dos conveniados no local, como pediatria, neurologia e oncologia.

Vanessa Schunk e Tatiana Marcílio

Alberto Ferreira, Leandro Marcílio e Valdeci Silva

Sandra Rodrigues, Leandro Marcílio e Alberto Ferreira

Raquel Aguas, Marcos Ferreira, Evandro Rodrigues, Odete Saturnino e Luciana Constantinov

Novo sindicato Empresários do ramo hoteleiro e de restaurantes e bares de São Bernardo lançaram o SinHoRes (Sindicato Patronal dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Bernardo) e a Fhoresp (Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de São Paulo). O objetivo é representar melhor a classe e fomentar negócios.

Sérgio Koyama e Luiz Fortunato

Envie sugestões de eventos sociais no ABC para o Repórter Diário no e-mail: redacao@reporterdiario.com.br

Eloy Carlone, Nelson de Abreu Pinto e Rivail Carvalho

Todeschini A Todeschini da avenida Portugal, em Santo André, promoveu nesta quinta-feira (16) um coquetel de lançamento no novo showroom, que agora conta com 500m². O espaço, localizado no número 1.300 da via, recebeu clientes e profissionais da arquitetura.

Os sócios Marcos Ignácio e Antônio França


Edição 17/06/11