Page 1

Turma da Mônica se apresenta em Santo André Página 10

Ano 7 | Nº 2.441| ABC, sexta-feira, 5 de outubro de 2012 | www.reporterdiario.com.br

R$ 0,50

Somente Santo André e Mauá devem realizar segundo turno Foto: Forlan Magalhães

Após três meses de campanha eleitoral, festival de cavaletes e raros embates ideológicos, o ABC conhece neste domingo (7) os nomes que ocuparão as cadeiras no Legislativo e no Executivo. Ao todo, 36 candidatos disputam as sete prefeituras e outros 2.673 nomes concorrem as 142 vagas de vereadores. Tomada pelo discur-

so combativo dos prefeituráveis à administração de Aidan Ravin (PTB), Santo André deverá acompanhar a disputa direta entre seu prefeito e o candidato do PT, Carlos Grana. Em Mauá, a disputa sempre esteve polarizada entre a candidata Vanessa Damo (PMDB), que liderou as pesquisas desde o início, e do

deputado estadual e petista Donisete Braga. Com muitas trocas de acusações, farpas e surgimento de polêmicas pessoais, as discussões entre os dois prefeituráveis acabaram sendo protagonizadas pelo ataque às administrações do prefeito Oswaldo Dias (PT) e a de Leonel Damo, pai de Vanessa, frente à Prefeitura. Página 5

Mauá coloca Festival reúne 462 no mercado peças de teatro estudantil de trabalho Fruto de parceria entre a Secretaria de Trabalho e Renda de Mauá e do Ministério do Trabalho e Emprego, o Projovem oferece em Mauá cursos de administração, alimentação, arte e cultura, construção e reparos, esporte e lazer, saúde, metalurgia e telemática. As modalidades foram definidas após a realização de estudo de demanda, segundo o secretário de Trabalho e Renda de Mauá, Marcelo Lucas Pereira.

Até o dia 13 de outubro, a Fundação das Artes de São Caetano realiza o Festival de Teatro Estudantil, projeto idealizado por professores de teatro do ABC. São 288 alunos, de 14 escolas, envolvidos em 15 peças que começaram a ser apresentadas na última segunda-feira (1). O final de semana conta com três encenações apresentadas no Teatro Santos Dumont com entrada gratuita e público livre.

Página 9

Página 10 Foto: Nathália Blanco

GASTRONOMIA Foto: Divulgação

NOVO POINT - a rua Imperatriz Leopoldina, em São Bernardo, abriga recentes bares e restaurantes, como o Estação Leopoldina e o Imperador Sushi. Página 10

índice Política/Eleições......Pág. 2 e 3 Opinião...........................Pág. 2 Cidades........................... Pág. 4 Eleições ............ págs 5, 6, 7 e 8 Economia .......................Pág. 9 Cultura.........................Pág. 10 Gastronomia................Pág. 10 Novelas........................Pág. 11 Cinema......................... Pág. 11 Social.............................Pág. 12

ELEIÇÕES - para atrair a atenção do eleitorado, candidatos exageraram com cavaletes

20% ainda não sabe em quem votar

Boca de urna rende até um ano de prisão

Estreia Até que a Sorte nos Separe

De acordo com especialistas em Marketing Político, o número de indecisos não deve cair, já que o índice reflete também a média nacional. Página 2

Todo ano eleitoral é marcado por inúmeros casos de infração, caracterizada pela incitação explícita ao voto em determinado candidato. Página 3

Na comédia, Leandro Hassum interpreta um homem comum que tem sua vida jogada de pernas para o alto depois de ganhar na loteria e gastar tudo. Página 11

Outubro Rosa -movimento alerta sobre câncer de mama Página 4


2

Repórter Diário

Editorial Voto consciente Chega a hora do eleitor decidir quem vai gerir o destino da cidade. No próximo domingo (7), serão escolhidos os prefeitos e vereadores das sete cidades da região. As pesquisam indicam que em Mauá e Santo André as decisões dos pleitos serão em segundo turno. Em outra rota, em São Bernardo e Diadema, os levantamentos apontam para a reeleição dos prefeitos Luiz Marinho e Mário Reali, apesar dos protestos da oposição. Já as cidades com menos de 200 mil eleitores, obrigadas a definir o pleito em primeiro turno - Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e São Caetano, por exemplo - já vivem o clima de definição, mas apreensivas pela luta desenfreada nas barras da Justiça, além da guerra de denúncias. No espaço virtual e real. Precisamos votar com consciência, mas para isso é preciso avaliar, conhecer, de fato, os candidatos e ficar atento às propostas aliadas ao preparo técnico e político do futuro procurador de seu voto. A hora de mudar é agora. Se errar, somente em 2016. É muito tempo para aguardar. Um fato importante nesta eleição é a campanha do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sobre a importância do voto em candidatos ficha limpa. Na região, postulantes se esforçaram para mostrar limpos, mas acabaram prejudicados pela lentidão do julgamento dos processos. É importante que ocorra a celeridade da Justiça. Outro aspecto relevante é anotar os nomes dos "sujismundos" da política que tomaram todos os cantos da cidade com a propaganda eleitoral. Os eleitores podem fazer campanha contra o lixo eleitoral, escolhendo candidatos conscientes, que não desrespeitam normas legais e preceitos de civilidade.

Repórter Político Guerra eleitoral chega aos celulares e às redes sociais A dois dias da realização do primeiro turno, a disputa pelo voto dos eleitores que ainda não decidiram em quem votar atinge o seu nível máximo no ABC. Além dos cavaletes que congestionam o centro das cidades, o vale-tudo eleitoral agora também atinge os celulares e as redes sociais, com inúmeras mensagens gravadas e em texto sendo direcionadas aos telefones e outras tantas montagens e acusações sendo postadas no Facebook. Neste período, fica ainda mais escancarada a falta que a propaganda política televisionada faz para os processos eleitorais das cidades da região , já que o corpo a corpo junto ao eleitorado nem sempre basta para que os candidatos cumpram o objetivo de se aproximar dos munícipes de suas respectivas cidades.

Curtas

Umbanda Candidato do PMDB à Prefeitura de São Caetano, Paulo Pinheiro foi alvo nesta quintafeira (4) de uma das montagens que pipocam no mundo virtual. Na imagem, Pinheiro é apontado como sendo o único umbandista entre os três candidatos que pleiteiam o cargo de prefeito, como se isso fosse um defeito em relação a seus concorrentes. O perfil oficial do candidato fez questão de desmentir a informação e pedir o fim da “perseguição”. Espontaneidade Em contrapartida, o perfil oficial de Regina Maura (PTB) no Facebook publicou nesta quinta-feira (04), vídeo em que uma suposta ex-funcionária de Pinheiro acusa o candidato de mandar sua equipe das campanhas de rua atingir a honra de Regina e de seus aliados com boatos infundados. Na publicação, a mulher diz que procurou a equipe da petebista de forma espontânea para relatar estes fatos e denunciar os hipotéticos maus tratos que teria sofrido enquanto trabalhava ao lado do favorito à Prefeitura. Em poucos minutos, as imagens atingiram a meta e alcançaram grande número de compartilhamentos. Terra de ninguém Apesar das polêmicas de São Caetano terem sido comentadas por meios oficiais de comunicação mantidos por Paulo Pinheiro e Regina Maura, a maior parte dos absurdos compartilhados no Facebook parte de perfis falsos, criados apenas para tumultuar o processo eleitoral e que se aproveitam da falta de fiscalização e punição para espalhar boatos, que se não apurados podem facilmente confundir os eleitores mais desavisados. Dedé do Face Candidato do PPS à Prefeitura de Ribeirão Pires e envol-

vido em polêmico processo de impugnação, que pode inclusive anular os votos por ele recebidos, Dedé da Folha talvez tenha sido um dos prefeituráveis que mais utilizou o Facebook durante a campanha eleitoral. Neste complicado momento de sua candidatura não tem sido diferente. Procurado inúmeras vezes pela equipe do RD durante a semana, Dedé não foi encontrado para comentar sua participação nas eleições. No entanto, utilizou a rede social para garantir que permanece na disputa deste ano. No pleito Enquanto os votos destinados à Dedé deverão mesmo ser desperdiçados pelos eleitores que o escolherem, o líder das pesquisas eleitorais, Saulo Benevides, do PMBD, teve julgada como improcedente a ação que pedia sua impugnação e que o acusava de abuso poder econômico por supostamente ter usado jornal da cidade para veicular matérias a seu favor. O processo havia sido movido pela coligação “Unidos Para Seguir Avançando”, cujo candidato a prefeito é o próprio Dedé da Folha. Inflacionou Caracterizada como crime eleitoral, a prática de boca de urna é atividade valorizada para os candidatos que querem vencer o pleito a qualquer custo. Postulantes ao Paço e à Câmara estão dispostos a pagar até R$ 100 para cada pessoa que se proponha a conquistar o maior número de votos. Privacidade Além de celulares e redes sociais, os candidatos usam também gravações telefônicas e e-mails para tentar conquistar mais eleitores. Pelo telefone, uma gravação do próprio candidato justifica os motivos pelos quais merece ser eleito. Já por e-mail, a mensagem é escrita por um terceiro.

Rua Álvares de Azevedo, 210 Centro – Santo André Tel.: 4427-7800 www.reporterdiario.com.br

Opinião / Política

Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

20% dos eleitores da região não escolheram os candidatos ao Paço Camila Bezerra A dois dias da votação, muitos eleitores da região ainda não decidiram quem escolher para assumir a administração do Paço Municipal. A média de indecisos ou de pessoas que irão votam nulo ou branco gira em torno de 20% nas cidades do ABC. E, de acordo com especialistas em Marketing Político, este número não deve cair, já que o índice reflete também a média nacional. Para Marcelo Cruz, coordenador dos cursos de marketing da Universidade Metodista de São Paulo e especialista em Marketing Político, diz que é preocupante ter um quinto de eleitores indecisos nesta altura do campeonato, mas acredita que o índice deve cair no dia da votação. “Muitas pessoas não sabem em quem votar e acabam omitindo a opinião nas pesquisas. Então esse número acaba sendo alto, mas efetivamente tem gente que vota na legenda, o que acaba diminuindo essa quantidade de votos desperdiçados”, diz. Sidney Kuntz, especialista em Marketing Político e pesquisa eleitoral também acredita que o índice de votos brancos e nulos será alto, mas que a média deve ser menor que 20%. “Muitos esperam até a última hora para votar de acordo com alguma situação nova que se apresente”, explica Kuntz. Efeito Lula Neste primeiro turno, o expresidente Luiz Inácio Lula da

Silva esteve em quatro cidades da região para promover os candidatos petistas. Luiz Marinho o recebeu em São Bernardo em 22 de setembro. No dia seguinte, Carlos Grana e Mário Reali contaram com o apoio do maior cabo eleitoral do PT em Santo André e Diadema. Mauá foi a escolhida para fechar o ciclo de comícios do ex-presidente na região no dia 24. Além dos comícios, fotos do líder do PT são massivamente usados em cartazes de candidatos a prefeito e vereadores. De acordo com especialistas, a transferência de imagem de Lula é importante para os candidatos. “Sempre quem se alia a nomes populares como o do ex-presidente Lula, com 80% de aprovação e de Dilma, com 70, ganha benefícios, pois o link com estas figuras diz implicitamente que a possibilidade de aproveitamento dos recursos federais será maior”, garante Sidney Kuntz. No entanto, contar apenas

com padrinhos políticos não decide o pleito. “O Lula é a maior liderança política nos País, mas a população aprendeu que o lula é um político que está acima das discussões municipais. Ou seja, o lula é importante, mas não vai governar Santo André ou Mauá. Por isso, o candidato tem de ter projetos, tem de se mostrar preparado”, relata Nilton Tristão, sociólogo e diretor do Instituto de Pesquisa Opinião. Uma das formas de se mostrar preparado é a participação nos debates que é importante para que os eleitores possam analisar a postura e as propostas dos prefeituráveis, desde que o alcance do debate seja grande. “Em uma cidade como Santo André, que tem a dificuldade de ter instrumentos efetivos de comunicação, como a televisão, os debates não representam quase nada, porque a maioria da população não tem acesso a esse evento. Então o debate não leva a lugar nenhum”, pontua Tristão.

“É um absurdo que com PIB [Produto Interno Bruto] que possui, o ABC não tenha horário político televisionado. Isto faz com que o eleitor demore a reconhecer os candidatos, que usam ainda mais os cavaletes, já que não podem basear a campanha apenas no corpo a corpo”, critica Sidney Kuntz. Assim como Sidney Kuntz, Marcelo Cruz concorda que o uso do cavalete é necessário, mas afirma que este pouco influencia o resultado da eleição. “O efeito em voto é pequeno, mas não ter o cavalete é pior, porque o candidato deixa de existir. Sem horário político na TV, os candidatos que não tiverem cavaletes espalhados pela cidade terão um esforço pessoal muito grande para conseguir se eleger.” Saúde A Saúde foi o tema que pautou os debates dos candidatos às prefeituras municipais da região. Isso porque, de acordo com especialistas políticos, o tema é estratégico para conquistar votos entre a população de baixa renda, já que esta é a que mais sofre com a qualidade do atendimento médico nos postos de saóde. “A saúde vai continuar sendo tema por bom tempo, pois a defasagem do serviço é grande e serão necessários muitos projetos para torná-la tolerável. Existem queixas dos usuários tanto ao sistema público quanto ao particular., porque a rede pública não atende demanda e a particular comete abusos”, finaliza Kuntz.

Espaço aberto Orelhões Sei não. Acho que os orelhões devem ser revitalizados para prestarem seu papel original, qual seja, ser telefones públicos. A Anatel deveria pressionar as operadoras de telefonia fixa e móvel também, de forma que essas investissem parte de seus lucros em um serviço básico de comunicação telefônica. Sem inventar outras dificuldades para futura venda de facilidades. Alfredo Barros, Referente à matéria Esquecidos após a popularização dos smartphones, orelhões darão acesso à internet

Sem enfrent

Falha Engraçado, acabei de fazer o cadastro lá [no site do Emprega São Paulo] para motorista e informaram que não tem nenhuma vaga. Cadê as 18 mil vagas? Falam que tem tanta vaga no mercado, que falta mão de obra, mas quando vou procurar, não tem. Marcos de Oliveira, Referente à matéria São Paulo disponibiliza 18 mil vagas de emprego Tireoide Tenho uma lembrança de que no bairro da minha mãe foram detectados muitos casos envolvendo a tireoide e por estar a Vila Assunção recebendo poluentes da Petroquímica. Beth, Referente à matéria Nova pesquisa da FMABC aponta incidência de tireoide em Mauá e Santo André Os comentários acima estão no site www.reporterdiario.com.br

Jornalistas responsáveis: Airton Resende e Maria do Socorro Diogo Reportagem: Camila da Silva Bezerra, Marcelo Melo, Nathália Blanco e Renan Santiago Fotos: Forlan Magalhães, Pedro Diogo e divulgação

Comercial: Claudia Polimeni Diagramação: Flória Napoli Suporte Operacional: Pedro Diogo Administrativo: Mirella Teixeira Tecnologia: André Resende

Tiragem auditada por:


Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

POLÍTICA

REPÓRTER DIÁRIO

3

Saiba tudo sobre as eleições realizadas neste domingo Marcelo Melo

Segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), no próximo domingo (07), 1.981.653 eleitores das cidades que compõe o ABC irão às urnas para decidir os rumos dos municípios onde residem. Ao todo, 36 políticos disputam o comando das sete Prefeituras da região e outros 2.673 nomes pleiteiam as 108 cadeiras referentes ao total de vagas disponíveis na Câmara de Vereadores dos municípios. Além das dúvidas referentes à escolha dos nomes ideais para comandar os poderes Executivo e Legislativo das cidades, de quatro em quatro anos, o processo eleitoral municipal também gera dúvidas nos eleitores, que muitas vezes não possuem as informações necessárias para exercer o democrático direito ao voto, em questões que vão desde a documentação exigida nas zonas eleitorais até à própria confirmação da localização das mesmas. Antes de tudo, deve-se saber que a legislação nacional exige que somente são obrigados a votar os cidadãos alfabetizados que possuam entre 18 e 70 anos, e que o voto é facultativo para os cidadãos que tenham a partir de 16 anos e

para os que ultrapassaram a faixa dos 70. Para habilitar este direito, era necessário procurar qualquer cartório eleitoral entre os dias 15 de julho e 15 de agosto. Já para votar, basta apresentar documento de identidade oficial que possua fotografia, como o RG, carteira de habilitação ou de trabalho. A votação será realizada entre 8h e 17h, em todo o País. Às 17h, serão recolhidos os títulos dos eleitores que se encontrarem na fila, para os quais serão distribuídas senhas. Em primeiro lugar, o eleitor deve votar em seu candidato a vereador. Para confirmar sua escolha, é necessário digitar os cinco dígitos referentes à candidatura preferida e esperar pela identificação do postulante. Se não ocorrer nenhum erro, é necessário apertar a tecla ve r d e “ c o n f i r m a ” , c a s o contrário deve-se aperta o botão vermelho “corrige”. Se optar em votar apenas no partido, basta escolher os dois números referentes à legenda. Na sequência, é realizado o voto para prefeito. Dessa vez, é necessário escolher apenas dois números e esperar pela confirmação da foto do candidato na tela da urna

Locais de votação Caso saiba o local em que irá votar, mas não leve seu título, onde constam as informações referentes ao número da seção em que votará, o eleitor terá que percorrer todo o prédio em busca de sua sala. Esta procura pode ser evitada ao acessar o site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), hospedado no endereço www.tse.jus.br ou ligar para a Central de Informações do TRE-SP - (11) 3130-2100 ou 148, para ter acesso a essas informações.

Boca de urna rende até um ano de prisão Não é novidade que além de acirrar os ânimos dos militantes dos partidos envolvidos nas campanhas, as eleições também servem como cabide de empregos para quem muitas vezes desconhece a legislação eleitoral, ou para aqueles que deliberadamente decidem lucrar com a ambição política dos candidatos. Devido a esta última condição, todo ano eleitoral é marcado por inúmeros casos da infração denominada “boca de urna”, caracterizada pela incitação explícita ao voto em determinado candidato. Apesar de proibida, a prática ainda é muito recorrente e utilizada principalmente para convencer os eleitores que ainda não decidiram seu voto. Segundo a Lei nº 9.504/97, especifica para os períodos eleitorais, a distribuição de

materiais de propaganda política, como os chamados santinhos ou brindes, ou de qualquer outro ato que alicie ou interfira diretamente na vontade natural dos eleitores, como a aglomeração de pessoas vestidas com roupas de partidos políticos durante as horas em que a votação acontece, deve ser considerado crime e poderá ser punido com pena de seis a um ano de detenção, pagamento de multa ou prestação de serviços comunitários. Contudo, de acordo com o artigo 39 da mesma lei, a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor é permitida e pode ser transmitida através do uso de bandeiras, broches e adesivos, desde que não extrapolem o limite pessoal e passem a configurar o aspecto condenável da lei. Caso o eleitor presencie

Foto:divulgação

e l e t rô n i c a . Pa r a c o n f i r mar ou corrigir o voto, a orientação é a mesma do processo de escolha dos vereadores. Já para os que desejam se abster do processo eleitoral e não votar em nenhum dos postulantes existentes, basta apertar a tecla “branco” e, em seguida, “confirmar”. Vale lembrar que apesar de representar uma opção democrática, os votos em branco podem não caracterizar a melhor alternativa, já que uma eleição é decidida a partir da soma dos votos válidos, que desprezam esta escolha e faz com que um candidato indesejado precise de menos votos para ser eleito.

algumas destas infrações, poderá denunciá-las diretamente ao Ministério Público Eleitoral do município. Lei Seca Assim como nas eleições presidenciais de 2010, a determinação que por muito tempo proibiu o consumo de bebidas alcoólicas durante o dia de votação também não será aplicada neste ano. Como não há nenhuma imposição da lei eleitoral neste sentido, a decisão ficou a critério da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. A ú l t i m a ve z e m q u e esta restrição foi posta em prática com o argumento de manter a ordem social foi nas eleições de 2006. Na região Sudeste, apenas o Estado de Minas Gerais impôs a restrição de venda de álcool no domingo.(MM)

Eleitores ainda demonstram dúvidas em relação a como proceder nas urnas

Justificativa de ausência deve ser entregue no dia da votação Outro assunto que costuma confundir os eleitores se refere a como justificar a ausência no dia da votação. Muitos acabam interpretando a questão com um peso muito maior do que aquele que a própria Justiça Eleitoral. Para não sofrer nenhum tipo de sanção legal, o eleitor que estiver em uma cidade diferente da de seu domicílio eleitoral, deve procurar com antecedência qualquer Cartório Eleitoral, onde obterá gratuitamente o formulário de requerimento de justificativa da falta. O documento deverá ser preenchido com o número do título do eleitor e ser entregue no dia da eleição, em qualquer local de votação. Caso prefira, o formulário também está disponível no site do TSE (www.tse.jus.br). Se a justificativa não for formalizada no dia da eleição, o eleitor deverá comparecer ao seu Cartório Eleitoral, em até dois meses após a realização da votação, para apresentar os documentos que comprovem o motivo

da ausência. O prazo de 60 dias é contado a partir de cada turno, portanto, 1º e 2º turnos têm prazos diferentes e a falta no primeiro turno não impede o munícipe de votar na segunda fase das eleições. Consequências Quem não votar nem justificar sua ausência nos prazos determinados pela Justiça não poderá inscrever-se em concurso público, obter passaporte ou carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimentos de ensino oficial, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo e praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda até que regularize sua situação com a Justiça. Caso se enquadre nesta condição, o eleitor deverá se dirigir ao seu Cartório Eleitoral e solicitar a regularização de seu título, que será arbitrada pelo juiz eleitoral e definida a partir do número de eleições em que o munícipe esteve ausente, em valores que podem va-

riar de R$1,06 ou R$3,51 ou ampliados em até 10 vezes, se for constatada a ineficácia do valor em virtude da condição econômica do infrator. O título eleitoral só será cancelado após três ausências consecutivas nas eleições, podendo ser novamente habilitado, após a regularização da situação. “Voto em trânsito” Os eleitores que estiverem em outras cidades já não podem mais efetuar o chamado “voto em trânsito”, que possibilitava que a votação fosse realizada pelo munícipe em seção eleitoral diferente da qual estivesse registrado. Hoje, é necessário preencher formulário que justifique a ausência nos postos destinados a este procedimento. Qualquer um dos pontos de votação do País devem oferecer este tipo de serviço para os eleitores que o solicitem. Já o voto em trânsito continua a ser permitido, mas fica restrito às capitais e às votações de presidente e vice-presidente.


4

REPÓRTER DIÁRIO

Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

CIDADEs

ABC tem outubro cor-de-rosa Da Redação O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é celebrado neste mês para lembrar à população a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Com início nos anos 1990 nos Estados Unidos, o movimento ganhou proporção global depois que entidades, empresas e a própria população se engajaram em fomentar ações voltadas para o combate da doença. Hoje, diversas cidades do mundo participam do Outubro Rosa com ampla programação com caminhadas, corridas, desfiles, além da tradicional iluminação dos pontos da cidade com luz rosa. As cidades de Rio Grande da Serra e São Bernardo não programaram atividades em celebração ao Outubro Rosa. Cidades Em Santo André, que já está decorada com iluminação rosa no Prédio Executivo do Paço e no Monumento ao Imigrante Italiano, na vila Alzira, haverá atendimento preventivo à doença nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) e nas USF (Unidades de Saúde da Família) em todos os dias úteis de outubro. A Prefeitura organizou também uma ação com o “Ônibus da Saúde”, um veículo equipado com consultórios, em que as munícipes terão atendimento gratuito no próximo dia 20, no largo

da vila Luzita, das 9h às 15h. Haverá distribuição de folders informativos sobre a prevenção e controle do câncer e uma caminhada no dia 11 de outubro, às 8h, que partirá do Paço com destino ao Parque Celso Daniel. Hoje, às 19h, haverá uma palestra sobre o assunto no auditório do campus II da USCS, próxima à estação de trem São Caetano, com o Dr. Eliano Pellini, da Faculdade de Medicina do ABC, que marcará o lançamento da Campanha Pense Rosa na cidade. No dia 9, às 10h, participantes do movimento devem se reunir em frente à Cidade das Crianças, na avenida Kennedy, onde serão realizados passeio ciclístico, caminhada, cadeiraço, cãominhada, shows e agendamentos para exames de mamografia. São Caetano terá ainda monumentos iluminados em cor-de-rosa. Ribeirão Pires também participa do movimento. Ao londo do mês, as equipes de enfermagem de todas as unidades de saúde da rede municipal irão abordar as pacientes sobre a importância da prevenção com a realização de exames para o diagnóstico precoce da doença. Na abordagem, os profissionais orientarão a respeito do autoexame e esclarecerão dúvidas sobre o assunto. Em Diadema será realizada a 6ª Caminhada para Prevenção do Câncer de Mama, que é organizada pela ONG Se Toque Melhor e apoiada

Foto:Nathália Blanco

Paço Municipal de Santo André ganhou nova iluminação para celebrar o movimento pela Secretaria de Saúde. O evento acontecerá no dia 20 de outubro, às 8h, no Redondão. A organização sem fins lucrativos também ministrou uma palestra no dia 26 de setembro sobre os exames como a mamografia e o ultrassom, e enfatizou a importância do autoexame para a prevenção e detecção precoce do câncer de mama. Já em Mauá, as unidades de saúde do município irão ministrar palestras e realizar atividades culturais com grupos educativos e campanhas ao longo do mês com objetivo de divulgar a importância dos exames preventivos às mulheres. Mas prefeitura não divulgou a agenda até o fechamento desta edição. Fotos: Pedro Diogo

RD positivo/negativo PESCA – Pagos por candidatos a Câmara de Mauá, alguns munícipes usaram o material de campanha para protestar contra a poluição do rio Tamanduateí. O manifestante usou banners e folders para fazer um peixe e simular uma pesca no rio poluído. Vale lembrar que do Tamanduateí só poderia sair um peixe deste tipo, visto que Mauá oferece saneamento para apenas 86% dos seus moradores e trata somente 4% do esgoto produzido na cidade. A Foz do Brasil, empresa responsável pelo serviço, estima que somente em 2015 a cidade tratará todo o esgoto que produz.

Santo André - As atendimento preventivo nas UBS e USF em todos os dias úteis cidades de Rio Grande de outubro

da Serra e São Bernardo não - atendimento preventivo no Ônibus da Saúde – Largo da vila programaram em Luzita, dia 20, atividades das 9 às 15h celebração ao Outubro Rosa. - caminhada do Paço ao Parque Celso Daniel, dia 11, às 8h São Caetano

- palestra com Dr. Eliano Pellini – dia 5, às 19h - passeio ciclístico, caminhada, cadeiraço, cãominhada, shows e agendamentos para exames de mamografia – dia 9, às 10h

Diadema

- 6ª Caminhada para Prevenção do Câncer de Mama – Redondão, dia 20, às 8h

Ribeirão Pires

- orientação nas unidades de saúde da rede municipal durante o mês de outubro

Mauá

- as atividades serão desenvolvidas durante o horário de expediente das unidades de saúde - das 8h às 17h.

SCS oferece mais estações de bicicleta No próximo dia 6, São Caetano passa a ter mais duas estações do SancaBike, sistema de aluguel de bicicleta, iniciado no último domingo, 30. No primeiro dia de funcionamento, a população testou as bicicletas da estação instalada na avenida Presidente Kennedy. Nessa etapa, mais duas novas estações foram construídas na Praça Primeiro de Maio e no Terminal Rodoviário Nicolau Delic. Para utilização das bicicletas, os interessados deverão se cadastrar e preencher um termo de responsabilidade no site da empresa Brasil e Movimento (www.brasilemovimento.com.br), empresa escolhida para operar o sistema no minucípio. O ciclista cadastrado receberá o seu cartão SancaBike, que vai permitir o uso da bicicleta durante seis meses quantas vezes precisar por dia, no período de 45 minutos, mas com um tempo de espera de 15 minutos entre um uso e outro. Antes de usar, o ciclista deverá deixar uma garantia de R$ 10, que pode ser paga via cartão de crédito, de débito ou por meio de um boleto que pode ser impresso no site. Há necessidade também do pagamento de uma taxa de R$ 5 do seguro obrigatório contra acidentes. As estações funcionarão todos os dias da semana, das 5h às 0h. A devolução poderá ser feita 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Estão abertas inscrições para vestibular 2013 Várias universidades da grande São Paulo inscrevem para as provas tradicionais, digitais ou agendadas. Veja as principais informações sobre os processos seletivos. FTT – as provas do processo seletivo da Faculdade de Tecnologia Termomecânica serão realizadas dia 9 de dezembro, às 14h. As inscrições vão até o dia 9 de novembro e devem ser feitas pelo site www.conesp. com.br. A taxa é de R$ 15. Anhanguera – As inscrições para o vestibular da universidade custam R$ 25 e podem ser feitas pelo site www.vestibulares.br. As provas são agendadas e há várias datas no mês de outubro disponíveis para escolha. ESAGS – as inscrições para a Escola Superior de Administração e Gestão podem ser feitas até o dia 8 de dezembro pelo site www.vestibularesags. com.br. A taxa custa R$ 45 e a prova será realizada no

dia 9 de dezembro. Metodista – o valor das inscrições para a Universidade Metodista de São Paulo varia de R$ 30 a R$ 70 e podem ser feitas no site www.metodista.br/vestibular. As provas tradicionais serão realizadas no dia 11 de novembro, já as digitais têm quatro datas diferentes para realização. Quem optar por utilizar a nota do ENEM deve se inscrever presencialmente no campus Rudge Ramos, até 31 de outubro. SENAC – os candidatos devem acessar o site www. sp.senac.br até o dia 18 de novembro para se inscrever no vestibular do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial da unidade de Santo André. A prova será realizada no dia 1° de dezembro e a taxa de inscrição custa R$ 80. USCS – as inscrições presenciais da Universidade Municipal de São Caetano do Sul poderão ser feitas até o dia 6 de dezembro ou pela

internet até 5 de dezembro no site www.uscs.edu.br. O valor da inscrição é de R$ 50 e a prova será realizada no dia 8 de dezembro. UNIP – a Universidade Paulista disponibiliza sete datas para realização da prova tradicional. Quem preferir pode agendar a prova até o dia 31 de outubro. Para verificar as opções e se inscrever, acessar o site www.unip.br/vestibular. A inscrição custa R$ 40. Mauá – as inscrições para o vestibular da universidade custam R$ 60 e devem ser feitas até o dia 5 de novembro somente pelo site www.maua.br/vestibular. A prova será realizada no dia 10 de novembro. FEI – as inscrições para o vestibular da Fundação Educacional Inaciana poderão ser até o dia 23 de novembro. Presencialmente o valor é de R$60 e pelo site www. fei.edu.br, a taxa é de R$ 50. As provas serão realizadas nos dias 1° e 2 de dezembro.


Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

POLÍTICA REPÓRTER DIÁRIO

5

Região deverá conhecer cinco novos prefeitos no domingo Marcelo Melo Após três meses de campanha eleitoral, muitos cavaletes e raros embates ideológicos, as cidades do ABC conhecerão neste domingo (7) os nomes que ocuparão as cadeiras de suas respectivas Câmaras de Vereadores e os novos, ou não tão novos assim, chefes de Executivo. Ao todo, 36 candidatos disputam as sete prefeituras e outros 2.673 nomes concorrem as 142 vagas de vereadores distribuídas entre as Câmaras dos municípios. Em São Bernardo, a expectativa é de que o prefeito Luiz Marinho (PT), seja reeleito no primeiro turno, já que todas as pesquisas demonstraram que seus adversários não conseguiram competir com o petista, que mesmo não comparecendo a nenhum dos debates realizados na cidade, se apoiou nas diversas obras realizadas durante seu mandato e no apoio do ex-presidente Lula para impulsionar ainda mais sua condição de favorito. Alex Manente, do PPS, que fez parte da base aliada de Marinho no último pleito, se apresentava como único nome capaz de conter esta reeleição, mas não teve fôlego para alcançar este objetivo. Deste modo, qualquer resultado

que não seja a continuidade governista na cidade, caracterizará a maior surpresa das eleições da região. Em situação semelhante, o pleito em Diadema também possui grandes chances de ser definido já neste domingo, com a reeleição de Mário Reali, também do PT. Ao contrário do prefeito de São Bernardo, Reali apresentou postura diferente durante a corrida eleitoral e não fugiu do confronto direto com seus adversários, ao comparecer aos debates e, em muitos casos, até procurar o confronto direto com seu principal adversário, Lauro Michels, do PV. Entretanto, Michels (PV), conseguiu somar importantes pontos nas pesquisas realizadas na reta final da campanha e a possibilidade da realização de um segundo turno é menos improvável que em São Bernardo. O que pode impedir esta possibilidade é a falta de um terceiro candidato que reúna uma porcentagem mais de intenção de votos e que, consequentemente, diminuiria os votos direcionados a Reali. Apesar de não ter mais que 200 mil eleitores e, portanto, sem possibilidade de realização de segundo turno, São Caetano é outra cidade que parece já ter escolhido seu prefeito. Ao contrário das projeções iniciais e da recorrente manutenção da administração petebista

Ribeirão e Rio Grande Assim como em São Caetano, por possuírem menos que 200 mil eleitores, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra também não terão segundo turno. No entanto, o pleito eleitoral dos municípios apresentou teor bem diferente. O eleitorado de Ribeirão acompanhou uma verdadeira guerra de processos jurídicos, que culminaram com a impugnação do candidato Dedé da Folha (PPS), que optou por nãorenunciar à candidatura e aparecerá como opção nas urnas, mesmo sabendo que os votos recebidos por ele serão cancelados pela justiça. Desta maneira, o pleito deverá ser decidido entre Maria Inês, do PT, e Saulo Benevides, do PMDB, que lidera a pesquisa na reta final da campanha, com 10% de vantagem, em média, sobre o segundo colocado e possui as maiores chances de ser eleito. Em Rio Grande, segundo as pesquisas, Claudinho da Geladeira (PT) possui vantagem de cerca de 5% sobre o tucano Gabriel Maranhão, indicado a sucessão pelo prefeito Kiko Teixeira, também do PSDB. A diferença não possibilita cravar qual será o novo prefeito do município, que deve ser conhecido apenas na apuração dos últimos votos.

Repórter Diário participou das eleições ao organizar debates com outros veículos no município, a candidata Regina Maura, indicada pelo prefeito José Auricchio Júnior, não conseguiu confirmar seu favoritismo e acabou perdendo espaço para Paulo Pinheiro, do PMDB, que nas últimas pesquisas abriu cerca de 20 pontos percentuais de vantagem. Edgard Nóbrega, do PT, que poderia representar uma terceira via ao eleitorado do município, renunciou à sua candidatura após a divulgação de vídeo em que supostamente buscava negociar o apoio de sua legenda à administração de Auricchio. Santo André e Mauá Se São Bernardo, São Caetano e Diadema devem

conhecer seus prefeitos já no término deste primeiro turno, outras duas cidades devem ter que esperar até o dia 28 deste mês para saudar seus novos dirigentes. Tomada pelo discurso combativo dos prefeituráveis à atual administração de Aidan Ravin (PTB), Santo André deverá acompanhar a disputa direta entre seu prefeito e o candidato do PT, Carlos Grana. Com cerca de 30% de seus eleitores declarando estar indecisos ou ter preferência em anular o voto, uma nova surpresa na apuração dos votos, como a que aconteceu em 2008, onde o próprio Ravin não era apontado como favorito, não pode ser descartada. Caso isso aconteça, Raimundo Salles, do

PDT, deve ser beneficiado. Já em Mauá, a disputa sempre esteve polarizada entre a candidata Vanessa Damo (PMDB), que sempre liderou as pesquisas, e Donisete Braga, do PT. Com muitas trocas de acusações e surgimento de polêmicas pessoais, as discussões entre os prefeituráveis acabaram sendo protagonizadas pelo ataque às administrações do prefeito Oswaldo Dias (PT) e a de Leonel Damo, pai de Vanessa, frente à Prefeitura. A diferença entre os dois candidatos caiu nas últimas pesquisas e o clima quente deverá ser levado para o segundo turno, onde o apoio dos seis outros candidatos poderá ser fundamental para a definição do pleito.

Santo André

Aidan e Grana disputam segundo turno Fotos: Forlan Magalhães

Camila Bezerra Com base nas pesquisas de intenção de voto, os candidatos ao Paço de Santo André Aidan Ravin (PTB) e Carlos Grana (PT) devem ser os mais votados pelos eleitores no próximo domingo e protagonizar o segundo turno das eleições municipais. Apesar de ter rejeição de 28,8%, das críticas de seus adversários e de ter se ausentado dos debates e sabatinas, o atual prefeito lidera a disputa eleitoral, com 32,2% das intenções de voto, de acordo com pesquisa do instituto UP, realizada entre 22 e 24 de agosto. O petista Carlos Grana aparece na vice-liderança com 28,2% das intenções de voto. Terceiro colocado, Raimundo Salles (PDT) tem 11% da preferência é o único que pode ser a surpresa no segundo turno, caso os 15,2% dos eleitores que disseram votar nulo ou branco optassem pelo pedetista. Nilson Bonome (PMDB) tem 1,9% das intenções de voto. Alexandre Fláquer (PRTB) alcança 1,1% e Marcelo Reina (Psol) fecha a lista dos candidatos, com 0,9%. Também no dia 7 de outubro serão eleitos os novos membros da Câmara. Ao contrário de São Bernardo, que ganhará mais sete parlamentares em 2013, o número de representantes do Legislativo em Santo André será o mesmo: 21. A Prefeitura andreense também gastará mais para manter seu pleito, já que os parlamentares terão 62% de aumento no próximo ano. De R$ 9,3 mil, cada vereador passará a receber R$ 15 mil. Padrinhos O candidato e deputado estadual Carlos Grana (PT) permeou a campanha com discurso da importância do elo com governo federal para obter recursos para

Aidan Ravin (PTB)

Carlos Grana (PT)

Alexandre Fláquer (PRTB)

Marcelo Reina (Psol)

Nilson Bonome (PMDB)

Salles (PDT)

Mobilidade urbana é um dos principais desafios do novo gestor os projetos na cidade. Também apostou na empresária Oswana Fameli, vice na chapa, e no vereador Paulinho Serra (ex-PSDB) para atrair apoio do empresariado e das classes A e B ao projeto petista. Mas o grande momento de Grana foi o comício do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que reuniu 1,2 mil pessoas na avenida Firestone, na manhã do dia 22 de setembro. Grana jogou as fichas no mote da mudança e na força da militância para creditar os feitos dos governos do PT em Santo André. Já o prefeito Ravin apostou numa campanha silenciosa. Evitou o confronto nos debates e fugiu dos questionamentos da imprensa durante as caminhadas. Mas concedeu entrevista exclusiva ao RDtv, em agosto, em que se defendeu dos ataques da oposição dizendo que fez muitas obras. Em relação aos apoios, Raimundo Salles e seu vice, Ricardo Torres (PSDB) tiveram no Bruno Covas, secretário estadual do Meio Ambiente, a figura que representava o governo de Geraldo

Alckmin. Já Marcelo Reina contou com a presença do deputado federal Ivan Valente (Psol). Nilson Bonome (PMDB) tem o apoio do vice-presidente Michel Temer e do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB). Compromissos Junto com a máquina pública e o orçamento de R$ 2,672 bilhões, o novo prefeito terá também o desafio de melhorar o serviço prestado à população de 676 mil habitantes, assim como resolver problemas como o congestionamento e a qualidade do transporte público da cidade, criar vagas nas creches, promover maior desenvolvimento econômico na cidade e buscar soluções para a segurança pública, apenas para citar algumas demandas da população. Projetos para atender as demandas da cidade é que não faltam. Os candidatos aproveitaram os diversos debates e sabatinas promovidas por instituições e entidades da região para mostrar suas soluções,

Pesquisa Santo André 20/8 DGABC

19/9 DGABC

20 a 21/9 UP

24 a 27/9 OPINIÃO

30,6

25

35,06

Aidan (PTB)

30,4

25 a 27/8 IBOPE 36

Grana (PT)

21,9

22

24,6

21,8

30,48

Salles (PDT)

13,4

9

13,4

6,8

9,76

Fláquer (PRTB)

0,5

1

0,5

1

0,02

Bonome PMDB)

2

1

3

0,7

1,59

Reina (Psol)

0,7

1

0,8

0,1

0,6

Brancos/Nulos

16

14

15,1

12,6

14,54

14,8

16

12

31,4

7,77

Não Sabem

Registros: SP-00527/2012, SP-00625/ 2012, SP- 01172/2012, SP-01174/2012, SP-1296/2012

com corredores de ônibus e implantação do bilhete único para melhorar a mobilidade urbana, criação de mais hospitais e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) para reduzir as filas de espera, propostas para revitalizar o Cine Teatro Carlos Gomes, entre outros. Os prefeituráveis defendem convênios com os governos federal e estadual para que estes repassem as verbas necessárias

para a construção de equipamentos públicos, como hospitais, e também para resolver problemas que estão fora do alcance municipal, como a implantação do metrô na cidade e a revitalização de parques. A vontade demonstrada para mudar Santo André é tanta que há promessas até para a construção de um local para a prática de esportes radicais e corrida, para por fim aos rachas disputados nas ruas.

Santo André Eleitores: 553.686 Habitantes: 676.407 Território: 175 km² Orçamento: R$ 2,6 bilhões Candidatos a prefeito: 6 Candidatos a vereador: 501 Vagas na Câmara: 21


6

Repórter Diário

Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

POLÍTICA

São Bernardo

Luiz Marinho é franco favorito mento tenha uma saúde tão precária’. Deputado estadual, Alex Manente (PPS) aposta no investimento nos profissionais para melhorar a saúde e reduzir a fila de espera por atendimento. “Então nós trabalharemos firme para, em janeiro, abrir concurso para trazer 1.500 médicos para a rede de saúde. Além disso, trabalharemos firmemente para melhorar a condição de salário e condições de trabalho desse profissional e faremos uma rede própria de equipamentos de exame”, diz. A representante do PSTU na disputa eleitoral, Ligia Gomes, também defende a contratação de médicos, mas é contra o convênio com a Fundação ABC. “A falta de médicos tem a ver com a precariedade da contratação, porque eles não tem plano de carreira que permite que eles continuem aqui por muito tempo. A gente precisa discutir o plano de carreira desses profissionais e democratizar a participação deles na pasta”, pontua Ligia.

No próximo domingo, os mais de 574 mil eleitores de São Bernardo terão uma importante missão: eleger 28 dos 635 candidatos a vereador. No entanto, vale ressaltar que a escolha deve ser bem pensada, visto que, neste ano, 40% dos projetos apresentados pelos atuais vereadores foram irrelevantes. Diante de uma cidade com tantos problemas em relação à saúde, infraestrutura, educação, entre outros, os vereadores se preocuparam demasiadamente com nomeação de ruas e criação de datas comemorativas. Também no dia 7 de outubro, os munícipes escolhem seus candidatos a prefeito – administrador que receberá orçamento de, pelo menos, R$ 3,7 bilhões para manter equipamentos públicos e solucionar problemas como a melhoria do atendimento médico e redução da fila de espera por consultas, exames e tratamentos com médicos especializados nos postos de saúde. Para isso, Ademir Silvestre (PSC) pretende reabrir os prontos-socorros imediatamente. “Claro que tem uma burocracia, porque o pronto-socorro do Riacho Grande o prédio está invadido. Mas temos de trabalhar no dia seguinte para reabrir os prontos-socorros. É preciso também voltar a garantir o convênio com a Fundação [ABC] para garantir médico e remédio”, opina o ex-secretário de Habitação. Já Aldo Santos (Psol) promete uma revolução na área da saúde. “Pretendemos romper o contrato com a Fundação ABC, que é oneroso para o poder público, e abrir contratação de médicos para oferecer um bom salário, especialmente as especialidades”, garante o candidato, que considera ‘um absurdo que uma cidade com tal orça-

Hospital das Clínicas Luiz Marinho (PT), que é candidato à reeleição, admite que há fila de espera por atendimento ortopédico e oftamológico. Não há cirurgias neurológicas e 30% dos partos têm de ser feitos em outras cidades – problemas que serão resolvidos, de acordo com o atual prefeito, a partir da entrega do Hospital das Clínicas, que só deverá funcionar completamente no final de 2013. “A partir da entrega, o Hospital Anchieta vai atender apenas oncologia e HMU vai atender exclusivamente saúde da mulher. E no segundo mandato nós vamos criar as policlínicas para responder o

Pesquisa São Bernardo 18/7 DGABC

23/8 DGABC

Fotos: Forlan Magalhães/divulgação

20/9 DGABC

28/9 a 1/10 OPINIÃO

Marinho (PT)

46,5

53,4

56,9

60,48

Alex Manente (PPS)

28,9

22,7

23

20,16

Aldo Santos (Psol)

1,4

0,7

0,8

0,8

Ademir Silvestre (PSC)

1,1

0,7

1,4

1,2

1

0,3

0,5

0,6

11

11,8

13,1

10,98

10,1

10,4

4,3

5,79

Lígia Gomes (PSTU) Branco e Nulos Não sabem

Luiz Marinho (PT)

Registros: SP-00126/2012, SP-00529/2012, SP-01171/2012, SP-01396/2012

problema de especialidade”. Com 765.463 habitantes, São Bernardo tem frota de 316 mil carros, segundo o Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), número que contribui para o congestionamento cada dia maior na cidade. A fim de melhorar o fluxo de veículos na cidade, Ademir Silvestre pretende investir em 26 obras viárias caso seja eleito. Aldo Santos acredita que o transporte público é a chave para melhorar este gargalo. Para isso, Santos quer reduzir o preço da passagem e municipalizar o serviço de transporte em São Bernardo e ainda articular com os governos estadual e federal a expansão da linha do metrô até a região do ABCD. Assim como Santos, Ligia Gomes defende a redução da tarifa de ônibus. Por meio da municipalização, a candidata diz ser possível cobrar R$ 1 por viagem. Corredores de ônibus também estão nos planos de Ligia Gomes. “Nós temos uma série de ações que serão implementadas. A primeira é utilizar o corredor da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) dos trólebus para os ônibus

Foto: Forlan Magalhães

Alex Manente (PPS)

Ademir Silvestre (PSC)

Vila São Pedro ainda sofre com a falta de saneamento circularem nas regiões centrais da cidade”, defende Alex Manente, que propõe a criação do bilhete único e a expansão do metrô para São Bernardo. Além de contar com a linha 18 do metrô no município, o prefeito Luiz Marinho planeja construir 12 corredores de ônibus e duplicar vias como a Estrada Samuel Eisenberg.

São Bernardo

Aldo Santos (PSOL)

Eleitores: 574.266 Habitantes: 765.463 Território: 409 km² Orçamento: R$ 3,7 bilhões Candidatos a prefeito: 5 Candidatos a vereador: 590 Vagas na Câmara: 28

Ligia Gomes (PSTU)

São Caetano

Paulo Pinheiro deve ser o novo prefeito Da Redação

O fato contribuiu para que a disputa ficasse ainda mais polarizada entre Pinheiro e Regina, já que Fernando Turco não possuía o mesmo orçamento destinado para a sua campanha e consequentemente não conseguiu atingir a mesma força das candidaturas de seus adversários. Pinheiro, que só saiu do PTB e ingressou no PMDB após ter sido preterido pelo grupo de Auricchio ideal para a manutenção do governo petebista na cidade, acabou demonstrando mais carisma e rapidamente desmontou a confiança da legenda na reeleição em Regina, ao despontar nos levantamentos eleitorais e abrir cerca de 20 pontos percentuais de diferença para sua principal concorrente, condição que não deverá subvertida, pois a cidade não possui mais que 200 mil eleitores, o que impossibilita a realização de segundo turno no município.

A expectativa de acirrada disputa eleitoral em São Caetano começou a esmorecer em setembro, quando pesquisa realizada pelo IBOPE apontou a preferência de metade do eleitorado do município pelo candidato Paulo Pinheiro (PMDB), enquanto a prefeiturável governista Regina Maura (PTB) ficava com 32% das menções, 3% abaixo do registrado um mês antes. Na mesma pesquisa, Fernando Turco (PSOL) obteve 1% da preferência. Neste período, a cidade já não contava com a alternativa petista oferecida pelo candidato Edgar Nóbrega, que se viu obrigado a desistir de sua candidatura após a divulgação de vídeo em que supostamente oferecia o apoio de sua legenda à administração de José Auricchio Júnior. Divulgado pelo candidato a vereador pelo PCdoB, Éder Xavier, as imagens também envolviam o ex-secretário de governo da Prefeitura, Tite Campanella, que acabou sendo desonerado do cargo.

Debates Mesmo com orçamento estimado em R$ 901 milhões, e sendo a cidade brasileira

São Caetano Eleitores: : 119.394 Habitantes: 149.263 Território: 15 km² Orçamento: R$ 901 milhões Candidatos a prefeito: 3

Regina Maura (PTB)

com o melhor Índice de Desenvolvimento Humano, Segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, diversos problemas foram discutidos nos debates realizados no município. Como ocorreu em todas as cidades da região, a saúde foi assunto constante nos discursos dos candidatos. Enquanto os líderes das pesquisas, e médicos de formação, prometiam melhorias, mas não reformas estruturais, Turco atacava o convênio firmado entre a Prefeitura e a Fundação ABC e defendia a contratação direta dos profissionais de saúde. Além de também apontar a estreita ligação de

Pesquisa São Caetano 11/ a 15/4 IBOPE

19/7 DGABC

21/8 DGABC

14 a 16/9 BOPE

21/9 DGABC

24 a 26/9 OPINIÃO

Paulo Pinheiro (PMDB)

36

33,7

41,1

50

52,6

46,75

Regina Maura (PTB)

34

41,1

37,7

32

32,6

33,5

Fernardo Turco (Psol)

0

1,1

0,7

1

2,1

1,5

Edgar Nóbrega (PT)

6

5,9

2,4

-

-

-

13

7,7

6,5

7

6,1

5,75

9

10,5

11,6

10

6,6

12,5

Brancos e nulos Não sabem

Registros: SP-00015/2012, SP-00128/2012, SP-00515/2012, SP-00937/2012, SP-01170/2012, SP-01302/2012

Paulo Pinheiro (PMDB)

seus concorrentes com o Auricchio e a falta de transparência nas ações do governo, e na relação com seus respectivos comissionados. Cortiços O fato de 747 famílias de São Caetano ainda morarem em cortiços também foi outro aspecto muito explorado na fala dos postulantes ao Paço. Como a cidade também carece de áreas para a construção de moradias, os planos para a resolução desta questão se resumiram a projetos de revitalização dos cortiços ou construção de novas habitações novas, através da realização de parcerias público-privadas e junto ao governo estadual e federal. Enchentes Outro problema que assola alguns pontos da cidade e que também foi levado para a discussão pública diz respeito às enchentes. No bairro Fundação, por exemplo, os moradores são obrigados a instalar comportas que chegam a mais de 1,5m de altura. “ Em suas considerações, o candidato Fernando Turco afirmou esperar que o piscinão Jaboticabal resolva uma

Fernando Turco (PSOL)

parcela do problema, mas que obras de microdrenagens devem ser feitas para aliviar as áreas menores que também ficam alagadas. Paulo Pinheiro defendeu que o principal órgão a interferência do Estado como ponto primordial para as enchentes, ao defender a proposta de que a retenção das águas deve ser realizada já nas origens das cidades onde o problema se inicia, e que em sua administração buscaria o apoio dos municípios vizinhos. Já Regina Maura destacou a intenção de realizar mais obras neste sentido, como a elevação da ponte São João Batista, no bairro Mauá, que permitiria a construção de um muro na margem do rio, como foi feito no bairro são José, além de garantir a implantação do piscinão Oratório, que reduzirias as enchentes no bairro Fundação. Mobilidade Com uma frota de mais de 88 mil carros e fazendo fronteira com os municípios de Santo André, São Bernardo e São Paulo, o que aumenta ainda mais os congestionamentos nos horários de pico, o caos no transito também

Candidatos a vereador: 295 Vagas na Câmara: 19

esteve presente na corrida eleitoral. Promessas como a implantação do bilhete único e a construção de ciclovias foram iniciativas defendidas de maneira unânime pelos candidatos. Troca de farpas A iminência do desfecho do processo eleitoral já no primeiro turno fez com que a reta final da campanha em São Caetano fosse marcada por polêmicas de cunho pessoal levantadas principalmente nas redes sociais. Questionamentos à religião, à honestidade e até mesmo à autonomia política de Paulo Pinheiro e Regina Maura surgiram de maneira quase inesgotável no Facebook, o que fez com que a guerra entre militantes e simpatizantes dos dois candidatos passasse também para o meio virtual. Até mesmo os perfis oficiais dos dois prefeituráveis chegaram a se manifestar sobre determinadas situações, o que alimentou ainda mais a reverberação de assuntos que não contribuíram em nada para o processo eleitoral da cidade. (Colaborou Nathália Blanco).


Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Diadema

POLÍTICA

7

Repórter Diário

Reali pode confirmar favoritismo Fotos: Forlan Magalhães

Marcelo Melo

Fotos: Forlan Magalhães/divulgação

Fundada em 1959, Diadema é a segunda cidade mais nova da região, perdendo neste quesito apenas para Rio Grande da Serra, cuja fundação data de 1964. O crescimento e a ocupação desordenada de seu território, com a maior taxa de densidade demográfica do ABC, fez com que o município apresentasse problemas que não foram completamente resolvidos pelos prefeitos que já administraram a cidade e a vida de seus 386.039 habitantes. Além da óbvia preocupação com questões relacionadas à moradia, como a regularização fundiária, reurbanização e prevenção de acidentes em áreas de risco, outras questões que foram amplamente discutidas junto ao eleitorado diademense. Os candidatos também falaram sobre o déficit de vagas nas creches, com cerca de cinco mil crianças na fila de espera, a falta de médicos nos equipamentos de saúde e o possível cancelamento da integração gratuita entre o trólebus e os ônibus municipais nos terminais da cidade. Baseados no fato de que nos últimos 30 anos a cidade foi comandada pelo PT, durante toda a campanha eleitoral, os candidatos Buiú da Praça, do PMN, Ivanci dos Santos, do PSTU, Lauro Michels, do PV, Maridite Oliveira, do PSDB e Vladão, PCB, adotaram discurso combativo em relação à atual gestão do petista Mário Reali, ao atribuir a ele a culpa por problemas denunciados pelos munícipes. Entretanto, ao contrário do que foi observado em outros pleitos eleitorais da região, Reali não utilizou de sua liderança apontada pe-

Buiú da Praça (PMN)

Ivanci dos Santos (PSTU)

Lauro Michels (PV)

Maridite de Oliveira (PSDB)

Mário Reali (PT)

Vladão (PCB)

Integração gratuita nos terminais de Diadema está ameaçada las pesquisas eleitorais, que sempre indicavam a possibilidade de reeleição já no primeiro turno, para fugir do combate ideológico junto a seus concorrentes, assim como fizeram seu colega de partido e prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, e Aidan Ravin (PTB), chefe do Executivo de Santo André, que recorrentemente faltaram a este tipo de evento.

Para melhorar a educação e ampliar o atendimento das creches de Diadema, os projetos apresentados basearam-se basicamente na construção de mais equipamentos, por meio de parcerias com empresas e entidades e da ampliação do Mais Educação, projeto do governo federal que transfere renda ao município para o ensino em tempo integral.

Promessas Encabeçados pelo candidato Lauro Michels, que sempre apareceu em segundo lugar nas pesquisas e que na reta final conseguiu diminuir a vantagem para Reali, com chances reais de chegar ao segundo turno, o teor dos projetos apresentados pelos concorrentes do prefeito quase sempre se repetiu. Foi o caso das melhorias projetadas para a saúde, em que a formulação de um novo Plano de Cargos e Salários e a consequente valorização dos profissionais da saúde foi ponto unânime no discurso de todos os prefeituráveis. A construção de AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades), por parte da candidata Maridite Oliveira foi a proposta que mais destoou das demais neste sentido.

Integração A possibilidade da integração gratuita oferecida nos terminais de Diadema pode ser interrompida por imposição da empresa Metra, que pede R$1 por viagem para realizar a manutenção de seus equipamentos, também foi tema recorrente na fala dos prefeituráveis do município, que prometeram manter o sistema que há 20 anos não onera os munícipes. A diferença se dá na forma com que os candidatos enxergam esta possibilidade. Lauro Michels, por exemplo, defende que Prefeitura subsidie metade deste valor, enquanto todos os outros afirmam que a questão deve ser tratada junto ao Estado, para que a cidade não seja obrigada a gastar recursos próprios.

Diadema Eleitores: 320.387 Habitantes: 386.089 Território: 31 km² Orçamento: R$ 841 milhões Candidatos a prefeito: 6 Candidatos a vereador: 417 Vagas na Câmara: 21

Candidatos prometem plano de cargos e salários para os médicos

Pesquisa Diadema 18/7 DGABC Reali (PT)

23/8 DGABC

28 a 30/8 IBOPE

21/9 DGABC

2/10 OPINIÃO

42

40

44,2

45,5

21

25,5

24,75

7

5,3

4,75

0

1,1

1

1

1

0

2

1,4

3,25

15

14,1

12,5

15

7,6

8,25

42,7

Michels (PV)

14,5

Maridite (PSDB)

4,5

Ivanci (PSTU)

2,3

Vladão (PCB)

1,6

Buiu (PMN)

1,5

Brancos e nulos

12,9

Não Sabem

20

22,7 4,5 1,1 0,6 0,9 12,6 15,6

SP-00127/2012, SP 00530/2012, SP-00658/ 2012, SP-01169/2012, SP-01398/2012

Mauá

Segundo turno deverá ter Donisete e Vanessa Camila Bezerra Mauá tem grande possibilidade de crescer por conta de sua localização estratégica. A cidade fica no meio do caminho entre a capital, que é o maior polo industrial do País, e o Porto de Santos, o principal ponto de entrada e saída de mercadorias do Brasil. Em termos de infraestrutura, Mauá conta ainda com a linha férrea e o Rodoanel, que facilitam o escoamento da produção municipal e estadual e que poderiam ajudar a alavancar o desenvolvimento econômico da cidade de 417 mil habitantes. No entanto, para crescer e se desenvolver, Mauá tem um grande obstáculo pela frente: dívida de R$ 1,4 bilhão. De acordo com o vice-prefeito de Mauá, Paulo Eugenio, a pendência foi contraída na gestão do prefeito Amaury Fioravanti, entre 1989 e 1992, devido ao superfaturamento das obras para canalizar o córrego Corumbé, no Jardim Zaíra. Além de comprometer o orçamento municipal, a dívida causa R$ 3 milhões de prejuízo aos cofres públicos, já que Mauá perde o repasse do Fundo de Participação dos Municípios, repassado pelo governo federal. Eleito neste mês, o próximo prefeito terá orçamento de R$ R$ 686 milhões para empregar na melhora da qualidade da saúde municipal, além de zerar o déficit de vagas para creches, promover a inserção do jovem mauaense no mercado de

trabalho, articular junto a distribuidoras o fornecimento ininterrupto de água, monitorar e realocar as famílias que moram em área de risco, entre outras ações sociais que urgem atenção das autoridades. Para encarar o desafio de resolver estas questões, Átila Jacomussi (PPS), Diniz Lopes (PR), Donisete Braga (PT), Edimar da Reciclagem (PSDB), Irmão Ozelito (PTB), José Silva (Psol), Paulo Bio (PV) e Vanessa Damo (PMDB) disputam o Paço no próximo domingo. Líder nas pesquisas, Vanessa Damo (PMDB) foi duramente criticada pelos adversários ao longo da campanha, principalmente nos debates. Isso porque a candidata é filha de Leonel Damo, ex-prefeito que, segundo a oposição, perdeu o controle da dívida da cidade e que fez um péssimo governo enquanto chefiou a Prefeitura. Recursos A peemedebista também foi questionada, especialmente por Diniz Lopes, por ter enviado mais recursos para outras cidades do Estado do que fez para Mauá. Apesar das críticas, Vanessa conta com o apoio dos companheiros de partido Michel Temer, vice-presidente da República, e Paulo Skaf, presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). Quem deve disputar o segundo turno com Vanessa Damo, que tem 32,7% das intenções de

Fotos: Forlan Magalhães/divulgação

Vanessa Damo (PMDB)

Donisete Braga (PT)

Atila Jacomussi (PPS)

Diniz Lopez (PR)

Edimar da Reciclagem (PSDB)

Irmão Ozelito (PTB)

Paulo Bio (PV)

Profº José Silva (Psol)

voto, é o petista Donisete Braga, que conquistou 20,4% do eleitorado. Ao longo da campanha eleitoral, Braga contou com a presença dos cabos eleitorais Miriam Belchior, ministra do Planejamento e ex-mulher do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que somou sete mil militantes em seu comício, realizado na avenida Portugal, em 24 de setembro. Apesar dos números apresentados pelas pesquisas eleitorais, os demais candidatos se mostram confiantes de sua presença na segunda etapa da eleição. Tanto é que intensificaram o corpo a corpo e carreatas na reta final desta eleição. Mesmo que sua candidatura esteja indeferida, o candidato Diniz Lopes continua nas ruas, promovendo seus projetos e sua experiência de 11 meses como prefeito. O candida-

Pesquisa Mauá 17/7 DGABC

20/8 DGABC

07 a 09/9 IBOPE

24/9 DGABC

24 a 26/9 Instit. UP

2/10 OPINIÃO

Vanessa (PMDB)

25,8

31,7

30

32,7

31

28,74

Donizete (PT)

13,7

15,3

21

20,4

25,3

24,75

Diniz (PR)

9,7

11,4

7

5,6

9,3

10,18

Paulo Bio (PV)

1,9

0,9

1

0,7

4

1,2

10,6

8,7

11

11,8

11

11,98

Ozelito (PTB)

8,2

8,9

3

7,3

4,1

6,39

José Silva (Psol)

0,9

0,8

0

0,9

1,4

0,6

Edmar (PSDB)

3,2

2,5

3

2,7

1,6

1

Brancos e Nulos

10,9

10,9

12

12,2

6,2

12,57

Não Sabem

15,1

8,9

12

5,7

9,7

2,59

Atila (PPS)

Registros: SP-00125/2012, SP-00528/2012, SP-00802/2012, SP-01168/2012, SP-01242/2012 e SP-01397/2012

to do PR foi julgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), com base na Lei Ficha Limpa, por causa de irregularidades constatadas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). O TCE identificou a concessão de 13º salário e de auxílio-moradia aos vereadores e o pagamento de hora extra aos fun-

cionários comissionados da Casa entre 2003 e 2006, período em que Lopes era líder da Câmara dos Vereadores. O candidato deve recorrer da decisão ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), mas se a decisão definitiva não for emitida pelo tribunal de Brasília até domingo, os votos de Diniz serão anulados.

Mauá Eleitores: 293.145 Habitantes: 417.064 Território: 61 km² Orçamento: R$ 686 milhões Candidatos a prefeito: 8 Candidatos a vereador: 392 Vagas na Câmara: 23


8

Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Repórter Diário

Ribeirão Pires

Disputa pelo Paço chega à Justiça Fotos: Banco de Dados e divulgação

Camila Bezerra Ribeirão Pires é a única cidade do ABC que ostenta o título de estância turística. Mas o clima de interior da cidade, que conta com parte da Represa Billings e matas, só figura no centro das atenções do ABC geralmente entre julho e agosto, quando é realizado o tradicional Festival do Chocolate. Além de manter o sucesso do evento gastronômico, o futuro prefeito terá ainda a missão de administrar o orçamento de R$ 211 milhões, investir em políticas para atrair empresas e, consequentemente, gerar mais empregos. Assim como nos demais municípios da região, candidato ao Paço de Ribeirão vai precisar priorizar os serviços de saúde para reduzir a fila de espera por atendimento médico especializado. Mas ao contrário do clima tranquilo da cidade, a temperatura da campanha eleitoral na cidade está nas alturas. Isso porque os candidatos Saulo Benevides (PMDB) e Edinaldo de Menezes, o Dedé da Folha (PPS), levaram a disputa pela Prefeitura de Ribeirão Pires para a Justiça. Apesar de continuar em campanha, Dedé já está fora da disputa, de acordo com as decisões da Justiça Eleitoral de Ribeirão Pires e do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), que enquadraram o candidato na Lei da Ficha Limpa. O candidato do PPS tentou reverter a situação, mas o ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Marco Aurélio Mello, rejeitou recurso e manteve a impugnação da candidatura de Dedé, acusado de abuso de poder econômico. Em 2004, Dedé disputou uma vaga na Câmara e teria usado o jornal Folha de Ribeirão Pires, que

Dedé da Folha (PPS)

Maria Inês (PT)

Alberto Ticianelli (Psol)

Com a oitava edição em 2012, o Festival do Chocolate movimenta a economia de Ribeirão Pires

pertence a sua família, para promover sua campanha. A ação que denunciou a irregularidade de Dedé foi movida pela coligação “Mudar para Melhor”, liderada pelo também prefeiturável Saulo Benevides (PMDB), que ainda teve de dar explicações à Justiça. Benevides foi acusado por Dedé de cometer irregularidade eleitoral ao distribuir com veículo da campanha um jornal na cidade como se fosse propaganda eleitoral. Na última terça-feira (2), promotor eleitoral Abner Castorino considerou que a ação de Dedé, que pede a cassação de Saulo, é improcedente, visto que as matérias veiculadas pela publicação não caracterizam benefício ao candidato. Pesquisas Com 34,6%, Saulo Benevides lidera a pesquisa de intenção de voto, de acordo com o levantamento realizado pelo

Diário do Grande ABC em 25 de setembro. O peemedebista, que atualmente ocupa uma cadeira na Câmara de Ribeirão, tem como cabo eleitoral o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) Paulo Skaf. Também filiado ao PMDB, Skaf garantiu articulação da Fiesp para trazer indústrias para o município. Em segundo lugar na pesquisa está a petista Maria Inês Soares, com 22,3% do apoio do eleitorado. Prefeita entre 1997 a 2000 e 2001 a 2004, Maria Inês tenta voltar ao Paço de Ribeirão Pires e, para isso, conta com o apoio de Jorge Hereda, presidente da Caixa Econômica Federal. No dia 15 de setembro, Hereda esteve na cidade para fazer campanha para sua ex-chefe. O presidente do banco estatal respondeu pela Pasta de Desenvolvimento Sustentado de Ribeirão Pires no primeiro mandato dza

petista Maria Inês Soares. Tecnicamente empatado com Maria Inês, Dedé da Folha aparece em terceiro lugar na pesquisa de intenção de voto, com 21,5% do apoio do eleitorado. Mas caso não consiga suspender a impugnação da candidatura, os votos para Dedé serão anulados – o que só favorece o primeiro colocado Saulo Benevides. Alberto Ticianelli, o primeiro candi-

Saulo Benevides (PMDB)

dato do Psol à Prefeitura, fecha o ranking da pesquisa de intenção de voto, com 1% do eleitorado. Com 87.318 eleitores, Ribeirão Pires é um dos três municípios do ABC que não terão segundo turno. Assim como São Caetano e Rio Grande da Serra, a cidade não tem os 200 mil eleitores para provocar a disputa pelo Paço por apenas dois candidatos.

Ribeirão Pires Eleitores: 87.318 Habitantes: 113.068 Território: 99 km² Orçamento: R$ 211 milhões Candidatos a prefeito: 4 Candidatos a vereador: 319 Vagas na Câmara: 17

Pesquisa Ribeirão Pires 14/7 DGABC

18/8 DGABC 34,9

25/9 DGABC

24 a 27/9 OPINIÃO

34,6

37,46

Saulo Benevides (PMDB)

24,7

Maria Inês (PT)

22,9

19

22,3

20,2

Dedé da Folha (PPS)

25

20,1

21,5

28

Alberto Ticianelli (Psol)

1,4

1,2

1

4,23

Brancos e Nulos

10,7

14,1

12,5

7,82

Não sabem

15,3

10,1

8,1

2,28

Registros: SP-00070/2012, SP-00122/2012, SP-526/2012 , P-01169/2012, SP-01301/2012

Rio Grande da Serra

UPA é promessa entre candidatos Marcada por uma pequena, porém significativa virada, a disputa eleitoral de Rio Grande da Serra conta com quatro candidatos. Sucessor do atual prefeito Kiko, o tucano Gabriel Maranhão (PSDM) tem maior preferência entre pesquisas recentes, e o petista Claudinho Geladeira faturava pequena vantagem em julho. A disputa entre Maranhão e Geladeira começou acirrada em julho, quando o petista tinha 34,4% da intenção de votos, enquanto o tucano estava com pouco mais de 32%. Já na última pesquisa, Maranhão disparou para 48% e Claudinho ficou para trás, com 28,33%. Já o candidato Luiz Internet (PSDC) figura hoje com 4% das intenções de voto, segundo pesquisa do Instituto Opinião. O PCdoB perdeu a preferência do eleitorado ao ter o candidato Nilson do Mercado impugnado, em julho, pela Lei da Ficha Limpa. Nilson vendeu produtos vencidos (constatação da vigilância sanitária após denúncia) e os filhos da vitima teriam se intoxicado. O caso aconteceu em setembro de 2008. “O juiz registrou o julgamento como doloso e na época eu recorri, mas não tinha conhecimento que o processo ainda corria. Se soubesse nem teria me candidatado”, explica. Logo após a impugnação, Nilson desistiu da candidatura e indicou o filho, Nilsinho do Mercado, de 21 anos, como candidato pelo partido. “Preferi indicar a substituição para não gerar dúvida na cabeça do eleitor, não adianta prorrogar as coisas”, analisa Nilson. “Por causa da sentença do juiz, pelo fato de ser dolosa, minha candidatura ia continuar sendo indeferida”. Nas pesquisas de intenção de voto, a preferência pelo pai era de 9,8% antes da impugnação, enquanto o filho figura hoje com apenas 2%.. (Colaborou Nathália Blanco)

Gabriel Maranhão - PSDB

Nilsinho (PCdoB)

Quatro candidatos disputam o Paço do municpípio, que tem 33.457 eleitores e 37 km²

Saúde é problema em Rio Grande A saúde foi um dos assuntos mais em pauta nas eleições municipais deste ano na região. Em Rio Grande da Serra não foi diferente. A moradora Ruth Leite Raimundo diz que não consegue atendimento nos postos de saúde e faz o tratamento da filha em Santo André. “Minha filha tem meningite e paralisia infantil, e todas as vezes que fui ao posto com ela, não consegui atendimento”, reclama a moradora. Tamires Sousa diz não ter mais coragem de levar o filho aos postos da cidade. “A última vez que levei meu filho de 11 meses com febre e vômito ao hospital, aplicaram uma injeção de adrenalina”, conta Tamires. O menino começou a convulsionar, mas ainda assim a moradora não conseguiu atendimento adequado na cidade, e teve que levar o

pequeno para o Hospital São Lucas, em Ribeirão Pires. É por estes e outros motivos que os três candidatos ouvidos pelo Repórter Diário prometem uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mesmo a cidade tendo menos habitantes do que os 50 mil necessários para a construção do estabelecimento. “O ministro Alexandre Padilha se comprometeu a trazer uma UPA. A cidade está nas divisas e atende uma demanda que passa de 60 mil habitantes”, promete Claudinho Geladeira. Para Nilsinho, a unidade é importante porque vai suprir o deslocamento entre um posto e outro. “Hoje, o cidadão que machuca o pé, precisa tirar raio-x em um lugar e engessar em outro”, aponta. Maranhão também espera conseguir uma unidade para o

Claudinho da Geladeira - PT

Luiz Internet (PSDC)

Pesquisa Rio Grande da Serra 14/7 DGABC Maranhão (PSDB)

32,1

Claudinho (PT)

34,4

Nilson (PCdoB)

9,8

Nilsinho (PCdoB) Luiz Internet (PSDC) Brancos/nulos Não Sabem

2,6 12,3 8,8

18/8 DGABC

21/9 DGABC

24 a 27/9 OPINIÃO

44,7

44,5

48

30,8

39,5

28,33

-

-

-

3,7

1,8

2

1,4

1,5

4

5,9

7,3

10,33

13,5

5,4

13,67 7,77

Registros: SP-00123/2012 , SP-00525/2012 , SP-01166/2012 , SP-01299/2012

município. “Vamos cobrar do governo federal”, responde o tucano que diz ter três metas para a saúde na sua gestão: humanização do atendimento, entrega de remédio de uso continuo para os pacientes acima dos 60 anos e especiais e contratação de médicos. Crescimento econômico Tendo em vista que o município é totalmente protegido pela lei de preservação aos mananciais, outra preocupação é em crescer econo-

micamente, gerar empregos e trazer empresas respeitando a legislação ambiental. Claudinho quer investir no pequeno empreendedor da cidade. “Temos muitos pequenos empreendedores e a ideia é fazer uma parceria entre o empresário e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, para investir nele. ”. Já Maranhão quer diminuir a burocratização. “Tenho como foco ser parceiro das empresas e agilizar o processo. Vamos também

adequar o Plano Diretor”, afirma. Nilsinho acha que a lei dos mananciais não deve impedir a instalação de empresas na cidade.

Rio Grande da Serra Eleitores: 33.457 Habitantes: 43.974 Território: 37 km² Candidatos a prefeito: 4 Candidatos a vereador: 159 Vagas na Câmara: 13


Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

ECONOMIA

Inclui Cultura, Gastronomia, Cinema, Novelas e Social

REPÓRTER DIÁRIO

9

462 jovens serão encaminhados para o mercado de trabalho em Mauá Foto: Divulgação

Camila Bezerra Falta de experiência, ausência de qualificação e não saber como se comportar em processos seletivos. Estas são apenas algumas das dificuldades enfrentadas pelos jovens para entrar no mercado de trabalho, mas que podem ser superadas desde que eles procurem meios de se aperfeiçoar, como fez Rita de Cássia Perossi, uma das 462 participantes programa Projovem Trabalhador – Juventude Cidadã, que forma sua promeira turma neste mês. A jovem mauaense de 27 anos sempre teve dificuldade para conseguir emprego, pois nunca trabalhou com carteira assinada. Em maio, ela decidiu participar do programa, a fim de aprender uma nova profissão na área alimentícia. “Aprendi a fazer bobó de camarão, salmão, nhoque. Sei cozinhar do básico à cozinha sofisticada”, comemora Rita. Para ela, o programa também foi relevante porque dá aos jovens de baixa renda uma nova perspectiva. “Hoje penso em fazer uma faculdade de gastronomia, penso em carreira e futuramente, ter o meu próprio negócio”, conclui. Realizado em parceria da Secretaria de Trabalho e Renda de Mauá e do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), o Projovem oferece cursos de administração, alimentação, arte e cultura, construção e reparos, esporte e lazer, saúde, metalur-

Projovem ofereceu mil vagas de cursos profissionalizantes para jovens de baixa renda gia e telemática – modalidades definidas após a realização de um estudo de demanda na cidade, segundo o secretário de Trabalho e Renda de Mauá, Marcelo Lucas Pereira. O projeto também tem como objetivo empregar 30% dos mil participantes selecionados para participar do programa. Visa ainda promover ações que contribuam para a valorização dos direitos humanos e da cidadania, além da redução das desigualdades. Após a conclusão das 350 horas de curso, os participantes do Projovem serão encaminhados para vagas de emprego nas empresas da cidade até

janeiro de 2013. Ainda não há data definida para a abertura de novas turmas, mas a Secretaria de Planejamento prevê a oferta de vagas em fevereiro e junho do próximo ano. Para se inscrever no programa, o jovem deve ter entre 18 e 29 anos, estar em situação de desemprego, ter renda per capita familiar de até um salário mínimo que esteja cursando ou tenha concluído o ensino fundamental ou esteja cursando ou tenha concluído o ensino médio e não esteja cursando ou concluído o ensino superior. Outro eixo do programa trabalha a qualificação pessoal

Mudanças no Minha Casa Minha Vida O ministro do Trabalho, Carlos Brizola Neto, anunciou uma série de mudanças para os valores de imóveis e subsídios para o Programa Minha Casa Minha Vida. A decisão foi tomada dentro do Conselho Curador do FGTS, que é presidido pelo ministro. "Estamos ampliando a possibilidade de acesso ao programa", afirmou.

Entre as mudanças, Brizola Neto anunciou que o Conselho Curador do FGTS aumentou o salário familiar considerado para a faixa 2 do Programa Minha Casa Minha Vida de até R$ 3,1 mil para R$ 3,275 mil. Para a faixa 1 do programa, o Conselho manteve os valores em até R$ 1,6 mil e para a faixa 3 também foi mantido o teto

de até R$ 5 mil, considerando como novo piso o valor R$ 3,275 mil e não R$ 3,1 mil. O ministro informou também que a taxa de juros para a faixa 3 foi reduzida em um ponto porcentual, passando de 8,16% ao ano para 7,16% ao ano. "A redução desses juros foi toda bancada pela diminuição do spread bancário", diz.

dos candidatos. Entre as disciplinas, os professores incentivam os participantes a dar continuidade aos estudos. “Nós temos mais de 670 empresas que disponibilizam vagas, mas para 90% das vagas é necessário ter ensino médio completo ou cursando. Isso significa que não é o curso que irá resolver o problema do trabalhador que tem baixa escolaridade. Por isso, fazemos trabalho de sensibilização para que os participantes retomem o processo de escolarização”, afirmou Marcelo Lucas Pereira. “Apenas 5,6% dos empregos formais são ocupados por quem tem menos de nove anos de estudo”, diz.

rd rÁPIDAS Automóveis mais econômicos e seguros terão incentivo fiscal

As empresas do setor automotivo contarão com incentivo de redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) ao fabricar carros mais econômicos, mais seguros e ao investir na cadeia de fornecedores e em engenharia, tecnologia, pesquisa e desenvolvimento. Esse incentivo está previsto no Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto), lançado ontem (4) pelo governo federal. O programa prevê benefícios tributários para as empresas que produzem veículos no País, as que somente comercializam e para as que quiserem vir investir no Brasil. Uma das principais metas do novo regime é a redução de 12,08% do consumo de gasolina e etanol até 2017. Caso a empresa ultrapasse essa meta, vai contar com o benefício de até dois pontos percentuais do IPI. Repercussão O vice-presidente da Ford Brasil, Rogélio Golfarb, disse que o novo regime automotivo (Inovar-Auto), cria grandes desafios para todo o setor, mas as novas regras estão no caminho certo para levar a indústria a ganhar competitividade no cenário mundial. De acordo com ele, o Inovar-Auto impôs um objetivo de conteúdo local para a produção que instiga a indústria automotiva a produzir no Brasil a tecnologia de ponta existente no restante do mundo. "O novo regime automotivo é positivo. Cria um nível de desafio razoável para a indústria, mas um desafio necessário", disse. Início imediato O CTR (Central de Trabalho e Renda) de São Bernardo oferece 20 vagas em caráter de urgência para trabalhar como atendente de uma rede

de fast-food no São Bernardo Plaza Shopping, que será inaugurado em novembro. As vagas são para ambos os sexos, não é exigida experiência e os candidatos devem ter de 16 a 22 anos e ensino fundamental completo. O salário é de R$ 2,68 por hora. A empresa oferece benefícios como vale-transporte, seguro de vida e assistência odontológica e médica. A CTR fica na Rua Marechal Deodoro, número 2.316. Poupança Os depósitos na caderneta de poupança superaram os saques em R$ 5,951 bilhões em setembro, informou nesta quinta-feira o Banco Central. Esse é o maior resultado para meses de setembro da série iniciada em 1995. No ano, a poupança já captou R$ 33,186 bilhões, acima dos R$ 9,5 bilhões registrados em 2011.


10

Repórter Diário

Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

CULTURA/GASTRONOMIA

Festival de Teatro Estudantil traz 15 espetáculos a São Caetano Da Redação

Até o dia 13 de outubro, a Fundação das Artes de São Caetano realiza o Festival de Teatro Estudantil, projeto idealizado pelos professores de teatro da região do ABC. São 288 alunos, de 14 escolas, envolvidos em 15 peças que começaram a ser apresentadas na última segunda-feira (1). O final de semana conta com três encenações apresentadas no Teatro Santos Dumont com entrada gratuita. Nesta sexta-feira (5), às 14h30, os alunos do colégio Colégio Albert Einstein apresentam a peça Monstros S.A. A trama remete à história do famoso filme dos estúdios Pixar, no entanto inova integrando canções de Raul Seixas. No mesmo dia, às 20h30, é a vez dos alunos do Colégio Central Casa Branca, em Santo André, apresentarem a peça O Carteiro de Bonecas, de Ronaldo Ventura. O espetáculo conta uma passagem misteriosa da vida do escritor Franz Kafka, que um dia encontrou uma menina chorando porque havia perdido sua boneca e tenta acalmá-la inventando o personagem que dá nome à peça. A Entrevista No sábado (6), o teatro recebe a peça convidada A Entrevista, realizada pelos alunos do Programa Viva Arte Viva, de São Caetano, que atende pessoas de 14 a 60 anos. “É um grupo essencialmente adolescente, mas há pais fazendo o curso com os filhos”, conta Vanessa Senatori, professora de teatro da Fundação das Artes de São Caetano e idealizadora do Festival Estudantil. O espetáculo conta a história de um jovem angustiado por uma desilusão amorosa, que é incentivado pelos pais a enfrentar o mais novo desafio de sua vida: sua primeira entrevista de emprego.

Raiz do Samba se apresenta neste sábado O Sesc São Caetano apresenta gratuitamente neste sábado (6), às 16h, o grupo Raiz do Samba. Formada há cinco anos, a banda interpreta sambas consagrados do grande público e relembra autores e intérpretes do gênero que marcaram época. O grupo resgata o verdadeiro samba de raiz, samba de roda, partido alto, samba enredo, samba canção, entre outros. No repertório, nomes como Nelson Cavaquinho, Cartola, Noel Rosa, Paulinho da Viola, Elton Medeiros, Dona Ivone Lara, Wilson Moreira, Martinho da Vila, Nei Lopes, Adoniran Barbosa, Vadico, Sombrinha, Fundo de Quintal, Almir Guineto , Zeca Pagodinho, entre outros. Atualmente, o grupo se apresenta formando rodas de sambas em clubes e casas noturnas. O Sesc fica na rua Rua Piauí, 554, em São Caetano e o telefone para mais informações é (11) 4223-8800.

Foto: Divulgação

O Carteiro de Bonecas será apresentado na sexta-feira (5) “É um tema que está muito latente no grupo, porque muitos dos alunos estão passando pela pressão de entrar no mercado de trabalho”, explica Vanessa ao contar que a peça passa pelo exagero e teatro do absurdo. Para Ana Paula Demambro, professora de teatro do Colégio Arbos e também idealizadora do Festival diz que o objetivo do projeto é fomentar a cultura entre os estudantes e mostrar aos atores mirins a produção teatral de outras escolas. “Sentimos falta de um evento deste porte de teatro estudantil na região”, afirma. Vanessa conta que ao final de cada apresentação, os grupos contarão com dois técnicos da Fundação e um convidado, para discutir a apresentação e melhorar o desempenho dos alunos. Os convidados são Bete Dorgam, Célia Luca, Gabriela Rabelo, Luciana Magiolo, Marcelo Soler, Sonia Azevedo, Vera Achatkin, Célia Luca e George Vilches.

Programação: Teatro Santos Dumont, Avenida Goiás, 1111, bairro Santa Paula

Monstros S.A., Adaptação de Diogo da Costa Pereira 05/10, sexta, às 14h30. O Carteiro de Bonecas, de Ronaldo Ventura 05/10, sexta, às 20h30. A Entrevista, de Bruno Levinson e Daniel Herz 06/10, sábado, às 20h30. A Arca do Mané, de Wesley Rodrigo Pellegrin 08/10, segunda, às 20h30. Tudo Culpa da Maçã, de Wesley Rodrigo Pellegrin 09/10, terça, às 14h30. Teseu, de Cássio Pires 09/10, terça, às 20h30. Querido Internato, criação coletiva 10/10, quarta, às 14h30. Rumo à Tocha, de Patrícia Luana Sgarbi 11/10, quinta, às 14h30. Os Saltimbancos, de Chico Buarque 11/10, quinta, às 20h30 Bang-bang, inspirado na obra Bang Bang! Você morreu. 12/10, sexta, às 18h. (espetáculo convidado) Espetáculo Especial Um Rap para Teodora, de Telma Dias. 13/10, sábado, às 17h.

Polo Cultural Casa de Vidro Avenida Goiás, 1111, (praço do Professor ) bairro Santa Paula

A Pedra, de Andersson Zotesso e criação coletiva 10/10, quarta, às 20h30.

Era Uma Vez Uma Floresta

Foto: Divulgação

Turma da Mônica retrata situação dos animais em extinção O teatro municipal de Santo André apresenta nos dias 7, 10 e 12 a peça infantil Era Uma Vez Uma Floresta, de Maurício de Sousa. No espetáculo, a Turma da Mônica faz uma viagem à floresta para retratar a situação dos animais em extinção e mostrar como contribuir para preservação deles. Desde 2010 nos palcos, a produção conta com uma equipe com mais de 50 profissionais envolvidos nas áreas de roteiro, cenografia, figurino, adereço, arte final, música original, dublagem,

camareiros, contra regras, produção, direção, coreografia, além de 10 artistas em cena. A apresentação já passou pelas cidades de São Paulo, Campos do Jordão, Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, Marília, Botucatu, Jaú, Brasília, Curitiba e Manaus. Há sessões às 16h e 18h. Os ingressos podem ser adquiridos diretamente na bilheteria do teatro, das 14h às 20h, e custam R$ 25 (meia), R$ 40 (antecipado) e R$ 50 (inteira). A indicação é livre. Mais informações nos telefones 44330789 e 2809-1907.

Parque Escola oferece oficinas diferenciadas O Parque Escola de Santo André, no bairro Valparaiso, traz em outubro programação variada de cursos, oficinas e palestras. Moda dos anos 1970, o tie-dye volta como forte tendência neste verão. Para os antenados e interessados em aprender a customizar suas peças de roupa, o espaço preparou curso dividido em dois módulos para ensinar a técnica. Haverá ainda oficinas de produção de sabonetes artesanais e da arte do origami. O parque terá também a oficina de orinuno, como é chamada arte da dobradura em tecido. Entre os produtos que podem ser feitos por meio da arte japonesa estão carteiras, porta-cartões, moedeiras e bolsas. Inscrições devem ser feitas pelo telefone 3356-9050.

ABC tem novo point gastronômico Quem mora no ABC sempre fica limitado a optar entre a avenida Goiás, rua das Figueiras ou avenida Kennedy na hora de escolher um bom restaurante para comer, mas esse paradigma está com os dias contados. Com a chegada de novos estabelecimentos, a rua Imperatriz Leopoldina, no bairro Nova Petrópolis, em São Bernardo, assume cada vez mais a cara de “novo point” gastronômico da região. Em funcionamento há sete meses, a Estação Leopoldina tem como especialidade servir carnes à argentina, além risotos e vinhos. “Vimos que São Bernardo estava carente do segmento de parrillas. Hoje, as pessoas deixam de ir a São Paulo para comer aqui no nosso restaurante”, diz Denis Littell, proprietário do estabelecimento. “Temos, por exemplo, o bife do parrilleiro, carne muito bem servida com um corte nobre. Sugerimos que esse prato seja acompanhado do Marques de Casa Concha, um vinho cabernet, que combina tanto com o risoto de fungi, como com a carne. Sem dúvida é uma bela pedida”, sugere Littell.

Há pouco mais de três anos no local, o Imperador Sushi oferece as possibilidades de rodízio ou à la carte. Além dos sushis, a casa oferece outras opções da cozinha oriental. “Nós também servimos tempuras, yakissoba, yakimeshi, rolinho primavera, teppanyakis e outros pratos”, explica Israel de Oliveira, do Imperador Sushi. Outra opção é a Batata Festa, que oferece um rodízio com dezessete tipos de batatas recheadas. Dentre as mais pedidas estão as de estrogonofe e canadense (carne bovina, molho madeira, creme de milho, catupiry e batata palha). Referência gastronômica “Além daqui ser uma via de acesso, temos muitos estabelecimentos de gastronomia. Acredito que em pouco tempo a rua será uma referência gastronômica como a Kennedy é”, analisa Littell, da Estação Leopoldina. “A Imperatriz Leopoldina é um corredor de passagem para o bairro. Com os investimentos comerciais e imobiliários, acredito que a rua é um chamariz para a divulgação gastronômica”, afirma Israel de Oliveira. Divulgação

Frango na Parrilha é da Estação Leopoldina Estação Leopoldina – Rua Imperatriz Leopoldina, 434 Imperador Sushi - Rua Imperatriz Leopoldina, 541 Batata Festa - Rua Imperatriz Leopoldina, 503

RD livro

As pontes de Königsberg

O escritor mexicano David Toscana, autor de livros como As Bicicletas e O Último Leitor, combinou referências históricas, mistério e imaginação no seu mais novo romance. Em As Pontes de Königsberg, o autor criou um emaranhado de personagens que viajam pelo tempo, narrações eletrizantes da Segunda Grande Guerra e o desaparecimento misterioso de seis meninas, unindo fantasia e realismo numa narrativa surpreendente. A história tem como cenário a cidade de Monterrey, no México, e a antiga cidade prussiana de Königsberg, conhecida pelo

enigma matemático de suas sete pontes. Para os adoradores da ficção, o livro é uma ótima pedida. Ao mesmo tempo em que leva o leitor a refletir sobre situações do mundo real, também o faz viajar por umaviagem quase surrealista.

Autor: David Toscana Editora: Casa da Palavra Páginas: 256 Preço sugerido: R$ 40


Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Repórter Diário 11

NOVELA/CINEMA

Novelas - Sinopses da semana de 8 a 13 de outubro 2012

ATEN­ÇÃO: OS RESU­MOS DOS ­CAPÍTULOS ESTÃO SUJEI­TOS A MUDAN­ÇAS EM FUN­ÇÃO DA EDI­ÇÃO DAS NOVE­LAS.

GLOBO 17h35

GLOBO 18h

GLOBO 19h

Segunda

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

SÁBADO

Dinho sente ciúmes do beijo entre Gil e Lia no pátio do colégio. Ju pede para ir à casa da Lia para conversar com a amiga. Mário aparece de surpresa na casa de Alice e a beija. Lia conversa com Ju sobre seu namoro com Gil e as duas amigas se reaproximam. Marcela explica para Gil o motivo da implicância de Fatinha. Lia anuncia que está procurando uma banda para tocar no sarau com ela.

Marcela chama Fatinha e tenta conversar com ela e alertar sobre seu comportamento. Isabela dá um livro de poesia para Leandro. Pilha pede para Fatinha dançar em sua apresentação no sarau. Tatá, Juca e Letícia pensam em ajudar Lia a encontrar uma banda para tocar no sarau. Fatinha beija Orelha para que ele retire todos os seus vídeos da TV Orelha. Marcela flagra Gil grafitando com Lia.

Gil confessa a Marcela que é o grafiteiro misterioso e diz que Lia não tem culpa. Fatinha ameaça contar uma mentira sobre Orelha para que ele não fale sobre o beijo dos dois. Dinho reclama do vídeo que Nélio fez de Ju. Gil é suspenso do colégio. Dinho confessa a Orelha que está dividido entre Lia e Ju. Lorenzo leva um fora de Marcela. Mathias interrompe um clima de romance entre Leandro e Isabela.

Lia espalha para todos que Fatinha está noiva. Lorenzo pede o divórcio para Raquel. Gil confessa para Marcela que gosta de Lia. Bárbara esconde roupas íntimas embaixo do travesseiro de Mário e Tico vê. Nando autoriza que Tatá e sua banda se apresentem no sarau. Alice se enfurece ao ver a roupa íntima de Bárbara na cama de Mário. Nélio encontra Ju na saída do colégio e Lia observa Dinho olhando para o casal.

Marcela gosta de ver Lia dando aula de guitarra para Gil. Mathias pede para Orelha filmar o sarau. Bruno fala para Dinho que apoia o relacionamento de Nélio com sua irmã. Gil não gosta quando Lia comenta que Lorenzo e Marcela poderiam ficar juntos. Rafael vê Morgana dançando com Fera e fica com ciúmes. Bruno convida Rita para sair. Pilha inicia sua apresentação com Lia.

Gil confessa que é o grafiteiro misterioso

Laura avisa a Jurema que Isabel saiu de sua casa. Bonifácio pede algo em troca para emprestar dinheiro a Diva. Sandra desiste das aulas de culinária. Bonifácio se declara adversário de seus antigos aliados políticos. Neusinha mente para explicar a Diva como sabe sobre a joia que ela mantém guardada. Bonifácio pede perdão a Edgar. Berenice vê Isabel procurando emprego e a destrata.

Isabel enfrenta Berenice. Isabel cuida de Matilde ao percebê-la indisposta. Isabel conta para Laura que Afonso a destratou na rua. Umberto anima Fernando para sair de casa. Constância teme que sua família entre em decadência. Quequé acompanha Neusinha na venda do colar de Diva. Mário e Frederico implicam com Bonifácio. Isabel garante que não contará quem é o pai de seu filho. Zé Maria convida Berenice para ir à sua casa.

Eulália convoca toda a família para um almoço. Albertinho descobre que Laura não sabe sobre seu envolvimento com Isabel. Teresa pede permissão para Sandra falar com Robério França. Caniço sente inveja de Zé Maria. Zé Maria ouve Berenice falando mal de Isabel para Jurema e fica furioso. Eulália mente para Olímpia e Teresa fica indignada. Isabel consegue o emprego de camareira.

Matilde presenteia Isabel. Eulália descobre que Sandra foi a uma entrevista de emprego e briga com Teresa. Constância descobre que Isabel está grávida. Jurema convida Zé Maria para ir ao teatro. Diva ajuda Isabel a enfrentar Afonso. Jurema chama Afonso para ir ao teatro. Edgar fala para Laura que não pode mais confiar em Guerra. Afonso vai ao teatro falar com Isabel.

Afonso faz as pazes com Isabel. Fernando pede a ajuda de Edgar para defender a fábrica de um processo. Laura tenta descobrir quem é o pai do filho que Isabel está esperando. Teodoro confessa sua paixão por Alice e lhe faz uma serenata. Berenice beija Caniço depois de receber um presente. Quequé fala para Mário que o teatro deve fechar. Laura desconfia de que Albertinho possa ser o homem que enganou Isabel.

Bonifácio afirma a Margarida que não é responsável pela confusão em que se encontra a cidade. Carlota presta queixa contra Teodoro. Caniço convence outros capoeiras a lutar contra a polícia. Laura tenta convencer Assunção a vacinar as pessoas que estão no Morro da Providência. Neusinha se insinua para Quequé. Laura afirma a Edgar que vai descobrir se o filho que Isabel está esperando é seu sobrinho.

Roberta suspende o fornecimento de roupas para a loja de Charlô. Analú diz ao pai que foi sequestrada por Nando. Fábio pede para Lucilene contar o que sabe sobre Carolina. Charlô fala para Juliana e Vânia que elas precisam apoiar Roberta. Otávio ajuda Nando a fugir de Felipe. Manoela ameaça ir embora com Ciça, depois que se separar de Fábio. Roberta fala para Nieta que Carolina foi ao casamento de Kiko.

Manoela afirma a Fábio que encontrará provas de sua traição. Roberta fica impressionada com a forma física de Nando. Charlô explica para Juliana por que não se casou com Otávio. Kiko tem uma crise por causa de Analú. Frô afirma que Carolina se afastará de Ulisses se Zenon voltar de viagem. Felipe diz a Fábio que colocará Nando na cadeia. Manoela pede para Juliana convencer Charlô a não chamar Fábio para trabalhar.

Roberta manda Veruska providenciar uma reunião com os funcionários da Positano. Roberta vê Agenor agitando os funcionários da fábrica. Olívia se preocupa quando Charlô e Otávio decidem tomar café da manhã juntos. Fábio se irrita ao ver Carolina em sua casa. Roberta observa Veruska conversando com Agenor e decide falar com ele em sua sala. Charlô e Otávio se desentendem.

Veruska fica aflita quando Roberta pede para conversar com Agenor sozinha. Dino avisa à cunhada que a fábrica não terá como pagar os funcionários. Nando pede para Lucilene levar um recado para Otávio. Roberta vai à Charlo’s para investigar as vendas da loja. Lucilene entrega o bilhete de Nando para Otávio. Roberta desmaia em cima de Felipe. Analú fica assustada por ter que falar com Charlô.

Veruska tenta convencer Roberta a desistir da presidência da Positano. Otávio anda assustado pela favela até ser interceptado por Nando. Charlô tem uma ideia para convencer Otávio a desbloquear as compras para a loja. Carolina questiona Nieta sobre Nenê. Roberta fala para Veruska que venderá suas joias para pagar os funcionários. Otávio fica furioso ao chegar à loja e ver o que Charlô aprontou.

Charlô comemora a vitória sobre Otávio. Nieta e Dino suspeitam de que Vitório seja o responsável pelo desaparecimento do dinheiro da Positano. Ulisses é gentil com Vânia. Charlô convence Analú a contar toda a verdade para o pai. Otávio se perde no caminho de casa. Roberta pede desculpas a Dino. A polícia intercepta todos os envolvidos na confusão armada por Felipe. Analú foge com Nando.

A emissora não divulgou este capítulo.

A emissora não divulgou este capítulo.

A emissora não divulgou este capítulo.

A emissora não divulgou este capítulo.

A emissora não divulgou este capítulo.

A emissora não divulgou este capítulo.

Danilo pede para falar com Norberto, mas ele exige o dinheiro e não aceita conversar. Com opiniões divergentes, Eduardo e Fabiana conversam sobre a índole de Norberto. Aragão convida Duílio para uma partida de dominó, mas o empregado finge passar mal para ser dispensado. Diva vai até a casa de Norberto em busca de dinheiro, mas Norberto aparece e encontra a noiva, que se explica e logo resolve o problema.

Arthur estranha a reação de Norberto ao saber que será ajudado financeiramente. Violeta tem crise de ciúmes com Plínio e o casal briga. Zé Maria e Dóris vão ajudálos. Marlene apresenta João Paulo a Luiza, que se mostra encantada por Lucas. Durante passeio ecológico, Marlene se afoga em um lago, mas Eduardo a salva. Isabel e Mirela se despedem do antigo escritório onde trabalhavam.

Dóris e Diva planejam desmoralizar Isabel. Marlene não desiste de aproximar Luiza de João Paulo. Preocupada, Celina diz a Vicente que ainda não achou lugar para abrir sua produtora. Zé Maria propõe a Patrick que se vista de pinguim, mas ele não gosta da ideia. Dóris se matricula no curso de autoajuda de Violeta. Luiza arma para encontrar Lucas. Diva e Dóris sequestram duas gêmeas e se infiltram na festa.

Eduardo questiona se Norberto ainda tem interesse por Fabiana. Arthur fica embriagado ao café da manhã, irritando Lígia. Marlene arma outro encontro de Luiza com João Paulo. Diva e Dóris pensam em planos distintos contra Norberto e Isabel. Danilo vai ao cassino tentar a sorte nos jogos. Isabel tenta falar com Danilo, não consegue e resolve ir atrás dele. Ao lado de Cremilda, Diva arma mais uma arapuca para Norberto.

A novela não é exibida aos sábados.

Selvagens chega aos cinemas

Fotos: Divulgação

Ophelia é sequestrada e amigos bolam plano para resgatá-la Da Redação Com roteiro e direção de Oliver Stone (Platoon), o filme conta a história de Chon (Taylor Kitsch – X-Men Origins: Wolverine), Ben (Aaron Johnson – O Garoto de Liverpool) e Ophelia (Blake Lively – Lanterna Verde), três amigos traficantes de maconha que vivem um triângulo amoroso na linda Laguna Beach, Califórnia. Tudo entre eles caminha conforme planejado até que um cartel mexicano aparece e lhes propõe uma aliança. Ben e Chon não aceitam a sociedade proposta e, por conta disso, Ophelia é

sequestrada. Os mexicanos pedem uma quantia de dinheiro para o resgate, mas o valor equivale a tudo o que ganharam nos últimos cinco anos. Então a dupla aceita efetuar o pagamento e reaver Ophelia, mas preparam um surpreendente plano para ficar com a namorada e com a grana. Benicio Del Toro (Traffic), John Travolta (Pulp Ficton – Tempo de Violência), Demian Bichir (Uma Vida Melhor), Salma Hayek (Era Uma Vez No México) e Emile Hirsch (Na Natureza Selvagem) também compõe o elenco do thriller orçado em US$ 45 milhões.

Até que a Sorte nos Separe é estreia

GLOBO 21h

RECORD 22h

Constância expulsa Isabel da casa de Laura Nesta sexta-feira (5) em Lado a Lado, Isabel (Camila Pitanga) buscou abrigo na casa de Laura (Marjorie Estiano). Mas o que as duas tanto temiam aconteceu: Constância (Patrícia Pillar ) descobriu que a filha estava hospedando a empregada em sua casa e correu para dar um jeito nisso. Aproveitando a ausência de Laura, a ex-baronesa faz uma visita e alerta Isabel sobre o quanto sua presença naquela casa pode prejudicar a vida de sua filha. Humilhando a moça, Constância exige que Isabel pegue suas coisas e vá embora imediatamente. Sem baixar a cabeça para Constância, Isabel diz que vai embora. “Dona Constância, eu vou sair dessa casa, sim. Mas não por sua causa. Já

Diva e Dóris tentam envenenar canapés da inauguração de Isabel, mas são interrompidas. Isabel e Joana encontram as garçonetes gêmeas presas em sacos plásticos. As gêmeas garçonetes reconhecem Diva e Dóris, que são desmascaradas na festa e agridem as rivais. Darley agride Danilo, mandando que pague a dívida. Eduardo conversa com Norberto sobre seu namoro com Fabiana.

Olga decide dar o troco em Tonico na sexta Após descobrir que Tonico (Marcelo Serrado) sempre a traiu e ter uma briga séria com o marido, Olga (Fabiana Karla) decide aprontar e dar o troco na mesma moeda, nesta sexta-feira (6), em Gabriela. E quem propõe essa vingança é Ezequiel (José Rubens Chachá). Ao ver a fogosa esposa no bar Vesúvio atrás do marido, o advogado sugere que ela traia Tonico, para que ele sinta na

pele o que a fez sofrer. Ezequiel se oferece a ajudá-la. Apesar de surpresa, Olga fica tentada, mas finge não dar importância ao assunto. Na mesma noite, no entanto, ao ver Tonico se arrumando para sair, Olga ordena que ele fique em casa e finge que vai à igreja. Sorrateira, sai em direção ao hotel e surpreende Ezequiel ao bater na porta de seu quarto e avisar que aceita a proposta.

Vilã humilha Isabel estava decidida, só vou me antecipar. Gosto demais de Laura para jogá-la contra a própria mãe, mesmo que a mãe seja a senhora”. Ainda que tente manter a força, Isabel fica abalada diante do confronto com a exbaronesa.

Olga quer trair Tonico com o advogado Ezequiel

Roberta decide assumir a presidência da Positano na novela Guerra dos Sexos

Roberta e Veruska conversam Roberta (Gloria Pires) anCom a falsa amiga Veruska tecipou a volta da Itália para (Mayana Moura) a seu lado, descobrir o que há de errado ela chega em casa e procura no com as finanças da fábrica que cofre algum documento que exherdou de Vitório (Carlos Al- plique o desfalque comunicado berto Riccelli). por Dinorah (Fernando Eiras).

“Nada, Veruska, nada. Nenhum recibo, nenhum papel. Nada que justifique o sumiço de 50 milhões como me disse o Dino”, diz Roberta, nervosa. Desconfiada de que existe alguma armação por trás dessa história, ela decide tomar as rédeas da situação: “A partir de amanhã vou trabalhar na Positano no lugar que Vitório deixou vago!”, comunica à ‘amiga’. Enquanto isso, Otávio afirma que dará um golpe em Charlô. A cena esta prevista para ir ao ar nesta sexta-feira (5).

Leandro Hassum e Danielle Winits vivem casal falido Na comédia Até QueA Sorte Nos Separe, Tino (Leandro Hassum) é um homem comum que tem sua vida jogada de pernas para o alto depois de ganhar na loteria. Junto com sua mulher Jane (Danielle Winits), eles gastaram todo o dinheiro ganho em apenas 10 anos, então seu vizinho Amauri (Kiko Mascarenhas), que é consultor de finanças, lhe ajuda a tentar recuperar o que foi perdido, já que Tino está falido. Ao tentar

evitar que Jane descubra sua real situação financeira e tenha fortes emoções em sua terceira gravidez, Tino se mete em várias confusões para encobrir que está quebrado. Com direção de Roberto Santucci e inspirado no livro ‘Casais Inteligentes Enriquecem Juntos’, de Gustavo Cerbasi, o filme também conta com as atuações de Ailton Graça e Rita Elmôr. (Colaborou Renan Santiago)

4ª Vara Cível da Comarca de Santo André. 4º Ofício Cível. Juízo de Direito da 4ª Vara Cível de Santo André – edital de citação com prazo de 20 dias, na forma abaixo. O Doutor Alexandre Zanetti Stauber, Juiz de Direito da 4ª Vara Cível de Santo Andre/SP, faz saber a todos que o presente edital, com prazo de 20 dias, virem ou dele tiverem conhecimento, que neste Juízo encontra-se em trâmite Ação Declaratória, Processo nº 554.01.2010.008211-6, Ordem nº395/2010, movida por Hitorin Mangueiras e Conexões Ltda em face de Aeropress Indústria e Comércio Ltda, atualmente em local incerto e não sabido, não sendo possível citá-lo através de seu representante legal, cita-o pelo presente para no PRAZO DE QUINZE (15) DIAS, a contar do término do presente edital (art.2323, IV, CPC), contestar, querendo e podendo e, não o fazendo, serão tidos como verdadeiros os fatos articulados pelo autor na inicial, operando-se um dos efeitos da revelia – confissão. Para conhecimento de todos é passado o presente edital, cuja 2ª via fica afixada no local de costume. Dado e passado nesta cidade. Santo André, 04 de setembro de 2012.


12

Sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Repórter Diário

Repórter SOCIAL

Posse da nova diretoria do Regran Wagner de Souza tomou posse da presidência do Regran (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do ABCDMRR) na última segunda-feira (1). Junto com sua diretoria, composta por Nicola Gravina, vice-presidente, Luiz Eduardo Zuccon, diretor financeiro, e Roberto Gozzi, diretor administrativo, Souza destacou o trabalho realizado por José Antonio Gonzalez Garcia, mais conhecido como Toninho Gonzalez, e garantiu dar continuidade à questão da margem de lucro dos postos de combustíveis, que sofrem com a concorrência desleal dos postos de combustíveis dos supermercados.

Fotos: divulgação

Volkswagen é destaque do 3º Prêmio Jovem Engenheiro Aneide da Paz Santos, engenheira de Produto- Acabamento e Climatização da Volkswagen, foi destaque entre os 11 ganhadores do 3º Prêmio Jovem Engenheiro, concedido pela SAE BRASIL para incentivar jovens talentos da engenharia brasileira. A engenheira recebeu R$ 2 mil em dinheiro e placa alusiva ao prêmio em solenidade realizada nesta terça-feira (2 de outubro) no Expo Center Norte, em São Paulo.

Fotos: divulgação

Aneide da Paz Santos com Mário Farah e Galeote

Nova diretoria do Regran, formada em 1 de outubro Mário Farah e Vagner Galeote, respectivamente gerente geral e presidente da SAE BRASIL, com os onze engenheiros ganhadores do 3º Prêmio Jovem Engenheiro José Antonio Gonzalez Garcia, ex-presidente do Regran, ao lado do recém-eleito Wagner de Souza

Vagner Galeote, presidente da SAE BRASIL e da Ford, na entrega do prêmio Jovem Engenheiro, que está em sua terceira edição

Miss de Diadema representa a região no Miss São Paulo Universo

Bruna Michels

Bruna Michels, bancária de 23 anos, desbancou as outras concorrentes ao Miss ABCD Universo 2013 no último sábado, 29 de setembro, e irá representar a região na edição paulista do concurso, que ainda não tem data definida pela organização. Natural de Diadema, a jovem mede 1,77 e estuda psicologia.

Fotos: divulgação

31 candidatas disputaram o título de Miss ABCD no Teatro Paulo Machado de Carvalho, em São Caetano

Coleção Primavera/ Verão O ator Ronny Kriwat, que interpreta o Tomás na novela Avenida Brasil, participa hoje de desfile com as tendências da coleção Primavera/ Verão 2013 no ParkShopping São Caetano. A partir das 19h30, mais de 90 marcas de moda feminina, masculina, infantil, lingerie, acessórios e calçados apresentam as novidades para as estações mais quentes do ano. Uma das tendências presentes nas coleções é o uso de cores fortes, como azul, laranja e amarelo.

Edição 05102012  

jornal, news