Page 1

Ano 6 . Nº 2.053. ABC, sexta-feira, 23 de setembro de 2011 . www.reporterdiario.com.br Marciel Peres

R$ 0,50

Menino atira em professora e se suicida

Um aluno de 10 anos da escola municipal Alcina Dantas Feijão, em São Caetano, disparou contra a professora e na sua própria cabeça na tarde desta quinta-feira (22). A educadora Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos, está internada no Hospital das Clínicas e o estado de saúde é estável. O garoto foi

socorrido com vida, mas não resistiu a duas paradas cardíacas e morreu. O estudante do 4º ano pegou a arma particular do pai, um revólver de calibre 38, Nilton Evangelista Nogueira, GCM do município há cerca de 14 anos. Francisco José, delegado titular da delegacia sede de São Caetano, afirmou que se

ficar provado em inquérito que houve imprudência do pai no armazenamento da arma, Nogueira responderá judicialmente por homicídio culposo. As investigações sobre o ocorrido serão realizadas no 3° DP (Distrito Policial) de São Caetano e serão presididas pela delegada titular, Lucy Mastellini Fernandes. Página 3

Comércio varejista ganha força no ABC

POLUIÇÃO - Os cerca de 1,5 milhão de automóveis do ABC poderão ser obrigados a passar por inspeção veicular a partir de 2013. O projeto de lei 1.187 prevê inspeção veicular em 124 municípios do Estado e está em discussão da Assembleia Legislativa Página 3

Marciel Peres

A variedade de produtos, somada aos preços competitivos são fundamentais para impulsionar o comércio de rua na região. Os centros comerciais mais tradicionais – rua Marechal Deodoro, em São Bernardo, e a região da rua Coronel Oliveira Lima em Santo André – chegam a receber entre 30 mil e 50 mil pessoas por dia. A região da Oliveira Lima

O Natal influenciará a criação de 147 mil vagas de emprego temporários neste ano, número 5% maior do que o registrado em 2010. No ABC, a expectativa acompanha a tendência nacional, com previsão de abertura de mil novos postos. Cerca de 70% das contratações deverá ser feita pelo comércio.

Página 4

Diadema distribui livros para alunos Diadema começa a distribuir, na próxima semana, 11 mil livros destinados aos estudantes do 4º e 5º ano do ensino fundamental. Cerca de 3,5 mil alunos receberão dois títulos, que poderão ser levados para a casa permanentemente por

cerca de 1,7 mil estabelecimentos comerciais, incluindo escritórios e consultórios médicos. Já a rua Marechal Deodoro concentra 400 estabelecimentos comerciais. Todos os centros comerciais da região sofrem com a falta de vagas para estacionamento. Com o aumento da frota de veículos nos últimos anos, a saída para alguns municípios foi buscar a Zona Azul.

Natal abre 147 mil vagas na região

meio do programa Ler Mais. Para o 4º ano, os títulos são O Mistério do Coelho Pensante e Outros Contos, Heróis e Guerreiras, O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá – Uma História de Amor e Contos de Outrora para Jovens de Agora. Página 7

Peça Cócegas é destaque em S.Caetano

Página 5

Santo André rejeita aumento de vereadores Em sessão realizada nesta quinta-feira (22), a Câmara de Santo André rejeitou proposta de emenda à Lei Orgânica que previa o aumento do número de vereadores de 21 para 27 a partir de 2013. A proposta da Mesa Direto-

ra, assinada pelos vereadores José Araújo (presidente) e Marcelo Chehade (secretário), foi rejeitada pela ampla maioria dos parlamentares. Foram 17 votos contrários e apenas dois favoráveis, justamente da dupla que rubricou a iniciativa. Página 2

AUTOS Divulgação

Página 11

Terça-feira pode ter greve dos bancários Em assembleia, realizada nesta quinta-feira (22), os bancários rejeitaram proposta da Fenaban de reajuste de 7,8%, sendo 0,37% de aumento real e votaram por paralisação da categoria. A paralisação poderá ocorrer a partir da próxima

terça-feira (27), caso nova proposta da Fenaban, que será apresentada nesta sexta-feira (23), também seja rejeitada. Por questão legal, há prazo de 24 horas para que os consumidores possam ser avisados sobre a paralisação. Página 5

Sem Saída estreia nos cinemas

Massa ganha espaço nos restaurantes

Domingo tem festival de talentos

Conhecido pelo personagem Jacob, da saga Crepúsculo, Taylor Lautner volta aos cinemas no suspense Sem Saída. Página 11

Presença frequente na mesa dos brasileiros, massas como lasanha, nhoque e macarronada dão lugar agora às recheadas com os mais diversos ingredientes. Conchiglione de berinjela e parmesão, calzoncini de linguiça calabresa e mandioquinha, panzotti recheado com queijo qualho e batata, além de schiaffone são alguns dos pratos que podem ser conferidos nas cantinas espalhadas pelo ABC.

O auditório do campus Amazonas da Faculdade Anhanguera recebe, neste domingo (25), às 14h, a terceira eliminatória da quarta edição do Festival de Talentos de São Caetano. Aberto para cantores de todos os municípios, o concurso, que começou em 31 de julho, com 60 inscritos, abrange todas as faixas etárias. Os participantes têm entre 14 e 76 anos e apresentam tanto músicas antigas como atuais.

Página 10

Página 10

LIVROS - Prefeituras investem em programas especiais para estimular leitura entre estudantes Página 7

índice Política.......................... Pág. 2 Opinião..........................Pág. 2 Cidades....................Págs. 3 e 4 Economia........................Pág. 5 Autos...............................Pág. 6 Educação........................Pág. 7 Saúde..............................Pág. 8 Decoração .......................Pág. 9 Cultura..........................Pág. 10 Novelas.........................Pág. 11 Social.............................Pág. 12

COMPACTO - O pequeno March é a aposta da Nissan para competir com os carros com valor abaixo dos 30 mil Página 6

Primavera Marciel Peres

PRIMAVERA - A primavera, que começa nesta sextafeira (23), terá mais chuva que em 2010. Página 3


2

Repórter Diário

Editorial

Debate mal feito Sem entrar no mérito dos princípios da proporcionalidade e constitucionalidade, ambos previstos pela Carta Magna, o debate em torno do aumento do número de vereadores foi mal feito. Primeiro, pelos congressistas que, deliberadamente, aprovaram a mudança na contabilidade das cadeiras atendendo os interesses dos ‘quase vereadores’ – leiam-se suplentes, mas não pavimentaram o caminho que as Câmaras deveriam seguir. Quando o embate desembarcou em cada Legislativo local, o proselitismo político tomou conta da situação e o verdadeiro debate não foi travado. Não seria mais fácil fazer audiência pública, por exemplo, com representantes das associações comerciais, OAB, sindicatos e esgotar os prós e contras? Como sempre o verdadeiro embate político fica de lado e os interesseiros de plantão aproveitam para angariar bônus eleitoral. A mensagem que fica ao eleitor agora é que independentemente de quantos vereadores estejam no próximo exercício, o que se exige é uma prévia avaliação de cada postulante, pois mais do que a quantidade, deve ser exigida qualidade. Esta, por sinal, está ausente em muitas Casas.

Repórter Político Nilson Bonome articula com Michel Temer em Brasília Nilson Bonome (PMDB), titular das pastas de Gabinete e Saúde do governo Aidan Ravin (PTB) em Santo André, esteve em Brasília nesta quinta-feira (22) para uma conversa reservada com o grão-mestre pemedebista Michel Temer, presidente da República em exercício. A presidente Dilma Rousseff (PT) cumpre agenda fora do País. O teor da conversa não foi divulgado, mas, como o próprio Bonome havia dito "até sexta haveria novidade". ao que tudo indica, a pauta passou pelo posicionamento da sigla para a disputa sucessória de 2012. Além dele, os pemedebistas Angelo Pavin e Paulo Pinheiro também estiveram na Capital Federal para tratar dos detalhes da filiação de Pinheiro.

Curtas Surpresa? A migração do vereador Paulo Pinheiro para o PMDB pegou muita gente de surpresa em São Caetano. O parlamentar esperava gesto do prefeito Auricchio em prol da sua indicação para candidato a prefeito em 2012. Como o sinal não veio, Pinheiro arrumou as malas no PTB e protagonizou uma migração que muita gente apostava que ele não faria pelos vínculos com o Palácio da Cerâmica. Agora, Auricchio corre para conter uma possível debandada da sua base e, assim, conter uma fissura ainda maior no bloco governista. Falta religiosidade A movimentação partidária não ocorreu só em São Caetano. Em Santo André, o vereador Ailton Lima, como previsto, escolheu o PTB – do prefeito Aidan Ravin – como destino partidário depois da saída do PDT. O ato solene de filiação ocorrerá na próxima quinta-feira (29) no próprio Legislativo. Além dele, o seu apoiador e amigo Terezinho Martins, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Borracha, seguiu o mesmo caminho. A surpresa ficou por conta da filiação do padre Antônio Francisco da Silva, secretário de Inclusão Social no PTdoB. Será que a filiação tem por objetivo a disputa de vaga na Câmara? Talvez um pouco de religiosidade faria bem a alguns vereadores. PSB Neste domingo (25) os militantes do PSB irão às urnas para deliberar a nova direção municipal. Em Santo André, no entanto, a disputa não será consensual como na grande maioria das cidades. De um lado está o grupo dos vereadores Almir Cicote e José Ricardo, que defenderá a chapa, encabeçada pelo primeiro, contra o socialis-

ta Ivo de Lima que, por discordar de algumas deliberações, rompeu com a atual direção presidida por Ricardo. O ingrediente que irá temperar a disputa é o fato de, segundo os vereadores, Ivo ter o apoio do articulador do governo, Nilson Bonome, que, por sua vez, nega qualquer ingerência. PSB 2 A matemática pura favorece Ivo. Dos cerca de 640 filiados que estão aptos ao voto, 420 integram o grupo dele contra 220 militantes ligados aos vereadores. Porém, como a política não é uma ciência exata, alguns apostam que o menor pode virar maior. Nesta quintafeira, Almir Cicote e José Ricardo ficaram cerca de três horas no gabinete do prefeito aidan Ravin (PTB). Dilma A Prefeitura de São Bernardo já solicitou e aguarda confirmação da presença da presidente Dilma Rousseff (PT) na cidade no próximo dia 30. Na ocasião, o prefeito Luiz Marinho (PT) irá inaugurar a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Baeta Neves e irá entregar cerca de 70 casas do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Alvarenga no Sítio Bom Jesus. Sinésio O ex-presidente da OAB de Santo André, José Sinésio Correia, confirmou nesta quinta-feira sua desfiliação do PDT. O ex-dirigente, que perdeu a disputa interna da categoria para Fábio Picarelli, deverá ingressar no PSDB de olho numa cadeira da Câmara. A decisão deverá sair nos próximos dias. Sinésio quer ter a certeza de que não existe possibilidade alguma de ruir a candidatura própria dos tucanos na cidade. Assim, aele estaria, ao lado dos já vereadores Marcelo Chehade e Marcos da Farmácia, entre os principais puxadores de voto.

Rua Álvares de Azevedo, 210 Centro – Santo André Tel.: 4427-7800 www.reporterdiario.com.br

Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Opinião / Política

Câmara de S.André rejeita aumento de vereadores Marciel Peres

Leandro Amaral

A Câmara de Santo André rejeitou durante a sessão desta quinta-feira (22) a proposta de emenda à Lei Orgânica que previa o aumento do número de vereadores de 21 para 27 a partir de 2013. Como a deliberação contrária foi ratificada, não há necessidade de segunda apreciação. A proposta da Mesa Diretora, assinada pelos vereadores José Araújo (presidente) e Marcelo Chehade (secretário), foi rejeitada pela ampla maioria dos parlamentares. Foram 17 votos contrários e apenas dois favoráveis, justamente da dupla que rubricou a iniciativa. Os vereadores Almir Cicote e José Ricardo, ambos do PSB, não estavam presentes no plenário. “Hoje se encerra um incômodo que eu tinha ao ver manifestação de aproveitadores. Em nenhum momento cogitamos aumentar o número porque não encontrava guarida entre a maioria dos vereadores. Nenhum partido fez manifestação pública defendendo. Só

Parlamentares não aprovaram a proposta de criar mais seis vagas queriam o aumento para desgastar os vereadores”, disse o líder do governo, Donizeti Pereira (PV), ao justificar o voto na tribuna. “A gente acreditava que a nossa bancada seria o fiel da balança e foi. A base de sustentação, mesmo antes da votação, não tinha fechado o número de quem votaria a favor”, lembrou Cláudio Malatesta (PT).

Segundo informações dos bastidores, se a bancada petista – com seis pares – fosse favorável, alguns parlamentares seguiriam o mesmo caminho. OAB A Ordem dos Advogados do Brasil em Santo André comemorou a decisão dos vereadores. O presidente da subseção, Fábio Picarelli, que

já havia se posicionado contra o aumento de cadeiras, disse que o plenário mostrou coerência. “Foi uma grande vitória da sociedade andreense. Os vereadores demonstraram responsabilidade”. Se a indefinição seguisse para a votação derradeira, Picarelli iria utilizar a tribuna do Legislativo para reiterar, em plenário, o pensamento contrário.

Decisão do plenário pode parar na Justiça Com a rejeição em plenário, qualquer munícipe poderá recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), como revelou nesta quartafeira (21/09) Paulo Silas de Alvarenga de Melo, presidente do Instituto Municipalista Brasileiro (IMB). O especialista esteve reunido, a portas fechadas, com parte dos vereadores (apenas sete compareceram) no plenarinho. Silas respaldou a argumentação em artigos da Constituição Federal (18,27 e 45) que versam sobre os princípios da representatividade e da proporcionalidade.

A Justiça, segundo Silas, tende a seguir – e tem jurisprudência – a Constituição Federal. “Se for mantido 21, o Parlamento reconhece que está se diminuindo. O sistema republicano diz que tem de ter o maior número possível de segmentos sociais”, ressaltou no dia anterior. Em Mauá, que possui pouco mais de 400 mil habitantes (Santo André tem quase 700 mil habitantes), a Câmara deliberou pelo teto de 23 vereadores. Nos corredores da Câmara, logo após a decisão do plenário, integrantes

do PCdoB já faziam contato com a direção estadual e com especialistas em direito eleitoral para encaminhar o questionamento ao TRE no intuito de obter o aumento do número de cadeiras. Imbróglio Não está descartado, inclusive, segundo o especialista Paulo Silas, ocorrer a eleição de 2012 com o quadro ainda indefinido. Se o caso prolongar, o pleito poderá transcorrer com a idéia de 21 e, depois da apuração, aumentar para 27, assim como já ocorreu na cidade na década de 80 ( na ocasião

o número de cadeiras era um no dia da votação e outro na hora da posse). Se isso ocorrer, alguns eleitos pelas urnas poderão perder o posto e vice-versa, pois o número de cadeiras influencia diretamente na conta do chamado quociente eleitoral que é o resultado da divisão do número de votos válidos pelo número de cadeiras. Em 2008, Luiz Zacarias foi o mais votado, mas não se elegeu devido à falta de quociente da sua coligação. Se na ocasião, o número de cadeiras fosse maior, ele estaria eleito. (LA)

Espaço aberto

Não ao aumento de vereadores A um ano das eleições, o principal assunto na maioria das câmaras municipais é a PEC (Proposta de Emenda Constitucional). Aprovada em 2009, permite aumentar o número de vereadores conforme a densidade demográfica. Momento oportuno para reafirmar que sou categoricamente contra o acréscimo de parlamentares. É preciso iniciar mobilização para conscientizar a sociedade sobre o ônus desta proposta. São dezenas de motivos para dizer não ao aumento de cadeiras nos legislativos. A principal razão é o custo elevado para arcar com a estrutura de cada gabinete. Precisamos lembrar que municípios, como São Bernardo, terão direito ao repasse de 4,5% do orçamento líquido da Prefeitura. Atualmente, o repasse é de aproximadamente 3,5%. A Casa projeta receber em 2012 cerca de R$

78 milhões, neste ano, porém, trabalhou com R$ 54 milhões. Cada novo gabinete terá direito a 13 funcionários, mais o salário do vereador, sem contar o aumento nas equipes administrativa e jurídica para darem suporte a mais sete parlamentares. A cidade, hoje com 21 vereadores, tende a estabelecer 28 cadeiras, quantidade exagerada que não reflete na qualidade do atendimento aos problemas de cada bairro. Recentes projeções dão conta de que o custo anual com os novos vereadores pode superar R$ 5 milhões. Para brasileiros com necessidades ainda básicas, o valor assusta. Aumentar as cadeiras não significa contemplar a população, mas tirar do povo a possibilidade de mais investimentos em saúde, segurança, educação, lazer, esporte, cultura e tantas outras áreas que pedem socorro. Menos gasto significa retorno em benefício à população.

Não há argumento que justifique criar mais vagas para vereadores quando o poder público afirma ter pouco recurso para concluir o plano de governo. Por que não colaborar para favorecer os moradores quando isso é plenamente viável? Basta lembrar os valores devolvidos aos cofres municipais de São Bernardo no último ano, quando o Legislativo retornou ao Executivo R$ 13 milhões, verba que a Prefeitura empregou na valorização do funcionalismo ao garantir abono salarial dos servidores. Mas o recurso também poderia ser utilizado para reduzir déficit em creches, ampliar vagas nos postos de saúde, instalar mais câmeras de monitoramento, recapear ruas, garantir saneamento ou custear programas sociais. Dinheiro em cofres públicos nunca é demais, há sempre muito a ser feito. E cada um pode fazer a sua parte inician-

Uniban 1 Como estudante da Uniban acho que vai melhorar a estrutura, como dito na reportagem. A instituição não mais acompanhava a evolução natural do ensino no Brasil, o que a deixava defasada. Espero que com essa nova estrutura eu consiga me formar numa universidade com mais respeito

ao aluno, com mais apoio e estrutura. Fabio Vinicius Modesto

ganhar menos. A UniABC estava se tornando uma boa faculdade, mas agora também é deles. Vou ter de estudar na Bolívia... Carlos Ferraz Referente à matéria Com Uniban, Anhanguera é 2º maior grupo de ensino do mundo

Uniban 2 O que esta instituição (Anhanguera) fez com a UniA é imperdoável. Destruiu uma boa faculdade com sua cartilha mercantilista. Colocou pessoas desqualificadas para dar aula só porque aceitam

Mega engavetamento A Ecovias tem de indenizar

do movimento contrário à medida, na escola, em casa, no trabalho, nas redes sociais ou diretamente na rua. Quaisquer reivindicações são legítimas desde que se compreenda o fundamento. Seja consciente. Diga não ao aumento de vereadores. Alex Manente é deputado estadual pelo PPS, líder do partido na Assembleia Legislativa de São Paulo e coordenador da legenda no ABC os prejuízos. Com o pedágio que cobra, as pistas deveriam ser totalmente iluminadas e cobertas, assim não haveria neblina e não aconteceria acidente como este. Por que não ilumina tudo como é no trecho planalto da via Anchieta? Emerson Referente à matéria Governo pode punir Ecovias por acidente

Os comentários acima estão no site www.reporterdiario.com.br

Jornalista responsável: Airton Resende Edição: Aline Bosio e Maria do Socorro Diogo Reportagem: Aline Bosio, Angela Martins, Carolina Neves, Larissa Marçal, Leandro Amaral e Natália Fernandjes

Comercial: Claudia Plaza Fotos: Marciel Peres e Carolina Neves Suporte Operacional: Pedro Diogo Administrativo: Rita de Cássia B. da Silva

Tiragem auditada por:


Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

CIDADES

REPÓRTER DIÁRIO

3

Menino atira em professora e se suicida em São Caetano Fotos: Marciel Peres

Escola ficará fechada pelo menos até o fim da noite desta sexta-feira

Primavera terá chuva frequente neste ano O início da estação das flores, nesta sexta-feira (23), às 6h40, marca a transição de um período seco e frio para a chegada do fluxo de ar mais quente e úmido. Com isso, além de observar a subida das temperaturas, haverá o retorno das pancadas de chuva à rotina da população. A recomendação médica nesta época do ano é para que as pessoas não se esqueçam do protetor solar, boa alimentação e previnam alergias. André Madeira, meteorologista do Climatempo, explica que a tendência é que neste ano a primavera seja mais quente do que em 2010, mas não tão quente quanto em 2009. “Teremos novamente a influência do La Niña (fenômeno que causa resfriamento das águas superficiais do Oceano Pacífico) e a expectativa é que o calor aumente no fim da estação”, observa. No sudeste, outubro deverá ser marcado pela chuva acima

da média histórica em Minas Gerais, no norte do Espírito Santo, no Rio de Janeiro e no extremo norte de São Paulo por conta das frentes frias que se deslocam durante a segunda quinzena do mês. A chuva mais intensa fica no norte mineiro, com volumes maiores que 200 mm. Em novembro, as frentes frias são intensificadas pela umidade e calor. O total acumulado fica acima da média em quase todas as áreas, com exceção do centro-oeste de São Paulo, que tem chuva irregular e fica um pouco mais seco que o normal. Já o início de dezembro será marcado pelas ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul) e no fim do mês forte frente fria favorece a formação de muitas áreas de instabilidade que provocam temporais e ventos fortes no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Minas Gerais. (Natália Fernandjes)

Estação será mais quente que no último ano

Dia sem carro? Duas cidades do ABC não aderiram à iniciativa do Dia Mundial Sem Carro lembrado nesta quintafeira (22). São Bernardo e Rio Grande da Serra não se engajaram em campanhas voltadas à data. As outras cinco cidades fizeram campanhas de conscientização para lembrar a importância da utilização dos meios de transporte coletivo e, principalmente, sustentáveis. O dia foi ‘criado’ na França para alavancar a reflexão sobre os problemas causados pelo frequente uso de automóveis. Para ajudar você, eleitor, a lembrar de promessas de campanhas ou anúncios de

projetos, feitos por gestores de prefeituras do ABC, Estado e União, mas ainda não cumpridos, o Repórter Diário publica, toda edição, a coluna Estamos de Olho. Para participar basta enviar sugestão para o e-mail redacao@reporterdiario.com.br aos cuidados da coluna Estamos de Olho. (Leandro Amaral)

Natália Fernandjes Um estudante de 10 anos disparou contra a professora e se suicidou, na tarde desta quinta-feira (22), na escola municipal Alcina Dantas Feijão, em São Caetano. Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos, está internada no Hospital das Clínicas e tem estado de saúde estável. David Mota Nogueira, aluno do 4º ano C, pegou a arma particular do pai, Nilton Evangelista Nogueira, GCM do município. Após disparar contra a educadora com a arma de calibre 38 dentro da sala de aula, por volta das 15h50, David correu para o corredor e atirou contra a própria cabeça, segundo Robinson Castropil, capitão da PM. O garoto foi socorrido com vida, encaminhado ao Hospital de Emergência Albert Sabin, na avenida Keneddy, em São Caetano, mas não resistiu a duas paradas cardíacas e morreu às 16h50. Rosileide levou um tiro na região posterior do lado es-

querdo, altura do quadril e sofreu uma fratura na patela direita. A educadora foi resgatada pelo helicóptero Água da Polícia Militar e levada para o Hospital das Clínicas após não conseguir pousar no hospital estadual Mário Covas, em Santo André, e no hospital estadual Santa Marcelina, em Itaquera, na Zona Leste. Seu estado de saúde é considerado leve/ moderado e a professora está fora de perigo.

O irmão de David também é aluno do Alcina Dantas Feijão e está no 9° ano. As aulas na unidade de ensino, famosa por oferecer ensino de qualidade, foram suspensas na noite desta quinta-feira (22) e durante toda a sexta-feira (23). Em 2010, a escola obteve a melhor nota no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) entre as instituições públicas não-técnicas do Estado de São Paulo.

Pai poderá responder por homicídio culposo De acordo com Moacyr Rodrigues, secretário de Segurança Pública de São Caetano, a arma de calibre 38 usada pela criança é de uso particular do pai, funcionário da GCM há 14 anos. “Apuramos que o registro da arma é válido até setembro de 2012. O Nogueira é um guarda civil municipal de conceito excepcional”, destaca. Francisco José, delegado

titular da delegacia sede de São Caetano, explica que se ficar provado em inquérito que houve imprudência do pai no armazenamento da arma, Nogueira responderá judicialmente por homicídio culposo. As investigações sobre o ocorrido serão realizadas no 3° DP (Distrito Policial) de São Caetano e serão presididas pela delegada titular, Lucy Mastellini Fernandes.

Cetesb planeja inspeção veicular no ABC até 2013 Carros, motos, caminhonetes, ônibus e caminhões do ABC poderão ser obrigados a passar por vistoria ambiental até o início de 2013. O projeto de lei 1.187, de 2009, que prevê inspeção veicular em 124 municípios do Estado, está na pauta de discussões da Assembleia Legislativa, que recebeu parecer favorável. A ação faz parte do Plano de Controle de Poluição Veicular do Estado de São Paulo, apresentado pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) ao Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente) no último dia 14. De acordo com Marcelo Bales, gerente do Setor de Avaliação e Programa de Transporte da Cetesb, a necessidade da inspeção veicular foi comprovada a partir dos resultados das avaliações feitas nas estações da Companhia espalhadas pelo Estado. “O ABC faz parte dessa mancha de municípios que consideramos região prioritária”, explica. Apesar de revelar o prazo para que o projeto seja aprovado, Bales comenta que a resolução 418 do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) estabelece prazo máximo de 18 meses para que o plano esteja em vigor a partir de sua apresentação aos conselhos estaduais. “Em li-

nhas gerais, podemos dizer que o projeto vai seguir o mesmo modelo de inspeção atuante em São Paulo - acompanha os padrões do Conama -, mas os detalhes só poderão ser definidos após aprovação do projeto na Assembleia”, esclarece. Outras propostas, como aprimoramento do Programa de Manutenção de Veículos a Diesel, incentivo à redução do número de viagens em veículos automotores, além de estudos para a renovação e reciclagem de veículos com mais de 15 anos de uso, também estão previstas no plano e devem entrar em operação em breve, segundo o gerente da Cetesb. (Natália Fernandjes)

Inspeção voluntária começou em 2010 em São Bernardo

S.Bernardo quer atingir 5 mil carros Iniciado em março de 2010, o programa de inspeção ambiental gratuita em automóveis particulares movidos a diesel de São Bernardo já realizou 3,3 mil vistorias. A meta, segundo Gilberto Marson, secretário de Gestão Ambiental de São Bernardo, é atingir a marca de 5 mil inspeções até dezembro. “Podemos dizer que a adesão por parte da população é grande, ainda mais por ser orientação sem caráter punitivo”, comenta Marson. Este ano, dos 3,2 mil veículos vistoriados, 14% foram reprovados.

Segundo o secretário, a conscientização dos proprietários é fundamental para diminuir a emissão de poluentes na atmosfera. A partir do dia 26 de setembro, haverá avaliação de emissão de poluentes em ônibus de empresas de transportes de São Bernardo. Esta etapa acontecerá na empresa Auto Viação ABC até o dia 7 de outubro. No período de 21 a 25 de novembro, o programa chega ao bairro Independência e entre 12 e 16 de dezembro estará no bairro Independência.

Consórcio O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC trabalhava para viabilizar a inspeção veicular de forma regional. Em maio deste ano a entidade encaminhou para a Cetesb a minuta de um convênio sobre o tema. Até o fechamento desta edição o Consórcio não havia retornado aos questionamentos da reportagem para verificar se os trabalhos em prol da inspeção veicular nas sete cidades continuarão ou se aguardarão a decisão metropolitana. (NF)


4

REPÓRTER DIÁRIO

Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

CIDADES

Preço baixo e variedade fortalecem comércio de rua

A região depende, e muito, da indústria. Em Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema, o setor é o responsável pela maior parte da arrecadação municipal. Por outro lado, especialistas garantem que cada vez mais o comércio aumenta representatividade na economia regional. Pelo menos 57% do PIB (Produto Interno Bruto) de Santo André é do comércio. São Bernardo ganhou 5,9 mil novos estabelecimentos entre 1999 e 2009, totalizando 19,7 mil pontos comerciais. Marcas até então inéditas na região começam a chegar aos shoppings do ABC. Para garantir a continuidade deste crescimento, economistas alertam para a importância da qualificação e da pesquisa de mercado para definir qual o rumo tomar. Isso por que além dos tradicionais polos comerciais dos centros das cidades, os bairros estão cada vez mais fortes quando o assunto é o comércio. A grande variedade de produtos aliada a preços competitivos ajudam a impulsionar o comércio de rua do ABC. Os dois centros comerciais mais tradicionais – a rua Marechal Deodoro, em São Bernardo, e a região da rua Coronel Oliveira Lima, o calçadão, em Santo André – recebem entre

30 mil e 50 mil pessoas por dia. “Em finais de semana que antecedem datas comemorativas, como o Natal e Ano Novo, a Oliveira Lima chega a receber até 200 mil pessoas por dia”, diz Hélio Farber, presidente da SOL (Sociedade Oliveira Lima e Região). O maior centro comercial do ABC possui cerca de 1,7 mil estabelecimentos comerciais, incluindo escritórios e consultórios médicos. Segundo Hélio Farber, o mix de produtos vendidos a preços mais baixos do que os praticados em shoppings atrai, principalmente, o público C, D e E, mas a Oliveira Lima recebe consumidores de todas as classes econômicas. “Pessoas de todo o ABC e da Zona Leste da Capital frequentam nosso centro comercial, principalmente devido à facilidade do transporte, porque ficamos a poucos minutos da estação ferroviária e do terminal de ônibus”, comemora. Já a rua Marechal Deodoro concentra 400 estabelecimentos comerciais e a grande maioria dos consumidores é das classes B e C, de acordo com Valter Moura Júnior, vice-presidente da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo). “Aqui o público encontra preços mais baratos e grandes redes varejistas que a todo momento anunciam promoções,

Grifes chegam à região Com boa infraestrutura e público consumidor bastante diversificado, o ABC atrai a chegada de marcas novas ou já reconhecidas até internacionalmente. Uma das âncoras desse movimento é o ParkShopping São Caetano, que abre as portas dia 27 de outubro com grifes como M.A.C, Zara, Farm, Animale e Barbara Strauss, esta com investimento aproximado de R$ 185 mil. A carioca City Shoes também desembarca no ABC, em outubro. Para a sócia Vanessa Imenis, é visível o crescimento do varejo na região. “Estava mais do que na hora de o ABC receber grandes marcas”, afirma Vanessa, ao acreditar que a saída de consumidores em busca das famosas marcas na Capital vai desaparecer. Outra novata é a Valisére. Há três meses no Shopping ABC, em Santo André, a loja

atende mulheres da classe A e B. “Era muito importante para a Valisére estar no ABC, já que a fábrica já foi na região e temos público bastante cativo aqui”, afirma Genevieve Junqueira, gerente de Marketing. Também nova no Shopping ABC é a Shoulder, marca de moda feminina, com 10 unidades no centro de São Paulo. “Percebemos que o consumidor do ABC aceita muito bem diversos tipos de produtos”, afirma Leda Valverde, proprietária da Shoulder, que pela primeira vez sai da Capital. Na gastronomia, a novidade é o Outback Steakhouse, que programou este ano dois restaurantes, com investimento de R$ 8 milhões. Em São Bernardo, a marca chegou em agosto, no Shopping Metrópole. O segundo endereço é o ParkShopping São Caetano, que tem previsão de abrir em novembro.

Shoppings inovam para atrair mais A onda de novidades resultou em reformas nos shoppings. Com as obras quase concluídas, o Shopping ABC prevê para novembro inauguração do layout revitalizado e com a decoração do Natal. Nos próximos meses chegam a Le Lis Blanc e Bibi Calçados. “O Shopping já possui mais de 20 lojas exclusivas da região e se torna, cada vez mais, uma opção para o público”, afirma Felipe Wasserman, gerente de Marketing do Shopping ABC.

Também em novembro o Shopping Metrópole conclui as obras de expansão para abrigar mais 31 novas lojas. Também em reforma, com conclusão prevista para setembro de 2012, o Grand Plaza tem algumas marcas já confirmadas para a nova fase: Renner, Riachuelo e Fast Shop. “As vendas vêm crescendo e o crescimento imobiliário em Santo André também estimula”, afirma o superintendente Henrique Carvalho.

Fotos: Marciel Peres

Para lojistas, os corredores comerciais têm glamour especial praticando uma concorrência ‘leal’ e estimulando o consumo”, destaca Moura Júnior. Diversidade Em Mauá, o principal centro comercial fica concentrado na avenida Barão de Mauá, região central. No local estão grandes marcas, como Casas Bahia, Magazine Luiza, Ponto Frio e Pernambucanas. ”O principal diferencial está na diversidade dos produtos, desde vestuário, calçados até eletroeletrônicos”, diz o presidente da Aciam (Associação Comercial e Industrial de Mauá), Antonio Corrêa. Em Ribeirão Pires, a força do comércio de rua está nos

cessário o investimento contínuo em gestão e treinamento. “Aqui na região é possível encontrar desde estabelecimentos excelentes, até aqueles que precisam melhorar muito. O fato é que desde a década de 1990, com a abertura da economia, as empresas tiveram de mudar de postura”, conta José Roberto Rodriguez Silva, analista do Sebrae no ABC. Silva defende que é necessário que sempre haja preocupação com a gestão dos negócios e com a qualificação constante. Radamés Barone,

comércio de rua têm movimento mais intenso do que as localizadas nos shoppings, conta a empresária. “O público do comércio de rua é fiel, aquele que trabalha no entorno dos centros comerciais e passa na hora do almoço para fazer compras.”, comenta. Segundo Fabiano Pereira, proprietário da Nivalmix, que mantém unidades também em São Bernardo e Diadema, o movimento no comércio de rua é bom, mas sujeito às intempéries climáticas. “A única coisa ruim é que quando chove, acaba prejudicando as vendas”, diz.

Estacionamento é gargalo Até mesmo a pequena Rio Grande da Serra lista a falta de vagas para estacionamento como um dos principais problemas enfrentados pelos comerciantes da região. Com o aumento da frota de veículos nos últimos anos, a saída para alguns municípios foi buscar na Zona Azul forma de democratizar os espaços livres nos centros comerciais. Enquanto isso, os estacionamentos particulares faturam alto com os consumidores. A média da primeira hora fica em torno de R$ 4 a R$ 5. Em Santo André e São Bernardo,

onde a situação é mais caótica, as alternativas giram em torno de estacionamentos verticais e subterrâneos, para dar conta da demanda. “As vagas são cada vez mais escassas e não vemos resposta da Prefeitura para o problema. É preciso que o poder público ajude a encontrar alternativas logo”, reclama Hélio Farber. Segundo Valter Moura Júnior, o entrave está na captação de investidores para projeto de estacionamento vertical. “A falta de vagas acaba levando os consumidores para os shoppings”, avisa.

Loja de bairro atrai pela praticidade

Graça Lanzoni avisa os clientes quando chega mercadoria nova As lojas de bairros atraem pela praticidade e atendimento personalizado. Nos pequenos centros, oferecem opções para todos os públicos, fidelizam consumidores e contribuem para fortalecer a economia local. Em Diadema, a falta de um centro comercial principal fortalece bairros, como Serraria, Eldorado, Campanário, Piraporinha e Inamar, que já oferecem aos consumidores produtos e serviços de todos os

Qualificação e gestão são determinantes Independentemente se o comércio está localizado nos bairros, nos centros urbanos ou nos shoppings, a qualidade no atendimento e do produto atrelada a boa gestão são determinantes para o sucesso do setor. Especialistas defendem que estes são ingredientes fundamentais para que o comércio da região ganhe ainda mais representatividade e força na economia local. Porém, para manter a qualidade no atendimento e no serviço oferecido - fundamental para que o setor ganhe cada vez mais consumidores, é ne-

centros velho e novo, que concentram cerca de 250 lojas. São Caetano possui dois centros comerciais expressivos: a rua Santa Catarina, no Centro, e a Visconde de Inhaúma, no bairro Vila Gerty. Em Rio Grande da Serra, o principal centro comercial fica na avenida Jean Lietaud. “Além da variedade de produtos, temos boa gama de ofertas, mas o ramo alimentício é o que mais se sobressai”, analisa o diretor administrativo da Aciargs (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Rio Grande da Serra), Noel Aparecido Orácio. De acordo com informações da ACE (Associação

Comercial de Diadema), o município não possui centro em destaque. O comércio é pulverizado em vários endereços, como Serraria, Eldorado, Campanário, Piraporinha e Inamar. Para Mariene Figueiredo, proprietária de quatro lojas da Água de Cheiro na região (na Oliveira Lima, Marechal Deodoro e nos shoppings Metrópole e Grand Plaza), os centros das cidades têm um glamour que não é encontrado nos shoppings. “As pessoas gostam de andar pelos centros”, avalia. As lojas localizadas no

professor de Economia da USCS (Universidade São Caetano do Sul) defende o mesmo princípio. “Observamos que há um aumento dos equipamentos tanto no comércio de rua quanto nos shoppings, que estão cada vez mais preocupados com a modernização e com a adaptação de acordo com o que o público pede”, destaca. Para o professor, um dos sinais que o comércio da região passa por evolução é que a demanda tem ficado mais qualificada. “As pessoas estão cada vez mais exigentes”, lembra.

tipos, como alimentos, vestuário, calçados, eletrodomésticos e utensílios para a casa, segundo a ACE (Associação Comercial e Empresarial) do município. Bairros como vila Assis, Parque São Vicente e Itapark, em Mauá também costumam atrair quem não quer gastar com condução para fazer compras. "No entanto, locais como Jardim Zaira, Parque das Américas e Jardim Maringá começam a se organizar", diz Anto-

nio Corrêa, presidente da Aciam (Associação Comercial e Industrial de Mauá). Rio Grande da Serra conta com quatro centros comerciais menores. “O que se vê é a abertura de lojas e nessa renovação novos centros”, comenta Noel Aparecido Orácio, diretor administrativo da Aciargs (Associação Comercial Industrial e Agrícola de Rio Grande da Serra). Já em Ribeirão Pires é possível identificar cinco centros comerciais menores. São Bernardo conta com mais de 15 centros comerciais instalados nos bairros. Além dos tradicionais como Rudge Ramos, Baeta Neves, Assunção e Planalto, já é possível ver aumento no número de estabelecimentos no Alvarenga e Riacho Grande, segundo Valter Moura Jr., vice-presidente da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo). “Aos poucos as lojas estão chegando nestes bairros”, diz. Com floricultura na Estrada do Alvarenga há 18 anos, Maria do Carmo da Silva destaca que a vinda de mais lojas poderia ser intensificada com a presença de uma casa lotérica e bancos no bairro. “Aqui a gente só tem caixas 24 horas e uma agência da Caixa dentro do supermercado”, conta.

Atendimento personalizado faz parte da receita Para o consumidor, o fato de não precisar garimpar vagas em estacionamentos e enfrentar trânsito, somado à possibilidade de negociar direto com o proprietário ganha ponto. “Com as lojas nos bairros, as pessoas já não precisam se descolar e podem comprar com mais calma”, ressalta Moura Jr. Graça Lanzoni, gerente de uma loja de roupas no bairro Alvarenga, conta que é de praxe avisar os clientes quando chega mercadoria nova. “Nos-

sos clientes são fieis e pagam por mês, por isso, criamos essa proximidade”, comenta. Santo André lançou, em 2010, o programa Bairros Mais Fortes, com o intuito de fortalecer os cerca de 25 centros de comércios de bairro por meio de palestras com apoio do Sebrae e Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André). Segundo o superintendente da Associação, Luis Sampaio da Cruz, o objetivo é qualificar os empresários e os empregados.

“Os comerciantes precisam investir nas fachadas e no design das vitrines para atrair os moradores que estão por perto. Desta forma conseguirão atrair mais”. Adeilton Pessoa de Goes, comerciante, São Bernardo.

“Nem tudo consigo encontrar perto da minha casa, tenho de ir até o centro, onde encontro preços melhores e diversidade”. Priscila Maria, dona de casa, São Bernardo.

“Com dinheiro no bolso, compro tanto faz comércio de bairro como centros. Eu mesmo fico em Diadema”. Inácio Gomes da Silva, encanador industrial, Diadema.

“Antes tínhamos de ir até o centro para encontrar o que queríamos, mas hoje em dia o comércio do bairro Alvarenga não perde em nada” Rosangela dos Santos, manicure, São Bernardo.

Esta matéria especial teve a participação de Aline Bosio, Angela Martins, Carolina Neves, Larissa Marçal e Natália Fernandjes.


Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

ECONOMIA REPÓRTER DIÁRIO

Inclui Autos, Saúde e Educação

Abertas 147 mil vagas temporárias para Natal Marciel Peres

Natália Fernandjes A data mais importante para o comércio e indústria no Brasil, o Natal, influenciará a criação de 147 mil vagas de emprego temporários neste ano, número 5% maior do que o registrado em 2010. Pesquisa da Asserttem (Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário) indica ainda que até 29% dos contratados poderão ser efetivados. No ABC, a expectativa acompanha a tendência nacional, com previsão de abertura de mil novos postos. Cerca de 70% das contratações deverá ser feita pelo comércio para cargos de analista de crédito, atendimento, crediário, embalador, estoquista, etiquetador, fiscal de caixa e fiscal de loja. Os salários variam de R$ R$ 690 e R$ 996, com direito a benefícios, como valetransporte e vale-refeição. Na indústria, responsável por 30% das contratações temporárias neste Natal, as principais empregadoras serão as indústrias de bens de consumo, como alimentos, bebidas, brinquedos, eletrônicos, vestuário e papel e a remuneração vai de R$ 920 a R$ 1,3 mil. No geral, os contratos temporários duram três meses, com possibilidade de prorrogação por mais três. Jismália de Oliveira Alves, diretora da Asserttem, considera o índice de efetivação

Comércio deve concentrar cerca de 70% das oportunidades de fim de ano estimulante e diz que a categoria, além de receber os mesmos direitos dos trabalhadores contratados, com exceção da multa, ganha experiência e treinamento.

Fausto Borges, gerente operacional nacional da Gelre, especializada na seleção de profissionais, destaca que as contratações em 2011 estão mais atrasadas, no

entanto, está mantido o otimismo em relação aos anos anteriores. “Acredito que essas restrições ao crédito feitas pelo governo afetou um pouco o comércio”, observa.

5

Bancários entram em greve terça-feira Os bancários do ABC seguiram recomendação do Sindicato e rejeitaram proposta da Fenaban (Federação dos Bancos) de reajuste de 7,8%, sendo 0,37% de aumento real em assembléia realizada nesta quinta-feira. A assembléia contou com 150 pessoas e 100% dos votos foram a favor de greve. A reivindicação da categoria é por reajuste de 12,8%, sendo 5% de aumento real. A paralisação poderá ocorrer a partir da próxima terça-feira (27), caso nova proposta da Fenaban, que será apresentada nesta sexta-feira (23), também seja rejeitada. Maria Rita Serrano, presidente do Sindicato dos Bancários do ABC, destaca que, caso haja acordo entre o sindicato e a Fenaban, em reunião nesta sexta-feira (23), a greve pode ser suspensa. “Se houver alguma

novidade vamos apresentar para que os trabalhadores avaliem na segundafeira (dia 26)”, comenta. Por questão legal, há prazo de 24 horas para que os consumidores possam ser avisados sobre a paralisação. Se for mantida a decisão pela greve, após reunião com a Fenaban, a assembleia entre os bancários, agendada para o próximo dia 26, servirá para organizar as manifestações. A categoria recebeu negativas em todas as fases de negociações com a Fenaban. A primeira rodada de discussões teve como tema Emprego e Reivindicação Social. Depois disso, a mesa de discussões teve como pauta as condições de saúde dos trabalhadores. Nos dias 12 e 13 foi discutido reajuste salarial. (Natália Fernandjes)

Saber se relacionar é requisito Aqueles que desejam se candidatar a vaga de emprego temporário devem ter no mínimo 1° grau completo, no caso do comércio, e 2° grau para os interessados na indústria. “Além de simpático e educado, é importante o candidato ter bom relacionamento com as pessoas e saber trabalhar em equipe”, ensina Jismália de Oliveira Alves, diretora da Asserttem. Os jovens, que estão em busca do primeiro emprego também têm chances, por-

que cerca de 25% das oportunidades são destinadas a este perfil de profissional. Otimismo Na Aciargs (Associação Comercial Industrial e Agrícola de Rio Grande da Serra), a expectativa de alta de 5% em relação ao ano passado se dá pela instalação de novas lojas no município, de acordo com Noel Aparecido Horácio, diretor administrativo da entidade. “A tendência é de melhoria no comércio

de produtos, confecções e a prestação de serviços, mais voltada à beleza feminina e estética”, observa. Valter Moura Jr., vice-presidente da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) comenta que a maior parte das contratações ocorrerá nos shoppings e hipermercados, além dos grandes centros. “Neste período, o comércio de roupas, calçados, perfumaria e eletrônicos contratam mais”, diz. (NF)

Trabalhadores rejeitaram proposta da Fenaban

Empregadores aprovam Nível de atividade da nova regra de aviso prévio indústria avança em agosto O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), afirmou que a aprovação do projeto de regulamentação do prazo de concessão do aviso prévio, quarta-feira (21), pelo plenário da Câmara, teve a concordância de representantes tanto de empregados quanto de empregadores. Ele disse que os empresários foram receptivos ao projeto aprovado. "Todos com quem conversamos concordaram que já era tempo demais para fazer a regulamentação do aviso prévio", disse Maia. Ele considera que a maioria se adaptará rapidamente aos novos prazos, incluindo as regras no planejamento da empresa, e tratará a questão "com normalidade". Maia reafirmou seu entendimento de que a

proposta não pode ser aplicada retroativamente para os que foram demitidos no passado. A nova regra atingirá os que estão empregados atualmente. "Nós estamos contribuindo para um sistema mais estável no País", disse. "Estamos aumentando gradativamente o período de aviso prévio", continuou. O projeto aprovado pelo plenário da Câmara aumenta o tempo de concessão do aviso prévio nas demissões sem justa causa para até 90 dias, proporcionalmente ao tempo de serviço prestado na mesma empresa. Além do direito aos 30 dias de aviso prévio, o trabalhador terá direito ao acréscimo de três dias a cada ano de serviço. O projeto, já aprovado pelo Senado, precisa ser san-

cionado pela presidente Dilma Rousseff para que vire lei. Na nova regra, para obter o máximo de 90 dias, o funcionário terá de ter 20 anos ou mais de serviço. Atualmente, o aviso prévio é concedido no máximo por 30 dias. O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho, presidente da Força Sindical, afirmou que recomendará aos sindicatos que recorram à Justiça. Segundo Paulinho, a legislação atual garante o prazo de dois anos para que o trabalhador reclame perdas trabalhistas na Justiça e portanto os demitidos nesse período poderão entrar com ações na Justiça. Ele afirmou ainda que cerca de 30 milhões de trabalhadores perderam o emprego nos últimos dois anos. (AE)

Atento abre 334 postos CIEE tem vagas para de trabalho no ABC A Atento, empresa de contact center, está com 334 oportunidades de trabalho abertas em São Bernardo, todas na área operacional (teleoperador). A companhia não exige experiência para o cargo, além de oferecer treinamentos específicos para atuação na empresa de acordo com as necessidades de cada um de seus clientes. O perfil exigido para as vagas é segundo grau completo, bom vocabulário, fluência verbal, boa dicção, bom relacionamento interpessoal, dinamismo, bons conheci-

mentos de informática e digitação. Para candidatar-se para as vagas os interessados devem cadastrar o currículo no site www.atento.com.br. Benefícios Todas as oportunidades de trabalho na Atento são em regime CLT. A empresa oferece assistência médica, valerefeição ou vale-alimentação, seguro de vida, assistência odontológica, vale-transporte, auxílio-creche e auxílio à criança especial. A remuneração varia de acordo com o cliente e a carga horária.

trainees

O CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) está com vagas abertas para o Programa Trainee da Montcalm Montagens Industriais. Podem se candidatar formados entre dezembro de 2009 e dezembro de 2011, no curso de engenharia. A remuneração mensal é de R$ 4 mil. A empresa ainda oferece assistência médica, vale-refeição, vale-transporte, seguro de vida e participação nos resultados. Inscrições para o processo seletivo de até 31 de outubro pelo site www.ciee.org.br.

A CNI (Confederação Nacional da Indústria) divulgou nesta quinta-feira (22) a Sondagem Industrial de agosto. Segundo o estudo, o nível de atividade industrial marcou 54,9 pontos em agosto, ante 50,4 pontos em julho. Para a CNI, mesmo com crescimento em relação a julho, esse indicador está abaixo do normal para o período. A Sondagem Industrial considera uma escala entre zero e cem, na qual valores acima de 50 pontos significam evolução positiva, estoque acima do planejado ou UCI (Utilização da Capacidade Instalada) acima do usual. Em julho do ano passado, o indicador de nível de atividade marcava 55,1 pontos. A Sondagem Industrial foi

realizada de 1º a 19 de setembro. Foram consultadas 1.875 empresas, sendo 1.001 de pequeno porte, 602 médias e 272 grandes. Já o indicador de UCI aponta que a indústria operou, em média, com 76% da capacidade instalada em agosto, ante 75%, em julho. Sob o critério de pontos, a UCI efetiva em relação ao usual marcou 47,5 pontos em agosto, ante 45,1 pontos, em julho. Ou seja, apesar da alta, o indicador permaneceu na faixa "negativa", abaixo dos 50 pontos. O economista Marcelo Azevedo, da CNI, explica que há uma expectativa de demanda menor do que o comum para este final de ano. Além disso, ressalta, a indústria vem acumulando

estoques indesejados desde janeiro e esse movimento se acentuou nos últimos três meses, quando os indicadores de acúmulo de estoques superaram os 52 pontos. "Não faz sentido a produção crescer muito se ainda é preciso queimar estoques", afirma. O indicador de evolução do número de empregados registrou 51,3 pontos (ante 50,1 pontos, em julho), ainda próximo da linha divisória dos 50 pontos, avalia a CNI. A confederação avalia que o crescimento moderado da atividade industrial vem reduzindo o otimismo dos empresários para os próximos seis meses. As expectativas sobre demanda, compras de matéria-prima e número de empregados recuaram. (AE)


6

Repórter Diário

AUTOS

Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Nissan tenta emplacar March no Brasil

Fotos: Divulgação

Igor Macário Costa, Da Auto Press De olho numa grossa fatia do mercado brasileiro – a de carros abaixo dos R$ 30 mil, a Nissan incluiu o País numa grande manobra mundial. O pequeno March, conhecido como Micra em alguns mercados, se tornou o primeiro carro realmente global da marca e chega às concessionárias ainda em outubro. O modelo ganhou uma nova geração – a quarta – e a missão de fazer sucesso em mercados tão diferentes quanto o europeu e o brasileiro. A estratégia é se inserir na faixa dominada pelos nacionais Volkswagen Gol e Fiat Palio e resultou numa mudança na imagem da marca, que até agora tinha no apagado Tiida sedã o seu carro mais barato. O March, assim como o Tiida, vem da fábrica da marca em Aguascalientes, no México, e se livra do recente aumento do IPI para carros importados. Para o mercado nacional, o March virá equipado com duas opções de motor. O 1.0 16V flex de 77 cv com etanol, usado pela Renault no Clio, Logan e Sandero, o 1.6 16V de 106 cv e 14,5 kgfm de torque, também de origem francesa e flex, mas com a calibração aplicada às versões mais simples da minivan Livina. A versão básica com motor mais fraco traz poucos equipamentos de série, mas inclui bolsas infláveis frontais e direção elétrica. A Nissan disponibiliza ainda dois pacotes

Valor do modelo, que chega no Brasil em outubro, deve começar em torno dos R$ 29 mil, sem opcionais de opcionais para o 1.0, que incluem equipamentos de conforto como ar-condicionado. Acima dele, a versão 1.0 S traz de série equipamentos opcionais na versão básica, como ar e direção, além de vidros elétricos nas quatro portas. O motor 1.6 só é oferecido a partir do nível S de acabamento, e segue para a 1.6 SV, que adiciona rodas de liga leve e sistema de som com entradas USB e auxiliar. Além deles, a Nissan propõe uma versão topo chamada SR, com o mesmo pacote da SV acrescido de um visual esportivo, evidenciado por saias laterais e spoiler traseiro. Os preços ainda não foram confirmados pela marca, mas a versão mais simples com motor 1.0 deve começar em

Versão mais luxuosa sairá por R$ 38 mil

torno de R$ 29 mil sem opcionais. As vendas começam logo após o lançamento, em outubro. A versão 1.0S tem o preço indicado de R$ 34 mil com ar-condicionado, direção, travas e vidros elétricos. A 1.6S tem o mesmo pacote por R$ 2 mil a mais. A mais luxuosa SV adiciona rodas de 15 polegadas em liga leve e comando das travas à distância, além do sistema de som, e o preço encosta nos R$ 38 mil. A topo de linha SR completa a gama por R$ 41 mil. A atual geração do March foi lançada em março de 2010 e surpreendeu pelo design bem mais “despojado” que o antecessor. A antiga geração do modelo, lançada em 2002, ficou conhecida pelo estilo incomum, com janelas grandes e arredondadas que dividiam as opiniões. Agora, em sua fase

Yamaha lança nova R1 2012 Da Redação A nova versão da moto YZFR1 acaba de ser apresentada na Europa. A marca japonesa equipou o modelo com controle de tração e mapas de potência. Com a nova tecnologia, chamada TCS (sistema de controle de tração), o motociclista pode optar entre seis modos, desde o sutil até o mais ativo. Quando a roda traseira perde a tração durante as acelerações, o dispositivo entra em ação. Deste modo, o controle é acionado, o que impede que a roda escorregue, além de controlar a injeção de combustível no motor. Porém, é possível pilotar a moto com o sistema desativado. A carenagem frontal foi redesenhada e os pedais ficaram mais aderentes. Apenas duas mil unidades da edição serão vendidas. Ainda não há informações sobre quando a nova R1 chegará ao Brasil.

Toyota terá nova fábrica na Indonésia Montadora oferecerá dois pacotes de opcionais para 1.0 global, o March foi suavizado para garantir maior aceitação em mais e diversificados mercados. O design manteve as formas arredondadas, mas a curva da coluna traseira ficou bem menos acentuada e os faróis no alto do capô do antigo March assumiram uma posição mais baixa. O carro fez sua primeira aparição no Brasil ainda no último Salão de São Paulo, em outubro de 2010, e desde então a marca prepara o terreno para a chegada do modelo por aqui. A Nissan quer usar a expe-

riência adquirida no mercado brasileiro desde que chegou com o Sentra, também trazido do México, para se lançar em um mercado de grande volume, como o de compactos de entrada. A estratégia, nesses casos, é não polemizar. Ao contrário das recentes e agressivas ações de marketing – para a pouco vendida pick-up Frontier, em que nada tinha a perder –, em relação ao March, a marca deverá assumir um postura mais integrada e tentar destacar as possíveis qualidades do produto.

A Toyota anunciou a construção de sua segunda fábrica na Indonésia, na cidade de Karawang, onde já opera uma outra unidade desde 1998. O início da produção da segunda planta local está programado para o início de 2013, com capacidade anual de 70 mil unidades. Mais de US$ 340 milhões serão investidos na construção. O Brasil também está no foco dos investimentos globais da Toyota. A montadora está construindo sua terceira fábrica no País, na cidade de Sorocaba, com capacidade para 70 mil veículos por ano.


Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

EDUCAÇÃO

Repórter Diário

7

Estudantes de Diadema recebem livros Fotos: Marciel Peres

Angela Martins Começam a ser distribuídos na próxima semana os 11 mil livros destinados aos estudantes do 4º e 5º ano do ensino fundamental de Diadema, integrantes projeto Ler Mais, criado pela Prefeitura. No total, 3,5 mil alunos receberão dois títulos, que poderão ser levados para a casa permanentemente. Segundo Roberta Oliveira, diretora do Departamento de Formação e Acompanhamento Pedagógico, o programa foi dividido em quatro fases: aquisição dos livros, reorganização dos espaços dentro das escolas para estimular a leitura, formação dos professores e trabalho com a comunidade. Até agora 66% dos professores foram capacitados para integrar o projeto, que realizará outro encontro para que todos participem da formação. “A ideia é que os professores apresentem os livros às crianças, expliquem sobre a importância da leitura e como cuidar dos títulos”, explica. Serão doados dois livros para cada criança. Para o 4º ano, os títulos são O Mistério do Coelho Pensante e Outros Contos, de Clarisse Lispector, e Heróis e Guerreiras, de Heloísa Prieto. Os estudantes do 5º ano receberão os livros O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá – Uma História de Amor, de Jorge Amado, e Contos de Outrora para Jovens de Agora, de Rosane Pamplona. “São dois autores tradicionais e duas contemporâneas. A ideia é que as crianças percebam as diferenças de cada um e descubram o gosto pela leitura”, completa a diretora. No próximo ano, os estudantes do 1º ao 3º ano contarão nas salas de aula com acervo de 60 títulos.

Em São Caetano, os estudantes leem livros nas salas de aulas, mas também podem levar para casa

Municípios têm projetos para leitura Além do Ler Mais em Diadema, outras prefeituras da região também mantêm projetos para estimular a leitura nas salas de aula. Em Ribeirão Pires, os alunos da rede municipal contam com as bebetecas, que atuam no primeiro contato entre as crianças e os livros antes da alfabetização. O material, que compõe os espaços de leitura faz parte do projeto pedagógico e beneficia cerca de 1,4 mil crianças de 17 escolas municipais. Cada uma das unidades recebeu um kit com diversos livros, incluindo histórias que trabalham temas, como animais,

formas e texturas. A bebeteca reúne também CDs com músicas infantis. Em São Bernardo, todas as EMEBs (escolas municipais de ensino básico) possuem bibliotecas. Além destes equipamentos disponíveis aos alunos, a Secretaria de Educação, em parceria com a Fundação Criança, possui agentes de leituras, que percorrem as escolas com programa de contação de histórias. Outro projeto da Pasta é com agentes que percorrem as comunidades para levar leitura para pais e filhos. São Caetano mantém o projeto Biblioteca Viva para

alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Toda semana os estudantes levam para casa um livro disponível da biblioteca, com o objetivo de incentivar a leitura compartilhada com a família. Na sala de aula, os professores estimulam a leitura por meio de comentários sobre o livro, resenhas, rodas de leitura e dramatização de histórias. As escolas municipais de Mauá possuem salas de leitura com materiais específicos para os professores trabalharem com as crianças. A Escola Municipal Cora Coralina, no jardim Bom Recanto, que atende o 1º

ano do ensino fundamental, possui biblioteca. Ao todo, são 36 unidades de ensino da rede municipal. Em agosto, Mauá também iniciou parceria com o SESC e trouxe o Bibliosesc, um caminhão equipado com 1,5 mil livros, que oferece a consulta e o empréstimo dos títulos aos interessados. Atualmente, o projeto piloto atende o jardim Paranavaí, mas a previsão é levar a iniciativa para outros bairros. As prefeituras de Santo André e Rio Grande da Serra não responderam se há projetos que estimulem a leitura na rede municipal de ensino. (AM)

Estímulo deve começar desde cedo De acordo com Márcia de Azevedo Arouca, coordenadora do curso de Pedagogia da Faculdade Anchieta, o gosto pela leitura deve começar a ser estimulado desde os primeiros meses de vida da criança. “Os livros de banho, que podem ser molhados, funcionam muito bem para a criança começar a se familiarizar com o universo da leitura”, ensina. Márcia diz, no entanto, não se deve forçar os pequenos a lerem. O interesse deve partir naturalmente da criança, sempre com motivação dos pais e professores. “Não adianta dar Machado de Assis para crianças da 5ª série, por exemplo. Dificilmente eles compreenderão o texto e com certeza eles odiarão o autor para o resto da vida. Nesta idade, a dica é apostar em livros de mistério e aventura, que estimulem a imaginação”, ensina. (AM)

Recomendação é que os livros sejam escolhidos pelas próprias crianças


8

Repórter Diário

Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

SAÚDE

Obesidade atinge 40% das crianças brasileiras Hábito saudável e prática de exercícios são fundamentais Marciel Peres

Da Redação Comer guloseima de vez em quando não apresenta problema algum, mas a alimentação desregrada oferecida às crianças, aliada ao comum sedentarismo, já resulta em índices preocupantes. Estima-se que entre 30 e 40% da população infantil do Brasil esteja acima do peso. A informação é de Simone Freire, nutricionista e coordenadora do Programa de Atividades para o Paciente Obeso da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), ao afirmar que os cuidados com a alimentação são essenciais para que a criança não se torne futura obesa. “Se o bebê nasce acima dos 4 kg deve ter um cuidado ainda maior”, alerta a nutricionista. Outro fator que acarreta a obesidade é a genética. Se os pais são obesos, a possibilidade de a criança viver acima do peso ideal é muito maior. “Se os pais são obesos, ou pelo menos um deles está acima do peso, é necessária atenção redobrada”, afirma Simone. As consequências da obesidade infantil refletem nos aspectos físico e social. “A criança desenvolve doenças típicas dos adultos, como colesterol, hipertensão e hiperglicemia”, conta a coordenadora do programa da Unifesp. Keith Morais, nutricionista pediátrica do Hospital

As consequências da obesidade passam por problemas de saúde e sociais Santa Helena, explica que não é apenas a saúde que deve receber atenção, pois

a criança pode desenvolver problemas em relação à autoestima, além de ser ex-

cluída socialmente e sofrer preconceito. (Colaborou Larissa Marçal)

Reeducação alimentar é o caminho Fazer dieta não é tarefa fácil para ninguém, principalmente as crianças. Simone explica que é necessário o envolvimento da família para incentivar a criança a perder peso. “Toda a família tem de participar da reeducação, caso contrário a criança vai receber dupla mensagem e não vai con-

seguir emagrecer”, diz a nutricionista. Entre as estratégias para reestruturar a alimentação das crianças e até mesmo dos adolescentes estão a de tornar o prato atraente visualmente e não desistir logo na primeira tentativa, além de ressaltar a importância de cada alimento.

Outro item importante são as atividades físicas. A recomendação das especialistas é que a criança seja estimulada a praticar os exercícios que mais gosta ou que se trabalhe o seu lado lúdico. “É importante que os pais expliquem sempre os benefícios dos esportes”, completa Keith. (LM)

Anvisa publica norma sobre comida de criança As fórmulas destinadas à alimentação de lactentes e crianças de 6 meses a 3 anos de idade terão regras específicas. Quatro resoluções da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicadas nesta quinta-feira (22) no Diário Oficial da União atualizam as normas brasileiras para a fabricação dessas fórmulas. As normas dirigidas às características de identidade e qualidade desses produtos são resultado de um processo de revisão técnica dos critérios de composição, os incluindo limites das vitaminas e minerais permitidos na composição. Foram definidas também regras específicas e atualizada para as fórmulas infantis destinadas a lactentes e crianças de 6 meses a 3 anos com necessidades dietoterápicas, ou seja, com restrições alimentares especiais como alergia à proteína ou intolerância à lactose. Uma das principais mudanças é a definição de limites máximos para todas as vitaminas e minerais permitidos nesse tipo de alimento. Substâncias como a gordura hidrogenada e o mel – que não deve ser ingerido por

crianças com menos de 1 ano de idade - também estão vedadas para utilização em fórmulas infantis. As regras restringem ainda o uso de aditivos. A lista das substâncias permitidas, por apresentarem segurança comprovada, estão no Diário Oficial da União. A publicação das resoluções é resultado da revisão de uma portaria do Ministério da Saúde baseada nas novas referências utilizadas em todo o mundo para esse tipo de produto e na atualização das normas do Codex Alimentarius, programa da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e da Organização Mundial da Saúde (OMS). As resoluções também estabelecem novas frases de advertência para os rótulos de alimentos. Nos produtos para lactentes com presença de probióticos, por exemplo, deve constar: “Este produto contém probióticos e não deve ser consumido por lactentes prematuros, imunocomprometidos [com deficiências no sistema imunológico] ou com doenças do coração". (Agência Brasil)

Meningite tipo C mata mais dois na Bahia A Secretaria de Saúde da Bahia confirmou nesta quinta-feira (22) mais duas mortes por meningite tipo C no estado. Um funcionário da rede hoteleira da Costa do Sauípe, onde foi registrado um surto da doença, estava internado em um hospital em Salvador e morreu na tarde de quarta (21). Um menina de 9 anos, que não tem relação com o surto de Sauípe, segundo a secretaria, também morreu. No início do mês, três

empregados da rede hoteleira da Costa do Sauípe morreram em consequência da doença. Para evitar mais mortes, pessoas que apresentavam sintomas da doença ou tiveram contato com doentes tomaram antibióticos. Desde que a medida foi adotada, não surgiram novos casos de meningite. De janeiro até agora, a Bahia registrou 70 mortes por meningite. No mesmo período do ano passado, foram 87 mortos. (AB)


Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

DECORAÇÃO REPÓRTER DIÁRIO

Inclui Cultura, Novelas, Cinema e Social

9

Janelas, às vezes indiscretas, dão toque final à decoração Fotos: Marciel Peres

Da Redação Além de regular a intensidade da luz e proporcionar a entrada do ar, as janelas desenvolvem papel importante na decoração dos ambientes. O material e os acessórios utilizados na peça são decisivos para finalizar a obra com harmonia na composição. Por isso, o primeiro passo ao comprar janela é considerar a quantidade de iluminação que se pretende obter no ambiente e a vista que a abertura pode proporcionar. “A tendência hoje é trazer cada vez mais o exterior para dentro de casa. Por isso, as janelas de vidro estão sendo bastante usadas, devido o efeito de transparência”, afirma a arquiteta Silvia Dias, de São Bernardo. Os mais comuns nos projetos são os modelos com perfil de alumínio, vidro temperado ou laminado, que são resistentes a impactos e trazem mais segurança ao ambiente da casa. De acordo com a arquiteta Luciana Bicheri, também de São Bernardo, a última novidade é o vidro com película, que proporciona o controle, por meio de um botão, da visibilidade de quem está do lado de fora do ambiente. “Esse tipo de tecnologia já está sendo usada em alguns hotéis, onde uma janela introduzida na parede de

Janela de PVC ainda é a mais comum uma suíte possibilita, quem está no quarto, ver ou não quem está tomando banho, por exemplo”, explica a arquiteta. Segundo as arquitetas, as mais comuns são as janelas de PVC, pois são mais fáceis de realizar manutenção. Quem prefere um estilo mais rústico, a dica são as janelas de madeira, que dão charme principalmente para casas de campo. “Para dar um toque de inovação, boa ideia é pintar a madeira com cores diferenciadas para dar energia ao espaço. Nos ambientes urbanos também são usadas as janelas de alumínio branco, pois dão leveza ao local”, destaca Luciana. (Colaborou Carolina Neves)

Contatos Silvia Dias Telefone: 4123-5869 www.silviadias.com.br

Luciana Bicheri Telefone: 9720-0783 luciana@lucianabicheri.com.br

Item é importante para garantir luminosidade

Persianas garantem requinte De acordo com Silvia Dias, as persianas de cores claras e os modelos rolôs, que são cortinas que quando recolhidas ficam enroladas, são cada vez mais usadas em casas e apartamentos. “Hoje existem persianas que possibilitam a dosagem da claridade. Para as janelas de vidro estão na moda os blecautes, em que tecidos bloqueiam a iluminação”, afirma Silvia. Luciana explica ainda que para dar um aspecto moderno e elegante é interessante colocar por cima da persiana um detalhe de cortina em cores claras, pois o neutro deixa a composição mais durável. “Também há um novo modelo em as palhetas dentro da persiana se recolhem e deixam as laterais com um pouco de tecido. Esse tipo é interessante porque possibilita a criação de várias cenas para o mesmo ambiente”, completa. (CN)

Persiana com cortinas estão em alta nas decorações


10

Repórter Diário

CULTURA/GASTRONOMIA

Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Festival de Talentos busca nomes para música brasileira Da Redação O sonho daqueles que cantam é viver do trabalho artístico, mas conseguir espaço nem sempre é fácil. Justamente descobrir e dar oportunidade a novos cantores é o objetivo do Festival de Talentos de São Caetano, que realizará a terceira eliminatória da quarta edição do concurso neste domingo (25), às

14h, no auditório do campus Amazonas, da Faculdade Anhanguera. Abigail Montanher, coordenadora de Música do Departamento de Cultura de São Caetano diz que o festival quer dar oportunidade para quem gosta de cantar. “Nós abrimos espaço para as composições brasileiras que são tão bonitas e às vezes são deixadas de lado”, comenta.

Aberto para cantores de todos os municípios, o concurso, que começou em julho, já teve 60 inscritos e abrange todas as faixas etárias. Os participantes têm entre 14 e 76 anos e apresentam tanto músicas antigas como atuais. Na final, o festival contará com concorrentes até mesmo de São Paulo. Oito concorrentes disputam vagas para a

Marciel Peres

Quem canta seus males espanta Motivado pelos elogios constantemente recebidos e pela vontade de cantar, Carlos Alberto Duarte, comerciante de São Caetano, decidiu participar pela segunda vez do Festival de Talentos. “Para nós, que somos amadores, esta é uma grande oportunidade de mostrar o que sabemos fazer”, explica Duarte, que começou a cantar em karaokês e não parou mais. O comerciante, que interpretará a música Deixo, da cantora Ivete Sangalo, afirma

final neste domingo. Os participantes do concurso concorrem a prêmios em dinheiro. O primeiro lugar ganhará R$ 1,5 mil, o segundo R$ 1 mil e o terceiro R$ 500. Para a edição de 2012 a organização estuda inserir as apresentações nos projetos culturais do município e, assim, motivar ainda mais os participantes. (Colaborou Larissa Marçal)

que tem nomes com muito talento no Festival. “O concurso é muito interessante para quem busca desenvolver a carreira artística de forma profissional”, destaca. Rosemar Cristiane Marcos, administradora de empresas de Santo André, também foi atraída pela paixão de cantar. “Já participei outras vezes do festival e acho muito legal a iniciativa”, explica. “Não participo pensando no dinheiro, mas porque gosto de cantar”, diz a administradora, que interpretará canção de Taiguara. (LM)

Serviço

Campus Amazonas – Faculdade Anhanguera Endereço: rua Amazonas, 2000, bairro Cerâmica Horário: 14h. Para informações acesse www.saocaetanodosul.sp.gov.br/secult ou telefones 4232-1237 e 4232-1294.

Duarte começou a cantar em karaokê e não parou mais

Peça Cócegas é atração em São Caetano Da Redação Há quase 10 anos em cartaz, o espetáculo Cócegas traz as amigas Ingrid Guimarães e Heloísa Perissé em personagens do cotidiano. A comédia, trazida pela Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Caetano e pela Fundação das Artes, terá duas apresentações na cidade: às 21h de sábado (24) e às 19h de domingo (25), ambas no Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840, Bairro

Santa Maria). A censura é de 14 anos. O espetáculo mostra nove esquetes, com personagens e textos criados pelas duas atrizes, que dão vida a diferentes mulheres do cotidiano. A peça conta também com cenas de improviso e participação do público. Os ingressos variam de R$ 35 a R$ 70. Os ingressos também podem ser adquiridos na CVC Turismo (3636-3450) ou no Call Center (2093-3176). Mais informações pelo telefone 4238-3030 ou pelo site www.saocaetanodosul.sp.gov.br/secult.

Diadema mostra obras de John Ford Buscando promover o conhecimento sobre um dos maiores diretores americanos, o Centro Cultural Serraria, em Diadema, traz ao público uma programação especial sobre O Cinema de John Ford, nos dias 24 e 29 deste mês, com a exibição do filme As Vinhas da Ira, com palestra e debates. John Ford foi um cineasta americano de grande renome, da década de 1930 a 1960, conhecido, principalmente, pelos seus filmes de velho oeste, os chamados westerns. O Centro Cultural Serraria fica na rua Guarani, 790. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4056-4950.

Massas ganham recheios diferenciados Da Redação Sempre presente na mesa dos brasileiros, as massas simples como lasanha, nhoque e macarronada dão lugar agora às recheadas com os mais diversos ingredientes. A Cantina Famiglia Rossi, em São Caetano, está desde 1997 no bairro Fundação e já é reconhecida pela tradição dos pratos incrementados. “Entre os mais pedidos estão o conchiglione de berinjela e parmesão, o calzoncini de linguiça calabresa e mandioquinha e o panzotti recheado com queijo qualho e batata”, afirma o proprietário Natalino Ribeiro Viana. Em São Bernardo, a tradição das massas está presente na Cantina Fratelli, na cidade desde 1982 e que serve sete tipos de massas recheadas e seis simples. O prato mais famoso é o schiaffone, massa em formato de pastel, com recheio de espinafre, mostarda folha, molho branco e parmesão. No Questo Pasta, em Santo

André, o sucesso é o Raviolli Bella Donna, com massa verde de espinafre e recheio de mussarela de búfala. “Outras massas bastante desejadas é o panzotti de filé e xitak e a lasanha de camarão”, afirma o sócio-proprietário, Marcos Lopes. Shoppings Nos shoppings, as grandes redes também atraem um público cada vez mais fã de massas, como o Spoleto do Shopping Metrópole, que serve média de 6 mil pratos/ mês. “Entre os prediletos estão o raviolli de picanha, tomate seco e queijo e presunto”, afirma Élio Zafalon Juliano, sócio-gerente. No restaurante, o cliente pode montar o próprio prato e criar recheios. Outras massas que Zafolon sugere são o Penne e o Fettuccine, que podem ser acompanhados por diversos tipos de molhos. (Colaborou Carolina Neves)

Roteiro gastronômico Cantina Famiglia Rossi – São Caetano Rua Herculano Freitas, 323, bairro Fundação Questo Pasta – Santo André Rua das Bandeiras, 437, bairro Jardim Cantina Fratelli – D’ Itália – São Bernardo Rua Dr. Fláquer, 515, Centro Spoleto Shopping Metrópole – São Bernardo Praça Samuel Sabatini, 200, Centro Carolina Neves

Cantina Famiglia Rossi apresenta pratos incrementados

RD livro

A Sabedoria dos Beatles nos Negócios

Unir o rock aos negócios. Essa é a proposta do livro A Sabedoria dos Beatles nos Negócios – O Que a Maior Banda de Rock de Todos os Tempos Pode Ensinar. Escrita pelo empresário e ‘beatlemaníaco’ Richard Courtney e pelo jornalista George Cassidy, a obra é construída de forma dinâmica e aborda vinhetas curtas, nas quais a história dos Beatles é mencionada seguidamente pelas consequências dos negócios que o famoso grupo de rock conquistou. Esta é uma boa opção para quem quer conhecer histórias curiosas da banda e aprender sobre negócios.

A Sabedoria dos Beatles nos Negócios – O Que a Maior Banda de Rock de Todos os Tempos Pode Ensinar Edição: 2011 Idioma: Português Número de Paginas: 256 Editora: Elsevier - Campus Preço: 44,90


NOVELA/CINEMA

Sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Novelas - Sinopses da semana de 26 de setembro a 1 de outubro de 2011 ATEN­ÇÃO: OS RESU­MOS DOS ­CAPÍTULOS ESTÃO SUJEI­TOS A MUDAN­ÇAS EM FUN­ÇÃO DA EDI­ÇÃO DAS NOVE­LAS.

GLOBO 17h35h

GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

RECORD 22h

Segunda

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

SÁBADO

Moisés tenta deixar Gabriel acuado, mas manda seus capangas o soltarem. Igor conta tudo o que aconteceu entre Michele e Betão na praia, e Débora vai embora arrasada. Betão é atropelado no posto e cai no chão com o ombro deslocado. Moisés mostra para Alexia as fotos que pegou no computador da lan house e ela fica apavorada.

Alexia conta para Moisés que Gabriel é o dono do blog de onde saíram as fotos que ele mostrou. Todos se preocupam com o estado de Betão, que, sem perceber, estende a mão para Babi ajudá-lo. Alexia resolve contar parte de sua história para Natália. Gabriel sonha com o acidente de Douglas. Ziggy se surpreende ao ver que o blog voltou a ser interativo sem que ele mexesse na programação.

Ziggy não consegue entender como o blog voltou a ficar interativo e Cristal e Babi desconfiam que tenha sido Gabriel. Gabriel conta sobre o pesadelo que teve com o acidente de Douglas. Samara, uma vidente, fala para Alexia que alguém está querendo falar com ela, mas não consegue. Moisés descobre o número do celular de Gabriel e liga para ele.

Moisés pergunta por Douglas quando fala com Gabriel e o ameaça. Samara tenta explicar para Alexia e Natália o que está vendo sobre o destino de Alexia. Moisés provoca Alexia dando em cima de Natália. Guido encontra Laura, insiste em saber o que aconteceu com o filho dela e pergunta se ela acredita que Douglas esteja vivo. Babi e Cristal ligam novamente para Francisco Miller.

Cristal finge ser a avó de Gabriel para falar com o antigo médico dele. Verinha chega em casa na hora de Igor ir para a escola e ele se entristece. Francisco Miller liga para Cristal e pede o endereço dela para enviar os exames de Gabriel. Natália vê Gabriel conversando com Moisés e fica nervosa. Rose invade o bar e pede ajuda a Moisés para socorrer Alexia.

Rose invade bar e pede ajuda para socorrer Alexia

Iná tem um pesadelo com suas netas e fica preocupada. Rodrigo assiste escondido ao jogo de tênis de Ana. Eva flagra Jonas e Cris juntos e decide sair de casa. Rodrigo se declara a Ana e os dois se beijam. Manuela fica nervosa quando sua mãe a manda arrumar as malas para irem embora. Eva vê Ana e Rodrigo se beijando na porta de casa e fica histérica.

Ana e Rodrigo tentam se explicar, mas Eva e Jonas não ouvem os filhos. Eva manda Manuela ficar na casa da avó quando ela e Ana forem para o torneio de tênis em Buenos Aires. Alice acerta sem querer a raquete de tênis na cabeça de Ana. Eva conta para as filhas que Jonas lhe deu um golpe. Ana fala para Manuela que desconfia que esteja grávida.

Ana e Manuela vão a um laboratório e confirmam a gravidez. Iná tem novo pesadelo e liga para as netas. Ana avisa a Rodrigo que precisam conversar. Jonas não aceita o relacionamento de Rodrigo e Ana. Manuela aconselha Ana a contar para Rodrigo que está grávida. Vitória pensa em uma solução para que Ana dê continuidade à sua carreira.

Vitória explica a Eva que entrou em contato com uma agência de adoção. Eva conta para as filhas a ideia de Vitória para que a gravidez não atrapalhe a carreira da tenista. Vitória faz uma coletiva informando que Ana está com uma lesão grave e vai se tratar fora do país por alguns meses. Rodrigo chega ao aeroporto e grita por Ana, que paralisa ao vê-lo.

Eva não deixa Ana e Rodrigo conversarem. Ana e Eva chegam à Patagônia e vão à agência de adoção. Manuela conta para irmã que viu Rodrigo com outra. Ana troca correspondências com Manuela durante toda a sua gestação. Alice conta a Ana que é filha de Vitória e que ela a entregou para adoção. A tenista fica nervosa e entra em trabalho de parto.

Iná conta para Manuela sobre o sonho que teve com Ana e um bebê. A tenista vê Júlia e desiste de entregar sua filha para Verônica, que se desespera. Verônica e o marido contam a Eva que Ana não quer entregar Júlia para eles. Ela tenta convencer a filha a cumprir o acordo, mas não consegue. Eva vai ao consulado brasileiro registrar sua neta como sua filha.

Diogo negocia a compra do hotel, com Janice e Roney, para dar a Guilherme. Abelha conta para Júlia que achou um fóssil com seu nome entre as coisas de John. Ícaro não se conforma em se afastar de Rafael e Amanda insinua que os três podem formar uma família. Wilson desmascara Elaine/Élcio. Júlia confronta John e o pressiona a dizer se seu pai está vivo.

Cristiano pressiona John a revelar o que sabe sobre o sumiço dos pais de Júlia. Wilson prende Élcio. Abelha promete ajudar Natália a desfazer o malentendido com Marcos. Cristiano descobre que Abelha se fazia passar por Natália. Marcos e Natália reatam. Júlia conversa com o avô e conclui que o fóssil é um sinal de que seu pai está vivo.

Júlia se anima com a ideia de que seus pais estejam vivos. Minerva estranha a pressa de Renato para se casar com Alice. Raquel vai à delegacia falar com Élcio e ele afirma que a ama. John avisa a Júlia que a fundação que a patrocina mandará um representante para encontrá-la. Ícaro e Amanda levam Rafael ao consultório e questionam se ele está curado.

Doutor Tadeu afirma que Rafael está curado e Ícaro comemora. Naomi tem alucinações novamente e Ícaro acredita que ela precisa ser internada. Áureo fala para Josué que vai se casar com Celeste e o segurança resolve sair da cidade. Dulce fala para Júlia que Diogo a pediu em casamento. Júlia se encontra com o representante da fundação que a patrocina.

Júlia descobre que a fundação tem presidente secreto. Ícaro rejeita Amanda e ela decide acabar com Naomi. Júlia denuncia John por desvio de verba da fundação e o representante avisa que ele pode ser preso. Guilherme tenta impressionar Alice. Raquel se casa com Élcio na delegacia e Xavier se torna o padrinho. Guilherme sugere que Dulce se mude para o hotel.

Wilson suspeita que Augusta seja cúmplice de Élcio e a convoca à delegacia. Dulce desabafa com Júlia e diz temer que Guilherme se deslumbre com o dinheiro do pai. Júlia sugere que Ícaro ofereça dinheiro a Amanda para ficar com Rafael. Diogo pede permissão a Guilherme para falar com Dulce e a pede novamente em casamento.

Antenor vai embora da casa da mãe e Griselda fica arrasada. Griselda não percebe quando o comprovante de seu jogo de loteria cai no chão do quarto de Antenor. Amália se surpreende ao encontrar com Antenor na pousada. Quinzinho guarda no bolso o comprovante do jogo de loteria. Patrícia procura Antenor.

Renê Junior se surpreende ao saber que o irmão de Leonardo sequestrou Doce e Cabana. Patrícia afirma a Antenor que não quer mais ficar com ele e vai embora da pousada, mas ele a segue e a beija. Griselda chega à casa de Celeste e estranha o comportamento de Baltazar. Esther fala para Danielle que vai fazer o que for preciso para ter um filho.

Esther fala para Danielle que não conversou com Paulo sobre sua decisão de fazer a fertilização in vitro. Zambeze diz a Luana que pode bancar suas despesas se ela ficar na pousada. Celina e Henrique aparecem na clínica para verem Pedro Jorge, mas Danielle não deixa. Teodora percebe algo estranho em Wallace e ele confessa que está se sentindo mal.

Teodora fica nervosa com a revelação de Wallace. Guaracy repreende Dagmar e Quinzé. Griselda paga parte da franquia do seguro da carro de Juan. Severino percebe o interesse de Vanessa em Renê. Letícia e Carolina se arrumam para ir ao programa de Luciano Huck. Teodora diz que Wallace precisa vencer a luta, para eles não falirem.

Antenor liga para Patrícia, que desliga o telefone sem falar uma palavra. Rafael pede para Leandro levar a moto de um cliente a um ferro velho para trocar as peças do veículo. Teodora vê o marido levar a mão ao peito e fica preocupada. Paulo afirma a Esther que não quer que ela faça a fertilização e ela fica chocada.

Paulo sai da Fio Carioca nervoso e deixa Esther arrasada. Antenor dribla a segurança para entrar na festa e Crodoaldo entra em pânico ao saber. Griselda esvazia os bolsos e deixa de lado o comprovante do seu jogo de loteria. Íris chega à festa com suas malas e Tereza Cristina entra em choque.

A turma do bolão acusa Regina de ter armado para assustar o grupo e tenta descobrir quem foi que mandou a coroa de flores. Divina acha que foi Ernesto que armou para a turma do bolão e se sente culpada. Patrícia diz à mãe que está aceitando o seu filho. Zizi pede para que Francisco se afaste de Rita para que ela não sofra nenhum atentado por causa dele.

Ernesto liga para Severino pedindo que ele entregue uma quantia em dinheiro para Divina e o ameaça dizendo que se ele não seguir a ordem, os filhos do casal irão sofrer as consequências. Divina liga para Ernesto e Elton. Margarida e Severino escutam a conversa. A ex-mulher do dono do restaurante tenta marcar um encontro para entregar o dinheiro.

Ernesto fica um pouco desconfiado, mas acaba aceita se encontrar com Divina. Ernesto recebe uma ligação sobre a armadilha da turma do bolão e fica irritado. Ernesto invade o condomínio da turma do bolão. O carro chega e como combinado pisca o farol duas vezes. Todos ficam em alerta para flagrar Ernesto. O comerciante invade a casa de Severino.

Ernesto faz Jaqueline desmaiar. Elton sai do carro e faz com que todos fiquem indignados com o que veem. Ernesto deixa um recado gravado para Severino e sequestra Daniel. Zé vê e chama atenção de Carlos, que consegue salvar Daniel. Carlos diz que irá proteger Rita e Francisco o acusa de ser o autor da explosão no cantinho do Severino.

Carlos discute com Francisco, que o chama de assassino e eles trocam socos. Patrícia consola Francisco e o convence a ir ao shopping com ela. Cleber tranquiliza Regina dizendo que Ernesto será preso. Armando fala para Zizi que descobriu o nome da pessoa que colocou a bomba no restaurante. Severino vai a casa de Augusta e pede para que ela não dê abrigo à Divina.

A novela não é exibida aos sábados.

Em Morde e Assopra, Alice aceita se casar com Renato Na novela Morde e Assopra, Alice (Marina Ruy Barbosa) está passando por momentos difíceis na família desde que Áureo (André Gonçalves) descobriu que é pai do filho de Celeste (Vanessa Giácomo) e Isaías (Ary Fontoura) e Minerva (Elizabeth Savalla) resolveram se separar. Ao seu lado, sempre esteve Renato (Fernando Roncato), que a ajudou a cuidar das feridas adquiridas no dia do casamento com Guilherme (Klébber Toledo). Com o tempo, eles começaram a namorar e, agora, o enfermeiro pede sua mão em casamento. Depois de muito pensar, ela acaba aceitando. A patricinha não está aguentando mais viver na casa que, como ela diz, está um verdadeiro hospício, com a família toda brigando o tempo inteiro. Por isso, diz sim à proposta de Renato, que sugere que se mudem para um apartamento simples após a troca de alianças. Apesar de não ter esquecido Guilherme, que tenta a todo custo reconquistar o amor da filha do prefeito, ela vê que o enfermeiro a ama e fará de tudo pela sua felicidade. As cenas foram gravadas na Central Globo de Produção, no Rio de Janeiro, e estão previstas para ir ao ar a partir de sábado, dia 24.

11

Taylor Lautner volta no suspense Sem Saída Fotos: Divulgação

Na trama, Taylor vive Nathan, jovem que descobre que sua vida é uma mentira Da Redação Antes de dar continuidade à saga de vampiros Crepúsculo, o ator Taylor Lautner, que ficou famoso e ganhou fãs ao redor do mundo por interpretar o lobisomem Jacob, volta às salas de cinema no papel principal da produção Sem Saída, filme co-produzido por sua produtora Taylor Made. Na produção, que estreia nesta sextafeira (23), o rapaz encara o personagem Nathan Harper, que encontra num site de crianças desaparecidas a sua própria foto. Ao realizar a descoberta e começar a

investigar o fato, o jovem se dá conta que as pessoas a sua volta começam a morrer. O quebra-cabeça não para por aí. Harper ainda descobre que seus pais mentiram para ele a vida toda, fato que o estimula a buscar respostas e encontrar sua verdadeira origem. Para a missão, Nathan conta com ajuda da amiga Karen. Além de Taylor, o suspense conta com a participação de Lily Collins (Um Sonho Possível), Alfred Molina (Homem-Aranha 2), Jason Isaacs (Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 e 2), entro outros. (Colaborou Larissa Marçal)

Premonição 5 é outra novidade O filme de terror Premonição 5, que também estará nas telas de cinema da região a partir desta sexta-feira, 23, não foge da narrativa dos anteriores. Novamente a agenda da morte não perdoa aqueles que a enganou e volta para matar todos que ficaram para trás. Dessa vez, um homem tem uma visão e consegue evitar que um ônibus que transportava os colegas de traba-

lho caísse de uma ponte. Porém, os sobreviventes passam por situações inusitadas em que o destino é sempre o mesmo: a morte. O filme tem direção de Steven Quale (Aliens Of The Deep) e participação dos atores Nicholas D’Agosto (Pelas Garotas e Pela Glória), Emma Bell (Gracie) e Jacqueline MacInnes (Turn the Beat Around). (LM)

Ator Marco Pigossi analisa personagem em Fina Estampa Canal Zap, por Gabriel Sobreira Marco Pigossi está animado com os vários ‘lados’ de Rafael, seu papel em Fina Estampa, da Globo. O personagem flerta com a vilania e ao mesmo tempo possui uma faceta de mocinho. "O que mais me seduz nas novelas do Aguinaldo é que ele não faz personagens maniqueístas. Isso é riquíssimo para o ator, que parece um 'camaleão'”, diz. Último capítulo Caco Ciocler participará do último capítulo de Cordel Encantado, que termina nesta sexta-feira (23). O personagem ainda é mantido em sigilo, mas o ator não esconde de ninguém a felicidade em integrar o elenco da atual novela das seis da Globo.

Filha do prefeito aceita casar com enfermeiro

Repórter Diário

Juliana Paes A Globo tem outros planos para Juliana Paes, quando ela terminar sua participação em O Astro. Diferentemente do que se acreditava, a atriz não fará mais A Filha do Mar, título provisório da próxima novela das nove. Para o posto de protagonista, a Globo já sonda outras atrizes. Já Juliana tem futuro quase certo, pois foi reservada para outro projeto, ainda mantido em sigilo. Vale lembrar que a autora Glória Perez já acertou a participação de Rodrigo Lombardi para seu próximo folhetim, que tem previsão de estreia para 2013. Portanto, nada impede que Rodrigo Lombardi e Juliana Paes possam ser vistos novamente como protagonistas de uma novela das nove.

INDÚSTRIA DE EMBALAGENS PROMOCIONAIS VIFRAN LTDA,TORNA PÚBLICO QUE RECEBEU DA CETESB A LICENÇA DE OPERAÇÃO NO.48000076 VÁLIDA ATÉ 22/09/2014. PARA ATIVIDADE DE “SACOLAS DE PAPEL FABRICAÇÃO DE”, LOCALIZADA NA EST. PART. SADAE TAKAGI, 215 COOPERATIVA – SBC-SP


12

Repórter Diário

SOCIAL

Sexta-feira, 23 de setembro de 2011 Fotos: Divulgação

Profissionais e parceiros do Polo Design Center em Paris, na França

Maison e Objet Profissionais de arquitetura, design e lojistas associados ao Polo Design Center estiveram entre os dias 9 e 13 de setembro, na Maison e Objet, em Paris. A feira francesa, de produtos de decoração, é uma das mais visitadas do mundo. A Maison e Objet 2011 apresentou tendências, formas e materiais em alta no mercado.

Silvia Dias, Andréia Medice , Sylvia Ferraro e Dionice Palácio

Margareth Grecco, Silvia Dias e Cristiane Tinari

João Mazza, Erica Lorca e Cristiane Tinari em frente à Torre Eiffel , o principal cartão postal de Paris

João Mazza, Marcos Biarari, Marcos Contrera e Andréia Medice

Patricia Duarte, Edivânia Comitre e Teresa Simões

Marcos Biarari, Ana Trabasso, Andréia Medice e Silvia Dias Fotos: Marciel Peres

Ministra do Planejamento, Miriam Belchior, ao lado do presidente da Acisa, Sidnei Muneratti

Petistas Carlos Grana e Vanderlei Siraque

Ministra visita Acisa A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, esteve na última segunda-feira (19) na Acisa (Associação Comercial de Santo André). Na ocasião, a representante do governo federal cobrou dos governantes dos sete municípios da região visão estratégica sobre as oportunidades proporcionadas pelo pré-sal, falou sobre o monotrilho e sobre as eleições municipais do próximo ano. O evento reuniu os prefeitos Mário Reali, de Diadema, Luiz Marinho, de São Bernardo, além de secretários das cidades do ABC.

Edição 23/09/2011  

Edição 23/09/2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you