Issuu on Google+

Verão pede comida oriental, saudável e leve

Exposição trouxe Os Flintstones, no Atrium

Página 7

Página 6

Ano 8 | Nº 2.918| ABC, sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 | www.reporterdiario.com.br

R$ 0,50

Guarda municipal tenta evitar assalto e morre em Sto.André Foto: Rodrigo Lima

Va l d i r F e r r e i r a d o Nascimento, 50 anos e integrante da Guarda Civil Municipal de Santo André, morreu na tarde desta quinta-feira (16), ao tentar impedir um assalto n a r u a J u s t i n o Pa i x ã o , no Centro. O policial foi por volta das 15h30 com a mulher numa loja de equipamentos eletrônicos, para efetuar o pagamento da festa de 15 anos da filha, quando percebeu que dois rapazes, de moto, assaltavam o motorista de

um carro parado em frente ao estabelecimento. O guarda municipal saiu para tentar impedir a ação. Ao se identificar como policial, um dos bandidos disparou três tiros contra Valdir Ferreira do Nascimento, que foi levado ao CHM (Centro Hospitalar Municipal), mas não resistiu aos ferimentos. Nenhum dos bandidos foi preso. O caso está sendo investigado pelo 1º DP de Santo André. O guarda trabalhava na GCM desde 1986.

Mauá multará por invasão na faixa exclusiva dia 27 Mauá vai aplicar multa aos motoristas que invadirem a faixa exclusiva de ônibus da Barão de Mauá a partrir de 27 de janeiro. Hoje, o corredor implantado de forma educativa, sem cobrança de multa. O trajeto tem 5,9 km e segue dos Terminal Central até o Itape-

VIOLÊNCIA - Populares tentam parar o trânsito para socorrer o policial que acaba de ser baleado

Apenas três cidades terão desfile de folia

Ceasa terá novo horário de funcionamento

A pouco mais de um mês para o Carnaval, apenas três cidades do ABC já trabalham para a folia: Santo André, São Bernardo e Diadema. A primeira entregou as subvenções de R$ 420 mil em setembro para as 15 agremiações para o desfile na avenida Firestone. São Bernardo também já estabeleceu um valor para as subvenções - R$ 382,7 mil, e o prazo é até esta sexta (17) para liberar a verba para as nove escolas. Diadema também promete samba durante os dias 1º e 2 de março, com apresentação das baterias das escolas de samba, bailes noturnos para adultos e matinês para as crianças. A data ainda está em escolha, mas o Paço é considerado para a festa.

A Ceasa (Central de Abastecimento) do Grande ABC terá o horário de funcionamento alterado nos próximos meses. Hélio Tomaz Rocha superintendente da Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André), que após a entrada de novos permissionários na Ceasa, fará pesquisa para saber qual o melhor horário para a central de abastecimento. Outra medida no braço da Craisa será a instalação de novo projeto de iluminação, elaborado concomitantemente à instalação do sistema de combate a incêndios – investimento de mais de R$ 1,3 milhão, que deve ser concluído até outubro deste ano.

CARNAVAL -Terceira Idade sonha com o Especial

Página 3

Página 4

RD tv Foto: Rodrigo Lima

Entrevista - Nairo Ferreira, presidente da AD (Associação Desportiva) São Caetano, é um dos entrevistados da semana no RDtv. Assista no reporterdiario.com.br

índice Opinião............................Pág. 2 Política...............................Pág. 2 Cidades........................ Pág. 3 e 4 Economia.................... Pág. 5 Cultura.............................Pág. 6 Cinema e Novelas..........Pág. 7 Gastronomia .................... Pág. 7 Esporte............................... Pág. 8

Cidade tem 4 candidatos a Ouvidoria Na segunda abertura de inscrições para ouvidor em Santo André, quatro nomes foram confirmados. O processo havia sido aberto em dezembro de 2013, porém, como só houve o registro de uma candidatura – do advogado José Ribas Júnior – teve de ser reiniciado. Além de Ribas, são candidatos José Pereira dos Santos, Wellington Hipólito Ferreira e Manoel Luiz Correa Leite. Página 2

Página 5 Foto: Leandro Amaral

CHUVAS – Foi retirado na tarde desta quinta (16) o corpo de um homem do rio Tamanduateí, em São Caetano. Segundo informações, o corpo foi vítima de afogamento com a forte chuva na quarta (15). Segundo o Corpo de Bombeiros, seis pessoas desapareceram em Mauá. Apenas duas foram localizadas.

va. Paulo Eugenio Pereira, secretário de Mobilidade de Mauá, diz que estudos apontam a redução do tempo de deslocamento entre uma estação de 30 para 20 minutos. A meta do paço é baixar para 15 minutos. Até março será implantada a segunda faixa. Página 2 Foto: Rodrigo Lima

CRAISA - Hélio Rocha aposta entre 4h e 16h

Página 5

Estado anuncia 11 presídios até dezembro O governador Geraldo Alckmin (PSDB) prometeu, nesta quinta (16), entregar até o fim de 2014 mais 11 unidades prisionais. Dados da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) mostram que 133 dos 155 presídios paulistas têm superlotação. Segundo levantamento do RD, 41 Centros de Detenção Provisória (CDP) espalhados por São Paulo, quatro estão instalados no ABC. Todos superlotados. Página 2


2

Repórter Diário

Editorial

Rolezinhos dos sem perspectivas Os rolezinhos, encontro de jovens da periferia em shoppings centers, viraram alvos de preocupações de autoridades policiais e de lojistas. Nas redes sociais, já é possível verificar agendas previstas para centros de compras em Santo André e Mauá. Com esta nova ação juvenil, se retoma a discussão sobre o limite do direito de manifestação, discriminação social e racial, luta de classes e repressão policial. Os chamados rolezinhos são, antes de tudo, um fenômeno gerado pelo poder de mobilização das redes sociais. Da mesma forma que ocorreu nos protestos nas ruas, em junho passado, existem pessoas bem-intencionadas, mas também oportunistas que se escondem na multidão para transgredir. Os grandes centros de consumo foram idealizados para oferecer conforto e segurança ao consumidor. São espaços privados de uso público, que não podem servir de palco para a segregação nem para a intimidação de pessoas. Ninguém pode impedir que jovens moradores da periferia frequentem o mesmo local habitualmente frequentado pelo consumidor mais abastado. Reprovável mesmo é a politização desse episódio com final imprevisível. O gestor público precisa encontrar soluções de lazer a este segmento social e abrir um caminho de convivência em que todos os direitos sejam respeitados.

RASTILHO Secretário de Marinho é cotado para substituir ministro da Saúde O secretário de Saúde de São Bernardo, Arthur Chioro, apareceu como um meteoro nas últimas horas na bolsa de apostas da Capital Federal. Com o impasse na indicação do sucessor de Alexandre Padilha no Ministério da Saúde, a presidente Dilma Rousseff poderá recorrer ao secretário do prefeito Luiz Marinho (PT) que, além de transitar bem no PT e ser técnico na área, já trabalhou no Ministério. O próprio Marinho já foi sido avisado por Dilma da possibilidade. Ele viajou à Brasília a convite da presidente esta semana. Nos bastidores, ventila-se que o prefeito vislumbra a possibilidade de convidar Lumena Furtado, secretária de Saúde em Mauá, para assumir no lugar de Chioro. Fotos: Banco de Dados

Marinho recebe Saab

Agenda cancelada Falando em Marinho, o também presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC afirmou na última segunda (13) que se encontraria com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, nesta sexta (17). O petista sinalizou que ouviria novidades sobre a linha 18-Bronze. Porém, a assessoria de imprensa do Paço afirma que a agenda foi cancelada. Caças suecos Marinho também revelou que receberá no dia 30 autoridades suecas da empresa Saab, responsável pela fabricação do Gripen, modelo de caça vencedor da licitação da Força Aérea Brasileira. A conversa traçará os planos para a implantação da fábrica na cidade, com a possibilidade de abertura de mais de 5 mil postos de trabalho.

do pagamento de taxas para expedição de segunda via de documentos todos os moradores do Estado vítimas de catástrofes naturais. O prazo para obter a isenção é de 60 dias e dá direito à expedição de RG e CNH. Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento e Certidão de Registro de Imóveis foram vetados pelo governador.

Vanessa sofre revés

Deputada inelegível Depois de o RD publicar a declaração do advogado do prefeito de Mauá, Donisete Braga, sobre mais um revés na Justiça da deputada estadual Vanessa Damo (PMDB), no caso dos panfletos apócrifos que foram distribuídos no segundo turno da eleição de 2012, a deputada, por meio de nota, disse que o “objeto do processo é o mesmo do ano passado, que está sendo apensado ao que está tramitando e ambos serão resolvidos em Brasília.” Se não reverter, Vanessa pode ficar inelegível no pleito de outubro, quando pretende disputar a reeleição na Assembleia.

Pinheiro visita Hospital

Vistoria em São Caetano No próximo dia 23, o secretário de Saúde de São Caetano, Sallum Kalil Neto, e o prefeito Paulo Pinheiro (PMDB) fazem um-a vistoria no Hospital São Caetano, na companhia de integrantes da Secretaria de Saúde do Estado. Será o pontapé inicial da transformação do equipamento em um hospital regional estratégico, cujo custeio de reforma e manutenção, como o RD antecipou, ficará a cargo dos governos estadual e federal. Isenção em desastres Foi publicada no último dia 9 a lei estadual 15.293/14, de autoria da deputada Regina Gonçalves (PV), que isenta

Reina: agredido em 2013

Investigação A Polícia Civil de Santo André começa a colher depoimentos sobre a agressão sofrida pelo ex-prefeiturável do PSOL, Marcelo Reina, durante uma reunião no Consórcio Intermunicipal Grande ABC. O socialista foi convidado a depor há duas semanas. O diretor de Comunicação da legenda, Francisco Oliveira, compartece ao 1º DP da cidade no dia 23. Ele afirma que o agressor, segurança do presidente do Consórcio, Luiz Marinho, já foi identificado.

Rua Álvares de Azevedo, 210 Centro – Santo André Tels.: 4427-7800 – 99973-5387 www.reporterdiario.com.br

Sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Opinião / Política

Mauá multa invasão em faixa exclusiva a partir do dia 27 Leandro Amaral O secretário de Mobilidade de Mauá, Paulo Eugenio Pereira, revelou que a aplicação de multa por invasão na faixa exclusiva de ônibus da Barão de Mauá entra em vigor no dia 27 de janeiro. Hoje, o corredor está implantado de forma educativa, ou seja, sem ônus para quem cometer a infração. O trajeto tem 5,9 km e segue do Termina Central até o Terminal Itapeva. “Já temos um resultado significativo desta ação. Temos estudos que apontam que o tempo de deslocamento entre uma estação e outra passou de 30 para 20 minutos. E o nosso objetivo é baixar para 15 minutos”, disse o secretário, em entrevista exclusiva ao RD. O valor da multa em Mauá será o mesmo praticado em Santo André, R$ 53,20, conforme estabelecido no Código Nacional de Trânsito. O montante arrecadado será revertido em melhorias para o setor e campanhas de conscientização. A invasão do espaço do transporte público também gera três pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Desde o último dia 13, o governo andreense começou a autuar os motoristas que desrespeitam a faixa exclusiva na Avenida Perimetral e no binário que compreende as

ruas Artur de Queirós e General Glicério, na região central. O Paço conta com equipe de 100 agentes de trânsito. O Departamento de Engenharia de Trânsito do município estuda implantar câmeras de vídeo para reforçar a fiscalização. Em Mauá, ainda no primeiro trimestre deste ano, será implantada a segunda faixa exclusiva que vai abranger a região do Zaíra, pela Castelo Branco. “Essas duas vias juntas são responsáveis por 53% de todo o deslocamento do transporte coletivo”, explica Paulo Eugenio. Neste primeiro momento, a faixa exclusiva vigora no horário de pico, das 5h às 8h e das 17h às 20h.

Foto: Rodrigo Lima

Paulo Eugênio diz que a multa será de R$ 53,20, como em Santo André

Licitação do transporte sai em fevereiro Paulo Eugenio reiterou que o edital da licitação para renovação de toda a frota de ônibus será concluído nos próximos dias. Até o final de janeiro, como prevê a legislação, ocorrerá uma audiência pública antes da abertura da concorrência entre as empresas interessadas. Quem vencer o certame terá de oferecer ao município 240 novos ônibus zero km com acessibilidade. Os veículos farão o transporte dos 100 mil passageiros que utilizam o serviço diariamente. “Até o fim da licitação, a Susantur, empresa contratada emergencialmente em novem-

bro do ano passado, por seis meses, seguirá prestando o serviço”, destaca o titular. O contrato emergencial poderá ser prorrogado, caso haja necessidade. Ao longo de 2013, Mauá viveu uma verdadeira guerra jurídica na operação dos dois lotes do transporte coletivo. No final do ano, a Leblon conseguiu no Tribunal de Justiça o direito de retomar a operação das 18 linhas do transporte público local. A empresa havia sido notificada pela Prefeitura para deixar a integralidade do sistema devido a um processo movido pelo município contra a concessio-

nária, declarada inidônea por supostamente ter fraudado o sistema de bilhetagem. Porém, a liminar durou pouco e a Susantur segue na operação. MauáTrans A prefeitura também idealiza a criação da MauáTrans, uma espécie de empresa pública que, segundo Paulo Eugenio, vai devolver o controle do transporte ao município. “Vamos discutir, com calma, esse projeto com a Câmara”, salientou. Na prática, a autarquia terá o mesmo perfil da SATrans, responsável pelos coletivos em Santo André. (LA)

Eleição da Ouvidoria tem 4 Alckmin promete mais 11 candidatos em Sto. André presídios até final de 2014 Leandro Amaral Na segunda abertura de inscrições para a disputa do cargo de ouvidor em Santo André, quatro nomes foram confirmados. O processo havia sido aberto em dezembro de 2013, porém, como só houve o registro de uma candidatura – do advogado José Ribas Júnior – teve de ser reiniciado, pois o regimento exige, no mínimo, dois postulantes. Além de Ribas, são candidatos José Pereira dos Santos, Wellington Hipólito Ferreira e Manoel Luiz Correa Leite. Do quarteto, só Wellington não atua na área do Direito. Se tudo correr dentro do planejado e não houver segundo turno, a posse do novo ouvidor se dará no dia 28 de janeiro, quando termina a gestão do atual titular, Saul Gelman. O mandato é de dois anos. A Ouvidoria trabalha com Orçamento anual de R$ 674

Espaço aberto

Da Redação O governador Geraldo Alckmin (PSDB) prometeu, nesta quinta (16), entregar até o fim de 2014 mais 11 unidades prisionais. Dados da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) mostram que 133 dos 155 presídios paulistas têm superlotação. De toda a população carcerária do País, 40% estão em São Paulo. Segundo levantamento feito pelo RD esta semana, 41 Centros de Detenção Provisória (CDP) espelhados por São Paulo, quatro estão instalados no ABC. Todos superlotados. As cidades de Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá têm capacidade para abrigar o total de 2.432 presos. Porém, as unidades possuem, atualmente, 6.889 detentos. Ou seja, 4.457 presos além do ideal. No CDP da Vila Palmares, em Santo André, a capacidade é para 512 presos, mas

Estado lida com superlotação

a população registrada no último dia 13 era três vezes superior. São Bernardo também tem o triplo da população carcerária ideal. Já em Mauá, a capacidade é para 576 presos, enquanto a população atual é de 1.432. A unidade recebe as demandas de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. No CDP de Diadema, a capacidade é para 576 presos, e a população registrada hoje é de 1.449. (Colaborou Cíntia Alves)

Sobre rolezinhos e limites

Muito se tem falado sobre os rolezinhos, e os debates estão bem calorosos. Essas aglomerações de jovens, que ganharam fama em São Paulo a partir do fim de 2013, são os encontros marcados pelas redes sociais em shoppings centers. Esses encontros estão ganhando versões em outras cidades e até em outros Estados. Na cidade de São Paulo, alguns encontros terminaram em confusão: jovens sendo agredidos por policiais e mandados judiciais sendo expedidos. Mas o que são realmente esses rolezinhos? Opiniões estão sendo vinculadas em todas as mídias, mas existem algumas perguntas que não estão sendo feitas. E elas são importantes. A reunião de jovens não é

Jornalistas responsáveis: Airton Resende e Maria do Socorro Diogo Reportagem: Cíntia Alves, Maria do Socorro Diogo, Luan Siqueira, Leandro Amaral, Iara Voros e Lígia Berto. Fotos: Rodrigo Lima e divulgação

mil, o equivalente a menos de 1% da peça orçamentária. Segundo o coordenador eleitoral da ouvidoria, Sivaldo da Silva Pereira, se não houver impugnações, a sabatina ocorrerá no dia 24, no auditório da Câmara. Neste dia, acontece a escolha do ouvidor. O Colegiado da Ouvidoria é a instância que cuida do processo eleitoral. Este grupo é formado por 17 pessoas oriundas dos segmentos da sociedade civil, como a Acisa, OAB, centrais sindicais, sindicatos independentes, setor acadêmico, Ciesp, setor esportivo, conselhos de políticas públicas, classes profissionais, etc. Cada candidato é indicado por uma entidade. Ribas, pelo Instituto A Casa do Jardim; José Pereira, pela Associação Amigos de Camilópolis; Wellington, pela Fraternidade Espírita Casa de Ismael e Manoel, pela Associação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas.

crime e não necessariamente gera arruaça, e tampouco podemos afirmar que eles se reúnem para protestar contra algo de maneira consciente. Então por que eles se reúnem? Talvez a necessidade de fazer parte de um grupo e de ser aceito explique. Talvez o shopping, com seu símbolo de status social, com sua proposta de estímulo ao desejo de compra, chamem a atenção e a vontade de se reunir neles. Talvez a reunião dentro de um ambiente com ar condicionado, lanchonetes e lojas, um local para tirar fotos e postar ou “catar umas minas” como afirmou um jovem numa entrevista, seja bem mais divertido do que numa praça pública. Talvez uma forma de afirmação da individualidade e de reconhecimento em nossa sociedade hiperconsumista. Talvez porque eles sejam apenas jovens. É possível que depois de

Comercial: Claudia Polimeni Diagramação: Flória Napoli Suporte Operacional: Pedro Diogo Tecnologia: André Resende

muitos rolezinhos, outros interesses estejam embutidos, como a necessidade de protestar contra uma elite, contra uma exclusão social e racial. Um movimento assim é mutável, pode começar com uma ideia e adquirir outros objetivos com o passar do tempo. Afirmar que esses eventos somente têm objetivo de protesto de cunho social é uma explicação simplória, pois não leva em consideração os fatores psicológicos que estão por trás de cada um dos jovens e do grupo. Por outro lado, os donos de shoppings não querem desordem. Devemos lembrar que o shopping é um local privado aberto ao público, com normas de conduta para visitação. Sabem que tal movimento pode interferir negativamente na rotina dos lojistas, afastando visitantes e consumidores, nada mais trágico para os donos de lojas. Como lidar então com

O Repórter Diário circula em: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

estes fatos? Como não passar dos limites? Qual é o entendimento da sociedade sobre a diferença entre um lugar público e um lugar privado? O rolezinho é um tema complexo que precisa ser bem analisado, mas dentro da esfera da cidadania, não com segregação ou estigmatizando os jovens. Uma atitude violenta por parte de seguranças ou da polícia irá gerar uma reação oposta de violência. Esse movimento revela um quadro crônico de não saber o que fazer por parte das autoridades de segurança pública, ao mesmo tempo revela um preconceito de classe e raça, que fingimos não existir, mas que em ano de Copa de Mundo pode causar muito mais incômodo. Ives Alejandro Munoz é filósofo e professor da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS)

É proibida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização por escrito dos editores. O Repórter Diário não se responsabiliza pelos conceitos e informações emitidos nos artigos de terceiros.

Tiragem auditada por:


Sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

REPÓRTER DIÁRIO

CIDADES

Rolezinhos mobilizam autoridades da região

Fotos: Banco de Dados

Leandro Amaral

Os rolezinhos, encontros de grupos de jovens nos shoppings que provocam desconfiança, já despertam a atenção de autoridades do ABC. Nas redes sociais, já é possível verificar agendas previstas para dois locais na região. Tem rolezinho marcado para este sábado (18), no Grand Plaza, em Santo André, e dia 1º de fevereiro, no Mauá Plaza. Como o shopping se trata de espaço privado de uso público, as prefeituras devem agir com cautela para garantir a segurança dos frequentadores dos grandes centros comerciais. “A gente tem acompanhado o que aconteceu em shoppings de São Paulo. Até agora não ocorreu nada aqui. A partir da possibilidade de ocorrer, vamos dialogar com as superintendências dos shoppings para buscar medidas. É preciso uma ação conjunta. Respeitamos o direito de ir e vir e de manifestação, mas não pode ser confundido com ambiente de violência e medo”, avalia o prefeito andreense Carlos Grana. Em Mauá, o prefeito Donisete Braga segue a mesma estratégia. “Por enquanto estamos acompanhando de perto apenas como prevenção”, diz o petista. Shoppings O RD repercutiu o assunto com os shoppings da região. “Os shoppings ABC - Santo André - e São Bernardo Plaza esclarecem que estão sendo tomadas todas as medidas preventivas para garantir a segurança e bem

Shopping Grand Plaza, em Santo André, entra na mira dos adeptos aos rolezinhos estar dos clientes, lojistas e colaboradores do centro de compras”, diz por meio de nota. O Shopping Metrópole, em São Bernardo, informa que até o momento não identificou nenhum encontro marcado para acontecer no centro de compras. O Grand Plaza, em Santo André, explica, também em nota, que vem tomando todas as medidas necessárias no sentido de preservar a segurança e o conforto dos clientes, lojistas e funcionários, visando evitar que casos pontuais venham a comprometer o bom funcionamento do empreendimento. “Comportamentos

inadequados e situações de anormalidade, como aglomerações que possam colocar em risco nossos clientes, poderão resultar no acionamento da autoridade pública”, avisa. O Mauá Plaza Shopping informa que “acompanha permanentemente os movimentos chamados “rolêzinhos”. Além de manter a equipe de segurança reforçada e em alerta, o empreendimento conta, ainda, com o apoio das polícias Militar e Civil e da Guarda Municipal. O Departamento Jurídico do shopping analisa o assunto e estuda ações legais que possam ser toma-

Apenas 3 cidades terão desfile Da Redação A pouco mais de um mês para o Carnaval, apenas três cidades do ABC já trabalham para o ziriguidum: Santo André, São Bernardo e Diadema. A primeira já entregou as subvenções de R$ 420 mil em setembro de 2013 para as 15 agremiações para o desfile na avenida Firestone. São Bernardo também já estabeleceu um valor para as subvenções - R$ 382,7 mil, e o prazo é até esta sexta (17) para liberar a verba para as nove escolas da cidade – Escola de Samba Acadêmicos Vila Baeta Neves, Terceira Idade Brilha São Bernardo, GRCSES Acadêmicos de Vila Vivaldi, GRCES Mocidade alegre São Leopoldo, GRCES Estação Primeira de Baeta Neves, ES União das Vilas, GRES Renascente de São Bernardo do Campo, CRES Camisa Vermelha e Branca e Império do Samba. As escolas do grupo especial, entre elas a ganhadora de 2013, São Leopoldo e Acadêmicos de Vila Vivaldi, receberão R$ 45 mil, enquanto as do segundo grupo recebem R$ 27 mil. A entidade

escolhida para representar as agremiações foi a Super Liga das Escolas de Samba de São Bernardo. A assessoria de imprensa não soube informar o local dos desfiles. Diadema também promete samba durante os dias 1º e 2 de março, com apresentação das baterias das escolas de samba, bailes noturnos para adultos e matinês para as crianças. A data ainda está em escolha, mas o Paço é considerado para a festa. Sem folia Fora da folia este ano, São Caetano decidiu investir em áreas prioritárias, como saúde, educação, segurança e proteção social. A Prefeitura, no entanto, informa que realizará o tradicional desfile de Carnaval de rua Balancê Cultural, com data ainda a ser definida. Ribeirão Pires também não tem desfile, já que a cidade não possui escolas de samba, mas a cidade elabora programação especial para crianças, com apresentação de algumas bandas, ainda não definidas. Tertceira idade Com as cores vermelho, branco e azul, a escola Terceira Idade

Brilha já começou a se preparar para o Carnaval. Fundada como bloco carnavalesco, a Terceira Idade transformou-se em agremiação em 2001 e desde então luta por um título. O enredo deste ano é “Na Passada do Samba, Modéstia a Parte, Eu SouAmante Dessa Arte”, que conta a história. Raimundo Machado, presidente da escola, diz que todos os participantes farão o possível para que a escola seja consagrada este ano. “O nosso tema é forte e as fantasias e os carros ficarão muito bonitos, quando estiverem prontos”, diz. A única preocupação é a falta de tempo para os preparativos, já que falta pouco mais de um mês para o desfile. “Nós só receberemos a subvenção dia 17, e ainda estamos no início dos arranjos, porque até então, nós não tínhamos dinheiro. Essa verba demorou sair”, reclama. No entanto, o presidente não desanima. Afirma que, se depender dos participantes da escola, o título já é certo. “Embora idosos, a galera aqui tem muita força de vontade. Está todo mundo trabalhando. Esse ano nós conseguiremos ir para o Grupo Especial”, aposta. (Colaborou Lígia Berto)

Semasa culpa Sabesp e temperatura Após reclamações sobre a escassez de água, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) explica que a principal causa é o aumento na temperatura, que gera maior consumo de água pela população. A falta de chuva em janeiro, normal para a estação do ano, contribui para a diminuição nos reservatórios. “A cidade consome, por dia, 200 mil m³ de água e houve aumento de 20% no consumo”, diz Celso Crespo, diretor técnico de manutenção do Semasa. Para o dirigente, o maior vilão da cidade é a temperatura.

“Como o morador usa mais água por causa do calor, alguns reservatórios não conseguem suprir a demanda, o que causa escassez em alguns bairros”, explica ao desmentir os rumores de que haveria favorecimento da autarquia em alguns bairros. Para Crespo, outro fator para a escassez é a falta de regularidade na demanda recebida pela Sabesp, que manda volumes irregulares de água durante o dia, favorecendo os baixos níveis de água nos reservatórios apenas em alguns períodos. “Há uma irregularidade gritante na hora do recebimento de água. Nós

recebemos uma quantidade enorme durante a madrugada, e durante o dia, que o consumo é maior, o volume recebido diminui. Se houvesse regularidade no recebimento, grande parte do problema estaria resolvido”, diz. Segundo o diretor, a escassez não será resolvida rapidamente. Se as chuvas não melhorarem, os moradores poderão sofrer com a falta de água também no inverno, já que os reservatórios estarão com os níveis críticos de água. Para incentivar a redução do consumo menor, o Semasa vai investir em campanhas. (Colaborou Lígia Berto)

das em caso de alguma necessidade. “O empreendimento localizado em Mauá reitera que este tipo de medida tem o objetivo de proteger os frequentadores e empreendedores, evitando que transtornos atrapalhem a segurança dentro do estabelecimento”, ressalta. São Paulo Pelo menos cinco shoppings na Capital conseguiram liminar na Justiça que impede a realização do tipo de encontro. No último sábado, dia 11, a Polícia Militar reprimiu um rolezinho no shopping Itaquera com gás lacrimogêneo e balas de borracha.

3

Operação Verão 2014 atrasa reforço policial O reforço do efetivo militar nas ruas do ABC, prometido em dezembro por Fernando Grella, secretário estadual de Segurança, será definido somente após a Operação Verão 2014, que acontece na Baixada Santista durante a temporada. A partir de 2 de fevereiro, quando a operação é encerrada, os 1.170 policiais militares serão distribuídos pelo Estado para atender a demanda das regiões. Dessa forma, o déficit de 421 policiais militares no ABC permanece sem sinal de quanto poderá ser reduzido. Durante o ano está prevista contratação de mais 2.220 PMs em São Paulo através de concurso, já em andamento. Além disso, como parte das medidas do Programa São Paulo Contra o Crime, anunciado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), em maio do ano passado, outras 5 mil vagas foram autorizadas para a carreira de oficial administrativo na PM e outras 2.805 vagas na Polícia Civil para as carreiras de delegado, escrivão, investigador e agente policial. Essas vagas autorizadas aguardam a publicação de seus respectivos editais para que os concursos sejam realizados. Na Polícia Técnico-Científica, está prevista a contratação de mais 1.853 profissionais, quantidade que eleva em 64% o número de funcionários. As vagas são de desenhistas técnico-periciais, fotógrafos técnico-periciais, oficiais administrativos, peritos criminais, técnicos de laboratório, médicos legistas, auxiliares de necropsia e atendentes de necrotério. O investimento anual do governo do Estado com as contratações será de R$ 305 milhões De acordo com os editais dos concursos da Polícia Civil, 25% do novo efetivo é

ABC terá mais policiais destinado para a Grande São Paulo. No caso dos policiais militares, a distribuição é definida ao final de cada curso de formação, de acordo com a demanda de cada região. Para Benedito Mariano, coordenador do Grupo de Trabalho (GT) Segurança Pública, do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, basta apenas o Estado solicitar levantamento aos secretários de segurança de cada município para definir as áreas prioritárias em receber reforço policial. “Precisamos manter diálogo alinhado para atender a demanda da região e reduzir os índices de criminalidade”, aponta. Delegacias 24h Em dezembro, Fernando Grella, informou que o ABC passará de oito para 12 delegacias 24h. No entanto, ainda estão indefinidas quais distritos terão horário estendido. Para Benedito Mariano, o ideal é que pelo menos até o final de 2014 os 27 distritos policiais passem a atender 24h, não apenas das 8h às 18h. “É como se à noite e durante a madrugada não houvesse crime”, comenta. (Colaborou Iara Voros)


4

REPÓRTER DIÁRIO

Sexta-feira 17 de janeiro de 2014

CIDADES

Cinco cursos da USCS perdem FIES Foto: Lígia Berto

Da Redação Desde 1º de dezembro, a Universidade Municipal de São Caetano o Sul (USCS) foi proibida pelo Enade (Sistema Nacional de Avaliação) de financiar os cursos de Publicidade e Propaganda, Ciências Contábeis, Administração, Comércio Exterior e Direito. A proibição se deu em razão da nota dos alunos na prova de 2012, em que a universidade não conseguiu atingir o conceito mínimo obrigatório na avaliação. O Enade, avaliação obrigatória para instituições de ensino superior que todo ano seleciona alunos do primeiro e do último ano para aplicar uma prova para testar conhecimentos, classificou os cursos da USCS com rendimento abaixo de três, que seria a nota mínima para a universidade conceder o financiamento (FIES) e os descontos que podem ser obtidos com a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), com o ProUni (Programa Universidade para Todos). Marcos Biffi, pró-reitor da USCS, afirma que a falha na avaliação do Enade se deu por boicote dos formandos em 2012, insatisfeitos com a reitoria da época, regida por Silvio Augusto Minciotti. “Não teve nada a ver com o nosso ensino. Essa foi uma forma muito ruim de os alunos se vingarem da antiga reitoria. O problema é que, ao invés de prejudicarem apenas a USCS, eles acabaram prejudicando também os estudantes que estão entrando na universidade agora e que não poderão se beneficiar do financiamento”, afirma o pró-reitor, que registrou 51 financiamentos em 2013, apenas no curso de Publicidade e Propaganda.

Policial da GCM morre após assalto em S.André Valdir Ferreira do Nascimento, 50 anos e integrante da Guarda Civil Municipal de Santo André, morreu na tarde desta quinta-feira (16), ao tentar impedir um assalto na rua Justino Paixão, no Centro. O policial foi por volta das 15h30 com a mulher numa loja de equipamentos eletrônicos, para efetuar o pagamento da festa de 15 anos da filha, quando percebeu que dois rapazes assaltavam o motorista de um carro parado em frente ao estabelecimento.

Bianca Zapalorte, aluna de Publicidade, mostra o boleto do seu curso, agora sem FIES A USCS possui 5.818 alunos e no ano passado foram 385 com o FIES. Os alunos que já tinham o FIES antes da proibição continuam com o benefício. Já os ingressantes de 2014 dos cinco cursos avaliados terão de arrumar outras formas de pagar a mensalidade por, pelo menos, três anos, já que a USCS só poderá aderir ao financiamento novamente em 2017. Caso a nova avaliação desses cursos aponte classificação ruim, a proibição pode se estender por mais três anos. Providências Marcos Biffi acredita que não haverá renovação da proibição, já que a nova reitoria faz modificações nos cursos e na estrutura do prédio, o alvo de reclamação dos ex-alunos. “Nós modificamos o curso de Jornalismo, por exemplo. Quem entrar agora [em 2014] já terá um curso mais dinâmico, com mais trabalho de campo”, promete Biffi. Outra reclamação de alunos é sobre os dois primeiros anos de comunicação,

que agrupam estudantes de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Rádio e Tv. Biffi adianta que não haverá alteração. “É muito bené-

fico para o aluno ter mais matérias além daquelas de seu curso. Isso abre oportunidade de conhecer novas áreas”, explica.

Instituição oferece bolsa A USCS oferece uma bolsa restituível de 30% da mensalidade para aqueles que precisam, inclusive para os alunos dos cursos que perderam o direito ao FIES. Marcos Biffi diz que essa bolsa já existia antes da proibição, como alternativa para quem os que não tinham o benefício do financiamento. “Essa bolsa veio para ajudar os alunos, já que eles só pagam o que financiam ao final do curso. É uma forma eficaz de ajudar, porque não precisam de fiador nem de contrato com o banco para conseguir esses 30%“, pontua o pró-reitor. A proibição ao FIES, na USCS, prejudicou muitos alunos, como Bianca Zapalorte, estudante do segundo ano de Publicidade e Propaganda, que enfrenta problemas para pagar as mensalidades. A estudante reclama que só soube que não poderia mais

recorrer ao FIES no início de dezembro. “Só fui saber que a universidade estava com nota baixa no Enade no início deste ano, em uma palestra para os novos alunos”, diz Fundação Santo André Todos os anos muitos universitários buscam o FIES para estudar, porque têm a promessa de pagar a dívida apenas depois de formados. A Fundação Santo André, com cerca de 8 mil alunos, 441 inscritos em 2013. Os cursos que tiveram maior índice de procura foram engenharia civil, com 87 estudantes no FIES, e Administração, com 70 inscritos. Este ano, mais de 90 inscrições de financiamento já foram validadas na Fundação, que aposta em crescimento em relação a 2013. (Colaborou Lígia Berto) Foto: Roberto Mourão

Mauá ganha ônibus escolar adaptado

Frota é de três ônibus Os mais de 700 alunos com deficiência ou com mobilidade reduzida da rede municipal de Mauá passam a ter três novos ônibus escolares adaptados a partir do início das aulas, em 4 de fevereiro. A entrega dos veículos é resultado da aprovação de um projeto enviado, em maio, ao Ministério da Educação. Mauá tem 39 escolas municipais com mais de 18 mil alunos. Destes, 704 são da Educação Especial e têm deficiência ou mobilidade reduzida. Cada veículo pode transportar até 26 usuários sentados.

Ribeirão amplia rede de saúde em 2014 Ribeirão Pires destinará R$ 73,2 milhões do orçamento previsto para este ano, de R$ 292,6 milhões, para a Secretaria de Saúde e Higiene. Entre os investimentos a serem realizados, com recursos do Tesouro ou por meio de repasses do Estado e União, estão a conclusão das obras do Complexo Hospitalar, no bairro Santa Luzia, a sequência nos processos para construção das Unidades de Saúde da Quarta Divisão e Jardim Valentina, além de outras ações de modernização e ampliação da rede. A Secretaria trabalha na elaboração de projetos, como de ampliação e integração dos serviços da Atenção Especializada do município em uma única unidade, e a implantação de Centro de Diagnóstico por Imagem.

O guarda municipal saiu para tentar impedir a ação. Ao se identificar como policial, um dos bandidos disparou três tiros contra Valdir Ferreira do Nascimento, que foi levado ao CHM (Centro Hospitalar Municipal). Valdir não resistiu aos ferimentos e faleceu. Nenhum dos bandidos foi preso. O caso está sendo investigado pelo 1º DP de Santo André. O guarda municipal trabalhava na corporação desde 1986. (Colaborou Luan Siqueira)

Abandono de praça na v.Alzira irrita morador Alexandre Pantoja, advogado e morador da vila Alzira, em Santo André, está revoltado com o abandono de pequena praça na rua Aimorés, altura do número 550. A praça, que fica entre dois prédios, está com o mato crescido e brinquedos enferrujados. Conta que a capinagem não é feita há mais de um ano, o que atrai ratos e insetos. Por causa do mato, moradores de rua e usuários de drogas passaram a frequentar o espaço. O advogado diz que já encontrou até cápsulas de droga no chão. “Eu tenho medo de sair com o carro de manhã, já que a praça sempre tem gente estranha”, diz. O munícipe afirma que a queixa não é iso-

lada. Seus vizinhos têm medo de passar na praça e deixar os filhos brincarem mo local. “Em breve precisaremos achar um caminho alternativo, se ninguém fizer nada para resolver o problema”, reclama ao desafiar as autoridades a frequentarem o espaço. “Eles criaram a praça. Quero ver se deixariam os filhos e os netos do prefeito e vereadores brincarem ali”, diz. Em nota, a Prefeitura informa que a capinagem da praça acontece nesta sexta e sábado (17 e 18), conforme a chuva. Sobre os brinquedos, o Paço avisa que a manutenção do espaço foi inserida no cronograma das praças. (Colaborou Lígia Berto) Foto: Rodrigo Lima

Praça está sem capinagem e com brinquedos enferrujados PUBLICIDADE LEGAL

Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo ATO N° 2233, DE 10 DE JANEIRO DE 2.014 A Mesa da Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 10, inciso XII, do Regimento Interno da Casa, RESOLVE: Art. 1° EXONERAR, a contar de 31 de Dezembro de 2013, o senhor WILIANS BERTOLDO do cargo de Assessor de Relações internas, do Quadro de Pessoal da Câmara Municipal.Art. 2° Este Ato entra em vigor na data de sua publicação. Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, 10 de Janeiro de 2014 – 60° Ano da Instalação do Município. Vereador Edson Savietto – Presidente, Vereador José Nelson da Paixão – VicePresidente, Vereador Gabriel Eid Roncon – 1° Secretário, Vereador Renato Foresto – 2° Secretário, Vereadora Cleonice Meira da Silva - 3° Secretário, Publicado no órgão oficial e na Portaria da Câmara Municipal. Marcio Nicoluche - Secretário Geral. ATO N° 2234, DE 10 DE JANEIRO DE 2014 A Mesa da Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, R E S O L V E: Art. 1º - NOMEAR, a partir de 06 de Janeiro do corrente exercício, o Senhor Armando de Lima Souza para exercer, em Comissão, o cargo de Assessor de Relações Internas do Quadro de Pessoal da Câmara Municipal. Art. 2º - Este Ato entra em vigor na data de sua publicação. Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, 10 de Janeiro de 2014 – 60º Ano da Instalação do Município. Vereador Edson Savietto – Presidente, Vereador José Nelson da Paixão – Vice-Presidente, Vereador Gabriel Eid Roncon – 1° Secretário, Vereador Renato Foresto – 2° Secretário, Vereadora Cleonice Meira da Silva - 3° Secretário, Publicado no órgão oficial e na Portaria da Câmara Municipal. Marcio Nicoluche Secretário Geral. ATO N° 2236, DE 13 DE JANEIRO DE 2014 A Mesa da Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 10, inciso XII, do Regimento Interno da Casa, RESOLVE: Artigo 1º - DESIGNAR a funcionária CLEIDE FANTINI DE OLIVEIRA para responder pela Coordenadoria de Finanças, no período de 13 a 21 de janeiro do corrente exercício, em virtude das férias regulares do titular do cargo. rt. 2º Este Ato entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, 10 de janeiro de 2014 – 60º Ano da Instalação do Município. Vereador Edson Savietto – Presidente, Vereador José Nelson da Paixão – Vice-Presidente, Vereador Gabriel Eid Roncon – 1° Secretário, Vereador Renato Foresto – 2° Secretário, Vereadora Cleonice Meira da Silva - 3° Secretário, Publicado no órgão oficial e na Portaria da Câmara Municipal. Marcio Nicoluche - Secretário Geral. ATO N° 2237, DE 15 DE JANEIRO DE 2.014 A Mesa da Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 10, inciso XII, do Regimento Interno da Casa,RESOLVE: Art. 1° EXONERAR, a contar de 31 de Dezembro de 2013, o senhor Gilson Germano Cascardi do cargo de Assessor de Relações internas, do Quadro de Pessoal da Câmara Municipal.Art. 2° Este Ato entra em vigor na data de sua publicação. Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, 15 de Janeiro de 2014 – 60° Ano da Instalação do Município. Vereador Edson Savietto – Presidente, Vereador José Nelson da Paixão – VicePresidente, Vereador Gabriel Eid Roncon – 1° Secretário, Vereador Renato Foresto – 2° Secretário, Vereadora Cleonice Meira da Silva - 3° Secretário, Publicado no órgão oficial e na Portaria da Câmara Municipal. Marcio Nicoluche - Secretário Geral. ATO N° 2238, DE 15 DE JANEIRO DE 2014 A Mesa da Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, R E S O L V E: Art. 1º - NOMEAR, a partir de 15 de Janeiro do corrente exercício, o Senhor Marcio José de Oliveira para exercer, em Comissão, o cargo de Assessor de Relações Internas do Quadro de Pessoal da Câmara Municipal. Art. 2º - Este Ato entra em vigor na data de sua publicação. Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, 10 de Janeiro de 2014 – 60º Ano da Instalação do Município. Vereador Edson Savietto – Presidente, Vereador José Nelson da Paixão – Vice-Presidente, Vereador Gabriel Eid Roncon – 1° Secretário, Vereador Renato Foresto – 2° Secretário, Vereadora Cleonice Meira da Silva - 3° Secretário, Publicado no órgão oficial e na Portaria da Câmara Municipal. Marcio Nicoluche - Secretário Geral. LEI COMPLEMENTAR Nº 057 , DE 19 DE DEZEMBRO DE 2013 A Mesa da Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, Estado de São Paulo, nos termos do § 3º, do artigo 33, da Lei Orgânica do Município, promulga a seguinte Lei Complementar: Altera o art. 66, I, da Lei Complementar nº. 01 de 05 de Abril de 1990. Art. 1o O inciso I, do artigo 66, da Lei Complementar no 01, de 05 de Abril de 1990, que dispõe sobre a Lei Orgânica do Município de Ribeirão Pires, passa a vigorar com a seguinte redação:“Art. 66 …................ I – quando imóveis, dependerá de autorização legislativa e concorrência pública ou leilão, dispensada esta nos casos de doação, permuta e dação em pagamento; …................ “ (NR) Art. 2o Esta lei complementar entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Câmara Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires, em 19 de Dezembro de 2013 - 59o Ano da Instalação do Município. Vereador Edson Savietto – Presidente. Vereador José Nelson da Paixão – Vice-Presidente. Vereador Gabriel Eid Roncon – 1° Secretário. Vereador Renato Foresto – 2° Secretário.Fls. nº 02, da LEI COMPLEMENTAR Nº 057/13. Vereadora Cleonice Meira da Silva - 3° Secretário.Publicado na imprensa oficial e por afixação na Portaria da Câmara Municipal. Márcio Nicoluche - Diretor Legislativo. Proc. n º 199/13 – C.M.

Eu, Antonio Laurindo dos Santos, portador do RG nº.6.023.794 e do CPF nº 66980577891, profissão.Técnico de Refrigeração, residente e domiciliado na Rua Antonio Simionato, 286 - Vila Aurora, São Bernardo do Campo - SP, declaro o extravio da Nota Fiscal 147 série A. BRACATTO MOVEIS E DECORAÇÕES LTDA – ME, torna público que requereu à CETESB a Licença Prévia e a Licença de Instalação para fabricação de produtos de Marcenaria, sito à Rua Rio Branco, 298 – Fundação - São Caetano do Sul/SP. SCAN CHIP TECNOLOGIA LTDA – ME, torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação nº 16008563, válida até 03/01/2018, para material elétrico para instalações em circuito de consumo; fabricação à Rua Lourdes, 560, Nova Gerty, São Caetano do Sul.


Sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

ECONOMIA

Inclui Cultura, Gastronomia, Cinema, Novelas e Esporte

REPÓRTER DIÁRIO

Muita calma nesta hora 2 estreia nesta sexta-feira

5

Ceasa Grande ABC fará mudança de horário para aumentar clientela Foto: Rodrigo Lima

Cíntia Alves Com o objetivo de atrair mais clientes, a Ceasa (Central de Abastecimento) do Grande ABC terá o atual horário de funcionamento alterado nos próximos meses, afirma o superintendente da Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André), Hélio Tomaz Rocha. Hoje, o equipamento que abastece as sete cidades da região, parte da Zona Leste de São Paulo e da Baixada Santista, fica aberto entre meia noite e 10h. Em entrevista exclusiva ao RD, Rocha explicou que o objetivo é lançar, após a entrada de novos permissionários nos boxes da Ceasa, uma pesquisa de opinião entre a clientela, para saber qual o melhor horário para manter a Central de Abastecimento operando. “O horário atual é truculento. Empresas já sinalizaram que mudar para ser das 4h às 16h, por exemplo, é melhor. A licitação dos boxes será homologada nos próximos dias. A ideia da pesquisa é ser interna, coisa simples, passar um formulário para o consumidor marcar com um x. Mais dois meses, chegamos a um novo horário”, afirmou. A iniciativa faz parte de um plano que o superintendente tem para tornar o complexo Craisa/Ceasa mais atrativo para o mercado. Segundo Rocha, uma série de ações entrará em curso ao longo do ano para atingir esse objetivo. O dirigente destaca, como próxima ação, a instalação de um novo projeto de iluminação, elaborado concomitantemente à instalação do sistema de combate a incêndios – investimento de mais de R$ 1,3 milhão, que deve ter conclusão até outubro. Alçado ao posto máximo da Craisa em 2013 pelas mãos do prefeito Carlos Grana (PT), Hélio Tomaz Rocha completa 22 anos de casa em abril. Funcionário de carreira, ele conta que ingressou na Companhia em 1992, como

Craisa vai licitar espaço do Sacolão Vila Luzita

Alteração ocorre após fim da licitação dos boxes da Ceasa, prevista para daqui duas semanas

Superintendente Hélio Tomaz Rocha fará pesquisa entre consumidores

técnico agrícola. “Primeiro passei pelo setor de fiscalização de feiras livres, sacolões, e da Ceasa. Em 2006, assumi a Supervisão de Abastecimento. Em 2012, fiquei à disposição do governo federal, em Brasília, no Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome”, resumiu. Com a experiência, fica fácil reconstruir a história e o papel da Craisa em âmbito regional. “A autarquia foi criada em 1991, durante a gestão do ex-prefeito Celso Daniel (PT). O objetivo era centralizar a produção e a distribuição da merenda escolar do município, da refeição dos servidores; cuidar da relação com o comércio informal, sacolões, varejões; organizar as feiras livres. Na época, a Ceasa não existia nesse espaço da Avenida dos Estados”, lembrou. Mais de duas décadas depois, o dirigente avalia que a empresa pública, que opera em total autonomia em relação à prefeitura, ainda cumpre seu papel original. Exemplo disso é a importância da Ceasa ABC. “A Ceasa ABC, regulamentada pela Craisa, é a quarta maior do Estado de São Paulo em abastecimento. Nós só perdemos para a Ceagesp (Companhia de Entrepostos

e Armazéns Gerais de São Paulo) e poucas centrais do interior”, garantiu. A Ceagesp, maior central de abastecimento da América Latina, distribui mais de 3 milhões de toneladas anuais de frutas, legumes, verduras, pescados e flores, faturando mais de R$ 6 bilhões. Em 2013, a Ceasa ABC faturou pouco mais de 3% disso: aproximadamente R$ 200 milhões, média mensal de R$ 16 milhões. No mesmo período, a média de distribuição atingiu 11 mil toneladas de alimentos por mês. Porém, Rocha destacada que esse faturamento já foi maior. "Já chegamos a 176 mil toneladas por ano. Ou seja, pelo menos 40 mil toneladas deixaram de sair nesses últimos tempos”, frisou. Na avaliação do superintendente, o setor deixou de andar nos trilhos durante os últimos quatro anos, período em que Aidan Ravin (atualmente no PSB) ocupou o posto de chefe do Executivo de Santo André. Perspectivas econômicas A Craisa fatura em cima do fornecimento de merenda escolar, da refeição dos servidores de Santo André, da concessão

Florestan Fernandes inscreve para 600 vagas remanescentes Foto: Marcos Luiz

Estão abertas até esta sexta (17) as inscrições de vagas remanescentes para os cursos de formação profissional gratuitos da Fundação Florestan Fernandes, em Diadema. As vagas são para o primeiro semestre de 2014 e exclusivas à população do município. Há 600 vagas remanescentes do processo seletivo realizado em dezembro, distribuídas em quatro cursos na área de serviços, dois na modalidade juventude, dois de beleza e três na área de informática. A Fundação Florestan Fernandes passou por reformulação na grade de cursos e, entre as novidades, está a implantação de curso de Inglês aos sábados, cursos de operador

de empilhadeira e matemática financeira, com ênfase no aprendizado da calculadora HP12. Também foi ampliado o número de vagas (de 60 para 260) para o curso Jovem de Atitude, voltado à preparação para o primeiro emprego de jovens a partir dos 14 anos. “Nossa proposta é qualificar e requalificar os munícipes de Diadema”, afirma Joeder Souza, diretor presidente da Fundação. Souza afirma que foram abertos cursos para pessoas que querem entrar para o mercado de trabalho e também para os que já trabalham e precisam se requalificar. Curso trimestral Outra novidade é a implantação de cursos de três meses, já que há profissionais necessi-

tados de conhecimentos específicos e que podem ser obtidos nesse tempo, ou até em menor prazo, como o de operador de empilhadeira. As vagas são para cursos ministrados na sede da Fundação e também nos bairros. As inscrições podem ser feitas das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira, na sede da Fundação, à alameda da Saudade, 186, e também pelo site www.florestan.org.br, onde pode ser consultado o edital. A prova será realizada neste domingo (19) e os resultados finais serão informados em listagens afixadas na Fundação Centro de Educação do Trabalhador Professor Florestan Fernandes e no site, após as 14h do dia 28. As matrículas serão realizadas em seguida, entre os dias 29 e 31.

so sacolão, que funciona na parte de cima da área, passou a respirar”, disse. O acordo firmado pela equipe do ex-prefeito Aidan Ravi n e a C o o p é objeto da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) instaurada na Câmara de Santo André para apurar irregularidades cometidas na Craisa. Segundo Rocha, os vereadores que integram o núcleo investigativo solicitaram documentos sobre o aditamento de contrato, que contém informações que “saltam aos olhos”. “Todas as ações do poder público são embasadas por um processo. Esse [contrato com a Coop] não tinha um. O aditivo que encontramos tem três ou quatro laudas, e um arquivo de Excel que parecia ser uma pesquisa de aluguel que chegava ao valor de R$ 56 mil por mês”, exemplifica. O dirigente ainda confirmou que a emissão de quatro cheques administrativos relacionados ao montante pago pela Coop será investigada. “A gestão passada alegou que usou cheques administrativos para pagar fornecedores. Ainda não apuramos isso, mas sabemos que usaram quatro cheques de R$ 250 mil, que foram transformados em vários outros cheques c o m va l o r e s m e n o r e s , totalizando 29 cheques.” A reportagem entrou em contato com a Coop, porém, não obteve retorno até o fechamento desta edição. (CA)

Preço da cesta básica retrai 0,28% e mantém estabilidade Da Redação

Interessados devem buscar a instituição até esta sexta (17). Vagas são para primeiro semestre de 2014

Da Redação

de espaços para permissionários da Ceasa, das feiras livres, entre outras atividades. De acordo com a chefe da Diretoria Administrativa e Financeira, Cíntia Bárbara Brustolin, a Companhia gerou, em 2013, algo próximo de R$ 68 milhões. Apesar disso, a autarquia entrou em 2014 com um rombo financeiro de exatamente R$ 20.292.878,89. Desse total, cerca de 20% correspondem a impostos não pagos nos últimos quatro anos. Só de INSS patronal e de funcionários, a Craisa deve R$ 3,7 milhões. Rocha avalia que pelo menos dois crimes foram cometidos: sonegação de impostos e apropriação indébita. A questão será levada ao Ministério Público. Enquanto isso, a direção aposta em ações para aumentar a receita da empresa pública. Entre elas, discutir com a Secretaria de Comunicação a possibilidade de utilizar os espaços ociosos para abrigar publicidade. “Estamos na Avenida dos Estados, uma das vias de maior fluxo. Podemos colocar outdoors para empresas explorarem. Além disso, na medida do possível, podemos fazer locação de espaços para eventos”, revelou.

O superintendente da Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André), Hélio Tomaz Rocha, afirmou ao RD que deve licitar a área ocupada pela Coop (Cooperativa de Consumo) no espaço conhecido como Sacolão Vila Luzita. De acordo com o dirigente, a medida é necessária para corrigir uma ilegalidade cometida durante a gestão do ex-prefeito Aidan Ravin (PSB). Segundo relatou Rocha, o espaço foi cedido à Coop em 1991, gratuitamente, durante o governo Celso Daniel (PT), com vistas ao desenvolvimento econômico da região. O contrato expirou em 2011. A prefeitura, na época, deveria obedecer à lei de licitações e abrir concorrência para exploração da área pública. Porém, optou por um termo aditivo, no valor de R$ 8 milhões, já pago pela Coop, pela permanência da empresa por mais 20 anos. Para Rocha, o novo documento não tem substância legal. “O aditivo foi enviesado. Isso vai ter um conserto. Vamos licitar. A empresa tem de tentar na Justiça o direito de permanecer lá”, afirmou. Ainda de acordo com o dirigente, a Coop já foi informada sobre a iniciativa. “Conversamos, em junho passado, até para resolver a questão da venda de hortifruti naquele espaço. No contrato de 1991, esta venda ficou vedada à Coop. Em 2011, no aditivo, simplesmente autorizaram. Notificamos judicialmente e a empresa retirou os produtos. Nos-

Com queda de apenas 0,28%, o conjunto de 34 itens que compõem a cesta básica permaneceu praticamente estável na região do Grande ABC, conforme aponta pesquisa semanal elaborada pela

Craisa. A retração representou uma economia de R$ 1,22 para os consumidores e teve novamente no grupo dos alimentos hortifrutigranjeiros o “fiel da balança”. Se na semana passada a cesta saia para R$ 430,84, nesta, é encontrada a R$ 429,62. Entre os itens que tiveram

contribuição para a queda estão a batata e a banana, que caíram, respectivamente, 17,75% (foi para R$ 12,03) e 11,07% (R$ 2,41). O arroz polido longo fino (saco de 5kg) ficou 4,62% (R$ 9,08) mais barato. O pão francês segue com preços elevados e alta de 3,11%.


6

Repórter Diário

CULTURA

Sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Programação cultural nos shoppings é para turminha Fotos: Divulgação

Da Redação O Sítio do Pica-Pau Amarelo, personagens das histórias em quadrinhos que passeiam numa espécie de mini cinema, show de mágica e peças infantis é o cardápio que os shoppings centers da região prepararam para atrair público neste resto de férias escolares. Como criancinha não sai de casa sem gente grande, a programação infantil é forte nos centros de compras. Em São Bernardo, o Metrópole aproveitou a criançada pequena em casa para oferecer, todos os domingos, até 16 de fevereiro, show de mágica e peças teatrais. As apresentações são gratuitas e acontecem na praça central, sempre às 15h. Neste domingo (19), a peça Ossamá Sato, sobre o mágico, que aprendeu a primeira mágica ainda na infância. O palhaço vai entreter o público com números de ilusionismo, humor e contos infantis. No dia 26 tem O Rato Roeu a Roupa do Rei Ricardo, da Cia de Teatro do Studio, e nova adaptação de Hans Christian Andersen. Dia 2 de fevereiro, a novidade é Sonhatório!, com a Cia Trucks; e depois dia 16 será a vez de Pocket Burg, do Corpo Mágico. Desenho animado No Atrium, em Santo André, a mostra Mini Cinema faz um passeio, desde a década de 1930, pela história dos desenhos animados, a partir deste domingo (18) até 9 de fevereiro. Dez vitrines abrigam 150 miniaturas de personagens que fizeram, ou ainda fazem, a alegria de muita gente. Entre as raridades se destacam bonecos originais de Mickey Mouse

DickVigarista em mostra

No ParkShopping, circuito de 6 estações enfatiza cantinho do Sítio do Picapau Amarelo

Peça Sonhatório!, da Cia. Truck, será apresentada dia 2 e Minnie, datados de 1928 e confeccionados em palha. Junto às vitrines, banners relembram os principais personagens criados em cada década. Entre outras curiosidades, está o gato Félix, criado em 1919, em plena era do cinema mudo; o surgimento do inesquecível Popeye em 1933, o Pica Pau em 1941, Zé Carioca (1943), Zé Colméia (1958), Os Flintsto-

nes (1960) e muitos outros famosos. Vale lembrar das espertezas do Pernalonga e do DickVigarista, as aventuras do Scooby Doo ou dos super heróis. Destaque também para personagens dos filmes Meu Malvado Favorito, Shrek e Toy Story e Nemo. Uma seleção de curtas de animação, exibidos em tevês de 50”, no piso 1, apresenta o que há de mais novo no ci-

Atrium traz Toy Sory

Metrópole terá O Rato Roeu a Roupa do Rei Ricardo nema de animação nacional. Monteiro Lobato A mais importante obra da literatura infantil brasileira é o tema da programação infantil no ParkShopping São Caetano. As recreação vem baseada no Sítio do Picapau Amarelo e tem a missão de incentivar o hábito da leitura. Em 30 minutos, um circuito de seis

rd INDICA

Mestres da Gravura tem nova palestra

Estão abertas as inscrições para o segundo módulo da palestra Mestres da Gravura, promovida pela Fundação Pró-Memória de São Caetano. A oficina acontece dia 22, na instituição. São 70 vagas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo email mariana.zenaro@fpm.org.br ou telefone 4223-4780 até dia 21. A palestra vai abordar a arte da gravura por meio de obras de mestres de várias partes do mundo, de Dürer, Martin Schongauer, Rembrandt, Luca van Leyden,

estações, que enfatizam um cantinho do Sítio do Picapau Amarelo, ganham vida com os personagens Emília e Visconde de Sabugosa nos dias 18, 19, 23 e 24 de janeiro e dias 1º e 2 de fevereiro. A diversão começa na Varanda da Dona Benta, onde a simpática vovó aguarda, em sua cadeira de balanço, para contar histórias às crianças. De lá, a meninada

Piranesi, Marco Antonio Raimondi, Calot, Hogarth, Goya e José Ribera até Hokusai, além dos brasileiros. A palestrante será a jornalista Mariana Zenaro. OMA Galeria Nesta sexta (17), a OMA Galeria, em São Bernardo, inaugura duas exposições: Alegria Alegria, com obras de Henrique Belotti, e Florescência, com trabalhos de Quim Alcantara. Abertas ao público até 28 de fevereiro, as mostras reúnem diversas telas dos artistas reconhecidos por tons marcantes e características singulares. As exposições são gratuitas e funcionam de segunda a sexta, das

segue para a Cozinha da Tia Nastácia, onde aprende a decorar vasinhos e plantar temperos ao lado da prendada cozinheira. Após essa etapa, as crianças conhecem o Laboratório do Visconde, recepcionadas por Pedrinho, que ensina como prender o arteiro Saci-Pererê. No espaço, dá para mais sobre os insetos e de onde vêm as espigas de milho, cereal que originou a criação do Visconde de Sabugosa. No Camarim da Narizinho, as crianças aprendem a confeccionar acessórios com miçangas. Já no Cantinho da Emília, é para confeccionar porta-retrato com os personagens do Sítio do Picapau Amarelo. Para os menores, há giz de cera e desenhos para colorir dos personagens Visconde, Emília, Cuca, Saci, Narizinho e Pedrinho. Há, ainda, o Painel de Personagens, que conta a história dos integrantes do Sítio, como o verdadeiro nome de Narizinho, quem ensinou Pedrinho a caçar Saci e acesso às obras de Monteiro Lobato. Os menores de três anos têm espaço exclusivo para brincar, com quebracabeças, jogos de memória e desenhos para colorir. Serviço: ParkShopping Alameda Terracota, 545, Espaço Cerâmica, São Caetano. Telefone 4003-4174 e www. parkshoppingsaocaetano. com.br Atrium Rua Giovanni Batistta Pirelli, 243, Santo André. Tel.: (11) 3135- 4500 - www. atriumshopping.com Metrópole Praça Samuel Sabatini, 200, São Bernardo. Telefone 4003-7370. www.shoppingmetropole.com.br

10h às 19h e aos sábados até 14h. Telefone 4128-9006. 50 x Quadrinhos! O Museu de Arte Popular (MAP) abriu nesta quinta (15) a exposição Diadema – 50 x Quadrinhos!, que reúne trabalhos de artistas conhecidos do quadrinho nacional e exalunos das oficinas de HQ e Desenho de Humor realizadas pelo município. A mostra é comemorativa ao Dia do Quadrinho Nacional, 30 de janeiro. Neste evento será homenageado o primeiro quadrinista do Brasil, Ângelo Agostini. A mostra vai até 31 de janeiro e as visitações acontecem de terça a sábado, com entrada gratuita


Sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

NOVELA/CINEMA

Repórter Diário

Tarzan - A Evolução da Lenda é principal estreia

Novelas - Sinopses da semana de 20 a 25 de janeiro de 2014

ATEN­ÇÃO: OS RESU­MOS DOS ­CAPÍTULOS ESTÃO SUJEI­TOS A MUDAN­ÇAS EM FUN­ÇÃO DA EDI­ÇÃO DAS NOVE­LAS.

GLOBO 17h35

GLOBO 18h

GLOBO 19h

GLOBO 21h

TERÇA

QUARTA

Antônio divulga o vídeo de Ben e Anita juntos na internet. Bernardete vê Abelardo treinando a arte da conquista e acredita que Luciana seja sua amada. Sofia escapa das aulas para ir até a Barra, e Flaviana estranha. Raissa tenta falar com Bárbara sobre o motivo de seu encontro com Fábio. Martin informa a Ben que os documentos assinados por Hernandez a mando de Caetano podem colocá-lo na cadeia. Antônio é agredido na instituição para menores.

Ben se desespera ao ver o vídeo na internet e procura Anita. Os vigias apartam a briga entre Antônio e os internos. Anita não entende as piadas dos meninos na escola e Ben tenta tirá-la dali para contar o que está acontecendo. Serguei tenta convencer Anita de que não foi Ben quem divulgou as imagens dos dois juntos. Ben tenta se explicar com Anita, que afirma não confiar no ex-namorado. Sidney faz um jantar romântico para Sofia, e os dois se beijam.

Depois de uma noite juntos, Sidney retoma seu estilo simples de sempre e comemora sua vingança contra Sofia, que fica arrasada. Caetano descobre o vídeo de Ben e Anita. Sofia procura Sidney e fica enciumada ao encontrar Meg em sua casa. Caetano procura Ben e ameaça colocar Hernandez na cadeia, mas o rapaz o enfrenta. Martin garante a Ben que ajudará Hernandez. Sidney desabafa com Meg sobre seu amor por Sofia. Babette se apresenta no Grajaú.

Caetano avisa a Hernandez que o colocará na cadeia. Sidney e Meg falam sobre suas desilusões amorosas com Sofia e Ben. Ben convence Hernandez a ficar no Brasil e enfrentar Caetano. Ronaldo vê o vídeo de Ben e Anita e apoia o filho. A armação de Minhoca para ficar com Meg fracassa. Regina vê Anita sendo humilhada e sugere que Sofia rastreie a pessoa que divulgou o vídeo na internet. Anita afirma a Vera que não quer mais saber de Ben.

Júlia tenta convencer Anita de que é possível que Antônio tenha divulgado o vídeo, como Ben sugeriu. Na instituição, Antônio fala sobre sua relação com Ben para o psicólogo. Sidney grava cenas do cotidiano de Meg, sem que ela perceba. Anita visita Antônio, que consegue manipulá-la contra Ben. Paulino e Sofia descobrem que o vídeo foi divulgado de um celular. Sofia afirma a Flaviana que fará com que Sidney assuma que ainda a ama. Sofia repreende a irmã.

Antônio divulga vídeo de Ben e Anita juntos

Manfred obriga Gertrude a jurar lealdade a Ernest. Iolanda descobre que o apartamento onde mora com Venceslau é de Manfred. Laura é intimada a depor no processo de guarda de Tavinho. Venceslau invade a mansão e ameaça contar um segredo a Ernest, mas é expulso por Manfred. Aurora propõe se aliar a Cléo para boicotar a apresentação de Lola. Nuno conta para Toni e Gaia que o orfanato foi fechado. Venceslau conta para Manfred que é seu verdadeiro pai.

Manfred chora de raiva ao saber que é filho de Venceslau. Franz vê Manfred agredir Venceslau e interfere. Franz leva Venceslau para a casa de Mundo. Manfred obriga Ernest a servir café aos funcionários da fábrica. Pérola visita o avô no trabalho e diz que está orgulhosa dele. Passa-se um mês. Matilde se arruma para seu casamento com Rubens. Com roupas comuns, Sonan chega à casa de Amélia. Venceslau exige que Manfred o nomeie vice-presidente da Fundição Hauser.

Sonan chega com Pérola ao casamento de Matilde e se declara. Rubens implora para Matilde não abandoná-lo, mas ela diz que ama Sonan. Manfred anuncia na fábrica o novo cargo de Venceslau, para a surpresa de todos. Joel descobre que Cléo espionou o ensaio de Lola a pedido de Aurora. Iolanda pergunta a Venceslau que segredos ele sabe sobre Manfred. Sílvia se lembra de que Viktor é o pai de seu filho. Sílvia observa Viktor e Heitor de longe.

Ernest diz a Gertrude que Manfred deve ser internado. Iolanda, Mundo e Fabrício procuram Sílvia nas redondezas do acidente. Davi consegue um emprego na livraria. Rubens procura Matilde e se revolta ao vê-la com Sonan. Manfred obriga Ernest a dormir na ala dos empregados. Eufrásio diz a Mundo, Iolanda e Fabrício que não conhece Sílvia. Manfred anuncia que Ernest trabalhará como operário na caldeira. Manfred e Ernest discutem por causa de Gertrude.

Hilda e Toni discutem por causa de Gaia. Franz, disfarçado de idoso, procura a casa onde Sílvia está, mas é expulso por Bibiana. Santinha insinua para Miquelina que Arlindo está interessado em Volpina. Belmira se arruma, deixando Odilon e Nuno encantados. Toni passa a noite com Gaia. Valter faz uma entrevista com Davi para a vaga de gerente. Hilda termina com Toni. Pilar conta para Manfred sobre o plano de Franz. Ernest finge passar mal e é levado para o hospital.

Manfred denuncia Franz ao delegado. Venceslau se apavora quando Manfred diz que descobriu o plano. O delegado chega ao hospital com Manfred, pede para revistar os leitos e não encontra Franz. Sílvia diz a Bibiana que precisa pesquisar sobre a família Hauser para tentar se lembrar de tudo. Davi é contratado por Valter. Franz sai da enfermaria vestido de médico sem ser visto por Manfred e o delegado. Hilda procura Gaia. Franz, Amélia e Pérola se encontram.

Thomaz é levado pela mata por Zoe e seus capangas. Lili conta para Marlon que Tereza tem um caso com Hermes. William tenta fugir dos seguranças que o perseguem. Kléber acorda apressado e percebe que foi dopado por Heloísa. LC, Hermes e Tereza discutem. Kléber fala com Zoe e ameaça Thomaz. LC avisa a Kléber sobre a fuga de William. Heloísa oferece dinheiro para Kléber levá-la até Lili. LC recebe Thomaz na Comunidade e o leva para falar com Lili.

William retoma o caminho para Tapiré. Thomaz tenta convencer Lili a ir embora com ele. William é capturado por índios na mata. Priscila e Marcelo fazem as pazes, e Inês fica furiosa. William é levado para ver o cacique da tribo e Kara'twa aparece para falar com ele. Tereza convence LC a deixá-la conversar com Lili. William pede para Kara'twa ajudá-lo a chegar em Tapiré. Lili enfrenta Tereza e ameaça contar para LC sobre seu caso com Hermes.

Heloísa sente fortes dores no pé, e Celina se preocupa. Tereza pensa em colocar Lili na máquina da felicidade. Kara'twa dá dicas para William fugir de Kléber na mata. William se despede de Kara'twa e segue o caminho com Hotxua. Edu e dois capangas levam Heloísa e Flávio para um barco. Hotxua se despede de William e indica o caminho para Tapiré. Kléber fica animado ao saber que vai sair para caçar. Lili conta para LC que Tereza e Hermes são amantes.

LC finge surpresa ao falar com Lili. William cai em uma armadilha e machuca o pé. William não consegue sair da armadilha, e Kléber ouve seus gritos. Celina e Nilson encontram William e o ajudam a escapar. LC avisa a Hermes e Tereza que eles irão encontrar um investidor no Rio de Janeiro, e o casal decide colocar Lili na máquina da felicidade antes de partir. LC mostra para Angelique os dossiês que tem contra Tereza e Hermes. Tereza e Hermes pegam Lili no alojamento.

Marlon vê Hermes e Tereza saírem com Lili e se desespera. Celina e Nilson tentam esconder William de Selma, Rita e Romildo. Marlon fala para LC que Lili foi encontrar Tereza. LC manda Angelique passar a noite ao lado de Lili, e orienta Líder Jorge a levar os dossiês de Tereza e Hermes para a Polícia Federal. Kléber mente para LC sobre o destino de William. Lili consegue se livrar da máquina da felicidade. LC diz a Lili que William morreu. Kléber vê William.

LC ampara Lili, que se desespera com a notícia da suposta morte de William. Júlia fica furiosa quando André a apresenta para a filha como sua amiga. Nilson vê Edu e seus capangas levando William e Celina. Líder Jorge entrega ao contato da Polícia Federal os dossiês contra Tereza e Hermes. Celina e William conseguem fugir de Kléber com a ajuda de Nilson. Tereza e Hermes chegam ao Rio de Janeiro. Thomaz fala para Heloísa que conversou com Lili.

Niko e Félix chegam à casa de Ingrid no momento em que Amarilys tenta fugir com Fabrício. Rebeca encontra o local onde Mariah está enterrada. Niko convida Félix para dormir em sua casa, e os dois acabam discutindo. Pilar e Maciel se casam. Rafael sofre ao saber do estado de Linda. Neide briga com Linda e a culpa por não sair de casa. Niko marca um jantar com Eron. Túlio e Samuel pedem informações a Amarilys sobre o centro de fertilização do hospital.

Félix e César discutem, e o médico expulsa o filho de sua casa. Eron insiste para Niko reatar com ele. Valentin e Vivian se despedem de Ninho. César afirma a Rebeca que não vai se separar de Aline. Eron descobre que Anjinho será libertado da cadeia e conta para Niko, que sente ciúme. Perséfone convida Vanderlei para jantar. Bernarda tem uma conversa com Neide sobre Rafael e Linda. Rebeca marca um encontro com Pérsio. Rebeca flagra Aline e Ninho juntos.

Aline manda Ninho prender Rebeca e mente para César quando ele aparece atraído pelo barulho. Niko pede para Eron levá-lo para ver Félix com Anjinho. Lutero suspeita de que a cegueira de César esteja sendo provocada. Félix tira Anjinho da cadeia e o leva para o flat. Niko segue os dois e chora ao ver a reação de Félix. Félix procura Márcia, depois de tentar falar com Niko. Neide pede perdão a Rafael. Aline ameaça Rebeca e obriga a médica a falar com Paloma.

Paloma estranha o comportamento de Rebeca. Rebeca tenta passar um recado em código para Pérsio. Neide convida Rafael para visitar Linda. Paloma e Lutero chegam à casa de César, e Aline fica tensa quando a pediatra pergunta por Rebeca. Paulinha cobra dos pais uma explicação para o desprezo de Félix. Michel reclama do afastamento de Patrícia. Félix dá uma passagem para Anjinho sair do país. Eron conta para Niko que Félix se encontrou com Anjinho.

Pérsio, Paloma e Lutero vão à delegacia denunciar o desaparecimento de Rebeca. Aline fica tensa quando César fala com o delegado Assis sobre a médica. Gina e Elias se casam. Márcia e Valdirene chegam para a festa de Gina e se desentendem com Norikoe Raquel. Pérsio liga para Rebeca, que confirma a história de Aline. Denizard pede para reatar com Ordália. Eron pede para dormir na casa de Niko. Félix afirma a Paloma e Bruno que eles precisam ir à casa de César.

Félix marca de se encontrar com Ninho no restaurante de Niko. Valdirene se prepara para sua sessão de fotos. Tamara insiste para que Edith acelere as coisas com Herbert. Natasha pede Thales em casamento. Valdirene desmaia no momento em que vai tirar suas fotos. Aline acerta com Ninho os detalhes do plano antes de fugirem. Félix e Niko discutem. Félix, Pérsio e Bruno chegam à casa de César e surpreendem Aline e Ninho. César tenta atingir Aline.

Julia Lemmertz diz que é abençoada. A atriz foi a escolhida de Manoel Carlos para dar vida à última Helena da carreira do autor. O motivo é que Júlia é filha de Lilian Lemmertz, a primeira a interpretar uma Helena de Maneco. Julia será Helena na novela Em Família, em fevereiro. "É quase como se ela estivesse comigo aqui", afirma.

Foto: Carol Carminha/TV Globo

Julia Lemmertz repete a mãe

SEXTA

Foto: Divulgação

Segunda

Júlia se sente abençoada com Helena

QUINTA

SÁBADO Foto: Divulgação TV Globo

Moda entre artistas é tomar suco rosa No meio artístico, a onda é tomar suco rosa. À base a beterraba, um dos principais benefícios do suco rosa é a melhora, em até 10%, na performance física, além de ajudar na recuperação dos músculos e renovação do colágeno. O suco é rico em vitamina C, previne a baixa imunidade e aumenta a energia.

Foto: Arquivo Pessoal

Georgia Busgaib com seu suco

Culinária oriental é a dica para Verão Da Redação As culinárias japonesa e a chinesa estão entre as mais favoritas do brasileiro. Além de conterem elementos e aromas diferentes, ambas primam no fator saudável. No ABC, sushis, sashimis e yakissobas, geralmente os pratos mais pedidos nos restaurantes especializados, ganharam cara nova neste Verão. O Kirin, em São Bernardo, é uma das casas que incrementaram as iguarias. Com quase 30 anos na região, o Kirin aposta no rolinho primavera, com recheios como o tradicional repolho com carne e cenou-

ras (R$ 16) e de salmão (R$ 20) para os que querem manter o peso. “Aqui na região, nós somos os únicos a oferecer o rolinho primavera de salmão. É novidade e todo mundo adora”, conta Márcia Motta, gerente da casa. O prato é servido pelo sistema a la carte, que inclui, ainda, yakissoba. A porção serve duas pessoas e sai por R$ 28. No sistema rodízio, o Kirin atua com cardápio variado, que contém o japonês Teikoshu, combinado de sashimi, tempurá de legumes e anchovas grelhadas, e as opções tradicionais de sushi por R$ 47 por pessoa durante a semana. Para aqueles que não abrem

Foto: Divulgação

Kirin tem cardápio completo mão do drink, o Koto Sushi Bar, em Santo André, oferece caipirinha com saqueêe frutas (R$ 17) e o ban-cha, chá verde (R$ 1), conhecido por ser antioxidante. O rodízio conta com cartela de comida japonesa, que inclui shimeji, cogumelo encontrado no Japão misturado com temperos, e o temaki empanado e a dorê, por R$ 34,90 o almoço. A especialidade do Kasato Sushi, em São Caetano, é o te-

7

ppan de salmão ao molho de maracujá, com arroz, por R$ 35. O gerente da casa, Maurício Ribeiro Silva, diz que a casa é referência em comida oriental. Na cartela de sobremesas há desde frutas flambadas (R$ 12,50) até tempurás de banana (R$ 18,50) e de sorvete, a especialidade da casa. Custa R$ 13,50. (Colaborou Lígia Berto) Restaurante Kirin Avenida Lucas N.Garcez, 575, São Bernardo. Tel.: 4123-3233 Koto Sushi Bar Rua das Figueiras, 597, Santo André. Telefone: 4436-0858 Kasato Sushi Rua Maranhão, 426, São Caetano. Telefone: 4221-3459

Lutz interpreta jovem que perdeu os pais e foi criado por gorila Da Redação Tarzan – A Evolução da Lenda é a principal estreia de cinema nesta sexta-feira (17). A trama, que agrada a criançada e o público adulto, traz Kellan Lutz na interpretação de Tarzan, que teve uma infância difícil. Após a morte dos pais, o menino foi criado por uma gorila, que passou a tratá-lo como filho. Após crescer e se tornar o rei da selva, Tarzan precisa enfrentar um exército de mercenários enviado por um malvado da Greystoke Energies, empresa que pertenceu aos pais de Tarzan. A batalha não é nada fácil, por isso o rei da selva conta ajuda de Jane Porter (Spencer Locke), jovem que chega à floresta após um acidente no avião onde viajava. A classificação é livre. Outra novidade A comédia desta sexta (17) é um sucesso que já marcou na sua primeira passagem. Muita Calma Nessa Hora 2 volta com as aventuras das

RD livro

quatro amigas, que vão aprontar muito no Rio de Janeiro. Após viagem para Argentina, Estrella retorna com muita saudade das amigas. Aninha está indecisa, depois de uma consulta com a vidente, e não sabe o que faz. Tita rodou a Europa e volta com a vontade de arrumar emprego de fotógrafa. Já Mari trabalha em festival de música, e se prepara para a volta das comparsas. Com as quatro novamente juntas, as gargalhadas estão garantidas. A classificação é de 12 anos. A Música Nunca Parou Outra estreia é A Música Nunca Parou. O filme promete emocionar e trás história marcante: Henry Sawyer é um pai que luta para se conectar com o filho Gabriel, vítima de tumor no cérebro que o impede de produzir novas memórias. A música ajuda os dois a se relacionarem, e a superarem a distância emocional. O drama tem classificação de 12 anos. (Colaborou Luan Siqueira)

Storynhas

A cada novidade que Rita Lee faz surpreende muita gente. No livro Storynhas, a cantora traz todas as polêmicas que marcaram a carreira. Com ilustrações de Laerte, o livro promete fazer sucesso por duas razões. Não importa se é em shows, entrevistas ou até rede social, Rita sempre tem histórias desbocadas e surpreende com narrativas cômicas, tristes, biográficas, melancólicas, críticas, raivosas e doces, às vezes tudo isso em uma mesma história, ou até em uma mesma frase. Laerte não precisa de fra-

ses. Seu estilo icônico e marcante, como uma canção de Rita Lee, atravessa gerações com seus desenhos que carregam personalidade, humor, drama e política. A imaginação de Rita Lee e os traços de Laerte deixam o leitor curioso. Storynhas marca o encontro dos dois grandes artistas, numa obra inusitada e divertida. Autora: Rita Lee Editora: Cia das Letras Número de páginas: 96 Preço sugerido: R$ 26,40


8

Repórter Diário

Sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

ESPORTE

Após pior ano da história, Azulão investe para voltar ao grupo de elite "Os culpados são os jogadores. Eu não perco o gol, o diretor não joga e o treinador não bate pênalti” Luan Siqueira “Não queremos jogadores que já chegam com Nike no pé. Têm de passar pelas Havaianas primeiro.” A declaração é de Nairo Ferreira, presidente da AD (Associação Desportiva) São Caetano. Em entrevista exclusiva, o dirigente comentou a fase terrível para o clube em campo ao longo de 2013 – “o pior da história” –, revelou que aposta em jogadores desconhecidos em 2014, e ainda disparou críticas à atual composição e a ex-jogadores. “Temos um grupo bom, mas sem comprometimento com o clube”, cutuca. A entrevista completa com o cartola do Azulão está disponível em vídeo no portal do RD. A seguir, os principais trechos. Repórter Diário: 2013 foi um ano ruim para o clube. Foi a pior temporada desde

que você assumiu? Nairo Ferreira: Foi o pior ano da história do São Caetano. Estou desde 1996 na presidência, e digo que 2013 não passou na minha vida, pois fui de 2012 direto para 2014. Foi ruim em todos os campeonatos e tivemos dois rebaixamentos. A equipe não encaixou. Vamos começar 2014 com competições difíceis, e retornar para colocar o São Caetano no lugar dele. RD: Dizem que a culpa pela fase ruim é da diretoria do clube. Inclusive, um dos maiores jogadores do São Caetano, o Adhemar, é muito crítico à atual gestão. Como você lida com essa crítica? Nairo: Eu não vou dar ouvido ao que o Adhemar fala ou deixa de falar. Ele ficou aqui quatro anos e jogou apenas um. A diretoria sempre trabalhou da mesma forma. O que acontece é momento do futebol. Quem tem de ser culpado

Fotos: Rodrigo Lima

Nairo Ferreira, presidente do São Caetano, fala sobre 2014 é o grupo de jogadores. O São Caetano paga todo mundo em dia. Eu não perco o gol, o diretor não joga e o treinador não bate pênalti. Temos um grupo bom, mas sem comprometimento nenhum com o clube. RD: Em 2013, o São Caetano apostou em jogadores renomados como Rivaldo e Jobson. Neste ano, o clube vai atrás de medalhões no mercado? Nairo: O Rivaldo tem um passado maravilhoso no futebol, mas não rendeu o que esperava. O Jobson também é um grande jogador, inclusive faz sucesso fora do País, mas não deu liga aqui. Talvez mal utilizado, não sei. Mas o as-

sunto dentro do São Caetano é comprometimento, vão sair 16 ou 18 jogadores, quem ficar e quem chegar, tem de vir com chinelos Havaianas no pé e sair de Nike, tem que ter vontade de vencer. O clube vai voltar às suas origens. Não vamos trazer jogadores que já chegam de BMW, X5 e que trata o São Caetano como mais um. RD: Desde 1998 o São Caetano não disputa uma série A2 de Campeonato Paulista, e desde 2000 que não participa de uma série C de Brasileiro. Como o time se prepara para essas competições? Nairo: Não pode abaixar o nível do futebol, o São Ca-

etano compete como equipe de série A1, e de série A. São competições diferentes, mas voltamos como time grande, todos vão querer ganhar do São Caetano. O objetivo é classificar entre os quatro. RD: No ano passado, o Azulão teve média de público de 581 pagantes. O que o clube vai fazer para ter de volta a presença do torcedor nos jogos? Nairo: O São Caetano sempre teve esse problema de torcedor, todos os times do ABC. A história do São Bernardo é totalmente diferente, e eu prefiro não falar nada, pois a estrutura deles é para levar público aos estádios. São Caetano não tem a estrutura para isso, nem Santo André, Palestra, Água Santa. Nosso público prefere ficar na televisão. Não vamos fazer nada para trazer o torcedor, só se for buscar na casa dele. O que era para ser feito, já foi. RD: Mesmo com a má atuação, o clube vai subir algum jogador para o nível profissional? Nairo: Sim, já temos cinco meninos que estão em Águas de Lindóia com o grupo. Esse time da Copa São Paulo era um time novo, então não esperávamos muita coisa, era mais para experiência do que esperar qualquer resultado.

Tigre estreia sábado no Paulistão Depois de um ano positivo para o São Bernardo FC, o clube inicia seu ano de 2014, neste sábado (18), diante do Botafogo/SP, às 19h30, no Primeiro de Maio, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. Em 2013, o Bernô era um sério candidato a rebaixamento para a série A2, até porque era a primeira participação da equipe na elite do futebol de São Paulo. Mas foi tudo diferente. O Tigrão fez um belo campeonato e se garantiu na série A1. No segundo semestre foi ainda melhor. A perfeição na Copa Paulista trouxe o título da competição, e de quebra uma vaga para a Copa do Brasil de 2014. Este ano, a equipe foi reforçada com sete contratações: o lateral-direito Rafael Cruz, o zagueiro Diego Jussani, os volantes Edson e Marino, o meia Érick Flores e os atacantes Márcio Diogo e Elionar Bombinha. Três atletas voltaram de empréstimo e defenderão o São Bernardo: o goleiro Wilson Júnior, o meia Bady e o atacante Diogo Acosta. Para quem quiser assistir a estreia do Tigre, os ingressos estão à venda. A arquibancada sai por R$ 40, e R$ 60 para o setor social. Informações pelo site www. saobernardofc.com.br.(LS)

ABC está fora da Copinha Os times do ABC estão eliminados da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha. O Santo André e o São Caetano não passaram da primeira fase e ficaram longe do sonho do título da Copinha. Último representante

do ABC, o São Bernardo após fazer três jogos muito bem foi surpreendido pelo Taboão da Serra, e perdeu de 3 a 2, com direito a um gol no último minuto. O jogo aconteceu terça-feira, dia 14, no Estádio do Baetão.(LS)


Edição 17012014