Page 6

06

REPÚBLICA JAHUENSE

Jaú, 07 de Junho de 2014

ESPELHO

É preciso olhar para o outro lado do rio O empresário e instrutor de voo a vela, Silvio Masiero Neto Masiero, é contra a realização da Copa do Mundo da FIFA no Brasil porque o futebol é pura enganação, não ensina nada às crianças e a FIFA quer eternizar a escravidão, haja vista que os jogadores são vendidos como mercadoria. O jauense ainda falou sobre protestos, política local e afirmou que Jaú, se quiser se desenvolver, precisa enxergar o que está acontecendo do outro lado do Tietê. Leia abaixo os principais trechos da entrevista. Na rede social você tem se postado contra a realização da Copa do Mundo da FIFA no Brasil, por quê? Sempre fui contra, desde moleque sempre achei que isso é manipulação das massas, e daí, em função disso, o governo faz o que quer. O futebol é o ópio do povo, o álcool do governo, que vendem nas escolas... Sou contra o futebol, o evento da Copa do Mundo no Brasil, acho o futebol a maior enganação. O futebol não tira as crianças do mau caminho? Imagine, você vê aí esses clubes todos afundados em corrupção, isso daí é uma maquiagem, “ah, nós vamos tirar as crianças da rua para levar para o campo de futebol” e não ensina nada, a violência

enorme nas arquibancadas, jogando privadas na cabeça, vai ensinar o quê? Você é da terra que é um celeiro de jogadores para o futebol profissional, como você é contra? Eu sou da terra onde proibiram o Pelé de nadar na piscina do clube, então é um antagonismo. Eu sou contra a Copa, eu acho que o pessoal da FIFA, eles querem eternizar a escravidão, pura manipulação dos países do terceiro mundo, emergentes. Você vai falar, mas na Europa tem... Mas na Europa o cara ganha 5 mil euros, paga 30 euros para entrar no clube, não representa nada. Nós aqui, quanto custa à entrada? O pessoal vai lá e tem aquilo como uma diversão, dá dó.

O que você diz sobre as reformas dos estádios? Essas obras para se realizar a Copa vão deixar a maior conta, maior despesa. Quanto não custa para manter um negócio desse ai? Estão destruindo os estádios que fizeram na África do Sul, virou elefante branco, não tem o porquê de estar lá... Mas aqui no Brasil, os estádios vão ser de multiúso, para shows etc? Conversa furada, vão viver de shows agora? Ainda se enchesse de milho, de trigo, uns silos... Essa Copa aqui no país não deixou o brasileiro no clima? Jaú não se vestiu de verde-amarelo, você acha que o jauense vai apoiar a Copa?

Eu acho que o jauense, apesar de assistir o jogo, não vai entrar no clima. Eu acho que o Brasil deu uma esfriada com a história da Copa das Confederações, o Brasil inteiro, todo o mundo ficou em clima de protestos, com os 20 centavos de aumento das passagens de ônibus urbanos, aí virou para essa história da Copa, saúde, educação, mobilização urbana. Acho que na Copa os protestos voltam. Protestos contra a Copa ou contra a política? Vai ser um protesto contra a Copa e político. Eu acho que nós estamos no começo de uma revolução, porque demora a cair a ficha aqui no Brasil. Mas isso daí parece que está meio

Jornal República Jahuense - Edição 3