Page 1

nº2 agosto

2013

Comissão de Comunicação: Ana Antunes RTC Lisboa Susana Silva RTC Torres Vedras

Ron D. Burton Presidente de RI Fernando Martins Governador do D1960

PÁG. 1


mensagem Presidente de RI Ron D. Burton

Não quero dizer que devamos convidar qualquer

C

pessoa para as nossas fileiras. Queremos, sim, gente motivada e bem-sucedida que se importe com os outros. Precisamos do tempo e do talento

aros Companheiros,

de gente assim e estas pessoas só virão e ficarão nos clubes se tiverem a certeza de que estão a

Em 2013-14 Viveremos Rotary, Transformaremos

despender bem o seu o tempo ao dedica-lo a

Vidas, convertendo todo nosso vasto potencial em

actividades rotárias.

realidade. Isto pode ser alcançado pelo envolvi-

Temos que nos certificar de que todos os rotários,

mento dos rotários e a conscientização de que eles

em todos os clubes, exercem uma função

pertencem a uma organização única e capaz de

relevante, que faça uma diferença substancial no

mudar o mundo.

clube e na comunidade. Só quando fazemos algo

Cabe a nós garantir que nosso trabalho seja sólido

relevante em Rotary é que Rotary se torna

e sustentável com o alcance da meta de 1,3

importante para nós.

milhões de rotários até 2015. Esta é uma meta

Em qualquer fase das nossas vidas e carreiras o

diferente das anteriores, pois não se trata somente

Rotary tem algo para nos dar, que nos faz crescer

de trazer novos sócios aos clubes, mas sim motivar

em conhecimento, competência e generosidade.

os rotários a envolverem-se mais com a organiza-

Rotary acrescenta significado às nossas vidas,

ção e permanecerem envolvidos, o que se traduz

aumentando o nosso sentido de propósito e

em crescimento para o nosso Rotary agora e no

trazendo satisfação. E quanto mais oferecemos

futuro.

através do Rotary, mais ele nos recompensa.

Cada um de nós teve a sua razão para entrar em Rotary, mas certamente todos viemos para fazer a diferença,

algo

significativo.

É

importante

lembrarmo-nos disto quando falamos com outros com o objectivo de os juntar a nós.

PÁG. 2

Ron D. Burton Presidente, Rotary International


mensagem Governador Fernando Martins

A

gosto, talvez um pouco desfasado, por ser um mês de férias e muitas

ausências, não deixa de ser um mês de grande reflexão. É o mês do Desenvolvimento e Expansão do Quadro Social. Quantos mais

formos,

melhor e mais envolvimento, podemos ter nas nossas comunidades. A Expansão é desejada. Mais Clubes Rotakids, Interact e Rotaract são sinonimo de renovação, de envolvimento das Novas Gerações. Contudo não nos podemos expandir a qualquer preço. É preciso apostar na qualidade em detrimento da quantidade. Os jovens podem esperar muito do Rotary. Mas o Rotary também espera muito de vós. Sejamos capazes de nos expandir, com a constituição de novos clubes. O nosso presidente de RI Ron D. Burton, aposta muito na juventude. Poderão ser o futuro do Rotary. Convidemos amigos, que vos poderão ajudar a …. viver rotary, transformar vidas.

Fernando M F Martins Governador do Distrito 1960

PÁG. 3


mensagem Representante Ricardo Madeira porque mais de metade dos presidentes no actual

C

aras Companheiras e companheiros,

ano rotário são também mulheres além de que nos últimos oito anos 50% dos Representantes no Distrito foram também do sexo feminino. Fica assim evidenciado não só a posição da mulher no futuro de Rotary mas também a sua capacidade

Agosto é o mês que Rotary dedica ao Quadro

para liderar o nosso movimento!

Social e talvez por ser um mês em que tipicamente

Os clubes jovens nosso distrito tem ao longo dos

os clubes reduzem a sua actividade devido ao perí-

últimos anos demonstrado uma taxa de crescimen-

odo de férias, seja também o momento ideal para

to que deve para todos nós ser motivo de orgulho.

reflectirmos sobre esta questão que é fundamen-

Crescer numa altura tão difícil para os jovens como

tal à sustentabilidade do projecto para o qual dedi-

a que vivemos hoje é sem dúvida demonstração do

camos tanto tempo e energia.

grande trabalho dos clubes Rotaract e Interact na

Nesta Carta Mensal dedicamos um grande espaço

divulgação da sua acção e também do empenho

ao Desenvolvimento e Retenção do Quadro Social

dos clubes rotários em apostar na criação de mais

com análise da situação de Rotary a nível global e

clubes Rotaract e Interact.

Distrital, com alguns conselhos e dicas para que o

Tendo em mente este crescimento saliento que é

vosso clube possa desenvolver um plano de acção

importante focar agora na retenção. Para poder-

que sirva para activamente fortalecer o seu núcleo

mos continuar a crescer é essencial garantir que

e crescer pensando no seu futuro.

todos os nossos sócios estão envolvidos e motiva-

Rotary é sem dúvida um espelho das sociedades

dos com o trabalho que desempenham em Rotary.

nas quais se integra e por isso torna-se claro pela

É por isso importante que todos os Presidentes de

análise das tendências que o papel da mulher é

clube avaliem o ponto de situação do seu quadro

hoje essencial no futuro de Rotary, não só porque

social e definam uma estratégia que traga susten-

as Novas Gerações compreendem a igualdade na

tabilidade a este crescimento.

diferença entre sexos, o que é bastante visível no

Alguns clubes contactaram já a Representadoria

nosso Distrito em que 54% do Quadro Social do

solicitando reuniões de formação rotária, ajuda no

Rotaract é formado por mulheres, mas também

desenvolvimento dos seus projectos ou reuniões

PÁG. 4


para discutir estratégias de integração do clube no

nos faz escolher o caminho do serviço!

contexto do distrito, abrindo as suas portas no

Evitemos o caminho fácil da crítica, crítica entre

sentido de criar mais e melhores relações com

clubes, crítica entre sócios ou crítica de projectos.

outros clubes. Estas reuniões informais são prova

Foquemo-nos no nosso próprio papel em Rotary e

de que os clubes querem não só crescer mas cres-

no que podemos fazer para nos sentirmos realiza-

cer bem, e esta Representadoria está empenhada

dos no seu seio. Preocupemo-nos em tirar proveito

em apoiar todos os clubes em tudo o que, estando

desta experiencia única, entregando-nos ao servi-

ao nosso alcance, possa de alguma forma ajudar a

ço com a dedicação de quem quer ser melhor,

reter, aumentar ou fortalecer os clubes e a sua

aprender mais e chegar mais longe. Temos muito a

acção.

ganhar, mas para isso temos que Viver Rotary e

Quando falamos em Rotary falamos sobretudo em

Transformar Vidas!

paixão. Deve ser esse o sentimento que nos leva a falar com os nossos amigos e conhecidos sobre o

Saudações rotaractistas,

movimento. Mas deve também ser esse sentimento que impera dentro do clube durante as suas reuniões, nos seus eventos ou nos seus projectos. Assim é essencial que todos os sócios compreendam o movimento, estejam activamente envolvidos na liderança de um ou mais projectos e se

Ricardo Madeira Representante Distrital Rotaract e Interact

sintam bem no ambiente do seu clube. Companheiros, devemos compreender que em Rotary todos somos voluntários, fazemos o que fazemos porque gostamos e porque queremos superar a nós próprios. Aprendemos com os nossos erros e transformamos o mundo com os nossos sucessos. Por isso não devemos cobrar a ninguém a nossa acção ou a sua própria inacção. Antes devemos procurar alimentar a Paixão que

PÁG. 5


Representadoria Distrital - a equipa -

Ricardo Madeira Representante representadoria@rotaract1960.org

Joana Sousa Secretaria secretaria@rotaract1960.org

Marta Manita Protocolo protocolo@rotaract1960.org

João Halm Tesouraria tesouraria@rotaract1960.org

Alexandre Santos Conselheiro formacao@rotaract1960.org

Rúben Freitas PÁG. 6

Marta Manita Av. Serviços Internos internos@rotaract1960.org

Joana Pires Av. Serviços Internacionais internacionais@rotaract1960.org

André Quaresma Av. Serviços Profissionais profissionais@rotaract1960.org

Cátia Tomé Av. Serviços à Comunidade comunidade@rotaract1960.org

Ana Antunes Susana Silva

Delegado Interact

Comissão de Comunicação

interact@rotaract1960.org

comunicacao@rotaract1960.org


Quadro Social Distrito 1960

Analise Estatísticas Recrutamento Fidelização

PÁG. 7


mensagem Serviços Internos Marta Manita

Q U A D R O

C

aras Companheiras e Companheiros,

O mês de Agosto em Rotary é destinado ao Desenvolvimento e Expansão do Quadro Social, mas este deverá ser, para todos nós, um foco permanente ao longo do nosso percurso rotário. Para a Representadoria Distrital será, sem dúvida, um dos principais desafios para o ano que agora inicia. Gostaria se vos poder dizer como se desenvolve e expande o quadro social, mas não existem receitas, nem fórmulas. Cada Clube terá que adequar a sua estratégia à sua comunidade. Relembrovos que o Rotaract e o Interact não existem sem clubes e os clubes não existem sem sócios, por isso desafio-vos aqui para uma reflexão em conjunto sobre o que é que cada sócio tem para dar ao clube e o que é que o clube ganha com o mesmo.

S O C I A L

Todos nós nos envolvemos em centenas ou até milhares de “De todas as mil e uma maneiras que o homem pode escolher

actividades ao longo das 24 horas do nosso dia. A maioria delas

para ser útil à sociedade, sem

são actividades que exercemos automaticamente, como por

dúvida as mais viáveis e na maio-

exemplo lavar os dentes. Outras, como comer, são, simplesmen-

ria dos casos as mais eficientes

te, essenciais ao bem-estar básico do nosso organismo. Mas

serão aquelas dentro do âmbito

existe um conjunto de actividades que desempenhamos porque

de suas próprias ocupações”. Paul Harris

nos fazem sentir bem. Pensamos sobre elas e concluímos que têm realmente algo de interessante que nos leva a executá-las. Mas será que importa apenas o quão estas acções são interes-

santes para nós? Ou importará mais o interesse que nós tivermos por elas? Se as realizarmos bem certamente teremos maior interesse em desenvolvê-las ou aprender a desenvolvê-las cada vez melhor. Muitas vezes nos Clubes vamos desempenhando tarefas que não nos despertam qualquer interesse, ou porque preferíamos estar mais “no terreno” ou porque achamos que podemos dar um enorme contributo ao Clube no “planeamento de projectos”. Pois bem, penso que sabermos dar ao Movimento o que de melhor cada um de nós tem é também uma mais-valia para o desenvolvimen-

PÁG. 8


to dos Clubes, prezando assim pela abertura e receptividade de vontades e pela sintonia interna. É talvez, ouso, o melhor caminho para nos sentirmos bem e motivados e, consequentemente, para servirmos mais e melhor as nossas comunidades. É hoje uma enorme preocupação de todos nós o crescimento, a retenção e a sustentabilidade do quadro social dos Clubes Rotaract e Interact. Mas pensemos no crescimento do Ser Humano … Nascemos, Retemos estímulos do meio onde nos inserimos, Crescemos influenciados por esses estímulos e desenvolvemos Sustentabilidade para a nossa identidade em fase adulta. E é precisamente assente nesta ideia que, neste momento, devemos olhar para os nossos Clubes. Olhar para dentro, observando com profundidade. Preocuparmo-nos em reter todos os sócios do clube que estão disponíveis para o fazer crescer, fazer com que todos os sócios dêem o melhor de si, com que todos se sintam motivados em motivar alguém a juntar-se a nós, nem que seja para experienciar uma actividade do clube ou do distrito. É um facto que os clubes Rotaract e Interact cresceram bastante nos últimos anos no Distrito 1960, mas será que todos os Clubes se conhecem? Como disse no início, não existem receitas, mas a experiência rotaractista leva-me a partilhar convosco algumas práticas que se têm revelado eficazes. Promovam reuniões de (in) formação sobre assuntos rotários (Ex: Protocolo, Plano Visão do Futuro, Rotary Foundation, …). Divulguem as acções de Serviço à Comunidade do Clube não só para o movimento bem como para a própria comunidade. Criem momentos pós-reuniões (café, lanches, …) para promoverem os laços de amizade. Formulem uma lista de potenciais sócios e certifiquem-se que estes estão informados acerca de todo o percurso do Clube. Convidem jovens que tenham participado em Campos de Férias de RI, RYLA, IGEs e bolseiros da Fundação Rotária. Por último, mas não menos importante peço-vos que visitem os outros clubes e os outros companheiros, para participarem numa reunião ou numa actividade ou simplesmente para lancharem juntos. Seguramente, reforçarão os laços que nos unem na maravilhosa família rotária e criarão maior sustentabilidade para aumentar o Quadro Social do Distrito. Toda a dinâmica de funcionamento e capacidade de motivação no Clube originará um clube sustentável, mais forte, activo, motivado e integrado no movimento Interact/Rotaract. Vamos Viver Rotary e Transformar Vidas, porque vivendo Rotary as nossas Vidas também já se transformaram.

Deixo-vos três desafios para este ano rotário: 1 - Estabeleçam uma meta para o Quadro Social do Clube 2 - Tenham pelo menos duas reuniões conjuntas com outros Clubes

Saudações Rotaractistas,

3 - Organizem pelo menos um invento de (in) formação Rotária no Clube.

Marta Manita Directora da Avenida dos Serviços Internos da Representadoria

PÁG. 9


Crescimento de Rotary à escala global desde 1905

N d e

Q U A D R O S O C I A L

R o t á r i o s

Ano

Presença feminina em Rotary e no Distrito

“As ideias dos outros são tão necessárias para o bem-estar mental de um homem, quanto o alimento é necessário para o seu bem-estar físico”. Paul Harris

A diversidade de géneros, etnias, idades e culturas são uma grande mais-valia na dinâmica do movimento rotário, completamo-nos uns aos outros pelo que partilhamos e aprendemos entre nós. Daí que diferentes formas de ser e de estar são muitíssimo enriquecedoras para qualquer clube. A igualdade de géneros no movimento rotário ainda não se verifica e actualmente as mulheres representam 17,69% (dados de Junho de 2012) dos rotários no Mundo. Jean Harris, Eugénia Hamann, Ann Brinnier e Sylvia Witlock foram as primeiras companheiras rotárias, quando em 1989 os estatutos de Rotary Internacional passaram a permitir a entrada de mulheres no movimento.

PÁG. 10


Evolução de Sócios Rotaract e Interact no D1960

Evolução do Número de Clubes Rotaract e Interact no D1960

Média de sócios por Clubes Rotaract e Interact no D1960

Os maiores Clubes No Mundo

Rotary Club Birmingham (USA)

584 Sócios

No Distrito Rotary Club de Lisboa

49 Sócios

No Distrito Rotaract Club do Barreiro

18 Sócios

No Distrito Interact Club de Tavira

19 Sócios

PÁG. 11


20 Respostas à Questão: 1. Amizade Num mundo cada vez mais complexo, Rotary satisfaz uma das necessidades mais básicas dos seres humanos: a de companheirismo. Esta é uma das duas razões pelas quais Rotary foi fundado em 1905.

Q U A D R O

2. Contactos profissionais Este foi o segundo motivo do surgimento de Rotary. Toda a pessoa precisa de uma rede de contactos. Rotary representa um corte transversal das profissões de uma comunidade, pois os rotários estão envolvidos em todos os ramos comerciais e profissionais.

3. Crescimento pessoal O envolvimento em Rotary favorece o crescimento pessoal na área de relações humanas.

4. Experiência em liderança Rotary é uma organização que congrega líderes e pessoas de sucesso. Servir em cargos rotários é sinónimo de maior experiência em liderança. A pessoa aprende como motivar, influenciar e liderar aqueles que já são líderes.

5. Actuação cívica na comunidade

S O C I A L

A ligação com um Rotary Club torna os seus sócios melhores cidadãos. Tipicamente, o Rotary Club congrega as pessoas mais actuantes da comunidade.

6. Informação actualizada As reuniões semanais de um Rotary Club procuram manter os sócios actualizados sobre o que está acontecendo na comunidade, no país e no mundo. Discutem-se temas variados apresentados por palestrantes convidados.

7. Diversão Rotary também oferece diversão. Todas as reuniões semanais, projectos do clube e actividades sociais são interessantes e divertidas. Além disso, prestar serviço também é divertido.

8. Oratória Muitas pessoas que ingressam na nossa organização têm receio de falar em público. Rotary permite excelente experiência em oratória, fortalecimento da autoconfiança e aproveitamento de oportunidades no campo da comunicação.

9. Cidadão do mundo Todo o rotário usa uma identificação que diz “Rotary International” e é bem recebido e incentivado a

PÁG. 12


Porque Pertencemos a Rotary? participar nas reuniões de 34.216 clubes em 350 nações e regiões geográficas. São poucos os lugares do mundo que não contam com um Rotary Club. Em Rotary fazemos amigos na comunidade local e mundial.

10. Assistência durante viagens Como existem Rotary Clubs em tantos lugares, com muita frequência rotários que precisem de assistência médica, de um advogado, de hotel ou dentista, durante uma viagem, têm facilidade em conseguir essa ajuda através da rede de contactos de Rotary.

11. Entretenimento Todos os Rotary Clubs organizam reuniões e actividades de entretenimento, as quais são muito importantes para trazer diversão às nossas ocupadas vidas profissionais ou de negócios. Em Rotary são organizadas conferências, convenções, assembleias e institutos que, além de informação, orientação e serviço rotário, também oferecem distracção.

12. Melhoria das habilidades sociais Todas as semanas, e em vários tipos de reuniões e eventos, Rotary aperfeiçoa as nossas personalidades e habilidades interpessoais, oferecendo ambiente ideal às pessoas que gostam de sociabilizar.

13. Programas familiares Rotary oferece um dos programas mais abrangentes de intercâmbios de jovens do mundo, patrocina clubes em escolas secundárias e universitárias para futuros rotários, programas e associações de cônjuges, bem como grande variedade de actividades úteis que difundem valores fundamentais às famílias de rotários.

14. Conhecimentos profissionais Espera-se que todo o rotário se envolva com a melhoria da sua profissão ou ocupação, que sirva em comissões de serviços profissionais, e que participe na divulgação da sua profissão entre os jovens. Os rotários procuram conseguir que todos sirvamos sempre da melhor maneira através das nossas profissões, sejam elas no ramo da medicina, educação, entre outros.

15. Valores éticos Os rotários aplicam em todas as suas actividades a Prova Quádrupla, a qual reflecte os seus padrões de ética. Espera-se que todos os sócios actuem eticamente em suas profissões e relacionamentos pessoais.

16. Consciencialização cultural Encontramos representadas em Rotary, mundialmente, quase todas as religiões, culturas, raças, nacionalidades e crenças políticas. No nosso meio encontram-se cidadãos de maior destaque dos mais variados

PÁG. 13


campos do conhecimento humano. Os rotários entram em contacto com outras culturas e anseiam por trabalhar e ajudar as pessoas de todos os lugares. Consequentemente, tornam-se melhores cidadãos nos seus próprios países.

Q U A D R O S O C I A L

17. Prestígio Os rotários são pessoas de prestígio: líderes nos meios de negócios, profissionais, artísticos, governamentais, desportivos, militares, religiosos e muitos outros. Rotary é a associação de clubes dedicada à prestação de serviços mais antiga e prestigiosa do mundo. Nas suas fileiras encontram-se executivos, directores gerais e profissionais de destaque, ou seja, pessoas de influência acostumadas a tomar decisões.

18. Pessoas agradáveis Acima de tudo, os rotários são pessoas agradáveis. São indivíduos que crêem que o valor de cada um reside em ter bom coração e não no destaque pessoal.

19. Ausência de um “credo oficial” Em Rotary não existe um aperto de mão secreto nem uma doutrina que não possa ser divulgada, muito menos reuniões às quais somente os iniciados possam comparecer. Somos uma sociedade aberta, integrada por homens e mulheres que acreditam no valor da ajuda ao próximo.

20. Oportunidade de Servir Rotary é formado por clubes dedicados à prestação de serviços. O seu interesse máximo é a humanidade, o seu produto de maior valor é a dedicação ao servir. Os rotários servem as suas comunidades, local e internacionalmente. Os melhores motivos para se tornar rotário são a oportunidade de ajudar os nossos semelhantes e o bem-estar que resulta das nossas acções.

Richard D. King Ex-Presidente de Rotary International (2001-02)

PÁG. 14


É necessário Definir Metas! Recrutamento, retenção e fundação de novos clubes constituem os três componentes essenciais de um plano de acção bem-sucedido para desenvolvimento do quadro social. Ao criares o teu plano, considera os diversos recursos elaborados por Rotary International e pelo Distrito 1960 em apoio aos teus esforços.

Documentação de Apoio As metas de cum clube podem passar pelo crescimento do quadro social, pela sua manutenção ou até mesmo pelo seu decréscimo, no caso de clubes que tenham vários sócios a sair devido ao limite de idade e que assim necessitem de fortalecer o núcleo duro do clube de forma a manter sustentável o projecto de crescimento futuro. Quaisquer que sejam as metas é importante que essas sejam claras, objectivas e assentem num plano de acção activo que seja passível de ser concretizado e cujos resultados possam ser avaliados de forma a permitir ao clube o reajustamento do plano de acção caso o caminho não se verifique fácil. Rotary International tem vários recursos disponíveis para ajudar na criação de um plano sólido de acção e definição de metas relativamente ao quadro social. Consulta http://www.rotary.org/ RIdocuments/pt_pdf/417pt.pdf para acederes ao Guia para Desenvolvimento do Quadro Social. Também o Distrito tem ao teu dispor o Manual de Liderança que te pode ajudar a na importante missão de manter a sustentabilidade do clube através do seu Quadro Social. Poderás encontrar o Manual de Liderança em www.issuu.com/rep1960 Por não esqueças que a Representadoria do D1960 tem uma equipa ao teu dispor. Quer seja para o esclarecimento de dúvidas, para solicitar formação, pedir ajuda na formulação das metas do clube ou simplesmente para partilhar o resultado do teu trabalho, a Representadoria existe para te apoiar. Não hesites em contactar a equipa!

PÁG. 15


mensagem Comissão Comunicação Ana Antunes

Q U A D R O S O C I A L

A comunicação com pessoas estranhas ao movimento rotário pode, por vezes, ser difícil, confusa, insuficiente ou pouco clara. Muitas vezes somos questionados: o que é o Rotary, o Rotaract ou o Interact? Por vezes, existe alguma dificuldade em definir o movimento, uma vez que se torna complicado resumir algo com uma actividade e uma abrangência tão vastas. Uma imagem forte, uma comunicação coerente e dinâmica são essenciais para o desenvolvimento do quadro social, porque transmitem confiança e segurança aos nossos destinatários. Quando estabelecemos contacto com um potencial novo sócio, tudo o que fazemos resume-se a comunicar. Daí que, quanto mais poderosa for a nossa comunicação, maior será a probabilidade de conseguirmos novos sócios e sócios que realmente saibam o que é o nosso movimento e que estejam verdadeiramente interessados em fazer parte do mesmo. Ao comunicar para terceiros Quando comunicamos com parceiros de projectos, com o beneficiário da nossa actividade,

PÁG. 16

potenciais novos membros ou com o público em geral, deveremos concentrar-nos desde logo na imagem que queremos passar, ou seja, pensar em que somos. O Rotaract e o Interact são:     

Jovens Dinâmicos Líderes Parte de uma vasta rede social Membros da família rotária

Consoante o público alvo, algum destes pontos (ou outros com que o clube se identifique) poderão ser alvo de especial destaque. A imagem deve ser limpa, focando-se no essencial. É de evitar colocar muitos elementos de imagem ou imagem sem ligação temática. Uma boa imagem, utilizada em qualquer documento elaborado pelo clube, permitirá identificar de imediato o seu autor. Escolhida a nossa imagem, há que ter ainda em conta a mensagem em si e as regras de Rotary International.


Comunicação como meio de promoção do movimento e de desenvolvimento do quadro social

A mensagem

Regras de Rotary International

Em qualquer tipo de comunicado que se destine a dar a conhecer (pela primeira vez ou não) um clube de Juventude, deverão ser focados os princípios de Rotary e os objectivos dos programas Rotaract e Interact.

Não esquecer as regras de utilização dos símbolos e emblemas, que poderão ser encontradas no Manual de Liderança e ainda em www.rotary.org.

É importante que haja coerência entre as mensagens passadas por cada clube e por cada um dos seus membros, pois a sua falta implicará confusão sobre a verdadeira identidade do movimento, gerando desconfiança na comunidade, o que não só dificulta a angariação de apoios e o estabelecimento de parcerias com instituições, como também a obtenção de novos membros. Neste ponto, recomendamos fortemente aos clubes que visitem o www.issuu.com/rep1960, onde poderão encontrar o Manual de Liderança do Distrito e o modelo de informação para novos sócios, que consiste num documento que resume as principais características do movimento, que os clubes poderão disponibilizar a quem estiver interessado em ingressar no respectivo quadro social ou simplesmente perceber como funcionamos e o que fazemos.

PÁG. 17


Como explicar o que é Rotary?

Q U A D R O S O C I A L

PÁG. 18

Uma das dificuldades que por vezes surge na abordagem a um potencial sócio é a forma como explicamos quem somos e o que fazemos. Devemos compreender que os jovens hoje procuram programas em que se possam envolver de forma a valorizarem os seus currículos, mas a oferta é grande e por isso querem desde logo perceber quais os factores diferenciadores de cada projecto / organização, antes de tomarem uma escolha. Tendo isto em mente a nossa apresentação deve focar o que nosso movimento tem de único, começando por contextualizar quem somos à escala global. Devemos então focar as oportunidades que Rotary oferece ao jovens, mostrando ao potencial sócio que o seu tempo será bem usado caso ele escolha servir em Rotary e que será compensado com o seu próprio desenvolvimento pessoal e profissional. Depois de termos a sua atenção, chega então a altura de lhe falar sobre a identidade particular nosso clube, sobre as nossas acções na comunidade e sobre a forma como a sua inclusão poderá ser feita através de um processo de formação e treino que leve à sua emblemagem como novo membro efectivo do clube. Numa primeira abordagem devemos evitar sobrecarregar a conversa com termos rotários, tais como Distritos, Governadoria, Representadoria, transmissão de tarefas, visitas oficiais,… essas informações serão de grande importância durante o processo de formação do novo sócio, mas não na sua primeira abordagem ao movimento.

Contextualizar Rotary Rotary International é a maior ONG do mundo, o que é indiscutível pelos seus 108 anos de história e pela sua esfera de influencia global. Somos a única ONG com assento permanente na ONU. Estamos na génese da criação da UNESCO que foi inspirada numa Conferência para promover intercâmbios internacionais realizada em Birmingham em 1942. Iniciámos e lideramos o maior projecto de saúde pública no mundo, a Erradicação da Polio, contando hoje com parceiros como a Organização Mundial de Saúde e a Fundação Bill & Melinda Gates (entre outras). Somos das organizações privadas que mais apoiam a educação no mundo, sendo número 1 nos EUA. Contamos com uma Fundação internacional que serve de "braço financeiro" a mais de 34.000 clubes rotários no mundo. Ao todos somos mais de 2Milhões de pessoas espalhados por 204 países e regiões geográficas no mundo (1.2Milhoes de Rotários + 0.3Milhões de Interactistas + 0.2Milhões de Rotaractistas + Alumni). Servimos sobre o lema “Dar de Si Antes de Pensar em Si”.

Contextualizar Rotaract e Interact O Rotaract e o Interact são programas de Rotary International destinados aos jovens, sendo o primeiro coberto pelas idades entre os 18 e os 30 anos e o segundo entre os 12 e os 18 anos de idade. Ambos estes programas, abrangendo mais de meio milhão de jovens no mundo, tem por objectivo o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens através da aquisição das chamadas “soft skills” entre as quais se destaca a capacidade de liderança e também do alargamento das suas redes sociais pessoais. O percurso de aprendizagem é feito através do serviço comunitário e humanitário, que nos clubes jovens se apresenta como vector de acção e de aprendizagem.


As oportunidades Em Rotary todos somos voluntários, mas a nossa organização é diferente da maioria das organizações onde é possível fazer voluntariado. Por norma quando somos voluntários, estamos no terreno mas não temos participação activa na definição de metas, no planeamento das acções e na sua organização em geral. Em Rotary a experiencia é completa, ou seja, os projectos nascem nos clubes e é ai, através da participação dos seus sócios, que é definido todo o percurso desde o planeamento até à sua execução. O Rotaractista / Interactistas participa em todas as fazes do projecto desde a sua concepção até à fase de terreno, permitindo-lhe assim uma visão transversal sobre o papel que o seu clube tem na comunidade e também um aprendizagem mais profunda. Em Rotary estamos numa verdadeira rede global e o aproveitamento da mesma pelos jovens é incentivado pela organização. Assim existe um enorme oferta de experiencias internacionais para os seus sócios que podem passar pela aquisição de experiencia internacional e conhecimento intercultural (Trips, Campos de férias, …), desenvolvimento profissional (IGE’s, Intercâmbios de Média e Longa Duração, …), desenvolvimento académico (programas de estudo linguístico, mestrados em paz e resolução de conflitos,…) ou voluntariado (campanhas de imunização da Pólio,…). Também a integração no mercado profissional é uma importante meta no Rotaract. Rotary disponibiliza inúmeras oportunidades de aprendizagem através de seminários de formação, palestras com profissionais de várias áreas reconhecidos na comunidade pelo seu sucesso e integridade profissional, visitas a empresas e industrias e claro, a oportunidade de lidar directamente com grandes empresas e empreendedores sempre que o clube se predispõe a procurar parceiros de peso ou patrocinadores para as suas actividades. Outras oportunidades se apresentam aos jovens em Rotary, tais como o desenvolvimento da capacidade de apresentação oral para plateias, capacidade de comunicação (escrita, oral e multimédia), desenvolvimento de línguas estrangeiras, desenvolvimento da capacidade de relacionamento e gestão de contactos e muitas outras.

A identidade do clube e a sua acção Os clubes não são todos iguais nem são sempre iguais. Há clubes que focam mais a sua acção no comunidade, outros focam-se nos projectos internacionais, outros ainda preferem as actividades de angariação de fundos e companheirismo. Cada clube deve conhecer a sua própria identidade e estar ciente de que esta muda um pouco de cada vez que entra um novo sócio. É por isso importante que os sócios do clube reflictam sobre quem é o seu clube, qual a sua identidade organizacional e estejam assim preparados para explicar a potenciais sócios qual é a sua identidade, falando sobre o que apaixona o clube, quais as metas a que se propõe e quais os projectos de maior destaque na sua história.

Concluindo Este texto é apenas um exemplo e cada um deverá adaptá-lo da forma que se sentir mais confiante. O que é de facto importante é falarmos com paixão, mostrarmos o nosso interesse e o quanto acreditamos neste projecto. Passar a mensagem da nossa própria realização no âmbito rotário é a melhor forma de levantar a curiosidade. O resto, será então mais fácil... PÁG. 19


PÁG. 20


PÁG. 21


Noticias do Distrito Jantar Voluntários HOC

No passado dia 5 de Julho, a convite do Presidente da HOC da Convenção de Lisboa, Companheiro Luís Miguel Duarte, os voluntários do Rotaract celebraram e recordaram a sua experiencia num jantar muito animado que teve lugar no Clube TAP, em Lisboa. Houve oportunidade para partilhar com todos as experiências que cada um viveu enquanto voluntário daquele evento internacional. Foram ainda atribuídos prémios aos voluntários, em diversas categorias. No entanto, todos estavam de parabéns, uma vez que todos foram importantes para o sucesso do evento. É claro que todos levaram para casa os prémios mais importantes: a oportunidade participar e servir numa Convenção Mundial de Rotary, laços de companheirismo mais fortes e a alegria de viver uma experiência verdadeiramente internacional. Não poderia deixar de se destacar a presença dos Comp. Isabel Rosmaninho, José Rosmaninho, Mara Duarte e Paulo Taveira de Sousa, cujo contributo foi essencial para que a Convenção de Lisboa se tornasse possível. Finalmente, os voluntários agradeceram ao Comp. Luís Miguel Duarte PÁG. 22

pela oportunidade que lhes foi concedida, pela confiança em si depositada e, é claro, pelo jantar.


Prémios voluntários Carina Amaral

Paciência de Santo Joaquim Freitas

Prémio Engatatão Luís Rodrigues

Prémio Incansável Jéssica Mileski

Prémio Internacional Marisa Mota

Prémio Coleccionador David Barata

Prémio Apanha-me se puderes Rúben Freitas

Prémio Entertainer Pedro Barata

Prémio Good Vibe Luís Rodrigues

Mr. Voluntario Cátia Tomé

Mrs. Voluntária

PÁG. 23


Noticias do Distrito Visita Informal | Interact Club de Tavira Ocorreu no passado dia 11 de Julho uma visita informal do Representante Distrital Ricardo Madeira ao Interact Clube de Tavira. Foi com agrado que o Representante encontrou um clube, formado por um grupo de 19 interactistas, entre os quais alguns dos mais brilhantes alunos das Escolas Secundárias locais, com provas de trabalho efectuado e muita motivação. A reunião, presidida pelo Companheiro João Vasco contou também com a presença de dois companheiros rotários do Rotary Club de Tavira, os Companheiros Abilio e Isabel Lopes. O Interact Club de Tavira, sendo um clube cuja criação é ainda recente, conta já com um grande portfolio de actividades bem sucedidas na sua comunidade, destacando-se ainda a sua participação num projecto da ONG internacional Free The Children (www.freethechildren.com). Esta reunião, de caracter informal, serviu para que o Representante conhecesse um pouco melhor o clube e também para que o clube fosse melhor enquadrado no âmbito da acção da Representadoria de Interact no Distrito 1960. O convite foi feito pelo Representante ao clube para que comunicassem mais a sua acção ao Distrito de forma a que o seu sucesso possa ser exemplo e fonte de inspiração para todos os clubes do nosso Distrito. Após a reunião, o Interact levou o Representante a conhecer melhor Tavira, passeando pelas suas ruas e igrejas e o dia terminou com um agradável jantar em casa do Companheiro Abílio Lopes.

PÁG. 24


PÁG. 25


Noticias do Distrito Assembleia Distrital e Transmissão de Tarefas do Distrito 1970 No dia 13 de Julho uma comitiva de peso, saiu de Lisboa rumo a Penafiel para participar na Assembleia Distrital e na Transmissão de Tarefas dos clubes Jovens do Distrito 1970. Tendo a jornada começado com um simpático almoço informal num restaurante no centro de Penafiel onde muitos companheiros se juntaram com a equipa distrital da Representadoria do Distrito 1970, não tardou a que todos os presentes se encaminhassem para o Auditório do Museu Municipal para o inicio da Assembleia Distrital presidida pelo Representante entrante do Rotaract do Distrito 1970, Companheiro Pedro Cepeda. A Assembleia Distrital, contou com a presença de destacados palestrantes que falaram aos presentes sobre a juventude e o associativismo, entre os quais o Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Dr. Emídio Guerreiro, o Dr. Fortunato Cardoso Silva do Centro de Inovação Social do Porto e a Dra. Cândida Santos, Professora da Porto Business School.

PÁG. 26


No final destas intervenções a Representante Distrital de Interact, Companheira Rénata Leite e o Representante Distrital do Rotaract, Companheiro Pedro Cepeda tiveram também alguns minutos para partilharem algumas palavras com os presentes, relativas ao ano que iniciou e às funções que irão desempenhar. Terminada a Assembleia Distrital, chegou o momento de iniciar a Transmissão de Tarefas que teve lugar no Restaurante Penafidelis. O jantar contou com a presença de mais de 100 pessoas e muita animação.

O trabalho excepcional realizado pelo PastRepresentante do Rotaract AR 2012-13, Companheiro Filipe Dias e a sua Secretaria Distrital Companheira Vera Faria foram referidos pelos vários companheiros que pediram palavra durante o evento, salientando a grande capacidade de liderança e a dedicação excepcional ao movimento que ambos tiveram no desempenho das funções que desempenharam. Também o PastRepresentante Interact AR 2012-13, Companheiro José Diogo Godinho foi louvado pelo seu dinamismo e pelos projectos que levou a cabo durante este ano que terminou. O Representante Distrital do Distrito 1970 Companheiro Pedro Cepeda apresentou a sua equipa e falou sobre “paixão” - ingrediente necessário ao sucesso de qualquer rotaractista ou interactista no mundo de serviço e da entrega às causas humanitárias. O Companheiro Ricardo Madeira, usando da palavra apelou à união entre os distritos através do aumento da cooperação entre os clubes, deixando ainda uma mensagem de apoio, cooperação e sucesso para ambos os Companheiros Pedro Cepeda e Filipa Rénata.

PÁG. 27


Noticias do Distrito Reunião de Formação | Rotaract Amadora O Rotaract Club da Amadora convidou o Representante Distrital para uma reunião de formação que decorreu no passado dia 24 de Julho na sede do clube. Durante esta reunião o Representante teve a oportunidade de falar um pouco com o Clube sobre a estrutura administrativa de Rotary Internacional, o funcionamento do Conselho Director e das Cinco Avenidas de Serviço. Esta foi uma reunião

que, sobre a presidência da Companheira Adriana Serra, serviu para que o clube pudesse colocar algumas dúvidas e melhor compreendesse como todos os companheiros podem estar envolvidos no desempenho dos cargos que assumiram no dia 1 de Julho deste ano, servindo a sua comunidade como uma equipa forte, unida e “bem oleada”. PÁG. 28

Esta iniciativa do clube de organizar uma reunião de formação rotária foi bem recebida pela Representadoria que salientou ao clube a importância de recorrer às estruturas distritais e ao clube patrocinador para aprender e renovar os seus conhecimentos sobre como melhor servir e aumentar a eficiência do clube. O Rotary Club da Amadora marcou presença nesta reunião nas pessoas da Directora da Avenida das Novas Gerações, Companheira Elisabete Ferreira e ainda do Companheiro José Carlos Casqueiro. A sua presença é mais uma prova de que o Rotaract e Rotary clubes da Amadora mantêm uma saudável relação de interajuda e amizade que fortalece ambos os clube e a sua acção.


Noticias do Distrito Transmissões de Tarefas dos Clubes No passado dia 28 de Junho, no Hotel Radisson Blu, em Lisboa, ocorreu a cerimónia de Transmissão de Tarefas do Rotaract Clube de Lisboa-Olivais em conjunto com o respectivo Rotary Clube patrocinador. O Companheiro João Costa passou à Companheira Ana Filipa Graça o legado e a missão de serviço do clube, num jantar muito divertido e cheio de surpresas, onde o companheirismo se fez sentir. Destaca-se ainda a presença de diversos companheiros do D. 6450.

O Rotaract Clube de Cascais-Estoril comemorou no dia 3 de Julho, no Hotel Cidadela, em Cascais e em conjunto com o Rotary Clube de CascaisEstoril, a transição para mais um ano rotário. O Companheiro Ricardo Coimbra mantém-se como Presidente, na sequência do ano de reactivação do clube, durante o qual os seus sócios obtiveram formação importante para o desempenho dos cargos que agora ocupam.

PÁG. 29


O Rotaract Clube de Ponta Delgada divertiu-se muito no seu jantar de Transmissão de tarefas que ocorreu no passado dia 12 de Julho. O Interact Clube de Setúbal também festejou a Transmissão de Tarefas, no passado dia 12 de Julho.

O Interact Clube de Castelo Branco também não deixou de assinalar a transição de ano rotário, que comemorou no dia 13 de Julho, na companhia do Rotaract da mesma cidade.

PÁG. 30

No dia 13 de Julho de 2013, em Castelo Branco, o Companheiro Bruno Rodrigues despediu-se do cargo de Presidente e passou a responsabilidade ao Companheiro Pedro Barata, durante um jantar de Transmissão de Tarefas muito animado.


O Interact Club de Tavira deu por terminado mais um ano de muito trabalho. Desejamos ao João um ano de 2013/2014 repleto de muitas actividades.

No passado dia 7 de Julho pelas 19:30 o Rotaract Clube de Sesimbra, na Quinta da Companheira Irene Gomes, em Sampaio realizou a sua cerimónia de Transmissão de Tarefas que marcou o fim deste ano rotário e o início de outro e com ele também a mudança de Presidentes e sua equipa que irá durante este próximo ano conduzir os destinos do Clube, subordinado ao lema – Viver Rotary, Transformar Vidas! A cerimónia contou com a presença de 50 amigos, familiares e elementos de outros clubes rotários que se quiseram juntar a este importante momento na vida do Clube. A cerimónia contou com o protocolo habitual com a apresentação da mesa da presidência e entidades oficiais presentes, seguida da saudação às bandeiras e a apresentação rotária, sem antes termos emblemado 3 novas companheiras que oficializaram a sua entrada no Clube: Salomé Marques, Ana Filipa Pinto e Joana Caetano. Após o delicioso jantar preparado pelos membros do Clube e vários voluntários, demos seguimento à cerimónia com a intervenção do Presidente Cessante André Quaresma que destacou os projectos em que o Clube esteve envolvido e atribuindo várias distinções e agradecimentos a instituições e individualidades que colaboraram com o Clube, dando-se isto procedeu-se à troca do pin e do colar, símbolos da presidência, para o Companheiro João Casaca que na sua intervenção destacou e pediu o apoio de todos, frisando que neste próximo ano o Clube irá centrar a sua actividade em projectos para a comunidade e suas principais necessidades. Noticia enviada pelo Rotaract Club de Sesimbra

PÁG. 31


Destaques do Distrito Actividade dos Clubes No dia 4 de Julho de 2013, o Rotaract Clube de Torres Vedras foi até à Praia de Santa Cruz, onde passou um dia com os utentes da APECI - Associação Para a Educação da Criança Inadaptada. O dia foi preenchido com diversos jogos na areia, que alegraram todos os participantes.

No dia 23 de Julho de 2013, o Rotaract Clube do Barreiro entregou roupas e brinquedos a diversas associações do respectivo município. Os bens entregues foram obtidos através de doações efectuadas pelos participantes da Caminhada Solidária, organizada por este clube precisamente com o objectivo de realizar a recolha de produtos necessários a ajudar a tornar mais feliz o dia-a-dia de muitas crianças desfavorecidas.

PÁG. 32


No dia 13 de Julho de 2013, o Rotaract Clube de Castelo Branco visitou a ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, Delegação de Castelo Branco, para realizar a entrega de equipamentos doados pelo clube. Os equipamentos entregues permitiram melhorar as condições das instalações da ACAPO em Castelo Branco e, assim, dar uma melhor resposta às necessidades da população invisual daquela cidade.

RTC Sesimbra |Projecto de Intervenção no Centro de Saúde No próximo més de Agosto o Rotaract Clube de Sesimbra irá realizar uma intervenção no Centro de Saúde do Castelo de Sesimbra, com vista a reabilitar e decorar alguns consultórios e salas de atendimento materno-infantil, tornando estes espaços mais acolhedores e alegres para as crianças e famílias que ai são atendidas. Este projecto prevê também a criação de um banco de assistência materna, com vários bens, brinquedos, materiais e produtos de apoio à infância para serem distribuídos às famílias e às mães com maiores dificuldades. Para a implementação deste projecto recorremos a vários apoios e empresas locais que nos ajudaram a reunir os materiais e bens necessários à nossa intervenção. Esperamos na próxima edição da Carta podermos já enviar-vos algumas fotografias e notícias dos novos espaços do Centro de Saúde.

Noticia enviada pelo Rotaract Club de Sesimbra

PÁG. 33


Entrevista RDI 1970 Rénata Leite

Rénata Leite | RTC Povoa de Varzim Representante do Interact Distrito 1970 [Ana Antunes] Renata, enquanto Representante Distrital do Interact no Distrito 1970, quais achas que serão os teus maiores desafios para o ano rotário 2013-14? [Rénata Leite] Os meus maiores desafios serão sem duvida desempenhar um excelente papel na ajuda e no incentivo para todos os Interact Clubs não só nas actividades mas também no aumento do quadro social e na segurança de cada um para desempenhar as suas tarefas, e claro não podendo esquecer o maior de todos, a representação dos Interact Clubs, tentanPÁG. 34

do me tornar um bom exemplo como companheira e Representante.

interactistas está o Rotaract e o Rotary. [AA]

[AA]

Que importância dás à relação entre Rotary, Rotaract e Interact, tanto a nível distrital como a nível do quotidiano dos clubes? [RL] O Rotary é uma família e sem a correlação muito forte entre Rotary, Rotaract e Interact não se pode fazer o nosso principal lema "dar de si antes de pensar em si" porque uma "casa dividida contra si mesmo, não pode prosperar". E esta relação entre os Clubs tem que ser forte pois no futuro dos

E a relativamente à avaliação da relação entre os clubes Interact dos nossos Distritos, o que pode ser feito para aumentar a proximidade? [RL] Muito poderá ser feito, o principal é as duas partes colaborarem o máximo que puderem pois não somos dois, somos UM. Poderíamos fazer uma actividade a nível nacional, pois teria a participação dos dois distritos, algo completamente inovador, penso que precisamos de ideias para que fiquemos cada vez mais fortes,


novidades são sempre bem recebidas! [AA]

O que dirias a um interactista do Distrito 1960 que possa estar a considerar ser Representante Interact do Distrito? [RL] Ficaria super contente! Dava-lhe todo o apoio possível e mostrava-lhe que é uma experiência para a vida, amadurecemos imenso e a vida muda por completo, tornando-nos muito mais responsáveis, autónomos e o conhecimento é insaciável. Claro que para assumir é preciso trabalhar e por mais difícil

que seja, somos sempre recompensados. Melhor de tudo é o orgulho que carregamos connosco por representar esta organização tão única, é simplesmente inexplicável.

mais pessoas, juntos vamos espalhar o ideal rotário ainda mais longe, juntos vamos "Viver Rotary e Transformar Vidas".

[AA]

Que mensagem gostarias de deixar à Representadoria e clubes do Distrito 1960? Não obstante estarmos em distritos rotários diferentes somos todos uma grande família. Que o distrito 1960: o Rotary, o Rotaract mas especialmente o Interact conte sempre com o Interact distrito 1970. Juntos vamos levar sorrisos a cada vez

PÁG. 35


Rotary International Projectos Excepcionais do Rotaract 2012 Todos os anos Rotary Internacional destaca os Projectos Extraordinários do Rotaract, seleccionados entre as candidaturas de clubes de todo o mundo. Se o teu clube quiser candidatar um dos seus projectos à categoria de Extraordinário deverá preencher a ficha que pode encontrar no link: https://rotary.qualtrics.com/ SE/?SID=SV_3CsjFRcZf6zuWu8 até dia 1 de Fevereiro de 2014. Um prémio é atribuído a cada região acrescendo ainda um prémio na categoria internacional. Os clubes premiados, receberão a sua homenagem na 105ª Convenção de Rotary International que acontecerá em Sydney. Aqui podes encontrar a lista dos projectos vencedores em 2012, para que possas tirar ideias de como melhor servir a tua comunidade!

Prémio Internacional Projecto Radio Program-Rotaract Rotaract Club de Dharan Ghopa (Distrito 3292, Nepal) “Swastha Darpan" (programa de rádio do Rotaract Swastha Darpan). Os associados do clube pesquisaram, produziram e transmitiram uma série de programas de rádio sobre cuidados médicos no leste do Nepal, onde a população tem pouco acesso a informações sobre saúde. O clube patrocinador (Rotary Club de Dharan Ghopa) conseguiu espaço gratuito em um estúdio para produzir os programas, convidou rotários da área médica para serem os oradores e promoveu a iniciativa entre outros Rotary Clubs no Nepal.

Prémio Distritos Africanos Projecto Otinibi Library Rotaract Club de Adentan (Distrito 9100, Gana) Os sócios do clube adoptaram uma escola na comunidade e arrecadaram US$8.000 para financiar a instalação de uma nova biblioteca na escola. Um arquitecto projectou a biblioteca gratuitamente e um rotário do clube patrocinador supervisionou as obras.

Prémio Distritos da Ásia-Pacífico Projecto Beginning and Basic Literacy Integrated Support Services Rotaract Club de Paraiso (Distrito 3780, Filipinas) Os sócios do clube iniciaram um programa de reforço de alfabetização e leitura para ajudar crianças em áreas urbanas carentes. Vários rotários do distrito visitaram as escolas para ler às crianças.

PÁG. 36


Prémio Distritos Europeus Projecto One Whistle...One Life! Rotaract Club de Ankara Anittepe (Distrito 2430, Turquia) Sócios do clube viajaram a 10 cidades na Turquia para coordenar programas de consciencialização sobre terremotos, que incluiu um camião com simulador de terremoto, e a distribuição de 10.000 apitos para alerta de emergência e folhetos com instruções sobre como se preparar para este tipo de desastre natural. Em cada cidade visitada, rotários encontraram-se com os rotaractistas para os ajudarem a obter das autoridades locais as devidas autorizações.

Prémio Distritos da América Latina Projecto Rotaract 10K: Corramos para Erradicar la Polio Rotaract Club de Ambato Cosmopolita (Distrito 4400, Equador) O clube coordenou uma corrida de 10 quilómetros que contou com a participação de 1.400 pessoas, ajudou a divulgar Rotary e o Rotaract na comunidade, e arrecadou US$4.000 para o programa Pólio Plus.

Prémio Distritos do Sul da Ásia Projecto Road to Safety Rotaract Club de Hassaram Rijhumal College (Distrito 3140, Índia) Os sócios conduziram uma campanha para consciencializar a população sobre segurança nas estradas que incluiu a realização de um rally, apresentação de uma peça de teatro de rua, e divulgação da campanha durante uma maratona em Mumbai. Rotários do clube patrocinador (Rotary Club de Bombay) participaram do rally e ajudaram a promover a campanha.

Prémio Distritos dos EUA, Canadá e Caribe Projecto Siaqtuut – A Journey Together Rotaract Club da University of Lethbridge (Distrito 5360, Canadá) O clube realizou um evento que arrecadou US$14.000 para um centro de recursos que serve a famílias aborígenes do Canadá, e conseguiu a doação de duas passagens aéreas para permitir que moradores no norte do país possam aceder aos recursos disponíveis do sul. Vários rotários compareceram ao evento e convidaram rotaractistas para falar sobre o projecto durante as reuniões de seus Rotary Clubs.

PÁG. 37


Rotary International Menção Presidencial para o Rotaract

Uma das formas dos clubes medirem a sua eficácia é através do preenchimento dos requisitos para a Menção Presidencial. Esta é uma honra concedida pelo Presidente de RI a todos os clubes que preenchem os requisitos mínimos dentro dos desafios por ele lançado. Estamos confiante que os novos Presidentes não deixarão passar esta oportunidade de trazer ao nosso Distrito 1960 várias menções de honra por serviços prestados! Acedam ao link http://www.rotary.org/ RIdocuments/pt_pdf/ rotaract_presidential_citation_pt.pdf para conhecerem os desafios que nos são propostos por RI, preencham o máximo de alíneas possível até dia 31 de Março de 2014 e enviem para mim as vossas candidaturas devidamente preenchidas.

PÁG. 38


Presidente 2015-2016

K.R. (Ravi) Ravindran, do Rotary Club de Colombo, Sri Lanka, foi a escolha da Comissão de Nomeação para Presidente de Rotary International em 2015-16. Ravindran será Presidente Indicado a 1 de Outubro caso não surjam outros candidatos ao cargo. A primeira prioridade de Ravindran para Rotary será o aumento do quadro social.

PÁG. 39


Oportunidades Eventos Internacionais

German bbq competition – 50ª edição Quando: 16 a 18 de de Agosto de 2013 Onde: Eckernfoerde, Alemanha https://www.facebook.com/events/1389257074625422/ http://eckernfoerde.rotaract.de/gm Shelterbox Challenge 2013 Quando: 23 a 25 de de Agosto de 2013 Onde: Amesterdão, Holanda https://www.facebook.com/events/262124920582614/ http://www.shelterbox.nl/challenge/ Rotaract International Model United Nations Conference Quando: 21 a 25 de de Agosto de 2013 Onde: Baia Mare, Roménia https://www.facebook.com/RotaractMUN?ref=ts&fref=ts http://www.baiamareteam2013.rotaractmun.org/ Pacific Canadian Experience (PACE) Quando: 23 de Agosto a 1 de Setembro de 2013 Onde: Canadá http://www.rotaract5040.org/pace-trip/ Croatia Trip Quando: 23 de Agosto a 1 de Setembro de 2013 Onde: Croácia https://www.facebook.com/Rotaract.Croatia.Trip

PÁG. 40


Agenda do Representante

AGOSTO DIA 17 - SÁBADO Reunião RTC Entroncamento CN2013 DIA 23 A 25 Acampamento RTC Castelo Branco DIA 30 - SEXTA-FEIRA Reunião da Equipa Distrital

PÁG. 41


A PROVA QUÁDRUPLA Do que nós pensamos, dizemos ou fazemos

É a Verdade? É Justo para todos os interessados? Criará Boa Vontade e Melhores Amizades? Será benéfico para todos os interessados?

PÁG. 42

Carta Mensal | Agosto 2013  

Carta Mensal do Rotaract e Interact Distrito 1960 de Rotary International em Portugal.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you