Issuu on Google+

Posição da Chapa CONSTITUINTE por TERRA, TRABALHO e SOBERANIA frente a carta aberta aos Petistas: “O PT e a Burocracia” Caro companheiro Claudio Vignatti, Recebemos sua carta aberta aos Petistas intitulada “O PT e a Burocracia” e não poderíamos furtar-nos ao debate sobre o que consideramos ser o centro de sua análise: o PT e a democracia interna. Nós, da chapa Constituinte por Terra, Trabalho e Soberania, entendemos que é necessária uma profunda reforma politica no Brasil que dê a palavra ao povo, o que só uma Constituinte pode fazer, e também uma reforma política em nosso partido, que devolva a palavra aos militantes. Na sua carta você propõe “consertar”, mais uma vez, o irreformável PED! Na democracia - e ela é bem melhor que uma ditadura - os cidadãos vão as urnas escolher candidatos. Mas estamos falando do PT: um partido socialista! Portanto, um partido de militância, não apenas de mera cidadania, onde os rumos políticos, plataformas e candidaturas, tanto como a escolha da direção, devem ser discutidos pelos militantes “olho no olho” em encontros e congressos com delegados eleitos a partir da base. Ali, eles podem apoiar, corrigir ou emendar as propostas, convencer ou ser convencidos. A militância não se restringe ao ato passivo de escolher propostas prontas, votando numa urna a cada quatro anos, como é feito hoje. A proposta de melhorar regras para melhorar o PED já foi apresentada e aprovada no último Congresso do PT, e vimos no que deu. O aumento da influencia do poder econômico, regras excludentes, burocráticas e contraditórias com o argumento dos que defendiam ampliar a participação dos filiados. Para nós, não há o que reformar no PED. Precisamos retomar a eleição das direções de nossas instancias em encontros de delegados. Foi assim que o PT nasceu e se fortaleceu, transformando-se no maior partido que os trabalhadores tem no país, a partir da discussão feita de forma direta nos encontros de base. É isto que precisamos retomar. Esperamos abrir um debate com o companheiro e sua chapa, e ouvir a vossa posição sobre o FIM do PED. Esperamos poder lutar junto com todos petistas que acreditam que a saída é eleger uma direção que DEVOLVA A PALAVRA AOS MILITANTES! E, desde já, peço voto nas chapas Constituinte por Terra, Trabalho e Soberania: Nacional 210 e Estadual 410 e em nossas chapas municipais 610. Sobre o plebiscito onde será decidido sobre a candidatura própria e politica de alianças em Santa Catarina, gostaria de registrar que nossa chapa defende a candidatura própria do PT em Santa Catarina em aliança com PCdoB e setores populares do PDT. Com a palavra as demais chapas sobre: a candidatura própria do PT em Santa Catarina e o fim do PED! Saudações socialistas, Renê Munaro Candidato a Presidente pela chapa Constituinte por Terra, Trabalho e Soberania – 410


Posição frente a carta aberta aos petistas: O PT e Burocracia.