Issuu on Google+

Casa burguesa • Casa originada no século XIX no Brasil • tripartição: prestígio, isolamento, e rejeição,

família nuclear (família extensa)


• Bipartição dia-noite

Casa moderna no Brasil

família nuclear


Casa contemporânea

no Brasil Sobreposição de atividades

Em um mesmo Espaço doméstico


Casa contemporânea no Brasil Novos grupos domésticos “A arquitetura trata de um sujeito, o homem, que é por definição e fatalidade de natureza cambiável e evolutiva. Ele é primeiro solteiro, depois casal, depois família, com filhos em números indeterminados, depois dispersão dos filhos pelos seus casamentos... Enfim a morte, de tal maneira que a moradia feita para uma família não existe: o que existem são vários tipos de moradia paras sucessivas idades.” Le Corbusier


Casa contemporânea no Brasil Novos grupos

domésticos 1 Nova família nuclear - cada vez menos predominante - formada por um núcleo conjugal e filhos. Cada um na sua - diminuição da fecundidade, cada vez menos filhos - crescente inserção feminina na força de trabalho - o papel de provedor da família já não é exclusivo do pai - independência dos filhos mais cedo


Casa contemporânea no Brasil Novos grupos

domésticos 2 Família monoparental - mãe ou pai solteiros com filhos - família liderada na maioria das vezes pela mulher (devido à viuvez mais freqüente entre as mulheres, ou a mãe que fica com a guarda dos filhos após separação) - resultado, principalmente, do aumento do numero de divórcios e separações - mães independentes.


Casa contemporânea no Brasil Novos grupos

domésticos 3 Uniões livres - casais sem vínculos legais, sem filhos - primeira opção de vida conjugal para maioria dos jovens - raízes nas incertezas e dúvidas do casamento - perda de importância de valores religiosos - liberdade sexual e aumento do respeito pelas uniões homossexuais


Casa contemporânea no Brasil Novos grupos

domésticos 4 Pessoas vivendo sós - solteiros por opção (neocelibatários) - solteiros por incompetência - viuvez (predominante entre mulheres) - separados ou desquitados (predominância de homens que só recebem os filhos nos fins de semana) - é crescente o numero de estudantes universitários


Casa contemporânea no Brasil Novos grupos

domésticos 5 Coabitação sem vínculos conjugal ou de parentesco - repúblicas de estudantes - jovens trabalhadores - as relações internas são baseadas na transitoriedade da habitação


Individualidades e novas tecnologias

Não estaríamos hoje diante de novas alternativas de qualificação do espaço, em uma sociedade tendendo a superequipar-se, onde o equipamento qualificaria os espaços permitindo a sobreposição de funções?

Residência de prestígio: sala “de almoço” sala “de jantar” sala “de TV” jardim “de inverno” sala “do computador”


Apartamento padr達o


Apartamento padr達o


Planta flexĂ­vel


Planta flexĂ­vel


FUNÇÃO Diretamente relacionado à: USO

AMBIENTE

USUÁRIO

Através do uso o homem pode alterar qualquer espaço, qualquer objeto. Não importando que ele tenha sido pensado para esta ou aquela função. A habitação tem cada vez mais se desenvolvido conforme o ritmo de cada habitantes, conforme suas necessidades, adquirindo um caráter temporal: os usos dos espaços tem sido cada vez mais sobrecarregados de funções, como exemplo: a cozinha adquire aos poucos um caráter social e o mobiliário destes contextos passam a não ter funções fixas.


Preparar alimentos Novos equipamentos Rede de Fast-food e delivery Alimentos industrializados

Cozinha como convívio : Se cozinhar não é mais uma atividade diária, nem obrigatória, prefere-se utilizá-la como convívio.

Tempo reduzido Espaços reduzidos

Especialização dos espaços Design


Mil達o_2012


Mil達o_2012


Mil達o_2012


Mil達o_2012

Humberto e Fernando Campana


Mil達o_2012

Humberto e Fernando Campana


Lavar-se

Mobiliário e suas funções

Pausa para o relaxamento Culto ao corpo

Tempo reduzido

Banho: Prazer | Saúde | Sensualidade

Espaços reduzidos

Os projetos de espaços domésticos deverão procurar a valorização dos espaços de banho, para atender à idéia de culto ao corpo, o que não parece concordar com a redução do espaço a uma cabine que abriga unicamente a função de lavar-se.

Especialização dos espaços Design


Banheiro ou sala de banho

Arquiteta Alice Martins


Mil達o_2012


Mil達o_2012


Receber Espaço público X espaço privado Equipamentos

Espaços reduzidos

Sala de visita x Sala TV | Estar| Jantar Conforto | Personalidade | Tecnologia Portanto receber não se deve restringir só as áreas de convívio do edifício, mas também possibilitar que aconteça dentro da unidade, alternativa prejudicada pela exclusão dessa atividade e pela redução progressiva da área da unidade.

Especialização dos espaços Design


Trabalhar Espaço público X espaço privado Novos meios de comunicação Trabalho manual | Trabalho intelectual

Hoje em habitações de espaço reduzido, o local de trabalho é equipado por bancadas ou mesas de trabalho e computadores ou laptops.

Espaços reduzidos

Especialização dos espaços Design


Entreter-se e relaxar Mais tempo em casa

Deve-se pensar na estrutura da habitação bem como em seu entorno analisando quais as possibilidades de entretenimento que se quer disponibilizar para o usuário. .

Espaços reduzidos

Especialização dos espaços Design


SPA


Margret Duinker e Machiel van der Torre, Habitaçþes Dapperbuurt, Amsterdam, Holanda, 1989.


Exercício habitação reconfigurável Através de uma planta de 70m² dada, trabalhar as possíveis configurações articulando as funções exercidas na residência e criando 5 propostas de planta para os 5 perfis exposto na aula: 1 2 3 4 5

Nova família nuclear Pessoas vivendo sós Família monoparental Uniões livres Coabitação sem vínculos conjugal ou de parentesco

Obs.: Valendo como preparação prévia Entrega dia 08 e 09 de abril Entregue na sala ou por email: renata.cristiani@esamc.br


Apresentacao Arq Contemporanea