Page 1

Boletim Ecoesas 5 de junho de 2012 Número 1

EDITORIAL 

Eventos Futuros 

Candidatura ao 3º galardão Eco–Escolas

Nas grandes finalidades do seu Projeto Educativo a Escola Secundária Abel Salazar deseja ser uma escola que promova nos alunos o respeito pelo ambiente e por isso desenvolva continuamente atividades que apelem para a necessidade das práticas de reciclagem e reutilização, que sensibilizem para a adoção de opções energéticas eficientes e limpas e elucidem sobre a importância da preservação dos recursos hídricos e da biodiversidade e ainda sensibilizem para a crescente necessidade do recurso à agricultura biológica.

A energia

Dia Eco-Escolas Conscientes de que a Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável tem como objetivo global integrar os valores inerentes ao Desenvolvimento Sustentável nas diferentes formas de aprendizagem, a equipa EcoEsas desenvolveu um projeto que contribuiu e continuará a contribuir para a adoção de boas práticas ambientais, suscetíveis de melhorar a racionalidade e eficiência de hábitos de consumo e procedimentos poluidores, por parte de cada um de nós. Este é o nosso grande desafio, por isso, a urgência das urgências é informar, ensinar e educar sobre e para a sustentabilidade. A equipa Eco Esas – Renata Santos, Leonilde Leite, Isabel Costa e Madalena Bártolo

No dia em que se assinala o Dia Mundial da Energia, 29 de maio, os alunos da ESAS apelaram a toda a comunidade escolar, para agir no sentido de poupar os escassos recursos energéticos de que dispomos. O Mundo enfrenta uma verdadeira crise energética sem precedentes. As previsões apontam que o consumo mundial de energia vai crescer 57% até 2030. Assim os alunos da ESAS do Curso Profissional de Animação Social, com ajuda dos professores de Educação Visual, Elsa Santos e Vítor Marmelo, construíram mais de 50 cataventos que foram colocados nos espaços verdes da escola, para chamar a atenção de todos sobre esta problemática. Em simultâneo os alunos do 8º ano do professor de Ciências, Nuno Ribeiro, construíram maquetes que pretendem simbolizar a importância da utilização de energias renováveis, rumo a um futuro sustentável.


Projetos ambientais 20011/2012

Boletim Ecoesas

Os resíduos

Recolhemos, cumprimos! Rumo a um desenvolvimento sustentável! O aumento da população e a melhoria das condições de vida, traduzem-se num agravamento significativo da quantidade de resíduos produzidos. Cada um de nós produz cerca de 1,4 kg de lixo por dia. Anualmente produzem–se 4,8 milhões de resíduos que se não forem devidamente tratados comportam sérios problemas para a saúde e para o ambiente. .

O mar e o litoral

O mar e as zonas costeiras têm um papel essencial no bem estar e qualidade de vida da sociedade, através das atividades desportivas e de lazer, bem como dos serviços fundamentais que nos prestam como a regulação do clima, a retenção de dióxido de carbono e a produção de oxigénio, a reciclagem e armazenamento de poluentes. Portugal dispõe de uma das maiores zonas 2 económicas exclusivas (ZEE) da Europa, com mais de 1 700 000 Km , que corresponde a cerca de 18 vezes a sua área terrestre. Este extenso espaço marítimo encerra alguns dos mais importantes ecossistemas oceânicos ao nível global. Assim no dia 12 de maio, em 20 praias portuguesas, numa iniciativa conjunta da BUONDI e da Associação Bandeira Azul da Europa e de várias Eco -Escolas do país, realizou-se um conjunto de atividades que culminaram com um cordão humano no sentido de sensibilizar e alertar a população em geral para a importância de se proteger o litoral e a sua biodiversidade. A Escola Secundária Abel Salazar e a EB 2,3 de Passos José de Guifões foram as escolas responsáveis pelo evento, na praia de Matosinhos.

Assinala-se ainda a participação dos nossos alunos nos seguintes concursos:


Projetos ambientais 20011/2012

Boletim Ecoesas

Agricultura biológica A Agricultura Biológica é um sistema de produção holístico, que promove e melhora a saúde do ecossistema agrícola, ao fomentar a biodiversidade, os ciclos biológicos e a atividade biológica do solo. Privilegia o uso de boas práticas de gestão da exploração agrícola, em lugar do recurso a fatores de produção externos, tendo em conta que os sistemas de produção devem ser adaptados às condições regionais.

Make it possible! Os alunos do 11º F ,desenvolveram o projeto “A horta na escola”; dinamizado pela professora Adelaide Pereira , e contaram com o apoio dos funcionários D Palmira e Sr. Manuel.

A Escola Secundária Abel Salazar em S Mamede Infesta , realizou um concerto solidário no dia 9 de Março pelas 21 horas no seu polivalente .Este concerto dinamizado por uma turma de economia do 12º ano , teve a participação de uma VOLUNTÁRIA russa da organização "Make it Possible!" que está a trabalhar na nossa escola , motivada pela vontade de tornar os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio uma realidade. São 58 os voluntários internacionais que se encontram em Portugal nesta altura do ano para desenvolver ações sobre os ODM nas principais cidades portuguesas.

Dia Eco –Escolas- 5 de Junho

Voltaremos para o ano:

Por si, por nós , por um Mundo melhor!

Estamos na Web! http://ecoesas.blogspot.pt

BOLETIM ECOESAS  

Saiu o primeiro boletim Ecoesas para relembrar as atividades mais importantes realizadas este ano no âmbito do programa Eco -Escolas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you