Issuu on Google+


renan dos santos silva 109162232

i m p e r m a n ĂŞ n c i a

Esse trabalho ĂŠ um registro da passagem do tempo. Daquele que diariamente dizemos que passa sem nos darmos conta.


nada ĂŠ pra durar

zygmunt bauman


Não há guarda-chuva contra o tempo, rio fluindo sob a casa, correnteza carregando os dias, os cabelos.

João Cabral de Melo Neto


Todos os dias quando acordo, Não tenho mais o tempo que passou Mas tenho muito tempo Temos todo o tempo do mundo. Todos os dias antes de dormir, Lembro e esqueço como foi o dia “Sempre em frente, Não temos tempo a perder”. Renato Russo



Impermanencia