Page 1


Sumário Marca..............................................................................................7 Conceito............................................................................8 Principal- Assinaturas.....................................................9

Apresentação................................................................ 21

Variação de Assinatura................................................ 10

Fluxo............................................................................... 22

Variação de Assinatura- Submarcas......................... 11

Localização de Totens e Placas.................................. 23

Grid................................................................................. 12

Pictogramas.................................................................. 24

Positivo e Negativo...................................................... 13

Sinalização.................................................................................. 25

Proteção......................................................................... 14

Placa Principal............................................................... 30

Cor principal e cores de apoio................................... 15

Placa de Localização.................................................... 31

Comportamento Cromático....................................... 17

Placa de Orientação..................................................... 33

Usos Incorretos............................................................. 18

Placa de Advertência................................................... 35

Sistema........................................................................................ 19

Placa de Situação......................................................... 37

Conceito......................................................................... 20

Aplicações................................................................................... 39

Mapa............................................................................... 21


Apresentação Esse memorial tem como objetivo exemplificar uma nova proposta de Identidade Visual e Sinalização do parque da Juventude. Foram observados nos estudos realizados pelo grupo que o parque não possui um sistema de sinalização eficiente. Através da análise dos dados levantados e da problematização do sistema o grupo propõe as mudanças contidas neste Memorial.


Parque da Juventude Àrea total: 240 mil m2 Complexo Penitenciário do Carandiru. Casa de Detenção de São Paulo, inaugurada em 1956. Durante 46 anos foi o maior presídio da América Latina. Chegou a mais de 8 mil presos. O massacre de 111 presos foi a gota d`água. Uma implosão pôs abaixo os últimos 3 pavilhões em 7 segundos. Em 1999, o Governo do a Estado de São Paulo promoveu um concurso público que definiu o projeto arquitetônico do Parque da Juventude. Um projeto paisagístico ousado, proposto pelo grupo vencedor do concurso, o escritório Aflalo & Gasperini, o qual responsabilizou o escritório da arquiteta-paisagista Rosa Grena Kliass com o desenvolvimento da proposta paisagística para todo o local, 3 fases de construção, 3 grandes áreas: esportiva, central, institucional. Inaugurada a 1a fase em setembro de 2003, concluída a 3a fase em 2007, Localizado entre 3 grandes avenidas da Zona Norte da cidade, ao lado do metrô Carandiru 240 mil metros quadrados, mantidos grandes referências históricas: Muralhas, ruínas de celas do presídio, pavilhões 4 e 7 (Escolas Técnicas) duas grandes ETEC’s instaladas dentro do Parque, espaço aberto para shows e eventos. No final de 2008 foi considerado 2° melhor parque de São Paulo em pesquisa realizada pelo Sindicato Nacional das empresas de Arquitetura e Engenharia. Hoje recebe uma média de 200 mil usuários a cada mês, 50 mil por semana.

6


Marca


Marca

Conceito O Parque da Juventude é um espaço construido para o lazer das famílias paulistanas. Sua construção, polêmica, consiste na ocupação do espaço onde antigamente era a ala masculina do presídio do Carandirú. Considerado, quando existente, o maior complexo penitenciário das Américas. No projeto de lançamento do parque, o Governo do Estado de São Paulo, pretendia que esse espaço de alguma forma, recompensasse os cidadãos por todas as maldades que foram cometidas com a construção de um complexo que uni lazer, esporte e educação. Mediante essas informações levantandas e uma pesquisa de campo para conhecer o parque e o seus frequentadores, sugerimos uma identidade visual nova, juntamente com uma sinalização adequada às necessidades do parque e dessa identidade que sugerimos. O conceito por trás da criação do logotipo surge de ideias que remetem a própria juventudo bem como à história do parque. Em um mundo em constante transformação e contemporâneo como o nosso fica imprescindível que às verdade sejam expostas e se necessário for superá-las. Esse, sem dúvidas, é nosso objetivo. Trazer o conceito de superação; de transformação de um espaço antes de aprisionamento para um lugar de liberdade. Como a ave mitológica Fênix, que se recria das cinzas. Portanto optamos por usar como referências visuais aves voando no céu, asas de pássaros batendo. Uma forte relação com a liberdade que o espaço representa e que os jovens tanto anseiam em conquistar. A escolha cromática para o laranja reforça o poder da juventude e confiabilidade do parque.

8


Marca

Principal- Assinaturas A assinatura principal consiste no símbolo da asa aberta em ascensão, na cor laranja conforme representação ao lado; com o nome do parque em duas linhas. A primeira em caixa alta, escrita com a tipografia Myriad Pro, sendo a primeira linha em estilo Bold, com traking aumentado; e a segunda linha em Semibold também com traking aumentado. Essa assinatura deve ser usada em negativo a asa torna-se

9


Marca

Variação de Assinatura Para dar libertade a flexibilidade à Marca Parque da Juventude, foram criadas mais outras três versões, uma para cada parque identificado anteriormente com o símbolo podendo mudar de lado. A Marca com o sinal gráfico em cima, deve ser utilizado para quando for citado algum dos três parques (parque institucional, parque central e parque esportivo) ou a marca mãe Parque da Juventude. N a marca parque institucional posse três ramificações, a biblioteca de são paulo,a Etec das artes e a Etec parque da Juventude, onde a Marca é utilizada na mesma cor verde da marca Parque Intitucional porém se sinal gráfico fica localizado em uma das laterais do nome.

10


Marca

Variação de Assinatura- Submarcas As submarcas podem e devem usar o simbolo como representação de asas em ascensão, em qualquer angulo positivo; devendo somente respeitar a àrea de proteção entre o texto e o símbolo, conforme exemplos abaixo.

11


Marca

Grid

12


Marca

Positivo e Negativo A marca Parque da Juventude pode ser usada tanto em positivo quanto em negativo, porĂŠm quando vazado no negativo deve sempre estar em branco (papel).

13


Marca

Proteção

14


Marca

Cor principal e cores de apoio A cor laranja foi definida como padrão da Marca do Parque da Juventude e as cores Verde, Vermelho e Azul foram definidas como as cores padrão dos parques nele situados e a qualilade das cores padrão devem ser sempre feito por aproximação visual, devendo ser solicidada prava de cor para aprovação prévia a fim que se garanta fidelidade na reprodução.

C: 0 M: 75 K: 100 Y: 0

R: 240 G: 100 B: 35

PANTONE DS 56-2 U

C: 100 M: 30 K: 100 Y: 20

R: 0 G: 111 B: 61

C: 30 M: 100 K: 100 Y: 20

R: 153 G: 31 B: 35

C: 100 M: 30 K: 10 Y: 0

R: 0 G: 137 B: 192

PANTONE DS 269-1 U

PANTONE DS 84-1 U

PANTONE DS 230-1 U

15


Marca

Tipografia Preferencial

Aa Aa 16

Myriad Pro Regular Amostra Tipográfica ABCÇDEFGHIJKLMNÑOPQRSTUVXYWZ abcçdefghijklmnñopqrstuvxywz 123456789 {[()@#$%&*?!.:;”<>=+|\/}]

Myriad Pro Semibold Amostra Tipográfica ABCÇDEFGHIJKLMNÑOPQRSTUVXYWZ abcçdefghijklmnñopqrstuvxywz 123456789 {[()@#$%&*?!.:;”<>=+|\/}]


Marca

Comportamento Cromático A assinatura da empresa deve ser usada preferencialmente com fundos branco. Visando maneiras diferentes de utilizar a marca, ao lado, encontra-se algumas situações de cores de fundo que podem demonstrar quando a marca deve ser aplicada nos produtos na sua versão preferencial ou acromática.

17


Marca

Usos Incorretos São considerados usos da marca Parque da Juventude incorretos, conforme lista abaixo e imagens ao lado. Aplicando-se também as sub-marcas. 1. Alteração da cor Padrão 2. Distorção 3. Marca Rotacionada 4. Marca em Outline 5. Alteração do alfabeto do logotipo 6. Símbolo com o logotipo fora de proporção 7. Marca sobre fundo contrastante 8. Inversão do símbolo com a tipografia

PARQUE DA JUVENTUDE

PARQUE DA JUVENTUDE

18

PARQUE DA JUVENTUDE


Sistema


Sistema

Conceito O conceito do sistema de sinalização proposto tem uma forte relação com os argumentos de criação da Identide Visual do Parque da Juventude.Argumentos esses de interação com o espaço e suas necessidades específicas: Relação urbano/vegetação e verde/cinza Re-uso de áreas urbanas para o lazer e a convivência Nossas referências partiram de exemplos de sucesso onde a lógica da reutilização do espaço foi aplicada em parques onde já existe uma sinalização adequada e comtemporânea. Primeiramente o SkyLine em Nova York, hoje um dos principais pontos de encontro da cidade, e depois o Parque do Ibirapuera na cidade de São Paulo. Portanto a escolha do desenho da forma das placas segue a das penas do símbolo, na vertical, transformando-se em um totem. Os totens surgem no Parque da Juventude, como uma opção às placas convencionais, pois sua estrutura e forma têm um poder maior de chamar a atenção do usuário no espaço. Como o parque tem suas divisões, os totens obedecerão o sitema, sendo assim, todos os totens de um determinado parque terá a cor do sub-parque, facilitanto a memorização e a objetividade das informações.

20


Sistema

Mapa Apresentação As pesquisas de campo, de usuário e fotográficas realizadas no parque, reveleram que o sistema de sinalização atual não comtempla mapas demostrativo das áreas, serviços e localizações. Portanto, o grupo desenvolveu um mapa planificado e com um sistema de informações numerado e linear que ajuda a identificação das áreas no parque.

21


Sistema

Mapa Fluxo A pesquisa realizada dentro do parque nos revelaram um fluxo que é constante independente dos dias e horários. Esse fluxo se concentra em duas áreas: O parque Esportivo e Institucional. Portanto os totens de sinalização irão beneficiar esse fluxo e propor uma interação maior com o parque, com a existência de totens nesse percurso passando pelos locais de maior destaque como quadras e ETEC’s porém beneficiando o parque central e a área arborizada.

22


Sistema

Mapa Localização de Totens e Placas O mapa ao lado demarca os locais onde os totens e placas devem estar. Suas posições foram pensadas estratégimente previlegiando o fluxo observado dentro do parque. Destacamos que a sinalização atual não tem recorrecia durante o parque. O sistema proposto melhora a orientação dos usuários pelo parque com uma sinalização mais abrangente.

23


Sistema

Pictogramas Os pictogramas são elementos que reforçam a sinalização, indicando locais importantes e restrições do usuário. O grupo decidiu utilizá-los por serem padrões universais de sinalização, para que o entendimento do visitante seja rápido , derivado ao reconhecimento de formas padrões com a qual já obtiveram contato anteriormente.

24


Sinalização


Sinalização

Padrão Cromático As cores escolhida para compor a paleta cromática da sinalização do Parque da Juventude tem como obejtivo manter as cores utilizadas anteriormente porém adequando-as ao novo conceito da Marca. Cada cor representa uma zona que foi traçada, Parque Institucional, Parque Central e Parque Esportivo. A cor verde foi utilizada na área do parque institucional, pois não é uma área com muito verde então a isualização da sinalizao nao seria afetada pela utilização da cor verde, no parque central a cor é azul, justamente por ser uma área de muito verde o azul seria uma cor que se destacaria e no parque esportivo a cor vermelho pois é uma cor viva e com forte vibração.

PANTONE DS 269-1 U

PANTONE DS 84-1 U

PANTONE DS 230-1 U

26

C: 100 M: 30 K: 100 Y: 20

R: 0 G: 111 B: 61

C: 30 M: 100 K: 100 Y: 20

R: 153 G: 31 B: 35

C: 100 M: 30 K: 10 Y: 0

R: 0 G: 137 B: 192


Sinalização

Padrão Tipográfico Para a sinalização do parque decidiu-se manter a escolha tipografica da marca, Myriad Pro, porém com algumas modificações, o tracking foi aumentado para 20 e para a sinalizações utilizamos ao invés de ser regular, utilizamos semibold. Além de valorizar a identidade da marca, compartilhando da mesma tipografia, a escolha da Myriad Pro para a sinalização também conversa com os conceitos ergonômicos. Devido a ausência de serifa, pouco contraste, a legibilidade foi testada levando em consideraçõeso seu tamanho ( 5 cm e 15 cm aproximadamente) e a distância de leitura, sendo provada muito eficiente. O sistema utiliza somente a família Myriad Pro e apenas sua variação semibold, essa escolha garante uniformidade ao sitema e facilita a leitura e comunicação das peças.

Aa

Myriad Pro Semibold Amostra Tipográfica ABCÇDEFGHIJKLMNÑOPQRSTUVXYWZ abcçdefghijklmnñopqrstuvxywz 123456789 {[()@#$%&*?!.:;”<>=+|\/}]

27


Sinalização

Materiais Para a confecção das placas o grupo optou por trabalhar exclusivamente com dois materiais. Para superfície de leitura utilizamos o plástico fosco pela leveza e pelo teor refletivo à exposição da luz solar, aprimorando a legibilidade das informações. Para a estrutura do Toten, o acrílico, que será o suporte de fixação do plástico. A escolha do acrílico ressalta leveza, e transparência ao ambiente. Os materiais se relacionam também como conceito do sistema de sinalização proposto.

Acrílico Estação do Metrô Edifício 1 e 2

Administração do parque

Plástico

28

CENTRAL

Lanchonete


Sinalização

Grid - Placas Para a criação da sinalização do parque, utilizamos um grid modulado de forma a garantir um sistema coeso e proporcional. Integrando todas as placas sob único grid valorizamos a identidade do sistema. Este grid foi criado utilizando módulos de 5 cm.

Parque Esportivo Bebedouros Lanchonete 10 Salões 11 Quadras de Tênis 12 Quadras Poliesportivas 13 Pista de Skate

Parque Central 5 Muralhas 6 Ruínas Bebedouros 8 Administração

Parque Institucional 1 ETEC de Ates 2 ETEC Parque da juventude 3 Biblioteca de São Paulo 4 Estacionamento Lanchonete Banheiro Masculino Banheiro Feminino

Animais devem circular com coleira e guia

INSTITUCIONAL

Banheiro

29


Sinalização

Placa Principal O suporte da identidade visual proposta, será o mesmo da atual pois essa estrutura faz parte do antigo complexo penitênciaário e é usado com um marco de sobrevevivência e história. Porque o conceito da identidade e sinalização sugere a ideia de superação, decidimos por deixá-lo nesse mesmo local, efetuando somente a substituição da antiga marca pela sugerida conforme imagem ilustrativa ao lado.

30


Sinalização

Placa de Localização Utilizamos placa de 0,75m de altura e 0,24m de largura, direcionados para fora com o intuito de proporcionar uma melhor visibilidade ao visitante, utilizando a identidade do sistema as placas tem o formato de pena. O grupo optou por este modelo de placa, para haver uma melhor interação com os grafittis que aplicados nas paredes.

75 cm 120 mm

24 cm

30 mm

Banheiro

31


Sinalização Banheiro

32


Sinalização

Placa de Orientação

Estação do Metrô Edifício 1 e 2

Lanchonet e

Administração do parque

INSTITUCIONAL

As placas de orientação tem como função indicar os diferentes serviços e localizações aos visitantes, seguindo o conceito do sistema, são utilizados as penas em acrílico para proporcionar uma certa leveza visual, a diagramação incluí setas direcionais, os lugares e os serviços são alinhados à esquerda, impressas em um suporte de plástica fosca. Estes totens possuem 2,50m de altura podendo ser vista a longa distância.

33


Sinalização

Placa de Orientação

Estação do Metrô

Lanchonet e

Administração do parque

34

INSTITUCIONAL

Edifício 1 e 2

ô


Sinalização

Placa de Advertência As placas de restrição tem como função sinalizar as proibições pertinentes ao uso e manutenção do espaço Parque da Juventude. Seguindo o conceito do sistema, são utilizados as penas em acrílico para proporcionar uma certa leveza visual, a diagramação incluí pictogramas indicativos de restrição, alinhados à esquerda, impressos em um suporte de plástico fosco. Estes totens possuem 2,50m de altura podendo ser vistos a longa distância. E estão sempre dispostos ao lado das lixeiras, playgroud e bebedouros.

ô

Ad 2500 mm

Ad

35


Sinalização

36


Sinalização

Placa de Situação Os mapas são essenciais na sinalização, por este motivo optamos por construir displays de 1,70m de altura.Assim como todas as sinalizações do parque este display leva em consideração a identidade do sistema, logo possui o formato de pena em acrílico para proporcionar uma certa leveza visual, a cor é varia de acordo com a área dentro do parque.

450 mm Parque Esportivo Bebedouros Lanchonete 10 Salões 11 Quadras de Tênis 12 Quadras Poliesportivas 13 Pista de Skate

Parque Central 5 Muralhas 6 Ruínas Bebedouros 8 Administração

625 mm

Parque Institucional 1 ETEC de Ates 2 ETEC Parque da juventude 3 Biblioteca de São Paulo 4 Estacionamento Lanchonete Banheiro Masculino Banheiro Feminino

380 mm

1700 mm

290 mm

37


Sinalização

Parque Esportivo Bebedouros Lanchonete 10 Salões 11 Quadras de Tênis 12 Quadras Poliesportivas 13 Pista de Skate

Parque Centra l 5 Muralhas 6 Ruínas Bebedouros 8 Administração

Parque Institucional 1 ETEC de Ates 2 ETEC Parque da juventude 3 Biblioteca de São Paulo 4 Estacionamento Lanchonete Banheiro Masculino Banheiro Feminino

38


Aplicações


Aplicações

Antes

Depois 41


Aplicações

Antes

Depois 43


Aplicações

Antes

Depois 45


Aplicações

Antes

Depois 47


Aplicações

Antes

Depois 49


Aplicações

Antes

Depois 51


Aplicações

Antes

Depois 53


Aplicações

Antes

Depois 55


Aplicações

Antes

Depois 57


Aplicações

Antes

Depois 59


Aplicações

Antes

Depois 61


Aplicações

Antes

Depois 63


Referências Bibligráficas COSTA, Joan. A imagem da marca: um fenômeno social. São Paulo: Rosari, 2011. CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo: Cosac & Naify, 2012. BONSIEPE, Gui. Design, cultura e sociedade. São Paulo: Blucher, 2011.


Centro Acadêmico SENAC Design - Comunicação Visual 4o Semestre -Manhã 05/2013 Projeto Identificar Professores: Maria Helena Werneck Bomeny Helena Rugai Bastos Alan Richard da Luz.

Equipe: Debora Takeuchi Karen Arezes Renan Puig


Parque da Juventude  

Memorial descritivo de proposta de marca para o Parque da Juventude, localizado no carandirú. São Paulo, SP - Brasil

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you