Page 1

Mauricio de Lima Biografia e vida


Biografia Mauricio Lima [São Paulo, Brasil] é um fotógrafo documental independente. Ao longo de mais de uma década, vem desenvolvendo um extenso projeto sobre a vida de pessoas afetadas por crises sociais e conflitos armados, com amplos trabalhos realizados em países como Afeganistão, Brasil, Iraque, Líbia, Portugal e Ucrânia. Atualmente, concentra-se em uma longa documentação sobre a migração dos refugiados do Oriente Médio rumo à Europa. Parte desse trabalho tem sido publicada com frequência pelo The New York Times. Após os protestos de junho de 2013 no Brasil, Mauricio Lima idealizou o FotoProtestoSP, um coletivo que reuniu cerca de 20 fotógrafos, cujo objetivo era o de disseminar a importância de manifestações de rua como liberdade de expressão em uma sociedade democrática, através de grandes intervenções fotográficas em muros públicos de São Paulo. Em 2016, Mauricio Lima tornou-se o primeiro fotógrafo brasileiro a receber o prestigioso Prêmio Pulitzer pelo seu ensaio sobre os refugiados em busca de asilo na Europa, após ter sido finalista em 2015 com o trabalho sobre o conflito na Ucrânia. É detentor de inúmeros prêmios -todos no exterior- com destaque para o World Press Photo [duas vezes], Pictures of the Year International [quatro vezes], Overseas Press Club of America [2016], The Frontline Club Award London [2015], Bayeux-Calvados des Correspondants de Guerre [2006], entre outros. Foi eleito o fotógrafo do ano pelo Pictures of the Year Latin America [2015] e pela revista TIME [2010]. Mauricio Lima é o único fotógrafo brasileiro condecorado com o prêmio Gabriel García Márquez, concedido pela Fundación Nuevo Periodismo Iberoamericano [2004], o mais prestigioso reconhecimento na América Latina. Com o objetivo de democratizar o acesso à fotografia como um direito a todos, Mauricio Lima decidiu acabar com a tiragem limitada de cópias assinadas de seus trabalhos desde o início de 2016. Suas fotos já foram exibidas em exposições individuais e coletivas no Brasil, Emirados Árabes, Estados Unidos, França e Rússia. O fotógrafo brasileiro Mauricio Lima, do jornal The New York Times, ganhou nesta segunda-feira (18), juntamente com outros três colegas, o Prêmio Pulitzer 2016 na categoria de fotografia de notícias por sua cobertura sobre a crise dos refugiados, anunciaram os organizadores. Os Prêmios Pulitzer, dos mais prestigiosos do jornalismo e da literatura, são entregues desde 1917. O anúncio foi feito durante uma cerimônia na Universidade de Columbia, em Nova York. Lima, de 40 anos, que trabalhou como fotógrafo da Agence France-Presse (AFP), foi premiado juntamente com seus colegas Sergey Ponomarev, Tyler Hicks e Daniel Etter, também do New York Times, pela cobertura da crise dos refugiados da Síria, do Iraque e do Afeganistão, que fogem dos conflitos


O estilo de fotografia de Mauricio de lima,ĂŠ de retratar guerras e grandes catastrofes.


Premio Pulitzer 2015/2016. Premio Word Press Photo de noticias gerais 2016 Premio Word Press Photo da vida cotidiana 2016


Em meio à cobertura jornalística de guerras civis e conflitos internacionais no Oriente Médio, o olhar de um fotógrafo brasileiro tem marcado e sido reconhecido como um dos mais sensíveis e aprofundados. Seu olhar ajudou a retratar as invasões do Iraque e do Afeganistão na guerra contra o terror, que custou mais de US$ 1,4 trilhão e tirou milhares de vidas de civis e militares.


CRÉDITOS AUTOR RENAN DE BARROS

FOTOGRAFO MAURICIO DE LIMA

Mauricio de Lima Biografia e vida  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you