Issuu on Google+

PRODUÇÃO DE RAINHAS ACAs – AGENTES COMUNITÁRIOS DE APICULTURA Eduardo Malheiros de A. Farias CECOAPI – Central de Cooperativas de Apicultores da Bahia.


PROJETO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA DA APICULTURA INTEGRADA DO SERTÃO DA BAHIA

CONVÊNIO Nº 399/2008 (SEDIR/CAR/SEAGRI/SUAF/CECOAPI) VALOR: R$ 1.075.822,08


OBJETIVO GERAL: Apoiar o desenvolvimento da cadeia produtiva da apicultura no Estado da Bahia, nos municípios de atuação das cooperativas singulares de Jeremoabo (COPERAPIS); Tucano (COOAPIT); Ribeira do Pombal (COOARP), que juntas com a COOAPI (Inhambupe) formam a estrutura da CECOAPI - Central de Cooperativas dos Apicultores da Bahia e das Cooperativas que fazem parte do Território do Sisal, através da assistência técnica sistemática de uma rede formada por técnicos e agentes multiplicadores, beneficiando 2.000 (dois mil) Apicultores com incremento de renda e produção sustentável nas suas propriedades rurais.


EQUIPE DO PROJETO : • 32 ACA’s, Agentes Comunitários de Apicultura, responsáveis pela execução técnica e acompanhamento dos apicultores; • 2 Técnicos de Acompanhamento, supervisionando e acompanhando as ações do projeto, propondo ajustes e avaliando o desempenho das atividades propostas; • 2 Assistentes Administrativos, administrativa do projeto.

responsáveis

pela

gestão


MARCO ZERO


UBC – Usina de Beneficiamento de Cera


UPR UNIDADE DE PRODUÇÃO DE RAINHAS


Estrutura da Unidade  Apiário de Matrizes  Apiário de Incubação  Apiário de Fecundação  Apiário de Apoio  Laboratório (sala de transferência de crias)


UNIDADE DE PRODUÇÃO PONTOS CRÍTICOS

VANTAGENS

 Auto custo de produção.

 Cunho técnico-pedagógico.

 Mão de obra especializada.

 Oferta semanal de rainhas fecundadas.

 Atividades diárias.  Sincronismo de ações.

 Controle de produção.  Melhoramento genético.


CAPACITAÇÕES DOS ACAs


Métodos para produção de abelhas rainhas

Puxada Natural Método Espanhol Método DOOLITTLE


MELHORAMENTO GENÉTICO  PRODUTIVIDADE  COMPORTAMENTO HIGIÊNICO  DEFENSIVIDADE


FOCO


POLÉN


MEL


PRÓPOLIS


GELÉIA REAL


DATA BASE PUXADA NATURAL

ORFANAÇÃO METODOLOGIA DE PRODUÇÃO


3º DIA PUXADA NATURAL

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

ELIMINAÇÃO DE REALEIRAS OPERCULADAS


7º DIA PUXADA NATURAL

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

AVALIAÇÃO E CONTAGEM DAS REALEIRS


PUXADA NATURAL

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

10º DIA RETIRADA E INTRODUÇÃO DE REALEIRAS


DATA BASE MÉTODO DOOLITTLE

PREPARAÇÃO DE RECRIA METODOLOGIA DE PRODUÇÃO


Preparação de Recria


Método Doolittle

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

• SEGUNDA – FEIRA  COLETA DE GELÉIA REAL


Método Doolittle

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

• SEGUNDA – FEIRA  REFORMA DE RECRIA


Método Doolittle

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

• SEGUNDA – FEIRA  PREPARAÇÃO DE CÚPULAS


Método Doolittle

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

• TERÇA - FEIRA  TRANSFERÊNCIA DE LARVA


Método Doolittle

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

• QUARTA - FEIRA  AVALIAÇÃO DO PROCESSO INCUBATÓRIO.


Método Doolittle

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

• QUINTA- FEIRA  ENGAIOLAMENTO DE REALEIRAS


Método Doolittle

METODOLOGIA DE PRODUÇÃO

• SEXTA - FEIRA  TRANFERÊNCIA PARA GELÉIA.


PROCESSO TECNOLÓGICO


DEFENSIVIDADE


OTIMIZAÇÃO DE PRODUÇÃO RECRIA

INICIADORA


ENGAIOLAMENTO


INOVAÇÃO TECNOLOGICA (CICLO DE 10 DIAS)

Sistema I

 50 REALEIRAS  TOTAL = 50 RAINHAS.

Sistema II

 50 REALEIRA X 10  TOTAL = 500 RAINHAS.


INTRODUÇÃO DE RAINHAS


OFERTA DE ZANGÕES


MARCAÇÃO DE RAINHAS


 MÉTODO DOOLITTLE

INTRODUÇÃO  GAIOLAS

METODOLOGIA APLICADA


INTRODUÇÃO


COMPARATIVO METODOLOGICO LABORATÓRIO

CAMPO


TRANSFERÊNCIA


FECUNDAÇÃO


TROCA DE RAINHAS PROIBIDO

PERMITIDO


TECNOLOGIA DE PRODUÇÃO


TECNOLOGIA


CHINA


OBRIGADO Eduardo Farias E-mail: eduardofarias10@gmail.com projapis.consultoria@gmail.com

Tel:

(75) 9948-2797 (75) 9178-7108 (75)8858-2520


AGROPEC Salvador