Page 1

O Concessionarista

R e p r o d u ç ã o

Sindicato dos Empregados em Concessionárias e Distribuidoras de Veículos Automotores no Estado do RJ Edição 06 – junho de 2013

Editorial Palavra do Presidente Em vez de um artigo escrito por mim, vocês, caros leitores, desfrutarão de um texto muito interessante, extraído de um portal de RH. Nele, há dicas maravilhosas para ser um profissional diferenciado no mercado. Boa leitura e, como diz o texto, somente você Dalmo Malheiros Ramos mesmo pode dar uma guinada em sua carreira. Pense nisso! Diretor – Presidente Página 02

SINDCON-RJ

NESTA EDIÇÃO:

Vendas de carros e comerciais leves ficam estáveis em junho de 2013, segundo a Fenabrave - página 03 Os 10 mais vendidos em junho de 2013 – páginas 03 e 04 Crescimento das vendas de automóveis mantém previsão otimista para o ano de 2013 – página 05 TODAS AS IMAGENS DESTA EDIÇÃO SÃO REPRODUZIDAS

Espaço do leitor Já imaginou sua opinião publicada aqui? Você deseja enviar sugestões de matérias? Tem alguma dúvida ou algum assunto que gostaria de obter mais informações? Envie um e-mail para: sindcon.rlk@terra.com.br Você poderá ter sua pergunta publicada e respondida na próxima edição!

E muito mais para você!


Empregabilidade: como ser um profissional diferenciado Por Leonardo Siqueira Borges para o RH.com.br As empresas precisam de resultados rentáveis para gerar mais empregos. Por trás desse conceito e para fazer a diferença precisam de profissionais que busquem sair da zona de conforto, onde assumir riscos (calculados) fazem parte da vida de qualquer um.

Abaixo alguns diferenciais destacados pelo mercado. Liderança - Assumir a liderança é resultado de dominar a área em que atua. É saber lidar e interagir com pessoas. Não precisa ser "chefe" para exercer a liderança nem "mandar em pessoas", pois um bom líder é aquele que é seguido pelas suas atitudes, pela sua ética e sua determinação. É uma pessoa que se posiciona no momento certo, buscando sempre contribuir com melhorias e fazendo a diferença e equilibrando a competência técnica e comportamental. Comunicação - A comunicação é uma das mais importantes competências comportamentais. É fundamental que as pessoas saibam se expressar, passando de maneira objetiva e direta o que realmente desejam falar. Isso, sem dúvida alguma, torna-se um expressivo diferencial. Flexibilidade e capacidade de adaptação a mudanças - A flexibilidade é fator importante nos dias de hoje, pois a todo o momento temos modificações nas organizações e temos que nos adaptar o mais rápido possível, nos tornando mais ágeis nos constantes processos de transformação presentes ao nosso dia a dia. Entusiasmo para aprender - Não dá para ficar na zona de conforto, é necessário ser curioso, buscar novos desafios, aprender sempre mais para ampliar sua visão sistêmica, ser mais dinâmico com sede de conhecimento. Conhecimento de idiomas e informática - Com as empresas cada vez mais ampliando seus mercados dominar outros idiomas e os recursos oferecidos pela informática são fundamentais e fazem a diferença na hora da contratação e no desenvolvimento das pessoas.

Engajamento nos resultados da equipe - O ideal não é trabalhar sozinho. Em equipe geramos melhores resultados, por isso as organizações precisam de pessoas engajadas e que tenham esse espírito de trabalhar em grupo.

Ambição de carreira - Pessoas que têm ambição de carreira são as que ficam na zona de aprendizado, que buscam resultados diferentes e, para isso, desafiam-se a todo o momento. Surpreenda sempre, pois isso é um grande diferencial para todo profissional. Porém, a chave para alcançar o sucesso é descobrir qual sua ambição e saber usá-la. Pergunte a si mesmo: "O que eu gosto?"; "Em que sou bom?". Quem conseguir definir melhor essas questões poderá focar melhor seus objetivos.

Escrever com clareza e de acordo com cada situação - Uma boa ortografia e clareza nas palavras ajudam muito na hora de apresentar um projeto. Por essa razão treine, exercite e procure fazer sempre o seu melhor, pois quanto mais leitura você fizer, melhor será a sua escrita. Situações adversas podem acontecer a qualquer momento. E nessa hora é importante saber como agir, não por impulso, mas sim de maneira mais adequada com cada situação.

Ser criativo ao resolver problemas e tomar decisões - Desenvolva sua capacidade criativa para resolver problemas. Sempre que possível, sugira novas ideias e aproveite onde você domina o assunto e faça a diferença. É importante também que o profissional tenha convicção e atitude na tomada de decisão, porque ficar em "cima do muro" não adianta e tampouco será o caminho para solucionar os problemas.

Se alguém vai fazer a diferença na sua vida, é você mesmo. Não dê essa oportunidade para os outros, tome a "rédea" de sua carreira. Inclusive, sugiro que crie um mapa de oportunidades para inicialmente despertar interesse. Mesmo sabendo que sorte e oportunidade só acontecem para quem está preparado, esse mapa deve conter: em curto e médio prazo, as ideias de onde você está e até onde quer chegar. Uma vez que isso for definido, gere ações para atingir suas metas com prazos. Fonte: RH.com.br (ARTIGO REPRODUZIDO)


Vendas de carros e comerciais leves ficam estáveis em junho de 2013, segundo a Fenabrave No acumulado do ano, foram licenciados 4,62% veículos do gênero a mais do que em igual período de 2012

As vendas de automóveis e comerciais leves no mercado interno ficaram praticamente estáveis em junho de 2013, com a comercialização de 302,8 mil unidades, quantidade 0,77% superior à registrada no último mês de maio. Os dados divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) indicam que, no acumulado do ano, foram licenciados 4,62% veículos do gênero a mais do que em igual período do ano passado. A participação desse segmento no mercado de veículos atingiu 61,95%, a maioria de automóveis com taxa de 48,34%. Quando incluído caminhões e ônibus, as vendas sobre maio mostram um recuo de 0,65% com um total comercializado de 457,2 mil veículos. No primeiro semestre, o movimento caiu 6,39% sobre o mesmo período do ano passado, com o licenciamento de 2,627 milhões de unidades. A queda reflete o desempenho ruim das vendas de ônibus, que tiveram uma redução de 9,22% sobre maio. Ainda assim, as vendas de junho foram 44,85% maiores do que no mesmo mês do ano passado. Já em relação aos caminhões, houve alta de 2,89% sobre maio e 22,29% a mais do que em igual mês de 2012. Fonte: revista.pensecarros.com.br http://revista.pensecarros.com.br/especial/rs/editorial-veiculos/19,521,4187640,Vendas-de-carros-e-comerciais-levesficam-estaveis-em-junho-de-2013-segundo-a-Fenabrave.html

Veja os 10 carros e 10 motos mais vendidos em junho de 2013 Pela 1ª vez desde novembro, Hyundai HB20 fica fora dos top 10 de carros. Volkswagen Gol mantém a liderança; entre motos, Honda CG 150 é 1ª. Do G1, em São Paulo Como apontaram números prévios, pela primeira vez desde novembro, o hatch Hyundai HB20 ficou fora da lista dos carros (automóveis e comerciais leves) mais vendidos em junho. No mês, o modelo ocupou a 11ª posição, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Considerando apenas automóveis, ele foi o 10º mais vendido. O HB20 chegou às lojas em outubro passado e, a partir do mês seguinte, apareceu constantemente no ranking dos mais vendidos, tendo chegado à quarta posição em fevereiro, março e abril, com vendas entre 10 mil e 12,5 mil unidades. Em maio, caiu para a nona colocação, com 9,6 mil emplacamentos. Mas o desempenho nesses 6 meses foi suficiente para colocar o modelo entre o mais vendidos no 1º semestre. Outro que constava no ranking anterior e caiu em junho foi o Volkswagen Voyage. Em maio, o sedã ficou em décimo, com 8.349 unidades vendidas. Quem subiu foi Chevrolet Classic e Renault Sandero.


O ranking da Fenabrave considera, como números do Volkswagen Gol, as vendas das versões Novo Gol e Gol G4. Para o Fiat Uno, são contados o Novo Uno e o Mille. Para o Ford Fiesta, o Fiesta Rocam Hatch e o New Fiesta Hatch. Para o Fiat Siena, o Siena EL e o Grand Siena. FONTE: g1.globo.com/carros http://g1.globo.com/carros/noticia/2013/07/veja-10-carros-e-10-motos-mais-vendidos-em-junho-de-2013.html


Crescimento das vendas de automóveis mantém previsão otimista para o ano de 2013 Segundo dados da Anfavea, a produção de veículos cresceu 0,3% em maio, com 348.070 unidades, enquanto em abril foram produzidos 347.122 veículos

O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Anfavea), Luiz Moan Yabiku Júnior, disse nesta quinta-feira, 6 de junho de 2013, durante a divulgação mensal dos números do setor automotivo, que o crescimento de 8,6% nas vendas - no acumulado dos cinco primeiros meses de 2013, se comparado ao mesmo período de 2012 -, permite que sejam mantidas as previsões de crescimento de 3,5% a 4% do setor no ano. Quando analisadas as vendas em maio, Moan disse que os números só não foram melhores porque houve um feriado ponte no final do mês, o que atrapalhou as vendas por dois dias. Segundo os dados divulgados, a venda total de veículos novos caiu 5,2% em maio de 2013 em comparação ao mês anterior. Foram vendidas 316.233 unidades contra 333.738 em abril. Em relação a maio de 2012, houve crescimento de 10% nas vendas. No acumulado do ano, foram comercializados 1.480.445 veículos. "O governo teve um papel extremamente importante no desempenho do setor automotivo neste ano, não só quanto ao juros para os caminhões e máquinas agrícolas, mas também na redução da carga tributária dos automóveis e comerciais leves. A carga tributária era muito alta e, com a redução, o consumidor está respondendo", disse. O balanço informa que a produção de veículos cresceu 0,3% em maio, com 348.070 unidades, enquanto em abril foram produzidos 347.122 veículos. Na comparação com maio do ano passado, o número aumentou 21,8% e, no acumulado do ano, 18,6%. "Este foi o melhor mês da história em termos de produção, mesmo com o feriado ponte no final do mês. Também foi o melhor acumulado do ano." As exportações registraram queda de 11,5% em maio, com 48.623 unidades vendidas para o mercado externo contra 54.962 em abril. No acumulado do ano as exportações aumentaram 81,1%, atingindo as 214.921 unidades. Na comparação com maio do ano passado também houve elevação (13,4%). "Acredito que a queda registrada seja uma questão de momento. Para as exportações temos que ter um horizonte maior de análise porque eventualmente no mês pode haver atraso ou adiantamento de embarque, entre outras coisas."

Fonte: revista.pensecarros.com.br http://revista.pensecarros.com.br/especial/rs/editorial-veiculos/19,521,4161794,Crescimento-das-vendas-de-automoveismantem-previsao-otimista-para-o-ano-de-2013.html

Jornal 47  
Advertisement