Page 21

Metas para 2012 • Melhorar as condições e ambiente para o desenvolvimento dos encontros. • Gerar o registro e sistematização mensal dos encontros • Produzir relatórios e avaliação semestral. • Aplicar sistematicamente instrumentos de avaliação dos encontros e organizar dados para apresentar aos tecedores. • Articular os temas desenvolvidos nos encontros com ações de mobilização, comunicação e cultura da Redes, alinhado ao projeto Maré que Queremos. • Promover interlocução com projetos no sentido estimular o aprofundamento dos temas transversais nos projetos. • Ampliar e qualificar participação dos tecedores. • Efetivar calendário de atividades. • Estruturar linhas, metodologia, estratégias e perspectivas para fortalecer a participação dos tecedores nos encontros. • Publicar textos de reflexão no site da Redes. • Consolidar documento base do setor. • Apresentar vídeo e dados sobre a avaliação dos tecedores sobre os encontros. 2. Atividades desenvolvidas pelos projetos em 2011 2.1 Desenvolvimento Local 2.1.1 A Maré que Queremos Apresentação do projeto O nome já diz muito sobre este projeto que é, antes de tudo, fruto do desejo coletivo dos moradores da Maré. Quais são as principais necessidades e reivindicações das comunidades que compõem esse conjunto de favelas, o maior do Rio de Janeiro em população? Apenas o “básico” é suficiente? Diversão, arte, cultura, auto-estima e respeito à diversidade são importantes também? Qual a Maré que queremos? Com estes questionamentos em mente, representantes das 16 favelas da Maré (Presidentes das Associações de Moradores e ONGs da Maré) iniciaram em fevereiro de 2010 diversos encontros para construir uma pauta comum de reivindicações e desejos. A lista de prioridades, transformada no documento denominado “Maré que queremos”, engloba as áreas de saúde, educação, artes e cultura, esporte e lazer, segurança pública, 21

Profile for Redes Maré

Relatório de atividades 2011  

Relatório de atividades 2011  

Advertisement