Issuu on Google+


Sumário Formação

Ação

A Experiência dos Encontros Vocacionais

5

Estágio de Ensino Religioso

23

Primeiros Votos, um Projeto de Vida

6

24

A Aventura de Ser Lassalista

7

Atividades Pastorais no Bairro Monte Carmelo

Formandos Maiores: uma Profunda Experiência Humanizadora

8

Experiência no Primeiro Ano de Postulado

27

Aulas Formativas no Noviciado

10

Ser un Jóven Lasallista

28

Retiros dos Formandos

12

Experiência Pastoral em Comunidades Paroquiais

30

Informação

Diversão&Cultura

Encontros de Jovens Irmãos

15

Irmãos do Haiti falam do Orgulho em Ser La Salle

16

Novas Gerações

17

Transamazônica, Igreja e Pastoral Vocacional

18

1º Seminário Formativo Lassalista

19

32

Sugestões Culturais

34

Mês das Vocações

36

O Ato de Escrever

39

Animadores Vocacionais Relação dos Animadores Vocacionais da Província La Salle Brasil-Chile

Matéria Especial Animação Vocacional em Período de Férias: Rosto Jovem

Cyberteologia e Juventude: a comunhão e a adaptação

20

40


Editorial Estimados(as) Leitores(as)! Ao lembrarmos que o rosto de Cristo é jovem também, percebemos que as novas gerações são fundamentais para a consolidação de uma cultura vocacional repleta de princípios e ações voltadas ao sentido comunitário. Este e outros temas podem ser conferidos na Revista Vem e Segue-me, um marco na Animação Vocacional da Província La Salle Brasil-Chile. Nesta edição de número 55, é possível encontrar reflexões, relatos e experiências de pessoas que escolheram um novo jeito de ser e de viver a vocação, optando pelo desenvolvimento de um projeto de vida em conformidade aos valores da Vida Religiosa Consagrada. Além da partilha de experiências, são apresentadas dicas culturais. Aproveite para “navegar” nesta edição e conhecer mais sobre como é a vida de um Irmão De La Salle ou dos jovens que se preparam para esta missão. Este também pode ser um caminho para você! Desejamos a todos uma excelente leitura. Viva Jesus em Nossos Corações! Para Sempre! Comissão Editorial

Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55

LA SALLE

EXPEDiENTE Revista Vem e Segue-me Ano XXX – Nº  Agosto de  Província La Salle Brasil-Chile Comissão Editorial Ir. Marcelo Cesar Salami Ir. Cláudio André Dierings Ir. Renan da Costa Ferreira Realização Direção Provincial de Formação e Acompanhamento Setor de Comunicação e Marketing da Rede La Salle Coordenação: Graciela Dias de Oliveira Edição: Gabriela Boni – Mtb  Diagramação: Setor de Comunicação e Marketing da Rede La Salle Revisão: Ir. Marcelo Misturini


Formação

A EXPEriÊNCiA DoS ENCoNTroS VoCACioNAiS Arnoldo Lucas da Silva de Freitas, Kewen Matheus G. e Pedro Batista da Silva, com apoio do Irmão Cláudio Pereira da Silva – Comunidade e Pré-Postulado La Salle – Ananindeua/PA

Os

encontros

vocacionais

estão

com as dos demais. Buscamos uma profunda

significando uma nova experiência de vida

relação com Deus por meio das místicas,

para todos nós, ou seja, uma oportunidade

celebrações e orações. É nos encontros

para termos a certeza de que podemos

vocacionais que podemos compreender

construir um mundo melhor a partir de

cada um, seu jeito, seu modo de ser, seus

nossas vidas. Durante essas ocasiões,

pensamentos, sua cultura, sua família, seus

aprendemos sobre La Salle, que abriu mão

sonhos e suas buscas mais profundas.

de seus bens para se igualar aos demais que com ele viviam, um homem que sempre se empenhou para modificar a educação de sua época, que lutou, do início ao fim de sua história, por um ensino de qualidade e, acima de tudo, humano e cristão. Nos encontros, aprendemos a nos relacionar conosco mesmos e com o mundo que nos circunda. Aprendemos a fortificar nossas amizades e percebemos que precisamos viver no coletivo com as nossas subjetividades, para construirmos um mundo melhor. Aprendemos a trabalhar em equipe, partilharmos nossas vidas, compreendemos o outro, interagimos com nossas ideias e

Com os Irmãos de La Salle aprendemos muitas coisas, como o modo de convivência, como cada um tornou-se Irmão e maneiras de vivenciar as nossas buscas de sermos um deles como ideal para nossa vida. Portanto, os encontros vocacionais despertam em nós uma grande curiosidade de compreender a Vida Religiosa e, principalmente, a Vida enquanto Irmão de La Salle. Entendemos que é uma maneira de não vivermos de um modo qualquer, mas de procurarmos viver as coisas boas do mundo: amizade, família, estudos, ideias. As vivências são fortalecidas por estarmos a serviço daqueles que mais necessitam: os pobres.

#Encontros vocacionais são uma nova experiência de vida

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me


Formação

PrimEiroS VoToS, um ProJETo DE ViDA Irmão Marco Antonio dos Santos – Comunidade La Salle Pão dos Pobres – Porto Alegre/RS

Assumi a vocação da Vida Religiosa Consagrada no Instituto dos Irmãos das Escolas Cristãs. Trata-se, sem dúvida, de um Projeto de Vida que, uma vez levado a sério, exige generosidade crescente, sem limite algum, e que a experiência dos séculos confirma ser, ao mesmo tempo, uma fonte inesgotável de felicidade e esperança. Creio que, em uma ocasião como esta, se deve fugir de qualquer tipo de estereótipo de elevação, privilégio ou promoção. A vocação do Religioso Irmão não significa uma promoção, uma honra ou uma condecoração; é simplesmente um serviço que consiste na responsabilidade de procurar a glória de Deus o quanto for possível, respondendo,

no ordinário de cada dia, ao Seu chamado singular. Para isso, é exigência fundamental que se alargue o olhar e se amplie o coração, seguindo o mesmo caminho de Jesus de Nazaré, atraído pelo carisma de São João Batista de La Salle. Estou bem consciente da responsabilidade que tudo isso implica, ainda mais sabendo que peço para carregar um “tesouro em vasos de barro” (2 Cor 4,7). Desejo, porém, seguir na confiança de quem se sente amado e chamado pelo Grande Mestre e Companheiro, que nos acompanha, apoia, compreende e, acima de tudo, sabe trabalhar e agir também com instrumentos limitados.

#Leandro Oberger, Marco Antonio dos Santos e Sidinei Farias emitiram seus Primeiros Votos em Canoas/RS

Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Formação

A AVENTurA DE SEr LASSALiSTA Irmã Cristiane Cordeiro – Comunidade Santa Terezinha do Menino Jesus – Curitiba/PR

Há alguns anos, quando resolvi mudar o rumo e a direção de minha trajetória, esse foi o tema que ressoou em meus ouvidos: como manter-me conectada a Deus a maior parte de minha vida? Foi quando me deparei com a passagem “Eu sou a videira, e vocês são os ramos. Quem fica unido a mim, eu a ele, dará muito fruto, porque sem mim vocês não podem fazer nada” (Jo15,5).

Comecei a fazer minha formação e pouco a pouco fui adquirindo a tão esperada conexão com Deus e descobrindo a aventura de ser Religiosa Lassalista. Alguns meses depois, fui convidada a terminar minha formação no México. Lá concluí o Postulado e o Noviciado. Depois de três anos voltei e professei meus Primeiros Votos, tornandome Irmã.

Foi aí que resolvi abandonar o comodismo e resolver esse dilema. Encontrei, em uma creche perto de minha casa, as Irmãs Guadalupanas de La Salle, que trabalhavam com crianças carentes. Resolvi conhecê-las. Após alguns encontros, elas me convidaram para fazer uma experiência em Curitiba. Dessa forma, ali ingressei no ano de 2003.

E agora, a cada dia que passa, sinto-me realizada, vivendo o mundo da educação, ensinando os alunos a viver com alegria, assim como disse São João Batista de La Salle: “estando os alunos, da manhã à tarde, aos cuidados dos mestres, estes possam ensinar-lhes a bem viver”.

#Irmãs Guadalupanas dão continuidade à missão de São João Batista de La Salle

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me


Formação

FormANDoS mAiorES: umA ProFuNDA EXPEriÊNCiA HumANiZADorA Henrique Daniel Mayer – Comunidade La Salle Noviciado – Porto Alegre/RS

Estiveram reunidos em Caxias do Sul/RS, no início de maio, Formandos da Província La Salle Brasil-Chile para o Encontro de Formandos Maiores. As atividades tiveram início com as palestras da Irmã Maria do Carmo, que retratou a realidade social de Caxias e a Campanha da Fraternidade, e a do Irmão Cláudio Dierings, que abordou o tema “Juventudes e Carisma Lassalista”. Para que as ações missionárias fossem realizadas, foram formados grupos, cada qual com a responsabilidade de animar em algum momento da atividade. À noite, o envio conduzido pelo Pe. Paulo Gasparetto foi uma oportunidade para cada qual inteirar-se dos desafios que estavam por vir. No segundo dia, o primeiro desafio deu-se na fazenda Patna, junto aos dependentes químicos. À tarde, os grupos visitaram a empresa Acrilys, observando a maneira positiva com que a entidade se relaciona com os funcionários e com o meio ambiente. Para finalizar, os jovens visitaram moradores do Lar São Francisco de Assis.

Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55

#Formandos participaram de atividades missionárias

No terceiro dia, as atividades foram realizadas na comunidade do Bairro Carmelo, onde os Formandos interagiram com lideranças locais, por meio de dinâmicas, as quais serviram de motivação e formação para a visita às famílias. Para celebrar o dia intenso, os Formandos tiveram momentos de confraternização e vivência, com futebol, ping-pong e música. Para finalizar, houve animação na missa da Igreja da Imaculada, celebrada pelo Frei Jaime Bettega. Confira os depoimentos dos Formandos sobre esta experiência!


Formação

“O olhar no fundo dos olhos foi a grande resposta de que, apesar das dificuldades da vida, é preciso levantar a cabeça e recomeçar novamente. Tive a oportunidade de conversar com dois jovens e ambos mostraram uma necessidade imensa de serem apenas ouvidos. Ao final daquele momento, nos despedimos com sorrisos largos pela convivência e pelas trocas de experiências” Leandro Sousa Brito, Postulante. “A experiência de conhecer o contexto organizacional é uma oportunidade de repensarmos nossa vocação e missão, e, assim, propormos novas ferramentas educativas que humanizem e dignifiquem sempre mais a sociedade” Sidinei Farias, Irmão.

“Muito nos preocupamos em como podemos ajudar as pessoas, mas não percebemos que o que elas mais precisam é de um abraço e da atenção de alguém, para que possam partilhar suas vidas e amá-las, mesmo nas suas condições de pobreza” Leandro Oberger, Irmão. “Todas as famílias pelas quais passei se mostraram satisfeitas e gratas com essas visitas. Tivemos momentos de oração, de conversas e finalizávamos com uma benção” Matheus Beckenkamp, Postulante. “Tivemos experiências singulares, fomos marcados e deixamos marcas. Tais experiências nos propiciaram muitas reflexões e crescimento para nossa caminhada” Henrique Daniel Mayer, Noviço.

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me


Formação

AuLAS FormATiVAS No NoViCiADo Samuel Sampaio Castro – Comunidade La Salle Noviciado – Porto Alegre/RS

Estimados leitores da Vem e Segue-me!

As

aulas

estão

organizadas

com

Gostaria de saudá-los com grande alegria.

objetivo de iniciar o Noviço nas atitudes

Meu nome é Samuel Sampaio Castro e

fundamentais de discípulo de São João

sou Formando do 1º ano do Noviciado

Batista de La Salle, no seguimento de Jesus

La Salle, de Porto Alegre/RS. Com intuito

Cristo e na entrega a Deus, a partir da

de esclarecer esta etapa e seus objetivos,

educação e do serviço de evangelização

escrevo para partilhar sobre as aulas

cristã. As atividades de formação abrangem

formativas. O Noviciado é a experiência

aspectos que dizem respeito à oração,

de iniciação à Vida Religiosa Consagrada.

estudos, conteúdos específicos da etapa,

Nesta etapa, a pessoa vive de forma mais

trabalhos, partilhas e experiências de vida.

intensa a experiência de Deus e busca

Elas geralmente acontecem no decorrer da

desenvolver constantemente a identidade

semana, de acordo com um cronograma.

de Religioso Lassalista. O tempo de duração

Há uma equipe de Formadores que orienta

é de um ano e meio, incluindo experiências

e auxilia nas temáticas formativas, com

apostólicas.

o

respectivo

conteúdo

programático

desta etapa, além da disponibilidade de acompanhamento espiritual e psicológico.



#Noviciado é a experiência de iniciação à Vida Religiosa Consagrada Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Formação Entre os assuntos abordados com os Formandos do primeiro e segundo ano estão: Iniciação à Liturgia das Horas, que oferece uma rica gama de conhecimento e de experiências com este tipo de louvor; Iniciação ao processo de meditação, que possibilita discernimento e compreensão de si, na busca constante de elementos vitais para uma boa convivência consigo e com os outros;

Dia dedicado ao retiro pessoal. Nesta ocasião, o tempo é destinado aos estudos pessoais e à leitura de documentos específicos, tais como: Plano de Formação, homilias, encíclicas e demais livros; Psicologia Social; Regra do Instituto;

Psicologia do desenvolvimento, com o objetivo de apresentar as fases ou estágios do ser humano e suas respectivas características;

Encontros de Escola em Pastoral, os quais colaboram para conhecer e preparar para a missão educativa;

Antropologia Filosófica, que preza pela tentativa de compreender quem é o homem, em um movimento unificador; Música, que dispõe de ferramentas para momentos litúrgicos, celebrações, animações e o manejo de algum instrumento;

Às sextas-feiras, realiza-se um momento cultural, com a escolha de temas relacionados e com conteúdo formativo. Geralmente assiste-se a um filme de interesse comum. Depois, é realizada uma roda de diálogo sobre o filme ou sobre outro assunto em questão.

Todas as atividades de formação

Na maioria das vezes, a coordenação

contribuem e visam a desenvolver a área

e a pesquisa dos temas trabalhados é de

humana, cristã e a Identidade Lassalista.

responsabilidade do Noviço. Este tem um

Portanto, o Noviciado propicia ao candidato

papel muito importante na construção do

à Vida Religiosa de Irmão de La Salle uma

conhecimento e do seu itinerário formativo.

riqueza de conteúdo e de metodologias

Percebe-se

que contribuem para o desenvolvimento

caminhada e o impacto desta na vida e na

pessoal e coletivo, e imprimem um caráter

história de cada um. Outro fato importante é

formativo a todas as atividades. Também

a utilização deste conhecimento produzido

vale ressaltar que este processo exige

na vida pessoal e comunitária, que acaba

comprometimento

por apontar possibilidades e horizontes

e

participação

do

candidato no que diz respeito às leituras e

um

enorme

avanço

na

diferentes.

aos estudos pessoais.

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Formação

rETiroS DoS FormANDoS Irmão Clóvis Trezzi, Alberlan Martins e William Malmann – Comunidade La Salle e Postulado – Sapucaia do Sul/RS

É normal que, durante a formação, de

O primeiro retiro de 2014 aconteceu

maneira especial no Noviciado, realizem-se

durante o carnaval. Cada grupo reuniu-se

vários retiros. Estes são momentos ideais para

em locais diferentes: o primeiro ano fez seu

o Formando encontrar-se consigo mesmo e

retiro no Morro do Coco, em Viamão/RS; o

com Deus. Em geral são escolhidos locais

segundo ano, em Criúva, Caxias do Sul/RS

onde é possível estar sozinho, convivendo

e o terceiro, na Quinta São José, em Nova

com a natureza. Temos, na Província La

Santa Rita/RS. Cada retiro contou com

Salle Brasil-Chile, locais excelentes para isso.

momentos fortes de oração, de encontro

Durante a etapa do Postulado, está prevista

com Deus e consigo mesmo, de convivência

a realização de pelo menos dois retiros em

com os colegas. Também foram realizados

cada um dos três anos. Estes retiros têm de

momentos de orientação pessoal, por parte

três a quatro dias de duração. Os temas são

dos Formadores.

definidos com antecedência, para que haja tempo de preparação. A definição é feita em conjunto entre os diretores, para que não haja temas repetidos nem isolados. #Retiro de Páscoa dos Postulantes



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55

O retiro do terceiro ano teve como tema “História Pessoal, Morada do Mistério” e buscou aprofundar o processo de


Formação acompanhamento vocacional da turma

Este foi o desafio dos dias 17 a 19 do

durante o ano, que terá por base sua história

mês de abril de 2014, no Centro Educacional

pessoal. No Noviciado, realizaremos três ou

Marista, localizado em Bom Princípio/RS.

quatro retiros durante o ano, com maior

No Primeiro Retiro Pascal de Postulantes,

tempo de duração, cujo objetivo será o

assessorado pelos Irmãos Angelo Ezequiel

crescimento pessoal.

Leubet, Clóvis Trezzi e Silésio Follmann, o

Retiro de Páscoa O segundo retiro foi feito na Semana Santa e aconteceu em conjunto entre os três grupos de Postulado. Na Páscoa, atualiza-se o maior mistério e a maior verdade sobre o homem: Jesus Cristo é o sacramento da Salvação. É na Eucaristia, o acontecimento central da Páscoa, que recordamos a mudança de vida: deixamos o velho e participamos de uma nova forma de viver e transmitir a vida nova em Cristo.

tema foi o Mistério Pascal. Durante

aqueles

dias,

vivemos

momentos de integração entre Formandos e Irmãos. Também fomos convidados a preparar-nos para a Páscoa. Isto se deu por meio de uma celebração da Páscoa judaica, que nos convidou a partilhar com o próximo e a relembrar a história do Povo de Israel. Foi uma experiência de deserto que nos levou a confrontar-nos conosco mesmos e libertar-nos das situações interiores que nos prendem. Além disso, em grupo, partilhamos o texto “Mistério Pascal”, do Ir. Paulo Dullius. O material nos levou a refletir sobre o profundo significado do Tríduo Pascal e permitiu-nos ver todo o processo simbólico de transformação que se traduz em atos capazes de modificar nosso ser e agir, de modificar nosso processo regressivo em progressivo. Isto significa um seguimento de Cristo, que é vida nova, entrar na sua salvação para vivermos como ressuscitados no mundo de hoje.

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Formação

#Momento da ceia judaica, no Retiro de Páscoa

O seguimento a Jesus Cristo nos convida

de tráfico humano. O retiro nos deixou o

também a acompanhar, por meio da Via-

compromisso de zelar pela vida e seguir

Sacra, o seu sofrimento, desafiando-nos a

diariamente ao Senhor Jesus como discípulos,

carregar a cruz com Ele. Isto significa que

proclamando uma sociedade justa por meio

o cristão deve comprometer-ser com o

da evangelização e da educação, inspirada

próximo, construindo um mundo mais justo

na pedagogia Lassaliana.

e fraterno, amenizando a dor e as situações



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Informação

ENCoNTroS DE JoVENS irmÃoS Irmão Angelo Ezequiel Leubet – Formador – Comunidade La Salle Niterói/RS

A Província La Salle Brasil-Chile tem um cuidado especial para com cada um dos seus integrantes. Por isso, prepara atividades formativas para todas as etapas da vida do Irmão, que têm por finalidade ajudá-lo a refletir e a compartilhar sua trajetória e missão. Os Encontros de Jovens Irmãos fazem parte destas atividades. São oferecidos aos Irmãos de Votos Temporários, ou seja, que estão em preparação para os Votos Perpétuos. Os Jovens Irmãos trazem consigo dinamismo e coragem para encarar o futuro e os desafios da sociedade atual. A missão de lutar pela promoção da educação humana e cristã das crianças e jovens, principalmente das que estão em situação de maior vulnerabilidade social, exige opções profundas que vão contra algumas práticas sociais. Nesse contexto, os encontros formativos são espaços que animam e fortalecem o desejo de realizar a bonita missão que lhes é confiada.

Normalmente, os encontros são organizados pelos próprios jovens, em parceria com a Direção de Formação e Acompanhamento. Tais momentos acontecem em diversas regiões do Brasil e do Chile. As principais características são o espírito de fraternidade, solidariedade e presença, que permitem aos Irmãos partilhar a vida, os sonhos e a missão. Também são oferecidas atividades de lazer, atividades missionárias em comunidades carentes e Pastoral Vocacional em colégios. Os encontros de Jovens Irmãos são experiências únicas, que fortalecem o desejo de continuar com alegria a missão que Deus lhes confia. Os Jovens Irmãos, ao partilharem suas experiências, sentem-se aptos a repartir o pão e a sabedoria, e a ler os acontecimentos da própria vida à luz da fé.

#Jovens Irmãos: dinamismo e coragem para encarar o futuro

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Informação

irmÃoS Do HAiTi FALAm Do orGuLHo Em SEr LA SALLE Gabriela Boni – Analista de Comunicação e Marketing

crianças e de jovens. Também vivencio experiências com adultos que não sabem ler. Quanto aos Votos Perpétuos, penso ser esta uma opção de encontrar Deus nos que necessitam de ajuda, por meio da educação cristã”, opinou o Irmão Jean Batiste Hugo. Para Leonel Volmar, ser um Irmão é seguir a opção pelas crianças e pelos # Irmãos estiveram no Brasil em janeiro

jovens não só do Haiti, mas de todo o lugar em que os Irmãos podem levá-lo como

O Dia da Província 2014, celebração

educador religioso. “É uma escolha muito

especial da Província La Salle Brasil-Chile,

bonita. No Haiti, creio que a presença dos

foi realizado em 19 de janeiro na Capela

Irmãos de La Salle é muito importante, pois

do Unilasalle Canoas/RS. O evento contou

é desenvolvido um trabalho de excelente

com a presença de Irmãos vindos de

qualidade em locais onde falta educação.

diferentes partes do mundo. Os haitianos

Sinto-me pleno e alegre seguindo o que

Patrick Dorvil, Jean Batiste Hugo e Leonel

começou La Salle.”

Volmar participaram, dias antes, do

O Irmão Patrick Dorvil também se

Retiro de Votos Perpétuos da Região

considera pleno diante da vocação

Latino-Americana Lassalista (RELAL), no

escolhida. “Passo por uma boa experiência

CECREI, em São Leopoldo/RS. Os Irmãos

sendo um Irmão de La Salle desde

comentaram sobre o orgulho em ser La

que entrei na comunidade dos Irmãos.

Salle e sobre a missão de transformar

Sempre tenho a opção de trabalhar

realidades a partir da educação Lassalista.

pelos mais pobres. A educação é um

“Creio que ser Irmão de La Salle é uma

elemento fundamental. Sem ela, não há

opção de vida, uma opção pelos pobres.

desenvolvimento. Por isso, me consagro à

Sinto-me bem porque estou em busca de

educação e ao seguimento a Cristo.”

respostas às necessidades educativas de



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Informação

NoVAS GErAÇÕES Irmão Abnailson Moreira dos Santos – Comunidade La Salle Pão dos Pobres/RS

O projeto Novas Gerações é tido como uma das prioridades da CRB – Nacional. Busca encarar o futuro com responsabilidade pelas diferentes gerações, configurando um rosto novo para a Vida Religiosa Consagrada. As Novas Gerações são Irmãos e Irmãs junioristas ou com até dez anos de Votos Perpétuos. O grupo Novas Gerações reflete temas pertinentes da sociedade em que cada um partilha a vida missionária. Também propicia momentos de lazer. O fim das atividades culmina sempre em uma celebração da palavra. Com isso, a proposta do grupo primeiro é reunir os religiosos (as), para assim, pensarem a caminhada e reencantarem as novas gerações. Percebe-se a necessidade de fazer estudo de temática relevante como, por exemplo, novas tecnologias e a Vida Religiosa, sempre de “olhos fixos em Jesus”. Por fim, as NG têm o compromisso de manter o dinamismo e o entusiasmo profético. O grupo NG se faz profeta no tempo atual, procurando criar espaços significativos para difundir a Boa Nova do Irmão Jesus às pessoas, de maneira que essa socialização

do Evangelho toque a mente e o coração delas, fazendo com que se tornem cada vez melhores e amáveis. Nesse sentido, o grupo NG mostra alegria e vontade de fazer a experiência junto do povo. Assumindo na coragem o compromisso de reavivar o sentido da vida, empenhando-se na realização do serviço fraterno, na divulgação do Evangelho a todas as pessoas. A iniciativa proporciona o “abrir os olhos” para uma sociedade que seja mais solidária. Mantém a importância do refletir, do falar. Em vista disso, faz o testemunho profético, a partilha, o diálogo e, principalmente, o “espírito” de solidariedade com o altruísmo. Isso consiste, portanto, no valor das relações interpessoais. Junto desse valor, buscase a iniciativa de “aproximar” pessoas aos “vulneráveis” para a Igreja de Cristo. Esse é o grupo das Novas Gerações da Vida Religiosa Consagrada, ousando caminhar por entre vidas, onde “o coração aquece, os olhos se abrem, retoma a missão”.

Participe! II Seminário Novas Gerações Vida Religiosa Consagrada CRB - Regional Porto Alegre/RS Local – Monte Alverne – São Leopoldo/RS Data –  (h),  e  (h) de agosto de  Tema – Novas Gerações: Identidade, sonho e testemunho – “Do encanto ao compromisso”. Lema: “...Eu escolhi vocês e os destinei para ir e dar frutos, e que os frutos permaneçam!” (Jo , )

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Informação

TrANSAmAZÔNiCA, iGrEJA E PASTorAL VoCACioNAL Irmão Joneílton Araújo – Comunidade La Salle Altamira/PA

ainda hoje ameaçados de morte na região. Como exemplo, temos o nosso Bispo da Diocese do Xingu, Dom Erwin Kräutler. Falar de Pastoral Vocacional nessa região da Prelazia do Xingu é vivenciar uma Igreja forte e atuante, um povo celebrante e engajado nos movimentos sociais, nas melhorias e na luta para que seus direitos sejam garantidos. Apesar da enorme distância entre as cidades e do difícil acesso, # Irmão Joneílton atua na região do Xingu

percebo que muitos jovens esperam o convite para o seguimento radical a Jesus

Falar de Pastoral Vocacional na região da transamazônica é, antes de tudo, falar de uma Igreja missionária e de um pouquinho de cada cultura brasileira. É contar parte das histórias das milhares de famílias que, desde a década de 70, vieram para cá à procura de melhores condições de vida. Não podemos esquecer-nos dos nossos homens e mulheres lutadores que, a exemplo de Cristo, se dedicaram aos mais necessitados e se colocaram ao lado dos mais fragilizados, tornando-se mártires da caminhada nesta Igreja que está junto aos que sofrem. Dentre essas pessoas, destaco a missionária Ir. Dorothy Stang, o sindicalista Ademir, popularmente conhecido como Dema, além dos diversos homens e mulheres



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55

Cristo e para a construção do Seu Reino. Nesse sentido, vem o papel do promotor vocacional, que é passar pelas comunidades, pelas escolas, pelas cidades e vilas em busca deste despertar. Percebo, nas regiões do Norte e Nordeste, uma luz, um lugar peculiar que nos convida a viver a missão e a responder ao chamado de Cristo Jesus, da mesma forma que Ele fez a seus discípulos. Portanto, vivenciar a Pastoral Vocacional nesta região é seguir os caminhos de Jesus. É dispor-se ao amor universal, sempre na certeza de que o Espírito Santo nos conduz para o cultivo de novas vocações que possam animar nosso carisma na vivência da fé, fraternidade e serviço.


Informação

1º SEmiNário FormATiVo LASSALiSTA Gabriela Boni – Analista de Comunicação e Marketing

Em fevereiro, na Casa Sede de Porto Alegre/RS, ocorreu o 1º Seminário Formativo Lassalista, cujo tema foi “A Missão dos Irmãos em Moçambique”. O encontro, destinado aos Formandos Lassalistas, contou com a presença do Ir. Raimundo Aguiar, que desde 2010 vivencia missão em Moçambique. O Irmão expôs brevemente a história da presença Lassalista naquele país, alguns elementos da cultura local e perspectivas da missão. Nascido no Piauí, Ir. Raimundo estabeleceu semelhanças entre as dificuldades encontradas em sua região de origem e em Moçambique. “Não é muito diferente a realidade da África e de algumas regiões do Norte e Nordeste brasileiros. Muitas coisas eu consigo entender: costumes, hábitos, comidas. Na África, a transformação pela educação se dá de maneira muito rápida. Os jovens que estudam conosco na Escola João XXIII são muito apreciados pelos órgãos de trabalho e pelas instituições”, afirmou.

querendo sair de nossa zona de conforto. Esta vem como uma motivação para fazer algo diferente”, afirmou o Postulante Gabriel Pôrto. Estar na África em Missão, porém, não é questão de notoriedade, segundo o Ir. Raimundo. “Não me sinto um herói. Sinto-me um ser humano com capacidade de ajudar nossos irmãos que vivem em Moçambique. Tenho essa oportunidade de voltar às minhas origens afrodescendentes e poder colaborar na educação”, considerou.

# Ir. Raimundo falou da presença Lassalista em Moçambique

O testemunho de Ir. Raimundo foi uma oportunidade para os Formandos terem uma visão missionária mais ampla. “Percebemos que Moçambique não é só um desafio, mas um convite. Nós, às vezes, temos a impressão de que algumas coisas são difíceis por lá e acabamos não Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Matéria Especial

ANimAÇÃo VoCACioNAL roSTo JoVEm

Em PErÍoDo DE FÉriAS:

Taylon de Amorim Torres – Postulado La Salle – Comunidade La Salle Niterói/RS

“Sejam missionários” (Jornada Mundial da Juventude, 2013) Foi com alegria que recebi o convite

vocações foram despertadas e hoje temos jovens que desejam seguir e servir a Deus como Irmãos De La Salle. Nesse

entusiasmo,

os

Postulantes

para escrever acerca do primeiro Encontro

oriundos da região maranhense animaram o

Vocacional de 2014, denominado Rosto

encontro, cujo tema e lema foram: “O Rosto

Jovem. Este foi organizado pelos Postulantes

de Cristo é Jovem também!” e “Ide, sem medo

do Norte e Nordeste, durante período de

para servir”, este último em referência à frase

férias. Que este texto sirva de estímulo a todos

de Papa Francisco.

os lassalistas, para que se tornem também animadores vocacionais. De antemão, faço memória da mensagem do Papa Francisco aos jovens, na Jornada Mundial da Juventude realizada em 2013, no Brasil: “Saiam às ruas como fez Jesus”. Portanto, é importante que persistamos em nossa missão de evangelizar. Relembremos

os

primeiros

Rosto Jovem aconteceu de 8 a 10 de janeiro de 2014, na comunidade de Estandarte/MA e foi organizado em parceria com a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, de Cândido Mendes/MA. Estiveram presentes os Irmãos João Batista Alves e Heider dos Santos Lopes Costa, o Pe. Cosmo Almeida

Irmãos

(Pároco), os Postulantes Adriano Bezerra,

lassalistas que chegaram a Cândido Mendes,

Alberlan Martins, Hiago Saraiva, Fábio

no Maranhão, em 1987: Henrique José Longo

Mesquita, Gerson Caxias, Taylon Amorim,

e Rosalino Domingos Cogo. Eles assumiram

Rafael Almeida, o ex-formando, Marcos Flávio,

o desafio de animar, de espalhar e de tornar

o leigo José Ribamar, o seminarista Henrique

conhecida a proposta educativa lassalista na

Baltazar e os mais de 150 jovens oriundos de

região. A missão foi, e continua sendo, muito

diversas comunidades vizinhas.

importante. Os resultados são perceptíveis, pois as sementes lançadas continuam sendo cultivadas com muita esperança e amor! Naquele terreno fértil de missão, muitas



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55

Percebendo que na região existe um número expressivo de jovens, os quais se encontram em dificuldades nas mais variadas áreas, resolvemos desenvolver


Matéria Especial

# Postulantes organizaram o Encontro

algumas temáticas que estivessem de acordo

A proposta da Animação Vocacional

com o momento que estão vivenciando.

foi orientada por gestos concretos de

Oferecemos oficinas, palestras, dinâmicas,

solidariedade expressados no serviço e

integração, partilhas de vida, noite cultural e

pela relação de confiança obtida por meio

celebração eucarística.

do diálogo, voluntariado, doação, fé e autenticidade do anúncio da Boa Nova de

Os objetivos do encontro foram:

Criar situações nas quais os jovens fossem propagadores do projeto de Jesus Cristo; Ouvir as dificuldades comunitárias, a fim de disseminar o diálogo; Despertar o protagonismo de cada jovem e instigá-lo a usar seus direitos e deveres de forma correta;

Jesus Cristo. Devido a tudo o que foi proposto, possibilitou-se aos jovens a reflexão sobre a importância da construção de um Projeto de Vida, bem como o despertar da vocação de Irmão como uma possibilidade de caminho a ser seguido. Acreditamos, como Formandos, que o nosso jeito de ser jovem os estimulou a confiar em uma

Valorizar a coletividade, a fraternidade, a união, a coragem, a alegria e a partilha;

vida mais digna e fraterna, ampliando suas

Refletir sobre temas do protagonismo juvenil e promover momentos de integração e confraternização.

como a catequese, a liturgia, o serviço

perspectivas. Temos certeza de que, com a continuidade do projeto, alguns temas de animação vocacional, o trabalho com a juventude e serviços de ações sociais poderão ser desenvolvidos.

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Matéria Especial Encontros como esse precisam ser

Agradecemos a Deus e à Província

realizados e divulgados! Ressaltamos que

La Salle Brasil-Chile, em nome do Ir.

a participação e o envolvimento de toda

Marcelo Salami, pela oportunidade da

a comunidade foram imprescindíveis

realização do Projeto Rosto Jovem. Nosso

para o êxito das atividades. É preciso que

agradecimento

oportunidades para o discernimento

Nossa Senhora da Conceição, de Cândido

vocacional sejam criadas, proporcionando

Mendes, na pessoa do Pároco Pe. Cosmo

aos jovens um despertar vocacional em

Almeida. Nosso agradecimento, ainda, à

todas as dimensões da vida. Afinal, ser

Comunidade Nossa Senhora de Nazaré. E

Jovem Lassalista é ser Jovem-Missionário!

que Viva Jesus em Nossos Corações. Para

especial

à

Paróquia

sempre!

# Oportunidade possibilitou o despertar vocacional

Cândido Mendes é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população é de 18.505 habitantes, segundo o Censo 2010. É também o nome de um jurista brasileiro, que no Rio de Janeiro originou a Universidade de mesmo nome. A fundação da cidade ocorreu em 22 de novembro de 1948. Próximo dali, Estandarte é uma comunidade pequena com população de cerca de 1.280 habitantes. Além de realizar eventos artístico-culturais, o local vem se destacando pela produção literária. (Fonte: Wikipédia e Blog Ilha Estandarte – http://ilhaestandarte.blogspot.com.br/)



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Ação

ESTáGio DE ENSiNo rELiGioSo Domingos Celeiro Júnior e Rafael Almeida Rocha – Comunidade La Salle e Postulado – Sapucaia do Sul/RS

Durante o primeiro semestre de 2014, o Curso de Teologia do Centro Universitário Unilasalle, em Canoas/RS, em especial a Disciplina de Fundamentos e Práticas do Ensino Religioso, nos proporcionou uma singular experiência: a oportunidade de vivenciarmos a teoria na prática. Toda prática oferecida pelo Curso é seguida de um estágio, em que colocamos em ação o que aprendemos. As instituições escolhidas para esta etapa foram a Escola Municipal de Ensino Fundamental Prefeito João Freitas Filho e a Escola Nossa Sra. de Fátima, situadas em Sapucaia do Sul/RS. A primeira está inserida em uma realidade pública e a segunda é confessional.

esforçam para elaborar aulas agradáveis e dinâmicas. Percebemos também que esta disciplina propicia um espaço rico para debates e discussões, no qual os educandos confrontam opiniões. Na Escola Municipal de Ensino Fundamental Prefeito João Freitas Filho, percebemos o esforço da professora em planejar, procurar conteúdos e dinâmicas que possam incentivar os alunos a terem uma visão social responsável e aberta à discussão. Verificamos, de modo geral, que os profissionais do Ensino Religioso estão sempre em busca de “algo novo” para tornar atrativos os conteúdos propostos.

O principal enfoque é constatar como é visto e de que forma é colocado em prática pelo educador o Ensino Religioso em sala de aula. O estágio realizado nas escolas configurou-se como observação. Primeiramente, fez-se um estudo em relação ao Projeto Político Pedagógico (PPP) dessas instituições. Em seguida, foi realizada uma análise da prática da disciplina em questão, em sala de aula. Na Escola Nossa Senhora de Fátima constatamos que são enfatizados estudos dos fenômenos religiosos. Em sala, percebemos que as educadoras se

#La Salle: exemplo na educação humana e cristã

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Ação

ATiViDADES PASTorAiS No BAirro moNTE CArmELo Irmão Cláudio André Dierings – Professor do Colégio La Salle Caxias, de Caxias do Sul/RS

De 01 a 04 de maio, Irmãos, Formandos

recebidos por lideranças – agentes de

integrantes

Estudantil

pastoral, catequistas, membros da diretoria

do Colégio La Salle Caxias, realizaram

e demais leigos. Após momento formativo

atividades pastorais no Bairro Monte

e de integração, partiram em visita às 800

Carmelo, conforme previsto no cronograma

famílias do bairro.

e

do

Grêmio

de atividades do Encontro de Formandos Maiores. Ressalta-se que a formação de um Irmão de La Salle compreende as etapas: Aspirantado (ou Juvenato), Postulado e Noviciado. Os Formandos Maiores são os Postulantes e Noviços.

O bairro formou-se há cerca de oito anos, por meio de invasões, sem planejamento e sem infraestrutura básica que garantisse o mínimo conforto às pessoas que ali chegavam para residir. Continua desprovido de políticas públicas e, por isso, as melhorias

Iniciaram os trabalhos na Comunidade

são mínimas e, em grande parte, feitas

São Francisco, onde foram muito bem

pela comunidade local. Em alguns casos, a

#Bairro Monte Carmelo, em Caxias do Sul/RS



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Ação situação é ainda mais difícil, pois as pessoas

da sociedade, a fim de animá-las e ajudá-

correm risco de perder a posse do terreno.

las, mesmo que minimamente. Foi uma

Comunidades como esta necessitam da presença de Irmãos e Formandos, já que

profunda experiência do Amor que Deus tem por nós: “Faça o bem que o receberás”.

é ali que se encontram vidas marcadas pela

Os Irmãos de La Salle promovem

exclusão de alguns benefícios essenciais à

muitas atividades dessa natureza, como:

dignidade humana. Por outro lado, é em

campanhas solidárias, atividades sociais,

ambientes assim que há grande diversidade

arrecadações de roupa e alimento, visitas a

de histórias de vida, diferentes culturas, além

asilo e creches etc. É uma forma concreta de

de atenção, preocupação e cuidado com o

comprometimento dos Formandos e Irmãos

outro.

com a construção de um mundo melhor.

A atividade teve por objetivo dar a conhecer um pouco da realidade social de Caxias do Sul e proporcionar contato

Também é um impulso para o ser humano compreender e assumir sua vocação fundamental para a vida.

imediato com pessoas que vivem à margem

# Na visita, uma criança mostrou seu lugar predileto para brincar

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Ação

EXPEriÊNCiA No PrimEiro ANo DE PoSTuLADo Carlos Eduardo e Diego Ferreira – Comunidade La Salle e Postulado – Esteio/RS

O Postulado é uma etapa formativa de

Atualmente, o Postulado I é composto

aprofundamento e amadurecimento da

por seis jovens, sendo quatro do Estado

fé. Ainda tem como finalidade preparar

do Maranhão (Carlos Eduardo, Diego

bem para a etapa do Noviciado. Vem a ser,

Ferreira, Ediel Araújo e Elizeu Silva), um do

praticamente, a primeira experiência de

Rio Grande do Sul (Vinicius Cannavô) e um

Irmão, pois é realizada após o Aspirantado

de Santa Catarina (Matheus Beckenkamp).

ou Pré-Postulado, isto é, inicia após o Ensino

No dia 20 de março de 2014, na capela do

Médio, quando já temos uma ideia bastante

Unilasalle Canoas, celebramos o ingresso

ampla da Vida Religiosa.

oficial no Postulado, com a presença dos

Nesta etapa de Formação ocorrem diversas

experiências:

vivências

de

fé, vida comunitária, Vida Consagrada, experiência pastoral e educativa. Tudo tem

Irmãos e Formandos das outras etapas. Foi o ponto de partida para prosseguirmos com a experiência privilegiada de formação, ou seja, a preparação para a Vida Religiosa Lassalista.

como finalidade nos oferecer um melhor

Esta fase nos desafia comprometermos

discernimento vocacional. O Postulado

cada vez mais com a superação das

tem a duração de três anos e se realiza em

dificuldades

três casas de Formação: Esteio (Postulado

crescimento pessoal, somos instigados a

I e II), Niterói, em Canoas, (Postulado I e

ser Formandos mais comprometidos com o

II) e Sapucaia do Sul (Postulado III), todas

bem comum. Na vivência grupal, apoiamo-

localizadas na Grande Porto Alegre, Rio

nos e construímos juntos o Projeto de Vida

Grande do Sul.

que é nosso referencial.



que

se

apresentam.

No

# Postulado proporciona experiências de crescimento Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Ação Na Espiritualidade, somos chamados,

e habilidades, multiplicar os talentos

a exemplo de São João Batista de La Salle,

pessoais, estudar e compreender o mundo

a viver a fé mais intensamente como

pós-moderno, viver a missão educativa,

verdadeiros discípulos de Jesus Cristo. É de

aprofundar uma espiritualidade “pé-no-

grande importância e relevância a prática

chão”. Estes desafios são construtivos, pois,

da oração diária como parte essencial do

por meio deles, construímos laços de

crescimento e fortalecimento interior. A

integridade e proximidade com as pessoas,

contemplação da realidade à luz da fé foi

melhorando nosso senso de pertença a uma

uma das maiores características de La Salle

comunidade.

e lhe permitiu agir segundo a caridade com os mais necessitados. Como acadêmicos do Unilasalle, realizamos o Curso de Teologia durante os três anos de Postulado, em vista de amadurecer a fé e a compreensão do Mistério de Deus. Além disso, somos chamados a um desenvolvimento constante de nossos conhecimentos para compreender e responder à realidade atual. Esta nova realidade na qual estamos inseridos nos desafia a cada instante de

Mediante

a

proposta

da

Vida

Religiosa Consagrada, o Postulado está proporcionando-nos

experiências

de

crescimento e de amadurecimento deste ideal de nos consagrarmos a Deus como Irmãos. A cada dia, cresce a chama da esperança. A superação dos obstáculos nos motiva a prosseguir na caminhada.

Viva Jesus em Nossos Corações! Para sempre!

muitas formas: desenvolver competências # Postulantes se apoiam e constroem seu Projeto de Vida

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Ação

SEr uN JÓVEN LASALLiSTA Hermano Edenilson Tatsch – Colegio De La Salle – Temuco – Chile

La Jornada de Líderes Lasallistas (JLL) es una instancia de formación, dentro del proceso de jóvenes en su etapa escolar. Consta de 3 niveles: Llamados, Peregrinos y Discípulos. El eje central de las etapas de formación son los valores Lasallistas de la Fe, la Fraternidad y el Servicio. En ella, trabajan y participan Hermanos, profesores, ex alumnos y estudiantes que cursen de 7º año básico a 2º año medio de las siete comunidades educativas presentes en Chile. Los jóvenes que son invitados a vivir esta experiencia, son elegidos por sus características personales, de manera que puedan contribuir desde sus realidades a la construcción de la comunidad Lasallista a nivel nacional y sean un aporte concreto a su contexto local. Así, al finalizar cada uno de los niveles, los jóvenes reunidos por

comunidades educativas, se comprometen a una acción concreta que deben cumplir para continuar con la siguiente etapa. La escuela de líderes lleva dos generaciones en curso. La primera, comenzó el año 2012 en donde los líderes se han formado como Llamados y Peregrinos. Actualmente, son los mismos jóvenes quienes organizan el nivel Discípulos, en el cual pondrán al servicio sus aprendizajes y talentos a un sector vulnerable de la ciudad de Temuco. Este nivel se desarrollará a finales del 2014. La segunda generación, comenzó en el mes de mayo del presente año, en donde los líderes cursaron su primer nivel “Llamados” en Constitución, donde fueron 63 personas entre participantes, hermanos, profesores y ex alumnos quienes constituyeron esta etapa de crecimiento de los jóvenes.

#Jornada de Formación de Jóvenes Líderes Lasallistas



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Ação

Jóvenes Líderes Lasallistas señalan:

Francisca Del Valle “Para mi la escuela de líderes Lasallistas fue una experiencia inolvidable, aprendí mucho y conocí a personas que tenían un objetivo en común conmigo. Me marcaron mucho los 3 ejes vividos en el encuentro: fe, fraternidad y servicio, ya que considero son imprescindibles en un líder. Espero poder llevar a la vida cotidiana todo esto porque un líder no es sólo palabras, también hay que llevarlo a la práctica” – Francisca Del Valle, nivel Llamados.

Claudio Salazar “Considero que la escuela de líderes es una excelente oportunidad para reflexionar sobre lo que quiero para mi y como quiero colaborar con mi entorno” – Claudio Salazar, nivel Llamados.

Fiorella Bertolotto

Carolina Gomá “Esta experiencia me ayudó a crecer, a darme cuenta que antes de decir “yo no sé hacer eso, no puedo”, hay que intentarlo. Además me enseñó que hay jóvenes que quieren aprender de ti, y que la mejor forma de lograr buenos resultados en ellos es motivarlos y hacerles entender de que la convicción y la fe son el mejor camino” – Carolina Gomá, Discípula y miembro de la Comunidad Enviados. En definitiva, ser un Jóven Líder Lasallista, va más allá de participar y crecer en esta instancia: es una forma de ser Lasallistas comprometidos con la realidad y atentos a las necesidades de ésta. También es ser comunidad, construir la sociedad con un objetivo en común y poner al servicio de Dios los talentos que Él mismo nos entregó, todo esto bajo el carisma de San Juan Bautista De La Salle.

“Fue una experiencia hermosa, conocí muchas personas inolvidables, descubrí el valor de la amistad, el valor del amor y la familia. A pesar de no ser todos de las mismas ciudades y de estar recién conociéndonos, éramos un todo en el que cada uno aporta con su granito de arena, sus cualidades, y junto a los monitores y los hermanos aprendimos más sobre San Juan Bautista De La Salle y sobre ser líderes Lasallistas” – Fiorella Bertolotto, nivel Discípulos. #Jornada de Líderes Lasallistas: instancia de formación

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Ação

EXPEriÊNCiA PASTorAL Em ComuNiDADES PAroQuiAiS Alexandre Vieira, Fábio Kolling e Gabriel Pôrto, com apoio do Irmão José Heber de Souza Aguiar – Postulado La Salle – Comunidade La Salle Niterói/RS

Na etapa do Postulado, que integra

temas,

como:

sacramentos,

diálogo

o processo formativo de um Irmão das

ecumênico e inter-religioso, história do

Escolas Cristãs, procuramos aprofundar

cristianismo, compreensão e assimilação

nossa fé por meio do Curso de Teologia

da fé cristã, orações, interpretação bíblica

que nos qualifica para o trabalho nas

e etc. O domínio dessas temáticas e a

comunidades

por

didática para trabalhar com as crianças e

meio das Pastorais Litúrgica e Catequética

os jovens é reflexo do aprofundamento

(Primeira

que adquirimos no Curso de Teologia e na

eclesiais,

Comunhão

realizado e

Crisma).

O

Postulado La Salle Niterói, situado na cidade de Canoas/RS, se propõe a realizar acompanhamento

pastoral

em

duas

comunidades: Menino Jesus de Praga/ Santa Paulina e Nossa Senhora do Trabalho.

reflexão constante sobre a nossa prática. A

experiência

de

inserção

nas

comunidades nos tem proporcionado vivências muito significativas! Os encontros são animados por meio de dinâmicas,

De acordo com o documento “Perfil

músicas e vídeos que despertam para a

do Irmão Lassalista Latino-Americano

importância de viver segundo os valores

e Caribenho” a dimensão catequética

do Evangelho e as orientações da Igreja.

“é primordial e inclui o conjunto de elementos do ministério do Irmão”, isso porque não se trata, de acordo com o Ir. Michel Sauvage, “somente e em primeiro lugar

de

comunicar

conhecimentos,

mas educar cristãmente as crianças, adolescentes, jovens, e ensinar-lhes a bem viver”.

Percebemos

que

os

catequizandos

participam das atividades propostas. É

necessário

destacar

que

nós,

Formandos, ficamos impressionados em poder partilhar as nossas experiências. Somos jovens e trabalhamos com outros jovens. Essa é uma das grandes satisfações que nos motiva a dar continuidade à

A missão lá desenvolvida consiste

atividade de ação pastoral às juventudes.

em educar crianças e jovens, na fé.

Entendemos que a juventude precisa

Nós, Formandos, juntamente com as

alimentar-se de espiritualidade em um

catequistas do bairro, desenvolvemos

mundo onde as vivências são passageiras



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Ação e pouco significativas, como afirma Frei

Mersemberges e Rosinara da Costa. Por fim,

Betto: “a espiritualidade é o poço onde

agradecemos a essas senhoras catequistas

cada um de nós se abastece na vida

que colaboram na missão evangelizadora.

espiritual”. Portanto, a espiritualidade

Que a educação na fé, pela catequese, seja

é a dimensão central que possibilita a

sinal de esperança para os jovens que

vivência de momentos fecundos. Para que

vivem em Cristo Jesus. E que ele viva para

isso ocorra, faz-se necessário que os jovens

sempre em nossos corações.

busquem esse “poço” e o tomem como fonte de vida e de esperança! Ao enfatizar a nossa experiência pastoral-catequética com adolescentes e jovens das comunidades que atendemos no bairro Niterói, recordamos que algumas colaboradoras nos ajudam nesse processo de ensinar na fé: Inês Pedotti, Andréia

Referências BETTO, Frei. Fome de Deus: fé e espiritualidade no mundo atual. São Paulo: Paralela, 2013. p. 18. PERFIL DO IRMÃO LASSALISTA LATINOAMERICANO E CARIBENHO. Província La Salle Brasil-Chile. 2013, p. 12. SAUVAGE apud Perfil do Irmão Lassalista Latino-Americano e Caribenho. Província La Salle Brasil-Chile. 2013, p. 12.

#Experiência pastoral-catequética marca Postulado

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Diversão&Cultura

CYBErTEoLoGiA E JuVENTuDE: A ComuNHÃo E A ADAPTAÇÃo Vinícius Cannavô – Comunidade La Salle e Postulado – Esteio/RS

Desde os nossos ancestrais, algo que

da rede, como a inteligência da fé na

é primordial na vida do indivíduo e dos

era pós-moderna, voltada para as redes

grupos sociais é a adaptação. Nós nos

digitais. Somente por meio de metáforas e

adaptarmos a um habitat, a um contexto

analogias entre temas de rede e teológicos,

social e hoje, também, nos adaptamos às

podemos melhor compreender o assunto.

novas tendências sócio-midiáticas, pois o mundo e as pessoas estão em constante evolução. Estarmos aptos ao que a Internet nos apresenta é considerável, pois é a mais rápida e eficiente forma de comunicação. Às vezes, é superficial; outras vezes minuciosa e envolvente. Depende da forma como a utilizamos. Na

sociedade

pós-moderna,

Na atualidade, não podemos falar de Internet sem nos lembrar da Geração Y, que além de precursora deste movimento, aderiu

plenamente

à

proposta.

É

interessante notarmos que esta geração é pluralista em todos os aspectos, mas nas formas de expressão todos mantêm a unidade, compondo, assim, as redes

os

sociais. Os jovens de hoje, com os inúmeros

computadores e os celulares tornaram-se

recursos

meios de comunicação de uma geração

oferecem, acabam “entrando em outro

que, desde os primeiros anos escolares

universo”. Eles são os adultos de amanhã,

e, em alguns casos, ainda antes, mantém

os futuros governantes e inspiradores

contato com a informática. Don Tapscott,

das próximas gerações. Que sociedade

em sua obra “Growing Up Digital”, fala que

teremos no futuro?

dentro de nossa cultura somos a geração da Internet, que nasceu com as Mídias Digitais, tornando a tecnologia uma extensão de nosso corpo.

A

que

Internet

os

é

aparelhos

uma

digitais

forma

de

estarmos conectados e em comunhão simultaneamente, tanto com Deus quanto com as pessoas. Conforme Antonio

Para melhor entendermos o tema,

Spadaro, as redes sociais, por exemplo,

precisamos compreender o que significa

nos permitem testemunhar e viver a fé

o termo “cyberteologia”. O Pe. Antonio

integralmente: visões de mundo, gostos e

Spadaro, SJ, o retrata como uma reflexão

comunicação.

sobre a compreensão da fé à luz da lógica



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Diversão&Cultura

#Em vez de beijarmos, literalmente, a Palavra de Deus na Bíblia, poderíamos hoje beijá-la em um tablet

O meio digital também é ambiente de

A partir de tudo que foi abordado, em

evangelização. Precisamos correlacionar

vez de respostas, deixo perguntas. Como

os interesses sociais dos jovens com a

relacionar devidamente Igreja e rede?

proposta evangelizadora da Igreja. É

Como dinamizar a animação vocacional

indispensável notar que as redes digitais

por intermédio das redes sociais? Como

estão aqui para encurtar os nossos

vivenciar o Sagrado na Internet? Deus é

espaços de comunicação e facilitar a

onipresente. Onde podemos enxergá-lo

ação evangelizadora. As redes sociais e

no universo digital? A cyberteologia e a

os aplicativos abrem um emaranhado de

juventude de hoje nasceram ao mesmo

possibilidades,

tempo e estão se desenvolvendo juntas.

com as quais podemos

dinamizar as experiências de fé. Ouso acrescentar que um Sacerdote, em vez de beijar, literalmente, a Palavra

O que irá acontecer? Não sabemos. Precisamos aguardar, pois só o tempo nos dirá.

de Deus na Bíblia, poderia beijá-la em um tablet. O problema não está na ideia, aparentemente absurda, mas sim no entendimento de sagrado de cada um. Devemos conciliar os dogmas da Igreja com as novas tendências tecnológicas ou quebrar paradigmas?

Referências SPADARO, Antonio. Cyberteologia. Pensare Il cristianesimo al tempo dellarete. Milano, Vita e Pensiero, 2012. TAPSCOTT, D. Growing up digital: The Rise of the Net Generation. New York, McGraw-Hill, 1997.

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Diversão&Cultura

SuGESTÕES CuLTurAiS

A Revista Vem e Segue-me apresenta algumas dicas culturais para você curtir e aprofundar conhecimentos. Confira:

Livros

O Livro do Sentido Autor: Clodovis Boff

E o Verbo se fez Bit –A comunicação e a Experiência Religiosa na Internet

Editora: Paulus

Autor: Moisés Sbardelotto Editora: Santuário (disponível em versão digital) Neste livro, o autor lança reflexões sobre a Internet, que traz consigo novas formas de ser e agir. Sendo assim, a religiosidade como tradicionalmente é conhecida também se modifica, e a “nova religião” que se descortina nesse “odre novo” traz também um “vinho novo” que caracteriza a midiatização digital.

A questão do sentido da vida é uma das perguntas mais angustiantes que se fazem hoje. É na sociedade moderna que ela se tornou particularmente urgente. Baseado nesta afirmativa, Frei Clodovis Boff elenca diversos sintomas da falta de sentido hoje: a depressão, a difusão das drogas, a banalização do sexo, a violência difusa e o advento da frivolidade, entre outros.

Santos de Calça Jeans Autor: Adriano Gonçalves Editora: Canção Nova (disponível em versão digital) O livro mostra que santidade não está relacionada a realizar fatos homéricos ou viver em eterna penitência. Santidade é viver a Verdade e o Amor de Cristo no dia a dia, tendo a Palavra do Senhor como bússola em nosso caminhar. Podemos ser Santos na faculdade, na academia, nas reuniões com amigos ou nos sites de relacionamento na Internet.



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


WEB

Diversão&Cultura

Instituto dos Irmãos das Escolas Cristãs No site oficial do Instituto, é possível obter informações sobre a presença Lassalista no mundo, conhecer projetos desenvolvidos nas obras dos Irmãos nos cinco continentes, conferir notícias e muito mais. Com sede em Roma, na Itália, o Instituto é o que norteia a missão Lassalista em todas as regiões de sua abrangência.

www.lasalle.org

Jornada Mundial da Juventude A Jornada Mundial da Juventude, que ocorreu no Rio de Janeiro em 2013, ainda é muito lembrada pelos jovens fiéis que participaram ou que acompanharam este grande momento. Na página do Facebook, são feitas postagens relembrando o evento, divulgadas as frases que marcaram a vinda do Papa Francisco ao Brasil e fornecidas informações sobre a próxima Jornada, que acontecerá em 2016 na Polônia.

facebook.com/ jornadamundialdajuventude

Biossustentável A Rede de informações Biossustentável tem por objetivo compartilhar e multiplicar culturas e práticas socioambientais. Em sua página no Facebook, curtida por quase 800 mil pessoas, é possível acompanhar publicações sobre preservação ambiental e outras iniciativas dedicadas ao cuidado do planeta.

facebook.com/autossustentavel Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Diversão&Cultura

mÊS DAS VoCAÇÕES Irmão Renan da Costa Ferreira – Comunidade La Salle Sapucaia do Sul/RS

Desde 1981, o mês de agosto é conhecido como o mês vocacional. Dada importância que as vocações têm para continuidade da missão e do Reino de Jesus Cristo, a Revista Vem e Segue-me selecionou alguns chamados vocacionais para auxiliar nas reflexões pessoais e comunitárias neste período e nos demais meses do ano.

Vocação de Jesus Cristo “Respondendo, então, Jesus, disse-lhes: Ide, e anunciai a João o que tendes visto e ouvido. Que os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres anunciase o evangelho. E bem-aventurado é aquele que em mim se não escandalizar” (Lucas 7:22-23) Vocação de Maria “E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo onde ela estava, disse: ‘Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres’” (Lucas 1:26-28) Vocação dos Discípulos “E, quando já era dia, chamou a si os seus discípulos, e escolheu doze deles, a quem também deu o nome de apóstolos”(Lucas 6:13) Vocações Ocultas “O coração do homem planeja o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos” (Provérbios 16:9)



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Diversão&Cultura Antigo Testamento

Novo Testamento

Gênesis 1,26; 2,7 - Vocação de Adão

Mateus

Gênesis 9, 8.11 - Vocação de Noé

• 9,36-38 - Operários para a Ceifa

Gêneis 12, 1-4 - Vocação de Abraão

• 20,1-16 - Trabalhadores da Vinha

Êxodo 3, 5-15 - Vocação de Moisés

• 21,28-32 - Parábola dos Filhos

Êxodo 19, 5-6 - Vocação do Povo de Deus

• 22,1-14 - Parábola dos Convidados

1 Samuel 3,13-19 - Vocação de Samuel

Marcos

1 Samuel 16, 1-13 - Vocação de Davi

• 1,14-20 - O Chamado dos Primeiros

Judite, 8, 30; 9,17 - Vocação de Judite

Discípulos

Ester 4,12-16 - Vocação de Ester

• 10,17-27 - O Jovem Rico

Isaías 6, 1-8 - Vocaçåo de Isaías

• 10,28-30 - Há que Deixar Tudo

Jeremias 1, 4-9 - Vocação de Jeremias

João

1 Reis 19,19 - Vocação de Elias

• 1,35-51 - Vocação dos Primeiros Discípulos

Amós 7,14 - Vocação de Amós

• 6,68 - A Quem Iremos?

Ezequiel 3,4 - Vocação de Ezequiel

• 15,9-17 - Fui Eu que Vos Escolhi a Vós

Daniel 2,19 - Vocação de Daniel

• 20,17-18.23 - Vai... e diz-lhes...

Provérbios 16,9 - Vocações Ocultas

• 21,15-19 - Tu, Segue-me

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Diversão&Cultura

Gálatas

Lucas

• 1,12-16 - Paulo Chamado e Enviado

• 1,26-38 - Vocação de Maria - A Anunciação

• 4,13-15 - Chamados à Liberdade e a

• 1,76-79 - Vocação de João Batista – “Irás

Libertar

Adiante Preparar o Caminho”

1 Coríntios

• 5,1-11 - A Pesca Milagrosa

• 1,1-3 - Chamados pelo Senhor

• 6,13 - Vocação dos Discípulos

• 1,27 - Escolheu os Fracos...

• 7,22-23 - Vocação de Cristo

• 12,7-12 - Diversidade de Talentos

• 9,57-62 - As Condições para Seguir Jesus

2 Coríntios

• 10,1-38 - Missão, Alegria, Serviço

• 5,17-21 - Ministros da Palavra

• 14,25-33 - Renunciar Tudo

2 Timóteo

Atos

• 1,12.21-8 - Viver na Confiança, como

• 9,3-6; 22,6-11; 26,13-18 - Vocação de Paulo

Soldado de Cristo Referências: Caminho Novo –www.caminhonovo.org



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55


Diversão&Cultura

o ATo DE ESCrEVEr Renan Bieger da Silva – Comunidade La Salle e Aspirantado – Carazinho/RS

Como já dizia o escritor americano Fitzgerald, “Não se escreve por se querer dizer alguma coisa, escreve-se porque se tem alguma coisa para dizer”. É assim que nos deparamos muitas vezes diante da arte da escrita. Por vezes, o ato de escrever parece tão normal que nem nos atinamos para sua importância ou o motivo pelo qual escrevemos. Vamos escrevendo, expondo nossos sentimentos, nossos conhecimentos e despertamos em um lance de liberdade propício à reflexão e à fruição. Escrever também é sentir prazer. Para ter vontade de escrever devemos iniciar por um ponto que serve não somente para este fim, mas também para a vida que é a leitura. Ter o que escrever implica necessariamente a leitura. De livros, de mundo nos fatos que se passam ante nossos olhos e por aí vai. Ambas exigem prática e se aperfeiçoam na medida em que as realizamos. Afinal, a leitura nos possibilita tomar gosto e conhecermos cada vez mais sobre a escrita.

É inestimável o valor da escrita. É ela que, em grande parte, assegura a memória da humanidade. Igualmente, escrever é muito importante, pois, por exemplo, hoje, quando entramos em uma rede social e temos que falar algo para alguém, se não soubermos escrever não faremos essa troca de informações. Escrever também serve para tornar sonhos realidade. É uma forma de transitar culturas, é poder livrar-se de seus problemas, é viajar usando apenas a tinta de uma caneta, o grafite de um lápis ou qualquer outro material. Outra coisa que percebemos quando escrevemos é que, depois de um tempo, quando relemos o que produzimos, percebemos questões que antes passaram despercebidas. Se quisermos nos desprender do mundo em que vivemos e tornar práticas as nossas soluções para os problemas, tomemos em nossas mãos uma caneta e um pedaço de papel, pois assim como o conhecimento a escrita é inapagável!

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Animadores Vocacionais

rELAÇÃo DoS ANimADorES VoCACioNAiS DA ProVÍNCiA LA SALLE BrASiL-CHiLE O Animador Vocacional é o Irmão designado para acompanhar os jovens em Escolas, Paróquias e Comunidades, no despertar vocacional para a Vida Religiosa Lassalista. É ao Animador Vocacional que o jovem deve expressar seu desejo de conhecer mais a vida de Irmão.

NORTE/NORDESTE

MATO GROSSO

Ir. Cláudio Pereira da Silva

Ir. Hériton de Souza Vilanova

Arquidiocese de Belém e Diocese de Castanhal/PA

Lucas do Rio Verde/MT e Região

claudio.silva@lasalle.org.br

heriton.vilanova@lasalle.org.br

Ir. Joneílton José Araújo Prelazia do Xingu e Diocese de Marabá/PA

DISTRITO FEDERAL Ir. Tiago Augusto Knapp

joneilton.araujo@lasalle.org.br

Distrito Federal/DF e Goiás/GO

Ir. Miguel Teixeira de Freitas

tiago.knapp@lasalle.org.br

Dioceses de Zé Doca e Viana – Maranhão/MA miguel.freitas@lasalle.org.br

MOÇAMBIQUE – ÁFRICA Ir. Nelson Rabuske

Ir. Raimundo Nonato de Almeida Araújo Arquidiocese de Manaus/AM raimundo.araujo@lasalle.org.br



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55

Beira e Região nrabuske@me.com


Animadores Vocacionais CHILE/CL

REGIÃO SUDESTE Hno. Aldo Arturo Aedo Aliaga Santiago/CL

Ir. Éder Polido São Paulo/SP eder.polido@lasalle.org.br

hermanoaldofsc@gmail.com Hno. André Luis Dellabeta Forallosso

Ir. Walysson S. Guimarães Silva

Talca/CL

Rio de Janeiro/RJ

andre.foralosso@lasalle.org.br

walysson.silva@lasalle.org.br

Hno. Edenilson Tatsch Temuco/CL edenilson.tatsch@lasalle.org.br

Hno. Ulises Vera Araya Santiago/CL hermanoulises@gmail.com

Edição: 55 | Ano XXX | Vem e Segue-me




Animadores Vocacionais REGIÃO SUL

SANTA CATARINA E REGIÃO DAS MISSÕES/RS

Ir. Acássio Ribeiro

Ir. Abnailson Moreira dos Santos

Oeste de Santa Catarina/SC

Porto Alegre/RS

acassio.ribeiro@lassalle.org.br

abnailson.santos@lasalle.org.br Ir. André Luís Müller

Ir. Elisandro Paulo Kaiser

Diocese de Toledo/PR e Região

Região das Missões/RS

andre.muller@lasalle.org.br Ir. Cláudio André Dierings Caxias do Sul/RS claudio.dierings@lasalle.org.br

Ir. José Roberto de Oliveira Comunidade La Salle Pelotas/RS jose.oliveira@lasalle.org.br Ir. Renan da Costa Ferreira Sapucaia do Sul/RS renan.ferreira@lasalle.org.br

Irmãs Guadalupanas de La Salle Curitiba/PR cordeirocris@hotmail.com



Vem e Segue-me | Ano XXX | Edição: 55

elisandro.kaiser@lasalle.org.br



Vem e Segue-me 55