Issuu on Google+

BOLETIM DE INFORMAÇÃO BOLETIM DE INFORMAÇÃO PARA PUBLICITÁRIOS PARA PUBLICITÁRIOS Abril de 2005 Fevereiro de 2005 n. 509 n. 507

A Lua me Disse A nova Novela II Os detalhes da festa de 40 anos da Rede Globo

Oportunidades de patrocínio do SPTV 2ª Edição

Comemore os aniversários do Caldeirão do Huck e Malhação

Na Globo, rodeios têm público de 84 milhões de telespectadores


A LUA ME DISSE

TODAS AS OPORTUNIDADES COMERCIAIS DA NOVA NOVELA II A Lua me Disse, a nova Novela II, tem direção geral de Roberto Talma e é mais um trabalho de Miguel Falabella e Maria Carmen Barbosa, responsáveis pelo sucesso de Salsa e Merengue.

M

isturando elementos de humor e intriga em uma trama urbana com elementos de folhetim tradicional, A Lua me Disse é voltada para todas as faixas de público, com muitas oportunidades de aproveitamento comercial para os anunciantes. A protagonista da história é Heloísa (Adriana Esteves), uma mulher forte e batalhadora que terá que lutar contra a arrogância e a raiva de Ester (Zezé Polessa), que a culpa pela morte do filho. No elenco, estrelas como Maitê Proença, Marcos Pasquim, Deborah Bloch, Paulinho Vilhena, Isabel Filardis e Maurício Mattar, entre outros.

Audiência crescente

Procure o Atendimento Comercial da Globo de sua cidade e saiba mais sobre A Lua me Disse.

Com média nacional de 34 pontos de audiência e 54% de share em 2005, segundo dados do Ibope, a Novela II é uma excelente oportunidade para dar prestígio e visibilidade aos anunciantes junto ao público consumidor. Com uma inserção diária ao longo da semana no programa, é possível alcançar 54,2 milhões de telespectadores. Esse públi-

AFINIDADE EM TARGETS QUE DEFINEM AS COMPRAS DO LAR O QUE É AFINIDADE? - O índice de afinidade mostra o quanto um programa é eficiente para determinado público. Este número é obtido pela divisão do share do target no total de telespectadores do programa pelo share do target no total da população. Quanto maior de 100 for o índice, maior será a afinidade do programa para aquele público.

105 109

AS ABCDE 35-49

M ABCDE 25-34

119

MC 25-49

128

DC ABC cc 2-9

143 147

135

DC AB 15+

MC 25+

FONTE: IBOPE/TELEREPORT – TV GLOBO/NOVELA II – PNT (PERÍODO 30/08/04 A 14/03/05).

2 nº 509 • abril 2005

DC ABCDE 15+

co é composto por diversos targets com potencial para consumir os mais variados produtos. No total de pessoas atingidas pelas inserções estão: • 5,7 milhões de adolescentes com idade entre 12 e 17 anos; • 7,1 milhões de jovens na faixa dos 18 aos 24 anos; • 13,1 milhões de homens com mais de 25 anos; • 21,8 milhões de mulheres com mais de 25 anos; • 21,3 milhões de donas-de-casa com mais de 15 anos. O destaque também é garantido nos mercados locais: em Fortaleza, por exemplo, a média de audiência da Novela II em janeiro atingiu 46 pontos e 79% de share. No Distrito Federal, os números são, respectivamente, de 40 e 71% e, no Rio, de 34 e 61%. Merchandising, patrocínio nacional e internacional, internet e licenciamento são algumas das oportunidades oferecidas pela nova Novela II. Confira:

Merchandising A Lua me Disse oferece muitas opções para o desenvolvimento de ações de merchandising integradas de forma natural e criativa à trama. Um exemplo é a Frango Com Tudo Dentro, a bem-sucedida cadeia de lojas populares em que a protagonista trabalha. Lá haverá oportunidades para a promoção dos mais variados produtos e serviços, que vão de sapatos a eletrodomésticos e eletroeletrônicos, de produtos de perfumaria e limpeza a celulares, de tecidos a roupas e alimentos. A loja pode promover produtos


expondo, por exemplo, embalagens gigantes ou um grande frango defumado no setor alimentício. Para acompanhar a trajetória sofrida e vencedora de Heloísa, os telespectadores serão convidados a conhecer o divertido e conturbado Beco da Baiúca. Entre os personagens que integram esse núcleo, está a cozinheira Dionísia (Chica Xavier), que encanta a todos com suas iguarias culinárias, tornando-se uma deliciosa alternativa para a divulgação de ingredientes para estas receitas. Alimentos e bebidas também têm destaque no Bar e Restaurante Bardelas, um estabelecimento popular freqüentado pelos moradores do bairro. A proprietária, Zelândia Fortunato (Maria Zilda) gaba-se das suas receitas e dos seus “ingredientes secretos”, cujas marcas serão indicadas para os outros personagens e para os telespectadores. Outra forma de exposição de marcas no bar é o próprio ambiente, que poderá conter freezers de refrigerante e sorvete, por exemplo. Para conquistar o coração do neto Artur (Guilherme Vieira), de 10 anos, Ester (Zezé Polessa) fará de tudo para agradar o menino. Pode matriculá-lo num curso de inglês, alegando que ele precisa dominar o idioma para acompanhar a avó nas viagens ao exterior, ou presenteá-lo com vários brinquedos, como bicicleta, máquina fotográfica digital, celular, videogame, disc-man etc. A Lua me Disse também tem oportunidades para ações envolvendo celulares, computadores, servidores de conexão de banda larga, materiais de escritório, serviços de entrega, produtos infantis e de beleza. Bran-

3 nº 509 • abril 2005

ca (Monique Afradique), por exemplo, é uma adolescente que estudou durante toda a vida na Áustria e, ao chegar ao Brasil, pode se tornar fiel a uma marca de produtos de beleza, dizendo que não perde para nenhum produto europeu. No Beco, as muitas mulheres estão sempre procurando chamar a atenção e não abrem mão de sabonetes, perfumes e xampus.

Patrocínio A Lua me Disse tem uma cota exclusiva de patrocínio em mercado nacional. Informe-se sobre a disponibilidade com o Atendimento Comercial da Globo. • Dia: Segunda a Sábado • Horário: 19h15 • Sigla no SISCOM: N19H GLOBO INTERNACIONAL PLANO DE PATROCÍNIO* Nº / Tipo de cota: 1 PLANO DE INSERÇÕES POR EXIBIÇÃO Primeira exibição: EUA + América Latina • 1 Abertura Caracterizada de 7” • 1 Encerramento Caracterizado de 7” • 1 Comercial de 30” Europa + África • 1 Abertura Caracterizada de 7” • 1 Encerramento Caracterizado de 7” • 1 Comercial de 30” Reprise: Todos os países • 1 Abertura Caracterizada de 7” • 1 Encerramento Caracterizado de 7” • 1 Comercial de 30” * O patrocínio da Novela II na TV Globo Internacional pode ser comercializado independentemente do patrocínio Mercado Nacional. Assim, deve ser verificada a disponibilidade da cota.


A LUA ME DISSE

Globo Internacional

CARACTERÍSTICAS DE CONSUMO SETOR

PRODUTO

ALIMENTOS

LEITE CONDENSADO CALDO / CUBINHOS

BEBIDAS

SUCO REFRIGERANTE

BRINQUEDOS

BRINQUEDOS E JOGOS EDUCATIVOS BICICLETA / TRICICULO / PATINETE

FINANCEIRO

CONTA CORRENTE POUPANÇA

LIMPEZA

SABÃO / DETERGENTE PARA ROUPA DETERGENTE PARA LOUÇA

PERFUMARIA

XAMPU DESODORANTE / ANTITRANSPIRANTE

VESTUÁRIO

VESTUÁRIO FEMININO / MASCULINO TÊNIS / CALÇADO

% 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 FONTE: IBOPE/TGI BRASIL (11 MERCADOS, ANO 5/ONDA II – SET./03 A AGO./04)

Com base no universo de consumidores dos produtos, o quadro ao acima mostra o percentual de pesquisados que se declarou telespectador da Globo no horário da Novela II. Por exemplo, do total de pessoas que disseram ter consumido leite condensado, 58% declarou que assiste à Globo na faixa horária da Novela II.

PERSONAGENS / ELENCO Adail Adalgisa Ademilde Adilson Adonias Agenor Alberto Anselmo Armando Artur Assunta Beatriz Branca Dona Gôndola Dona Roma Dauro Dionísia Diva Elvira Ester Geórgia Gibraltar Gustavo Heloísa Ivan Joaquim Jorginho Julieta Latoya

Bia Nunes Stella Miranda Arlete Salles José Dartagnan Paulinho Vilhena Mario Gomes Otávio Augusto Ivan Cândido Giuseppe Oristanio Guilherme Vieira Elisângela Natalia Lage Monique Alfradique Thelma Reston Miguel Magno Sandro Christopher Chica Xavier Pepita Rodrigues Beth Goulart Zezé Polessa Patricya Travassos João Velho Wagner Moura Adriana Esteves Cláudio Marzo Vergniaud Jorge de Sá Fernanda Rodrigues Zezé Barbosa

Leandro Leontina Lúcio Madô Marisinha Marta Meia Noite Memé Morcega Murilinho Naíde Oneida Pedro Ramon Regina Ricardo Samovar Sílvia Soraia Sulanca Tadeu Talarico Valdo Violeta Vitsa Whitney Zé Bisonho Zelândia

Renato Faria Aracy Balabanian Mauricio Mattar Deborah Bloch Bete Coelho Simone Soares Jorge Maya Jacqueline Laurence Sylvia Massari Pedro Neschling Maria Gladys Angela Rebello Rafael Paiva Raoni Carneiro Maitê Proença Frank Borges Cássio Scapin Guilhermina Guinle Juliana Baroni Diva Pacheco Marcos Pasquim Luís Salém Hugo Gross Isabel Fillardis Carol Machado Mary Sheila Luiz Guilherme Maria Zilda

4 nº 509 • abril 2005

Também está disponível uma cota de patrocínio para A Lua me Disse na Globo Internacional, o canal dirigido à comunidade de brasileiros residentes no exterior. A Novela II é exibida duas vezes ao dia para que, independente de onde estiverem, os telespectadores possam acompanhá-la no horário local mais adequado. As duas exibições diárias proporcionam ao patrocinador exposição e visibilidade em 45 países, entre eles Estados Unidos, México, Espanha e Itália. São 360 mil domicílios assinantes premium e mais de 1,5 milhão de assinantes básicos.

Internet e Licenciamento A Lua me Disse ganha com o dinamismo e a interatividade que só a internet proporciona. No portal da Globo, a interatividade entre TV e internet está presente o tempo todo. O site da novela, além de veicular o que foi ao ar, oferece um conteúdo adicional, complementando a programação da TV. Entre os internautas que acessam a Globo.com, 45% lêem e clicam em anúncios on-line e 88% revelaram que sempre buscam por ofertas e descontos na internet. Os diferenciais da internet estão disponíveis para os anunciantes por meio de mídia avulsa, cota de patrocínio, ações integradas e promoções. A Lua me Disse também pode se tornar tema para licenciamento de produtos e promoções. Aplicações da logomarca, elementos gráficos da abertura, personagens e referências de conteúdo proporcionam o imediato reconhecimento do seu público-alvo, garantindo credibilidade para o produto e estabelecendo um importante diferencial em relação à concorrência.


CALDEIRÃO DO HUCK

HÁ CINCO ANOS ESQUENTANDO AS TARDES DE SÁBADO O Caldeirão do Huck completa cinco anos no ar, misturando ingredientes que garantem temperaturas elevadas durante as tardes de sábado na Globo.

N

os últimos doze meses, o programa atingiu médias de 16 pontos de audiência e 42% de share em mercado nacional. São mais de 10 milhões de telespectadores por edição, em todo o Brasil. Uma simulação de campanha no Caldeirão do Huck e no principal concorrente na faixa horária, com duas inserções semanais (abertura e encerramento) durante três meses em cada um dos programas, nas praças de São

AMBOS AB 25/34 - SP1 HUCK PRINCIPAL CONCORRENTE NA FAIXA HORÁRIA 49

22

6

6 1 SEM 1

SEM 2

SEM 3

SEM 4

SEM 5

SEM 6

SEM 7

SEM 8

SEM 9 SEM 10 SEM 11 SEM 12 SEM 13

FONTE: IBOPE/PLANVIEW JAN A MAR/05.

5 nº 509 • abril 2005

Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, dá uma boa idéia da força da comunicação de Luciano Huck. No mercado SP1, no target Ambos os Sexos, AB, 25 a 34 anos, o alcance da Globo ao final do terceiro mês de veiculação é 123% superior ao da concorrência. O alcance da primeira semana de veiculação na Globo só é atingindo na quarta semana de veiculação no programa concorrente (veja o gráfico). No target Ambos AB 18 a 24 anos, o alcance da Globo ao final do terceiro mês de veiculação é 483% superior ao da concorrência no mercado RJ. O alcance da primeira semana de veiculação na Globo só é atingido na oitava semana de veiculação no programa concorrente. No target Ambos AB 50 + anos, o alcance da Globo ao final do terceiro mês de veiculação é 500% superior ao da concorrência no mercado DF. O alcance da primeira semana de veiculação na Globo não é atingido pela concorrência nos três meses de veiculação. • Dia: Sábado • Horário: 14h25 • Sigla no SISCOM: HUCK PLANO DE PATROCÍNIO Nº / Tipo de cota: 1 Local PLANO DE INSERÇÕES POR EXIBIÇÃO • 1 Abertura Caracterizada de 7” • 1 Encerramento Caracterizado de 7” VALOR MENSAL DA COTA Para cálculo do patrocínio, multiplique o valor do comercial de 30” de HUCK por 3,25 (índice de conversão) na praça de interesse (lista de preços de abr a set/05)


40 ANOS

UMA SEMANA DE FESTA A Globo presenteia o telespectador com especiais e séries de reportagens.

E

m 26 de abril a Globo completa quarenta anos e reserva a semana inteira para festejar a data junto com o público de todo o Brasil, com programa especiais e séries de reportagens nos telejornais. No dia 25 de abril, segunda-feira, após a Novela III, será exibido Globo 40 Cinema, com o filme Os Normais, um dos dez longasmetragens mais visto nas salas de cinema do Brasil em 2003, com quase 3 milhões de espectadores. O filme mostra como o casal Vani (Fernanda Torres) e Rui (Luiz Fernando Guimarães) se conheceram: numa sacristia, minutos antes de se casarem – ela com Sérgio (Evandro Mesquita) e ele com Martha (Marisa Orth). Terça-feira, dia 26, será exibido Globo 40 Aniversário, um espetáculo ao vivo, direto do Claro Hall, no Rio de Janeiro, reunindo todo o elenco da Rede Globo além de 2 mil convidados.

Quarta-feira, dia 27, é dia de Globo 40 Futebol, com uma partida no Maracanã entre a Seleção brasileira e a da Guatemala. Romário vai participar do jogo, que a Globo mostra logo após a Novela III. Na quinta-feira, dia 28, é a vez de Globo 40 Dramaturgia, um programa especialmente produzido para a ocasião. Na sexta-feira, dia 29, Globo 40 Jornalismo traz A Fábrica de Sonhos, mostrando os bastidores das produções que fizeram da Globo uma das maiores redes de TV do mundo. A Fábrica de Sonhos levará o telespectador até o Projac, um dos maiores e mais modernos centros de produção de TV do mundo. E no dia 30, sábado, após a Novela III, é hora de boas risadas com Globo 40 Humor. O programa será um encontro de todos os tipos de humor que a Globo tem feito, com deslocamento no tempo ou no formato. Todos estes programas irão ao ar sob a chancela “Globo 40”. Por ser uma programação comemorativa, não terão esquema comercial de patrocínio. A partir de 1º de maio a programação retoma sua grade normal.

Telejornais

Globo 40 Jornalismo mostrará os bastidores do Projac.

6 nº 509 508 • abril março2005 2005

Todos os telejornais da Globo apresentarão séries de reportagens especiais na semana do aniversário. Alguns destaques: no Bom Dia Brasil, uma série abordará o desenvolvimento de temas específicos a partir da criação da Globo. Na série Do Bi ao Penta, o Globo Esporte mostrará o mundo esportivo que a Globo conheceu há quarenta anos e como a emissora o transmite hoje ao telespectador. Os repórteres Mauro Tagliaferri, Renato Ribeiro,


Os Normais mostra como Vani (Fernanda Torres) e Rui (Luiz Fernando Guimarães) se conheceram: numa sacristia, minutos antes de se casarem.

No Jornal Nacional, uma série de reportagens vai relembrar os momentos mais importantes dos últimos quarenta anos.

Globo 40 Dramaturgia vai ao ar dia 28, quinta-feira.

7 nº 509 508 • abril março2005 2005

Tino Marcos, Mauro Naves, Tadeu Schmidt e Pedro Bassan passearão pela história de atletas e modalidades praticadas no país. Ao longo da semana, o programa terá apresentação de Léo Batista, que vai conduzir e amarrar as reportagens. No dia 1º de maio, o Esporte Espetacular exibirá uma reportagem mostrando a evolução das transmissões de competições ao longo desses quarenta anos. O Jornal Hoje prepara uma série de entrevistas com grandes damas da TV e reportagens especiais sobre comportamento. Na semana de aniversário, o Jornal Nacional estréia uma série com seis reportagens que marcaram época no noticiário. Os repórteres Pedro Bial, Sandra Passarinho, José Hamilton Ribeiro, Tonico Ferreira, Ernesto Paglia, Francisco José e Marcelo Canellas voltarão a lugares onde estiveram no passado para mostrar, anos depois, o que aconteceu desde a exibição de suas matérias. Entre os assuntos, o bebê de proveta, Serra Pelada e as megacidades brasileiras. O Jornal da Globo mostrará o impacto dos últimos quarenta anos na vida das mulheres. Ana Paula Padrão conversou com mulheres entre 29 e 70 anos. A partir desses depoimentos, a jornalista vai situar as mudanças na história mundial: o movimento feminista, as transformações sociais e os dias de hoje. As comemorações do Fantástico começaram no início de abril com a série 4 X 10, com crônicas de Arnaldo Jabor, Luis Fernando Verissimo, Joel Silveira e Lya Luft. No aniversário, os telejornais locais também ganharão novos cenários. O conceito continuará sendo o de retratar a própria cidade no ambiente do estúdio, mas a programação visual será totalmente reformulada. O estúdio ganhará novas fotos das cidades, e o espaço para entrevistas, ao lado dos apresentadores, será valorizado com o anexo completamente integrado ao novo cenário.


CIRCUITO NACIONAL DE RODEIO

UMA OPORTUNIDADE DE FALAR PARA MILHÕES DE TELESPECTADORES Os rodeios estão no centro das atenções do Brasil. Estimulado pelo destaque na novela América, em que o universo country ocupa parte importante da trama, o assunto é tema de conversas e discussões no país inteiro e assim será ao longo do ano.

P

or tudo isto, a terceira edição do Circuito Nacional de Rodeio promete ser um sucesso ainda maior do que em anos anteriores. Uma das maiores competições do gênero no mundo, o Circuito Nacional de Rodeio atrai cerca de 4 milhões de pessoas para as arenas. Neste ano, o evento está dividido em seis etapas, que acontecerão em diferentes cidades durante quatro meses, com início em maio. O rodeio de Jaguariúna marcará o começo do Circuito, que será encerrado na prestigiada etapa de Barretos. Ligado diretamente ao homem do campo e

8 nº 509 508 • abril março2005 2005

ao bilionário ambiente do agronegócio, o mundo dos rodeios é composto por público com perfil qualificado, na maioria jovem e instruído. Números do Sebrae mostram que 55% dos freqüentadores de Barretos são mulheres, 65% têm instrução até o segundo grau e 56% têm entre 18 e 30 anos. A Rede Globo fará parte da festa, levando aos seus telespectadores os melhores momentos do evento e proporcionando uma intensa cobertura jornalística. Foram comercializadas duas cotas nacionais de patrocínio para os clientes Casas Bahia e Brahma. O Esporte Espetacular fará a divulgação do


evento, acompanhando de perto todas as suas etapas. Além do programa esportivo, o Bom Dia Brasil e o Jornal da Globo ficarão responsáveis pela cobertura das etapas de Jaguariúna e Barretos — destaques do Circuito Nacional de Rodeio. Ao longo da programação, chamadas convidarão os fãs de rodeio a participar das festas, atraindo o público da região e dando grande visibilidade local à marca dos patrocinadores. O Circuito Nacional de Rodeio tem presença garantida na internet, importante canal de informação no dia-a-dia de parte do público. O rodeio estará presente nos sites dos programas Esporte Espetacular, Globo Esporte, Bom Dia Brasil e Jornal Hoje. Os brasileiros residentes no exterior também acompanham o Circuito Nacional de Rodeio por meio da Globo Internacional. CALENDÁRIO 2005 Etapa Período 1ª - Jaguariúna 19 a 22 2ª - Fernandópolis 26 a 29 3ª - Americana 16 a 19 4ª - Rio Verde 14 a 17 5ª - São José do Rio Preto 27 a 30 6ª - Barretos 18 a 21

9 nº 509 508 • abril março2005 2005

de de de de de de

maio maio junho julho julho agosto


SPTV 2ª EDIÇÃO

A GRANDE SÃO PAULO EM FORMATO DE TELEJORNAL

Q

uem quer ficar bem informado sobre as notícias da Grande São Paulo sintoniza o SPTV 2ª Edição. Só em SP1 o telejornal atinge 2 milhões e 76 mil telespectadores altamente qualificados, segundo dados do Ibope. A cota local exclusiva de patrocínio do telejornal cria uma associação direta da marca do cliente com o SPTV 2ª Edição. Para quem patrocina é a oportunidade de se beneficiar do prestígio e da credibilidade que o SPTV 2ª. Edição tem no mercado mais rico do Brasil. Em três meses de patrocínio em SP1, a previsão é de se obter: 2.343 TARP em donas-de-casa das classes ABC com crianças de 2 a 9 anos; 2.569 TARP em donas-de-casa das classes AB com 15 anos ou mais e 2.678 TARP em mulheres da classe C de 35 a 49 anos.

Uma oportunidade imperdível para quem quer falar com os consumidores da maior metrópole do Brasil: o patrocínio do SPTV 2ª Edição.

PATROCÍNIO – ALTO ALCANCE* EM 3 MESES 1º MÊS

2º MÊS

3º MÊS

83

81

76

74

82 73

87

83

91 92

89 76

73

65

63

Geral Pessoas

AS ABCDE 35-49

DC ABC CC 2-9

M AB 35-49

MC 18-24

FONTE: IBOPE/TELEREPORT - TV GLOBO/SPTV 2ª EDIÇÃO - GRANDE SÃO PAULO SIMULAÇÃO DE PATROCÍNIO COM 1 ABERTURA E 1 ENCERRAMENTO.

* ALCANCE – Número de diferentes pessoas (ou domicílios) expostas pelo menos uma vez a um veículo ou a uma combinação de veículos.

10 nº 509 • abril 2005

Ao final do terceiro mês, o patrocinador terá atingido 87% das donas-de-casa das classes ABC com crianças de 2 a 9 anos, 89% das mulheres das classes AB de 35 a 49 anos, 92% das mulheres da classe C de 18 a 24 anos e 13,9 milhões de paulistanos das classes ABCDE com 4 anos ou mais. Anote agora alguns dados de qualificação do público do telejornal: • 30% possuem computador; • 33% pretendem comprar automóvel nos próximos 12 meses; • 38% possuem seguro médico; • 64% consumiram remédios para dor nos últimos 30 dias; e • 65% possuem telefone celular. • Dia: Segunda a Sábado • Horário: 18h55 • Sigla no SISCOM: PTV2 PLANO DE PATROCÍNIO Nº / Tipo de cota: 1 Local PLANO DE INSERÇÕES POR EXIBIÇÃO • 1 Abertura Caracterizada de 7” • 1 Encerramento Caracterizado de 7”


YEPP

QUEBRANDO RECORDES COM PROMOÇÃO DIVULGADA NA GLOBO Quando resolveu anunciar na Rede Globo, nem o proprietário da Yepp, uma empresa de calçados femininos, esperava conseguir tanto sucesso.

“A

Globo deu status para o meu produto. não poderia ter sido mais satisfatório: “ConA seriedade da emissora e o respeito seguimos muita eficiência com os prograque ela tem no Brasil inteiro agregaram valor mas. Eles têm um público jovem e qualià minha marca”, comemora Thai Quang ficado que se identifica com meu produto. Os resultados foram bastante positivos, superaNghia, diretor-geral da Yepp. Após a ação na Rede Globo divulgando a ram minhas expectativas. Criamos os filmes marca de calçados femininos, Nghia viu suas de maneira diferente, trabalhando com convendas saltarem de 18 mil para mais de ceitos modernos de fotografia e linguagem, 1 milhão de unidades. A ação foi estudada gerando forte recall, mesmo depois de encerde acordo com as necessidades da empresa. rada a veiculação dos comerciais”. A satisfação foi tão grande que o Como o intuito era se aproximar do público empresário já sonha com jovem, os programas eleivôos mais altos. Sua tos para a exibição dos intenção agora é entrar comerciais foram Malhanos mercados de São ção, Vídeo Show e Globo Paulo e do Centro-Oeste e, Ecologia. “Os programas para isso, planeja novaforam escolhidos pela afimente contar com os bons nidade com o público do resultados vindos da produto, na intenção de emissora. “Gostei muito construir um relacionade trabalhar com a Globo, mento mais próximo entre recebi bastante ajuda e a marca e o consumidor”, suporte com planilhas, relata Nghia. mapeamento de público A ação abrangeu mer"Gostei muito de trabalhar etc. A estrutura toda é cados do Nordeste, interior muito boa.” paulista e carioca, Norte e com a Globo. Recebi Vietnamita radicado no alguns mercados da região bastante ajuda e suporte" Brasil, Thai Quang Nghia Sul. Visando, também, fundou sua empresa há uma maior penetração na Thai Quang Nghia dezesseis anos, voltada região Nordeste, que responde por 75% do faturamento da empresa, para o ramo de bolsas e calçados. O negócio a Yepp patrocinou o programa Na Carona, se desenvolveu e hoje é o Grupo Domini, do exibido pela TV Bahia. A agência que atende qual fazem parte a Koop, fundada em 2002, voltada para sapatos femininos e infantis, e a empresa é a C.Compact Brasil. Para o diretor-geral da Yepp, o resultado a Yepp, empresa de sandálias femininas.

11 nº 509 • abril 2005


MALHAÇÃO

UM SHOW DE EFICIÊNCIA JUNTO AO PÚBLICO JOVEM Ao completar dez anos, Malhação ganha três protagonistas Bernardo (Thiago Rodrigues), Betina (Fernanda Vasconcellos) e Jaque (Joana Balaguer) – e mantém a mesma relação de eficiência, principalmente junto ao público jovem de todo o Brasil.

M

alhação alcançou 30 pontos de audiência em mercado nacional em fevereiro, segundo dados do Ibope. No Distrito Federal e no Rio, a audiência é ainda maior: 32 e 33 pontos, respectivamente. 46% da audiência do programa em mercado nacional tem entre 4 e 24 anos de idade e 63% pertence às classes ABC. Uma comparação com os programas exibidos por outras emissoras na mesma faixa horária mostra larga liderança de Malhação. No Rio, por exemplo, o programa segundo colocado atinge apenas 8 pontos de audiência e 11 em mercado nacional – são quase 19 milhões de telespectadores na Globo em todo Brasil frente a 7 milhões no programa segundo colocado.

GLOBO X CONCORRÊNCIA NA MESMA FAIXA HORÁRIA 2º COLOCADO

TARGET MM ABCDE 12-17

3º COLOCADO TARGET AS ABCDE 12-17

TARGET MM ABC 18-24

3.293

1.978 1.618 1.242 556 56

192

264

Procure o Atendimento Comercial da Globo de sua cidade e saiba mais sobre Malhação.

• Dia: Segunda a Sexta-feira • Horário: 17h35 • Sigla no SISCOM: MALH

MERCADO NACIONAL PNT / EM MIL – TELESPECTADORES NO TARGET MALHAÇÃO

Liderança destacada pode ser observada também nas audiências junto ao target jovem. Confira no gráfico e consulte o Atendimento Comercial da Globo de sua cidade para descobrir as oportunidades de patrocínio local de Malhação.

92

FONTE: IBOPE/TELEREPORT – FEV/05.

PLANO DE PATROCÍNIO Nº / Tipo de cota: 1 Local PLANO DE INSERÇÕES POR EXIBIÇÃO • 1 Abertura Caracterizada de 7” • 1 Encerramento Caracterizado de 7” VALOR MENSAL DA COTA Para cálculo do patrocínio, multiplique o valor do comercial de 30” de MALH por 16,50 (índice de conversão) na praça de interesse.

Produzido para a Central Globo de Marketing pela Porto Palavra Editores Associados Diretores Responsáveis

BOLETIM DE INFORMAÇÃO PARA PUBLICITÁRIOS nº 509 • abril 2005

Jornalista Responsável Projeto Gráfico Fotos Desk-top

Anco Márcio Saraiva Ricardo Esturaro Mônica Oliveira Sérgio Brito CGCOM Conexão Brasil

Para mais informações visite o site da Direção Geral de Comercialização. http://comercial.tvglobo.com.br Assinaturas: bipsucom @ tvglobo.com.br


bip509