Issuu on Google+

Kinotícia MOGI GUAÇU - SP, SEGUNDA FEIRA, 01 DE MARÇO 2012 ANO I

Nº 1

Onde estão os direitos humanos? Em visita a Cuba no fim de janeiro, a presidente Dilma preferiu não tratar sobre direitos humanos em entrevista concedida a imprensa brasileira, preferindo seguir com a visita voltada a discussões acerca da relação de comércio com a Ilha.

Dilma visita Cuba.

pág 2

* Desembarque em Cuba

Futebol ou Violência? Brasil 1995 São Paulo x Palmeiras ou mais conhecida como Guerra no Pacaembu. No dia vinte de agosto de 1995 Pacaembu foi campo de batalha para muitos torcedores dos times São Paulo e Palmeiras.

pág 2

Descaso com a Educação Hoje em dia qualquer pessoa enxerga o quanto as escolas públicas estão sendo desmoralizados pelo governo. Ta n t o s e s c â n d a l o s envolvendo professores são divulgados na mídia mostrando a falta de educação de alunos, cortes de gastos na educação,

material didático falho, tudo porque o brasileiro nasce (e muitas vezes morre, infelizmente) na ignorância, aprendendo cada dia mais a se contentar com o que já tem, como se o básico arroz e feijão de cada dia fosse suficiente...

Braille versus Inclusão Social.

pág 3

Drogas: Viver para ser feliz, não para ser VÍTIMA Na maioria dos casos os usuários de drogas tem o primeiro contato com a mesma na adolescência. Pesquisadores dizem que muitos jovens começam a usar drogas ilícitas por “amizades” , para se sentirem incluídos, por curiosidades, ou depressões, encontram refúgio naquilo que por instantes lhe causarão prazer.

pág 3

Construir ou não Belo Monte? pág 4

A usina de belo monte é uma central hidrelétrica que será construída no rio Xingu no estado brasileiro do Pará.

pág 4


POLÍTICA

2

Onde estão os direitos humanos?

E

m visita a Cuba no fim de janeiro, a presidente Dilma preferiu não tratar sobre direitos humanos em entrevista concedida a imprensa brasileira, preferindo seguir com a visita voltada a discussões acerca da relação de comércio com a Ilha. A visita de Dilma gerou especulações sobre o tema direitos humanos que, ao ser questionada sobre o assunto, disse discordar do uso da política de direitos humanos como forma de combate políticoideológico. Completou dizendo que concordaria em falar sobre o assunto se fosse abordado dentro de uma perspectiva multilateral, relembrando

que uma porção de território dentro da ilha caribenha abriga uma base militar americana onde direitos humanos foram esquecidos. A atitude dos jornalistas foi oportunista, visto que Cuba é alvo do preconceito ideológico devido ao seu sistema de governo. No entanto a presidente agiu como uma verdadeira diplomata: fez uma visita a um país comunista e ao invés de distribuir críticas lembrou que a questão humanitária é assunto a ser tratado em âmbito mundial. Ao contrario do que muitos pensam a situação de Cuba não difere muito das de outros países como, por exemplo, o Brasil. É

Esportes

B

rasil 1995 São Paulo x Palmeiras ou mais conhecida como Guerra no Pacaembu.

No dia vinte de agosto de 1995 Pacaembu foi campo de batalha para muitos torcedores dos times São Paulo e Palmeiras. Primeiro de fevereiro de 2012 nova tragédia no campo de futebol, agora o Egito resultou com 74 mortos e 188 feridos. Quando isso acabará? Quantas pessoas mais, ainda morrerão por essas tolices? Internacionalmente o Brasil é conhecido pelas Florestas, pelo Samba e claro pelo Futebol moleque que vários jovens carregam nos pés. Mais além disse, o futebol está perdendo o brilho pois muitos torcedores que gostavam de ir até os estádios com suas famílias, deixarão de ir por medo. Alguns torcedores formam torcidas organizadas e agem como vândalos brigando com pessoas de seu próprio time. Porque essas brigas banais? Se jogadores de times diferentes podem dividir o mesmo avião, porque torcedores não podem conviver sem agressão?

importante destacar que na Ilha Caribenha não existem mais analfabetos e foi implementado um sistema de saúde que realmente funciona, o que leva ao questionamento: a falta de condições básicas de vida são problemas apenas de países comunistas ou socialistas que defendem a igualdade da população? Seria possível perceber que a questão humanitária é muito mais abrangente do que nos é imposto pelo Sistema Capitalista que defende o consumo sem medida, segrega a população criando classes sociais e parece esquecer a existência da Constituição Federal? Colaborou: Danilo.

Futebol ou Violência? Estádios de paz! Mas ainda existem torcedores que vão aos estádios para reunir os amigos, divertir com a família, gritar, cantar e torcer para seus times.

E s s e s s i m , vestem a camisa com honra e entusiasmo para vibrar. O Brasil ainda é c o n h e c i d o internacionalmente pelo seu belo futebol, mais infelizmente

muitos torcedores ainda não se deram conta da importância da honra e da dignidade que eles desperdiçam fora do campo. Colaborou: Ana Carolina.


Educação

3

Descaso com a Educação

D

escaso com a Educação

Hoje em dia qualquer pessoa enxerga o quanto as escolas públicas estão sendo desmoralizados pelo governo. Tantos escândalos e n v o l v e n d o professores são divulgados na mídia mostrando a falta de educação de alunos, cortes de gastos na educação, material didático falho, tudo porque o brasileiro nasce (e muitas vezes morre, infelizmente) na ignorância, aprendendo cada dia mais a se contentar com o que já tem, como se o básico arroz e feijão de cada dia fosse suficiente...os

alunos de hoje nascem perguntando sobre o que lhes ajuda aprender ? Os pais que também foram a c o s tu m a d o s c o m isso, conduzem seus filhos a concluir o ensino médio para que consigam emprego em alguma empresa local. Os brasileiros já provarão que tem a capacidade de conseguir o que querem, como por exemplo nas diretas já. Por tanto seria possível acontecer alguma mudança na educação? Existem exemplos básicos de descaso c o m o s educadores:enquanto d e p u t a d o s , senadores, ministros, tem auxílio em

telefone, viagens, moradia, alimentação, os professores não tem direito nem mesmo de merenda escolar, o que no século XXI é ridículo, visto que até mesmo os escravos tinham comida. É d i f í c i l simplesmente jogar a culpa no sistema, afinal também existem alunos que não conseguem valorizar o ensino por questão cultural.

terem recebido uma educação de qualidade. O difícil é esperar que algum dia , algum governante abrirá os olhos para esta situação, deverão ignorar a ambição e roubar um pouco menos! Doce utopia. Colaborou:: Natália.

As pessoas não devem contentar-se com o descaso da educação brasileira. Como tratar mal um dos profissionais mais importantes da sociedade? Pois bem ninguém vira engenheiro, médico, jornalista ou qualquer outro profissional sem tem passado pelas mãos de um bom professor! Alunos que estudaram a vida inteira em escolas públicas, concluem seus estudos sem obterem segurança de

Drogas: Viver para ser feliz, não para ser VÍTIMA AS DROGAS ESTÃO NESTA PÁGINA PARA QUE VOCÊ NÃO ESQUEÇA QUE ELAS ESTÃO EM TODOS OS LUGARES!

N

a maioria dos casos os usuários de drogas tem o primeiro contato com a mesma na adolescência. Pesquisadores dizem que muitos jovens começam a usar drogas ilícitas por “amizades” , para se sentirem incluídos, por curiosidades, ou depressões, encontram refúgio naquilo que por instantes lhe causarião prazer. Levando-os a tomar decisões drásticas como oubo e individamento. Sabendo que precisam de ajuda, procuram clínicas de

reabilitação. Entre tanto nem todos conseguem terminar o tratamento. Em meio a esse caos, a população discutese a liberação das drogas! Por existirem diferentes pontos de vistas entre usuários e governantes, essa discussão ainda não tem final feliz. Milhares de usuários lutam para que as drogas ilicitas sejam liberadas como o cigarro e bebidas alcoólicas. Um dos

principais argumentos refere-se ao tráfico de drogas pois seriam drasticamente diminuído o lucro dos traficantes. Aos governantes restarião o combate do tráfico promovendo c a m p a n h a s d e conscientização com intenção de diminuir a quantidade de usuários. De qualquer maneira ainda as drogas são encontradas em qualquer lugar. Se legalizado o governo arrecadaria

impostos! Se liberado o tráfico diminuiria, mas o que viria como conseqüência dessa liberação? Qual seria o futuro desse País? Colaborou: Carolina.


Sustentabilidade

4

Construir ou não Belo Monte? desenvolvimento do país, pois contribuirá para uma maior distribuição de energia, já que o consumo de energia tem aumentado nos últimos anos e levará energia para parte da população que ainda não tem acesso à mesma. C o m a recuperação econômica do Brasil nos últimos anos, o Brasil possui recurso financeiro suficiente para esta obra sem a necessidade da intervenção de iniciativas privadas, empréstimos a bancos estrangeiros e de submeter o patrimônio público ao FMI.

A usina de belo monte é uma central hidrelétrica que será construída no rio Xingu no estado brasileiro do Pará. Com seu potencial energético, Belo Monte deverá ser a terceira maior usina hidrelétrica do mundo e produzirá o equivalente a 4.500 MW em média ao longo do ano, ou seja, 10% do

consumo brasileiro. Porém a construção de Belo Monte ainda gera muita polemica. Apesar do seu custo benefício atingir 19 bilhões de reais, especialistas afirmam que a construção de B e l o M o n t e é fundamental para o c o n t í n u o

Outra questão relevante seria o desmatamento de cerca de 1100 km² de floresta, que será inundada pela represa. Segundo o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) ano passado foi desmatado na Amazônia uma área de 6.000 km² de mata virgem, o equivalente a uma usina de Belo Monte a cada dois meses. C o m a construção de Belo Monte, comunidades indígenas e ribeirinhas terão que ser deslocadas para outras regiões, o que também esta contribuindo para o descontentamento do projeto de construção da

Ciência

H

á muitos anos questionou-se a possibilidade de algum dia haver uma inclusão que até então só se via no papel. Deficientes visuais passam por inúmeras dificuldades em seu dia-a-dia, um bom exemplo disso é a leitura. Por isso em 1927, por Louis Braille (Paris), foi criada uma leitura que chamamos de Braille, onde cada letra existe uma variação de 6 elevações (calombos); para fazer a leitura do mesmo é necessário passar o dedo nessas elevações para que assim possa-se ter a percepção de cada um

usina. Enquanto alguns ambientalistas protestam contra a construção da usina, e afirmam que a construção não será viável, pois seu custo será muito caro para os prejuízos ambientais que ela irá causar. O desmatamento que causará, prejudicará um riquíssimo sistema ecológico e poderá causar um desequilíbrio da fauna e da flora dessa região. U m a d a s soluções propostas pelas pessoas que são contra o projeto de construção da usina de Belo Monte, seria a construção de usinas solares e eólicas, que apesar do seu custo ser maior que a de Belo Monte, os impactos ambientais seriam menores e, ainda, e v i t a r i a m o deslocamento das comunidades nativas da região, não alterando sua identidade cultural. Sacrificar uma região florestal, densa e rica para a construção d e u m a u s i n a hidrelétrica que abastecerá milhões de pessoas valeria a pena? O Brasil é um país democrático e essa decisão deveria ser de TODOS os brasileiros. Colaborou: Caio.

Braille X Inclusão Social. dos caracteres. Atualmente o mundo vem tentando incluir socialmente e digitalmente os deficientes, porém pensa-se qual é a melhor maneira disso acontecer! Graças à Adam Duran (Aluno da Universidade Estadual do Novo México), essa inclusão foi possível, pois uma pessoa com deficiência visual pode anotar um número de telefone, ou escrever um texto em Braile em seu próprio Tablet.

número de telefone, ou escrever um texto em Braile em seu próprio Tablet. Como os métodos para digitação em Braile são caros e pouco usuais, Duran, durante seu estágio de verão na Universidade de Stanford, criou mais um novo aplicativo para Tablet. Ainda existem muitas opções e configurações que precisam de melhorias para adaptar-se as pessoas.

Mas será que mais uma ferramenta tecnológica promoveria a tal inclusão social? Esse recurso parece ser uma boa ideia, porém o custo é alto, impedindo que toda a população tenha acesso. Além disso, existem vários deficientes, dentre eles visuais, físicos e auditivos que estão há anos aguardando apenas uma oportunidade ou uma resposta para seus problemas Algo talvez não tecnológico, mas sim HUMANO. Muitos questionarão sobre o que fazer, como fazer? As respostas serão encontradas apenas nas suas atitudes. Colaborou: Giovani.


Kinotícia