Page 1

REBBIT

WINTER 2019 / ISSUE 6

BUSINESS & INTELLIGENCE

INSPIRE MIGUEL PINA MARTINS FOUNDER/CEO SCIENCE4YOU

No futuro, as empresas serão tecnologicamente mais inteligentes!


04

Inspire

08

Lead

10

Do

12

Life at REBIS

15

Life at REBIS

16

Care

20

Challenge


REBISCONSULTING.PT

04

08

10

16

20

inspire Miguel Pina Martins Founder/CEO Science4You

lead Madalena Marques Advogada & Partner | VICTOR MARQUES & ASSOCIADOS

do Carolina Soares Mendes VP Business Development | MULTIVERSE ADVERTISING

care Maria José Macedo Especialista em SUSTENTABILIDADE

challenge Emília O. Vieira Founder/CEO | CASA DE INVESTIMENTOS


INSPIRE

NO FUTURO, AS EMPRESAS SERÃO TECNOLOGICAMENTE MAIS INTELIGENTES! BY MIGUEL PINA MARTINS CEO  SCIENCE4YOU

Perfil Miguel Pina Martins é fundador e CEO da Science4You. Licenciado em Finanças, pelo ISCTE, com Mestrado de Gestão na mesma instituição.

Depois de uma breve passagem pela banca de investimento, fundou, oficialmente, em 2008, a Science4you S.A. – uma empresa portuguesa de brinquedos científicos e educativos que, hoje em dia, é a primeira a nível nacional, a terceira maior do seu setor a nível Ibérico e com uma presença em 35 países.

Publicamente reconhecido pelo seu empenho e profissionalismo, foi distinguido várias vezes com diversos prémios, entre os quais o Prémio Business Internalization Award em 2013 pelo governo britânico e a Medalha de Mérito empresarial pela Câmara Municipal de Loures em 2014. Em 2015, foi condecorado pela Presidência da República com a Ordem de Mérito Empresarial.

04

WINTER

2019


Agradecendo, desde já, a oportunidade e o

Reconhece certamente os atuais desafios das

desafio de lhe colocar questões de relevo atual

empresas nas áreas de Business Analytics (BA) e

no mundo especialmente volátil em que vivemos,

Business Intelligence (BI), aliás, core business da

sugeria que iniciássemos a nossa conversa pelos

atuação da REBIS no mercado e uma das

seus atuais desafios.

principais preocupações dos CEO a nível mundial.

Quais os principais desafios da sua atual responsabilidade?

No contexto de BA e BI, qual a relação da sua empresa com os dados e a informação crítica para o negócio?

É acima de tudo ter a certeza que a estratégia de médio e longo prazo da Science4you está a

A gestão de dados, é umas das ferramentas mais

ser implementada de forma correta.

importantes da Science4you. Trabalhamos os mesmos de forma muito cuidadosa, de forma a

Na sua indústria, que grandes tendências atuais destacaria?

tirar o máximo partido destes, sejam dados de clientes ou KPIs.

Destaco a categoria STEM* - a sigla em inglês para Science, Technology, Engineering and

Matemática, em português).

Que implicações tais tendências terão nas empresas e nas pessoas?

Os brinquedos Science4you inserem-se nesta

Estamos na era do Data Driven Marketing.

Mathematics (Ciência, Tecnologia, Engenharia e

categoria que se encontra em franco crescimento. Aliando ainda uma tendência para a

Cada vez mais, as pessoas terão produtos à sua

preocupação cada vez maior dos pais para que

medida, a si direcionados e com um nível de

as crianças aprendam enquanto brincam.

aceitação superior pelo facto de as empresas cada vez mais conhecerem os seus clientes e preocuparem-se com isso.

A relação entre empresas e clientes continuam a constituir um desafio crítico nos negócios, de pessoas para pessoas, enquanto organizações e indivíduos.

Em geral, Qual o fator distintivo que salienta na relação das empresas com os seus clientes? O posicionamento da marca na mente dos clientes é crucial. A Science4you é vista como a empresa que produz brinquedos científicos, que faz com que a Ciência chegue a todos os lares.

Este é o ponto mais forte que trabalhamos no nosso dia a dia, de forma a criar fidelização pelos nossos produtos.

05

WINTER

2019


"Trabalhamos os dados de forma muito cuidadosa, sejam dados de clientes ou KPI, de forma a tirar o máximo partido."

Para si, inovação é...

E, no futuro, em 2030, como serão as empresas?

Criar algo novo ou modificar uma ideia

Daqui a 11 anos, os dados vão fazer

no sentido de atingir um carácter

ainda mais parte do centro das

melhor da sua forma.

operações e das áreas comerciais das empresas e as empresas vão ser tecnologicamente mais inteligentes.

______

A Science4you é uma empresa 100% portuguesa que se dedica ao desenvolvimento, produção e comercialização de brinquedos educativos e científicos.

Tem como missão "melhorar os níveis de educação na sociedade, através do desenvolvimento de brinquedos educativos e jogos didáticos que permitam às crianças aprender enquanto brincam".

https://brinquedos.science4you.pt/

06

WINTER

2019


ORGANIZATIONS

> 93%

NEED ANALYTICS 24/7 SUPPORT CRITICAL FOR THEIR BUSINESS RESULTS AND PERFORMANCE

AVAILABILITY AND LEVEL OF SERVICES

> 97%

24/7 SAP BO SUPPORT WE PROVIDE A FULL SPECTRUM OF SAP BUSINESS OBJECTS CONSULTING, ACTIVE MONITORING AND SUPPORT TO MEET ANY NEED, ANY TIME, ANY PLACE, OPTIMIZING YOUR PERFORMANCE.  WE CAN HELP YOU TODAY.

REBISCONSULTING.PT


LEAD

RGPD ALGUMAS QUESTÕES ESSENCIAIS! BY MADALENA MARQUES ADVOGADA VICTOR

SÉNIOR

MARQUES

&

&

PARTNER

ASSOCIADOS

O Regulamento (EU) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de Abril de 2016, vulgarmente designado por RGPD, entrou em vigor em 25 de Maio de 2018.

O Regulamento foi objecto de rectificação de erros materiais em 23/05/2018. O RGPD estabelece regras relativas à protecção de dados das pessoas singulares.

Não se aplica, portanto, aos dados das pessoas colectivas. O RGPD aplica-se quando está em causa o tratamento de dados por meio automatizado ou não.

Tratando-se de um documento normativo da União Europeia (UE), aplica-se no respectivo território.

Porém, se as entidades estabelecidas no território da UE procederem ao tratamento dos dados que lhes foram confiados fora do território da UE, continuam obrigados ao cumprimento das normas do Regulamento.

08

WINTER

2019


O RGPD tem que ser observado, também, por entidades estabelecidas fora da UE, sempre que tratem dados pessoais cujos titulares estejam estabelecidos na União.

O consentimento do titular dos dados tem que se traduzir numa manifestação de vontade, livre, informada e explícita, e o responsável pelo tratamento dos dados deve poder demonstrar que o titular dos dados deu o consentimento para o tratamento de

Consideram-se “dados pessoais”, toda a

dados que em concreto esteja em causa.

informação relativa a uma pessoa singular – titular dos dados -, identificada ou que permitam a sua

O titular dos dados tem o direito de retirar o seu

identificação, como por exemplo, a morada, o e-

consentimento a qualquer momento, devendo o

mail, ou o estado civil.

consentimento ser tão fácil de retirar quanto de dar, assim como de exigir a limitação do tratamento de

É considerada identificável uma pessoa singular

dados.

que possa ser identificada, directa ou indirectamente, em especial por referência a um identificador, como por exemplo um nome ou um número de identificação.

Constitui “tratamento de dados” qualquer operação ou um conjunto de operações

O titular dos dados tem também direito a ser esquecido. Esta é uma das inovações que o RGPD consagra. O titular dos dados tem, também, o direito de exigir a rectificação dos dados incorrectos ou que sejam completados os dados incompletos.

efectuadas sobre dados pessoais ou sobre conjuntos de dados pessoais, por meios

Para demonstrarem que cumprem o RGPD, as entidades

automatizados ou não automatizados, tais como a

sujeitas ao mesmo devem conseguir provar que (i) têm

recolha, o registo, a organização, a estruturação, a

autorização do titular para o tratamento de dados; (ii)

conservação, a adaptação ou alteração, a

que os dados estão seguros e garantida a sua

recuperação, a consulta, a utilização, a divulgação

confidencialidade; (iii) que existem normas,

por transmissão, a difusão ou qualquer outra forma

procedimentos e códigos de conduta que possam ser

de disponibilização, a comparação ou

exibidos às entidades de supervisão (iv) e que existem

interconexão, a limitação, o apagamento ou a

sistemas de monitorização para verificar o cumprimento

destruição.

das normas.

O tratamento de dados, neste contexto, está

Figura que assume especial relevo no RGPD, face à

sempre associado ao desenvolvimento de uma

legislação até então existente, é a do “responsável pelo

actividade profissional ou comercial.

tratamento de dados”.

Em princípio é proibido o tratamento de dados

É obrigatória a nomeação de um responsável pelo

pessoais que revelem a origem racial ou étnica, as

tratamento de dados (DPO) para as autoridades ou

opiniões políticas, as convicções religiosas ou

organismos públicos; para as entidades que controlem

filosóficas, ou a filiação sindical, bem como o

regularmente dados pessoais em grande escala ou

tratamento de dados genéticos, dados biométricos,

dados pessoais sensíveis em grande escala ou relativos

dados relativos à saúde ou dados relativos à vida

a condenações penais e infracções.

sexual ou orientação sexual de uma pessoa. Enquanto não for criada toda a legislação nacional A autorização para o tratamento dos dados fixará

necessária para a implementação do RGPD, continuará

- e limitará -, a finalidade ou finalidades para as

a vigorar, em tudo o que não se encontre em

quais os dados podem ser tratados.

contradição com aquele, a Lei n

º 67/98, de 26 de

Outubro e demais legislação relativa à matéria.

09

WINTER

2019


DO

GESTÃO DE TALENTO: EM PORTUGAL E NO MUNDO. BY CAROLINA SOARES MENDES VP

BUSINESS

MULTIVERSE

DEVELOPMENT ADVERTISING

Ao fim de alguns anos a trabalhar em consultoria de recursos humanos percebemos que a gestão de pessoas é algo que pode ser feita de forma transversal em diferentes países.

Depois de trabalhar em 3 contextos muito diferentes (Moçambique, Hong Kong e Myanmar), consolidei esta minha percepção.

De forma geral, as empresas, a nível internacional, valorizam as mesmas competências: proactividade, trabalho em equipa, iniciativa, entre outras.

10

WINTER

2019


Ainda assim, existem aspectos muito subtis

Muitas vezes esses “drives” são para nós algo

inerentes à cultura e ao contexto sócio-económico

inesperado, mas ao fim de uns anos a gerir pessoas de

de cada país que aporta à gestão de recursos

diferentes culturas, só através do estabelecimento de

humanos uma dinâmica muito particular,

uma relação próxima e de confiança, consegui que as

nomeadamente, no que concerne a retenção de

equipas trabalhassem comigo e que confiassem em

talento.

mim. É preciso acabar com o estigma de chefia.

É demais sabido que temos de reter os melhores profissionais e que um elevado turnover tem um custo (bastante) significativo para as organizações.

É importante criar a possibilidade de as pessoas se sentirem ouvidas (mesmo perante uma estrangeira que pouco domina as culturas asiáticas).

Acredito que esta geração tem mais iniciativa e No entanto, quando trabalhamos em mercados em

recursos disponíveis do que qualquer outra teve no

que a oferta de trabalho é superior à sua procura,

passado e há que trabalhar no sentido de assegurar

este aspecto torna-se mais crítico. Nestes

que as pessoas são genuinamente felizes no seu dia-a-

mercados existem bastantes empregos e uma taxa

dia profissional.

reduzida de profissionais que dispõem das competências necessárias para as funções em

Actualmente sou responsável pelo desenvolvimento de

causa.

negócio de uma empresa na área de marketing e publicidade, em Myanmar.

Toda esta dinâmica inverte os valores salariais e cria um desalinhamento entre a maturação

Tenho também sobre mim o ónus do recrutamento

profissional de um indivíduo e as funções que

interno, recrutamento este que é bastante específico no

acaba por assumir.

que diz respeito às funções que contrato (funções chamadas de criativas).

Não é também novidade que a geração que atualmente domina o mercado de trabalho tem um

Dou por mim, cada vez mais, a apostar em pessoas que,

modus operandis muito próprio – é valorizada a

independentemente da idade (porque considero que

flexibilidade de horário, os ambientes menos

nem só aos jovens devem ser dadas oportunidades),

“cinzentos”, o mundo mais digital, a possibilidade

apresentam vontade de aprender com a diferença, de

de trabalhar onde quer que se esteja, etc.

se relacionarem com pessoas de todo o mundo, de quererem perceber as pessoas que as rodeiam e as

Mudanças que aplaudo, mas que em paralelo

empresas onde trabalham.

carregam uma certa sensação de que a nós tudo é devido, de que as empresas nos devem

Certamente neste mercado estas pessoas podem “dar-

constantemente dar desafios para nos manter

se ao luxo” de escolherem a empresa para onde vão

motivados e que a rotina, não é por si só, positiva.

trabalhar porque a oferta de emprego, como referi anteriormente, é vasta.

Esta é também uma geração que nem sempre é motivada por dinheiro.

Não obstante, este aspecto traz à organização que represento e à management team uma

Com o decorrer da minha experiência internacional percebo, cada vez mais, a importância das organizações olharem para os indivíduos e para os seus “drives” pessoais.

responsabilidade acrescida na forma como lidamos com a equipa e esse ponto nunca deveria ser esquecido.

Toda a gente deveria, na maior parte do tempo, gostar de estar na empresa em que trabalha e sentir que a mesma possibilita o seu crescimento não só como profissional, mas também como indivíduo. 11

WINTER

2019


#life at rebis

Reconhecidos pelo mais recente estudo da revista Exame, em parceria com a Everis e a AESE Business School, fomos considerados uma das 100 melhores empresas para trabalhar em Portugal!

Na edição especial Premium da revista Human, a felicidade e comprometimento das nossas pessoas tornou-se notícia.


CARE

COMO PODEMOS CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL?

BY MARIA JOSÉ MACEDO ESPECIALISTA EM

SUSTENTABILIDADE

Tudo começa na definição de sustentabilidade. Esta definição tem evoluído ao longo dos anos. Provem do termo latim “sustentare” que significa sustentar, conservar, apoiar, defender.

O Relatório Bruntland, em 1987, apresentou o desenvolvimento sustentável como “O desenvolvimento que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade de as gerações futuras satisfazerem as suas.” com um claro foco no meio ambiente.

16

WINTER 2019


Mais recentemente, este conceito evoluiu para “um

Portugal assumiu, em dezembro de 2016, pelas

balanço entre as necessidades ambientais, sociais

palavras do Primeiro-Ministro António Costa, na

e económicas” – os três pilares da sustentabilidade

Conferência das Nações Unidas para as

– cuja coexistência deve interagir de forma

Alterações Climáticas, o “firme compromisso de

equilibrada.

sermos neutros em emissões de Gases com Efeito

de Estufa até ao final da primeira metade do

Enfrentamos atualmente diversos desafios que

século”.

requerem a definição de estratégias e a implementação de ações de curto, médio e longo

Definida a estratégia, é tempo agora de definir o

prazo, sob pena de o planeta caminhar para um

plano. O “Roteiro para a Neutralidade Carbónica

futuro severo. Estamos ainda a tempo de assegurar

2050”, apresentado em 4 de dezembro de 2018

um desenvolvimento equilibrado e sustentável para

numa sessão dedicada a este tema, na Fundação

futuras gerações.

Gulbenkian em Lisboa, inclui 3 cenários

alternativos, sendo que em 2 destes cenários é

As alterações climáticas são, sem dúvida, um

possível alcançar a neutralidade carbónica a nível

desses desafios e um tema na ordem do dia.

nacional durante este horizonte temporal.

Não só porque estão a ser definidas as estratégias

Por neutralidade carbónica entende-se uma

e os planos, mas também porque já todos sentimos

situação em que as emissões de Gases com Efeito

que o clima se alterou com impacto evidente na

de Estufa sejam em quantidade equivalente ao

vida no planeta.

dióxido de carbono fixado pela floresta e pelas culturas agrícolas.

O aumento da temperatura do planeta tem sido uma causa destas alterações, mas é, em si próprio,

Na implementação deste Roteiro, os maiores

uma consequência do aumento do efeito de estufa

contribuidores são o Setor de Produção de

que determinados gases têm provocado.

Energia Elétrica e o Setor dos Transportes, estando previsto para o final de 2050:

Esses gases, dos quais o principal é o dióxido de carbono, são produzidos pela combustão de

- Atingir valores muito próximos

combustíveis fosseis, ou seja, carvão mineral, gás

de 100% de energias renováveis;

natural, petróleo e seus derivados.

- Eliminar os veículos a gasolina e gasóleo,

Calcular o impacto que determinada atividade tem

atingindo uma mobilidade quase totalmente

neste Efeito de Estufa é determinar a sua Pegada

elétrica (eventualmente também com hidrogénio),

de Carbono. Uma vez conhecido o diagnóstico,

com exceção dos transportes marítimos e aéreos.

cada organização pode assim definir o seu plano de ação com vista à diminuição das suas emissões e, assim, à mitigação do seu impacto.

17

WINTER

2019


Para tal, teremos uma utilização maciça dos recursos energéticos renováveis, dos quais mais de dois terços são sol e vento, representando no final do período em análise mais de 80% do consumo de energia primária. Isto está previsto acontecer nos 2 cenários atrás referidos.

O Setor da Indústria e da Agricultura apresentam um potencial de redução inferior mas, ainda assim, significativo, principalmente na última década.

A neutralidade carbónica é possível em Portugal, existe viabilidade tecnológica, mas requer um investimento significativo. Se considerarmos apenas o sistema energético, prevêse a necessidade de investimento de cerca de 15% do PIB nacional por cada ano no período 2020-2050.

A transição já começou e é inevitável. Não depende apenas de soluções tecnológicas, depende muito da implementação de novos modelos de negócio e novos modelos comportamentais.

A informação existe, já todos sabemos como podemos contribuir para um desenvolvimento sustentável.

18

WINTER

2019


we're hiring! job vacancies BUSINESS ANALYST

contact us today

DATA ENGINEER BI CONSULTANT JAVA DEVELOPER

rebisconsulting.pt/careers


CHALLENGE

INSANIDADE TEMPORÁRIA NOS INVESTIMENTOS? BY EMILIA O. VIEIRA FOUNDER CASA

DE

&

CEO

INVESTIMENTOS

A 3 de outubro passado, a Apple atingiu a sua cotação máxima, 233,47 USD, valorizando a empresa em 1.121 triliões de dólares.

Exatamente 3 meses depois, tinha perdido 40% daquele valor, cada ação cotava a 142 dólares. O S&P500, o maior índice de ações mundial, recuou cerca de 20%.

Em dezembro, muitas empresas variaram, no mesmo dia, mais de 10% entre máximos e mínimos, relembrando-nos que, por vezes, uma espécie de insanidade temporária toma conta do mercado.

20

WINTER

2019


No livro “A Teoria Geral do Emprego, Juro e

Por vezes, o valor do Senhor Mercado parece

Dinheiro”, Keynes realça as emoções que

plausível e justificado pelos desenvolvimentos e

influenciam os nossos comportamentos e decisões:

perspetivas do negócio. --

“A juntar à instabilidade devida à especulação,

Frequentemente, no entanto, o Senhor Mercado

existe a instabilidade devida à característica da

deixa-se levar pelo entusiasmo ou pelo medo, e o

natureza humana que dita que uma grande

valor que lhe propõe é pouco menos que ridículo.

proporção das nossas atividades depende de

--

impulsos espontâneos e não de expectativas

Se o leitor for um investidor prudente ou um

matemáticas ou económicas.

empresário sensato, vai permitir que a comunicação diária do Senhor Mercado determine

Provavelmente, a maioria das nossas decisões

a sua perceção do valor de uma cota de 1000

apenas pode ser encarada como resultado de

dólares na empresa?

espíritos animais, isto é, uma tendência espontânea para a ação ao invés da inação e não

Apenas quando concorda com ele ou quando

como o resultado de uma média ponderada de

quiser negociar. O leitor poderá ficar satisfeito ao

benefícios quantitativos multiplicada pelas

vender a sua cota por um preço ridiculamente alto

probabilidades quantitativas”.

e igualmente satisfeito ao comprar uma cota adicional quando o preço é baixo.

A facilidade com que se compra e vende, sem conhecimento ou convicção, uma indústria

O resto do tempo, no entanto, o mais inteligente a

centrada no curto prazo, o excesso de consultores

fazer é formar a sua própria ideia do valor da sua

e “ajudantes” e os media a regar o fogo com

cota com base nos relatórios da empresa sobre as

gasolina, são obstáculos enormes para que os

suas atividades e posição financeira.

investidores se mantenham fiéis a uma estratégia coerente de criação de riqueza.

O verdadeiro investidor encontra-se nesta mesma posição quando tem em carteira ações de

Benjamin Graham explica, em “The Intelligent

empresas cotadas.

Investor”, o melhor livro alguma vez escrito sobre investimento, este pêndulo entre o medo e a

Pode tirar partido do preço de mercado diário ou

ganância que paira sobre o mercado financeiro:

deixá-lo em paz. Basicamente, as flutuações de preço têm apenas um significado importante.

“Imagine que detém, numa empresa privada, uma cota pela qual pagou 1000 dólares. Um dos seus

Elas dão ao investidor a oportunidade de comprar

sócios, o Senhor Mercado, é muito prestável.

quando os preços caem e de vender quando os preços sobem.

Diariamente, ele diz-lhe o que acha que a sua participação na empresa vale e oferece-se para

No resto do tempo, o investidor fará melhor se

comprá-la ou para lhe vender uma cota adicional

esquecer o mercado e prestar atenção aos

na mesma empresa.

dividendos e aos resultados operacionais das suas empresas.”

21

WINTER

2019


AT REBIS WE

CHALLENGE LEAD CARE INSPIRE


ORGANIZATIONS

> 77% CONSIDER DATA ANALYTICS CRITICAL FOR THEIR BUSINESS RESULTS AND PERFORMANCE

SME CONTINUALLY LOSE MONEY OR ONLY BREAK EVEN

> 60%

BETTER FASTER STRONGER ACCORDING TO SEVERAL STUDIES, MOST SMALL BUSINESSES ARE CONTINUALLY LOSING MONEY OR ONLY BREAKING EVEN. AND MOST OF THE TOP ORGANIZATIONS CONSIDER DATA ANALYTICS A CRITICAL COMPONENT OF BUSINESS PERFORMANCE. WE CAN HELP YOU TODAY.

REBISCONSULTING.PT


Profile for REBIS

REBBIT Winter 2019  

The REBBIT Magazine

REBBIT Winter 2019  

The REBBIT Magazine

Profile for rebbit
Advertisement