Page 1

Ano III - E d i ç ã o N. 4 6 - Be l o Ho r i z o n te , 1 5 d e j u l h o a 1 0 d e a g o s t o d e 2 0 11

Parque da Matinha está abandonado Arquivo TCN

O Parque da Matinha é um verdadeiro oásis verde dentro da cidade, ali na Av. José Cândido da Silveira, nas proximidades dos bairros Cidade Nova e União. Objeto de uma das primeiras negociações urbanas que deram certo na capital, está praticamente abandonado, servindo de ponto de apoio para marginais que praticam pequenos furtos que ocorrem na região e uso de drogas. Está passando da hora do poder público agir e colaborar para a devida manutenção e utilização da área, com segurança, pela comunidade local e transeuntes. Página 3

Opinião: desorganização ou desonestidade? Página 2

Rotary Cidade Nova dá posse ao novo Conselho Diretor Página 4

Gente nossa, Gilberto Pereira Página 7

Saúde e beleza: cabelos bonitos e saudáveis” Página 8

Sala de visitas: Acir Antão, paixão por BH Página 11

www.

Veja esta edição no portal do Tribuna

tribunabh

.com.br

Izabela Drumond, uma das favoritas ao Miss Brasil 2011 Arquivo TCN Secom/divulgação

A Miss Belo Horizonte e Minas Gerais, Izabela Drumond, tem cumprido extensa agenda de compromissos visando o concurso de Miss Brasil no dia 23 de julho em São Paulo. Recentemente esteve em visita aos alunos e professores da E.M. Maria Modesta Cravo, na Cidade Nova, onde estudou. Também foi recebida em audiência pelo Governador do Estado de Minas Gerais, Antonio Anastasia em seu gabinete na cidade Administrativa. Izabela, aqui da Cidade Nova, com certeza representará à altura Minas Gerais, para tanto, conta com toda nossa torcida.


TRIBUNA - BH

2

Opinião Belo Horizonte, 15 de junho a 10 de agosto de 2011 – Edição N. 46

Por Guilherme Nunes Avelar - Advogado Arquivo TCN

Av. Cristiano Machado, rota de fuga sargentoamilton.com.br

“Segurança Pública, em Minas Gerais, é uma política de Estado” afirma Major Magno, comandante da 20ª Cia. PM, para explicar os motivos porque não pode informar os locais do setor três, bairros Nova Floresta, Silveira e Bairro das Graças, onde têm mais ocorrências de crimes. Ele disse que quem possui os dados estatísticos é o Centro Integrado de Informações de Segurança Pública, pertencente à Secretaria Estadual de Defesa Social. Por sua vez a assessoria de comunicação da secretaria informou que não possui dados regionalizados de ocorrência criminais, possui apenas estatística de total de Belo Horizonte e também não divulga, por região, “para não criar clima de insegurança entre os membros da comunidade afetada”. Mas em quatro anos de existência, a Tribuna da Cidade Nova, que faz seguidas reportagens sobre segurança pública, conseguiu catalogar diversos locais de alta incidência de crimes. Foram detectados que a “ações dos criminosos acontecem em lugares com maior números de comércio, agência bancárias, maior fluxo de trânsito de pessoas. Os alvos preferidos dos assaltantes são menores e pessoas da terceira idade”, declara Capitão Luciano, subcomandante da 23ª Cia PM, que policia os bairros Cidade Nova e União. Os crimes que mais acontecem são contra o patrimônio e agora foi constatado que o

Desorganização ou desonestidade?

PM, sempre ativa, eficiente e combatente

índice aumentou contra o setor comercial da região. O mapa da violência na região da Cidade Nova tem a avenida Cristiano Machado em primeiro lugar por ser uma boa rota de fuga, principalmente junto da rua Jacuí e a av. José Cândido da Silveira. A mesma rua Jacuí, entre os bairros Renascença e Ipiranga, está na lista. Outros locais sãos os arredores da Feira dos Produtores, da rua Artur de Sá, do Parque da Matinha, na rua João Chagas e nos arredores das escolas particula-

EDIÇÃO N. 46 Editores: Lucas Martins - Reg. Prof. MG 02485 JP Eugênio Oliveira - Reg. Prof. MG 03478 JP Reportagem: Júlio Emílio Tentaterra – Reg. Prof. MG 02.845 JP Fotografia: Santos Filho Colaboradores: Adriano Mendes Duarte, Guilherme Avelar, Luciana Sampaio, Rodrigo Denúbila e Waldemar Pedro. Redação: Rua Dr. Júlio Otaviano Ferreira, 913 Cidade Nova - Belo Horizonte - Minas Gerais CEP: 31170-200 Telefax: (31) 3484 0480 e (31) 9955 8447. Email Redação: tribunabh@gmail.com Site: www.tribunabh.com.br O jornal Tribuna da Cidade Nova é uma publicação da Logos Editora Ltda., registrado no Cartório Jero Oliva, arquivada naquela Serventia em

res, durante as saídas de aulas, com roubos de carros. E por último as ruas internas da Cidade Ozanam, principalmente à noite, após a missa na igreja São Vicente de Paulo. Portanto, fique sempre atento, vigilante, até que sejam disponibilizados os dados oficiais de ocorrências policiais em nossa região. Não devem ser poucas as ocorrências, conforme podemos constatar em nosso dia-a-dia conversando com a comunidade e pela grande imprensa.

12/09/2007, no Registro nº 1.143, no Livro A. Logos Editora Ltda. Registrada na JUCEMG sob o nº 3120431497 CNPJ 25.712.977/0001-62. Insc. Estadual nº 62.881.449.00-81. Circulação: O jornal é distribuído de casa em casa, na Paróquia de Santa Luzia, na Feira dos Produtores da Cidade Nova, bancas de revistas, padarias, postos de combustíveis, lojas e empresas dos bairros Cidade Nova, Silveira, Nova Floresta, e partes da Renascença, Ipiranga, União e adjacên­cias. Periodicidade: 15 de junho a 10 de agosto de 2011 Impressão: Sempre Editora Esta edição foi editada seguindo a Nova Ortografia da Língua Portuguesa Os artigos assinados não espelham, necessariamente, a opinião do jornal, sendo de inteira responsabilidade de seus autores.

Arquivo TCN

Locais com maior incidência de crimes na Região

Há já alguns anos que todos sabem que o Brasil sediará uma sucessão de importantes espetáculos esportivos: Copa do Mundo, Copa das Confederações, Olimpíadas e Paraolimpíadas. Apesar disso, e também da grande importância que significa esse fato para o País, muito pouco se fez para os preparativos concretos para a realização desses eventos. Agora, quando falta tão pouco para que eles aconteçam, o governo federal resolveu criar uma lei de licitações e contratações públicas específica para realizar esses mesmos preparativos, alegando exatamente a proximidade dos jogos e a necessidade de acelerar a concreção das obras respectivas. Ou seja, por absoluta incompetência ou por extrema desfaçatez, o governo federal se utiliza de sua própria inoperância para justificar agir sem os controles devidos. Um contrassenso escandaloso! Não bastasse essa falta, por si só gravíssima, o governo federal foi além em sua pretensão absurda e baixou essa lei excepcional por meio de medida provisória, de forma a reduzir ao extremo as possibilidades de debate público sobre o assunto; ainda pior, só o fez na undécima hora, por meio de emenda ilegal, já que inserta em projeto que tratava de assunto completamente diverso. Como se precisasse, o governo federal revelou confessadamente suas más intenções ao incluir em seu pacote de incúrias uma regra que oculta da sociedade parte significativa do processo de contratações que fizer, somente tornando-a acessível depois de terminada a concorrência, ou seja, quando o “leite já estiver derramado”. Tudo isso ocorre, repito, mesmo tendo sido possível um cauteloso e eficiente planejamento, um sincero e discreto conjunto de disputas dentro da lei vigente, uma realização transparente das obras; afinal, tivemos anos para fazer tudo dentro da mais legítima regularidade. Muito provavelmente era isso que o governo federal (de Lula e agora de Dilma) não queriam; deixando o tempo passar em brancas nuvens, criaram uma necessidade imperiosa que “justifica” a criação de ambiente propício à malversação. Afinal, não nos esqueçamos: faz muito pouco tempo que o Brasil foi abarrotado de notícias envolvendo as maracutaias infinitas na organização do Panamericano do Rio de Janeiro. Aprendemos com esses escândalos a evitar o improviso? Não; o que se aprendeu foi repetir exatamente o mesmo erro para, certamente, ampliar as possibilidades de negociatas vis!!! De nada adiantarão as inevitáveis CPI’s futuras, pois os desperdícios e os desvios já estarão consumados e, pelo que se assiste com banalizada inércia, a Justiça chega por demais parte para evitar o dano e nunca, até agora nunca mesmo, consegue fazer voltar aos combalidos cofres públicos o dinheiro que todos pagamos de impostos. Certamente, no entanto, partidos e governantes envolvidos diretamente nas obras não terão do que reclamar, muito antes pelo contrário. Ah, que falta faz um verdadeiro partido de oposição nesse País; o PT, quando lá estava, prestou grandes serviços ao Brasil, atenuando falhas governamentais; agora que ele é o governo, ele tem mostrado impressionante competência em praticar o que antes combatia com tanta virulência.


Cidade Nova / União Belo Horizonte, 15 a 27 de junho de 2011 – Edição N. 45

3

TRIBUNA - BH

porque não existe pontos de água para combater o fogo e foi enfática: “a Matinha está abandonada pelas autoridades públicas. Precisa de revitalização”. A confirmação foi feita pelo vigia da área verde, que informou que os pontos de água são somente para regar as plantas e não para combater incêndio. Os Bombeiros Militares não fizeram vistoria no parque. A preocupação dos moradores é também com relação às pessoas que usam o lote ao lado para fumar crack. O movimento é ininterrupto. O vigia confirma também a denúncia. Acrescenta que o terreno invadido é usado como ponto de guarita para os criminosos que pratica os pequenos furtos que ocorrem na região. Ele informou que as

pessoas que frequentam este imóvel são foragidos e procurados pela justiça. A toda hora tem homens passando com objetos de todos os tipos por dentro do parque em direção a portaria do bairro União, onde encontram sempre receptadores para comprarem os produtos do roubo. Os crimes de furtos acontecem nos arredores do parque e se estende para dentro dos bairros da região da Cidade Nova. A gerência de Comunicação da Fundação de Parque Municipais informou que, por enquanto, não existe nenhum projeto ou proposta para reforma do Parque da Matinha, nem mesmo aumentar o número de guardas municipais para o local. Por ora, esta área de lazer será um lugar onde habita o perigo.

Comunidade conquistou o Parque da Matinha Depois de muita luta e intensa movimentação da comunidade local, da Ação Social da Cidade Nova, de Fernando Lanza, Padre João de Deus Dantas e dos vereadores da época , Márcio Cunha e João Bosco Senra, foi criado em 1991 o Parque da Matinha. Com uma área aproximada de 15.700 metros quadrados, o parque possui uma mata que cobre mais de 80% de sua área e suas espécies mais comuns são açoita cavalo, embaúba, jatobá da mata, pau de jangada, arranha gato, jacaré, pau d’óleo, além de “madeiras de lei”, típicas de Mata Atlântica, como jequitibá e cedro. A fauna é composta por aves, como sabiá-branco, saíra e jacupeba, e pequenos mamíferos, como mico-estrela e gambá. Como opções de lazer, o parque oferece brinquedos e recantos para contemplação. Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 18horas. Localização: rua Leôncio Chagas, 350 - bairro União. O parque possui entradas também pela avenida José Cândido da Silveira e ruas João das Chagas e Cláudio José de Souza. Informações: 3277-5621 ou 3277-4882 Entrada gratuita.

melt

Objeto de uma das primeiras negociações urbanas que deram certo na capital, o Parque da Matinha na divisa dos bairros Cidade Nova e União pode ser considerado hoje um exemplo claro do descaso do poder público para com algumas de suas áreas verdes. O parque da Matinha é um verdadeiro oásis verde dentro da cidade, mas ali também ronda o perigo para os moradores vizinhos e até mesmo para outros bairros. O alerta partiu de uma moradora do Condomínio Torre do Bosque, da rua João Chagas, durante a audiência pública na Câmara do Vereadores, no dia 26 maio, para discutir a invasão do terreno da avenida José Cândido. Ela denunciou que a qualquer momento pode haver incêndio dentro do parque,

Arquivo TCN

Parque da Matinha precisa de mais atenção

me a i c n a n Fi

nto

o d a t i l i fac

Redes de Computadores Processo Seletivo

Consulte: Vestibular Agendado | Análise de Currículo

31

3429.7351

www.faculdadebatista.com.br


TRIBUNA - BH

4

Sociedade Belo Horizonte, 15 de junho a 10 de agosto de 2011 – Edição N. 46

Rotary Club cidade nova faz a diferença Arquivo TCN

Comunidade Cinovense prestigia e participa ativamente das atividades do Rotary na Cidade Nova

Arquivo TCN

Presidente Onésimo Moreira Ramos foi reeleito para a Presidência do Rotary Club Cidade Nova

E

m concorrida solenidade, seguida de um grande jantar, foi realizada no Restaurante do Porto, a posse do novo Conselho Diretor do Rotary Club Cidade Nova, eleito para o Ano Rotário 2011-2012. O Rotary Club é uma

instituição internacional que objetiva o bem estar das pessoas e a paz entre os povos. Para tal, envolve-se em projetos sociais da comunidade, fazendo parcerias, angariando fundos e doações, no intuito de diminuir a fome, a pobreza e

o sofrimento dos menos favorecidos, além de realizar campanhas para inúmeras outras atividades. Em nossa comunidade não poderia ser diferente. Com sua dinâmica e atuante direção, interage de fato com nossa gente, participando das mais diveras ações, fazendo a diferença, levando à frente o nome desta conceituada e respeitada instituição. Para cumprir essa importante missão foram eleitos os seguintes membros: Presidente: Onésimo Moreira Ramos, Vice Presidente: Virgínia Salvina Costa Moreira 1ª Secretária: Ângela Mourão Sá Vitorino 2º Secretário: Gilson Corrêa do Bomfim 1º Tesoureiro: Delfino José Raimundo 2º Tesoureiro: José Edmilson Barbosa Durães 1º Diretor de Protocolo: Marcos Cláudio Moreira 2º Diretora de Protocolo: Clara Maria Rodrigues Barbosa Diretores de Comissões: Quadro Social: Isabel Passos Administração: Marta Valéria de Azevedo Bomfim Lacerda e Silva Projetos de Prestação de Serviços: Nair Bonfim dos Santos Lima Fundação Rotária: Marcos Cláudio Moreira Relações Públicas: Virgínia Salvina Costa Moreira Oficial de Intercâmbio: Ãngela Mourão Sá Vitorino Contato com o Rotary CLub Cidade Nova: www.rotaryclubbhcidadenova@googlegroups.com

A ilegalidade do aumento de valor nos planos de saúde dos idosos Adriano Mendes Duarte - Advogado

Muitos idosos estão sendo surpreendidos com o aumento no valor de seu plano de saúde quando completam 60 anos de idade. Argumentam as empresas de plano de saúde que há a previsão desse aumento no próprio contrato assinado pelo idoso, não tendo este o direito de reclamar do novo valor da mensalidade. Diante dessa situação, muitos deles cancelam o seu plano de saúde ou aceitam o novo valor, pagando as mensalidades sem nada reclamar. Deve-se saber que esta é uma prática abusiva e ilegal das empresas de plano de saúde, a depender do caso concreto. O Estatuto do Idoso veda claramente a discriminação do idoso nos planos de saúde pela cobrança de valores diferenciados em razão da idade. Além disso, o Código de Defesa do Consumidor considera como nulas as cláusulas abusivas, como por exemplo, o aumento do valor do plano de saúde em desconformidade com a lei. Sabendo disso, e com base também na Lei 9.656/98, que dispõe sobre os planos de saúde, a justiça vem entendendo que a ilegalidade ou não do aumento do valor do plano vai depender de quando foi assinado o contrato e quais as cláusulas que nele constavam quando dessa assinatura. Por essa razão, verificando o idoso um aumento no valor de seu plano de saúde, justamente por tem completado 60 anos de idade, deverá verificar quando foi assinado o contrato e quais as cláusulas referentes ao reajuste nele já constavam. Dependendo dessas características, poderá o idoso pleitear pela anulação do aumento, pelo reajuste da mensalidade ou, até mesmo, pela devolução de valores já pagos de forma incorreta, com juros e correção monetária. Poderá, assim, buscar aquilo que lhe é de direito. Maiores informações através do telefone (31)2511-7020.


Gente Nossa/ Educação Belo Horizonte, 15 a 27 de junho de 2011 – Edição N. 45

TRIBUNA - BH

UNIVERSO-BH está com inscrições abertas para pós graduação

Arquivo TCN

Universo

Gilberto Pereira, de bem com a vida.

7

Gilberto é estimado por todos. É gente nossa

Não há quem não conheça o Gilberto Pereira (52), casado, dois filhos, este simpático, bem humorado e simples cidadão que batalha, como poucos, para garantir o sustento de sua família, com dignidade e muito esforço. Diariamente ali está ele, de cara boa, alegre, com sol ou chuva, nas proximidades da passarela da Cidade Nova, na Cristiano Machado,

comercializando suas balas, seja para motoristas na espera do sinal verde ou para aqueles que por ali trafegam. Gilberto diz que iniciou sua atividade como vendedor, naquele mesmo local, há 16 anos, quando ainda trabalhava em uma empresa que começou a não pagar o seu salário em dia. “Por isso, fui obrigado a me virar como pude e, foi então que descobri esse trabalho informal. Não

me arrependo e, apesar de cansar muito, amo o que faço. Estou de bem com a vida e agradeço à Deus por tudo e aos meus clientes do bairro Cidade Nova e vizinhos que por ali passam, também aos amigos do Colégio Magnum, Carlos Lacerda e Ana de Carvalho”, afirmou. Gilberto é Gente Nossa, merece, portanto toda nossa consideração e respeito.

A UNIVERSO-BH está com inscrições abertas para 26 cursos de pós graduação em diversas áreas. As aulas acontecem no campus, localizado na rua Parú 784, Nova Floresta. São eles:Análises Clínicas e Medicina Laboratorial;Anatomia e Biomecânica do Movimento Humano;Ciências da Religião;Direito Civil e Processual Civil;Direito da Família;Direito Penal e Processual Penal;Docência no Ensino Superior;Ecologia, Saúde e Desenvolvimento Sustentável;Educação em Unidades Especiais – Sistema Prisional e SócioEducativo;Educação Inclusiva com Ênfase em Reabilitação e Acessibilidade;Enfermagem do Trabalho;Enfermagem Geronto-Geriátrica,Fisiologia e Preparação Física no Futebol;Gestão de Negócios Aplicados a Serviços;Gestão em Operações Logísticas;Gestão Empresarial;Gestão Estratégica de Negócios Educacionais,Língua Brasileira de Sinais;Linguística e Ensino;Literatura Brasileira e Arte;Marketing Estratégico,Neurociências na Atividade Motora e Cognitiva;Neuropedagogia Escolar;Pedagogia na Empresa,Prevenção e Reabilitação de Lesões no Futebol;Programa Saúde da Família e da Comunidade,Saúde Mental;Treinamento Funcional Aplicado à Saúde e à Performance e Treinamento Esportivo e Prescrição de Exercícios.


TRIBUNA - BH

8

Saúde e Beleza Belo Horizonte, 15 de junho a 10 de agosto de 2011 – Edição N. 46

Divulgação

Cabelos bonitos e saudáveis Por Luciana Sampaio - Esteticista

interna, a medula, é exposta e pode sofrer danos. Aprenda as quatro regras básicas para ter um cabelo sempre saudável. Brilho Cabelo brilhante sempre foi comparado com cabelo saudável, mesmo que a saúde de um folículo capilar não possa ser determinada devido a sua localização dentro do couro cabeludo. Esse brilho é devido à luz refletida por uma superfície lisa. Se as cutículas estão abertas, em conseqüência das agressões citadas acima, os fios não retêm água nem proteínas e a superfície do fio de cabelo fica porosa, não refletindo a luz. Condicionadores contento agentes que formam uma película sobre o fio podem aumentar o brilho dos cabelos e ajudar as camadas de cutículas a cobrirem o eixo dos cabelos dando uma aparência mais lisa ao cabelo. Eletricidade estática Pentear ou escovar o cabelo faz com que os fios se tornem carregados negativamente, criando eletricidade estática e deixando os fios arrepiados. Cabelos finos são mais suscetíveis à eletricidade estática que os cabelos mais grossos devido à maior área de superfície da cutícula. Os condicionadores que contêm amônia quaternária podem reduzir a eletricidade estática por produzirem uma carga positiva nos fios, neutralizando a eletricidade estática. Força Condicionadores com ingredientes como proteínas hidrolisadas ou keratina capilar humana hidrolisada, que possuem um baixo peso molecular, ajudam a

aumentar a força dos cabelos. Elas penetram facilmente nos fios, nutrindo-os. Estas proteínas também podem ser usadas para as “pontas duplas”. As “pontas duplas” ocorrem depois que a cutícula protetora foi desnudada das fibras do cabelo em conseqüência de substância química ou trauma físico, mas também pode ser um resultado de escovação vigorosa. Enquanto não há nenhum meio de reverter as “pontas duplas”, aparar as pontas a cada 2 ou 3 meses e tratamentos de condicionamento profundo ajudam a manter os fios flexíveis e com boa aparência. Exposição solar A exposição aos raios UV pode induzir a oxidação das moléculas de enxofre dentro do eixo capilar, que são importantes para a força dos cabelos. Quando ocorre essa oxidação, os cabelos de tornam quebradiços, ressecados e ásperos. Os cabelos descoloridos ou com luzes podem também apresentar pequenas mudanças de cor quando expostos aos raios UV. O cabelo loiro pode desenvolver um “fotodescoloramento”, deixando-os amarelados. Até mesmo os cabelos castanhos podem mudar de cor, tendem a desenvolver uma coloração avermelhada devido à oxidação dos pigmentos de melanina. Para proteger seus cabelos dos danos causados pelos raios solares, procure usar condicionadores “leave-in” que contenham óxido nítrico. Outra proteção são os bonés e chapéus feitos de materiais sólidos. Colaboração: Carlos Henrique e Nádia Ferreira, proprietários do Salão “Carlos e Nádia” Tel. 3423-5757

PROM O Escova inteligente

De R$254,00

61%

O ESPECIAL ÇÃ

O cabelo é a moldura do rosto. Os cabelos têm um papel fundamental na composição da nossa aparência. Por isso a importância de se ter cabelos bonitos e saudáveis e para isso, é preciso ter cuidados diários para tratar e, principalmente, prevenir os danos aos cabelos. Para ter cabelos saudáveis e bonitos são necessários cuidados tão importantes como os cuidados com a sua pele. A melhor maneira de prevenir e reparar as agressões aos cabelos é entender como ocorrem os danos. Os danos aos cabelos resultam de traumas mecânicos e químicos que alteram as estruturas físicas do cabelo. O cabelo tem três camadas básicas, a cutícula, o córtex e a medula. A cutícula é camada mais externa da escala de proteção. É a principal estrutura do cabelo e é responsável pela força, brilho, textura, maciez e maleabilidade dos fios. Existe também uma camada de sebo, uma substância oleosa secretada pelos folículos capilares, que recobre a cutícula e adiciona brilho e maleabilidade ao cabelo. O córtex fornece força ao eixo do cabelo, e determina a cor e a textura. A medula é a camada mais interna onde são determinados o corpo e a força do cabelo. A cutícula pode ser lesada por meios químicos ou mecânicos, como descoloração ou secadores de cabelos. Os fatores ambientais, como exposição à luz solar, poluição, vento, água do mar ou de piscina também podem causar danos. Quando a cutícula é agredida por esses fatores, a proteção é diminuída e as outras camadas do cabelo são expostas. Em alguns casos, até mesmo a camada mais

de desconto

por

R$99,00 Para fazer sucesso pelos sete mares, nada melhor do que desfilar pelo oceano com madeixas soltas e bonitas

O Salão Rodrigo Oliveira Coiffeur, preparou uma oferta esvoaçante. CABELOS MAQUIAGEM MÃOS E PÉS Corte Escova Penteado

Maquiagem Sobrancelha

CORPO

Manicure Depilação Pedicure Unhas de silicone

Agende seu horário: Rua Alberto cintra, 58- Cidade Nova (31)3227-0177 rodrigo.oliveira.coiffeur@hotmail.com


Geral Belo Horizonte, 15 a 27 de junho de 2011 – Edição N. 45

Vale a pena conferir

Presidente João Alberto faz reconhecida administração no Ceasa

O Presidente da CeasaMinas, João Alberto Paixão Lages entregou mais um importante serviço para o pessoal da Ceasa. Trata-se do Núcleo de Promoção à Saúde do Trabalhador da CeasaMinas (NUPSAT), que veio substituir ao antigo Posto de Saúde do local. Em seu discurso durante a solenidade, o Presidente da CeasaMinas, João Alberto Paixão Lages, lembrou que sua gestão é baseada na parceria com o pessoal do entreposto e com a Prefeitura de Contagem e apontou o NUPSAT como fruto dessa parceria. “É dever da administração ouvir as pessoas e eu agradeço a participação de todos na efetivação desse projeto, que dará soluções integrais aos problemas de saúde dos trabalhadores,” disse.

Laíse e Anthony: casamento concorrido

A Igreja Metodista Congregacional no bairro Floresta ficou lotada pelos amigos e familiares do simpático casal Laíse e Anthony, para a realização de concorrida cerimônia religiosa do casal. Felizes da vida, retornando de lua de mel por Buenos Aires e Montevidéo, fizeram questão de deixar uma mensagem para os amigos: “ Ainda que a palavra ‘obrigado’ exprima um dos mais nobres sentimentos, o do reconhecimento e da gratidão, não expressará por inteiro o quanto o gesto atencioso e delicado de vocês foi importante e enriqueceu nosso momento de felicidade. Laíse e Anthony”

Jorge Espeschit, novo Adminsitrador Regional Municipal Nordeste GECOM/Nordeste -PBH

O “dia dos namorados” foi comemorado em alto astral numa noite aconchegante e com muitos casais brindando no Automóvel Clube de Minas Gerais nos dias 11 e 12 de junho.O “ponto alto” da noite foi o show do excelente tecladista e cantor Antônio Balbino que ofereceu aos convidados as grandes “pérolas” do cancioneiro nacional e internacional, tais como: New York New York, Volare, Emoções, Eu sei que vou te amar, As Rosas não falam, Faz parte de meu show, e ainda sucessos de Ray Connif, Beatles e rock dos anos 60, 70,

Arquivo TCN

Tecladista e cantor Antônio Balbino no Automóvel Clube

TRIBUNA - BH

Arquivo TCN

Alessandro Conegundes

CeasaMinas inaugura projeto de promoção à saúde dos trabalhadores

9

Balbino, uma referência de bom gosto para seu evento

Elizabeth Ribeiro preside Conselho de Turismo da ACMinas cafecomqueijo.worldpress.com

Roberto Fagundes, presidente da ACMinas e Elizabeth Ribeiro

Pessoa certa, no lugar certo. A empresaria e Diretora da ACMinas Maria Elizabeth Marques Ribeiro, foi empossada como a nova presidente do Conselho de Turismo e Evento da Associação Comercial e Empresarial de Minas. A nova presidente do Conselho relatou as ações e projetos na área do turismo e no segmento de eventos, que serão desenvolvidos durante a sua gestão. Segundo Elizabeth, o conselho de turismo e evento da ACMinas atuará de forma conjunta com outros conselhos, visando um objetivo maior que é Minas Gerais.

Jorge Epeschit já ocupou diversos cargos e funções na PBH

Profissional experiente no trato da coisa pública e que conhece muito bem a região nordeste e suas demandas, o Engenheiro Ambientalista Jorge Espeschit assume a Regional Nordeste no momento em que ela vai demandar muita habilidade e interação com a comunidade local, o que possibilitará levar adiante uma série de projetos importantes que estão a caminho de nossa região. Confiamos e desejamos pleno sucesso à Adminsitração de Jorge Espechidt na Regional Nordeste esperando que, diferente de administrações anteriores, faça prevalecer de fato e colcocar acima de questões político-partidárias, o real interesse de nossa comunidade.


TRIBUNA - BH 10

Utilidade Pública Belo Horizonte, 15 de junho a 10 de agosto de 2011 – Edição N. 46

Divulgação/CMBH

Câmara Municipal, casa do povo

Núcleo de Cidadania da Câmara Municipal completa 10 anos 2008, o ex-Presidente da Câmara, Betinho Duarte, no biênio 2003-2004, que idealizou e implantou o Restaurante Popular da Câmara Municipal de BH, o primeiro dentro de uma Casa Legislativa, no Brasil. Tirar documentos, procurar emprego, resolver conflitos judiciais ou nas relações de consumo; consultar gratuitamente a internet e fazer refeições balanceadas a baixo custo são algumas das atividades que a população pode realizar dentro da Câmara Municipal, o que torna mais apropriada sua denominação como a Casa

do Povo, de fato. Para se ter uma idéia do sucesso desta iniciativa, apenas nos primeiros seis meses de 2011, mais de 160.000 pessoas procuraram pelos serviços ali prestados diariamente. Pelo Procon Municipal, foram realizadas cerca de 5.410 atendimentos; no Sistema Nacional de Emprego – SINE, 9.312; Posto de Identificação 9.822 e Internet Popular 7.037. No Restaurante Popular, foram servidas 122.590 refeições a um custo de R$2, fornecendo alimentação de qualidade para os usuários.

Restaurante Popular, uma grande conquista. O Restaurante Popular João Bosco Murta Lages, está localizado no prédio da Câmara e somente nos seis primeiros meses de 2011 já serviu mais de 130 mil refeições, além do tradicional café da manhã. Mantido pela Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal Adjunta de Abastecimento, o Restaurante Popular está aberto de segunda à sexta-feira, de 7h às 8 horas, para o café da manhã, e de 11h às 13h45 para o almoço. Tem capacidade para 120 pessoas sentadas e serve, em média, 1.300 refeições diárias. Betinho Duarte, ex-presidente da Câmara Mu-

nicipal de Belo Horizonte teve visão para implantar o restaurante da PBH na Câmara, que oferece, há sete anos, comida de qualidade a preço acessível. Ele explicou como surgiu a idéia de implantar uma unidade do Restaurante Popular na Câmara.“ A questão social sempre foi preocupação nossa. Existem milhares de pessoas passando fome. Além disso, a Câmara fica próxima a uma escola pública, a um quartel da Polícia Militar, duas favelas, final de ponto de onibus e do Hospital Mário Pena que trata de pessoas com câncer. Quando implantamos o Restaurante, pensamos nessas

pessoas e nos funcionários terceirizados, que possuem salários menores, que traziam marmita de casa”, comentou. Ainda, de acordo com Betinho Duarte, o Restaurante Popular possui um efeito multiplicador, porque ampliou o trânsito de pessoas na Casa que além de conhecê-la podem apresentar suas reivindicações e sugestões. A Câmara Municipal de Belo Horizonte é a primeira e única no país a abrigar um restaurante popular. Na oportunidade em que recebeu a justa honraria, agradeceu a todos pela homenagem, enalteceu a importância do Núcleo e seu constante crescimen-

folhabv.com.br

ocasionar riscos, para o desenvolvimento pessoal e social, tanto da adolescente quanto de seu filho. A Política Municipal de Prevenção e Atendimento à Gravidez na Adolescência vai proporcionar atendimento ambulatorial e pré-natal. Além disso, pretende dar apoio psicológico grupal, individual e de orientação psicossocial. As ações serão desenvolvidas nos serviços de saúde e nas escolas municipais da cidade. O trabalho contará com uma equipe interdisciplinar, formada pelos mais diversos profissionais, ou seja, médicos, psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros

Betinho Duarte, ao lado do então Diretor-Geral da Câmara em sua gestão, Eugênio Oliveira, tornou o Restaurante Popular uma referência nacional.

to, ratificando também o apoio que teve dos vereadores e, de modo especial, dos profissionais da Câmara que não mediram

esforços e competência para viabilizar o Restaurante Popular, uma grande conquista, verdadeiro desafio.

Em BH, whisky, vinho e cerveja só no canequinho

Prevenção e atendimento à gravidez na adolescência agora é lei Belo Horizonte conta agora com mais um mecanismo de orientação aos adolescentes. A Lei 10.191, que cria a Política Municipal de Prevenção e Atendimento à Gravidez na Adolescência, de autoria da vereadora Pricila Teixeira (PTB). O objetivo é prevenir a gravidez precoce, fornecer orientações sobre os métodos contraceptivos e envolver a família na discussão do assunto. Pricila Teixeira explica que sua preocupação com o alto índice de adolescentes grávidas em Belo Horizonte se justifica pelo fato de existirem diversos estudos indicando que a gravidez precoce pode

Ao lado de Betinho Duarte, Alexandre Gomes e Léo Burguês, Sérgio Ferrara, pai do exvereador Ferrara Filho, fundador do Núcleo de Cidadania, falou emocionado durante a justa homenagem a seu filho.

Arquivo TCN

Agiu acertadamente o Presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, vereador Léo Burguês, ao realizar um grande evento para comemorar os 10 anos de criação do Núcleo de Cidadania da Câmara. Na ocasião, vereadores, parceiros do projeto e autoridades convidadas descerraram uma placa em homenagem ao fundador do Núcleo, Sérgio Ferrara Filho, ex-vereador e ex-presidente da Casa no biênio 2001-2002, falecido em 2008 e agraciaram com o Grande Colar do Mérito Legislativo Municipal

A gravidez na adolescência é considerada de alto risco pelos médicos

e educadores. A Lei permite que sejam firmados convênios com órgãos federais, estaduais e entidades. “Nossa intenção é fornecer o máximo de informações ao adolescente, para que ele tome decisões conscientes em relação à sua saúde sexual e reprodutiva”, comenta a autora da lei.

Empolgados pelo sucesso da lei que proíbe o uso de sacolas plástica no comércio varejista em Belo Horizonte, o vereadores aprovaram, em segundo turno, o Projeto de Lei 839/09, que proíbe todos estabelecimentos comerciais de lazer de vender bebidas em geral em garrafas e consequentemente o uso de copos de vidro. O projeto foi para o prefeito Márcio Lacerda sancionar ou vetar. Bebidas no copo de papel ou no “canequinho de alumínio” é o que poderá ocorrer caso o projeto seja sancionado. As boates e bares terão 120 dias para se adaptarem à nova lei, podendo sofrer multas e em caso de três notificações, serão fechadas. A justificativa é para combater a violência nas boates e bares da capital, porque as garrafas são usadas como armas durante as brigas.


Sala de Visitas Belo Horizonte, 15 a 27 de junho de 2011 – Edição N. 45

11 TRIBUNA - BH

Divulgação

Acir Antão: paixão por Belo Horizonte

Acir Antão: simplicidade,cultura e talento.

C

om muita satisfação o TCN recebe em sua sala de visitas uma das maiores expressões da comunicação e cultura mineira, o estimado amigo Acir Antão. Reconhecido e respeitado jornalista e radialista, conhece, como poucos, a história e vida em nossa cidade, capital. Por sua cidade natal, ele se manifesta com simplicidade e competência em todas as suas tribunas, seja no rádio, no jornal ou nos palcos quando se apresenta como

cantor. Sua bagagem cultural não tem limites e trafega com a maior desenvoltura seja em qual for o tema ou situação, desde a violência urbana; o abandono da Pampulha, atendo ao comportamento de nossas autoridades, e cobrando, sem trégua, obras do Anel Rodoviário, do interminável Metrô, e por aí afora. Acir se irrita com a “a ausência de nossas autoridades políticas com os problemas da capital”. Sua experiência é larga nesta área, porque

é repórter político e integra o Centro de Cronistas Políticos e Parlamentares de Minas Gerais CEPO – onde já foi presidente. Mas as habilidades de Acir Antão se estende também na área cultural. Como se não bastasse sua preocupação com o bem estar de nossa gente, as habilidades de Acir Antão se estendem também na área cultural. É é um excelente cantor, com um CD gravado, durante o centenário de BH; levou, no ano passado, paras

os palcos do Estado o show somente com as músicas do gaúcho de Lupiscínio Rodrigues e atualmente prepara o espetáculo Acir Antão cantando BH, com recursos do Fundo Municipal de Cultura. O repertório celebra músicas que contam a história de BH, além de hinos dos clubes da Capital, músicas de carnaval do início da cidade e também sambas , inclusive do período que Noel Rosa morou por aqui. Nos microfones da

Rádio Itatiaia, ele está desde 1965, com um programa de variedades de segunda a sábado, de 8h30 às 9h30, e aos domingo, de 10 às 12h55h, com o ponto “A Hora do Coroa”. Ele elogia a emissora quando declara que inovou o rádio mineiro com destaque para o noticiário e reportagens. Tem interação com o público. “A programação da rádio inclui diversos temas, problemas, assuntos interessantes para o público” finaliza o experiente Jornalista e radialista.


ClassiBox

t

r

i

Anuncie! LIGUE: (31) 3484 0480 / 9955 8447 / 9741 6457

A n u n c i e NO

ClassiBox t

r

i

b

u

n

a

Ligue para (31) 3484 0480 / 9955 8447 / 9741 6457

b

u

n

a

Tribuna Cidade Nova - Edição 46  

Tribuna Cidade Nova - Edição 46

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you