Issuu on Google+

Distrito 4520

Resumo Reunião de 16/07/2013 REUNIÃO 23/07 Programa das reuniões para o Ano Rotário

Local da Reunião – San Francisco Flat Pauta: Apresentação do Plano de Atividades para o Ano Rotário.

Presenças: Presidente Teresa Cristina Alvarenga; Vice-Presidente João Henrique Torres; Secretário Alexandre Marchiori; Luis Rogério Mitraud, Roberto Alvarenga, Ana Maria e Silvana. Abertura: Iniciou a reunião convidando a todos para de pé, saudarem o Pavilhão Nacional. Assuntos tratados: -A presidente Teresa Cristina iniciou a reunião informando a necessidade de fortalecer o Club através do aumento do quadro associativo. Apresentou o novo site do club www.rotaryclubcidadejardim.com e suas principais funcionalidades. Salientou que temos que aproximar e promover com o Rotaract e Interact,

convidando-os a participar de nossas reuniões. - O secretário Alexandre, fez uma breve apresentação sobre “O que é Planejamento” bem como a apresentação do Mapa Estratégico que ainda está em fase de desenvolvimento. -Compª Silvana, falou sobre como está nossa intercambista no México, afirmando que ela está gostando muito da sua estadia lá. Que está muito feliz. - Compª Ana, sugeriu que adotássemos o “trabalho de intercâmbio” como sendo algo natural do nosso clube, já que temos aptidão para mexer com os jovens. Encerramento, nada mais havendo a tratar, a Presidente Cristina agradeceu a presença de todos, e, após, encerrou a reunião.

REUNIÃO 30/07 A ser programada

ANIVERSARIANTES Dia 26 - Aniversário de casamento de Márcia e do comp. Celso Luiz

DATAS IMPORTANTES JULHO Dia 23 - Dia do Guarda Rodoviário Suicida-se, em Guarujá, Inventor Santos Dumont (1932) Dia 24 - Nasce em Caracas, Venezuela, Simon Bolívar (1783) Dia 25 - Dia do Motorista (Lei nº 5.032/66) - Dia do Escritor Dia 26 - Dia da Vovó Dia 29 - Nascimento da Princesa Isabel (R J, 1846)


Distrito 4520

Viver Rotary, Transformar Vidas Ron D. Burton

Há 26 anos eu estava entre os integrantes da turma de governadores do Rotary que iniciou o trabalho de erradicação da paralisia infantil. A lição mais importante que aprendemos é que independente de vivermos em um país onde não havia casos de pólio há 30 anos ou em uma região onde eram registrados milhares de casos por mês, nós podíamos fazer algo para ajudar. Podíamos evitar que crianças levassem suas vidas em cadeiras de rodas, usando muletas ou se arrastando pelo chão. Todos nós percebemos que, através do Rotary, podíamos transformar vidas. O desafio para os líderes do Rotary de todos os níveis — para mim, e para os presidentes de clubes — é assegurar que cada rotariano viva esta experiência de epifânia, o momento de se dar conta do que o Rotary é as portas que ele abre e o privilégio de ser rotariano. Creio que os melhores dias do Rotary ainda estão por vir. Estamos escrevendo as últimas páginas de um capítulo da história do Rotary à medida que avançamos para o fim da pólio. E estamos escrevendo as primeiras páginas de um novo capítulo à medida que colocamos em prática nosso Plano Visão de Futuro. O Plano Visão de Futuro significa uma nova era para nossa Fundação Rotária. Ele elevará o Rotary a outro patamar, incentivando projetos internacionais

maiores e mais sustentáveis, e ao mesmo tempo proporcionando maior flexibilidade para projetos locais. Em ambos os casos, colocando em primeiro lugar as necessidades das comunidades beneficiadas. Esta é uma enorme transição, e ajudar os clubes a passarem por ela é parte do trabalho dos governadores e dos presidentes de Comissão Distrital da Fundação Rotária. Em minha região, o estado de Oklahoma - EUA, quando alguém fala demais, pedimos para que aposte no que diz. Bom, eu falo muito a respeito de nossa Fundação Rotária, mas também contribuo para ela, pois creio que a Fundação deve ser a entidade filantrópica preferida de todo rotariano, principalmente um líder do Rotary. Se você for pedir outras pessoas para doarem, você deve ser um doador. Isto é o que entendo por “liderar dando o exemplo”.

Precisamos convidar as pessoas para se associarem ao Rotary. Cada um de nós deve fazer isso, não apenas a pessoa ao seu lado, o responsável pela Comissão de Desenvolvimento do Quadro Associativo e Retenção, ou um colega que você acha que seja melhor nesse assunto ou que tenha mais tempo. O quadro associativo não é um trabalho dos outros; é um trabalho meu e de vocês, é uma oportunidade de todos os rotarianos.


Distrito 4520

Precisamos convidar as pessoas. Encontrem pessoas que, de uma maneira ou de outra, estão esperando para ser convidadas. Encontrem pessoas que nunca pensaram em se associar ao Rotary e peça a elas que visitem seus clubes. E se fizerem um bom trabalho e elas aceitarem o convite, seu trabalho não terá acabado, e sim apenas começado. Novos associados precisam de mentores, precisam se sentir parte do clube, desempenhar uma função significativa e se sentir satisfeitos no Rotary. Precisamos fazer uma lista das pessoas que estão saindo e descobrir porque elas estão fazendo isso e como podemos evitar que isso aconteça. Em 1987, o Rotary teve a oportunidade de expandir seu quadro associativo com a entrada de mulheres. Temos também que melhorar quanto à associação de jovens. Devemos garantir que os atuais rotaractianos, interactianos, participantes do RYLA, do Intercâmbio de Jovens, do Intercâmbio de Grupos de Estudos e Bolsistas Rotary pela Paz sejam os rotarianos de amanhã.

reuniões, ou outros parâmetros de um clube existente, ou considerarmos a adoção de novos formatos para clubes novos. Devemos ser sinceros conosco mesmos e estarmos dispostos a nos adaptarmos. Todo rotariano deve se perguntar: Eu me associaria ao meu clube hoje? Se a resposta for não, pergunte-se por quê. Que mudanças devem ser efetuadas para que seu clube seja mais atraente e o faça sentir orgulho? Todo rotariano é diferente. Todos nos associamos ao Rotary por motivos diferentes, com base na grande diversidade que existe entre as pessoas. Algumas vezes, as razões pelas quais você se associou não são as mesmas pelas quais você continuou na organização. No entanto, cada um de nós e cada um que assumiu o compromisso de ocupar uma função de liderança no Rotary já teve a experiência de identificar um fator especial que nos deixa entusiasmados pelo Rotary. E independente de qual seja esse fator, esse sentimento que os levou a ser rotarianos por toda a vida, é isso que gostaria que compartilhassem e ajudassem outras pessoas a também encontrar.

Em muitos casos, devemos incentivar os clubes a serem mais flexíveis com algumas de suas regras e Quando os rotarianos se envolvem e vivem o tradições. Isto não significa que devam mudar por Rotary, eles transformam vidas. É por isso, meus completo; significa que os tempos mudaram e companheiros que o nosso Lema para 2013-14 é devemos estar dispostos a mudar se quisermos Viver Rotary, Transformar Vidas. sobreviver. Temos que fazer nossa parte e Ron D. Burton estarmos dispostos a mudar os horários e locais de


Distrito 4520

BIOGRAFIA PRESIDENTE DO RI Ron D. Burton Rotary Club de Norman, Oklahoma, EUA Presidente do Rotary International, 2013-14 Ron D. Burton se aposentou como presidente da University of Oklahoma Foundation Inc. em 2007. Ele é membro da Ordem de Advogados do Supremo Tribunal dos EUA, da Ordem de Advogados de Oklahoma, da Ordem de Advogados do Condado de Cleveland e da Ordem de Advogados dos Estados Unidos. Ele pertence à seção ABA do Comitê de Organizações com Isenção Fiscal, e à seção ABA do Comitê de Homologação e Mercado Imobiliário que abrange organizações sem fins lucrativos. Ron foi vice-presidente do conselho Last Frontier dos Escoteiros da América e recebeu o prêmio Silver Beaver, além do reconhecimento Norman United Way e prêmio cívico Voluntário do Ano da Junior League. Serviu à Fundação Rotária como vice-chair e membro do Conselho de Curadores, vice-chair da Comissão Visão de Futuro, e membro da Comissão Internacional Pólio Plus e do Bureau de Oradores Pólio Plus. Foi consultor nacional da Iniciativa do Fundo Permanente, membro da equipe de Líderes do Fundo Permanente e consultor para a Comissão de Desenvolvimento. Também serviu como coordenador regional da Fundação Rotária e moderador de treinamento para estes coo’rdenadores. Ron Burton recebeu o Prêmio Dar de Si Antes de Pensar em Si, Prêmio por Serviços Eminentes, Menção da Fundação Rotária por Serviços Meritórios e o Prêmio por Atuação em Prol de um Mundo Livre da Pólio. Ele e sua esposa, Jetta, são Companheiros Paul Harris, Benfeitores, Doadores Extraordinários e membros das Sociedades Paul Harris, Arch C. Klumph e de Doadores Testamentários.

“O Futuro do Rotary está em suas mãos!” Vamos continuar a reescrevê-lo.


Boletim 2103