Page 1


REGULAMENTO DO CONCURSO DE ESCRITA NA MODALIDADE DE CONTO “ A Liberdade…formas de sentir”

Enquadramento do concurso A BIBLIOTECA MUNICIPAL DE COIMBRA/SABE, no âmbito das suas funções de promoção da leitura e da escrita, propõe a realização de um concurso de escrita, na modalidade de conto, em parceria com a editora TRINTA POR UMA LINHA e a Associação Cultural TROPELIAS & COMPANHIA. Incentiva-se a que os docentes realizem com os alunos atividades motivadoras, nomeadamente oficinas de escrita e leituras alusivas ao tema, de modo a estimular a sua imaginação e incentivar a escrita como forma de expressão.

Artigo 1.º (Condições de admissão) Podem participar os alunos de todos os ciclos de ensino das escolas da Rede Concelhia de Bibliotecas de Coimbra, nomeadamente do 1º ciclo (3º e 4º ano de escolaridade), 2º e 3º ciclos e secundário. Artigo 2.º (Tema) 1. O tema do concurso é “ A Liberdade…formas de sentir”, correspondendo este tema a um repto lançado a professores e alunos para comemoração dos 40 anos do 25 de Abril (1974 – 2014). 2. O género literário elegível para efeito deste concurso é o conto. 3.O texto apresentado não deve ser ilustrado, podendo no entanto ser acompanhado de ilustração sugestiva independente do texto. A ilustração é contudo irrelevante para a classificação. 4 A criatividade deverá ser estimulada recorrendo a leituras alusivas informativas, curriculares ou lúdicas, no sentido de enriquecer, esclarecer, interpretar e escrever sobre o tema do concurso. 5. O texto não deve exceder 1 folha A4 (2 páginas).

Rede Concelhia de Bibliotecas de Coimbra Concurso de escrita na modalidade de conto– “A Liberdade…formas de sentir”

2


Artigo 3.º (Escalões dos concorrentes)

Os concorrentes serão repartidos em 4 escalões: 1.º Escalão - alunos do 1.º Ciclo (3º e 4º anos de escolaridade) 2.º Escalão - alunos do 2.º Ciclo 3.º Escalão – alunos do 3.ºCiclo 4.º Escalão – alunos do Ensino Secundário

Artigo 4.º (Divulgação do concurso e prazos) O anúncio do concurso será feito nas escolas através dos Professores Bibliotecários e na Biblioteca Municipal, será igualmente divulgado na página em linha das respetivas Bibliotecas Escolares, e dele constarão as datas do concurso, apresentação de resultados e publicitação dos vencedores.

Artigo 5.º (Fases do Concurso) O concurso desenvolve-se em duas fases: 1ª Fase - Fase Escola

- de 05 novembro a 28 de Fevereiro.

2ª Fase: Fase Concelhia – até 07 de Março entrega dos contos na BMC/SABE.

Artigo 6.º (Fase Escola) Cada Escola/Estabelecimento de Ensino, através da equipa da Biblioteca Escolar ou de um júri constituído para o efeito, selecionará três contos do 1º ciclo de ensino e um conto pelos restantes ciclos de ensino ( 2º, 3º e secundário).

Rede Concelhia de Bibliotecas de Coimbra Concurso de escrita na modalidade de conto– “A Liberdade…formas de sentir”

3


Artigo 7.º (Fase Concelhia) Os trabalhos selecionados na fase escola devem ser entregues na Biblioteca Municipal/SABE até 07 de Março (data limite). São depois analisados pelo júri nomeado para o efeito. Artigo 8.º (Participação) 1. Cada concorrente poderá apresentar apenas um trabalho individual, sendo obrigatória a inscrição de um título. 1.1 Não são permitidos contos coletivos. 2. Os concorrentes serão responsáveis pela originalidade dos trabalhos apresentados, garantirão a sua autoria e assumirão toda a responsabilidade decorrente de reclamações de terceiros no que diz respeito a direitos de autor e direitos conexos. 3. Os contos selecionados em cada Escola/Estabelecimento de ensino devem ser enviados via correio eletrónico para, lurdes.branco@cm-coimbra.pt . 3.1. Os ficheiros digitais deverão conter o nome do concorrente, ano/turma e estabelecimento de ensino. 4. Será da responsabilidade de cada Escola/Estabelecimento de Ensino garantir o envio dos contos selecionados à sede do Concurso – BMC/SABE, até 07 de Março. 5. Serão rejeitados os trabalhos que não obedecerem às normas atrás indicadas.

Artigo 9.º (Júri concelhio) O júri concelhio foi designado pelo Grupo de Trabalho da Rede de Bibliotecas de Coimbra 1. Constituição:  Carla Fernandes (PB ESAB)  Margarida Menezes (PB ESIDM)  Isabel Torre (PB AEEC)  Nazarete Catré (PB AEEC)  João Manuel Ribeiro (Editora)  Lurdes Branco (BMC/SABE) 2. Competências: Cabe ao júri nomeado: a. A seleção dos três melhores contos por escalão / nível de ensino (1º, 2º e 3º prémios), correspondente ao 1º, 2º e 3º lugar, tendo em conta a sua originalidade, criatividade e correção ortográfica, no total de 12 contos. b. A divulgação da lista dos vencedores. Rede Concelhia de Bibliotecas de Coimbra Concurso de escrita na modalidade de conto– “A Liberdade…formas de sentir”

4


3. O júri reserva o direito de não escolher nenhum dos contos enviados. 4. Das decisões do júri não haverá reclamações.

Artigo 10.º (Prémio) 1. Os contos premiados serão divulgados em suporte eletrónico pelas Bibliotecas Escolares do GTC, Biblioteca Municipal e comunicação social, bem como em sessão pública a divulgar oportunamente, apontando-se para o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor. 2. Os prémios deste concurso serão constituídos por diplomas, marcadores e livros e algumas surpresas a oferecer pela BMC, RBE e TRINTA POR UMA LINHA. 3. Serão também atribuídas pelo júri MENÇÕES HONROSAS. 4. Todos os participantes recebem certificados de participação. Artigo 11.º (Direitos de Propriedade) Ao participar no concurso, os concorrentes aceitam ceder à Rede Concelhia de Bibliotecas de Coimbra, à Biblioteca Municipal e à editora os direitos de propriedade dos trabalhos selecionados (os doze premiados e eventualmente algumas menções honrosas) permitindo a sua publicação graciosa se forem reunidas condições para esse efeito. Artigo 12.º (Casos omissos) Os casos omissos e as dúvidas de interpretação deste regulamento serão resolvidos pelo Júri.

Artigo 13.º (entrada em vigor)

O presente regulamento entrará em vigor a partir do 2 de Novembro de 2013.

Artigo 14.º Do presente regulamento faz parte integrante a tabela de planificação abaixo apresentada e aprovada pelo grupo de trabalho em reunião concelhia.

Rede Concelhia de Bibliotecas de Coimbra Concurso de escrita na modalidade de conto– “A Liberdade…formas de sentir”

5


Concursos Concelhios - Fase 2 (final concelhia) Cada escola/pólo fará chegar ao SABE da BMC, para apreciação do júri, o número de produtos/trabalhos, de acordo com a seguinte tabela de planificação aprovada pelo GTC para todos os concursos escritos faseados. agrupamento

AE Coimbra Centro

escola

Níveis de ensino 1º CEB

2º CEB

3º CEB

EB Poeta Manuel da Silva Gaio

3

1

1

5

EB nº 2 de São Silvestre

3

1

1

5

ES Jaime Cortesão

SEC

1 Total de agrupamento

AE Coimbra Oeste

1

11

EB Inês de Castro

3

1

1

5

EB n.º 2 de Taveiro

3

1

1

5

ES D. Duarte

1 Total de agrupamento

AE Coimbra Sul

TOTAL

1

11

EB de Ceira

3

1

1

5

EB Dra. Maria Alice Gouveia

3

1

1

5

Total de agrupamento

10

Eugénio de Castro

EB Eugénio de Castro

3

1

1

5

Martim de Freitas

EB Martim de Freitas

3

1

1

5

Rainha Santa Isabel

EB Rainha Santa Isabel

3

1

1

Não agrupada

ES Avelar Brotero

Não agrupada

ES Infanta D. Maria

Não agrupada Não agrupada Não agrupada

ES Quinta das Flores

Não agrupada

Colégio de São Teotónio

Não agrupada Não agrupada

5 1

1

1

1

2

ES José Falcão

1

1

2

ES D. Dinis

1

1

2

1

1

1

3

1

1

1

Instituto Educativo de Souselas

1

1

1

6 3

Colégio Apostólico da Imaculada Conceição

1

1

1

3

10

69

3

Subtotal

30

13

16

Rede Concelhia de Bibliotecas de Coimbra Concurso de escrita na modalidade de conto– “A Liberdade…formas de sentir”

6

Regulamento concurso escrita criativa  

Realização de um concurso de escrita criativa- regulamento do concurso - rede de bibliotecas de Coimbra

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you