Issuu on Google+


Já fechou a programação de veiculação da sua marca para 2012?


foto: Shutterstock

Anuncie na RBA e tenha ótimos benefícios Fale direto com os administradores e empresários das maiores empresas do país.

Conecta Marketing Direto publicidade@cfa.org.br (11)4208-2883


retranca sucesso

Gran Cursos, 500 mil alunos aprovados em concursos de todo o país

Por Antonio Marcello

Fotos: João Vascolcelos

De menino pobre a diretor-presidente de um dos maiores empreendimentos na área do ensino para concursos públicos, o itinerário de Wilson Granjeiro – um professor sempre em busca de fazer de seus alunos cidadãos de sucesso – iniciou em 1989, com a abertura do Obcursos, empreendimento que deu origem a atual holding Gran Cursos.

52

RBAÊU SETEMBRO/OUTUBRO DE 2011


E

m 2006, Andréa Maria Nogueira Cajueiro, matriculou-se em um curso preparatório para concursos públicos. No final do módulo, saiu o edital da Advocacia Geral da União (AGU) oferecendo vagas na sua área de formação. Algumas matérias do conteúdo programático ela já havia visto no módulo introdutório e as matérias de administração estavam ainda frescas em sua memória. Para alcançar seu objetivo – passar no concurso - ela reduziu o ritmo de lazer e evitou dormir tarde. Nos quarenta dias que faltavam para o concurso, dedicou quatro horas diárias aos estudos, incluindo sábados e domingos. Fez um planejamento de estudo, dando especial atenção às matérias que considerava mais difíceis: português, direito administrativo e informática, não deixando de estudar também administração pública e legislação específica. Apesar da rigidez do planejamento, não deixou de achar tempo para sair com os amigos, namorar, visitar a família e dançar, seu hobby preferido. No dia da prova sentia-se confiante, tranquila, sem stress. Valeu o esforço. Aprovada em primeiro lugar, em Brasília, e em terceiro lugar em nível nacional, ela credita seu sucesso “à qualidade do ensino e dos professores do curso preparatório, mas também à minha organização, disciplina e dedicação ao curso de administração, como também, ao apoio recebido de minha família”. Esse foi o primeiro concurso para o qual se candidatou, mesmo asRBA U SETEMBRO/OUTUBRO DE 2011

sim não abriu mão de estudar, se aprimorar e tentar outros concursos. “Sempre pensei que passar em concurso público era uma tarefa quase impossível, pois a quantidade e o nível dos concorrentes são altos. Entretanto, acreditei em mim e na possibilidade de me preparar para superar a concorrência”. Esta história de sucesso de Andréa soma-se a outros alunos do Gran Cursos contratados no serviço público ao longo dos 22 anos de existência da instituição nascida do sonho de um grupo de treze professores que, em função da falta de cursos regulares voltados para concursos públicos – à época os cursos eram pontuais, ministrados especificamente para determinado edital — viram ali um novo nicho do mercado. Inaugurado em agosto de 1989, o Obcursos estabeleceu como meta preparar candidatos por meio de um ensino permanente de qualidade, moderno e atraente. Esta estrutura de ensino e aprendizagem para concursos públicos, capitaneada por Wilson Granjeiro, que já havia sido aprovado em oito concursos – superou expectativas ao se transformar na maior holding do gênero no país. “Aos poucos, aquele grupo se dispersou, alguns professores foram aprovados em concursos, outros mudaram para o exterior. Só sobramos eu e minha esposa do grupo original”, relembra Granjeiro, que hoje divide a gestão do Gran Cursos com sua esposa Ivonete, graduada em Direito e Pedagogia e doutoranda na Universidade de Brasília (UnB).

Com o boom dos concursos públicos, intensificado a partir de 2003, o Obcurso deslanchou

Com o boom dos concursos públicos, intensificado a partir de 2003, no primeiro governo do presidente Lula, quando foram contratados 127 mil pessoas no Poder Executivo por meio de concurso, o Obcurso deslanchou. O tão esperado sucesso se concretizou. A linha de produtos diversificou-se de tal maneira que, em 2009, era criada a holding Gran Cursos, para abrigar todas as marcas criadas no decorrer dos anos: Cursos Regulares, Plêiade, Facon, Gran Instituto de Língua Portuguesa, Gran Pós, Gran Júris, Gran Vestibulares, Gran Virtual, Gran Eventos e Editora Gran Cursos.

Dias difíceis A história de vida do professor Granjeiro é pautada pela coragem, determinação, disciplina, superação e vontade de vencer. O primeiro obstáculo enfrentado foi a pobreza. De origem humil53


sucesso de, ele nasceu em Encanto ( RN). Em busca de melhores condições de vida, seus pais vieram para Brasília trazendo o filho de oito anos de idade. O depoimento de José Moacir de Souza Vieira, empresário de sucesso no Distrito Federal, no livro A disciplina de um maratonista – lições de vida, corrida e concurso, sintetiza a luta do atual diretor-presidente da holding Gran Cursos. Moacir conta que o menino Wilson foi criado entre vendas de picolés, escolas públicas, necessidades e carências. Ainda pequeno, passou a estudar à noite, pois tinha de trabalhar todos os dias para ajudar nas despesas da casa. Depois, veio o emprego numa firma de construção civil em Brasília. Mais tarde, formou-se em Administração e passou a ser aprovado em todos os concursos a que concorria. Wilson tornou-se professor, escritor e conferencista no Gran Cursos, onde ainda forma muitos times, com milhares de aprovados

54

Nossa meta para os próximos cinco anos, é estar presente em todo o Brasil e aprovar mais 500 mil alunos Wilson Granjeiro

para o serviço público. Do menino descalço ao empresário da educação, desta que é considerada, nacional e internacionalmente,a maior e melhor escola de preparação para concursos públicos de todas as ordens, Granjeiro trilhou um longo e difícil caminho, mas com final vitorioso, ressalta Moacir. Depois de tornar-se professor de Direito Administrativo e de Administração Pública, Granjeiro é hoje dono do maior grupo empresarial do ramo de cursos preparatórios para concursos públicos do Brasil: uma rede preparatória com dezoito unidades – seis delas próprias e doze franqueadas – localizadas em todo o Distrito Federal e em outros estados brasileiros. A holding contabiliza números impressionantes: 500 mil alunos já passaram em concursos em todo o Brasil; 1,7 mil pessoas empregadas – 600 funcionários de apoio,1.100 professores; 29 mil alunos matriculados atualmente (cerca de

RBAÊU SETEMBRO/OUTUBRO DE 2011


50 mil alunos/ano). “A meta para os próximos cinco anos, é estar presente em todo o território nacional e colocar mais 500 mil alunos nos diversos órgãos públicos brasileiros”, prevê Granjeiro. Ele acredita que pode alcançar estas metas difíceis, mas não impossíveis, e explica as razões dessa certeza: “O cenário para este negócio bilionário de concursos públicos – que movimenta perto de R$50 bilhões por ano nos diversos segmentos – é bastante positivo. Até 2015, 452 mil funcionários públicos estarão se aposentando voluntariamente. Isso apenas no Governo Federal. Sem contar as aposentadorias por morte, acidente, demissão, exoneração, etc. Este pessoal precisa ser reposto para que a máquina continue a funcionar”, calcula. Outros dados comprovam um cenário extremamente promissor: substituição obrigatória por lei, até 2013, dos empregados terceirizados; grande número de empresas públicas e agências reguladoras que deverão ser criadas, em função, por exemplo, do Pré-sal e dos grandes eventos que acontecerão no Brasil (Olimpíadas e a Copa do Mundo); crescimento da população. “Além disso, os milhares de brasileiros que se encontram no exterior e estão interessados em retornar ao Brasil, por causa da crise nos Estados Unidos e Europa, formam um contingente de mercado muito promissor, principalmente para os projetos de ensino a distância em tempo real, que deve entrar em funcionamento no próximo ano”, comemora Granjeiro. RBA U SETEMBRO/OUTUBRO DE 2011

Infraestrutura para alcançar estas metas o Gran Cursos possui: equipe de professores selecionados; material didático da Editora Gran Cursos, cujos autores contam com a experiência e excelência de uma empresa com duas décadas de tradição; cursos exclusivos para cada concurso; instalações completas e confortáveis em moderníssimo campus, com arquitetura e paisagismo de Oscar Niemeyer; cumprimento de ampla carga horária – nos três turnos: manhã, tarde e noite; sistema eletrônico de identificação; estacionamento; segurança. A holding exibe um bem montado laboratório de informática com salas de estudos, música ambiente relaxante; estrutura para portadores de necessidades especiais; lanchonete; Sistema de Extensão Acadêmica (Apoio Acadêmico On-line); atendimento pós-concursos; livraria com obras da Editora Gran Cursos; batalhão Escolar da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). As salas de aula da escola – todas climatizadas – oferecem recursos multimídia, estimulação cromoterápica, sistema de amplificação sonora para o professor; intercomunicação para o professor.

Perfil dos concurseiros Boa parte dos ex-alunos dos cursos presenciais ministrados pelo Gran Cursos admite ter feito um curso do tipo “pacote dirigido para o concurso dos sonhos”: matricularam-se em algumas Plêiades (cursos por matérias, visando ao aprofundamento de conteúdos de peso ou em que tinham dificuldade); e, no fim da preparação, já próximo à data da prova, inscreveram-se em

Até 2015, 452 mil funcionários públicos estarão se aposentando

cursos de exercícios. “Percebi que os concurseiros que haviam se matriculado em mais Plêiades alcançaram as melhores classificações. Os cursos por matérias fizeram a diferença”, conta Granjeiro. Em uma pesquisa realizada pela instituição, os concurseiros responderam um questionário e as respostas forneceram dados para que fosse traçado o mapa do perfil, das estratégias e dos atributos dos candidatos a concursos públicos. As conclusões: UÊ 78% dos entrevistados têm entre 17 e 29 anos e os restantes entre 30 e 47 anos de idade; UÊ 84% possuem formação superior e 16% concluíram o nível médio; UÊ 62% estudaram entre 4 e 6 horas por dia; 38% dedicaram acima de 6 horas diárias, chegando a até 10 horas de intenso estudo; UÊ 68% foram aprovados antes de completarem um ano de preparação; 19% levaram entre 1 e 2 anos para obter 55


sucesso

O caminho das pedras Com sua vasta experiência em concursos públicos, como professor e como ex-concurseiro, José Wilson Granjeiro indica o ‘caminho das pedras’ para quem está a fim de trilhar: 1. Estude somente o que vai cair no concurso. Seja objetivo: muitos candidatos aprofundam demais um assunto que não vai cair ou não tem tanta importância ou peso. Dê ênfase às matérias em que você tem mais dificuldade. No momento da prova, comece pelas questões mais fáceis ou pelas matérias que mais domina. 2. Planeje os estudos e administre o tempo. Escreva uma lista de prioridades e defina como gastará seu precioso tempo com os estudos. Elabore um plano de estudo e siga-o religiosamente. 3. Faça seus próprios resumos e resolva muitos exercícios. Teoria sem prática não aprova ninguém. Leia pelo menos três vezes cada uma das legislações cobradas. 4. Tenha em mente que até 10% de uma prova são respondidos com base em dados contidos na própria prova. Além disso, não se lê uma prova com os olhos, mas com a ponta do lápis, riscando e rabiscando, para não cair nos chamados “pegas”. 5. “Chute” quando a prova for de múltipla escolha – as mais difíceis – mais jamais quando a prova for do estilo certo ou errado. Pense duas vezes quando for responder os itens que você tenha alguma dúvida.

sucesso; e 13% precisaram estudar mais de dois anos e menos de três anos para conseguir a primeira aprovação; UÊ 84% passaram em mais de um concurso, enquanto 16% foram aprovados em apenas um certame; UÊ 97% deles revisaram a matéria para enfrentar o dia “D”; UÊ 81% não recorreram a nenhuma técnica de concentração ou memorização, mas 19% se beneficiaram desses artifícios de alguma forma. “Perguntamos, ainda, que atributos foram decisivos para a aprovação nos diversos concursos. A resposta já era esperada: persistência, determinação, dedicação, disciplina, foco e auto56

confiança. São qualidades que – não me canso de repetir – todo concurseiro deve desenvolver”, defende Granjeiro. Outro dado interessante retirado das respostas colhidas: o que mais atrai os jovens para a carreira pública são os benefícios assegurados pelo cargo público e o fato de não se exigir experiência prévia para a contratação. “Com base em minha experiência, posso afirmar que esse dado, embora colhido em um rol pequeno de concurseiros, reflete a opinião da maioria deles”. Autor de dezenove livros e reconhecido por suas obras, cursos e palestras sobre temas relativos à Administração Pública, ele guarda ainda muitos projetos

que pretende realizar. “Montar uma faculdade num molde diferente das que existem, e nosso projeto já está pronto; ampliar a rede de livrarias multimarcas, especializadas em apostilas e livros para concursos, para todo o país; criar um curso de educação a distância, via internet – as negociações já estão bem avançadas e devo lançar este projeto no ano que vem”, enumera. Seu grande sonho, porém, é montar o shopping dos concursos. Será um amplo espaço onde os concurseiros terão à sua disposição tudo o que precisam: aulas, plantão tira-dúvidas, acompanhamento, plantão de recursos, sala de estudo, livraria, biblioteca, restaurante, academia. RBAÊU SETEMBRO/OUTUBRO DE 2011


*PROMOÇÃO VÁLIDA ENQUANTO DURAR O ESTOQUE.

SAC CAIXA – 0800 726 0101 (Informações, reclamações, sugestões e elogios) Para pessoas com deficiência auditiva ou de fala – 0800 726 2492 Ouvidoria – 0800 725 7474

caixa.gov.br

ROCK. Ê O D S O D OC ÇU POUPAN UE VAI AJUDAR V S O M A R Q CHEGA A BANDASONHOS. AIXA, SEUS R NÇA DA CK.* A A P Z U I O L P A C A RE SITO NA NÇUDO DO RO DA. DE DEPÓ SSA BAN PA

A PARTIR

E EAIS POU MELHOR DE 100 ROCÊ GANHA UM ONHEÇA C E R .B V M OCK.CO

SDOR ANCUDO W.POUP W W E IT S VISITE O

CAIXA. O BANCO QUE ACREDITA NAS PESSOAS.


RBA 84