Page 1


Todo cidadão tem o direito a um trânsito seguro. E para que isto aconteça na prática, é preciso que cada um faça a sua parte. É por isso que foi criado este Guia do Cidadão em Trânsito, com tudo o que você precisa saber para circular pelas ruas com mais segurança e responsabilidade. A partir de agora, é com você. Uma boa leitura e faça como no trânsito: fique atento a cada detalhe.

2


ÍNDICE Bicicletas: cuidados sobre duas rodas . . . . . . . . . 4 Seja consciente: use sempre o cinto de segurança . . . . . 8 Pedestre seguro . . . . . . . . . . . . . . 12 Motorista: dirigir é um ato de responsabilidade . . . 18 Na contramão . . . . . . . . . . . . . . . 22 Ouça essa . . . . . . . . . . . . . . . . . . 24

3


Bicicletas: cuidados sobre duas rodas

4


ASSIM COMO OS CARROS E MOTOS, AS BICICLETAS ADAS TAMBÉM SÃO CONSIDER DIGO VEÍCULOS, SEGUNDO O CÓ DE TR ÂNSITO BR ASILEIRO

Todo dia, cerca de 70 mil pessoas utilizam a bicicleta como meio de transporte em Jacareí. Na sua grande maioria, são jovens em idade escolar. Por isso, fique atento às dicas a seguir e aprenda a pedalar com segurança, conhecendo e respeitando a sinalização de trânsito específica para os ciclistas.

5


R DICAS PAR A VOCÊ PEDALA COM SEGUR ANÇA

6


Não ande de bicicleta nas calçadas. Você poderá colocar em risco a segurança dos pedestres. Respeite o espaço dos carros. Pedale sempre pelo lado direito da via. Não pedale na contramão do trânsito. Nunca pegue carona na traseira de veículos. Faça tudo para ser visto. Durante o dia, sempre sinalize antes de manobrar. À noite e em dias de chuva, vista-se com roupas claras. Nas vias de fluxo rápido e intenso, preste atenção às curvas, cruzamentos e pontos de ônibus. Cuidado ao passar por carros estacionados. As portas podem ser abertas de repente e causar acidentes. Use sempre equipamentos de segurança. Uma queda sem o capacete pode ser fatal.

7


Seja consciente: use sempre o cinto de segurança

Uma atitude simples, mas que pode salvar muitas vidas. Usar o cinto de segurança é, hoje, a melhor forma de proteger os motoristas e passageiros dos acidentes. Porém, a maneira de usá-lo poderá variar dependendo do tipo do passageiro. Como? Fique ligado nos cuidados que o bom motorista deve ter ao transportar bebês, crianças e mulheres grávidas em seu veículo.

8


Bebês O bebê de colo pode ir num cesto ou berço portátil, colocado no banco traseiro e preso à estrutura do assento pelo cinto. Podese adaptar uma tela ou rede cobrindo o cesto, evitando que, em caso de capotamento, o bebê seja arremessado para fora do cesto. O bebê também pode ser transportado em cadeiras de segurança. Exija o selo do Inmetro.

Crianças pequenas (de 9 meses a 4 anos) A criança deve ser transportada numa cadeira de segurança, convenientemente projetada, presa ao assento do veículo por meio de armação, de modo que fique fi xa e não apenas encaixada ou pendurada no encosto. Os cintos dessa cadeirinha devem prender os ombros e o quadril da criança, sendo suficientemente fortes para resistir a impactos. Exija o selo do Inmetro.

Crianças entre 18 Kg e 36 kg devem usar suporte de segurança. Algumas crianças estão crescidas demais para ocupar cadeirinhas de segurança, mas ainda não possuem tamanho suficiente para usarem somente o cinto

Bebês até 1 ano de idade que pesem até 9 kg devem ocupar cadeirinhas de segurança de costas para o movimento

Crianças maiores de 1 ano que pesem entre 9 Kg e 18 kg devem ocupar cadeirinhas de segurança de frente para o movimento

Crianças (de 4 a 7 anos) Quando a criança não couber mais nas cadeiras de segurança, deve usar o cinto normal do carro, mas a parte do ombro deve ficar atrás, entre as costas da criança e o banco. Nunca use a parte do ombro se esta passar sobre o rosto ou o pescoço da criança. Estão disponíveis no mercado cintos de segurança especiais, reguláveis para crianças de quaisquer idades na faixa entre 1 e 8 anos. São independentes dos cintos de segurança convencionais. Exija o selo do Inmetro.

9


A maioria das crianças que pesa mais de 36 kg e com idade a partir de 10 anos pode usar o cinto de segurança de 3 pontos , sem suporte de segurança

Idade escolar Crianças menores de 10 anos devem ser transportadas no banco de trás e com cinto de segurança. A parte mais segura do carro é o centro do assento traseiro, sempre que houver o cinto de segurança. Nunca as transporte no colo, usando o mesmo cinto que você; nem em pé, entre os bancos; nem no compartimento de cargas, nem no porta-malas.

Pessoas idosas Em caso de carro de duas portas, idosos devem ir no banco da frente. Caso o carro seja de quatro portas, ir atrás é mais seguro, sempre usando o cinto.

Grávidas Devem sempre usar o cinto, mas este não pode ser colocado sobre a barriga, para não pressionar o bebê. Devem viajar de preferência no banco traseiro.

Animais Leve-os presos na caixa de viagem, sempre no banco de trás.

Cuidados gerais Em qualquer veículo, antes de colocar o cinto de segurança, é importante observar se você está sentado corretamente, com a coluna bem reta. O cinto abdominal deve ser colocado na região dos quadris, e não da barriga. O cinto diagonal deve passar pelo ombro e não deve estar torcido, nem com folgas.

10

QUE M USA O CINT O DE SEG URA NÇA : Fica em uma postura correta ao dirig ir

Perm ite-s e maio r conc entração ao volante

Mantém o corpo em posição estável, reduzindo a fadiga

Fixa seu corp o no banc o no mom ento da colis ão Evita ferim ento s na cabe ça e a perd a da cons ciênc ia


40% das mortes em acidentes são causadas por choques contra o pára-brisa, o marco do pára-brisa, ou o painel de instrumentos. 30% das lesões fatais em colisões são causadas porque a vítima bateu contra o volante. 8 em cada 10 pessoas que não usavam o cinto de segurança morreram em acidentes, com pelo menos um do veículos envolvidos a menos de 20 km/h. Todos os números acima poderiam ser evitados com um ato simples e consciente: o uso do cinto de segurança. Em caso de batida, por exemplo, usar o cinto reduz em 50% o risco de morte. Por isso, é hora de fazer do cinto de segurança um hábito para todos – motoristas e passageiros. Só assim, poderemos reverter esta conta, em nome de um trânsito mais seguro em toda a cidade.

CURIOSIDADES A maioria das cegueiras provocadas por acidentes de trânsito é devida aos graves ferimentos que os estilhaços do pára-brisa produzem no globo ocular e nas partes ao seu redor. Mesmo a uma velocidade de apenas 20 km/h, o impacto sofrido por um carro ao colidir contra um paredão resulta em uma força de 6 a 15 vezes o peso do motorista. Se ele não estiver seguro pelo cinto, sairá gravemente ferido ou morrerá. Ao contrário do que se pensa, a maioria dos acidentes acontece em pequenos trajetos. Portanto, não importa a distância: use sempre o cinto de segurança, inclusive no banco traseiro.

11


Pedestre seguro Regras bรกsicas, mas que ajudam muito

12


Use sempre a faixa de pedestres para atravessar a rua. Olhe para os dois lados, espere na calçada todos os veículos passarem antes de atravessar e não pare sobre a faixa. Onde não existir faixa de pedestres, atravesse em linha reta na continuação da calçada, ou no meio do quarteirão e longe das curvas. Fique o menor tempo possível no meio da rua.

13


Onde existir semáforo, inicie a travessia somente quando os carros estiverem totalmente parados para o sinal vermelho. Mesmo assim, olhe para os dois lados. Onde houver semáforo para pedestres, espere o sinal verde.

NEM TODOS SÃO S MOTORISTAS, MAS TODO NÓS SOMOS PEDESTRES

14


Veja e seja visto: nunca saia de trás de postes, árvores, orelhões e carros estacionados. Veja os motoristas e faça com que eles o vejam.

Depois que iniciar a travessia, evite voltar. Os motoristas normalmente não esperam esta reação. Em vias muito largas, atravesse sempre quando não houver nenhum carro.

15


Em vias com canteiros centrais, faça a travessia em dois tempos, ou seja, uma pista de cada vez. Preste atenção às garagens e pare sempre que um veículo estiver entrando ou saindo. Caminhe sempre na calçada e do lado direito. Deixe as crianças próximas ao muro e segure-as pelo pulso.

Quando não houver calçadas, ande sempre próximo à guia. Se estiver em grupo, ande em fila, um atrás do outro.

16


Nos acostamentos, ande no sentindo contrário ao dos veículos. Use roupas claras durante a noite. Embarque e desembarque de qualquer transporte sempre na calçada, quando o veículo estiver completamente parado. E olhe para os dois lados. Só inicie a travessia depois que o veículo sair. Em viadutos, pontes, ou túneis, use os espaços reservados aos pedestres. Nunca cruze a pista, nem caminhe sobre ela. Preste atenção às sinalizações. Elas estabelecem as regras para veículos e pedestres. Entendendo-as, o pedestre poderá tomar decisões mais seguras, podendo prever algumas das atitudes dos motoristas.

17


18


OR A , JÁ TENHO 18 ANOS. E AG COMO CONSIGO MINHA ? CARTEIR A DE MOTORISTA

Qualquer pessoa com 18 anos ou mais, que sabe ler, escrever e que tem uma carteira de identidade ou equivalente pode tirar a sua Carteira Nacional de Habilitação. Antes de tirá-la, o candidato a motorista precisa passar por exames de aptidão física e mental, além de testar seu conhecimento teórico sobre o trânsito. Somente passando dessa fase, o futuro motorista fará então o teste prático de direção, onde mostrará se realmente sabe dirigir. Sendo aprovado, o candidato receberá uma Permissão para Dirigir, com validade de um ano. Se, durante esse ano, ele não cometer nenhuma infração grave ou gravíssima, receberá sua carteira.

19


Não entregue a direção do veículo a pessoas sem habilitação, nem a menores. Nunca dirija em velocidade acima da permitida. Mantenha uma distância de segurança do veículo à frente.

Aumente os cuidados quando estiver dirigindo perto de escolas ou em ruas residenciais. Nunca pare em fila dupla. Estacione o carro de forma adequada, ocupando o mínimo de espaço. Use a buzina apenas quando necessário. Embarques e desembarques devem ser feitos pelo lado da calçada e junto ao meio-fio. Dê preferência ao pedestre quando ele já tiver começado a atravessar a rua.

20

Use a seta ou braço para indicar manobras de conversão ou ultrapassagem, mudanças de faixa e entrada e saída de garagens.


Verifique sempre as condições do veículo, realizando a manutenção necessária. Obedeça rigorosamente à sinalização de trânsito. Nunca dirija sob efeito de bebidas alcoólicas.

É LEI: O USO DE TELEFONE CELULAR PELOS MOTORISTAS NO TRÂNSITO É PROIBIDO Desde 29 de agosto de 2002, estão proibidos o uso de fone de ouvido acoplado aos aparelhos celulares e os sistemas de viva-voz. A multa prevista para a infração é de R$ 85,13, além de quatro pontos registrados na carteira de motorista. Valorizando e praticando as ações de cidadania, teremos um trânsito mais saudável e humano para todos.

21


NA CONTRAMÃO Alguns dados – e vacilos – de quem mistura álcool e direção

22


Mais de 80% dos jovens estudantes voltam da balada de carona com amigos que beberam, segundo pesquisa realizada no Rio de Janeiro e em São Paulo. 44,8% das vítimas de acidentes de trânsito tinham mais álcool no sangue que o permitido, revela pesquisa feita em 2005 pela Universidade de Brasília. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, quem tiver mais de 0,6 gramas de álcool por litro de sangue fica proibido de dirigir. Esta quantidade é suficiente para alterar os sentidos, os reflexos e a percepção de velocidade e de distância do motorista.

DE SA NGUE = 0,6 GR AM AS POR LITRO OU DUAS UM A DOSE DE UÍSQUE VA RIANDO LATINHAS DE CERV EJA, DA PESSOA DE ACORDO COM O PESO

23


O U ÇA E S S A “Se for beber, maluco, . não dirija, vá de carona Se você já es tiver mui to bêbado, dirija-se ao banheiro”. Chorão CHA RL IE BROW N JR.

“A gente não é contra festa, contra bebida, contra nada. O fato é que, se você já tá na saideira, não põe a mão no volante. Pega um táxi”. Samuel Rosa SK ANK

24


da “São acidentes. Tanta vi da, pela frente e desperdiça se por uma mania de querer afirmar. Todo jovem gosta de to adrenalina, mas o trânsi não é lugar para isso. Q uem curte risco e porte velocidade deve fazer es , radical, mas não nas ruas ea arriscando a própria vida dos outros”. Gabriel o Pensador

“A sua vida é mui to importante ! loca Vê se não vacila, não co uém a sua vida nem a de ning em risco”. RA Toni Garrido CIDADE NEG

25


Quando você passa de pedestre a motorista, assume uma enorme responsabilidade para com a sua vida e a de muita gente. Qualquer descuido ou imprudência pode colocar em risco a segurança dos seus passageiros e das pessoas que circulam pelo trânsito. Por isso, motorista, tenha uma atitude segura, responsável e solidária nas ruas. Respeitar o trânsito, acima de tudo, é dar preferência à vida.

26


Aqui termina nosso passeio pelo Guia do Cidadão em Trânsito, mas a sua responsabilidade, assim como a de todos os cidadãos, continua sempre presente. Por isso, ensine o que você aprendeu aos seus amigos e familiares. Só assim, poderemos construir um trânsito mais seguro a cada dia.

27


Papel é um produto reciclável. Não jogue este folheto em vias públicas.

REALIZAÇÃO

WWW.JACAREI.SP.GOV.BR

Guia do Cidadao em Transito  

Cartilha eduacativa desenvolvida para a Prefeitura de Jacarei.