Issuu on Google+

Controle do Estresse é a resposta do organismo a estímulos súbitos e/ou ameaçadores, que ativa a produção de hormônios, entre eles a adrenalina, deixando o indivíduo em "estado de alerta" e em condições de reagir.

O QUE CAUSA?

QUAIS OS SINAIS CLÍNICOS?

Má distribuição do tempo; acúmulo de raiva e sentimentos negativos; problemas de relacionamento; descontrole diante de situações críticas; preocupação excessiva; falta de descanso e lazer; dificuldade de lidar com as perdas.

•Alterações nos hábitos de alimentação e/ou sono; * Dificuldade de concentração; •Ansiedade; *Tensão muscular; * Resfriados e/ou gripes frequentes; •Falta de interesse em atividades antes prazerosas; *Gastrite, úlcera, hipertensão; * Resposta inapropriada a situações de estresse com reação exageradamente violenta ou, ao contrário, exageradamente passiva; * Envolvimento diminuído em relacionamentos sociais.

QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS? Estar em situação de estresse, ocasionalmente, não é prejudicial ao organismo, contudo, a permanência neste estado, pode causar uma infinidade de complicações, dentre elas: doença cardiovascular; dor nas costas; dor no ombro; sistema imunológico enfraquecido; desordens psicológicas.

PREVINA E CONTROLE O ESTRESSE *Alimente-se de maneira saudável; *Reavalie suas atividades e modo de pensar; *Não faça uso de tranquilizantes sem orientação médica; *Evite o fumo, café e bebidas alcoólicas; *Faça atividade física periodicamente; *Administre bem o seu tempo; * Programe suas férias; *Crie e mantenha atividades de lazer; *Durma o suficiente para o seu descanso; *Resolva os problemas de forma racional, encarando-os positivamente; *Delegue atividades e aprenda a trabalhar em grupo; *Procure ser mais compreensivo; *Desenvolva um bom relacionamento interpessoal; *Procure conhecer seu organismo e respeite-o, não ultrapassando seus limites; *Busque sua paz interior; *Melhore a qualidade de sua vida.


Dica Bem Estar