Page 72

—Notre-Dame? —Você captou. Nós pegamos o metro para parar a algumas quadras do Sena, e ao invés de mudar para outra linha para nos aproximarmos, decidimos caminhar. O dia esquentou e ficou um pouco úmido, então tirei meu suéter dos ombros e amarrei na minha cintura. —Então tenho que perguntar. —Disse Lucas, que estava bastante quieto desde o restaurante. —Por que você estava pensando em sexo antes? Porque ver você beber vinho me deixou cheia de desejos. Eu olhei para ele e decidi ir com uma razão diferente. —Porque Tucker era ruim na cama. —O que? Levantei as mãos. —Verdade. Eu costumava oferecer, em um esforço para melhorar o que não era uma parte muito interessante ou mutuamente satisfatória de nosso relacionamento, para fazer coisas mais divertidas do que estávamos fazendo, mas ele tinha uma rotina que funcionava para ele e realmente não sentia que era necessário se desviar disso. Lucas parou de andar e estendeu a mão na minha frente para parar meus passos. —Diga-me que você não está falando sério. Eu ri. —Estou falando sério. Ele nem sequer gostava de boquetes. Talvez ele tenha ouvido essa história sobre o presidente francês e tivesse medo. Lucas olhou para mim por um momento, então lentamente balançou a cabeça. —Não. Tenho certeza de que ele era apenas um idiota que não sabia o que tinha. Você merece coisa muito melhor. Seria o elogio ou o álcool que me deu o impulso fugaz de me esticar, agarrá-lo pelo casaco e esmagar meus lábios nos dele? O que ele faria? Ele me dizia coisas insinuantes às vezes, mas outras vezes ele agia

Profile for Raquel Gois

01 frenched série frenched 01 melanie harlow  

01 frenched série frenched 01 melanie harlow  

Advertisement