Page 237

—Oh, uh... acho que sim. Eu vou até o restaurante. Como eu vou saber se, quero dizer quando, você mudar de ideia? —Ele mostrou o seu sorriso milionário pra mim. Dê um tempo, Tucker. Eu não sou mais essa garota. —Se eu não voltar aqui esta noite, então vou entrar em contato em Detroit. Ele empalideceu por um momento. —Você está indo para casa? —Ainda não sei, Tucker. Eu não sei o que estou fazendo. —Porra, essa era a verdade. Assim que eu arrumasse as minhas malas, não tinha ideia para onde ir. Tentar encontrar o Lucas? Apenas voar para casa? Encontrar um novo (e mais barato) hotel? Enquanto tirava minha grande mala do armário, Tucker usava o banheiro e acabava de se vestir. Antes de partir, ele beijou minha mão e disse: —Todo mundo merece uma segunda chance, Mia. Até mesmo eu. Isso era verdade? Enquanto eu dobrava roupas e embalava sapatos e artigos de higiene pessoal, perguntei se eu estava sendo muito dura com Tucker. Afinal, ele parecia sincero. Ele me ligou na semana passada, então voou até aqui, ele estava dizendo todas as coisas certas, bem a maioria das coisas certas. Ele era jovem, bonito e bem sucedido, e ele disse que me amava. Estava arrependido pelo que tinha feito. Ele queria as mesmas coisas que eu. Estaria louca em recusar uma segunda chance? Tão rápido quanto eu tive o pensamento, ele se dissipou. Porque mesmo que fosse verdade e ele merecesse uma, e o júri ainda estava decidindo, eu não queria mais uma vida com Tucker. Eu não o amava. Eu amava Lucas. Voltando para a cama, olhei para o teto e senti aquela dor no meu peito, aquela que ameaçava me desfazer sempre que pensava em nunca mais ver Lucas. Mas o que devo fazer? Eu precisava falar com alguém. Virando de lado, peguei o telefone e liguei no celular de Coco.

Profile for Raquel Gois

01 frenched série frenched 01 melanie harlow  

01 frenched série frenched 01 melanie harlow  

Advertisement