Page 182

em tal cenário antes de me dar uma bofetada mental. Você perdeu a cabeça? Esqueça essa merda! —Meu pai costumava girar assim comigo, no nosso quintal quando eu era pequeno. —De repente, Lucas parou para escolher uma flor rosa com uma longa haste. Ele estudou por um momento e segurou-a para mim. —Aqui. Você estava usando alguma coisa dessa cor naquele dia no cemitério. Meu coração derreteu. —É verdade, eu estava. —Peguei a flor dele e levei-a até o nariz. Olhando para ele sobre as pétalas, respirei seu aroma doce. Cristo, isso está ficando ridículo. Quero impedir que meus pensamentos se desviem do território inapropriado, mas preciso de uma ajudinha aqui. —Lucas. —Segurei a flor pela haste. —Eu vou ter que pedir que você me diga algo sobre você que não seja sexy, doce ou encantador. Ele levantou as sobrancelhas. —O que? —Sério. Estou começando a pensar que nada disso é real. —Era uma mentira, eu tinha medo de que fosse tudo muito real. —Humm. —Seu rosto mostrou uma expressão de concentração fingida quando começamos a andar de novo. —Oh, aqui está uma. Eu sou um grande fã dos Rangers e fico muito animado ao assistir a jogos. Eu grito, xingo e resmungo. —Nada bom. Eu sou de Detroit. Nós temos hóquei. —Balancei minha cabeça. —Na verdade, acho que você piorou. —Oh. Ok, humm... —Ele olhou para o céu por um momento, então estalou os dedos. —Aha! Você vai odiar isso: eu corto meu próprio cabelo. Olhei para ele, boquiaberta. —O que? Isso é ridículo. Você não pode cortar seu próprio cabelo! Ele riu. —Claro que eu posso.

Profile for Raquel Gois

01 frenched série frenched 01 melanie harlow  

01 frenched série frenched 01 melanie harlow  

Advertisement