Page 118

Eu estava prestes a dizer foda-se Paris, vamos apenas chegar às outras coisas quando lembrei que seria minha última chance de ver a cidade com ele como meu guia, e eu realmente gostava de ouvi-lo falar sobre os lugares em que ele me levava. —OK. O que faremos hoje? Com a mão na parte inferior das minhas costas, atravessamos o lobby e saímos do hotel. —Bem, eu pensei que talvez nós vagássemos pelo Le Marais primeiro. Há muitas coisas legais por aí, e as lojas que também quero levá-la ficam nessa direção. —Parece perfeito. Nós pegamos o metrô para as redondezas do Marais e no trem pensei sobre o sexo. Lucas segurou minha mão enquanto caminhávamos pelas ruas pitorescas e pelas bonitas praças, e eu pensei em sexo. Admiramos a arquitetura medieval e renascentista, comemos sanduíches sentados na grama da Place des Vosges e visitamos o museu Victor Hugo. E pensei em sexo o tempo todo. Eu tentei duramente não demonstrar isso, mas foi difícil, já que toda vez que olhava para Lucas, minhas entranhas remexiam, ou a parte inferior do meu corpo apertava, ou as borboletas rodavam em massa na minha barriga. Não importa onde meus olhos estivessem: seu cabelo, suas mãos, seus lábios e sim, tudo bem na braguilha na sua calça, eu era assaltada com lembranças da noite passada. Jesus, Mia. Você é um demônio. Recomponha-se. Mas não pude evitar. O sexo nunca desempenhou um papel particularmente importante no meu relacionamento com Tucker, pelo menos não tanto quanto eu estava preocupada. Mas hoje era tudo o que eu podia pensar. E eu sabia que quando fosse para casa, nunca voltaria ao jeito que estava antes, sublimando meus próprios desejos sexuais para apaziguar um homem. Não acredito que fiz isso por tanto tempo. Eu nunca soube o que estava faltando. Durante o início da tarde, eu me perguntei se Lucas estava pensando na noite passada tanto quanto eu. Nós falamos muito sobre

Profile for Raquel Gois

01 frenched série frenched 01 melanie harlow  

01 frenched série frenched 01 melanie harlow  

Advertisement