Issuu on Google+

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ

Relatório Anual de Atividades 2010

Janeiro / 2011

1


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

Índice

1

APRESENTAÇÃO ............................................................................................................... 3

2

CARACTERIZAÇÃO DA UNIDADE ...................................................................................... 5

3

ADMINISTRAÇÃO GERAL.................................................................................................. 6

4

ATIVIDADES ACADÊMICAS............................................................................................. 11

5

PRODUÇÃO INTELECTUAL .............................................................................................. 12

6

INFRAESTRUTURA E ACESSIBILIDADE ............................................................................ 13

7

CONCLUSÃO ................................................................................................................... 15

2


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

1 APRESENTAÇÃO Historicamente, a UFPA tem levado para o interior do Estado do Pará cursos de formação em nível superior das mais diversas áreas do conhecimento, de acordo com a vocação, necessidade e/ou projetos especiais inseridos nas diversas regiões do Estado. Dentre estes projetos especiais, destaca-se o principal centro gerador de energia elétrica na Região Amazônica, a Usina Hidrelétrica de Tucuruí (UHE – Tucurui). Assim, através de parceria estabelecida pela UFPA - Universidade Federal do Pará, a Eletronorte/Eletrobrás e a Prefeitura Municipal de Tucuruí no ano de 2005, foi criado o Núcleo Universitário de Tucuruí – NUT. Ofertando inicialmente os cursos de graduação em Engenharia Elétrica e de Engenharia Civil e posteriormente o curso de Engenharia Mecânica. Em 2007, o NUT passa à condição de Faculdade de Engenharia de Tucuruí – FET como uma subunidade do ITEC – Instituto de Tecnologia da UFPA, e finalmente em 19 de maio de 2009, a FET recebe o status de Campus Universitário de Tucuruí – CTUC – da UFPA. Durante o ano de 2010 diversas ações mobilizaram o CTUC, dentre elas: O início das atividades como Diretor pro tempore da FEM – Faculdade de Engª Mecânica, pelo Professor Walter dos Santos Sousa (Port. Nº 16/2009 – CTUC); A implantação do Curso de Engenharia Civil e Ambiental; A nomeação do Professor Luis Paulo do Vale Matos para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação do Professor Luiz Cláudio Fialho Andrade para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação do Professor Jessé Luis Padilha para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação da Professora Hérica Daniele Costa Araújo para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação do Professor Francisco das Chagas de Oliveira Cacela Filho para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação do Professor Vicente Ferrer Pureza Aleixo para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; 3


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

A nomeação do Professor Ewerton Ramos Granhum para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação do Professor Raphael Barros Teixeira para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação da Professora Keliene Maria Sousa de Jesus para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação da Professora Karyme do Socorro de Souza Vilhena para o quadro permanente da UFPA, com lotação no CTUC; A nomeação do Professor Jessé Luis Padilha como Diretor de Infraestrutura do Campus Universitário de Tucuruí (Port. Nº 24/2010 - CTUC); O afastamento do Professor Ivaldo Ohana (fev/2010 a jun/2011) para o Curso de Doutorado em Engª Elétrica na UFPA; O afastamento do Professor Rafael Suzuki Bayma (out/2010 a set/2014) para o Curso de Doutorado em Engª Elétrica na University of Sheffield – Sheffield/Inglaterra; O afastamento do Professor Marcelo Rassy Teixeira (agosto/2010 a agosto/2011) para o Curso de Doutorado em Engª Civil na USP – Escola Politécnica/SP; A Formatura da 1ª turma da FEC - Faculdade de Engenharia Civil de Tucuruí; A premiação concedida pelo Clube de Engenharia, à formanda Ana Carolina F. Rocha, agraciada com o Prêmio Professor João Maria de Lima Paes para “A Melhor Aluna de Engenharia Civil do Estado do Pará”, tendo obtido conceito “Excelente” em todas as disciplinas do Curso; A Formatura da 1ª turma da FEE - Faculdade de Engenharia Elétrica de Tucuruí; A assinatura do Termo de Compromisso pelo então Presidente da Eletrobrás José Antonio Muniz Lopes, onde se garante a contratação de todos os formandos deste ano para trabalharem na obra de Belo Monte; A aprovação Regimento Interno do Campus Universitário de Tucuruí

4


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

(Resolução N687, de setembro de 2010); A revogação (out/2010) do afastamento do Professor Marcelo Rassy Teixeira; A designação, pelo Reitor da UFPA, dos Professores Marcelo Rassy Teixeira e Walter dos Santos Sousa, para as respectivas funções de Coordenador e Vicecoordenador do CTUC; Homologação do Resultado Final do Processo Eleitoral - Direção FEE/CTUC (biênio 2011-2012): após apresentação e verificação da documentação entregue pela Comissão Eleitoral referente ao resultado final do processo eleitoral da Direção da FEE/CTUC, os conselheiros deliberaram pela Homologação do Resultado Final - Diretor e Vice-diretor os professores Raphael Teixeira e Vicente Ferrer, respectivamente. A eleição para mandato de 04 (quatro) anos, da nova equipe coordenadora do CTUC; O início das atividades como Diretora pro tempore da FEM – Faculdade de Engª Mecânica, pela Professora Keliene Maria Sousa de Jesus; 2 CARACTERIZAÇÃO DA UNIDADE 2.1

Identificação da Unidade Nome completo: Campus Universitário de Tucuruí Sigla da Unidade: CTUC

2.2

Ato de criação do Campus; Resolução Nº 672 (CONSUN), de 19 de maio de 2009. Regimento Interno aprovado conforme Resolução Nº 687 (CONSUN) de 09 de setembro de 2010.

5


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

2.3

Organograma: UFPA CTUC Campus Universitário de Tucurui Conselho Deliberativo do Campus Coordenação Geral Biblioteca do Campus

Assessoria de Gabinete

Divisão de Planejamento e Avaliação

Secretaria Executiva

Secretaria Acadêmica Divisão de Avaliação e Ensino

Coordenação Acadêmica Vice-Coordenador

Coordenação de Planejamento, Gestão e Avaliação

Divisão de Pesquisa e Pós Graduação Divisão de Extensão

2.4

FEE Faculdade de Engª Elétrica

FECIAM Faculdade de Engª Civil e Ambiental

FEM Faculdade de Engª Mecânica

Divisão de Gestão e Pessoal Divisão de Finanças Divisão de Infraestrutura e Material Laboratórios Básicos

Relação Nominal e e-mail dos Dirigentes da Unidade e das Subunidades: Unidades

Nomes

Coordenador do CTUC Vice-coordenador do CTUC Coordenador de Planejamento, Gestão e Avaliação do CTUC. Diretor da Faculdade de Engª Elétrica – FEE Vice-diretor da Faculdade de Engª Elétrica – FEE Faculdade de Engª Civil e Ambiental FECIAM Vice-diretor da Faculdade de Engª Civil e Ambiental - FECIAM Faculdade de Engª Mecânica – FEM

Marcelo Rassy Teixeira Walter dos Santos Sousa Cleison Daniel Silva

tucurui@ufpa.br wss@ufpa.br cleison@ufpa.br

Mandato Início Término Set/2010 Dez/2014 Set/2010 Dez/2014 Nov/2010 Dez/2012

Raphael Barros Teixeira

rbteixeira@ufpa.br

Set/2010

Dez/2012

Vicente Ferrer Pureza Aleixo Marcelo Figueiredo Massulo Aguiar Rodrigo da Cruz de Araujo Keliene Maria Sousa de Jesus Luiz Claudio Fialho de Andrade

ferrerufpa@gmail.com

Set/2010

Dez/2012

mmassulo@ufpa.br

Set/2010

Dez/2012

rod.cruz@ig.com.br

Set/2010

Dez/2012

keliene.sousa@gmail.com

Set/2010

Dez/2012

lfialho@ufpa.br

Set/2010

Dez/2012

Vice-diretor da Faculdade de Engª Mecânica – FEM

E-mail

3 - ADMINISTRAÇÃO GERAL 3.1

Organização e Funcionamento: Para atender a demanda de atividades apresentadas, as peculiaridades inerentes aos

cursos de graduação e afim de melhor atender aos docentes e discentes do CTUC, a partir da Resolução Nº 687 (CONSUN) datada de 09 de setembro de 2010, onde houve a aprovação do

6


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

Regimento Interno do CTUC, tem-se então a formatação de um modelo de gestão estruturado conforme apresentado no item 2.3, onde se apresenta a Coordenação Geral, sob orientação e aprovação do Conselho Deliberativo do Campus – composto pelo Coordenador do Campus, o Vice-diretor do Campus, os Diretores das Faculdades, o Coordenador de Planejamento, Gestão e Avaliação, dois representantes docentes de cada subunidade, um representante técnico-administrativo de cada subunidade, um representante dos docentes no CONSEPE Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão e um representante discente de cada subunidade; como apoio, a Coordenação dispõe da Secretaria Executiva, da Assessoria de Gabinete e da Biblioteca do Campus e coloca sob a supervisão direta da Coordenação Acadêmica os seguintes setores: Secretaria Acadêmica, Divisão de Avaliação e Ensino, Divisão de Pesquisa e Pós-graduação e a Divisão de Extensão e sob a supervisão da Coordenação de Planejamento, Gestão e Avaliação, a Divisão de Planejamento e Avaliação, Divisão de Gestão e Pessoal, Divisão de Finanças, Divisão de Infraestrutura e Material e os Laboratórios Básicos. Apresentam-se então as três faculdades: FEE – Faculdade de Engenharia Elétrica, FECIAM – Faculdade de Engenharia Civil e Ambiental e FEM – Faculdade de Engenharia Mecânica. 3.2

Corpo Docente:

O CTUC iniciou o ano de 2010 com 16 docentes em seu quadro de professores efetivos. Entre os meses de março a agosto, este número aumentou para 26. Todos aprovados em Concurso Público para exercerem atividades no Campus de Tucuruí. Têm-se também no CTUC dois docentes de outros Campi cedidos para Tucuruí. Perfazendo um total de 28 docentes até final de 2010. Ainda em novembro deste ano, novo edital foi publicado para preencher mais 08 vagas, o que aponta para um total de 36 para o início de 2011. Quanto à qualificação pode-se ressaltar que o quadro atual de docentes é composto por quatro professores com titulação de Doutor e os demais com a titulação de Mestre. O IQCD – Índice de Qualificação de Corpo Docente é de 3,3. O fato de a maioria dos docentes se encontrarem em estágio probatório dificulta que o CTUC melhore este indicador em um intervalo de tempo adequado e de acordo com as necessidades da Região. Tabela 3.1 - Docentes por Faculdade:

7


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO Nome Faculdade Situação Regime de Trabalho

Titulação

ANDREY RAMOS VIEIRA

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

CLAUDOMIRO FÁBIO DE OLIVEIRA BARBOSA

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

CLEISON DANIEL SILVA

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

IVALDO OHANA

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

JOÃO FRANCISCO RIBEIRO NEGRÃO

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

JOÃO PAULO ABREU VIEIRA

FEE

EFETIVO

DE

DOUTOR

KARLO QUEIRÓZ DA COSTA

FEE

EFETIVO

DE

DOUTOR

RAFAEL SUZUKI BAYMA

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

VICENTE FERRER PUREZA ALEIXO

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

RAPHAEL BARROS TEIXEIRA

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

LUIS PAULO DO VALE MATOS

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

EWERTON RAMOS GRANHEN

FEE

EFETIVO

DE

MESTRE

WALTER DOS SANTOS SOUSA

FEM

EFETIVO

DE

MESTRE

KELIENE MARIA SOUSA DE JESUS

FEM

EFETIVO

DE

MESTRE

LUIZ CLAUDIO FIALHO ANDRADE

FEM

EFETIVO

DE

DOUTOR

HERICA DANIELE COSTA ARAUJO

FEM

EFETIVO

DE

MESTRE

JESSE LUIS PADILHA

FEM

EFETIVO

DE

MESTRE

AARÃO FERREIRA LIMA NETO

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

ANTONIO MALAQUIAS PEREIRA

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

ANDRIELLI MORAES DE OLIVEIRA

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

CAROLINA COELHO DA ROSA

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

FERNANDA PEREIRA GOUVEA

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

FRANCISCO DAS CHAGAS OLIVEIRA CACELA FILHO

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

MARCELO FIGUEIREDO MASSULO AGUIAR

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

MARCELO RASSY TEIXEIRA

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

REGINA CÉLIA BRABO FERREIRA

FECIAM

EFETIVO

DE

MESTRE

RODRIGO DA CRUZ DE ARAUJO

FECIAM

EFETIVO

DE

DOUTOR

KARYME DO SOCORRO DE SOUZA VILHENA

FECIAM

EFETIVO

DE

DOUTOR

Tabela 3.2- Docentes afastados por Faculdade: Faculdade

Situação

Regime de trabalho

Titulação

Rafael Suzuki Bayma

FEE

Efetivo

DE

Mestre

Ivaldo Ohana

FEE

Efetivo

DE

Mestre

Nome

3.3

Port. de afastamento

Portaria Nº 2757/2010 Portaria N° 0709/2010

Tipo de afastamento

Pós-graduação *

Integral

Exterior

Integral

País

Corpo Técnico-Administrativo: A formação do Corpo Técnico-administrativo do Campus Universitário de Tucuruí,

conforme apresentado na tabela 3.3, representa claramente a extrema necessidade deste 8


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

campus em proceder, da forma mais urgente possível, a nomeação de corpo técnico que pertença efetivamente a este Campus, precavendo-nos de possível colapso ocasionado por uma mudança política, principalmente na esfera municipal. Atualmente, somente dispomos de 01 (um) funcionário efetivo, em lotação provisória para acompanhamento de cônjuge militar. Funcionário este, com retorno previsto para sua unidade de origem em novembro de 2011. A complementação de nosso quadro se dá com 14 (quatorze) funcionários cedidos pela Prefeitura Municipal de Tucuruí, atendendo convênio formado entre o município e a UFPA, e cinco (05) outros profissionais através do convênio UFPA/Eletrobrás/Eletronorte. Tabela 3.3 - Técnicos Administrativos: Nome

Titulação

Carga Horária

Situação

Cargo

Médio

80h/Mês

PMT*

Bibliotecário

Superior

40h/Mês

ELN*

Pedagoga

Bernard Carvalho Bernardes

Médio

80h/Mês

PMT*

Bibliotecário

Daniela Matos Vila Seca

Médio

80h/Mês

PMT*

Bibliotecária

Doralice dos Santos Batista

Fundamental

120h/Mês

PMT*

Zelador

Edilene de S. Pinheiro Rosa

Médio

120h/Mês

Efetivo

Téc Administ.

Edileuza Santos Souza

Médio

80h/Mês

PMT*

Bibliotecária

Elisete Goltara Bichara

Médio

120h/Mês

PMT*

Secretária

Gabriela dos S. Cabral

Médio

40h/Mês

ELN*

Secretária

Iriani Sousa Miranda

Médio

80h/Mês

PMT*

Bibliotecária

Fundamental

120h/Mês

PMT*

Zelador

Kátia Cilene Ferreira da Silva

Superior

40h/Mês

ELN*

Téc. Informática

Kleyson Luiz Martins Magno

Fundamental

40h/Mês

ELN*

Serv. Gerais

Mª Cantidiana Valente Nunes

Fundamental

120h/Mês

PMT*

Zeladora

Mª das Graças Rocha Oliveira

Médio

80h/Mês

PMT*

Bibliotecária

Márcia Helena Garcia Gaia

Fundamental

120h/Mês

PMT*

Aux. Administ.

Márcio Augusto Dias Santos

Médio

80h/Mês

PMT*

Secretário

Rosa Mª dos S. Tocantins

Fundamental

120h/Mês

PMT*

Zelador

Silvia Cláudia Aquino da Silva

Fundamental

120h/Mês

PMT*

Zeladora

Superior

40h/Mês

ELN*

Psicóloga

Adjan Matos de Castro Adna Melo Monteiro

Jairo Araujo Aguiar

Wiviam de Figueiredo Góes 1.

Classe

C

PMT*: São técnicos pertencentes e custeados pela Prefeitura Municipal de Tucuruí, lotados no CTUC por meio do

9


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

2.

convênio. UFPA/Prefeitura Municipal de Tucuruí. ELN*: São técnicos fornecidos e custeados pelo convênio UFPA / Eletronorte/Eletrobrás, através da Sinetel.

Tabela 3.4 - Bolsistas por curso: Tipo de bolsa

Curso

Nome

Estágio

FECIAM

ADONIDES DAS N. SILVA MAGALHÃES

Estágio

FECIAM

ALEXANDRE HENRIQUE MALCHER DINIZ

Estágio

FECIAM

ANGELA SUELY MARTINS BERNARDO

Estágio

FECIAM

ANTONIO FERNANDES DOS SANTOS

Estágio

FECIAM

DAVI GOUVEIA DE FREITAS FILHO

Estágio

FECIAM

DIEGO DA SILVA MENESES

Estágio

FECIAM

EDEN SERGIO BERNARDO JUNIOR

Estágio

FECIAM

EDMA FERREIRA DA SILVA

Estágio

FECIAM

IRIANI SOUSA MIRANDA

Estágio

FECIAM

JEHNNYE DA SILVA DAMASCENO

Estágio

FECIAM

LUIZ ALBERTO LIMA JUNIOR

Estágio

FECIAM

MARCOS ANTONIO TAVARES DE SOUSA

Estágio

FECIAM

MIKELLY CHAVES CRUZ

Estágio

FECIAM

OSVALDO DE SOUSA BORGES NETO

Estágio

FECIAM

PAMELA ANIVLETI DEMETRIO

Estágio

FECIAM

PAOLA CAROLINE CORREA DE MIRANDA

Estágio

FECIAM

RAPHAELA SOBREIRA GOTO

Estágio

FECIAM

REGIANA BARBOSA CARVALHO

Estágio

FECIAM

ROGERIO MARTINS MATTOS

Estágio

FECIAM

VALBERTO COSTA PINHEIRO JUNIOR

Estágio

FEE

ADILIO JACOB DA SILVA

Estágio

FEE

ANDRE LUIZ BARBOSA CORREA

Estágio

FEE

ANDRÉIA DE CARVALHO CABRAL

Estágio

FEE

DHONNY LIMA DA SILVA

Estágio

FEE

DIEGO SÁ GAIA

Estágio

FEE

ELIELTON CHAVES FRAZÃO

Estágio

FEE

HUGO VINICIUS RODRIGUES DUARTE

Estágio

FEE

JAIRO RODRIGUES CALDAS

Estágio

FEE

JANILSON LEÃO DE SOUZA

Estágio

FEE

JEFERSON MARIANO SOBREIRA

Estágio

FEE

JERFESSON MARIANO SOBREIRA

Estágio

FEE

JOAO FERREIRA DA SILVA FILHO

Estágio

FEE

JOSIAS MACEDO PINTO

Estágio

FEE

MARCELLO PAIXÃO VILA SECA

Estágio

FEE

PAULO ANDRE COSTA SZKRUC

Estágio

FEE

PAULO FERNANDO SOUZA SENA

Estágio

FEE

PITHER NEGRÃO DOS SANTOS

Estágio

FEE

ROMULO LIRA MILHOMEM

Estágio

FEE

WALLISON RICHARD DE ABREU

Estágio

FEM

ALAN ANDREW SILVA PINHEIRO

10


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

Estágio

FEM

BRUNA CAROLINA DIAS COSTA

Estágio

FEM

CLEONICE DA SILVA CORREA

Estágio

FEM

DENIS ROSA DA SILVA

Estágio

FEM

EVERTON ESTUMANO BAIA

Estágio

FEM

GEONILSON FERREIRA DA COSTA

Estágio

FEM

JOSÉ WALTON DE BRITO B. JUNIOR

Estágio

FEM

JOSUE MOURA SALDANHA

Estágio

FEM

LAIS MOTA DE BRITO

Estágio

FEM

LUCAS EDUARDO OLIVEIRA CASTRO

Estágio

FEM

MARCELO MOTA DE BRITO

Estágio

FEM

MARCIA SILVANO COSTA

Estágio

FEM

NAARA JAYZE DE SOUZA SOARES

Estágio

FEM

PAOLO ITALO MOREIRA DA SILVA

Estágio

FEM

PEDRO MAYKON BARBOSA SANTOS

Estágio

FEM

PRISCILA DUARTE PINHEIRO

Estágio

FEM

TAIANA DA SILVA FERREIRA

Obs.: Bolsas de estágio ofertadas pelo convênio UFPA/Eletrobrás-Eletronorte, através da FADESP.

4 ATIVIDADES ACADÊMICAS 4.1– Ensino de Graduação: Uma das características marcantes dos cursos de graduação do Campus neste período foi a necessidade de adoção do regime modular, no qual as disciplinas são vistas de forma sequenciada e não concomitante, como no regime regular. Este fato se deve à dependência, por parte do Campus de Tucuruí – CTUC, de professores do ITEC/UFPA para que se ministrem algumas disciplinas. Estes professores não têm disponibilidade para permanecer em Tucuruí por um longo período em virtude de suas atividades no Campus do Guamá em Belém, sendo assim necessário que suas disciplinas sejam ministradas em períodos curtos, tradicionalmente em 15 dias. A adoção do regime modular tem gerado críticas tanto por alunos quanto por alguns professores, em razão das dificuldades e limitações que o regime impõe para o processo ensino – aprendizagem, muito em razão do pouco tempo que os alunos possuem para assimilar conceitos das disciplinas de engenharia. Gradativamente o quadro de docentes do curso tem aumentado em função de concursos públicos, possibilitados pelo Programa de Reestruturação das Universidades – REUNI – que têm sido realizados ao longo últimos dos anos. Atualmente o Campus conta com 28 professores efetivos no CTUC. Este número já provocou uma diminuição da 11


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

dependência de professores de outros campi, embora esta ainda exista para determinadas atividades curriculares. Outra mudança verificada é que com o maior número de professores tem sido possível adotar uma transição para o regime regular (paralelo) em um cenário em que algumas atividades curriculares são vistas em um maior intervalo de tempo. Um dos grandes elementos motivadores para a implementação de cursos de engenharia em Tucuruí é a proximidade à UHE. Porém, verifica-se que as atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas junto à usina ainda não atingiram a quantidade que se deseja, havendo todo um potencial a ser explorado nesse sentido. Outro aspecto que se deve assinalar são as práticas pedagógicas adotadas até então no Campus, que por razões históricas segue basicamente os projetos político e pedagógico – PPP adotados nas faculdades de engenharia do ITEC/UFPA, com aulas presenciais e de laboratórios planejadas para a realidade de Belém. Apesar de ser um campus que foi implantado recente, a graduação nos cursos de engenharia do CTUC/UFPA enfrenta problemas que são comuns mesmo em escolas de engenharia tradicionais do Brasil. Notadamente verificam-se problemas como deficiência de formação em matemática e ciências básicas entre os alunos ingressantes no curso, fator que se julga um motivador para a evasão verificada no curso. Estes problemas mostram-se críticos para a formação de engenharia. A deficiência em matemática e ciências básicas tem se mostrado como o principal entrave para se atingir uma boa formação em engenharia. Um dos maiores desafios nesta etapa é a elaboração e implantação de um projeto político e pedagógico – PPP – que confira identidade aos cursos e lhe adéque às diretrizes nacionais de ensino de engenharia para formar engenheiros, sejam eles, civis, eletricistas ou mecânicos, que atendam as demandas regionais e que sejam capacitados para atuar como profissionais de tecnologia no século XXI. Estes PPPs devem apontar caminhos que ataquem estes principais problemas mencionados e ainda promover metodologias inovadoras e reconhecidas como eficazes no enfrentamento da problemática de ensino e aprendizagem em engenharia. 5 PRODUÇÃO INTELECTUAL: O Campus de Tucuruí encontra-se em fase de estruturação, principalmente quanto ao quadro de recursos humanos. Ainda assim, entende-se que a produção intelectual ainda esteja 12


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

aquém das possibilidades dos docentes e discentes, embora nenhum docente esteja vinculado à programas de pós-graduação e/ou a grupos de pesquisa e extensão. Com a aprovação dos regimentos internos das faculdades e a composição da coordenação de pesquisa espera-se elevar a produção intelectual para 2011. Segue quadro com as atividades de pesquisas dos docentes do campus. Docente

Início

Término

15/1/2010

30/12/2010

10/1/2010

30/12/2010

10/1/2010

30/12/2010

18/1/2010

30/12/2010

18/1/2010

30/12/2010

10/10/2010

30/12/2010

Fernanda Pereira Gouveia

10/1/2010

30/12/2010

João Paulo Abreu Vieira

1/3/2010

28/2/2011

Marcelo Figueiredo Massulo Aguiar

10/1/2010

30/12/2010

Marcelo Rassy Teixeira

15/1/2010

30/1/2010

Karlo Queiroz da Costa

1/1/2009

30/12/2012

Aarão Ferreira Lima Neto Andrielli Moraes de Oliveira Andrielli Moraes de Oliveira Andrielli Moraes de Oliveira Carolina Coelho da Rosa Carolina Coelho da Rosa

Nome do Projeto/Atividade

Estudos de Lajes Cogumelos de Concreto Armado em Capitéis, conforme Portaria 020/2009 – CTUC Influência do uso de Resíduos da Produção de Ferro-Silício em Concretos e Argamassas, conforme Portaria 017/2009 – CTUC Estudo da Durabilidade de Compósitos, conforme Portaria 018/2009 – CTUC Programa de Qualificação de Operários da Constr. Civil de Tucuruí-PQO, conf.Portaria 022/2009_CTUC Programa de Qualificação de Operários da Constr. Civil de Tucuruí-PQO, conf.Portaria 022/2009_CTUC Compósitos Reforçados com fibras e com Polpa de Curauá, conforme Portaria 021/2009-CTUC Estudo do Efeito da Incorporação do Resíduo de Gesso (proveniente das chapas de gesso acartonado) em Ligantes Asfálticos, conforme Portaria 023/2009-CTUC Desenvolvimento de um sistema para Avaliação da estabilidade transitória de sistemas elétricos de potencia baseado em árvores de decisão, conforme Declaração do DPq/PROPESP/UFPA Verificação da Aplicabilidade de Rejeito Industrial oriundo de Processo de Produção de Silício Metálico como Agregado para Composição de Revestimento Asfáltico, conf. Portaria 024/2009_CTUC Análise do Grau de Envelhecimento da Barragem de Concreto da UHE Tucuruí, por meios de Modelos Computacionais Avançados, Portaria 019/2009-CTUC. Modelagem Numérica de Antenas Ópticas Aplicadas para o Desenvolvimento de Novas Nanotecnologias, conforme Edital MCT/CNPq - 03/2009.

6 INFRAESTRUTURA E ACESSIBILIDADE O CTUC funciona em uma infraestrutura, que foi adaptada e cedida através de convênio, pela Eletronorte / Eletrobrás, regional Tucuruí, localizada na Vila Permanente, em Tucuruí. Infraestrutura esta, composta por dois prédios identificados como NUT- Núcleo Universitário de Tucuruí e ETC – Gerencia de Obras da UHE – Tucuruí e de Estudos de Belo Monte, sendo o NUT o menor dos prédios, composto por duas salas de aula com 30 lugares cada, um laboratório de informática, dois laboratórios básicos, o de química e o de física.

13


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

Além das salas de professores, de reuniões, banheiros, copa, biblioteca e secretaria. Este prédio é utilizado, prioritariamente, para fins administrativos do Campus. O prédio da ETC comporta oito salas de aula, cada uma com capacidade para 35 alunos em média. Há também quatro laboratórios, que são: Laboratório de Circuitos, Eletrônica e Sistemas Digitais; Laboratório de Máquinas Elétricas; Laboratório de Controle e Sistemas; Laboratório de Informática. Contamos também com uma Secretaria, Sala de Professores, Sala de Reuniões, Coordenação Psicopedagógica, Sala de Projetos e Coordenação de Infraestrutura, Banheiros, Copa e Biblioteca. Todos estes ambientes são climatizados. Quanto à acessibilidade pode-se ressaltar que ambos os prédios possuem rampas de acesso na entrada. No prédio da ETC, a porta principal e o corredor de acesso, possuem dimensões que facilitam o trânsito de cadeirantes e o mecanismo de abertura da porta principal também colabora para minimizar o esforço em sua abertura. O prédio localizado na Vila Permanente (NUT) é atendido por diversas linhas de ônibus que fazem a cobertura do transporte coletivo nesta área e esta frequência e variedade de opções são facilitadores expressivos. Enquanto que para o prédio da ETC o transporte coletivo disponível é precário, principalmente por: ofertar apenas uma linha de saída e acontecer com intervalo mínimo de 01 (uma) hora. Na última viagem, por volta das 22:00h, normalmente o motorista faz o retorno do veículo na guarita de segurança (distante aproximadamente 1km do prédio da ETC), obrigando os alunos a percorrer uma distância entre o prédio e o próximo ponto de ônibus (aprox. 3km) à pé, no escuro e em área deserta, expondo-se desnecessariamente ao perigo. O Campus possui também uma casa de estudantes (CAES), conhecida entre os moradores como Alojamento. Diferente do modelo apresentado na maioria das Universidades, a CAES do Campus de Tucuruí, encontra-se localizada em local afastado e ermo, colocando em alguns momentos, em risco a segurança daqueles que ali residem, quando precisam dirigir-se até lá altas horas da noite ou de madrugada. É também um local de difícil acesso ao transporte coletivo, pelos mesmos motivos mencionados nos itens acima. Além do que, estes foram projetados para atender um usuário totalmente diferente do discente. Contudo, a CAES do Campus de Tucuruí em muito tem contribuído ao longo desses cinco anos, para a permanência daqueles que por motivos alheios a vontade de todos,

14


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

apresentam-se impossibilitados de manter um local para morar, longe de suas famílias e de suas cidades ou até mesmo por risco social. Sendo então, sua existência fator primordial para inserção de alguns profissionais da área de Engenharia no mercado de trabalho. 7 CONCLUSÃO A fixação do quadro de docentes tem sido uma tarefa que encontra grandes dificuldades. É evidente a preferência por parte dos docentes para permanecer, sempre que possível, na Capital do Estado. O interior tem melhorado as condições de infraestrutura e segurança, mas ainda está longe de oferecer a qualidade de vida da Capital. Esta situação se agrava quando verificamos o número de inscritos para adjunto nos concursos do CTUC, o que além de ser um número escasso, ainda apresenta registros de professores que abandonaram as atividades no CTUC na primeira oportunidade de concurso para outra região. Esta descontinuidade

de

professores

nas

dependências

do

Campus

tem

provocado

descontentamentos entre os discentes e também entre os docentes. Outra dificuldade relacionada à permanência ou mesmo a vinda de Doutores para o Campus está relacionada ao desenvolvimento de atividades de pesquisa. O CTUC conta com três Faculdades de Engenharia, no entanto enfrenta dificuldade de consolidar linhas de pesquisa, sendo talvez necessária uma política diferenciada, para garantir e melhorar o índice de permanência de professores doutores no interior do Estado. Apenas a obrigatoriedade de completar o Plano Individual de Trabalho (PIT) não tem garantido esta permanência e muito menos atraído doutores para o interior. Fator relevante também tem sido a legislação em vigor, que impõe aos docentes da Universidade uma permanência mínima de quatro anos, antes que tenham o direito a pleitearem um afastamento para qualificação. A juventude do Campus pode não resistir a estas condições adversas. Ao mesmo tempo em que é necessário garantir a permanência e desenvolvimento das atividades nas instalações do Campus, é importante não esquecer de que a qualificação do quadro de docente é igualmente essencial. Talvez, ainda mais por se tratar de um Campus com cursos da área tecnológica. Vale ainda ressaltar o caso particular da Faculdade de Engenharia Mecânica, onde a principal dificuldade encontrada é o fato de nenhum laboratório de ensino ou mesmo de pesquisa estar instalado nas dependências do CTUC. A maioria das disciplinas que necessitam 15


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

da parte prática estava sendo realizadas em laboratórios cedidos provisoriamente pela Eletronorte, a qual permite que professores e alunos acessem a infraestrutura técnica da referida empresa. Ocorre também que algumas aulas práticas ocorrem nos laboratórios básicos, montados provisoriamente para que as disciplinas sejam realizadas no Campus. Conforme exposto, há uma necessidade premente de espaço físico para criação dos laboratórios de ensino e pesquisa para o Campus. À medida que as soluções para tais problemas forem sendo encontradas, espera-se que o número de docentes e discentes envolvidos em atividades de pesquisa e extensão cresça exponencialmente. Dentre os laboratórios que precisam ser instalados, vale destacar: Laboratório de Ensaios Mecânicos: Neste laboratório são realizados ensaios para obtenção das propriedades mecânicas dos materiais para as aplicações em Engenharia; Laboratório de Metalografia e Tratamento Térmico: Para análise macro e microestrutural de materiais, principalmente metálicos, além da verificação da alteração das propriedades mecânicas de uma liga com técnicas de tratamento térmico; Laboratório de Máquinas Operatrizes: Onde são apresentadas principalmente as técnicas de usinagem de metais, servindo de apoio para os demais laboratórios, com a fabricação de peças e de corpos de prova para diversos ensaios; Laboratório de Mecânica dos Sólidos: Para análise experimental de tensões e deformações em corpos usando fotoelasticidade e sistemas de aquisição com sensores do tipo strain-gates; Laboratório de Vibrações e Acústica: Para a realização de ensaios, simulações e estudos sobre técnicas de controle de vibrações, análise de ruído e monitoramento de máquinas; Laboratório de Mecânica dos Fluidos e Turbomáquinas: Para aplicações de turbomáquinas hidráulicas, estudos de aerodinâmica, tubulações e ventilação industrial; Laboratório de Refrigeração e Climatização: Para demonstração dos conceitos termodinâmicos usados em projetos de instalações Frigoríficas e de ar condicionado; Laboratório de Sistemas Térmicos: Para ensaios práticos nas áreas de combustíveis e combustão, compressores, motores de combustão interna e sistemas térmicos a vapor; Laboratório de Soldagem: Para realização de experimentos, com eletrodos revestidos, MIG/MAG, TIG, aquisitando dados, e nas áreas de soldagem e corte oxiacetilênica e solda ponto; Laboratório de Mecânica Computacional: Para a consolidação dos conceitos matemáticos absorvidos utilizando técnicas computacionais, solução de problemas de alta complexidade utilizando o método de elementos finitos e para desenho técnico16


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ COORDENAÇÃO DE PLANEJAMENTO, GESTÃO E AVALIAÇÃO

mecânico assistido por computador. Laboratório de Metrologia: Para a investigação, desenvolvimento e a aplicação dos meios apropriados para a medição de todas as grandezas existentes, principalmente em mecânica dimensional, máquinas ferramentas e metrologia de superfícies. Além de espaço físico para instalação de laboratórios, existe também a necessidade de estabelecer espaços para os professores que serão concursados, instalação de grupos de pesquisa, instalação do diretório acadêmico e, de forma geral, para a expansão do Campus. Existe a perspectiva de que boa parte dessa questão de espaço físico seja resolvida com a aquisição de um terreno a ser cedido pela Eletrobrás/Eletronorte para a construção do Campus Universitário de Tucuruí, sendo que os recursos financeiros serão advindos, uma parte, dos recursos da UFPA e, outra, via convênio pela Eletrobrás/Eletronorte. O Campus dispõe dos recursos bibliográficos existentes na Biblioteca do Campus. No entanto, esta biblioteca não dispõe do acervo mínimo de livros necessário para atender a comunidade acadêmica. Existe uma série de disciplinas que não possuem nenhum tipo de exemplar na biblioteca, e dentre os que existem, o número de exemplares é insuficiente. Há uma expectativa de adquirir uma quantidade maior de livros via Convênio entre Eletrobrás/Eletronorte e UFPA, adequando-se às recomendações do MEC.

17


Relatório Atividades CAMTUC 2010