Issuu on Google+

Arima Ana Mateus, Fรกbio Batista, Raquel Mestre e Sybille Boieiro

MONSTRO


INT. BIBLIOTECA TARDE Deflagra um incêndio no rés de chão da biblioteca que depressa se alastra ao piso superior. Jay está a tentar sair da biblioteca, quando ouve alguém pedir socorro. ENTRASPAS Socoooooooooorro! Jay volta para trás para tentar resgatar Entraspas. Entraspas está presa e numa tentativa desesperada agarra-lhe o pé e com uma expressão de misericórdia pede-lhe ajuda. Jay agarra-a e leva-a aos ombros como se fosse um saco de batatas. A sua respiração está ofegante, o fumo está cada vez mais denso. As chamas cada vez estão maiores e não há forma de as contornar. JAY Está muito fumo, cof cof! Caem os dois inconscientes, e são cercados gradualmente pelas chamas. DISSOLVE INT. LABORATÓRIO NOITE Chegam ao laboratório do Dr. Bhea, Jay e Entraspas ainda vivos mas inconscientes. Chelly ajeita os seus óculos, e dirige-se para a sala de operações, onde já lá estava o Dr. Bhea. O Dr. Bhea está ansioso por transformá-lo. DR. BHEA É hoje Chelly, é hoje! Eu sinto que é hoje! CHELLY Tem a certeza que vai funcionar com pacientes vivos? Não irão ficar como os outros, ou ainda piores? DR. BHEA Eles já estavam mortos. O coração já tinha parado. Agora vamos buscar (MAIS) (CONTINUA)


CONTINUA:

2.

DR. BHEA (CONTINUA) a vida numa fonte que ainda esta a pulsar. Chelly avança e destapa o lençol que cobre a maca de Jay. Tem uma expressão de surpresa ao ver aquele rosto inocente. INT. LABORATÓRIO NOITE Jay acorda, está diferente. Tem uma expressão neutra, não sabe o que aconteceu. Jay vê Entraspas a passar na maca para outra sala operações) empurrada pelo Dr. Bhea.

(Sala

DR. BHEA A operação anterior foi um sucesso, esperemos obter o mesmo resultado com ela. A porta da sala de operações fecha-se e Jay perde a consciência no escuro. INT. LABORATÓRIO NOITE Chelly está com um rosto triste, angustiado e arrependido. CHELLY Não posso acreditar que o Dr. Bhea transformou Jay num Monstro. CHELLY Tenho uma solução:através de um chip e da tecnologia existente no laboratório, vou conseguir recriar um novo Jay, ou talvez ainda melhor. Volta-se para o computador, onde energicamente programa o chip. As máquinas começam a efectuar o processamento. Ouve-se o som das máquinas e o som da estática provocada por um curto-circuito. Vê-se os prédios da cidade todos iluminados. E logo a seguir vê-se a câmara de àgua a borbulhar. Simultaneamente ao ver a imagem de uma forma humana (Arima) a surgir na câmara de àgua, vê-se a cidade a ficar sem luz. Instala-se a escuridão.


3.

INT. LABORATÓRIO MADRUGADA Racha-se em mil pedaços a câmara de àgua e parte-se gradualmente, deixando cair a àgua toda para fora. Arima cai no chão de joelhos e tem a sua primeira visão. CORTA PARA FLASHBACK: FLASH[PLEASEINSERT\PRERENDERUNICODE{¢ Aˇ R}INTOPREAMBLE]BACK INT. LABORATÓRIO MADRUGADA Arima vê tudo o que se passou no incêndio, e posteriormente no laboratório. FIM DO FLASH[PLEASEINSERT\PRERENDERUNICODE{¢ Aˇ R}INTOPREAMBLE] BACK INT. LABORATÓRIO MADRUGADA Arima aproveita o facto de não haver luz, para o levar do laboratório. Com uma expressão épica, mete-o às costas. O chip que Jay transporta pisca. Dá-lhe informação para onde tem que o levar. Faz-se um grande plano da cara de Arima. INT. LABORATÓRIO MADRUGADA Enquanto isso, Dr. Bhea vai guardar o coração na arca frigorifica. Quando acabou de o guardar, a luz apaga-se. As luzes voltaram, e Chelly estava à porta do laboratório com um ar revoltado e transtornado. (está bastante nervosa mas não pode mostrar) CHELLY Ele fugiu, assim que as luzes se desligaram... CHELLY Não sei como conseguiu!

(CONTINUA)


CONTINUA:

4. DR. BHEA Não cheguei a ver se a transformação ocorreu como as outras, por isso, não posso permitir que esteja à solta. DR. BHEA Só há uma solução:crudelis. Não posso permitir que ele esteja livre.Está muita coisa em jogo.

Dr.Bhea dirige-se à sala das jaulas e liberta as criaturas crudelis. ˘R ˇ}INTOPREAMBLE]FORWARD FLASH[PLEASEINSERT\PRERENDERUNICODE{ÂA EXT. FLORESTA MAIS TARDE Arima através do chip tem uma nova visão: os crudelis vão vir atrás dela. FIM DO FLASH FORWARD EXT. FLORESTA MAIS TARDE Faz-se um grande plano de Arima a avançar já preparada para o que lhe espera na floresta. Contudo é surpreendida por um Crudeli que estava em cima de uma àrvore e a ataca. Faz-se um grande plano dos dois. Arima vira-se e ataca-o com os seus punhais, expressando raiva. Surgem de todos os lados, e parecem nunca terminar. Sem outra solução Arima foge na direcção do laboratório. Depois de algum tempo a fugir, encontra a porta, abre o manipulo devagarinho e entra. INT. LABORATÓRIO MAIS TARDE Dr. Bhea estava no seu escritório a trabalhar, quando ao olhar para o monitor, vê uma estranha a vascunhar as coisas. DR. BHEA Os corações!!!Ela está à procura deles.

(CONTINUA)


CONTINUA:

5.

DR. BHEA Tenho que os pôr a salvo. Vai à arca frigorifica onde anteriormente os tinha colocado e só encontra um coração. Fica furioso e prontifica-se a matá-la. INT. LABORATÓRIO MAIS TARDE Arima ainda está à procura de informação e dos corações quando é surprendida pelo Dr. Bhea. DR. BHEA Com que então, foste tu quem libertou o meu espécime! O Dr.Bhea ao clicar num botão que tem na mão, faz soar um alarme perturbador. Tudo fica rodeado de crudelis. Arima não consegue derrotá-los. Olha para o comando e vê que esta é a sua única solução. Destrói o comando. Todos os crudelis viram-se contra o seu criador. Depois de várias cenas cruéis acabam por o matar e transformam-se em estátuas. Faz-se um plano do coração que estava na posse do Dr.Bhea. INT. LABORATÓRIO MAIS TARDE Arima aparece no plano de costas. Chelly surge. CHELLY Estás à procura de alguma coisa? Ao ver a sua criação a agir contra ela, fica aflita e num acto de desespero e vingança come o coração que pertence a Jay. Arima fica mais fraca e começa a ficar mais transparente. O corpo de Chelly rejeita o coração que ela comeu, e deforma-se até ficar num estado líquido.


6.

INT. LABORATÓRIO MAIS TARDE Arima cada vez mais fraca acha que não vai conseguir achar o coração a tempo. Ao olhar para o corpo do Dr. Bhea encontra o coração junto dele. De repente tem uma visão do corpo de Entraspas, e do que tem para fazer. Desloca-se à sala do pós-operatório e coloca-lhe o coração. (o coração brilha no seu peito curando a cicatriz negra da operação) Arima dissipa-se, naquele momento. INT. LABORATÓRIO MANHÃ Entraspas acorda abalada e sem saber bem o que aconteceu. ENTRASPAS Acordei e inspirei fundo. O ar estava esquisito. De um momento para outro sabia de tudo o que tinha acontecido. (V.O.) Entraspas quer encontrar Jay, e corre em direcção à casa de Jay. Ao chegar, abre a porta. (ouve-se um suspiro de aflição) FIM


Arima_guiao