Page 1

osasco & região

PROJETO DE MARKETING

DIVULGAÇÃO/WWF

HORA DO PLANETA acontece sábado Osasco participa do movimento ao lado de mais de quatro mil cidades ao redor do mundo

A TORRE EIFFEL representou a Hora do Planeta em Paris, ficando iluminada apenas por velas em 2009 Na primeira edição da Earth Hour (inglês para Hora do Planeta), realizada em 2007 na Austrália, 2 milhões de pessoas desligaram as luzes de suas casas e estabelecimentos comerciais por uma hora, simbolizando sua consciência dos danos causados pelo homem ao planeta, mais especificamente o aquecimento global. Em 2008, mais de 50 milhões de pessoas de todas as partes do mundo aderiram à ação. Em 2009, quando o evento chegou ao Brasil, quase 1 bilhão de pessoas em todo o mundo fizeram o mesmo gesto. Finalmente, em 2010 o movimento atingiu 1 bilhão de pessoas. Foram 4.200 cidades participando oficialmente em 125 países, sendo 25 megacidades como Délhi, Mumbai, Buenos Aires, Moscou, Teerã, Istambul, Londres, São Paulo e Rio de Janeiro. Programada para acontecer este sábado, dia 26, das 20h30 às 21h30, a Hora do Planeta 2011 no Brasil deve reunir milhares de pessoas em torno de ícones importantes das 59 cida○

:::

des participantes (até o fechamento desta edição havia ainda outras 29 em fase de cadastro), que ficarão às escuras. Além do ato simbólico pela conservação do planeta, muitas prefeituras pretendem promover também shows e atividades nos locais. Osasco será uma das participantes, se unindo pela terceira vez a outras milhares de cidades em todo o mundo contra o aquecimento global. No evento local, organizado pela Secretaria de Meio Ambiente, as luzes da Ponte Metálica novamente serão desligadas durante 60 minutos e todos os presentes no ato ficarão apenas com a iluminação de velas. Os interessados em tomar parte podem ir ao Viaduto Metélico com velas e lanternas ou simplesmente apagar as luzes de suas casas e empresas às 20h30 do sábado, permanecendo assim por uma hora. Barueri também confirmou sua participação no ato, que coincidirá com o aniversário da cidade. Em comemoração, no sábado, a Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente da prefeitura promove a Pedalada da ○

Hora, um passeio ciclístico que terá início às 20 horas em frente ao Paço Municipal. No final, os participantes receberão prêmios. Em São Paulo, serão apagadas as luzes da Ponte Octávio Frias de Oliveira (Ponte Estaiada), do Obelisco do Ibirapuera, do Monumento às Bandeiras, Teatro Municipal, Mercado Municipal e Estádio do Pacaembu. A Biblioteca Municipal Mário de Andrade, reinaugurada em janeiro, também ficará no escuro. A secretária-geral do WWFBrasil, Denise Hamú, destacou que a adesão de pessoas, instituições e empresas ocorre espontaneamente. “O gesto de apagar às luzes é simbólico e possível em todo o mundo, e nos une em torno da necessidade de preservarmos nosso planeta”, explica. A Hora do Planeta é uma iniciativa global da Rede WWF para alertar a população sobre as mudanças climáticas. Em 2011, 13 novos países aderiram à Hora do Planeta. São eles: Jamaica, Uganda, Suazilândia, Irã, Tajiquistão, Chade, Azerbaijão, Gibraltar, ○

Twibbon da campanha no Twitter. A top acredita que, ao divulgar sua adesão à causa, ela faz um convite aos leitores para que sigam o exemplo. Pocoyo, uma série de desenho animado para a televisão, alcançará um público de fãs na idade pré-escolar no decorrer deste ano, promovendo a "Aprendizagem pelo Riso" e utilizando o humor para informar crianças sobre as questões ambientais e estimular sua aprendizagem. Li Bingbing, uma badalada atriz e cantora chinesa, prometeu se tornar vegetariana por 100 dias este ano para contribuir com a redução de emissões de gás carbônico provenientes da produção e consumo de carne.

Palestina, Suriname, Uzbequistão, Trinidad & Tobago e Lesotho. Agora são 131 países a participar do movimento.

FAMOSOS ADEREM À CAUSA Entre os embaixadores do movimento passados e atuais estão o reverendíssimo arcebispo Desmond Tutu, o secretário geral da ONU Ban Ki Moon, as atrizes Cate Blanchett e Nicole Kidman, o cantor Tom Jones, Chris Martin, vocalista da banda Coldplay, o ator Edward Norton e o jogador de futebol Francesco Totti. Gisele Bündchen apóia a causa em seu blog e adotou o

E VOCÊ, O QUE VAI FAZER? Este ano, o site da Hora do Planeta abre seu espaço para divulgar atos de apoio ao evento no dia 26 de março. Os relatos podem ser enviados para o e-mail comunicacaohp@wwf.org.br com nome, cidade e o endereço eletrônico do remetente. Quem preferir pode enviar fotos tiradas durante o evento. As que apresentarem boa resolução serão publicadas na galeria do site www.horadoplaneta.org.br. ○

Este conteúdo editorial é de total responsabilidade da jornalista Maria Raquel Francese, MTB 57723. Produção Gráfica: Equipe de Operações Comerciais do jornal Diário de S.Paulo.


:: varejo > páscoa

Comércio se prepara para Páscoa Novas embalagens e sabores de ovos de chocolate são lançados com foco nas classes C e D Recheadas de ovos de chocolate das mais variadas cores e medidas, as vitrines de supermercados, padarias e lojas de departamentos alardeiam a proximidade da Páscoa, que este ano acontece dia 24 de abril. A Associação Paulista de Supermercados (Apas) anunciou que espera um crescimento de 5% nas vendas temáticas, o que representa de 2 a 5 mil toneladas a mais de chocolate do que no ano passado. Tal expectativa se deve, principalmente, à baixa manutenção dos preços praticados em 2010 na oferta de produtos. Para manter os preços se-

melhantes aos do ano passado, a indústria diminuiu a gramatura da embalagem, compensando o aumento no custo da manteiga de cacau e do papel, que não será repassado inteiramente ao público. Para o consumidor, a notícia é bem vinda "Eu gosto de comprar ovos para todos os meus amigos, então saber que não vou ter nenhuma surpresa desagradável na hora de pagar é um alívio", conta a advogada Patrícia Kuriki. Outro fator que reforça a projeção da Apas é a maior participação das classes C e D nas compras dos supermercados. A Asso-

ciação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab) informou que aproximadamente 80% dos produtos desenvolvidos para a Páscoa 2011 são lançamentos, e que esses produtos deverão atrair, principalmente, os consumidores das classes C e D. A notícia foi dada durante o Salão da Páscoa 2011, realizado em São Paulo no dia 15 de março. O evento, que contou com a presença das principais marcas do mercado, apresentou as novidades criadas especialmente para a Páscoa deste ano. O Grupo CRM, que detêm as marcas Kopenhagen, Brasil

Cacau e DanTop revelou 28 lançamentos para a data entre ovos de chocolate, coelhinhos, cenourinhas, bombons e tabletes, também muito procurados nesta época. Já a Garoto, maior fábrica de chocolates da América Latina, renovou mais de 80% do seu portfólio de produtos incluindo novos formatos, embalagens e opções para presentear. A Lacta, marca de chocolates da Kraft Foods Brasil, apresentou 50 novidades como ass linhas Delice e Sonho de Valsa, que ganharam embalagens com design modernos, ideais para presentear. Na linha infantil, personagens como Ben

10, Hot Wheels, Shrek e Homem Aranha emprestam seu sucesso a ovos rechedos com brinquedos. A Nestlé também deu destaque aos chocolates da linha gifting (para presentear), além de apresentar novidades para o público infantil e para os consumidores com restrição de dietas alimentares. A Mars mostrou a edição limitada de M&M´s Ovinhos de Chocolate enquanto a Village investiu numa linha de Páscoa inteiramente desenvolvida localmente, com proposta alinhada à cultura brasileira de doces de chocolate e frutas. Para os pequenos, novos brinquedos nos ovos com personagens de Scooby-Doo. Inaugurada há 41 anos como uma empresa familiar, a Chocolates Munik contratou mais de 150 temporários para trabalhar na fábrica e nas cerca de 100 nas lojas da marca, que mantém ingredientes e sabores artesanais até hoje. De olho neste mesmo nicho, a Cacau Show apresentou sua linha especial de Páscoa com Ovos Dreams Napolitano e Dreams Coco, Ovo Caramelo Crocante, Ovo Premium 500g. A Pandurata, uma das maiores produtoras de alimentos do Brasil e pioneira no segmento de bolos pascais no país, acredita que o mercado ainda tem espaço para crescer. “As Colombas Pascais têm um perfil de consumo complementar aos ovos. Acreditamos que, por ter a mesma receita dos nossos tradicionais panetones, no médio prazo, a fornada da Páscoa também vai ser esperada pelos consumidores”, afirma Rodrigo Mainieri, gerente de marketing de produtos sazonais da empresa que lidera a categoria há mais de 30 anos e detêm hoje 70% de marketing share com produtos das marcas Bauducco e Visconti.

ANA CHIESI

EM MARÇO, ovos de Páscoa se tornam uma constante na decoração dos supermercados brasileiros ○


:: região > outlet

Castello Branco terá shopping de descontos Empreendimento deve ser inaugurado em 2012 entre Alphaville e Sorocaba O projeto, batizado de São Paulo Prime Outlet, ficará ficará no km 46 da rodovia Castelo Branco, entre as regiões de Alphaville e Sorocaba. O início das obras foi anunciado para abril pela a consultoria imobiliária Jones Lang LaSalle, que participa do empreendimento em parceria com a consultoria GC2000 e a empresa de desenvolvimento imobiliário SuccesPar Real Estate. O investimento inicial total será de R$ 130 milhões, entre obras e lojistas. Será o segundo shopping deste tipo no estado. O primeiro foi o Outlet Premium, que funciona em Itupeva, na Rodovia dos Bandeirantes. Os outlets seguem um modelo de centro de compras aberto bastante conhecido pelos turistas que visitam cidades como Buenos Aires e Miami. As marcas instaladas no local apresentam um estoque composto por peças de coleções passadas e per○

manentemente reposto, garantindo preços que chegam a ser a metade do encontrado nas lojas dos shoppings convencionais. Também por questão de economia, os outlets costumam ser longe dos centros urbanos e com lojas térresa, a céu aberto. No caso do Outlet Premium, o custo de ocupação chega a ser 70% menor do que se fosse na capital, como declarou Alexandre Dias, diretor de marketing e relações com varejo da General Shopping Brasil, na época do lançamento do empreendimento. Para André Costa, diretor de locação da Jones Lang LaSalle, “o uso da luz natural, o reuso das águas pluviais, entre outras ações, conferem vantagens importantes. É bom para os lojistas, para os empreendedores e principalmente para os consumidores, que são os beneficiados finais de todo este processo”. O São Paulo Prime Outlet ○

metros quadrados. Costa explica que a Castelo Branco foi escolhida por ser uma via de movimentação intensa em uma área de bom poder aquisitivo. "Além dos consumidores da capital paulista,

está em fase de comercialização e grifes importantes já reservaram espaços. Na fase inicial serão130 lojas e cerca de 110 marcas distribuídas em 20 mil metros quadrados, com potencial de expansão de mais 10 mil

Alphaville, Granja Viana e Osasco, o público do empreendimento engloba consumidores de cidades importantes localizadas no eixo da Rodovia como São Roque, Sorocaba, Itu, Indaiatuba e Salto, entre outras". VITOR HUGO BENEDETTI

SÃO PAULO PREMIUM OUTLET será construido com acesso à rodovia, na altura de Araçariguama ○


Osasco & Regiao  

Caderno Osasco e Região publicado pelo Diário de São Paulo.