Page 1

Off-Set

Verdades e mentiras

Marรงo 27,2010

www.argos.com.br


Tipografia 04 Ilustração 06 Eco Design 08 Design 10 Tecnologia 12 Posters 14 Portfólio 16 Processos de Impressão 20

Editor e Diretor Responsável Mateus Luiz Revisores de Arte Harley Mendes /Mara Lívia Revisor Geral Rangel Sales Tiragem 100.000 Processo de Impressão Off-Set Contato (31)9806-6904


Tipografia

Por que banir a

Comic Sans? Fonte desenvolvida pelo designer Vincent Connare para softwares infantis tem recebido varias reclamações pelo seu uso indevido. A história do Comic Sans O designer Vincent Connare que na época trabalhava na Microsoft, começou a trabalhar na fonte Comic Sans em Outubro de 1994. Connare já tinha criado algumas fontes direcionadas a softwares para crianças, então quando viu a versão beta do Microsoft Bob que usava Times New Roman nos balões de fala dos personagens de desenho, decidiu criar uma nova fonte baseada no estilo de escrita usa da em desenhos em quadrinhos que ele possuía em seu escritório, especificamente The Dark Knight Returns (letras criadas por John Costanza) e Watchmen (letras por Dave Gibbons). Connare acabou demorando demais e sua fonte não foi incluída no MS Bob, mas os programadores do Microsoft 3D Movie Maker – que

4

ARGOS


também iriam usar balões de fala – decidiram

fontes meramente decorativas. Uma fonte pode

adotar a nova fonte. Mais tarde, a fonte foi inclusa

dizer muito sobre uma empresa quando ela está

com o pacote Windows 95 Plus! De lá em dian-

em seu logo.

te, a fonte só ganhou mais e mais popularidade. A fonte Comic Sans é uma fonte relaxada e in-

O problema do Comic Sans

formal. O motivo pelo qual querem banir o Comic Sans é que ele é usado exaustivamente em

O Comic Sans foi classificada como uma fonte

locais inapropriados.

casual, de script não-conectivo (as letras não se conectam) e foi criado para imitar a escrita a mão

Documentos importantes, impressos que querem

em histórias em quadrinhos e para um uso em

passar uma mensagem séria, logos de lojas que

documentos informais. “Documentos informais”

não são relacionadas a crianças, brinquedos ou

é a palavra-chave aqui, então guarde-a em sua

qualquer coisa brincalhona ou informal, e a lista

cabeça.Famílias tipográficas são criadas sempre

continua. Por ser uma fonte que já vem inclusa

para representar algo. Alguns focam na legibili-

com o sistema operacional mais usado, e ser uma

dade em todos os tamanhos, outros são específi-

fonte “diferente”, as pessoas acabam usando de

cos para tamanhos pequenos. Ainda há aquelas

forma irrestrita em todos os seus documentos.

ARGOS

5


Desafio 300 Ilustração

Dupla de ilustradores brasileiro criam desafio para criar 300 personagens inéditos até o fim de 2010. Esse texto pode não parecer novidade, mas a iniciativa é fantástica. Alguns ilustradores com propostas de criar um trabalho por dia durante o ano todo. Isso é mais ou menos o que os ilustradores brasileiros Bruno Mota e Michael Bisparulz decidiram fazer ao criar o Desafio 300. Serão 300 personagens diferentes, inéditos e totalmente finalizados até o fim de 2010. Ao que tudo indica isso não deve demorar muito, afinal eles já estão em sua 89º criação. Fantástico e muito rápido!

6

ARGOS


ARGOS

7


Eco Design

Água em caixa é melhor para o planeta? Empresa desenvolve caixa feita de papel para colocar água.

8

ARGOS


É o que diz a empresa com um nome peculiar “Boxed Water is Better” (Água em caixa é melhor). Parecido com caixas de leite, a caixa produzida pela empresa é 90% feita a partir de árvores de áreas manejadas. Diferente das garrafas plásticas comuns que tem sua origem no petróleo. As caixas são transformadas dobradas e planas o que reduz em 80% o rastro de carbono da embalagem e distribuição em comparação com as garrafas plásticas. Outro fato bacana é que 20% do lucro obtido voltam a “natureza”. Sendo 10% para fundações de preservação de nascentes e reservas de água e outros 10% para fundações de reflorestamento.

ARGOS

9


Design

Campanha publicitária do Carrefour apresenta nova marca, com nova tipografia, suavização nos traços e um novo slogan.

No último dia o4 de setem-

te roubou a cena foi a apresen-

bro o grupo francês Carrefour

tação dos ajustes na famosa

apresentou sua nova cam-

marca da rede.

panha mundial “Positive is back” (algo como “Positivo é

O famoso “C” dentro da forma

voltar”, mas acredito que não

geométrica, que para alguns se

só aqui no Brasil, como em

parece um ET ou outras tantas

outros países, o slogan deve

coisas, ganhou cantos arredon-

ganhar adaptações).

dados e alguns ajustes finos na sua forma, deixando os can-

Campanhas vem e vão, ga-

tos mais suave. Já a mudança

nham adaptações e merecem

mais pesada foi a alteração

destaque, mas quem realmen-

total da tipologia.

Re-design da marca de 1966 10

Psicodelikations


Inalterada desde 1966, a ti-

mas peças apresentadas, como

pografia manteve as letras se-

por exemplo o famoso saco

rifadas, mas ganharam mais

de compras de papel, a mar-

suavidade e cantos mais arre-

ca é apresentada com alguns

dondados (para combinar mais

degradês coloridos.

com o símbolo), tomando lugar do que antes parecia uma tipo-

No Brasil a marca deve sofrer

grafia inspirada nas famosas

estas alterações, já que a em-

máquinas de datilografar.

presa pretende aplicar a nova marca até dezembro. Um prazo

As cores institucionais se

apertado, mas como a marca não

mantiveram as mesmas (azul

teve nenhuma mudança grande,

e vermelho), porém em algu-

acredito possível.

Psicodelikations

11


Tecnologia

20 Anos de photoshop

O programa que ajudou a redefinir a realidade moderna tem duas décadas. A forma mais rápida e eficaz

ção à Barneyscan em 1988 e

cidade. A quantidade de ferra-

de cirurgia plástica fez 20 anos.

depois à Adobe, em 1989.

mentas e capacidades que foram

As origens da aplicação que se

sendo acrescentadas cresceu, tal

tornou sinónimo de edição de

Inicialmente um produto ex-

como o número de fotografias

imagem remontam a 1987. Foi

clusivo da plataforma Mac, o

cada vez mais manipuladas e

nesse ano que Thomas Knoll

Adobe Photoshop 1.0 foi criado

longe da realidade.

escreveu uma aplicação capaz

em 1990.

de apresentar imagens em es-

12

ARGOS

Uma das mais recentes contro-

cala de cinzas em monitores

Nestes 20 anos a aplicação não

vérsias a envolver uma fotogra-

capazes de apresentar apenas

parou de evoluir, e ganhou cada

fia manipulada em Photoshop

pixéis brancos ou pretos. Knoll

vez mais popularidade em áreas

foi a campanha publicitária da

e o irmão licenciaram a aplica-

como edição, fotografia e publi-

Ralph Lauren, onde a modelo


Para celebrar o vigésimo aniversário do programa, a Adobe criou um site especialmente dedicado à efeméride.

Filippa Hamilton foi emagrecida até adquirir proporções completamente irrealistas. Mas existem muitas mais . Entre a controvérsia gerada em círculos onde se espera que uma fotografia seja realista e os outros onde é normal, e até exigido, que se use Photoshop, a manipulação de imagem parece ter vindo para ficar.

ARGOS

13


Posters

IMPAwards

IMP Awards elege os melhores cartazes do cinema e da televisão . Em sua décima edição o IMP Aw a r d s A p r e s e n t o u n e s ta segunda-feira os melhores cartazes do cinema e da televisão em 2009.

14

ARGOS


Para quem não conhece o In-

cordo que isso é normal, afinal

ternet Movie Poster Awards,

acredito que os criadores te-

o site é um grande acervo de

nham mais liberdade de cria-

cartazes que todos os anos elege

ção em trabalhos para filmes e

os melhores trabalhos da área,

seriados deste gênero.

transformando-se em um misto de Oscar e Emmy das peças

No entanto em algumas cate-

Impressas porem (sem todo o

gorias e uma indiscutível su-

glamour destes festivais).

perioridade de estúdios como a Disney / Pixar, criam que

Como em todos os anos, a edi-

suas peças dentro da própria

ção deste ano trouxe algumas

produtora. Em resumo vale a

surpresas, alguns sucessos entre

pena conferir não apenas os

elas perdendo o prêmio para fil-

vencedores, mas também dos

mes mais “alternativos”. Con-

indicados cada um.

ARGOS

15


DALD

MEL

Portifólio

Mel Marcelo é um designer e ilustrador de 39 anos, americano de San Diego e responsável pelas

ilustrações das campanhas da Oakley.Com um vetor refinado seu estilo se aproxima de ilustrações realistas mas com um toque fenomenal de personalidade. Possui vários trabalhos que vai

deste posters à ilustração de celebridades como o presidente Barack Obama ou Kaká.

16

Argos


DOCE


w

Eu amo música. Eu amo correr. Gosto de correr para a música. Eu sempre quis colocar a minha linha de trabalho em um lugar limpo, como nesta revista. Se você pode dizer, eu adoro o que faço, mas eu gostaria de ter mais tempo para fazer todas as coisas que eu quero fazer. Por agora, só vou correr. A música.


ARGOS

19


Off-set

Processos de impressão

Utilizado para impressões, o offset oferece uma boa qualidade e é feito com grande rapidez.

20

ARGOS

nenhuma intervenção humana enquanto o processo é feito. Mas não pense que o humano não têm utilidade nessa hora. Pelo contrário, a máquina precisa de vários ajustes durante a impressão, seja na quantidade de tinta e água ou seja na hora em que um impresso for ter mais de uma cor. “E como um impresso por offset pode ter mais de uma


A expressão “offset” vêm de

cor, se no cilindro apenas vai

“offset litography” (literalmen-

uma?”. Oras, caro leitor, isso

te, litografia fora-do-lugar), fa-

é simples: como os impressos

zendo menção à impressão indi-

são geralmente feitos com o

reta (na litografia, a impressão

sistema CMYK (ou “Europa”)

era direta, com o papel tendo

de cores, cada cor é impresso

contato direto com a matriz).

separadamente. Utilizando-se das retículas (como eu expli-

O offset é um dos processos de

quei no artigo sobre o que sig-

impressão mais utilizadosA off-

nificava CMYK), todas as cores

set é ideal para grandes quanti-

são impressas separadamente e

dades de impressos pois o papel

mais tarde nossos olhos é que

corre pela máquina, e precisa de

vão ver a cor planejada.

ARGOS

21


Dry Off Set 22

ARGOS

Dry offset é o processo de im-

Heat set, com grandes gastos

pressão que, como o Letterpress

energéticos e elevadas tem-

combina as tintas pastosas de

peraturas, tanto no ambiente

offset com formas de impressão

de trabalho quanto sobre os

similares à flexografia, porém

materiais impressos.

de maior dureza. Sua principal característica é a sobreposição

É comumente empregada para

de todas as cores na blanqueta

impressão de semi-rígidos ou

com transferência simultânea

rígidos como:

para a embalagem, geralmente semi-rígida.

- Latas de refrigerantes, cervejas, sucos, etc.;

Também tem apresentado alto

- Potes de margarina e man-

direcionamento para tintas de

teiga;

cura UV, especialmente pela

-Latas de mantimentos;

impermeabilidade do supor-

- Potes de yogurte;

te (PVC, PP, PS, etc.), o que

- Copos de água;

obrigava ao uso de tintas tipo

- Etc.


MOD_2_T_PEP_Revista Mateus Luiz  

Off-Set Verdades e mentiras www.argos.com.br Março 27,2010 Tipografia Ilustração Portfólio 16 04 06 08 10 12 14 20 Editor e Diretor Responsá...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you