Page 1

DUANE MICHALS

- Retratar a poética de D.M numa série que remeta fantasia, sobreposição e poesia.


O guardi찾o dos sonhos. Onde ele separa cada parte das nossas fantasias? Em que cortejo ele cantarola as nossas meras e tolas ilus천es perdidas? Onde ele sonha?


Chego em casa e jรก nรฃo encontro.

Teus rastros em cima ou embaixo da cama. E sigo. E parto. Mais de dezenas e meia taรงa de cacos. Eu sempre deixo a porta aberta.


A mulher que amou demais e perdeu a cabeรงa.


Se eu soubesse que quando voltasse tu já não estarias mais aqui, Judite, te deixaria minha mais sincera dívida. Eu te pagaria com a minha própria vida. Essa tua doença só e bandida, que te levou de mim. Que te deixou assim, com a cama desarrumada. E agora, mulher? Como ei de seguir sem teus doces em compotas e tuas risadas desmedidas? Como ei de sobreviver o calor que acabou com o frio da tua presença já morta?


Naquele dia, naquela tarde, nos amamos. E nos perdemos. Sem saber. Afinal de contas, qual ĂŠ a saĂ­da para nĂŁo se sair da visa, amor?


This photography is my proof.


Ser voar.


Profile for Raisa Torterola

Duane michals  

Duane michals  

Profile for raisatt
Advertisement